SmarkDown! – Análise: CTW Estrada Do Sucesso

Hoje, no SmarkDown!, faço a análise do mais recente show do Centro de Treinos de Wrestling, Estrada Do Sucesso. Estive presente no evento, que contou com a participação de vários lutadores internacionais, incluindo o “Bruiserweight” Pete Dunne.

Vou falar sobre toda a minha experiência enquanto espectador e o que teria feito de diferente com o card.

Apoia o SmarkDown!

– Youtube: http://youtube.com/SmarkDown
– Facebook: http://facebook.com/SmarkDownOficial
– Twitter: @SmarkDown
– Website: http://www.smarkdown.net

22 Comentários

  1. Tal como o Basílio, também eu estive presente na Ajuda para assistir ao show do CTW. Ser Campeão de outra fed não me impediu de lá ir, fui como fã de Wrestling e apoiar o que se faz por cá.

    Sobre a análise, só dizer que CTW e WP têm projectos diferentes, como tal, conceitos e abordagens também elas diferentes. Ambos com os seus aspectos positivos e negativos, é assim no CTW, no WP… e até na WWE.

    Acima de tudo dou os parabéns ao CTW, por encher um edifício e criar um bom ambiente de Wrestling, com bons combates e algum talento nacional em acção. Diverti-me, gostei do que vi e ainda deu para conhecer o Pete Dunne! ;)

    • Anónimo - há 3 meses

      Sortudo tu Salvador conheceste o Pete Dunne! :p

    • Anónimo - há 3 meses

      Salvador, podes dizer como foi conhecer o Pete Dunne? O que achas-te dele? foi simpático, conviveu muito com as outras pessoas no show? O que achas-te do combate dele, enfim conta um bocadinho da tua experiência, isso claro se não te importares de responder! ;)

      • Eu não fui ao meet & greet, pelo que só o consegui cumprimentar, trocar “duas palavras” e tirar uma foto. Mas estive ao pé dele durante boa parte do show (eu estava sentado junto à banca de merchandising e ele esteve lá boa parte do show).

        Esteve quase sempre em modo personagem, mas pelo que pude observar perdia-a um bocado quando alguém falava com ele. Ou seja, pareceu-me um tipo simpático e sem manias (de já ter chegado à WWE).

        Quanto ao combate gostei muito do que vi. É bom tecnicamente e a sua personagem está no ponto. Incrível para alguém tão novo. Fiquei com alguma pena de não ter feito o seminário.

        O Basílio falou um pouco mais com ele do que eu, e ele fala disso no seu vídeo.

    • Anónimo - há 3 meses

      Muito obrigado por teres respondido Salvador!

    • Anónimo - há 3 meses

      É sempre bom saber que não se deixou levar pelas manias de já ter chegado a wwe ;)

  2. Awesome One - há 3 meses

    Será que vem ai “monday night wars” entre CTW e WP? kkk

  3. PapaShango - há 3 meses

    O Basílio não tem que ser imparcial nos comentários que faz e está no seu direito de preferir o WP (pessoalmente também prefiro). Por outro lado, os shows do WP não têm tido o mesmo tom de crítica (por exemplo lembro-me que o som estava muito alto no Bernardo vs Salvador) e na altura não houve qualquer referência. Mas tá no direito dele a ser parcial assim como o CTW está no seu direito de não ter contacto com o Smarkdown.

    Mas não confundam o WPT e o Smarkdown com o WP. Aquilo que o Basílio diz não representa as opiniões do WP, podendo ou não concordar com elas.

    • Não entendi isso de não ter “o mesmo tom de crítica”. Quando o WP fez algo mal, vamos dar como exemplo o início do show “Bammer vs Salvador”, eu apontei e disse que achei mal feito e estranho. Agora, se tu achaste que o show estava demasiado alto no “Bernardo vs Salvador”, é a tua opinião, porque eu não achei, pelo menos onde fiquei sentado. Acredita se o WP fizer algo que eu ache muito mal, podes crer que vou ter reações e criticismo semelhante, ou até mais acentuado, ao que tive neste vídeo.
      E nem se trata de preferência, eu também apontei aspetos onde o CTW consegue ser melhor que o WP. Curiosamente, até agora, ninguém do WP me veio dizer nada acerca desses aspetos que apontei.

      • PapaShango - há 3 meses

        Não faço ideia se do CTW alguém te apontou alguma coisa sobre o que dizes deles…ou se há algo mais nas vossas relações pessoais que leve a isso (é lá convosco e ninguém tem nada com isso) mas achei o tom do vídeo demasiado crítico a roçar o “trashing”… mas é simplesmente uma opinião. Depois de ver o vídeo fiquei sem vontade nenhuma de ir ao CTW por ex. Foi a ideia que me passou do que assisti. Mas como o Smarkdown que eu saiba não é um trabalho jornalístico, pode ser parcial e quem não gosta não vê.

        O que acho é que nada contribui para que um dia o CTW e o WP trabalhem em conjunto porque quer se queira quer não, mais que não seja pelo Salvador, o Smarkdown (publicado no WPT) será sempre associado ao WP. E é uma pena porque todos ficavam a ganhar.

      • Eu não considero que tenha sido “trashing”, foi mais isto: o que não gostei, não gostei mesmo, de todo, e isso deu para ver nas partes em que eu me exaltei.
        Mas atenção, eu diverti-me (mencionei isto no vídeo) e não me arrependo de ter ido ao show, e para quem nunca foi, caso tenham oportunidade, por favor, tentem ir e apoiem o wrestling português. Mas eu também justifico no vídeo porque é que não fiquei com grande vontade de voltar. E é preciso ter atenção que eu dou a minha opinião como fã que precisa de fazer um considerável esforço monetário para ir a um show que acontece em Lisboa, visto que eu sou da zona de Aveiro.
        Quanto a achares que o SmarkDown! vai ficar sempre associado com o WP, digo-te que a “parceria” que existe é pouco mais que uma linha aberta de comunicação entre as duas entidades e vontade de ver o wrestling crescer em Portugal.(que é também o que existe com a APW e a WSW, por exemplo).
        Mesmo que não existisse uma parceria, continuaria a divulgar as datas dos espectáculos e a dizer ao pessoal para assistir aos shows, tal como faço com todas as outras empresas portuguesas ativas,o que inclui o CTW.

      • PapaShango - há 3 meses

        Não me referia à parceria que falas mas sim ao facto do Smarkdown ser publicado num site cujo administrador é campeão do WP. E como administrador, creio que todo o conteúdo que é publicado passará pela sua moderação. E caso alguém do CTW tenha interpretado o vídeo desta forma, pode obviamente fazer essa associação, como o leitor Awesome One fez alguns posts acima.

        Acho que o Salvador não interpretou assim porque caso contrário acredito que não permitiria a publicação.

        Relativamente à distância, apesar de ser de Lisboa, se um espectáculo tem tantos aspectos negativos quantos os que ouvi no vídeo, não faço nem 100 metros para o ir ver. Fiquei com má imagem.
        Continuarei a ir ao WP.

      • Quanto ao Salvador ser Campeão do WP e dono do WPT, em relação ao que é publicado, uma coisa não afeta a outra. Aliás, o Salvador esteve ao meu lado neste show, e já lutou num show do CTW no ano passado, após frequentar um seminário. Mas o próprio Salvador te dirá isso, não preciso de ser eu.
        Quanto a aspectos negativos, eles foram apontados de modo a serem corrigidos, e há coisas que vão melhorar no próximo show, aposto. Mas claro, certas coisas que apontei como negativas, como a falta de histórias e o foco na língua inglesa, fazem parte do “modus operandi” da organização, e por isso não posso dizer que vão mudar. Agora, se fores ao próximo show do CTW, provavelmente não vais apanhar o árbitro que eu apanhei e vais ver bons combates (como vi no último show), mas vais também assistir a algumas coisas que eu apontei, e nesse momento, a tua opinião é que conta.

      • Se o PapaShango não perceber tenta falar com o Godfather,pode ser que tenhas mais sorte

      • PapaShango - há 3 meses

        O Godfather está cá mas tá ocupado com umas moças.

        Mas o que eu percebi do video foi que os aspectos negativos foram:
        -Posters descabidos à entrada
        -Mau som
        -Má postura do staff
        -Mau som
        -Mau árbitro
        -Mau booking do rumble
        -Mau desfecho do main event
        -Atraso do inicio do show
        -Excesso de uso da língua inglesa
        -Poucos talentos nacionais
        -Ausência de storyline
        -Má escolha da ordem do card
        -Ausência de cinto de campeão
        -After show demasiado longo

        É capaz de ser muita coisa para mudar de um show para outro.

      • Então, vamos lá ver:
        -Posters descabidos à entrada (como é num edifício diferente, talvez não usem, mas não dou garantias)
        -Mau som (pode ser, e provavelmente será, corrigido)
        -Má postura do staff (não sei)
        -Mau árbitro (era estrangeiro, pode nem cá estar, mas mesmo que esteja, talvez tenha aprendido com a experiência, ou nem seja usado como árbitro)
        -Mau booking do rumble (booking é subjetivo)
        -Mau desfecho do main event (o desfecho, em termos de wrestling, não foi mau. Mais uma vez, booking é subjetivo)
        -Atraso do inicio do show (acontece a todos)
        -Excesso de uso da língua inglesa (o David Curle está no poster, por isso, provavelmente isto vai continuar)
        -Poucos talentos nacionais (terias de perguntar ao CTW porque é que isto acontece)
        -Ausência de storyline (ver ponto anterior)
        -Má escolha da ordem do card (booking é subjetivo)
        -Ausência de cinto de campeão (o Red pode já ter perdido o título, e esqueceram-se de corrigir o poster)
        -After show demasiado longo (subjetivo, podes estar na boa a ver como podes ter que bazar e queres fazer o Meet and Greet assim que possível, por isso achas longo)

      • PapaShango, o facto de ser Campeão do WP e dono do WPT, não quer dizer que só apoie o WP ou que no WPT só se possa publicar coisas boas do WP e coisas más do CTW. O Basílio controla o seu canal à vontade e deixa aqui o tipo de conteúdo que entender. A opinião dele, ou de outras pessoas neste site, não é a mesma que a minha. Se não, fazia disto um blog pessoal e não um espaço aberto a todos.

        A minha “opinião” sobre o show do CTW já a dei em cima.

  4. João Ruivo - há 3 meses

    Também fui ver o show e concordo com pelo menos 90% do que foi dito neste vídeo.

  5. Tive muita pena de não ter conseguido ir ao show do CTW.
    Relativamente aos aspetos que o Basílio apontou, apenas posso dizer que, tendo na cabeça apenas esta versão dos factos, concordo com a generalidade do que ele disse. Em particular concordo com a critica sobre o show ter sido anunciado e “feito” em Inglês. Se eu tivesse ido, corria o risco de não entender nada de nada do que foi dito. o meu nível de inglês é fraco e não devia de me sentir obrigado a saber inglês para ver Wrestling em Portugal.

    Como conclusão só tenho a dizer que todas as criticas em que são apresentadas justificações válidas e, neste caso, também soluções válidas, têm de ser levadas como construtivas. Podem não ser aceites. Mas não podem ser levadas como ofensivas.

    Bom vídeo Basílio. Não fui ao show do CTW e, como tal, pensei que não ia aguentar o vídeo até ao fim, mas aguentei porque nota-se que sabes do que falas e que tens opiniões muito tuas e devidamente sustentadas.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Desenvolvido por Luís Salvador / Wrestling PT © 2006-2017