Smoke and Mirrors #118 – Golden Hall

Eternidade. Todos os que entram no mundo de wrestling procuram esse estatuto, alguns por ego, outros porque sempre sonharam com a possibilidade de serem um dos melhores da indústria. Até porque apenas aqueles que têm uma carreira cheia de momento notáveis é que atingem esse mesmo estatuto, e por isso apenas um grupo restrito de nomes que é atinge esse mesmo panteão dos imortais do wrestling.

E ainda mais restrito é o núcleo que atinge o Hall of Fame, até porque o acesso a este está sujeito a diversos factores que nem sempre se cingem somente ao mérito enquanto performer. Aliás, muitas vezes ultrapassa apenas o mérito, ou seja, a conduta, ou mesmo o afastamento das elites com poder de decisão fazem com que certos nomes que mereciam estar no Hall of Fame ainda não estejam.

Dessa forma, tal como na história da Música, Cinema, existem nomes no Wrestling que não atingiram o patamar do Hall of Fame até agora, mesmo que merecessem esse mesmo patamar, a indústria por vários factores não faz esse mesmo reconhecimento. Assim, existem alguns nomes que ficarão na história como lendas “não oficiais”, ou seja são apenas como reconhecidos como heróis populares.

Mas não é sobre este heróis não reconhecidos que irei falar esta semana. Esta semana, o Smoke aponta a sua direcção para a geração 2014 do Hall of Fame, que até este momento tem 3 nomes, e todos eles são nomes Deluxe. Ou seja, não digo que em outros anos não o fossem mas este são 3 nomes todos eles que não podemos questionar a sua importância. Até podemos não gostar pessoalmente de todos eles, mas cada um deles marcou o wrestling de forma única e especial. E é a análise desses mesmos méritos que irei fazer nesta edição do Smoke and Mirrors, apresentando a minha visão sobre as qualidades que garantiram o reconhecimento que a WWE lhe irá dar este ano.

Ultimate Warrior

Para muitos foi um dos competidores mais intensos de sempre da WWE, um portento de força, com uma personagem com um carisma brutal que fazia com que os fãs o adorassem, de tal modo que estavam sempre do lado dele. E, em parte isso tudo é verdade, ou seja o nome do Ultimate Warrior é sem dúvida um dos mais importantes da história da WWE, mesmo que não gostemos dele enquanto wrestler.

Aliás, é importante que consigamos distinguir os nossos gostos pessoais com factos concretos, e é a verdade é que o Ultimate Warrior até podia não ter o maior talento do mundo enquanto wrestler, mas isso era compensado com o carisma que a personagem possuía. Ou seja, a WWF construiu tão bem a personagem dele que ele não precisava de ter promos, porque a sua presença só por si criava impacto. Claro, que tinha limitações mas o booking que a sua personagem teve conseguia mascarar essas deficiências pelo menos aos olhos das grandes massas.

Porque é fundamental destinguir isso, por outras palavras, para nós fãs actuais de wrestling ou para os mais entendidos da época o Warrior é mais um Big Guy com moveset limitado, e com grandes deficiências técnicas. Mas, para as massas daquela época o Ultimate Warrior é uma personagem icónica, com grande importância para a história da WWF, e capaz de mover massas só pela sua personagem. O que pretendo dizer é que mesmo sendo muito overrated quanto às suas performances no ringue, a verdade é que o Warrior tem o seu lugar na história como o homem que derrubou Hogan na Mania, e é um facto que ele era um drawn de fãs para os shows.

Por esses motivos todos, e mesmo não sendo grande fã dele enquanto wrestler, consigo ver a sua importância na historia da indústria, sobretudo na WWF. E é por esse motivo que eu vejo como perfeitamente normal a sua introdução no Hall of Fame deste ano, e mesmo que não goste tanto dele como dos outros nomes, tenho a noção que ele merece tanto essa distinção como eles.

Jake”The Snake” Roberts

Ele é o maior exemplo de como podes ser importante sem nunca ter tido um reinado importante, e Jake conquistou esse estatuto graças ao poder da sua gimmick que foi sem dúvida uma das marcas da Golden Era. E, atingir o patamar da eternidade enquanto performer sem sequer conquistar um título é algo notável, mas que aconteceu bastante naquela época porque as personagens mais marcantes acabavam por criar impacto mesmo sem um título conquistado.

Sendo que, isso é algo que só foi possível porque criou uma personagem única e diferenciada de todas as outras do roster, e isso garantia que todas as rivalidades que envolvessem o Jake Roberts fossem especiais e únicas. Isto porque, ele conseguia criar uma envolvência diferente às rivalidades, porque ele era mais agressivo (em termos de linguagem e acções) que muitos da sua geração, e esse aspecto da sua personagem faz com que ele seja único e merecedor do Hall of Fame.

E fez isto tudo sem um grande título, mas naquela altura com tão poucos individuais nem todos podiam ser Main-eventers, e nem todos podiam estar na rota dos títulos. Por isso, nomes como o do seu rival Ted Di Biase, e ele ficam na história da WWE pelas suas personagens e pelas histórias que contaram durante a sua carreira. Sendo que, isso era algo que na Golden Era acabava por ser bem aceite por muitos elementos do roster porque muitas das histórias que não envolviam os títulos eram bookadas como importantes, e os wrestlers acabavam por se sentir importantes mesmo sem um título.

Por isso, esta distinção que a WWE irá dar a Jake Roberts é justíssima e coroa uma carreira cheira de momento únicos, sejam elas promos ou mesmo combates. Sendo parte importante desses momento, a Damien(a cobra do Jake), que assim também entra no Hall of Fame a par do seu mestre Jake Roberts, e não posso deixar de considerar que este reconhecimento é a prova que uma carreira para ser épica, pode nem precisar de dezenas de títulos, por vezes uma boa gimmick e rivalidades histórias fazem esse trabalhado de eternização do Wrestler.

Lita

Para o fim deixei o nome que mesmo não sendo o maior desta geração de Hall of Fame, é claramente aquele que mais me marca enquanto fã da modalidade. Sendo que, antes de fazer qualquer análise gostaria de dizer que quando soube da sua introdução na Raw fiquei bastante contente, porque a Lita foi das poucas Divas que a qual eu consegui desenvolver um vinculo emocional enquanto performer.

Contribuiu para isso diversos factores, mas provavelmente aquele que me fez reparar nela foi claramente o seu talento dentro do ringue, e a sua gimmick Extreme ao lado dos Hardyz Brothers. Depois, claro que falar de Lita para mim é o mesmo que relembrar todo o processo de ascensão ao main-event de um dos meus favoritos: Edge.  Aliás, graças foi graças a essa aliança que Edge atingiu o topo, e se existe Rated R Atitude não é só graças ao Edge, a Lita ajudou e bastante á criação de impacto para esses momentos únicos na história da WWE.

Sobre a carreira a solo de Lita, eu só posso dizer que ela é um dos maiores nomes da Routhless Agression e da Attitude Era, e a para de Trish Status é na minha opinião uma das melhores lutadores que eu vi na WWE enquanto fã. Amy Dumas (nome real) era irreverente, técnicamente uma boa wrestler, tinha boas promos, acting e uma gimmick cativante. Em suma, e como disseram no vídeo segunda ela era a miúda cool que nunca apresentarias aos teus pais, mas que no fundo todos gostaríamos de sair com ela.

No dia 5 de Abril, vai entrar merecidamente no Hall of Fame, e nunca me vou esquecer dos momentos que vivi graças á personagem de Lita, e só espero que seja o Edge a introduzi-la no Hall of Fame porque é a pessoa ideal para aquele momento simbólico. Assim, só me resta dizer com contentamento, que o Hall of Fame este ano graças a Lita terá um pequeno toque X-Treme com uma pitada de Rated R Attitude.

Deste modo concluo a edição desta semana do Smoke and Mirrors, desta feita um pouco mais curta, mas espero que mesmo assim tenha sido do vosso agrado.  Para a semana voltamos para a antevisão do Elimination Chamber, o último PPV antes da Wrestlemania, e por isso mesmo é uma edição imperdível. Até lá, tenham uma óptima semana, o Smoke volta para a semana aqui no Wrestling.Pt

Figuras da Semana

Abyss- Excelente promo por parte de uma das melhores personagens na actualidade dentro do roster da TNA. Não existem palavras para descrever a excelente performance como actor por parte de Parks durante esta feud com EY, que igualmente tem estado bem.

Gunner- O Modern Day Viking vai arriscar tudo para a semana, no entanto esta semana já foi muito positiva porque conquistou a EC3 a mala pela oportunidade pelos títulos de Tag Team.  Mesmo assim, eu gostaria de vê-lo a ser melhor construído como futuro World Champion.

Magnus- Melhor promo do Magnus como heel, pela primeira vez fiquei convencido com a performance dele nesta faceta heel enquanto campeão da TNA. Agora só espero que vença o Samoa Joe de forma limpa, sobretudo para que possa consolidar-se enquanto campeão de forma credível.

MVP e Wolves- Bom debut in ring da Team MVP, agora é esperar as cenas dos próximos capítulos. Sinceramente, só tenho pena que MVP venha para mais uma guerra pelo poder, porque ele é talentoso o suficiente para estar noutro tipo de feuds, mesmo não sendo um primor técnico como wrestler.

Mr.Anderson- Venceu o Casket Match, e com isso espero que esta rivalidade culmine. O combate foi bom, mas poderia ter sido tudo mais épico se tivessem esperado pelo Lockdown para colocar este combate com esta estipulação.

Cesaro- Performance notável esta semana do Suiço,  tanto na Raw como na Smackdown. Mas, como é lógico o destaque é sobretudo a performance e vitória contra Randy Orton, mas já o embate com Sheamus tinha sido de bom nível.

John Cena e Orton- Tenho que dar os parabéns aos dois porque na Raw deram um dos melhores combates que eu vi entre eles, mesmo que seja um embate que muitos já não querem ver. Mas isso, acaba por valorizar ainda mais o combate da Raw na minha opinião.

Sheamus- O Celtic Warrior tem estado em alta desde que voltou, e sinceramente espero que aquele Brogue Kick no Christian signifique mudanças para o irlandês depois da Mania. Até porque, sendo ele um dos melhores wrestlers da WWE, acho que ele merecia uma personagem mais interessante e isso só será possível com um heel turn.

Usos- Os irmãos continuam em alta e na rota para os títulos de Tag Team. Aliás, depois desta semana isso parece-me cada vez menos um sonho,  e por certo que serão Tag Champs em breve. A questão é sobretudo quando isso vai acontecer, porque essa conquista é cada vez mais uma certeza.

Shield e Wyatt- É claramente o combate melhor construído para o próximo PPV, e isso notou-se novamente esta semana na Raw. Só tenho pena que isto seja o inicio do fim dos Shield, mas isso não retira todo o mérito e excelente carreira deles enquanto stable.

Bryan e Kane- As interacções entre os ex-parceiros têm sido bastante interessantes, e despertam curiosidade para o que poderá acontecer entre eles na próxima semana, tanto na Raw como na Chamber.

 Surpresa da Semana

Vignette de Willow(Jeff Hardy)- Surpreendentemente agradável e interessante a primeira vignette de apresentação da nova faceta de Jeff Hardy na TNA. Pela primeira vez uma vignette de Jeff Hardy despertou alguma curiosidade na minha pessoa.

Desilusão da Semana

Velvet Sky vs Chris Sabin- Sinceramente esta história não credibiliza em quase nada alguém com o talento de Sabin, que até podia ser um heel talentoso. Mas, que graças a esta história ficará como heel que se esconde atrás da ajuda de uma Knockout.

Perguntas da Semana

Qual a tua opinião sobre os três elementos já conhecidos para o Hall of Fame deste ano?

Se pudesses escolher um nome que ainda não esteja no Hall of Fame para introduzir quem escolherias? E porquê?

Concordas com as figuras, surpresa, e desilusões da semana? Escolherias outros momentos?

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

42 Comentários

  1. Franciscoxb - há 3 anos

    Grande artigo José.

    Qual a tua opinião sobre os três elementos já conhecidos para o Hall of Fame deste ano? Não gosto do Ultimate Warrior, mas compreendo que esteja no Hall of Fame, pois foi um nome de grande destaque na empresa, na compreendo como o Jake Roberts não ganhou nenhum titulo, o gajo era Brutal ! tinha uma grande gimmick, boas promos e era bom em ring, para além disso inventou a manobra DDT.A Lita também gostei da introdução dela para o hall of fame.

    Se pudesses escolher um nome que ainda não esteja no Hall of Fame para introduzir quem escolherias? E porquê?

    Eu escolhia o Paul Bearer, pois era um grande manager, e merece sem duvida estar no Hall of Fame

    Concordas com as figuras, surpresa, e desilusões da semana? Escolherias outros momentos? Concordo com as figuras,surpresa, mas a desilusão da semana para mim foi o Sandow ser mais uma vez humilhado desta com o Darren Young

    • José Sousa - há 3 anos

      Sem dúvida que o Paul Bearer merece essa distinção, e esse dia vai chegar muito provavelmente será no ano em que o Taker também entre não HOF.

      • José Sousa - há 3 anos

        Ah sobre o Sandow concordo mas ver o Sabin também a sair por cima daquela forma é deplorável.

  2. AwesomeTheMiz - há 3 anos

    Bom artigo, José! Finalmente arranjei um tempo na semana para o site e seu artigo foi incrível.

    Minha opinião a todos os indicados só pode ser positiva, Ultimate Warrior não é um dos quais admiro, mas teve sua importância e merece seu lugar no Hall of Fame. Jake Roberts e sua excelente gimnick é um dos nomes mais respeitados, só espero vê-lo voltar e aplicar seu DDT em alguém. Lita é uma das melhores (senão a melhor) de sempre na divisão feminina da história da WWE, não precisa de palavras para justificar sua indução ao Hall of Fame.

    • José Sousa - há 3 anos

      Muito obrigado por leres e por comentares este espaço. Anda bem que gostaram do destaques que estes 3 nomes merecem.

  3. JoãoRkNO - há 3 anos

    Ótima crónica meu caro. Ambos os três merecem bastante a introdução no HOF deste ano. O Warrior pelo seu historial, o Jake pela belíssima gimmick que tem e pela criação do move que todos nós conhecemos, o DDT, e por último, a Lita, que é das melhores, senão a melhor diva que alguma vez passou por esta indústria.

    Em relação ás surpresas, desilusões, e figuras da semana nada contra, destacando a prestação do Cesaro durante a semana, e a vignettte da nova personagem do Hardy, Willow, que até que me deixou bastante curioso.

    • José Sousa - há 3 anos

      Mesmo pela primeira vez o Jeff Hardy conseguiu deixar-me curioso com algo que fez dentro do género de promo ou vignette. Mesmo assim é gimmick cogumelo mágioc, mas curiosa.

      • JoãoRkNO - há 3 anos

        Sempre me cativaram com este tipo de personagens, e sendo desempenhada por ele, espero um ótimo resultado.

      • José Sousa - há 3 anos

        Só espero que não seja só hype, e em um mês ou dois já temos o velho Hardy de volta.

      • JoãoRkNO - há 3 anos

        Hum, duvido muito que esta vignette seja apenas para um trabalho de curta duração. Uma coisa era mudar a forma da pintura facial, como se sucedeu algumas vezes, outra coisa completamente diferente foi a personagem que nos foi apresentada. Cheira-me a mudança radical, e espero não estar enganado.

      • José Sousa - há 3 anos

        Sim eu também espero bem que sim João, tipo eu sei informações dos próximos shows. Mas mesmo assim espero que estejam ligadas a isto.

  4. danielLP21 - há 3 anos

    Gostei do artigo José, mas a Lita com boas “mic-skills”? Não me parece.

    Acho que o melhor nome para a induzir no HOF é a Trish Stratus. Já no ano passado deveria ter sido a Lita a induzir a melhor “wrestler” feminina de sempre, por isso este ano seria uma falha caso não estivessem as duas juntas naquele palco.

    Espero que não seja o Edge, até porque, a meu ver, não tem grande sentido ser ele.

  5. Ângelo Martins - há 3 anos

    Grande artigo José.
    Um bom nome… talvez Paul Bearer, apesar de não fazer muito sentido, pois está morto.
    Acho que o Sheamus não precisa de virar heel para ter uma personagem convincente, até porque ele cativa o público com está personagem. Sem CM Punk, a WWE deveria apostar nele como campeão, depois do Bryan, é claro.

    • José Sousa - há 3 anos

      Claro que faz a título postúmo, o Heath Leadger não venceu o Oscar? Para mim ele entra com o Taker.

      • Ângelo Martins - há 3 anos

        E já agora o Kane, para completar, pois já não deve lutar durante muito mais tempo.

      • José Sousa - há 3 anos

        Sim mas o Taker acaba para ai para o ano, já o Kane é capaz de durar mais 2 ou 3 anos.

      • Ângelo Martins - há 3 anos

        Mas quando acabar vai direitinho para o HOF, tal como o Edge.
        Outra coisa José; gostava de saber a tua opinião sobre o que esta vitória pode trazer ao Cesaro.

  6. Mauricio M - há 3 anos

    Bom artigo, realmente todos merecem ir pro HOF

  7. YO - há 3 anos

    Grande artigo.
    Os três merecem,porém,como em todo ano,falta um nome.Randy Savage.Enquanto esse senhor não for introduzido,o HOF não têm valor nenhum para mim.

    • José Sousa - há 3 anos

      Olha é o Savage é como os Deep Purple para o Hall of Fame do Rock, já deviam estar lá. Mas nem sempre é só o valor que conta, outras politicas falam mais alto.

  8. k2 - há 3 anos

    Lita Queen of Xtreme <3 Sempre torci por isso. Acho que ela merecia no ano passado, e não a Trish. Mas, para induzi-la eu acho certo que seja a Trish. Ambas são amigas, trabalharam por muito tempo juntas e, foi a Lita quem treinou a Trish, né? Nada mais justo.

  9. franckcarrazedo05 - há 3 anos

    Grande artigo Jose, é sempre uma honra le-los

    Eu juntaria ao Hall Of Fame, o The Rock(acho que ainda n esta la),prq
    dizem que ele ja n volta a lutar….

    Se n metem o The Rock,que metam o….n me lembro de mais ninguem asserio….

    Continua com os teus artigos,fico á espera do proximo

    <3 Lita

    • José Sousa - há 3 anos

      O Rock vai entrar, mas tem tempo porque ele ainda não oficializou que abandonou o wrestling. Até lá acredito não entra, mas é um futuro Hall of Famer sem duvida alguma.

  10. Diogo7 - há 3 anos

    Bom artigo José. Os três nomes já conhecidos para o HOF são bem merecidos, na minha opinião.

    Não acompanhei as carreiras do Ultimate Warrior e do Jake Roberts, mas posso dizer que foram 2 nomes bastante importantes na “Golden Era”.

    A Lita, para mim, é a melhor “wrestler” feminina a par da Trish Stratus. No ringue era a melhor de sempre e teve bastante infuência na carreira do Edge, que é um dos meus favoritos de sempre. Quando soube que ela ia ser introduzida para o HOF, “markei” que nem um menino xD.

    Tem se falado que o Scott Hall ia ser introduzido também, mas o que eu queria era mesmo o Paul Bearer.

    A principal figura da semana, para mim, António Cesaro. O gajo é uma besta autêntica! Espera um dia vê-lo a conquistar o World Title…

    • José Sousa - há 3 anos

      É verdade Diogo espero que ele um dia chegue lá.

      Quanto á Lita já sabes, por conversas que tivemos que tenho uma ligação emocional com ela.

  11. akujy - há 3 anos

    Excelente Smoke José. Gostei da forma como conseguiste explicar, e bem, a importância e o porquê de cada nomeado merecer tal honra sem precisares de entrar em modo wikipediano, algo que só atesta a tua qualidade enquanto escritor. De resto só tenho a dizer que concordo contigo e acho que todos os nomeados até agora merecem o seu lugar ao sol. Também sou daqueles que tem a tal ligação à Lita e por isso entendo perfeitamente como te sentes.

    • José Sousa - há 3 anos

      Muito obrigado. E ainda bem que gostaste da minha abordagem tinha um certo receio que não fosse do vosso agrado.

  12. Vinícius Nunes - há 3 anos

    Que forçada nas mic-skills da Lita hein José? Se tem algo que a AJ dá um banho na ídola dela, a Lita, é justamente nesse sentido… Até gostava de ver a Lita, mas as mic-skills dela eram fracas, mas seu estilo de luta extreme era sempre bom de se ver e é pra mim a segunda melhor diva que já vi na minha vida e a sua entrada no HOF é mais do que justa e ainda bem que o fizeram.

    Sobre o Snake, só tenho uma palavra: Gênio. Muito bom no que fazia e acho essa homenagem extremamente válida, foi e é um ícone da modalidade.

    E o Warrior era um wrestler que seduzia, não era dos melhores workers no ringe (longe disso até), mas cumpria o seu papel com muita eficiência, merece a distinção.

    Sobre as figuras da semana não posso falar muito, pois não vejo wrestling desde o RR e talvez eu volte na Elimination Chamber, vamos ver…

    • José Sousa - há 3 anos

      Realmente é exagerado pronto. Mas de resto concordo contigo todos eles merecem este reconhecimento sem duvida alguma.

  13. Control - há 3 anos

    Bom artigo José..

    Concordo com todos os nomes citados tu descreveu perfeitamente o Warrior,devia no ringue mas compensava com todo o resto.O Snake é incrível sem palavras..

    Fiquei bastante contente quando vi o nome da Lita,incrível uma das melhores na divisão pra sempre,me marcou bastante ela junto ao Edge pois foi quando comecei a ver wrestling.A Trish também seria uma belo nome para introduzi-la José.

    Sobre um outro nome para ser introduzido bem,sou fã descarado do Raven sei que é difícil,mas ele deixou sua marca enfim é apenas coisa minha rsrs

    Aguardando a antevisão para semana que vem..

    • José Sousa - há 3 anos

      Muito obrigado. Sim eu não gosto do Warrior mas percebo todas as qualidades que fazem dele uma lenda como é óbvio. O ´Snake é épico, e a Lita como já disse não escolhi em ultimo por ser a ultima a saber-se mas sim por ser a que eu tenho como favorita destes 3.

  14. Tunes9 - há 3 anos

    Bom artigo, Obrigado e Parabéns José. :-)
    Concordo com os três nomes escolhidos para o Hall of Fame até agora, todos merecem e todos tiveram a sua importância na história da WWE, principalmente a Lita que é uma das melhores Divas (Wrestlers Femininas) de sempre (Top3) e merecem sem duvida nenhum, a Trish é a pessoa certa para introduzir a Lita ao Hall of Fame.

    Eu espero e gostava que o Paul Bearer fosse escolhido para o Hall od Fame deste ano, é um dos melhores Managers de sempre e foi importante na Atitude Era e foi manager de dois dos maiores “monstros” de sempre (Undertaker e Kane) e esteve com eles desde do inicio, é o ano certo para ele ser escolhido.

    • José Sousa - há 3 anos

      Mas lá está eu acho que a WWE pode querer esperar mais um ano ou dois para o Bearer. Ou seja, acho que podem querer que a sua introdução coincida com a do Undertaker.

  15. 434 Days - há 3 anos

    Bpm artigo. Até agora acho que este grupo para o HOF está bastante forte. Todos eles tiveram a sua marca e sém dúvida merecem a distinção. Por uma questão de a ver em acção fiquei extremamente contente quando soube da introdução da Lita. Espero no futuro ver o Undertaker obviamente.

  16. Bad News Barrett - há 3 anos

    Concordo com tudo. E sim o Jakede facto nao precisou de grandes titulos e conquistas para estar no Hall of Famme mas apesar disso é notório que ele é uma indução merecido mas que nao rouba o spotlight se é que me entendo. Todos os anos sao introduzidos vários nomes mas há sempre 1 que se sobressai mais, a verdadeira lenda, aquele que tudo conquistou como o Edge e o Stone Cold o foram nos seus anos. Embora seja prestigiante a entrada sem duvida que ser o destaque do ano sobressai em relaçao aos restantes e isso é inegavel. O Jake nunca poderia ser essa atracçao apesar da sua merecida induçao.

    • José Sousa - há 3 anos

      Sim a vedeta deste ano é o Ultimate Warrior, por mais que não gostemos dele como wrestler, isso parece-me algo que todos nós sabemos.

  17. Dolph Ziggler - há 3 anos

    Bom artigo, José. Confesso que fiquei extremamente contente quando vi que a Lita ia entrar para o Hall of Fame. Provavelmente das melhores divas de sempre (junto com a Trish Stratus) e sem duvida que merece este prémio. O Jake no HOF é brutal. Já era sem tempo, diria. O Ultimate Warrior tem é uma excelente adição, tendo em conta que foi uma das maiores figuras na história do wrestling. São 3 escolhas de bom nível. E sim, era excelente ser o Edge a introduzir a Lita no HOF. A cereja no topo do bolo, diria.

    Em termos de figuras da semana, dou destaque ao Cesaro. Excelente combate com o Orton e parece que está aí um push a caminho para o suiço!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador