Piledrivin’ Everyone #11 – Dia Especial

Bem vindos à décima primeira edição do Piledrivin’ Everyone. De volta devido a um dia muito especial!

Um dia em que a WWE resolveu nos presentear com uma RAW como há muito não víamos: belos combates, grandes surpresas e ótimos segmentos de backstage. É verdade que há muito não escrevo por aqui, mas calhou de os números 11 e 30 fazerem muito sentido para meu retorno.

No dia em que escrevo a crônica de número 11, ela versa sobre a RAW do dia 11 de junho. Este dia também marca meu aniversário de número 30, e eu fiz questão de contar: entre segmentos de backstage e combatentes, tínhamos até os momentos finais, 30 personagens a aparecer na tela. Coube a John Cena o número 31 e o fim das coincidências!

Mas vamos ao que interessa. A WWE, de tempos em tempos, tem o poder de nos surpreender, seja para o bem ou para o mal. Felizmente, nesta data tão especial pra mim, o meu fim de noite foi abrilhantado por uma RAW em que muito do que aconteceu pode dar novos e interessantes rumos às storylines já em curso.

Tivemos um início com um retorno que sempre me agrada. Tio Vince veio todo caricato, como de costume, pronunciar duras palavras John Laurinaitis. Teria “ele” a capacidade de proporcionar uma RAW tão maravilhosa, a ponto de convencer Vince de que não seria necessário pronunciar as temidas palavras: YOU’RE FIRED!?

Pois o primeiro combate veio mostrar do que o “People Power” é capaz! Sheamus e Tensai fizeram um ótimo combate, em que se viu muito vigor, e um final com derrota do lutador “japonês” e um duro ataque ao seu fiel escudeiro Sakamoto (talvez o segmento que tenha feito menos sentido na RAW, a menos que seja melhor trabalhado daqui pra frente).

O que se seguiu foi uma tentativa desesperada de salvar o próprio couro: um Fatal 4 Way marcado para definir o adversário de Sheamus pelo WHC no No Way Out. Por uma “ideia brilhante” de Laurinaitis (na verdade foi do Teddy Long), foram chamados os 4 ex-campeões presentes: Ziggler, Christian, Khali e Swagger. E após este anúncio, um segmento que muito me intrigou, mas depois teria seu contrapeso. Com um potente soco, Big Show tirou de circulação, por algum tempo, R-Truth.

divas

Logo depois, um combate de Divas (alguém reparou num cartaz, que apareceu muito no início da RAW, dizendo que queria ver combate de Divas?). Layla e Beth Phoenix fizeram um bom combate, com pitadas de comédia proporcionadas por Santino Marella e Ricardo Rodrigues, sendo o ponto alto, além do Glam Slam (meio estranho) que deu a vitória a Beth, a camisa de Justin Bieber que Ricardo tinha por baixo. Foi algo interessante, que poderia sugerir uma presença do astro pop em algum show, visto que a WWE adora convidar estrelas (espero que esta minha teoria não se consolide). Uma boa dose de humor, bem colocada num momento correto.

Uma grande surpresa viria para mais tarde, com um tag team match marcado entre Bryan/Kane e Punk/AJ. Algo no mínimo inusitado, mas não pararia por aí…

No Fatal 4 Way que se seguiu, as surpresas se acabaram logo que Khali e Swagger foram eliminados. Já percebi neste meu retorno ao mundo do wrestling que a WWE atual não costuma deixar um lutador com dois títulos acumulados, como já aconteceu muitas vezes no passado. Com Ziggler e Christian para o final, caberia ao Show Off o posto de #1 Contender contra Sheamus no No Way Out. Um combate bem interessante pelo que representou: 4 ex-campeões lutando pela chance de sê-lo novamente.

Falarei pouco sobre Ryback, pois creio que já mostrou bem ao que veio, mas hão de concordar que já queremos mais dele, pois já sabemos que ele é forte o suficiente para cabar com dois oponentes ao mesmo tempo. Alguém percebeu gritos de “BORING, BORING” ao fundo?

Depois tivemos uma boa Steel Cage Match, onde se viu um Big Show mais uma vez dominante e um Kofi Kingston que teve bons momentos, mas insuficientes para fazê-lo vencedor ao final. Creio que aí esteja a explicação do grande “murro” que R-Truth levou mais ao início: como parece estar lesionado no pé, foi uma forma de tirar os Tag Team Champions de circulação por um tempo, visto que ao final, Kofi ficou por um bom tempo desacordado. Veremos nos próximos shows.

Depois tivemos dois combates em que Sín Cara pôde consolidar seu retorno, com alguns movimentos levemente equivocados em alguns momentos, mas suficiente para colocá-lo em ação novamente, e um grato retorno: a lenda Vader veio para o ringue combater contra Heat Slater. Muito bom para relembrar bons e velhos tempos…

kane_aj

Mas ainda teríamos mais um “momento surpesa” na noite, que estaria reservado para o combate entre Kane/Bryan e Punk/AJ. Um combate que seguia bom, sendo que Punk chamou para si a responsabilidade, transformando em um Handicap Match e dominando boa parte dele. Mas depois de um “tag involuntário”, AJ entrou em combate contra Kane. Ela sorriu, girou em torno de um estático Kane e depois saltou em seu colo. Juro que esperava por uma tentativa de roll-up ou coisa assim. Qual foi a minha surpresa e certamente a de todos que assistiram. O momento alto da RAW, na minha opinião: AJ beijou Kane afoitamente! A partir daí, Kane abandonou o ringue, e ficou a observar da rampa o final do combate, com vitória de Punk sobre Bryan. Veremos o que ainda nos espera para este No Way Out. Que surpresas ainda terá a “crazy chick”?

Mas a RAW ainda nos brindaria com um segmento muito interessante para os próximos episódios, até quem sabe o de número 1000. “Vinny Mac” veio ao ringue e chamou “Big Johnny” para decretar o fim de seus dias à frente da RAw e da SmackDown, mas Big Show não permitiu, dirigindo algumas duras palavras a Vince, e não o permitindo finalizar seu trabalho. Ao que veio ao ringue John Cena, para acabar com o problema. Mas o que poderia se resolver acabou em algo que pode causar diversas consequências contra Show e Johnny: depois de iniciar um confronto, Cena desviou de um golpe de Show, que acertou Vince McMahon, o deixando inconsciente. Bem executado ou não, uma cena que deixa muitas questões no ar!

E assim terminou uma RAW em que muito aconteceu (afinal, tivemos três horas para tudo isso), e que deixou um belo gosto de “quero mais”, que culminará no que tem tudo pra ser um ótimo PPV: o No Way Out de domingo!

É isso! Creio que foi meu primeiro artigo falando especificamente sobre um dos shows semanais – prefiro falar sobre assuntos específicos -, mas o faço por conta do meu retorno e da data mais que especial para mim, afinal, são 3 décadas de vida, e isso é motivo para comemorar. A WWE também soube me dar um belo presente, mesmo sem saber!

Agradeço em especial ao Salvador, Mário Magalhães, Salgado, FábioVaz, RicardinhoO e Bruno Cappi, pessoal que me mandou felicitações pelo Facebook, e que se não fosse o PTW (hoje Wrestling.PT), eu não conheceria, e hoje fazem parte da minha vida, mesmo sem tê-los conhecido pessoalmente algum dia!

C ya next time!

Sobre o Autor

Foto de perfil de Facebook
- Professor e futuro Analista de Sistemas. Amo música de qualidade, computadores, wrestling e um bom futebol (não necessariamente nessa ordem).

27 Comentários

  1. Frederico_WWE - há 4 anos

    Exelente artigo Flávio parabéns e realmente foi uma bela RAW!
    PS: Devo me ter esquecido de te dar os Parabéns pois então aqui fica o meu voto de felicidades e que venham muitos mais anos!

  2. Dolph Ziggler - há 4 anos

    Bom artigo, passei um bom tempo a ler isto tudo que escreveste!

    Parabéns pelo artigo e por fazer anos!

    Continua o bom trabalho!

  3. Mario Magalhaes - há 4 anos

    Excelente Artigo Flavio, também gostei muito desta Raw de 3 horas, sempre é muito bom ver o retorno de Vince McMahon e também gostei muito dos combates e claro do beijo de AJ em Kane e do retorno de Vader, mesmo que apenas por uma noite.

    • Foto de perfil de Facebook

      Flavio Bruniera - há 4 anos

      Obrigado Mario.
      Foste o segundo a me felicitar lá no Face (só perdeu pro Salvador, hehe. Aliás, os três primeiros foram daqui – Salgado também estava lá).
      É bom voltar pra cá e num dia que foi demais pra mim. Meus 30 anos serão lembrados por esta RAW, com certeza!

  4. danielLP21 - há 4 anos

    Bom artigo,gostei mesmo de lêr.
    Parabéns pelos teus 30 anos :)

  5. 619 D-generation X - há 4 anos

    Kane é o demonio favorito das mulheres kkk

    • Foto de perfil de Facebook

      Flavio Bruniera - há 4 anos

      Cara, foi uma das coisas mais surpreendentes que eu vi nos últimos tempos. Totalmente inesperado!

  6. Joao Pedro - há 4 anos

    O Piledrivin’ Everyone é um dos meus artigos preferidos e continua no bom caminho.
    Parabéns pelos teus 30.

    • Foto de perfil de Facebook

      Flavio Bruniera - há 4 anos

      Obrigado João Pedro. Só peço desculpas pela falta de frequência…
      Mas “à la Brock Lesnar” eu apareço de vez em quando, hehe!

  7. Fábio - há 4 anos

    Até a WWE “goza” com Justin Bieber!!

    • Foto de perfil de Facebook

      Flavio Bruniera - há 4 anos

      Ah, Fábio, mas com mil desculpas ae se alguém gosta, mas Justin Bieber é complicado, não?
      Só falta a WWE ter feito isso pra promover uma possível aparição dele numa RAW, ou algo assim… aí eu perco o respeito, kkk!

      • 619 D-generation X - há 4 anos

        imagine se ele aparece em um PPV então,além de eu perder o respeito eu perco a paciencia

      • João Macedo - há 4 anos

        Sendo um pouco irónico, colocar o Justin Bieber num show de wrestling é a mesma coisa que colocar um actor num jogo de futebol.

      • Foto de perfil de Facebook

        Flavio Bruniera - há 4 anos

        Tens razão, mas o motivo da minha suspeita é que ultimamente a WWE tem colocado cada “peça” pra aparecer tanto em RAWs, como em PPVs que eu já não duvido de mais nada…

        Ele aparecer pra “cobrar explicações”, etc…
        Para os miúdos e miúdas pelo menos seria uma boa… só pra eles também!

  8. ENT4MENTxHD - há 4 anos

    Belo artigo…

  9. Master of Chaos - há 4 anos

    Finalmente voltaste a escrever. Brincadeira.

    Lembro que andei falando com vc pelo facebook e vc me explicou que sua vida anda meio corrida. Que bom que você fez aniversário, muitos parabéns.

    Este artigo ficou ótimo mesmo, realmente foi um dia muito especial, eu nunca pensei que veríamos um beijo de AJ para acalmar o demônio vermelho, mas gostei de ver, parece que daqui a algumas semanas veremos a AJ a acompanhar o demônio ao ringue, talvez não.

    Eu esperava que com a chegada de Vince, o Johnny seria demitido, mas o estranho, é que sempre acontece algo que não permite que o Johnny seja demitido. Como ocorreu antes da WrestleMania com Undertaker a continuar sua feud com Triple H e agora o Show e o Cena aparecem e acabam com a cerimônia de demissão de Johnny Laurinaitis. O ruim foi ver mais tarde o Vince nocauteado no ringue, mas com Vince aparecendo, deixa claro que o Johnny está cada vez mais perto da demissão.

    Gostei muito de ver o Vader de volta a WWE, esperava vê-lo em feud com o Ryback ao invés de ganhar somente por squash.

    Afinal, quem vencerá por squash os Mr’s: Squasher’s da WWE? lol.

    Grande artigo, continue assim Bruniera.

    • Foto de perfil de Facebook

      Flavio Bruniera - há 4 anos

      Polêmico como sempre, não?

      Não acredito que Vader retorne com mais frequência aos shows, muito menos para iniciar uma feud com um lutador com estilo agressivo tal qual Ryback! Esta vai gerar discussão, eu acho…

      Agradeço pela força e pelos parabéns também!

      • Master of Chaos - há 4 anos

        Porquê polêmico? O mesmo Master of Chaos de sempre não?

      • Foto de perfil de Facebook

        Flavio Bruniera - há 4 anos

        Tua opinião sobre uma possíveu feud do Vader com o Ryback. Quando virem, pode gerar uma boa discussão, hehe!

      • Master of Chaos - há 4 anos

        Como o DanielLP21 e os outros, certo? lol.

      • Foto de perfil de Facebook

        Flavio Bruniera - há 4 anos

        Não só ele, kkk…

      • Master of Chaos - há 4 anos

        Por isso já disse, ele e os outros, mas sempre é alguém diferente, mas sempre tem o DanielLP21.

  10. FábioVaz - há 4 anos

    Grande Flávio Bruniera, finalmente o retorno do PE que tanto gostamos de ler.

    Lendo seu artigo pude ver esse Raw de uma forma diferente, Você abordou os segmentos e lutas muito bem, e realmente é algo que queremos ver no que vai dar.
    Essa da AJ eu tambem não esperava, fica na duvida se ela irá apoiar Cm Punk, D-Bry ou Kane… storyline muito bem pensada pela empresa.

    Quando aos agradecimentos, não tem do que agradecer, aniversário de um grande colaborador do PTW, e particularmente falando, um amigo que conheci por aqui, não podia passar sem um desejo de felicidades. Mas uma vez parabens, e aproveite o seu 3.0 kkkk

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador