Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Perguntas e Respostas #55

Sejam bem-vindos a mais das minhas participações neste espaço interactivo do Wrestling.Pt que é o Perguntas e Respostas. Nesta edição voltaram a colocar-me diversas perguntas sobre temáticas prementes. Por isso mesmo escolhi as 10 perguntar que me pareceram mais pertinentes e mais curiosas, que colocaram-me desafios pessoais de explicar temáticas que considero importante e que não tenho tido tempo de explanar no meu espaço semanal. E será as respostas a essas mesmas perguntas que passarei a responder de seguida.

Nani: O que achas de Curt Hawkins? Achas que teria melhor futuro na TNA?

Muito sinceramente eu gosto do Hawkins tem talento e a ideia que tenho dele é que um wrestler muito esforçado e que gosta mesmo do seu trabalho. E acho que pode ter futuro na WWE até porque ainda é novo(28 anos ), claro que nunca será um main-eventer mas se o juntarem de novo a Zack Ryder podem formar de novo uma das melhores tags teams da WWE, e com o tempo até poderiam perfeitamente conquistar um título de tag Team.

Mais que isso é muito difícil, no máximo um título de midcard até porque nem todos podem ser main-eventers e por mais talento que tenha Hawkins também é verdade que tem muitos wrestlers com mais talento e potencial á frente dele para chegar ao main-event. E na TNA seria quase igual, poderia ser Tag Team ou mesmo X-Division Champion mas mais que isso não me acredito, e por isso o máximo que Hawkins poderia beneficiar na TNA era de mais tempo de antena mas sempre no midcard. E para isso acho que mais vale ficar na WWE e acreditar que poderá mesmo acontecer esse regresso do Ryder e Hawkins como Tag Team onde ai poderia apresentar o seu talento e ter tempo de antena.

CVice: Agora com o Dean Ambrose como campeão dos Estados Unidos, temos apenas o Título Intercontinental para o mid-card e a WWE tem muitos nomes cogitados para esse título, Fandango, Sin Cara, Miz, Big E, dentre outros, não seria necessário a criação de mais um título para o mid-card?

Sinceramente acho que está bem assim, se fosse a criar um título seria o Cruserweight até porque permitia a subida de alguns membros do NXT que se enquandram bem nesse estilo de título, como seria o caso de Adrian Neville, Cory Graves, Kassius Ohno ou Sami Zayn.

Agora desses nomes que referes só o Miz e o Fandango é que estão verdadeiramente na rota do título, o caso do Sin Cara é já problemático porque as expectativas eram altas e acabaram por sair goradas, e dificilmente terá correcção por isso o mais provável é que mais ano menos ano que seja dispensado.

Quanto ao Big E Langston eu não sou muito fã dele admito, tipo pelo menos até agora ainda não me mostrou nada que me deixe muito entusiasmado mas até pode vir a surpreender-me pela positiva. Não sei qual será o futuro dele com a sua separação de Ziggler, mas ficando face é bem provável que possa vir a ser contender pelo título de Dean Ambrose mais cedo ou mais tarde, se bem que a acontecer isso preferia que ocorresse apenas após o Summerslam. Mas sem dúvida que o problema não está no número de contenders nem no número de títulos de midcard, apenas tem que ser bem trabalhados e com feuds com lógica como a que temos assistido pelo título Intercontinental.

MR Perfection André Santos: A WWE está a virar-se para a “cantera” e prata da casa especialmente da NXT. Que na minha opinião faz muito bem.A pergunta que faço é se com a entrada destes talvez tenha que sair alguns lutadores,e quais dispensavas? Ou o roster é curto e suporta esta vinda de talentos?

Eu percebo a tua pergunta, e como sabes eu também defende essa aposta na prata da casa em vez de andar a gastar dinheiro em regressos ou part-timers. Se o roster é curto ou grande? Eu considero que é grande perante este desenho dos shows sem Brand Split, mas com Brand Split apenas seria preciso um pequeno ajuste em wrestlers que não são precisos para criar espaço para estes novos talentos. Mas também temos que referir que o trabalho do Triple H com estes talentos tem sido inteligente porque apenas os traz para o roster principal quando tem uma gimmick definida e um plano de feud inicial bem definido, o que por isso tem ajudado esses talentos. O melhor exemplo disso são os Shield, mas Fandango e Curtis Axel também são bons exemplos desse trabalho.

Agora quem é que eu dispensaria no roster da WWE é fácil: Eu dispensaria JTG, David Otunga , Great Khali e o Big Zeke. Pelo menos esses, considero que não estão a fazer nada na WWE e a empresa não beneficia em nada em tê-los na companhia nem como jobbers. Depois temos nomes como o Sin Cara ou Bourne que também poderiam ser dispensados caso subissem ao roster principal wrestlers como Sami Zayn ou Neville que são high flyers com tanto ou mais valor que os nomes que referi. Não sei se esses nomes bastariam para equilibrar o roster mas são aqueles que eu claramente dispensaria mais facilmente para suportar a subida dos novos talentos ao roster principal.

Thiago Henrique: A estipulação 3 Stages of Hell escolhida pela WWE no Payback ainda pode funcionar bem na atual era PG?

Excelente pergunta Thiago, e tentarei responder sem falar muito na feud em concreto ou pelo menos naquilo que acho que poderá ser o resultado final do combate no Payback. Mas tenho que admitir que agradou-me que a WWE tenha escolhido esta estipulação para o combate entre Cena e Ryback porque desta forma podemos ver o fim desta feud através de uma estipulação que possibilita que o vencedor do combate tenha supremacia sob o derrotado.

Claro que existem alguns fãs que acham que esta estipulação não deveria ter sido escolhido para esta feud. Mas a questão que coloco é que estipulação queriam para resolver um empate num Last Man Standing? Um 1-1 não seria correcto, por isso e face ao desafio de Ryback na semana anterior acho que a WWE optou bem por esta estipulação. Até porque a feud desde do Extreme Rules que vem melhorando, e por isso culminará num combate agressivo e extreme que por certo resultará bem mesmo tendo em conta o PG.

Aliás o PG não é impeditivo de estipulações diferentes nem de um produto interessante, o problema na maioria das vezes está na forma como é trabalhado o produto e os novos talentos do que propriamente no conceito PG. Até porque na minha opinião é possivel ter um excelente PPV, com excelentes histórias e feuds sem ser preciso sangue ou ser extreme. O que conta é a história se a agressividade complementar essa história melhor, se não complementar não é o facto de ter violência gratuita que torna um combate melhor que outro. E neste caso a estipulação tem que responder á rivalidade ou á situação que a história da feud colocou, e desse modo justifica-se completamente esta opção da WWE e por certo que resultará num bom combate no Payback.

Luiz Opportunity: Achas que algum dia o Drew McIntyre terá o Push que ele tanto merece? Achas que ele com esse Push poderá chegar ao ME?E quais outros wrestlers do Mid Card vê com hipoteses de ser um ME no futuro?

Olha é uma boa pergunta, até porque essas hipóteses vão sempre variando com o tempo, porque um wrestler do mid-card até pode estar a receber uma aposta e estar próximo do main-event e semanas depois não o ser por um mero erro. E o Drew McIntyre é sem dúvida um belo exemplo desse tipo de casos, porque ele tem uma primeira passagem que nem se nota por ele mas depois volta com a personagem do “Chosen One” que foi escolhido pelo próprio Vince que previa que ele iria ser o futuro campeão Mundial.

E diga-se a abono da verdade que toda a construção da personagem foi feita de forma notável, sobretudo devido ao modo como a WWE definiu a personagem. Durante esse período como campeão Intercontinental ele foi fantástico como heel, mesmo nas promos e aquela feud com o John Morrison foi sem dúvida espetacular. Aliás ainda me lembro um Smackdown onde o Morrison entra por lá dentro de Kilt e a gozar com o McIntyre a dizer que era o William Wallace.

Mas deixemo-nos de parentisis á resposta, e é sem dúvida verdade que quando chegamos á Wrestlemania XVI tínhamos o McIntyre como o claro favorito á mala do Money in the Bank, mas á última hora a WWE decidiu dar a mala ao Jack Swagger. Na altura fiquei fulo porque o Drew era aquele que estava mesmo preparado para o main-event, e como não foi na altura certa a personagem dele acabou-se por arrastar e devido a problema “pessoais” deixou de ser uma grande aposta da WWE infelizmente.

Se tem hipóteses de voltar a estar próximo do Main-Event? Nada é impossível mas é bastante improvável, aliás a única hipótese que teria de chegar lá era com um regresso á anterior gimmick. Ele não precisava de voltar a ser o protegido bastava aquela agressividade e talento que ele demonstrava em conjunto com uma feud que voltasse a catapultar para um patamar mais elevado.

E embora gostasse da ideia tenho a noção que existe vários wrestlers do mid-card á frente dele como hipóteses de chegar ao main-event da WWE no espaço de 2 a 5 anos.  Assim e não querendo dizer que goste de todos eles: Tyson Kidd, todos os Shield, Wade Barrett, Cody Rhodes, Damien Sandow, Fandango, Bray Wyatt, Curtis Axel, Big E Langston, e talvez Antonio Cesaro . Estes são tudo nomes que sem dúvida andarão cogitação da WWE para futuros pushes para main-eventers não quero dizer que todos atingirão esse patamar mas são aqueles que na minha opinião a WWE apostará mais (segundo as condições actuais) para ter ouro consigo(mesmo que seja do mid-card) no futuro, sendo que não incluí o Daniel Bryan na lista porque ele já em top mid-carder e a carreira dele vai oscilar entre titulos de mid-card e de main-event á semelhança do que foi a carreira de Chris Jericho.

Dolph Ziggler: O que achas do produto que a WWE tem vindo a apresentar desde a Wrestlemania? Achas que a companhia está a ter a direção correcta? Ultimamente a WWE tem-se preocupado em criar estrelas para o futuro. Achas isso positivo?

Sinceramente noto uma evolução muito positiva no produto da WWE desde da Wrestlemania, sendo mais notória essa evolução a partir do Extreme Rules que mesmo não sendo Super-Extreme foi um bom PPV. Mas acho que é notório para muita gente que as últimas duas semanas foram muito boas mesmo porque a WWE começou a apostar nas tais estrelas do futuro, e isso apesar de ter o risco de uma baixa de ratings numa primeira fase( como se verificou), também tem o beneficio de potenciar o produto caso a qualidade se mantenha, tornando o produto mais apetecível porque os fãs vão encontrar novas supertars, e não as mesmas de sempre e que a WWE concentrou o produto durante cerca de 3 a 4 anos.

Olha um bom exemplo da qualidade do produto, é que eu mesmo sendo grande fã do CM Punk (e quem já debate comigo há mais tempo sabe disso) não tenho sentido falta dele nas Raws. E não tenho porque a WWE tem sabido apostar de forma correta no Fandango, Shield, Ryback, Curtis Axel, mesmo o Miz voltou mais interessante como face (devido ao travão nos MizTv). E perante essa boa performance dos novos talentos é impossível sentir a falta do Punk no produto, ou mesmo que se sinta a falta é positiva essa ausência. Isto porque quando ele regressar o cenário da WWE vai estar ligeiramente diferente, o que por si poderá trazer novos desafios e feuds a Punk diferentes dos que teve até agora. Aliás acho que seria extremamente negativo para o Punk se voltasse logo para ter uma feud com Cena ou Ryback, porque já teve feuds com ambos.

Aliás existe alguém da nova geração que queria ver numa feud com o Punk no prazo de um ano, e essa pessoa é o Bray Wyatt. Acho que teríamos aqui um duelo fantástico no ringue, e sobretudo nas promos que poderiam atingir um patamar de qualidade fantástico. Por isso, tudo a ausência do Punk é positiva porque permite colocar novas estrelas no panorama da WWE, e usei a ausência dele como exemplo da forma como o produto tem sido bem gerido para promover novas estrelas. Por isso e apesar de continuarem a errar na promoção do Ziggler e do Barrett como campeões, o produto em geral tem tido boa qualidade e tem tomado a decisão correcta sem dúvida alguma.

William: O que acha que poderá acontecer no combate Chris Jericho vs CM Punk? Este combate pode ser, de certa forma, benéfico para ambos?

Eu não me acredito que este combate irá acontecer, pelo menos até surgir algum sinal do regresso do Punk não me acredito. E não acredito porque considero que o Punk não é do tipo de wrestler que regressaria para ter um combate com Jericho só porque sim, sem qualquer feud por detrás.

Por isso e por mais que fosse um excelente combate, eu acho que o Punk não regressa no Payback para este combate do nada só porque o PPV é em Chicago, mas também podemos estar errados e ele voltar mesmo para este combate. Mas até sinais do contrário a minha aposta é para que Curtis Axel substitua Punk no combate no dia do PPV quando Jericho esperava um combate com o Punk. É essa a minha ideia para já e penso que será isso que aconterá no Payback, e por isso nunca será benéfico para os dois. E as pessoas tem que deixar de pensar no Jericho como wrestler com objectivos de títulos ele agora só quer é elevar novos talentos, e dentro desse plano o Curtis Axel poderá ser o próximo Junior que irá ser trabalhado por Jericho.

DX Rules: José achas que as rivalidades da WWE estão a ser bem-construídas para o próximo PPV?

Muito sinceramente acho que sim, aliás acho que estão a ser construídas de forma exemplar em quase todos os casos. O único caso mais negativo é o World Heavyheight mas aparentemente para semana o Ziggler volta, e espero que com isso a WWE tente valoriza-lo e criar algum ímpeto para o combate com o Alberto Del Rio em apenas duas semanas. É óbvio que será difícil mas pelo menos que façam o mínimo para que o combate desperte a atenção dos fãs, até porque considero que será uma feud para continuar no Money in the Bank e ai se tudo correr bem o Ziggler já está a 100% e aí a construção do combate será muito melhor.

Mas á excepção desse caso, a maioria dos combates estão a ser bem construídos quer sejam os combates pelos títulos onde podemos ter um bom combate entre Cena e Ryback, um Triple Threat pelo título Intercontinental, um combate a três Tags pelo título de Tag Team. Aliás se existe um destaque neste momento é os Shield eles estão numa fase absolutamente notável, o Ambrose em dois semanas de reinado mostra a Cesaro como se cria impacto e heat como campeão dos Estados Unidos.  Por isso e sem me alongar muito sobre as rivalidades em particular(até porque o farei na antevisão do PPV), a verdade é que o Payback está a ser muito bem construído, e espero que as próximas duas semanas mantenham o nível do produto e com a consistência na construção do PPV que teve nesta duas primeiras semanas, porque se assim for as expectativas para o Payback são bem positivas.

Micael Duarte e Miguel Carlos: José, sendo tu um grande admirador da Wyatt Familly, particularmente do Bray Wyatt, achas que todos eles terão sucesso, ou apenas Bray Wyatt vai chegar ao estrelato?

Como já perceberam de outros meus comentários eu sou mesmo admirador do Bray Wyatt e da sua gimmick que considero genial. Aliás acho parvo quando alguns o julgam pela personagem de Husky Harris, e por isso mesmo desvalorizam esta gimmick sem nunca a terem visto. Porque estou convencido que aqueles que não o conhecem ou desvalorizam serão dos que mais irão elogiar o trabalho de Wyatt no roster principal.

Para aqueles que não conhecem a gimmick, ela baseia-se num líder de um culto(o Wyatt) que prega contra os valores materialistas da nossa sociedade, apresentando-se como o salvador e o homem que irá limpar as nossas mentes corrompidas.  Sinceramente basta verem as promos dele no NXT para perceberem o conceito e o talento no micro de Wyatt, aliás a melhor prova desse valor é o confronto com Jericho no NXT. Além disso ele evoluiu bastante no ringue e está muito competente no ringue, sendo que com a subida ao roster principal e com uma boa promoção ele poderá evoluir ainda mais e dessa forma tornar-se um caso sério no roster da WWE.

Para aqueles que os comparam aos 3MB ou aos Shield digo que são incomparáveis, porque os Shield são brutais e os 3MB são apenas uma stable de bons jobbers com um talento entalado na stable(Mcintyre). Depois os Wyatt Family tem claramente um líder moral e de ringue que é secundado por Rowan e Harper de forma muito eficaz. Sendo que desse o Harper é muito mais talentosos do que o Rowan que considero menos preparado para o roster principal, mas considero que a experiencia de Wyatt e Harper ajudará bastante á adaptação de Rowan ao plantel principal. Até porque acredito que será Wyatt o centro da atenção, e Harper e Rowan os cordeiros que ele usará como marionetas para os seus prepósitos. No entanto considero Harper um bom wrestler até porque têm bastante experiência em Indys como a Chikara e isso será notado no ringue.

Depois é uma stable que concilia gimmick , a performance no ringue e promos que são fantásticas e que se a WWE permitir marcarão impacto desde da estreia. Aliás a estreia ideal é através do confronto com um wrestler mais experiente do roster como poderia ser no regresso de Christian que poderia ser confrontado com eles e seria uma boa feud de arranque com eles. Outra feud interessante seria um envolvimento com Kane ou Bryan na promessa de limpar a mente enraivecida de Bryan ou limpar os demónios que existem em Kane. Mas para mim o mais importante é que estreiem com alguém com impacto porque só dessa forma é que esta stable será valorizada, mas acredito que acontecerá isso porque não acho que os vão colocar no roster principal sem terem um plano para eles.

Por isso as minhas expectativas são altas para a estreia deles, e espero que não seja desiludido. Mas sem dúvida que o Bray é aquele que tem mais potencial de sucesso, no entanto não ficarei surpreso se o Luke Harper for uma fantástica surpresa nesta stable muito por causa do seu background. Mas essa análise á estreia será feita no Smoke and Mirrors na altura certa, mas uma coisa é certa eu adoro aquela entrance Theme que é algo fora de série e ainda bem que a WWE não criou outra música para eles só porque vão subir para o main-roster. De resto é mesmo só esperar pela estreia que deverá ser na Raw a seguir ao Payback, pelo menos é essa a minha ideia.

Jorge Rebelo: Como sabes eu sou leitor assíduo do Smoke and Mirrors, mesmo quando o tema é a WWE. Gostava de saber que balanço fazes das suas 80 edições e o que podemos esperar para as próximas 80?

O facto de leres o meu artigo é positivo porque por vezes os comentários que recebem são o único feedback que temos, e quando eles são mais reduzidos por vezes questionas se estás a fazer bem o teu trabalho. No entanto o balanço destas 80 edições é bastante positivo, claro que tive edições menos conseguidas mas também são esses erros que me fizeram crescer como autor.

Acho que o que me motiva é a minha paixão pelo Wrestling e tento espelhar essa paixão quer seja quando faço as antevisões dos PPV´s, ou quando analiso um wrestler ou um tema mais especifico. Se existiu uma evolução enquanto escritor no site acho que o devo a vós leitores, e alguns bons comentadores com os quais tenho excelentes debates nos chats ou nos artigos. Claro que não vou ter falsa modéstia e dizer que não tenho capacidade analítica ou jeito, porque acho que tenho. Porém não me considero o rei da verdade e gosto do debate e do contraditório e isso em parte motiva-me.

Depois tenho um enorme gosto pela descoberta de novos talentos, são os novos talentos que me motivam porque não consigo olhar para um produto e pensar constantemente no passado. Aliás acho que tanto na TNA como na WWE é importante respeitar o passado sem dúvida, mas não podemos procurar no presente elementos do passado. E por isso o caminho é claramente apostar nos novos talentos porque eles são capazes de ser o garante do futuro de ambas as empresas. E escrever sobre esses talentos é uma das grandes motivações do Smoke and Mirrors no presente e como não poderia deixar de ser no futuro.

E por isso sem dúvida que o balanço destas 81 edições é muito positivo, mas mais que olhar para o passado o que motiva são as edições futuras. E enquanto tiver pessoas que queiram ler o meu artigo, e divertir-me a escrever continuarei a ver wrestling e a escrever sobre ele para todos vós.

Assim concluo mais uma das minhas colaborações neste espaço, despeço-me até uma próxima oportunidade no Perguntas e Respostas, esperando que tenha respondido da forma mais compreensível ás vossas perguntas. Assim para semana vocês poderão fazer as vossas questões ao Flávio Bruniera, o autor do Piledrivin’ Everyone no Wrestling.PT. Podendo desde já deixar as vossas perguntas ao Flávio nos comentários!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

25 Comentários

  1. MR Perfection André Santos - há 4 anos

    Obrigado por responderes José.

    Concordo com as dispensas, então o Khali assino por baixo!Realmente Triple H só promove aqueles são mais valias e com a personagem vincada!

  2. Dolph Ziggler - há 4 anos

    Obrigado por teres respondido á minha pergunta, José. Gostei da tua resposta.Foste bem claro.

    Agora uma pergunta para o Flávio: Achas positivo o facto do Vince, da Stephanie e do Triple H voltarem a aparecer mais frequentemente na televisão? Até onde achas que isso pode ligar?

  3. Darth Mordred - há 4 anos

    Bem, bom artigo. E bem otimista também. Tenho minhas duvidas se a WWE realmente está fazendo um bom produto.

  4. DX Rules - há 4 anos

    Flávio como grande fã dos teus artigos pergunto-te apenas: Para quando o regresso deles?

  5. Yan - há 4 anos

    Se a Aces and 8’s fosse uma Stable da WWE, quais seriam os membros dela ??

  6. joaoziggler - há 4 anos

    Quando randy orton virar hell quem gostarias que tivesse uma feud com ele?

  7. Ricardo Abreu - há 4 anos

    Quais e títulos da WWE gostarias de retirar? Porquê?

  8. Nani - há 4 anos

    Qual o futuro que se reserva para R-Truth na WWE ? Pois já foi campeão varias vezes no mid card e até já lutou pelo WWE Championshp.

  9. Thiago henrique - há 4 anos

    John cena já é 11 vezes campeão da wwe.Na sua opinião a wwe vai permitir ele ultrapassar ric flair? ou esse número jamais deverá ser ultrapassado?

  10. JeanJCS - há 4 anos

    Flavio, para voce, quem seriam os melhores superstar para integir com o Wyatt famuly nesse debut? E se por acaso se confirmar de que averão novos membros na stable, acha que podem ser talentos já conhecidos no NXT? Se sim, quem?

  11. PeterRyder - há 4 anos

    Achas que os Uso’s vão ter o push que tanto se fala? Achas que é merecido? Ou preferias o push a uma outra equipa?

  12. igor - há 4 anos

    um lutador pode ter mais de 1 titulo na wwe

  13. Miguel Carlos - há 4 anos

    Obrigado pela resposta, José! Fico à espera da edição em que falares da Wyatt Family.

    Flávio:
    Na tua opinião, a streak de Undertaker devia ser quebrada?

  14. tiago wwe - há 4 anos

    em qual feud você colocaria o punk quando ele retornar ?

  15. AwesomeTheMiz - há 4 anos

    Grande edição, gostei muito das perguntas.

    Questão para Flávio:
    Justin Gabriel e Tyson Kidd, Darren Young e Titus O’neal, Primo e Epico e Jimmy e Jey Uso são todos duplas diferentes, cada uma com o seu talento e personalidade que lhe cabem. Flávio, na sua opinião, vê talento nestas Superstars do low-card? Achas que algum deles podem chegar ao mid-card ou até no main-event no futuro?

  16. lucasHBK - há 4 anos

    O que achas do Justin Gabriel? Achas que merece um push?

  17. Reisdi - há 3 anos

    O Que achas de Justin Gabriel fazer uma heel turn e 3mb fazer uma face turn?

  18. The Phenom - há 3 anos

    O que se passou com o Taker? Achas que se ausentou por razões reais ou ficticias?Achas que ele irá voltar? Se sim quando? E será que ele marca presença na Wrestlemania 30?

    • The Phenom - há 3 anos

      E tambem com perguntou o Miguel Carlos achas que o Streak do Taker devia ser quebrado? Se sim por quem?

  19. Rui Ribeiro - há 3 anos

    Achas que Curtis Axel será WWE Champion ou World Heavwheight Champion?

  20. Kauê Souza - há 3 anos

    Sou muito fã da WWE, mas em especial das Divas, e minha preferida é Kelly Kelly. Você acha que ela possa ser introduzida algum dia ao Hall Of Fame da empresa? Visto que nos anos de 2010 a 2012 ela foi a Diva mais carismática que se passou na WWE.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador