Rivalidades #15 – Daniel Bryan vs Autoridade

Pessoal bem-vindos a décima quinta edição do Rivalidades no Wrestling.PT. Neste espaço semanal, eu Mario Magalhães, o escritor do Visão Brasileira, que esta de férias, relembro algumas das rivalidades da história da WWE. Para esta edição de número #15, resolvi escrever sobre um rivalidade para homenagear um dos superstars da WWE, que foi pai nesta semana e este é Daniel Bryan. Portanto a edição desta semana abordará a rivalidade entre Daniel Bryan vs. Autoridade, que ocorreu nos anos de 2013 e 2014, que teve combates que ocorreram desde o PPV SummerSlam, até o Extreme Rules.

Visão Brasileira #122 Conselhos a Bryan

Naquela altura, o WWE Champion era John Cena e ele escolheu para ter como seu adversário pelo cinturão para o PPV SummerSlam, Daniel Bryan. Vince McMahon tentou convencer Daniel Bryan a mudar suas atitudes e imagem, mas sem sucesso. Depois Triple H decidiu que ele sim que seria o árbitro especial do combate, ao invés de Brad Maddox, que era a escolha de Vince McMahon.

Assim Daniel Bryan e John Cena realizaram um grande combate e ao final, vimos Daniel Bryan a vencer John Cena e assim tornar-se o novo WWE Champion. Em um momento que foi de grande festa para os fãs do universo WWE, onde também tivemos os fogos por parte da WWE e parecia que teríamos o inicio de um grande reinado de Daniel Bryan.

Daniel Bryan vs. John Cena – SummerSlam Promo

Daniel Bryan vs John Cena – SummerSlam

Após derrotar John Cena e conquistar o WWE Championship, Daniel Bryan sofreu um pedigree de Triple H, e assim Randy Orton que havia se tornado o Mr. Money in the bank, daquele ano a realizar o cash-in e tornou-se o novo WWE Champion e assim a Autoridade entrava em ação contra Daniel Bryan.

Cash-in de Randy Orton – SummerSlam

Daniel Bryan chegou a reconquistar o cinturão no PPV Night of Champions, que voltou a levar o público ao delírio, porém a forma como se encerrou o combate, com a contagem relâmpago do árbitro Scott Armstrong. Após o PPV, o COO da WWE, Triple H, decidir retirar o cinturão de Daniel Bryan, quando este foi acusado de estar conspirando com o árbitro e assim o cinturão foi declarado como vago.

Daniel Bryan vs. Randy Orton – Night of Champions

Visão Brasileira #127 Aumentando as expectativas!

No PPV Battleground tivemos o combate pelo WWE Championship que encontrava-se vago, entre Daniel Bryan e Randy Orton. Nos proporcionaram um bom combate, e por ordem de Stephanie McMahon, Big Show apareceu e atacou o árbitro do combate, que assim não pode dar a vitória a Daniel Bryan, Bryan chegou a discutir com Show e foi atacado o que proporcionava a vitória a Randy Orton.

Após o General Manager da Brad Maddox, trouxe o árbitro Scott Armstrong, o mesmo que havia feito a contagem rápida para Bryan no PPV Night of Champions, mas Big Show também o atacou, antes da contagem. Depois Orton começou a discutir com Show e também foi atacado, assim após quatro ataques de Big Show, tivemos o encerramento do combate sem um WWE Champion.

Daniel Bryan vs Randy Orton – Battleground

HBK repays Bryan's attack with Sweet Chin Music to the submission expert, and makes the count when Randy Orton capitalizes.

Para o Hell in a Cell, tínhamos Daniel Bryan vs. Randy Orton mais uma vez, desta vez em uma Hell in a Cell e com Shawn Michaels como árbitro especial do combate. Durante o combate, Triple H veio a interromper o combate e foi atacado por Bryan, depois Michaels atacou Bryan, oportunizando a Orton vencer o combate e tornar-se WWE Champion. No Raw seguinte, Daniel Brayn atacou Michaels.

Daniel Bryan vs. Randy Orton – Hell in a Cell

Daniel Bryan ataca Shawn Michaels – Raw de 28 de outubro

Nos meses seguintes, Daniel Bryan entrou em rivalidade com a Wyatt Family, onde chegou até rapidamente a fazer parte dela, nas primeiras semanas de 2014 e assim passou afastado do WWE World Heavyweight Championship, que acabou sendo unificado por Randy Orton, que acabou derrotando John Cena e assim ficando com os dois cinturões.

No Elimination Chamber, Daniel Bryan esteve presente no combate pelo WWE World Heavyweight Championship. O combate iniciou-se com Sheamus e Cesaro. Depois tivemos as entradas de Daniel Bryan, Christian, John Cena e por último do campeão Randy Orton. Orton e Bryan restaram ao final do combate e quando Bryan estava prestes a vencer, Kane, não permitiu que o árbitro fizesse a contagem de três. Depois vimos Orton a aplicar um RKO em Bryan e conquistar a vitoria

Elimination Chamber Match – Elimination Chamber

Assim Bryan perdeu sua chance de fazer parte do main event da Wrestlemania. Assim na Raw, Daniel Bryan acabou desafiando Triple H para um combate na Wrestlemania, Triple H começou negando esta oportunidade a Bryan. Em Seatle, tivemos o grande momento do Yes Movement quando os fãs tomaram conta do ringue na Raw, realizado por Bryan, que primeiramente desafiou Triple H a aceitar o combate entre eles na Wrestlemania, tendo a seu lado seus fãs, e que lotaram o ringue e não permitiram que a Raw continuasse.

Triple H aceitou o combate contra Daniel Bryan, e Bryan ainda acrescentou uma grande estipulação ao combate, que o vencedor estaria presente no combate pelo WWE World Heavyweight Championship, no Main Event da Wrestlemania.

Yes Movement – Raw

Na Wrestlemania 30, tivemos Daniel Bryan vs Triple H, eles não nos decepcionaram e nos deram um excelente combate e ao final, vimos Daniel Bryan após o Running single leg high knee vencer e assim fazer o público ir ao delírio. Porém Stephanie McMahon após o combate atacou Bryan com tapas e Triple H aproveitou-se atacando-o, deixando a grande dúvida se ele teria condições de participar do Main Event, pois teve que sair com ajuda dos médicos.

Daniel Bryan vs. Triple H – Wrestlemania Promo

Daniel Bryan vs. Triple H – Wrestlemania

No Main Event tivemos a tão esperada Triple Threat pelo WWE World Heavyweight Championship Match. Tivemos um bom combate com grandes momentos, Bryan esteve prestes a vencer quando estava a fazer o Yes Lock em Orton, mas Triple H acabou atacando o árbitro Mike Chioda. Triple H chamou o árbitro Scott Armstrong, o mesmo da contagem relâmpago no PPV Nigh of Champions. Após um Batista Bomb, Batista quase venceu e Bryan evitou a contagem de 3 e depois Bryan chutou o árbitro.

Triple H em seguida tentou usar a sledgehammer, sem sucesso,  pois foi Bryan que acabou a usando em Triple H. Mais adiante Orton e Batista uniram forças e atacaram brutalmente Bryan, inclusive combinando um Batista Bomb, com um RKO, com Bryan sobre a mesa dos comentaristas. Os médicos vieram levar Bryan para fora do combate na maca, mas felizmente ele retornou ao combate. Ao finak Bryan aplicou o Yes Lock em Batista e este desistiu, assim o grande momento esperado por todos chegou e Bryan tornou-se WWE World Heavyweigth Champion.

Daniel Bryan vs Randy Orton vs Batista – Wrestlemania

No Raw Pós-Wrestlemania, Triple H usou sua autoridade e definiu uma revanche contra o WWE World Heavyweight Champion Daniel Bryan. Stephanie McMahon tentou persuadir Randy Orton, Batista, Kane e The Shield para interferirem a favor de Triple H. Kane acabou revelando que Triple H foi o cérebro por trás do ataque da Wyatt Family a Shield, no mês anterior. Durante o combate, Daniel Bryan foi atacado por Orton, Batista, e Kane e mais adiante The Shield intereferiu e combate ficou sem vencedor. The Shield interferiu, atacando e perseguindo Triple H, Orton, Batista e Kane.

Daniel Bryan vs, Triple H – Raw de 7 de abril

O WWE World Heavyweight Champion Daniel Bryan, viria a defender seu cinturão no PPV Extreme Rules contra Kane. Tivemos Bryan a usar uma empilhadeira, para trazer Kane de volta ao ringue e depois realizar um belo diving headbutt. Kane depois destruiu a mesa dos comentadores americanos, com Bryan. Kane pegar uma mesa e colocou fogo nela e vimos Bryan a jogar Kane sobre a mesa em chamas, em seguida vimos Bryan a realizar o pin e assim defender com sucesso seu cinturão.

Numa Raw após o Extreme Rules, tivemos Bryan a vir falar com o Universo WWE e declarar que sua carreira, caso a cirurgia não fosse realizada poderia chegar ao seu fim. A cirurgia de Bryan para sua fratura no pescoço é simples e o tempo de ausência iria variar de 6 a 8 semanas. Na semana seguinte o Dr. Joseph Maroon, anunciou o que todos temíamos e Daniel Bryan, não tinha condições físicas de competir no PPV Money in the Bank, onde teria um combate contra Kane, desta forma os cinturões, foram declarados vagos e assim a rivalidade tinha seu fim abrupto. A rivalidade até teve seu retorno no ano seguinte, mas sem a intensidade da anterior.

Assim encerra-se esta edição do Rivalidades. Até a próxima semana, com mais uma grande rivalidade, dentro da história da WWE e claro que vocês podem escrever, dizendo que rivalidade vocês gostariam de ver nas próximas edições deste espaço.

8 Comentários

  1. ANDRÉ - há 1 semana

    Otimo artigo Mario
    Esta rivalidade foi pra mim a mais importante do Daniel Bryan
    O ponto alto da rivalidade pra mim foi o publico invadindo o ring do Raw
    Como sugestão de rivalidade poderia falar de alguma rivalidade que aconteceu no NXT

  2. A fox - há 1 semana

    Faz agora uma rivalidade sobre a divisão feminina

  3. john cena vs ryback era fixe.

  4. The Boss - há 1 semana

    Uma das melhores rivalidades dos últimos anos. Bryan faz uma falta enorme.
    Sugestões para a próxima​:

    •Mickie James Vs Laycool

    •Beth Phoenix Vs Melina

    •Gail Kim Vs Awesome Kong

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Desenvolvido por Luís Salvador / Wrestling PT © 2006-2017