Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Signature Move #1 – Phil Brooks

Boas pessoal do Wrestling PT! O meu nome é “Pedrito” Suely Juarez e assisto a pro-wrestling há algum tempo. O nome estranho vem da descendência venezuelana-brasileira. Decidi candidatar-me ao WPT porque escrevia muito sobre o que via, entre essas coisas wrestling, e não quis que os textos fossem desusados.  Aproveitei, enviei um texto teste e… cá estamos a falar.

Espero que gostem da primeira crónica. Acho que deve ser adequado começar-se por falar de gostos para vocês me conhecerem melhor. Hoje, para abrir – um lutador pelo qual sou praticamente um mark.

Uns nascem para ser doutores e tornam-se engenheiros, outros nascem para ser engenheiros e tornam-se empresários (é possível conciliar as duas coisas como se verifica com os governos portugueses, sujeitos às “engenharias” financeiras das grandes empresas… mas isso são contas de outro rosário). Mas claro, quase todo o miúdo sonha ser jogador da bola em Portugal ou no Brasil. Há uns que chegam a sê-lo, os outros 90% não. E desses 10%, apenas 2% integram a elite enquanto que apenas 1% desses são o que realmente sonharam ser: uma estrela. Ou seja, em cada 4 milhões de miúdos, 10 ou 20 serão as estrelas da bola que sonharam ser em gaiato. Esses nasceram com um dom, e tiveram muito trabalho para lá chegar.

Pelos EUA, a coisa é diferente e há uma maior divisão. Todos querem ser o QB que saca as miúdas giras e que faz passes de 40/50 jardas decisivos para a sua equipa, ou então o futuro SS dos Red Sox que defende a glória da equipa rumo à World Series… ou aquele “goleador” brigão que ergue a Stanley Cup finda a temporada da NHL. Quanto ao wrestling? É mais uma segunda escolha como comprovam algumas lendas acidentais do desporto- Hogan foi convidado a experimentar depois de exibir o cabedal, Foley quase que pedia  uma bolsa de estudo para o Lacrosse, Steve Austin pediu uma dessas bolsas para Futebol Americano… enfim, gente que quase “acidentalmente” inspirou milhões a seguirem os passos  e a dizer “é isto que quero fazer quando fôr grande”.

De resto, se não houver o peso da herança por de trás do lutador, o wrestling, nos EUA, veio quase sempre como segunda escolha mesmo para grandes nomes. Mas isso não aconteceu com um miúdo de Chicago.

O wrestling sempre foi a sua vida. A imagem de Roddy “Rowdy” Piper a agredir Jimmy Snuka com o côco na cabeça é uma das primeiras imagens que se lembra da sua infância. Cresceu a ver wrestling e, mais tarde, viu no Hot Rod uma inspiração na altura em que sentia um renegado pelas roupas que não vestia e pelos comportamentos estúpidos e típicos de um teenager que não tomava. Algo que, acrescido à indiferença que os pais lhe deram comparativamente ao seu irmão, o tornaram revoltado com o mundo. Mas havia uma escapatória, e o miúdo, o Spaceboy (como se autointitulou em alusão ao “abandono” dos pais) começou a imitar o ídolo da TV- fez backyard wrestling, e usou piercings e um penteado estranho em vez da saia que Hot Rod usava para o distinguir. Abusava do perigo e desafiava a gravidade e a vida sem medo e sem remorsos de deixar corações partidos. Atirou-se de cabeça, um autêntico Suicide Dive sem ninguém para o proteger… mas houve algo que lhe aparou a queda e que o impediu a derrota para a vida por count-out- os amigos, outros revoltados, que encontrou e as amizades que foi fazendo nos circuitos independentes após se ter decidido a ir treinar como os profissionais o fazem.

Desde aí, levou-se demasiado a sério e fez tudo o que tinha de ser feito para singrar. Não quis saber de pares de pernas longas nem de seios salientes e o wrestling passou definitivamente a ser a sua vida, o seu vício, o combustível.

Cada vez que pegava no mic sentia-se a frustração, o sangue e o suor derramados, os sacrifícios que teve de fazer. Cada finishing move era um alívio, uma autêntica descarga de sentimentos.

E foi assim, a levar as feridas para o ringue, que subiu e subiu até estar no patamar onde está: o maior do mundo. Lá, também teve de sofrer muito para chegar ao topo – incluindo uma ameaça de saída quando estava mesmo prestes a lá chegar. Mas este miúdo é resiliente e desafia o limite, as probabilidades rumo ao amor que tem pelo desporto que todos estimamos, rumo à energia dos fãs e chegou ao topo. Várias vezes. Imagino-o lavado em lágrimas quando lá esteve, quando chocou o mundo e quando, no fim de mais um ano em que foi figura, fazer o balanço de sonho. Ele tornou-se no que queria, ele não será… digo, não é nenhuma lenda acidental. Porque teve tantos ou mais momentos do que aqueles que já são considerados lendas sem o serem e lembro-me imediatamente de um tal TLC, de um Cash in bem sucedido e de um Survivor Series bem como duas ou três promos históricas (uma das quais ficará para sempre nos anais da WWE, sendo provavelmente a MAIOR da história da WWE)… e nasceu para ter tudo isto.

CM Punk é uma lenda já feita. Poderia já terminar a carreira e ter esse estatuto com tudo o que conquistou e fez. É um das maiores figuras do wrestling. Heel absolutamente odiável, Face amado pelas massas, uma obra-prima com a spotlight e o micro na mão, autêntica poesia em movimento quando entra no ringue.

Phil Brooks fez parte da minoria que quis ter o wrestling como estrada da sua vida, fez parte da minoria que entrou na via de acesso a essa estrada e da minoria que encontrou os cruzamentos certos… sem pequenos atalhos. E nós temos o privilégio de nos inspirar na sua história, e de nos entreter com isso.

Sobre o Autor

-

36 Comentários

  1. Jorge Rebelo - há 4 anos

    Juarez bem-vindo ao WPT e espero que este seja a primeira de muitas edições do Signature Move. Pensar e escrever sobre wrestling é uma tarefa que exige muita dedicação e algum sacrificio, mas o gosto pela industria fala mais alto e mantém-nos empenhados.

    Li o artigo de forma muito superficial ainda, mas parece-me uma boa forma de começar, com uma visão muitas vezes intimista de um dos nomes de referência na actualidade e sobre qual já tanto foi escrito e comentado. Espero que mantenhas essa originalidade e que vás tornando o Signature Move num espaço marcante do WPT.

    Boa trabalho!

  2. danielLP21 - há 4 anos

    Muito bem-vindo Juarez!

    Não sei se foi pelo tema do artigo ou por outra coisa qualquer,mas de uma coisa estou certo: já me conquistaste! Artigo fabuloso,muito bem escrito e que,mais importante ainda,mostra a paixão que tens pelo Wrestling.

    Já muito se disse sobre o CM Punk e eu concordo com muito do que escreveste. Aliás,só não concordo com um detalhe: o CM Punk ainda não é uma Lenda,ainda lhe falta ter “o” momento que lhe defina a carreira. Para mim,esse momento tem que ser uma grande vitória na WrestleMania,apesar de ele já ter vencido o “Money In The Bank” duas vezes no maior palco do Pro-Wrestling e de ter ainda uma vitória sobre o grande Chris Jericho nesse mesmo PPV. Se eu pudesse escolher,esse grande momento seria uma vitória limpa sobre o The Rock (fosse ou não pelo título) na WrestleMania,depois de meses de promos fantásticas entre os dois. Aí sim,o legado do Punk ficaria completo… Ah e sim,em vez do The Rock também podia ser o “Stone Cold” Steve Austin,mas esse combate é muito difícil de acontecer.

    Muitos parabéns,e acho que ter um melhor começo era impossível!

    • Anónimo - há 4 anos

      Concordo que ainda não é lenda formada, mas tem uma das melhores ‘pipebombs’ de sempre! Esse fugir e o ano de excelentes promos defeniram a carreira, agora ele ganhar no elemination chamber o titulo e na mania, o rocky fazerlhe um ‘job’ ou mesmo o SCSA…
      Outra cena qe se fala é o Taker perde po punk, na WrestleMania

      • Bill Rods - há 4 anos

        Sem ofensa, pá (e eu percebi o que querias dizer), mas “o rocky fazer-lhe um «job»” parece um pouco pornográfico! xDD

      • CM Punk - há 4 anos

        ahahhahahhahah lol
        Corrijo: O Dwayne ‘The Rock’ JohnSon a perder para CM Punk

    • Anónimo - há 4 anos

      Bem, ele ainda não e lenda, mas a carreira foi definida em 2011/2012 com as fabulasticas ‘pipebombs’.
      Mas um job de Rocky ou SCSA eram muito bons! Ou mesmo um Jobb do Taker! Ele era lenda

    • CM Punk Lover - há 4 anos

      Concordo com ocque disseste, mas a carreira ficou definida, a meu ver, por este enorme reinado, com excelentes reinados, e as famosas pipebombs!
      Um job do Austin ou o Dwayne, era AWESOME! Mas rumorou-se bater a streak do taker

  3. The Charismatic Enigma - há 4 anos

    Nice

  4. Mario Gonçalves - há 4 anos

    Boas, espero que fiques por cá muito tempo!
    Adorei a tua crónica.Só uma pequena coisa. Onde diz “…das quais ficará para sempre nos anais da WWE…” não seria anuais?

  5. Mario Magalhaes - há 4 anos

    Bem vindo a equipe WPT Juarez, um bom artigo para começar tua caminhada nesta tarefa de acompanhar o wrestling e passar tuas emoções para todos nós.

    Abraços.

  6. Maste-of-Puppets - há 4 anos

    Artigo muito bom, Parabens e Bem vindo!!!

  7. Um grande salve ao mais novo colunista do WPT!
    Bem vindo, Pedrito!

  8. João Macedo - há 4 anos

    Muito bem-vindo ao Wrestling.pt, Juarez, espero que faças muitas edições deste artigo.

  9. andré_rodrigues - há 4 anos

    Achei um grande artigo para o teu primeiro aqui Juarez :D Falaste do que e vinha daí de dentro e foi isso que contribuiu para que fizesses uma grande descrição desse grande wrestler! Continua

  10. joao pedro - há 4 anos

    Em primeiro lugar, sê bem vindo ao Pt.Wrestling Juarez, só tenho a dizer que é sempre bom ter mais um excelente entededor de Pro Wrestling entre nós.
    Quanto ao teu texto não tenho grande coisa a dizer sem ser que foi excelente, alguém que diga apenas a verdade é sempre bem vindo, um excelente texto em nome daquele que é a cara do wrestling actual e o melhor pro wrestler do mundo na actualidade.
    Os meus mais sinceros parabens, continua com todo o sucesso pelo wpt.

  11. André_THEROCK_1992 - há 4 anos

    Bem vindo, Juarez.

    Bom artigo para começar, parabéns!

  12. RuiFerreira222 - há 4 anos

    Muito bom artigo! Não havia melhor forma de começar no PTWrestling :)
    Escreves de uma forma maravilhosa e mais fácil de entender do que realmente parece. Como o Daniel disse lá em cima: já me conquistas-te!
    O “Signature Move” vai ser sobre o que ao certo ?

  13. DDNN - há 4 anos

    Bem-vindo Juarez.
    Gostei muito do teu artigo :D

  14. Flash2012 - há 4 anos

    Bem vindo ao mundo do WPT,queremos te ca por muito tempo e que continues a manter a qualidade demonstrada nestes artigos nas proximas edições ;)

  15. Mister m - há 4 anos

    Bem vindo, Juarez.

    Logo um excelente artigo para começar, gostei muito e espero que faças muitos assim.

  16. Tiago WWE - há 4 anos

    Excelente Artigo para começar!
    Parabéns!

  17. Bill Rods - há 4 anos

    Bem-vindo, Juarez! Tens aqui um belo de um artigo acerca de um dos melhores da actualidade, para começar!
    Parabéns! Continua a escrever, que também eu estarei aqui para ler os teus Signature Moves!

  18. ZigglerPunk - há 4 anos

    Bem vindo, Juarez
    Parabens pelo o artigo esta excelente, espero que todos sejas assim.

  19. DX Member(REAL) - há 4 anos

    Welcome Juarez!
    Continua a fazer bons artigos! :D

  20. Vinícius Nunes - há 4 anos

    Gostei do novo espaço, começou com o melhor do ano, ou seja começou muito bem; e se continuar nessa temática não me importaria (caso também vejas TNA) que o próximo tema fosse Dan Solwold, mas se você não assiste TNA, gostaria que o próximo tema fosse Bryan Danielson.

  21. Tomás Carneiro - há 4 anos

    Bem Vindo, e que grande artigo de estreia. Se forem todos assim conseguirás pôr os leitores a esperar pelos teus artigos. Parabéns!!

  22. Frederico_WWE - há 4 anos

    Bem vindo e bom artigo para começar!

  23. José Sousa - há 4 anos

    Bem-vindo á equipa Pedro:) exelente inicio também me conquistaste, espero que continues assim porque assim ficamos ainda mais fortes. Gostei muito da forma como tu abordas os temas e o teu estilo é diferente do que os outros que tinhamos aqui no site. Como eu digo tu não és um adversário para mim quantos mais colegas do teu nivel tiver neste site melhor, porque motiva-me a melhorar sempre porque existe sempre alguem a surgir.

    Bom artigo sobre o Best in The World um futuro Hall of Fame.

    Bem-vindo novo colega:)

  24. Gabriel Paccioni - há 4 anos

    Enfim, gostei um tanto da síntese e do texto do garoto, ser redator não é para qualquer um e Juarez mostra tamanha vigorosidade em sua escrita, gostei muito do que li, tem certeza apesar de vermos seu primeiro trabalho sei que não esta em seu apogeu e com certeza que é um ótimo redator que tem muito a desenvolver, ele da um mergulho de cabeça buscando com vigorosidade o sucesso como redator, eu em breve deixarei a timidez de lado para ter a coragem o bastante de me aventurar desta maneira, Seja bem vindo Juarez, ótimo artigo que mostra que você esta em seu elemento, a escrita, espero ver muitos e muitos mais Artigos de sua autoria, e sempre com essa vigorosidade e alegria, realmente merece os parabéns de todos nós.

  25. TheCodebreaker11 - há 4 anos

    Bem-vindo, que grande primeiro artigo!

  26. Pedrito Juarez - há 4 anos

    Bem, que surpresa agradável! Nunca achei que fosse ter tantos comentários e com tantas palavras elogiosas. Muito obrigado!
    Sinto-me bem-vindo, aceite e com um dose grande de responsabilidade em cima xD. Espero conseguir estar à altura da próxima vez que escrever um artigo com este tipo de envolvimento, contudo, não tenciono fazer sempre crónicas com este tipo de registo.
    Muito obrigado mais uma vez, malta!

  27. VinceYESYES - há 4 anos

    Bem-vindo ao WPT !

    Foi uma excelente entrada com um tema muito bom mesmo !

    Como já disseram espero que mantenhas a originalidade sempre, e se vires TNA, não sei se vês, penso que também nos podias presentear com artigos acerca :)

    Uma continuação de bom trabalho, gostei !

  28. Master of Chaos - há 4 anos

    Muito bom artigo Suelly, que bom que temos mais um membro na familia WPT.

    Espero que este seja somente o primeiro de muitos artigos.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador