Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Perguntas e Respostas #54

Sejam todos muito bem-vindos a mais uma edição do “Perguntas & Respostas” que terá assim mais uma contribuição minha. Quero, antes de mais, agradecer a todos as questões colocadas e relembrar que foram seleccionadas por mim aquelas cujas respostas penso que sejam mais interessantes e pertinentes. Apresento-vos então as minhas respostas!

MR Perfection André Santos: “O que achas do novo Paul Heyman Guy?(Curtis Axel) Que Futuro terá?”; Brenno: “Achas que Curtis Axel irá ter um futuro brilhante na WWE?”; gonga555: “Achas correta a escolha da WWE ao pôr Curtis Axel como o novo Paul heyman guy?”

Sinceramente, fiquei satisfeita com a escolha de Curtis Axel para novo “Paul Heyman Guy”. Embora a início não tenha impressionado, na última temporada do NXT, Curtis apresentou melhorias óbvias tendo uma excelente rivalidade com Tyson Kidd. Quando chegou ao roster principal como parte dos New Nexus e venceu os Títulos de Tag Team, Curtis era claramente inexperiente demais, sendo por isso uma excelente ideia esta mudança e renovação, especialmente porque tem várias melhorias a assinalá-la.

Sendo alguém que está sempre a defender uma aposta no futuro e que já tinha defendido uma nova aposta em Curtis Axel, não tenho portanto nada a levantar contra a decisão de usar Paul Heyman para o fazer. Aliás, muito pelo contrário, tenho para elogiar. Heyman é um verdadeiro génio no que toca a esta indústria e, melhor do que ninguém neste momento, consegue ajudar talento a brilhar.

Se vai ter um futuro brilhante ou não, o tempo o dirá, mas facto é que a WWE está a apostar nele nesse sentido. Portanto, caso este não apresente qualquer problema do foro pessoal ou sofra alguma lesão séria, não há razões para julgar o contrário. A carreira dele na WWE está agora a começar a sério, desta vez com um melhor começo e com uma maior preparação e capacidade para o papel, portanto está tudo a jogar a seu favor. Mesmo que agora não se revele como um grande talento e reúna um grande grupo de cépticos, ele já conseguiu evoluir, quem pode dizer que não o continuará a fazer?

Acho, muito sinceramente, que a aposta foi acertada e que os fãs – cépticos ou não – devem dar oportunidade a Curtis Axel de mostrar o que vale, assim como a WWE deve continuar a sua aposta.

Brownsea: “Quem achas que vai ter mais sucesso dos membros do The Shield? Vês algum como possivel Triple Crown Champion? Quem e como pensas que irá parar os The Shield ?”

Acredito veementemente que todos os membros irão ter sucesso, no sentido de serem detentores dos títulos principais um dia. Contudo, nestes casos, raramente todos têm o mesmo nível de sucesso e, embora ache que não vá ficar tão atrás dos parceiros quanto se supunha inicialmente, penso que Seth Rollins será quem terá menos sucesso do grupo. Dean Ambrose e Roman Reigns estão claramente escalados para serem grandes estelas na companhia. Julgo que apenas algo de muito grave e inesperado, como uma lesão ou um sério problema de comportamento, os poderá desviar desse caminho.

Bem, da forma como a WWE distribui títulos e oportunidades aos mesmos como doces numa festa, acho incrivelmente possível todos serem Triple Crown Champions. Se formos bem a ver, dois dos membros já possuem os Títulos de Tag Tam. O Título Intercontinental não é, propriamente, conhecido actualmente por ser díficil de vencer. No que toca aos Títulos principais, tal como disse acima, vejo dois membros com o caminho bastante facilitado nessa direcção e mesmo que não fosse, existem as malas de Money in the Bank. Penso que a WWE banalizou tanto os Títulos e as oportunidades que a ideia de ser Triple Crown Champion já não possui o mesmo esplendor de outros tempos.

Julgo que os The Shield irão terminar da mesma forma que a maioria dos grupos termina. Com o tempo, seja por egos ou por falta de sucesso, as desavenças irão acabar por causar a destruição do grupo. Se fossem um grupo maior, poderia sugerir expulsarem um dos membros, como os Nexus e a Evolution fizeram, mas como são apenas três, não vejo tal como sendo assim tão possível ou lógico.

Espero, contudo, que os The Shield durem ainda por algum tempo e que a WWE não se sinta tentada a separá-los cedo demais. O grupo está a resultar, a fazer um excelente trabalho e com um grande booking a apoiá-los, não creio que valha a pena estragar isso tudo com uma separação prematura.

Cenation: “Achas possível o regresso do John Morrison à WWE?”

Sim. Recentemente, a WWE ajudou a divulgar e promover um DVD de fitness que Morrison lançou, o que significa que ambas as partes estão dispostas a discutir negócio e trabalhar em conjunto, logo um possível regresso de Morrison quando assim o entender aparenta ter o caminho facilitado. Não creio que tenha o grande push que muitos gostariam que tivesse ou que deve ter, mas um regresso é sem dúvida algo que me parece possível. Aliás, mesmo que não seja para regressar permanentemente, não colocaria de parte uma aparição de John Morrison apenas no Royal Rumble, como RVD fez há uns anos.

Vince It Factor: “Não te tens sentido tentada em realizar pelo menos um ou outro artigo acerca da atualidade da TNA que tem vindo a crescer e se apresenta em alta por estes dias? Porque não o fazes ou no caso de vires a fazer, nunca fizeste ? :)”

Muito sinceramente, já houve uma altura em que me senti tentada a escrever sobre TNA, quando voltei a acompanhar o produto após uma longa pausa, mas não aproveitei e desde então nunca mais voltei a sentir o mesmo. Já recebi sugestões de temas, já os considerei, já tentei, mas falta-me um quê de motivação e ligação que não tenho com o produto TNA.

Acompanho TNA o mais que posso, aprecio especialmente a qualidade in ring que sempre conseguiram apresentar, não tenho quaisquer dificuldades em debater o produto de forma imparcial, aliás já respondi a várias questões sobre o mesmo neste espaço, mas ao fim do dia, a minha preferência é WWE. Por muito que o mesmo mude, evolva ou me frustre, é o que eles apresentam que me irrita, ou em bons dias, me alegra o suficiente ao ponto de me motivar a dedicar-lhes semanalmente um artigo.

Jorge Rebelo: “A minha pergunta não é tanto sobre wrestling. A Opinião Feminina é dos espaços mais comentados e citados por quem visita o WPT. Que balanço fazes e o que podemos esperar do Opinião Feminina para 2013?”

O balanço que faço do espaço é bastante positivo. O facto de ser um projecto que me continua a divirtir tanto, quanto divirtia quando comecei há mais de dois anos, é um ponto extremamente positivo que ajuda imenso na sua continuidade. Outro aspecto igualmente importante é o feedback positivo que tenho recebido, não só através do W.PT. Sem os leitores e o seu feedback, positivo e negativo, o espaço nunca teria chegado tão longe e por isso agradeço o apoio e a honestidade.

Enquanto o espaço continuar a agradar a quem lê e me continuar a divirtir, julgo que o balanço será sempre positivo. Além disso, sinto que ao longo do mesmo evolui bastante,  desde o início, e que tal é notório para quem acompanhou ou já leu os primeiros artigos que fiz. Tal evolução deixa-me bastante orgulhosa e espero, por isso, continuar a evoluir como puder.

Em relação a 2013, sei que a resposta será um pouco cliché, mas é a mais pura das verdades. O meu objectivo é sempre tentar sempre conseguir divertir-me. Mesmo que seja a criticar algum assunto, o meu objectivo principal é esse, pois sei que no dia em que me deixar de divertir e começar a encarar o espaço como um fardo, irei inevitavelmente prejudicar o prazer de quem lê. Além disso, irei tentar renovar e sair de uma rotina em que caí durante o ano de 2012, no que toca à escolha e gestão de temas.

Pereirinhaaa: “Outro dia li um artigo onde destacava os melhores combates hardcore. Acha que a WWE devia trazer um programa mais extreme?”

Não acho que a WWE deva trazer, pelo simples facto que já possuem demasiada programação. Aliás, acho que deviam reduzir, ao invés de aumentar. Relativamente ao conteúdo extreme, creio que a WWE irá investir em programas desse género, e não só, quando tiver a WWE Network a funcionar plenamente. Se não consistir na criação de conteúdos novos, irá consistir certamente na transmissão de conteúdo extreme que já possuem na sua extensa videoteca.

Evandro Monari: “Mesmo tendo vários jovens de muito talento na WWE, nos principais eventos são sempre os superstars consagrados que têm o maior destaque. Quando você acha que a nova geração enfim serão os grandes protagonistas? Acha que eles terão que esperar pelo menos mais uns 3 anos?”

O único exemplo de evento principal onde estrelas consagradas foram main-eventers, ao contrário da nova geração, foi a Wrestlemania 29, onde The Rock e John Cena foram novamente os main-eventers. Acontece que, embora consagrado, John Cena ainda faz parte desta geração e o lógico main-event da noite. A situação a que penso que te podes estar a referir é o facto de Triple H e Brock Lesnar terem sido os main-eventers do Summerslam 2012 e do Extreme Rules 2013.

Nos últimos meses, a WWE começou a criar e a estrear várias estrelas, algo que continua a acontecer agora. Contudo, há o problema de que quando chega a hora de ceder o main-event a sério a mais alguém, além dos suspeitos do costume, se mostram sempre reticentes. Aliás, basta ver a situação limite a que CM Punk teve de chegar para em 2011 finalmente chegar ao main-event. E no fundo, creio que as coisas serão sempre assim. Não acho que tenhamos de esperar mais três anos para ter alguns main-events com estrelas desta geração, especialmente nos pay-per-views de época baixa, mas para ter de forma consistente e em pay-per-views de grande importância, é uma estimativa aceitável, sim.

Renato: “Os títulos secundários (USA e Intercontinental) têm andado com falta de destaque, uma vez que assim o é, o que achas que esta a faltar, para que estes titulos sejam mais valorizados? O mid card ultimamente, tem andado em baixo, o que farias para esta divisão voltar ao de cima, uma vez que tem la superstars com muito talento (criavas novos títulos para fortalecer as rivalidades?)?”

O problema dos Títulos secundários e da divisão de midcard é que a WWE não está preocupada com a sua situação. A WWE preocupa-se com o tratamento de certas personalidades, independemente delas terem Títulos ou não. Ou seja, em certas mãos, os Títulos terão outro cuidado e atenção. Basta ver o exemplo dos The Shield. A WWE está a tratar e consolidar os Títulos de Tag Team, porque está investida na construção das equipas em si. Nem a Team Hell No, por muito bem-sucedida que tenha sido, teve tantos combates de destaque na Raw ao longo do seu reinado todo.

Os Títulos e a Divisão de midcard precisam de rivalidades cuidadas, combates de qualidade e muita consistência. Os fãs precisam de se habituar a esperar bons combates, histórias e momentos envolvendo os Títulos secundários. O tipo de consistência que a WWE está a aplicar aos The Shield, deveria experimentar aplicar também a outras áreas. Dessa forma, tudo iria melhor no geral.

Mais Títulos creio que seja uma má ideia. Aliás, sem brand-split, julgo que até já possuem Títulos a mais e não vão tratar de todos da forma que merecem, portanto, os mesmos tornam-se num ponto negativo e algo que não ajuda os lutadores, ao contrário do que deveria ser. Dessa forma, julgo que mais vale retirar alguns títulos.

Yan: “Até onde os The Shield irão carregar os títulos??”; xXFlesh_It_OutXx: “Que futuro esperas para os The Shield, agora que são campeões?”; Reisdi: “O que o futuro reserva aos Shield?”

Não tenho um palpite forte relativamente até quando é que irão ter os Títulos, mas acredito sinceramente que o reinado dos The Shield como campeões irá durar durante muito tempo. Porventura, acredito que o reinado pelos Títulos de Tag Team durem mais tempo que o de Dean Ambrose, como campeão de Estados Unidos, pois consigo visualizar a WWE a querer dar ao grupo um Título principal e não estou a ver os outros dois elementos sem nada. Não digo que o grupo terá sempre Títulos até começar a preparar a sua separação, mas durante os primeiros tempos, creio que tal é uma aposta segura.

Julgo que irão ter um excelente e muito bem-sucedido futuro, não só como membros individuais como referi numa questão acima, mas como grupo. Estes reinados e espectaculares combates que têm tido para os defender parecem-me ser um excelente presságio do seu futuro.

Thiago henrique: “Na sua opinião cm punk voltará como heel continuando ao lado de Paul heyman ou se tornará face rivalizando com Curtis Axel?”

A meu ver, a ideia de que Paul Heyman e CM Punk poderão estar perto da separação passou a existir após Heyman ter aceite o desafio em seu nome na Raw. Seria natural que isso implicasse uma rivalidade entre Curtis Axel e CM Punk, mas independentemente do caso, não acho que seja possível CM Punk ser heel. Se não conseguiu ser odiado durante uma rivalidade com Undertaker, pela Streak na Wrestlemania, usando a memória de uma pessoa que tinha mesmo morrido, uma pessoa querida na indústria, então duvido que alguma vez o consiga ser de todo. Especialmente depois de se ter ausentado durante semanas devido a lesão. Fique ao lado de Paul Heyman ou não, rivalize com quem rivalizar, não acredito que CM Punk consiga ser recebido como heel. Ele pode sê-lo, mas não vai conseguir obter a reacção que quer.

Concluo assim mais um contributo meu ao “Perguntas e Respostas”! Às perguntas que respondi, espero ter conseguido ser clara e que as mesmas estejam à altura das vossas expectativas. Agradeço as vossas questões e passo a palavra a José Sousa – o responsável pelo espaço “Smoke and Mirrors”, que irá responder às vossas questões na próxima semana.

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

23 Comentários

  1. MR Perfection André Santos - há 4 anos

    Obrigado Salgado por responderes.

    Pergunta para o José:

    A WWE está a virar-se para a “cantera” e prata da casa especialmente da NXT. Que na minha opinião faz muito bem.A pergunta que faço é se com a entrada destes talvez tenha que sair alguns lutadores,e quais dispensavas? ou o roster é curto e suporta esta vinda de talentos?

  2. Miguel Carlos - há 4 anos

    Apesar de não me teres respondido, não deixo de gostar desta edição pela qualidade de sabedoria de Wrestling que tens. Até porque é normal com 100 perguntas e só poderes selecionares 10 a minha não ser escolhida.

    José:
    Acreditas que Bray Wyatt e a Wyatt Family terá sucesso nos shows principais?

  3. Pereirinhaaa - há 4 anos

    Como ve a rota do USA Title com a futura saida de Kofi Kingston da rota do titulo?

  4. CVice - há 4 anos

    Pergunta: Agora com o Dean Ambrose como campeão dos Estados Unidos, temos apenas o Título Intercontinental para o mid-card e a WWE tem muitos nomes cogitados para esse título, Fandango, Sin Cara, Miz, Big E, dentre outros, não seria necessário a criação de mais um título para o mid-card?

  5. Ricardo Abreu - há 4 anos

    Quais títulos achas que se deve retirar?

  6. MicaelDuarte - há 4 anos

    José, sendo tu um grande admirador da Wyatt Familly, particularmente do Bray Wyatt, achas que todos eles terão sucesso, ou apenas Bray Wyatt vai chegar ao estrelato?

  7. Para ti quem é o(a) admirador(a) da Kaitlyn e porquê ?

  8. Thiago henrique - há 4 anos

    A estipulação 3 stages of hell escolhida pela wwe no payback ainda pode funcionar bem na atual era PG?

  9. Redsdm - há 4 anos

    O que você acha que a WWE pode criar para os proximos meses??

  10. John William - há 4 anos

    José:

    – O que acha que poderá acontecer no combate Chris Jericho vs CM Punk? Este combate pode ser, de certa forma, benéfico para ambos?

  11. Porto Tricampeão! - há 4 anos

    O que esperas do combate entre CM Punk e Chris Jericho?

  12. DX Rules - há 4 anos

    José achas que as rivalidades da WWE estão a ser bem-construídas para o próximo PPV?

  13. Jorge Rebelo - há 4 anos

    José vou colocar-te uma questão muito semelhante aquela que na semana passada fiz à Salgado. Como sabes eu sou leitor assíduo do Somoke and Mirrors, mesmo quando o tema é a WWE. Gostava de saber que balanço fazes das suas 80 edições e o que podemos esperar para as próximas 80?

  14. Nani - há 4 anos

    O que achas de Curt Hawkins? Achas que teria melhor futura na TNA ?

  15. cenation - há 4 anos

    o que achas que um wrestler precisa de ser/ter para entrar na WWE?

  16. vasco37 - há 4 anos

    que é que achas que vai ser o proximo wwe champion?

  17. Dolph Ziggler - há 4 anos

    O que achas do produto que a WWE tem vindo a apresentar desde a Wrestlemania? Achas que a companhia está a ter a direção correcta? Últimamente a WWE tem-se preocupado em criar estrelas para o futuro. Achas isso positivo?

  18. Tiago - há 4 anos

    Que iram fazer ao Undertaker??? Voltará na road to wrestlemania 30???

  19. Evandro Monari - há 4 anos

    Salgado, valeu por responder minha questão

  20. Luiz Opportunist - há 4 anos

    Jose:

    Achas q algum dia o Drew McIntyre tera o Push q ele tanto merece?Achas q ele com esse Push podera chegar ao ME?E quais outros outros wrestlers do Mid Card ve com chances de ser um ME no futuro?

  21. Yan - há 4 anos

    o que é preciso para que a divisão feminina saia dessa lama que está atualmente ??

  22. danielLP21 - há 4 anos

    Salgado, assustei-me quando li que escreveste 3 vezes “divirtir-me”! Mas depois começaste a escrever bem a palavra, devias estar distraída ahah :D

    Excelente “Perguntas e Respostas”, e eu esqueci-me de fazer a minha pergunta -.-
    Fica para a próxima!

  23. Renato - há 4 anos

    Obrigado por teres respondido á minha questao! ;)

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador