Sharpshooter #32 – World Heavyweight Championship

Heavyweight Championship, acatando a sugestão do leitor The Game, abrindo as opiniões, gerando discussões e dar a minha opinião sobre o segundo cinturão mundial da WWE, que, no momento, se encontra na mão de Alberto Del Rio.

Bem, vamos voltar em 2011 como no artigo do WWE Championship. Após Edge deixar seu World Heavyweight Championship vago, o mesmo se encontrava em reinados relâmpagos com Randy Orton e Christian, cada um com cerca de um a três meses. Até que no Night of Champions de 2011, Mark Henry vence Orton e se tornaria a “besta” detentora do World Heavyweight Championship, quem seria que iria acabar com o reinado do homem mais forte do mundo?

Surge outra besta, desta vez é Big Show. A feud entre ambos começou, tivemos um combate no Vengeance em que terminou em No Contest após um superplex de Henry em Show e terminou, quando o ringue veio abaixo. No Survivor Series, Big Show ganhou por desqualificação. Em um segmento da SmackDown, Big Show aplicou o WMD em Mark Henry e Daniel Bryan fez o cash-in, mas o General Manager Teddy Long anulou o mesmo afirmando que Henry não estava em condições. No TLC, em um combate ruim, Big Show vence Mark Henry e conquista seu primeiro World Heavyweight Champion, mas Henry o ataca depois da luta e Daniel Bryan fez o cash-in, tornando-se World Heavywieght Champion e fazendo com que o reinado de Big Show se tornasse o mais curto de sempre do cinturão, com apenas 45 segundos.

Daniel Bryan teria que enfrentar dois gigantes pelo cinturão, fazendo o heel-turn na feud, se tornando um daqueles cagões que fugiam todas as lutas quando estava em desvantagem, perdendo por count-out. Ele defendeu seu cinturão contra Big Show por duas semanas no SmackDown, uma ganhou por desqualificação após Henry o atacar e outra por paralisação após Big Show acertar AJ Lee. Depois contra Henry após em um No Contest de uma Lumberjack Match. Teddy Long afirmou que no Royal Rumble 2012, teríamos uma Triple Thereat Steel Cage entre Bryan, Henry e Show pelo World Heavyweight Championship.

Daniel Bryan vs. Big Show vs. Mark Henry (Triple Threat Steel Cage):

Bryan ainda defenderia seu cinturão na Elimination Chamber, vencendo Big Show, Cody Rhodes, Wade Barrett e Santino Marella, após o combate chega Sheamus e ataca Daniel Bryan, avisando que, como campeão do Royal Rumble Match, iria lutar contra Bryan pelo World Heavyweight Championship na WrestleMania XXVIII. O combate foi um dos maiores erros do ano da WWE, depois de Bryan estar defendendo com sucesso seu cinturão, eles o colocam para perder para Sheamus em um combate de dezoito segundos.

Sheamus teve um grande reinado, começou defendendo contra Bryan após as “rematches”, depois venceu uma Fatal 4-Way Match contra Orton, Jericho e Del Rio no Over the Limit, depois derrotaria Dolph Ziggler no No Way Out, para então começar uma feud com Alberto Del Rio. No Money in the Bank, Sheamus venceu Del Rio com o Brogue Kick, mas seria atacado pelo mesmo e por Ricardo Rodriguez após a luta, Ziggler (que havia ganhado a mala na mesma noite) iria fazer o cash-in, mas sofreu o Brogue Kick de Sheamus e não fez o cash-in.

Detalhe: Pensar que Ziggler quase fez o seu cash-in no mesmo dia em que ganhou, mas só o faz na Raw pós a WrestleMania XXIX (amigos meus me disseram na época que os planos eram que Ziggler fizesse o cash-in em Setembro e só perdesse o cinturão na WrestleMania XXIX).

O SummerSlam 2012 foi um pay-per-view cheio de bons combates, mas, para mim, o combate pelo World Heavyweight Championship deixou a desejar. Sheamus ganhou de Alberto Del Rio aplicando apenas um Irish Curse, o pin foi feito com o pé de Del Rio nas cordas. Depois, o Brogue Kick foi proibido e Sheamus defendeu seu cinturão em uma SmackDown contra Daniel Bryan, pois o mesmo afirmou que perdeu sofrendo o Brogue Kick e queria um rematch, mas, mesmo assim, Sheamus ganhou e com o Texas Cloverleaf.

No Night of Champions o Brogue Kick voltaria a ser permitido e Sheamus ganharia mais uma vez de Alberto Del Rio, com o Brogue Kick. O reinado de Sheamus iria terminar no Hell in a Cell, após o mesmo perder em um grande combate para Big Show (aquele Pay-per-view sem graça nenhuma, em que apenas os combates principais são dentro de uma Hell in a Cell, poderia ter algo bem melhor, o mesmo vale para o TLC).

Big Show reteria o cinturão contra Sheamus em dois pay-per-views seguintes e perderia para Alberto Del Rio (agora babyface) em uma SmackDown, num Last Man Standing Match. No Royal Rumble deste ano, haveria outro Last Man Standing Match que Alberto Del Rio ganharia de Big Show após Ricardo Rodriguez ajudá-lo prendendo Big Show com fita-cola no ringue (semelhante ao que Cena fez com Batista no Extreme Rules 2010).

Na WrestleMania XXIX, Alberto Del Rio venceria de Jack Swagger aplicando o Cross Armbreaker, mas na Raw seguinte aconteceu o momento que tantos esperavam, o cash-in de Ziggler e a conquista de seu World Heavywight Championship. No Extreme Rules estava programado um Triple Threat Ladder Match entre Ziggler, Del Rio e Swagger, mas não aconteceu pois em uma SmackDown Dolph Ziggler lesionou gravemente na cabeça após um botch de Swagger, o que fez com que ocorresse um Number One Contender pelo World Heavyweight Championship entre Del Rio e Swagger em uma luta “I Quit”, vencida por Del Rio enquanto aplicava um Cross Armbreaker.

Dolph Ziggler é um superstar que já tem tudo para o main-event, mas ele deve ter heat nos bastidores e o nosso sonho de o ver como World Heavyweight Champion com um grande reinado vai ser adiado mais uma vez. No Payback, Alberto Del Rio iria recuperar o cinturão e começaria a haver o double-turn, sendo Del Rio heel e Ziggler face. No Money in the Bank, aconteceria uma das palhaçadas da AJ ficar interferindo nas lutas e fazer seu amado Ziggler perder por desqualificação, desta vez lhe causou o World Heavyweight Championship e se separassem posteriormente. Depois, Del Rio viria a continuar como campeão ganhando de Christian e agora em sua feud com Rob Van Dam, perdendo por desqualificação no Night of Champions deste ano.

Com a história do Roster vs. Corportation, o WWE Championship está vago e podemos dizer que, no momento, Alberto Del Rio é o principal campeão da companhia, visto que o World Heavyweight Championship é o segundo cinturão da companhia e Alberto Del Rio o porta no momento.

Porém, eu, como fã de Wrestling que sou e que acompanho o produto da WWE, devo dizer que a SmackDown se encontra em rastros e não vejo muita importância em vê-la, visto que Alberto Del Rio vem aparecendo frequentemente nas Raw e a feud não se enquadra apenas em um programa em específico.

Não gosto da forma como o World Heavyweight Championship vem sendo apresentado e desenvolvido, apresento duas sugestões para melhoras: a primeira seria um novo campeão, pois eu não aguento mais ver Del Rio como campeão e acredito que o cinturão vem tendo decadência com ele, quem sabe um novo campeão que pudesse dar novos rumos ao cinturão. Neste caso, não falo de Rob Van Dam e Santino Marella (que havia falado numa entrevista que queria ser campeão mundial), poderia citar cinco nomes:

– Dolph Ziggler
– Christian
– Wade Barrett

A segunda sugestão era a volta da Brand Split, pois deixaria cada storyline em seu lugar e poderia dar uma ênfase bem maior das que já dá ao World Heavyweight Championship. Não olhando só o lado em valorizar o cinturão, mas como dar mais tempo de antena ao próprio cinturão e a outros Superstars, acho que auxiliaria muito ambas as Brands. Claro que se quiser dar mais sugestões e comentar mais sobre o artigo todos são bem-vindos, mas a principal pergunta que fica é: como você avalia o World Heavyweight Championship no momento?

Sobre o Autor

- Curitibano, brasileiro e torcedor do Grêmio Foot-ball Porto Alegrense e colaborador no WPT, como escritor do quadro Sharpshooter. A quem gostar dos artigos e quiser me adcionar ao Facebook para ter mais de Wrestling e demais assuntos do nosso cotidiano, sinta-se à vontade! Apenas procure por: Bruno do Nascimento Costa. Peço apenas que, caso adicione, me mande uma mensagem, se identificando como leitor assíduo do WPT.

39 Comentários

  1. jonatas - há 3 anos

    eu queria ver o kofi kingston tem uma chance com o titulo mundial , ele so fica nos titulos secundarios ja ta na hora de ganhar algo mais importante para sua carreira, eu sugiro q ele ganhe a mala no money in the bank de 2014, eu gostaria muito de velo campeão mundial.

  2. don_ricardo_corleone - há 3 anos

    Não entendo como um titulo pode, pura e seimplesmente, perder importância, do nada. Ainda me lembro quando os dois titulos eram tratados por igual, até o Chris Benoit mudou do Smackdown para o Raw quando venceu a Royal Rumble, pois o seu sonho era ser World Heavyweight Championsip. Mas, infelizmente, o inicio dos Raw Supershows e posterior fim das brande splits acabou por matar este titulo, infelizmente agora só o WWE Championship é que interessa, diz o Ziggler que este titulo tem agora a importância que já teve o Intercontinental Championship, mas verdade é que penso que até tem menos. A verdade é que o único que passou para o main event da WWE (o WWE championship) foi o Daniel Bryan. Porque depois temos os eternos candidatos ao World Heavyweight Championship: Alberto Del Rio, Sheamus, Big Show e Christian, que nunca passam daquilo. E tudo porque sem a brand split a existência de dois titulos mundiais torna-se absurda, e infelizmente o roster sofre com isso, é mais dificil chegar ao topo e é mais dificil criar estrelas a sério. Depois os outros titulos acabam por não valer nada, ou melhor, valem o mesmo que um cinto do El Corte Inglês.
    A WWE precisa rapidamente de repensar o seu futuro, voltar à Brand Split, voltar a dar importância a todos os titulos, e reforçar a importância do titulo que chegou a ser do Raw e a seu desputado por nomes como Triple H, Batista, Eddie Guerrero e Chris Benoit.

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Exatamente, don_ricardo_corleone! Depois que a Brand Split acabou, um cinturão passou a ter maior importância que o outro (WWE Championship mais importante que World Heavyweight Championship). Dois cinturões mundiais individuais não fazem sentido.

      Não só de pensar que Orton, Triple H, Jeff Hardy e CM Punk já disputaram o cinturão, o mais triste de ver é que Alberto Del Rio e Jack Swagger o disputaram este ano na WrestleMania, enquanto tínhamos a possibilidade de ver muitos melhores lutar pelo cinturão.

  3. GJD - há 3 anos

    Na minha opinião o WHC foi muito desvalorizado no reinado do Sheamus, que foi na base de feuds mal construídas e ele sempre saindo por cima nas feuds antes das lutas.

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Com certeza, no reinado de Sheamus (mais ou menos em tempos de SummerSlam) já não via tanta importância ao World Heavyweight Championship.

  4. FábioVaz - há 3 anos

    Sinceramente creio que este é um mau momento, certo que a feud entre os mc mahons, D-Bryan e Orton está interessante, mas o WHC está totalmente perdido. Del Rio ja cumpriu seu papel como Champion e agora nao empolga mais ninguem, a feud é totalmente descartável, e como eu disse, até mesmo o Divas Title esta com uma feud mais construida.

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Bem desta, Fábio! Já deu para Del Rio, a WWE pode tomar vários rumos diferentes, bons e interessantes com o seu segundo cinturão, isto pode acontecer por agora, basta Del Rio sair da rota do cinturão!

  5. Sylvester15 - há 3 anos

    Alguem acha que a brand split vai voltar?

    • danielLP21 - há 3 anos

      Eu, sinceramente, acho que sim.

      • Sylvester15 - há 3 anos

        Mas ja este ano? ou para ano?

      • danielLP21 - há 3 anos

        Isso não sei, mas este ano é muito complicado… Que a WWE anda a criar estrelas suficientes para isso, lá isso anda. Acho inevitável que mais cedo ou mais tarde se tenha que dividir o roste, até porque a WWE sabe que é isso que nós queremos.

      • DegenerateHbk - há 3 anos

        Eu sinceramente acho que nao vai voltar…
        Ainda por cima com a Raw em 3 horas…

    • FAlmeida_10 - há 3 anos

      Já têm Star Power para tal…

      • QueirosS - há 3 anos

        Exato a IWC nos últimos anos pediu muito que a Brand split voltasse, mas só agora é que a WWE tem Star Power para tal.

        Depois da WrestleMania acredito que volte, e como na Raw a seguir à Mania acontece sempre alguma coisa épica, pelo menos nos dois últimos anos aconteceu, pode ser que desta vez anunciem que a Brand split volte.

  6. Franck - há 3 anos

    Acho que um reinado bem bookado do Ryback podia trazer mais relevancia ao WHC

  7. Mirallas WWE - há 3 anos

    Tanto este como o outro artigo estão de parabéns. São dois dos melhores que já vi aqui, muito bons mesmo. Sugestão:Após a feud entre ADR e RVD,o Sheamus e Rey Mysterio voltavam e podiam lutar pelo WHC, ambos como babyface, assim como D. Ziggler e C. Rhodes ( menos provável, já que ambos estão envolvidos na luta contra a “Corporation 2” ). Também Wade Barret e até S. Marella ( com outra personagem ) podiam lutar. Fandango virava face e era um caso sério de popularidade ( nao esquecendo Summer Rae xD ), além de gostar da forma como ele luta. The Miz como hell ou como face mas não um face tipo zack ryder mas sim o que vimos na última Raw. Não esquecendo Damien Sandow, mas este basta fazer o cash in.

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Obrigado, Mirallas WWE! Fico feliz em receber estes elogios. Há tantas ideias para mudar o rumo do World Heavyweight Championship, como Del Rio tudo já deu. Tomara que possamos dizer coisas positivas do cinturão daqui alguns meses.

  8. Anónimo - há 3 anos

    E que tal voltar ao pré Brand Split? Unifiquem mas é o raio dos titulos…

  9. DegenerateHbk - há 3 anos

    E que tal voltar ao pré Brand Split ??
    Unifiquem mas é o raio dos titulos…

  10. Carlosilva - há 3 anos

    Até gostei do artigo.
    Na minha opinião,o próximo campeão devia ser msm o Barret ou quem se sabe,o Cody Rhodes.

  11. gui - há 3 anos

    “sonho de ver ziggler como whc com grande reinado”,por favor né,vocês preferem ver o ziggler como whc em vez de nomes como;mark henry,big show,punk,orton,sheamus(heel),christian,barrett,cesaro

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Sim, para mim atualmente: Big Show, Mark Henry e Sheamus (seja heel ou seja face) não iriam benefeciar o World Heavyweight Championship em nada, não iriam mudar a situação.

      Christian e Barrett são dois nomes que poderiam dar novos rumos ao título, Cesaro teria que se separar dos Real Americans primeiro. Punk e Orton andam pelo WWE Championship e pretendo que continuem por lá.

      Sonho de ver Ziggler como um grande World Heavyweight Champion? Sim, tomara que o meu (ou o nosso) sonho se realize algum dia!

  12. The new guy! - há 3 anos

    A culpa nao é do Alberto Del Rio mas sim da WWE!!
    Eu sinceramente gosto de ver o Alberto Del Rio como WHC, basta dar-lhe uma feud interessante e com uma historia bem construida para que o titulo mundial seja outra vez valorizado!

    • MicaelDuarte - há 3 anos

      Também sou da opinião que a WWE tem mais culpa que o próprio Del Rio. O “booking” de que o Del Rio tem sido alvo é miserável e agora é impossível “corrigir” um reinado que já não vai assim tão curto. Penso que, por agora, é urgente o Del Rio perder o título e depois, mais tarde, se lhe quiserem dar um reinado como deve ser, então que o façam.

      Por outro lado, o Del Rio não é capaz de gerar “heat” sozinho (daí eu não dizer que a culpa é só da WWE). Aquele ódio que ganhou dos fãs depois do “double-turn” rapidamente se dissipou, assim como depois de ter agredido violentamente o Ricardo Rodrigue naquela Raw. Mal posso esperar para que a “Brand-Split” volte e os títulos voltem a ter algum do significado que tinham há uns bons anos atrás (se é que é possível).

      • AwesomeTheMiz - há 3 anos

        O reinado podre é culpa de ambas as partes… a Brand Split voltando, ambos os títulos se tornariam mais decentes ao meu ponto de vista (digo no caso de serem tratados como igual).

      • The new guy! - há 3 anos

        Concordo contigo ao dizeres que o titulo mundial precisa de uma mundança de maos, mas sendo eu um grande Mark do ADR ve-lo a perder o WHC nao ira ser facil xD

  13. gui - há 3 anos

    AWSOMETHEMIZ-não achei que o artigo foi ruim pelo contrario foi uma boa analise sob o whc,só acho que na minha opinião o ziggler não é essas coisas para da outro ar ao whc

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Obrigado, Gui! Eu acho que ele possa dar outro rumo ao cinturão, mas, obviamente, não é o único. Como você mesmo disse, nomes como Barrett e Rhodes são outras boas ideias!

      Era isto que queria ter dito. Desculpe se disse com palavras erradas ou aparentei ser grosseiro…

  14. gui - há 3 anos

    digo o mesmo AWESOMETHEMIZ,desculpe pelo meu comentário ter aparentado ser grosseiro.BELEZA

  15. Malco Canedo - há 3 anos

    O Barrett é um bom nome para o título, afinal ele é bem habilidoso é não pode ficar no Intercontinental Championship pra sempre, seria um excelente campeão.

  16. Suicide - há 3 anos

    Acho que só a WWE é que ainda não percebeu que precisa mesmo de voltar com a Brand Split. Dividir as duas brands iria beneficiar os títulos, dando-lhe mais importância, os lutadores, pois iam ter mais tempo de antena, as feuds, porque tinham mais tempo e espaço para serem desenvolvidas, e os fãs, porque iam poder ver e desfrutar de tudo o que referi em cima.

    • Malco Canedo - há 3 anos

      Verdade, desde o fim da brand split, o World Heavyweight Championship caiu em decadência (não só o título, como também tudo relacionado a ele), ficou ainda mais evidente quando o Sandow ganhou a maleta MITB, eu pensei que ele receberia um grande push após aquela feud com o Rhodes e seria uma verdadeira ameaça contra Del Rio (e qualquer desafiante) , mas infelizmente continou sendo obliterado e vencido pelos main-eventers.

      Com a brand split daria pra desenvolver uma excelente feud através do Smackdown ou do Raw e trazer muito interesse ao World Title, ao invés do WWE Championship ficar como a prioridade em todos os programas.

      • AwesomeTheMiz - há 3 anos

        Disseram tudo! Acho que já tenho assunto pra semana que vem… hehehehe! Obrigado a ambos!

  17. ThaGr8One - há 3 anos

    Depois de tudo o que aqui foi dito, pouco há a dizer! O título está em decadência de dia para dia, mas eu não concordo quando “atribuis culpa” ao Del Rio, pois ele é um atleta empolgante e dedicado, o booking que lhe é atribuído é que é uma autêntica desgraça!

    Espero que voltem mesmo com a Band Split porque é sem dúvida algo que é necessário para que haja um equilibrio no tempo oferecido a cada título e para que haja de novo uma maior valorização de talentos.

    Quanto ao Ziggler eu já nem digo nada…

    Mas bom tema e artigo, continua! :)

    PS: Não sei se fui só eu que reparei, mas é que tu dizes que vais dar cinco exemplos e depois dás apenas três. Mas lapsos são coisas que acontecem não te preocupes! Vai ver os comentários ao BTM e vais ver o meu lapso do “lisongeado” e o quanto fui gozado graças a isso x)

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador