Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Sharpshooter #41 – Our Dream

Olá a todos que hoje acompanham o Sharpshooter! Esta semana estava em meu PSP jogando um jogo da WWE mais antigo, o SmackDown vs. Raw 2010, me lembrei dos trailers dos jogos e relacionei com aquilo que, acredito eu, todos nós que acompanhamos frequentemente o Wrestling já sonhamos em nos ser, o Wrestler, o grande lutador que realize os moves e tem suas próprias características.

É claro que não é nada fácil para quem está lá, muitos largam suas vidas e famílias pelo Wrestling, pela paixão que o cercam. Nós vemos isto com aquilo que publicam na Internet, os heats, as ideias e tudo que acontece nos backstages, alguns se tornam os maiores e grandes campeões (como foi Hulk Hogan, como é John Cena), outros não saem do mid-card e a grande maioria se torna um “nada”.

Nem todos podem se tornar um Wrestling, mas sonhar não custa nada a ninguém! No SmackDown vs. Raw este modo sempre este presente, mas você tinha que criar o seu wrestler e depois desenvolvê-lo, começava com o Overral 39, com os atributos variando de 35 a 40, a partir das lutas o lutador ia se desenvolvendo de acordo com que você usava nas lutas. O que me chamou a atenção é que qualquer já se imaginou sendo um Wrestling e especialmente a versão em que jogava (2010) este modo se tornou mais “especial”, pois era o jogo em que tudo era completamente seu: It’s your World, now!

Nas edições do jogo com o nome já WWE isto se tornou ainda mais fácil, você mesmo escolhia os atributos de seu CAW, não precisava desenvolver até alcançar a perfeição, era bem mais fácil só colocar tudo no 99 e ser feliz fazendo até o John Cena desistir. Enquanto para nós isto é bem rápido e podemos criar o que quisermos, isto demora muito nas promoções de Wrestling, não se dá, por exemplo, contratar um lutador e já colocá-lo no main-event, a chance de falhar é praticamente certa! Vimos isto recentemente com Ryback. Suas características, personagem é tudo muito pensado.

Começo já pela gimnick, o que designa um lutador, vai atribuir-lhe características, suas personalidade e… ele, simplesmente a gimnick é toda a base do wrestler, seja o mesmo face ou heel, mas que o mesmo tem que desenvolver por contra própria, seus taunts, catchphrases, vestimentas, expressões e, até mesmo, o nome e apelidos (tais como Bret “Hitman” Hart, “Apex Predator” Randy Orton e “The Charismatic Enigma” Jeff Hardy).

Depois da personagem pronta, temos que ver o moveset do Wrestler, no jogo nós criamos nosso próprio move-set, podendo até mesmo colocar moves de finalização como movimentos de combate, ou criar um moveset decente e digno de um wrestler real e com golpes mais potentes como finishers. Todo lutador tem seu moveset, mas o mesmo sempre deve ser pensado e o wrestler tem que usar tais manobras que se encaixem dentro de sua capacidade in-ring, vimos isto dentro da própria televisão, sabemos que John Cena não sabe aplicar o “Dropkick”, mas ele insiste.

O que marca mesmo um lutador em seu move-set é seus finishers e signatures (golpes utilizados antes dos finisher), é principal parte do moveset de um lutador, que também deve ser pensada e feita com excelência, que caiba dentro da sua gimnick e capacidade in-ring, exemplo: já imaginou Abyss utilizando como finisher um “Moonsault” ou Daniel Bryan a usar como finisher o “Chokeslam”? São coisas que não se encaixam nos mesmos, por isto foram pensados e o moveset de cada lutador se enquadra a ele, mas é certo que algumas merdas como “Cobra” e “Worm” se encontram fora de questão neste quesito de finishers credíveis.

Agora entramos em uma parte que já não cabe mais a nós dentro de um jogo de videogame, como o booking que recebemos (isto nós mesmos fazemos) assim como as mic-skills nas promos e as relações mútuas do Wrestler com o público, sejam nós pensando como sendo heels ou faces de uma empresa. Já que eu não posso ser wrestler, eu me imagino sendo um e me divirto nos jogos.

Como seria meu wrestler? A primeira coisa eu me imagino como um “Full Package”, que saiba fazer de tudo, principalmente dentro do ring executando os golpes e vendendo os outros com excelência. Eu provavelmente seria aquele heel, um brigão rockeiro com um estilo mais glamster e como não sou tão provido de tamanho, me imaginava com um moveset bastante técnico e um pouco hardcore.

Meu moveset seria aplicado com “dropkicks”, variações de “suplexes” e “scoop slams”, DDT é uma parte fundamental, utilizaria “elbow drops”, “moonsaults”, “Lou Thesz Press”, usufruindo de Outside Dives e Springboards e teria dois signatures e dois finisher, utilizava como signatures o “Swing Sidewalk Slam” e algo semelhante ao Cross Rhodes, como finisher aplicaria o C-4 de Paul Burchill e, claro, o Sharpshooter como finisher principal.

Depois tinha aquela entrada um pouco carismática, em que tocasse um Rock/Metal nervoso, dando até alguns exemplos: I’ll Take You Alive (Twisted Sister), Exciter (KISS) ou Something’s Gotta Give (Aerosmith). Com uma taunt característica e fireworks enquanto ocorre, como faz Edge e Jeff Hardy, caso o programa não fosse PG, entraria dizendo “hello, motherfuckers!” e o resto que se seguisse.

Acredito eu, que a grande maioria já jogou alguma vez em algum console um jogo de Wrestling, principalmente os feitos pela WWE e se divertiu criando o próprio CAW, com todas as características que desejava e “se criou” no jogo. Quem nunca se imaginou no lugar do wrestler ali? Mas e você, leitor: Se você fosse o wrestler, como seria?

Sobre o Autor

- Curitibano, brasileiro e torcedor do Grêmio Foot-ball Porto Alegrense e colaborador no WPT, como escritor do quadro Sharpshooter. A quem gostar dos artigos e quiser me adcionar ao Facebook para ter mais de Wrestling e demais assuntos do nosso cotidiano, sinta-se à vontade! Apenas procure por: Bruno do Nascimento Costa. Peço apenas que, caso adicione, me mande uma mensagem, se identificando como leitor assíduo do WPT.

22 Comentários

  1. Varios coisos - há 3 anos

    Detestei certas coisas no artigo…

    1- Das muitos erros…

    2- Por vezes metes raiva…

    3- Tu por acaso já aplicas-te um sharpshooter sem falhas? lol, não é apenas agarrar nas pernas de um gajo e puxá-las…

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Erros, tive alguns, vi ali quando troquei “wrestler” por “wrestling”, se ficaste com raiva, isto é com você.

      Aplicar o Sharpshooter sem falhas? Com certeza!

      Agarrar nas pernas de um gajo e puxá-las?

      Podes colocar um nickname, em vez de Varios Coisos, eu não “mordo”. Podes criticar, mas com fundamento, pois isto só teve o intuito de destruir!

      • Carlosilva - há 3 anos

        Às vezes gostava de ver estes gajos fazer melhor.

    • SALAZAR - há 3 anos

      erros? olha quem fala:

      vários —– varios
      Dás —– Das
      Aplicaste —– Aplicas-te

      É quase um erro por linha companheiro.

      Tu é que metes raiva.

  2. gui - há 3 anos

    é Brumo,acho que todo fã de wrestling já sonhou um dia em ser um grande wrestler,sempre legal ler seus artigos

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Muito obrigado, Gui! Quem sempre está aqui todas as semanas é o dono da palavra! De fato, como disse na introdução, todos nós já pensamos em ser o Wrestler, decidi trazer ao quadro o sonho que todos nós já sonhamos!

  3. Malco Canedo - há 3 anos

    Gostei bastante desse artigo, me fez pensar: se eu fosse um wrestler, como eu seria?
    A minha gimmick seria de filho do Undertaker, a minha atitude seria uma mistura do misticismo do Taker com a irreverência de CM Punk e Stone Cold, eu seria um tweener, a música de entrada seria Let It Die do Ozzy Osbourne, meu estilo de luta seria mais voltado ao grappling e as submissions, os signatures seriam o Chokeslam em wrestlers mais baixos, para os mais altos, um double underhook DDT e como submission o Hell’s Gate e os finishers seriam 3: o Tombstone Piledriver, o Twist of Fate e o Frog Splash (uma homenagem ao Eddie Guerrero), como apelido, eu ia gostar de The Child of Darkness.

    • Bruno Costa - há 3 anos

      Muito obrigado, Malco Canedo! Adoro ver o Double Underhook DDT, uma homenagem a Eddie nos finisher caíam muito bem. O apelido é demais: “A criança da escuridão” torna algo bem obscuro e muito bom de se imaginar (ideias a vista!)

      P.S.: Let It Die do Ozzy Osbourne… incrível música! XD

  4. JV Hardy - há 3 anos

    Bom artigo,eu seria um wrestler lobo solitario,seria um tweener que nunca falaria muito,sempre mostrava atitudes seria um wrestler tecnico com golpes de high flyer,seria focado em ddts e slams e poucas submission,nunca comemoraria uma vitoria e numa possivel derrota espacaria meu oponente,eu entraria pelo publico com a musica the unfigiven III,teria uma roupa de rockeiro,usaria uma blusa escrito ”my rules” com um lobo nas costas eu uma capa com capuz,meu finisher seria um spear e gts,teria o nome JV.

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Obrigado, JV Hardy! Um wrestler rockeiro com estilo técnico e brigão, o Spear e o GTS são finisher de muito impacto, destruindo o oponente quando feitos!

      P.S.: Unforgiven III = melhor versão de Unforgiven, do Metallica.

  5. Carlosilva - há 3 anos

    Eu como wrestler focaria-me na técnica e na força.O meu nome seria somente Silva,e era português para evitar botchs nas promos.
    Iria ser uma pessoa tipo Stone Cold,a lutar pelos direitos dos lutadores contra a corporation ou contra o Vince.
    Gostaria de fazer tag team com o Punk ou mesmo com o Brian(deixava a barba crescer e eramos os The technical beard xDD).
    A roupa era simples,usaria proteções nos braços e nas pernas,umas botas altas e uns calções do tipo os dos Uso mas mais curtos(isto tudo em preto)e o meu nome Silva no meio dos calções.
    Gostaria de ganhar:
    -Uma Money in the bank pelo WHC
    -O título WHC e o da Wwe por 3 vezes
    -2 campeonatos de tag team(com Punk e Brian)
    -Um main-event da Wrestlemania(não o main event do show mas uma das lutas principais)

    Eu sou muito imaginativo quando quero xD

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Obrigado por comentar, Carlosilva! Alguém de “atitude” no ring, está fazendo falta uma Era como esta, mas não sei se a TV-14 volta tão cedo… Assim como você, também sou bem imaginativo, mas não faria ideia dos títulos que almejava ganhar, apesar de umas duas vezes ser campeão mundial não fazer mal! XD

      • Carlosilva - há 3 anos

        Eu enganei-me nisso dos títulos xD
        E queria 2 da Wwe e 1 Mundial,ou 2 mundiais e q da Wwe

  6. JoãoRkNO - há 3 anos

    Bom artigo Bruno.

    Bem, já cheguei diversos jogos de wrestling e o CAW Mode sempre foi onde depositei aquele “bichinho” de um dia ser wrestler.

    Imagino a minha gimmick algo obscura. Digo isto porque, por exemplo, sou um fanático em bandas de rock, metal, death metal e por aí adiante. Mas também me imaginaria um 3:16, mas isso é da rebeldia da idade.

    O que costumo fazer é criar a minha própria package move. Sou muito seletivo em relação a isso, e é por isso que para mim, um Main Eventer tem que ter um certo número de moves que nos cativem a cada combate.

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Obrigado, JoãoRkNO! O modo CAW nos jogos acho que todos já o fizeram e depositaram sonhos ali. Imaginei um rockeiro de atitude, com visual semelhante ao de Chuck Palumbo, com atitudes dignas de Stone Cold.

      Como disseste, o moveset sempre pensamos bem em fazê-lo no jogo, como devia algumas vezes ser pensado na WWE atual; tais lixos como o Worm, o Cobra e o “Five Moves of Doom” são ruins!

      Obrigado mais uma vez, por gostar e comentar assiduamente!

      • JoãoRkNO - há 3 anos

        Sem dúvida, nem deveriam ser considerados moves, quanto mais finishers.

        You´re welcome.

  7. "The Fallen Angel" - há 3 anos

    Gostei muito do artigo, Bruno!

    Se você fosse o wrestler, como seria?

    Se eu fosse um Wrestler o meu nome seria Riky Storm e o meu apelido seria “The Perfect Weapon”!
    As minhas roupas seriam pretas. Na parte de traz dos calções estaria escrito Riky e nos lados estaria o simbolo parecido ao de uma banda chamada Black Veil Brides!
    A musica de entrada seria o Death of Me dos Asking Alexandria, a minha personagem seria tipo a do Triple H durante a Ruthless Aggression Era, o meu estilo de luta seria tipo o do Daniel Bryan e os meus finishers seriam o Super Kick, o F5 e o Cross Face(tributo ao Chris Benoit)!
    Na minha carreira gostaria de alcançar os seguintes objetivos:
    -O Intercontinental Championship por uma vez;
    -Os títulos de Tag Team por 2 vezes com The Miz e Drew McItire;
    -2 vezes o título mundial;
    -4 vezes o Título da WWE;
    -Um combate contra o Undertaker ou Shawn Michaels na Wrestlemania

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Obrigado, “The Fallen Angel” ! Adorei a personagem, a ideia de entrada e os finisher são muito bons (só não sei se na WWE o Tio Vince iria deixar você fazer este tributo… hehehehehe)

      Um combate contra The Undertaker… se eu o tivesse, jamais aceitaria quebrar a streak!

  8. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    Tentava sempre construir o meu lutador.como tinha o “overal” sempre baixo, tinha que aplicar muitas manobras para ganhar.
    Bom artigo que fez-me recordar tempos que também jogava esse jogo :)

    Já agora o nome do meu wrestler: Kid “KO” Crusher

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      É, André, o começo era sempre difícil no modo 24/7, você tinha que aplicar praticamente seu moveset inteiro para ganhar. Obrigado por gostar e comentar do artigo, realmente meu objetivo era fazer os leitores imaginarem e relembrar momentos nos consoles!

  9. don_ricardo_corlone - há 3 anos

    Os meus personagens acabam sempre por ser qualquer coisa entre os Aces and eights, os 3MB e o “American Bad Ass”. Um roqueiro, vestido com o seu casaco de cabedal preto, calças de ganga pretas, cabelo ligeiramente comprido, botas pretas, por vezes com algum vermelho, muitas tatuagens como caveiras e cruzes ao contrário, cenas destas. A entrada com a mota como o antigo Undertaker e o Chuk Palombo. O estilo de combate apropriado ao personagem, meio brawler meio técnico, com um ou outro move de powerhouse ou de highflyer (mas não muito. Nos finishers nunca abdico de um bom submission, geralmente o Hell’s Gate e do TKO (Fireman’s carry cutter) ao estilo do Alex Riley ou do Marc Mero, os signatures sempre o Spear e o Super Kick. O nome foi sempre mais ou menos variando, até que alguém, no gozo, me chamou de Ricky Rock, e eu adorei o nome. XD Sendo um wrestler a sério seria sempre um roqueiro brigão com alguma atitude de rock star ao estilo glam metal. Os temas, lembro-me de ter usado o “Rock You Like a Hurricane” dos Scorpions e do “Wild Side” dos Mötley Crüe, sempre musicas dentro do rock/metal que eu adoro. Ainda tentei uma das poucas dos Bon Jovi que gosto, que penso que daria um grande tema, “Wanted Dead or Alive”, mas não ficava muito bem no jogo por causa dos timings. Eu chego ao ponto de ter cuidado na nacionalidade, como não tinham Portugal nos jogos anteriores, ou era de Parts Unknown, ou de Roma, mas penso que no último já havia Portugal, e pronto, perfeito (confesso que já não me lembro, o comando da PS3 avariou e ainda não consegui comprar outro, mas penso que sim, já o wrestler podia ser de Portugal). O WWE 14 por acaso não comprei ainda. Quando comprar penso que abdicarei do Spear como Signature, já que já há muitos a usá-lo. Os nossos personagens são parecidos no que à música diz respeito! XD

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Obrigado, don_ricardo_corleone!

      Dentro do música nos encontramos (sou fã de Scorpions, minha preferida é Kicks After Six. Bon Jovi sou mais fã ainda, fica difícil escolher a minha preferida, mas Wanted Dead or Alive se encaixava bem em um heel). Nunca vi Brasileiro na nacionalidade, então colocava de Calgary-Alberta-Canada.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador