Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Smoke and Mirrors #121 – Antevisão: TNA Lockdown

Quase 5 meses depois a TNA volta aos PPV´s para aquele que será o primeiro evento deste tipo em 2014, sendo que tive pena que em Janeiro o Genesis não tivesse sido um PPV regular, em vez daquele especial dividido em duas partes. Digo isto, porque as histórias e as feuds em jogo nesse evento eram muito mais cativantes nessa altura do que as que estão actualmente no Lockdown.

Claro, que em termos técnicos arriscamo-nos a ter um bom PPV com combates de boa qualidade, mas a sensação que tenho á partida para o PPV é que não existem muitas histórias que me prendam, e que façam dizer:” Quero ver isto”. Até poderá ser impressão minha, mas fico com a impressão que é um evento com qualidade, todavia com resultados previsíveis, e neste caso a previsibilidade é algo negativo. Aliás, tendo em conta algumas feuds eu gostaria de ter visto algo envolvendo o Eric Young e o Abyss neste evento, e sobretudo gostaria que o Casket Match entre o Bully e o Mr.Anderson tivesse acontecido no Lockdown, porque ira acrescentar mais interesse do ponto de vista emotivo ao evento.

Eu preferia chegar a esta antevisão e dizer”Estou entusiasmado para este evento”, mas não o poderia fazer, porque não é a verdade. Não digo, que não tenha pontos de interesse para o PPV porque tenho, mas a verdade é que ele foi construído sobretudo em torno do combate entre Team Dixie e Team MVP, até mais que no World Title. E ao contrário do ano passado, onde os restantes combates acabavam por ter ligação com o World Title, este ano á partida não vejo como uma possível derrota da Team Dixie fará com que tenhamos uma surpresa brutal como a do ano passado.

Mas espero estar errado, e acabe por ser surpreendido com bons combates, mas sobretudo que tenham decisões lógicas. Não basta prometer um PPV diferente, agressivo por causa das estipulações de todos combates, convêm que tenhamos decisões lógicas que mesmo que não coincidam com a minha previsão, mas que me surpreendam, e a todos os fãs que vão assistir ao evento, mas claro, que essa surpresa seja pela positiva. Porém está na altura de deixar-me de opiniões mais gerais e passar para a antevisão do evento propriamente dito.

E começo com o Steel Cage entre Mr.Anderson vs Samuel Shaw, num combate que marca o debut do “psicopata de serviço” da TNA em PPV´s, e logo num Steel Cage Match. Ou seja, para o bem ou para o mal este será o primeiro teste “real” ao potencial de Shaw, porque até agora ele tem-se destacado em alguns squashes, e sobretudo nos seus segmentos com a Christie Hemme. E por isso mesmo, este embate acaba por ser importante para o Samual porque vai defrontar um wrestler com muita mais experiencia que ele, e que o obrigará a mostrar qualidade no ringue caso queira começar a deixar a sua marca na TNA.

Porque, tal como referi agora é que vamos começar a perceber o seu verdadeiro potencial, porque só com boas performances in-ring é que poderá atingir patamares elevados. Ou seja, até este momento ele tem sido notável no seu acting, e tem criado a expectativa correcta para a personagem que desempenha. Todavia, ele precisa de conciliar essa persona que criou( e que é bastante positiva)a uma performance positiva no ringue, e nisso esta feud com o Mr.Anderson poderá ajudar a clarificar o seu potencial.

Até porque, mesmo não sendo o melhor wrestler do mundo do ponto de vista técnico, Anderson tem uma capacidade de storytelling assinalável, que conciliadas com performances eficazes e agressivas poderão fazer deste combate agradável. Só espero, que Shaw apresente a agressividade latente na sua personagem de forma directa neste Steel Cage, porque isso acabará por tornar o combate interessante. Quanto ao resultado final, e como acho que isto é uma feud a dois tempos, penso que Samual vencerá para ter uma afirmação da sua personagem, mas não descarto que perca primeiro no Lockdown, para depois vencer no Sacrifice.

S&M Odds: Samuel Shaw 60% ; Mr.Anderson 40%

O combate que se segue é o primeiro Tag Team da noite, ou seja aquele que nem tem nada em jogo, e onde se confrontarão a equipa de Chris Sabin e Bad Influence á equipa do “veterano” Great Muta, Nakanoue, e dos estreante Sanada. Assim, não sendo um combate com títulos ou algo em jogo o que posso esperar é um festival técnico de altíssima qualidade entre todos os membros deste combate.

Aliás, arrisco-me a dizer que nem precisava que este combate acontecesse como Steel Cage, porque sendo interpromocional e sem qualquer história, bastaria que este acontecesse de forma simples para que tivesse qualidade e interesse. Seria basicamente aquele combate para os fãs de wrestling técnico puro, que não precisam de ter uma boa historia para serem cativados para esse embate. No entanto, percebo a lógica deste combate no PPV, já que a TNA quer promover a imagem dos seus convidados vindos da sua parceria japonesa, e da sua nova contratação: Sanada(que estará no roster no pós-Lockdown).

Se preferia ver um title Match da X-Division por vezes deste combate? Preferia, mas como a história Sabin e Aries já está desgastada, e o Aries estará noutro combate, percebo esta opção que irá proporcionar um combate interessante do ponto de vista técnico. Quanto ao resultado final a minha aposta é clara e vai para a equipa do Great Muta, Sanada e Nakanoue mas sem dúvida alguma, porque não seria inteligente prejudicar os debutantes no seu primeiro combate na TNA.

S&M Odds: Great Muta, Sanada e Tigre Uno 80%; Sabin e Bad Influence 20%

O embate que se segue é o Steel Cage pelo título das Knockouts que irá opor a campeã Madison Rayne a Gail Kim, num combate que espero que culmine com a história entre estas duas lutadoras. Por mais que eu goste da Gail ela já foi campeã durante um bom período de tempo,claro que podem dizer que poderia ter sido melhor, e é verdade até porque faltou verdadeiramente oposição durante o reinado, e a foi fácil cair na tentação de faze-la perder praticamente á primeira  oportunidade pelo titulo com a Madison.

E, é um facto que isso acabou por não jogar totalmente a favor do reinado da Gail Kim, até porque o seu reinado poderia ter ajudado a desenvolver as capacidades da Lei D´Tapa. O que pretendo dizer é que esta aliança deveria ter sido mais forte, e devia ter enfrentado mais desafios sérios ao seu domínio, por outras palavras, não foi um mau reinado mas esteve longe de ser muito bom.

Porém, agora que a Madison é novamente campeã de Knockouts a melhor solução é claramente colocá-la a defender o título no Lockdown, afastando a Kim da Title Picture por agora. Claro que preferia que a Rayne conquistasse o tititulo no Lockdown, ou mesmo somente no Sacrifice, porque isso iria criar nos fãs mais vontade de a ver a derrubar a aliança Kim e Tapa. Todavia, e como já trocamos de campeã e já, a melhor decisão para a Divisão e para credibilização do título é uma defesa do título, no que espero que seja um combate de boa qualidade. Aliás, uma troca de campeã na minha opinião seria prejudicial para a TNA porque iria passar uma imagem de instabilidade, e por isso mesmo acho que a Madison Rayne vence e gostaria de ver de seguida uma feud com a Velvet Sky pelo título.

De seguida, temos mais uma das estreia da noite, ou seja, o Steel Cage entre Manik e o debutante Tigre Uno, um luchador que se vai estreia no Impact Wrestling neste mesmo PPV.  Este embate, surge no processo de reconstrução da X-Division que vai começar a partir do Lockdown, com a contratação de novos membros, e por isso mesmo, penso que não era preciso este combate ser Steel Cage uma vez que vai servir sobretudo para introduzir aos fãs um novo wrestler, mas se a TNA definiu desse modo só espero que o combate tenha qualidade.

E nesse aspecto acredito que tenhamos um bom combate, porque tanto TJ Perkins(o actual Manik) como o Tigre Uno são high flyers de enorme talento, capazes de nos proporcionar um combate. Para quem não conhece o Tigre ele é já um luchador com anos de experiência na AAA, e o seu mentor(treinador) foi o mitíco Rey Mysterio, e isso em principio é sinal de qualidade. Dessa forma,  a TNA tenta piscar o olho ao mercado latino com um mascarado que tenha talento para revitalizar uma divisão que anda meia perdida. Por isso, espero ser surpreendido pela qualidade deste combate, mas quanto ao resultado final, esse é claro e vou apostar na vitória do Tigre Uno.

S&M Odds: Manik 25% ; Tigre Uno75%

S&M Odds: Madison Rayne 65%; Gail Kim 35%

E depois das Knockouts segue-se a guerra entre ex-parceiros, ou seja, o Steel Cage Match entre o Gunner e o James Storm, naquele que promete
ser um dos combates mais agressivos da noite. Neste embate, joga-se o futuro da TNA uma vez que parece que aposta em Gunner como main-eventer vai continuar, mas também joga-se muito da credibilidade de James Storm agora como heel.

Ou seja, ambos tem muito a ganhar e a perder neste combate, e o que acaba por tornar neste combate num dos mais interessantes da noite. Esta rivalidade começou quando Gunner venceu a mala e todos pensariam que ele faria o heel turn, mas a opção da TNA foi apresentar o James Storm cada vez mais como alguém desconfiado e invejoso do sucesso do parceiro. Por outras palavras, ele foi incentivando o parceiro quando na verdade queria que ele não fosse bem sucedido, e por isso mesmo atacou no combate onde fez o cash-in custando a vitória a Gunner.

E foi por causa desse ataque que este combate irá acontecer no Lockdown, e como é o segundo embate da rivalidade a decisão final de quem vencerá o combate é muito importante. Eu  admito que este combate deixa-me curioso, porque tanto a gimmick como a performance in-ring do Gunner ainda não me convenceram totalmente que ele é Main-Event “material” e por isso este combate e rivalidade poderá tirar-me todas as dúvidas. Não digo que não tenha qualidades, apenas ainda não estão limadas para esse patamar, ao contrário de Storm que acho que dará um heel brutal. Quanto ao resultado final, e como temos outro PPV no próximo mês eu vou apostar numa vitória do James Storm para credibilizar o seu turn, deixando a vingança de Gunner para o PPV seguinte. No entanto, não é de todo impossível uma vitória do Gunner e conclusão da rivalidade já no Domingo, até porque sendo um Last Man Standing essa hipótese existe.

S&M Odds : Gunner 49,5% ; James Storm 50,5%

A contenda que se segue irá tal como as restantes acontecer numa Steel Cage, e é um combate onde um Hall of Fame é desafiado por um “menino rico e mimado” que pensa que não precisa de provar nada para atingir o topo. É desta forma que posso descrever o embate entre Kurt Angle e Ethan Carter III, ou seja, é um combate onde temos frente-a-frente o passado e possivelmente o futuro da TNA.

Esta rivalidade começou quando EC3 atacou o Angle num dos Impacts em Glasgow, e desde dai que era perceptível que iríamos ter um combate entre ambos no Lockdown, até porque Carter começou a gabar-se que tinha terminado com a carreira de Angle. Sendo que, voltou novamente a tentar o mesmo na cerimónia de introdução de Angle no Hall of Fame, algo que eu discordo porque na minha opinião esse tipo de cerimónia não deveria ser utilizada para a criação de rivalidades. São momentos de reconhecimento de carreira, e deveriam ser vistos e apresentados somente dessa forma, mesmo que perceba a lógica por detrás das escolhas criativas da TNA neste caso.

Contudo acho que poderiam fazer esta rivalidade na mesma sem terem que interromper aquele momento que deveria ser visto como algo sério, pelo menos na minha perspectiva. Porém, percebo que isto só acontece porque a TNA deve ter a noção que o Angle não deverá renovar o contrato que culmina em Agosto (se não estou em erro), e por isso mesmo estão a usá-lo para que possa promover alguns talentos antes de sair da companhia de Orlando. E como o Ethan precisa de um teste á sério, o Angle acaba por ser o verdadeiro teste á qualidade de EC3 como wrestler, uma vez que o confronto com Sting não ajudou nesse processo.

Desse modo, eu espero que o combate do Lockdown seja de boa qualidade e que eleve o EC3 enquanto futuro talento do roster da TNA, mas que não afecte muito a forma de Angle, porque isso poderá afectar o tempo de descanso e as suas escolhas após a possível saída da TNA. E como vamos ter outro PPV para o mês que vem eu acho que no Lockdown o Angle vai vencer o Ethan Carter, para depois perder no Sacrifice num combate onde até poderá estar em jogo a sua saída da companhia, no entanto não é de topo impossível que o EC3 vença já no Domingo, (isto se o combate acontecer devido ao ataque de EC3 no último Impact Wrestling.

S&M: Ethan Carter III 40% ; Kurt Angle 60%

De seguida temos o primeiro Main-event da noite, onde teremos frente-a-frente num Lethal Lockdown a equipa do MVP e a equipa da Dixie Carter capitaneada por Bobby Roode, num combate onde quem vencer garante o controlo da TNA. Naquilo que é á partida apenas mais uma feud pelo controlo da TNA, que pouco tem de diferente de anteriores feuds que já assistimos do género nesta, e mesmo noutras companhias.

O que quero dizer é que uma guerra pelo poder é uma story já usada tantas vezes, que quando é reciclada convêm que seja construída de forma atractiva e cativante, coisa que até agora a história MVP e Dixie não têm sido, mesmo que a capacidade de promos e entretenimento do MVP esteja ser bem utilizada por parte da TNA. Assim, o problema não está propriamente no MVP ser accionista mas sobretudo em ser accionista e wrestler, e que por acaso tem que ter interacções com a Dixie que não é de todo a actriz mais genial do mundo, e nem a capacidade de acting do Rockstar Spud salva a história.

E, por isso mesmo as minhas expectativas para este combate são baixas porque a história á primeira vista não me conseguiu cativar, nem agarrar. Até pode ter algo que mude isso no Lockdown, mas á primeira vista está longe de ser a feud mais cativante do mundo, até porque o resultado á partida parece-me ser muito evidente. Ou seja, quando temos do lado de MVP ele próprio, os Wolves e o regressado Jeff Hardy (possivelmente na figura de Willow the Wisp) percebemos que dificilmente a vitória fugirá á equipa face.

Mesmo a estipulação em torno de Bobby Roode favorece este resultado, porque vejo mais depressa a equipa do Roode perder para dar origem a um face turn dele, do que propriamente uma vitória que lhe dê poder na TNA. Assim, espero que este combate tenha qualidade sobretudo derivado á estipulação do próprio embate, e pela qualidade de quase todos os intervenientes, mas dificilmente vejo outro resultado que a vitória da team MVP até porque é o debut de todos eles em PPV (eu conto o Willow como estreia de gimmick).

S&M Odds: Team MVP( MVP, Wolves, Willow) 70%; Team Dixie( Capitão Bobby Roode, Bromans e Aries 30%

Por fim chegamos ao main-event do PPV onde o campeão Mundial Magnus irá defender o seu título contra o Samoa Joe, tudo dentro de uma Steel Cage onde só se pode sair campeão por submissão ou deixando o adversário knock-out.  Este combate surgiu depois de Joe se ter tornado contender ao bater Magnus e EC3 num Tag Team com Angle, e vencendo Bobby Roode na semana seguinte para reforçar ainda mais o seu estatuto de contender.

No entanto, esta história remonta aos tempos em que ambos foram Tag Team Champions, e também em que ambos conjuntamente com Angle e Sting fizeram parte da nova versão dos Main-Event Mafia. Porém, esses aspectos não foram totalmente potenciados por parte da TNA durante a construção deste PPV, não quer dizer que não tenham sido utilizados, apenas acho que poderia ter sido ainda mais potenciado do que a forma que foi, até porque só teria beneficiado a rivalidade e o combate de Domingo.

Todavia, não deixa de ser inteligente por parte da TNA estar a utilizar os antigos parceiros de Magnus para o confrontar pelo título Mundial, acho que acaba por dar um cunho pessoal aos combates. Mas gostaria que o Magnus tivesse sido não tanto como um heel cobarde, ou seja, não me agrada nada que vença sempre com ajudas, que seja o tal “paper Champions”, e nisso a estipulação do combate de Domingo vai ajudar a que ele se afirme como campeão pelas suas próprias mãos. E isso poderá dar um novo ar às suas promos que até agora tem sido eficazes, ou seja eu vejo nele potencial como heel, mas acho que precisa de interlocutor mais forte e por isso espero que depois de Domingo tenha uma rivalidade que puxe ainda mais por esse lado.

E quando digo depois de Domingo, digo-o porque a minha aposta é numa vitória de Magnus, que assim defenderá pela primeira vez o seu título em PPV, e sobretudo vencerá o combate de forma inequívoca. Daí eu dizer que esta estipulação joga a favor do campeão porque apesar de á primeira vista colocá-lo em aparente desvantagem, isso só acontecerá para que a sua vitória seja ainda mais clara e conclusiva, o que só credibilizará o seu reinado. Por isso, mesmo não tenho a menor dúvida que Magnus defenderá o seu título, e gostaria de vê-lo numa rivalidade com um Roode (já face) como próxima rivalidade pelo título Mundial.

S&M Odds: Magnus 70% ; Samoa Joe 30%

É desta forma que concluo mais uma edição do “vosso” Smoke and Mirrors, espero que esta antevisão seja alvo de debate por parte dos membros da “Família TNA” deste site. Para a semana volto com mais um artigo sobre um tema da actualidade, mas até lá espero que tenham uma óptima semana, e já sabem se querem saber e ver tudo sobre o wrestling é aqui no Wrestling.PT

Figuras da Semana

Samuel Shaw- Continua o bom trabalho de desenvolvimento da personagem, mas o primeiro teste a “sério” será o embate com o Mr.Anderson no Lockdown. Mas até lá nada a apontar á personagem psicopata de Shaw.

Gunner e Storm- Boa interação entre os ex-parceiros, e a nova estipulação veio apimentar mais o combate. Ou pelo menos veio trazer interesse ao mesmo, e sobretudo trouxe imprevisibilidade ao resultado final.

EC3- Excelente segmento entre ele e o Angle, onde ele atacou novamente o joelho do Hall of Famer, de forma a criar-nos dúvida se ainda vamos ter combate entre eles no Lockdown. Ambos estiverem bem a vender a história, e este é um dos motivos de interesse do Lockdown.

Team Dixie- Estiveram em alta ao vencer o combate de eliminação, e mesmo o seu capitão Roode venceu Davey Richards, e por isso mesmo partem á frente para o Lethal Lockdown. Mas provavelmente isso só torna mais evidente a vitória da equipa face, sobretudo pelo reforço(Jeff Hardy).

Magnus e Samoa Joe-Boa promo entre os contender pelos título, mas tal como referi no artigo esta rivalidade só peca por ser relativamente previsível o resultado final. De resto boa interacção entre o campeão e o contender.

Usos- São os novos campeões de Tag Team, e só por isso merecem ser um dos destaques da semana porque sem dúvida merecem estes títulos. Agora só espero que tenham um reinado digno do seu talento.

Daniel Bryan vs Triple H- Não há volta a dar é uma das rivalidade mais mediáticas desta Wrestlemania, aquele que mais assusta os fãs pelo possível resultado final no evento. Mas, esta semana foi construída de forma brilhante por parte dos dois na Raw.

Real Americans- A feud entre eles está a ser bem construída, porque a WWE está sem pressas para acontecer o conflito. Neste momento vai apenas dando indícios desse confronto, para que quando aconteça seja á “grande”, e devo admitir que a possibilidade de juntar o Big E á contenda agrada-me porque faz com que o título esteja involvido numa historia com o mínimo de relevância.

Shield- Ninguem queria o fim dos Shield tão cedo, mas a verdade é que a história está a ser interessante que acaba por ser aceitável este fim para esta fantástica Stable. E o capítulo Rollins foi muito bem pensado, porque demonstrou que existe faísca entre todos, e que não será somente algo entre o Reigns e o Ambrose.

Paul Heyman- Brilhante.  Foi brilhante a vergar o Hijack, a forma como dá a volta ao publico e todos nós, começando a falar do Punk para chegar á historia Lesnar e Punk foi absolutamente genial. Nada que não surpreenda, mas que não tenha que ser referido, porque o Lesnar até esteve bem, mas quando falas depois de uma promo daquela qualidade é impossível brilhar mais que o Heyman.

Surpresa da Semana

Derrota do Hijack- Sim, ouviram-se. Sim, até podem ter manipulado um pouco o som. Mas, a verdade é que a WWE soube do que ia acontecer, e ripostou com uma Raw de muito boa qualidade, e contra isso não existe Hijack que consiga vencer, porque não existe muito a apontar á aquela Raw em termos da qualidade das histórias e produto apresentado.

Desilusão da Semana

Regresso do Big Show-Vão dizer: “Olha que hater”. Não é isso, mas o regresso do Big Show novamente para surgir ao lado do Bryan, nunca pode ser positivo. Primeiro porque aproveitam-se da imagem do Bryan , e isso pode desgastar muitas pessoas. Segundo porque surge o receio que seja beneficiado por essa proximidade com alguém tão popular neste momento.

Perguntas da Semana

Quais as tuas expectativas para o TNA Lockdown ? Concordas ou discordas com a antevisão feita para os combates? Porquê?

Concordas com as figuras, surpresa e desilusão da Semana? Ou escolherias outras opções?

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

38 Comentários

  1. Franciscoxb - há 3 anos

    Grande antevisão!.

    Ao contrário de ti, acho que o Gunner,EC3 e e Team Dixie vencem, o Gunner porque a Tna quer apostar nele, e concerteza não lhe dará uma derrota contra o Storn, esta feud serviu para credibilizar o Gunner, portanto acho que o Guneer ira vencer em todos os confrontos, mas posso estar enganado.
    Quanto ao Angle vs EC3 acho que nem sequer irá acontecer, só se a lesão do Angle for kayfabe, se acontecesse apostaria no EC3 como vencedor, mas o Angle deverá ser substituido pelo Eric Young.
    Quanto ao Lethal Lockdown, aposto num cenário, que ninguém ou pouca gente prevê, prevejo um heel turn do MVP a trair o Willow e a dar a vitória a team Dixie e a aliar-se a eles, o Willow fica como tweener a ter uma feud com a Team Dixie/MVP

    • José Sousa - há 3 anos

      Sinceramente não vejo esse turn a acontecer. Mas espero que tenhas razão, mas vejo mais depressa o Roode a ficar face, só para atacar a Dixie tal como ele prometeu.

  2. Joao Yes Cena - há 3 anos

    O que ék um Lethal Lockdown match?

  3. JoãoRkNO - há 3 anos

    Excelente antevisão José. Concordo com todas as tuas opções, apenas no EC3 a história já muda, porque com o Angle lesionado, não vejo a TNA colocar alguém para o EC3 perder, talvez coloque o Eric Young visto estar este disponível. Em suma, as minhas expetativas são grandes para este domingo, que apesar que ter resultados mais ou menos óbvios, tem um excelente card.

    Em relação ás figuras, surpresas e desilusões concordo com as tuas opções, destacando o belíssimo segmento do Shaw com o Anderson, estou a adorar esta feud.

    • José Sousa - há 3 anos

      Sem dúvida, a feud do Creepy Bastard está a ser tao bem construída. Tal como disse espero que no ringue ele corresponda ao acting( o Shaw claro).Com o EC3 eu concordo.

  4. danielLP21 - há 3 anos

    Boa antevisão José.

    Ao contrário de ti, não acho que este PPV seja assim tão previsível quanto isso. Pelo menos eu tenho algumas dúvidas em relação aos vencedores da maioria dos combates.

    Algo que me agrada neste PPV é que quase todos os combates fazem sentido ocorrer dentro da jaula, ao contrário de outros anos. Só os combates que envolvem os japoneses (por não haver uma história por trás desses combates) é que escusavam de acontecer dentro da jaula.

    – Mr. Anderson vs Samuel Shaw: tanto podemos ter uma vitória do Anderson para que este não perca para um “rookie” logo na estreia deste, como uma vitória do Samuel Shaw, que pode vencer neste PPV para perder mais tarde na conclusão da rivalidade. Aposto nesta segunda hipóteses, mas com reticências.

    – Chris Sabon & Bad Influence vs Great Muta, Seiya Sanada & Yasufumi Nakanoue: ganham os japoneses, como é óbvio.

    – Gail Kim vs Madison Rayne: aposto na actual campeão, mas é provável que a Gail Kim recupere o título para que esta história entre elas continue por mais umas semanas. Não vejo quem possa ser a próxima candidata ao título da Madison Rayne… Lei’d Tapa? Talvez, mas também é provável que o próximo combate pelo título seja disputado entre várias KO’s.

    – Manik vs Tigre Uno: ganha o Uno, claro.

    – Gunner vs James Storm: ora aqui está um combate sobre o qual tenho sérias dúvidas em relação ao vencedor. Se o Gunner vencer, o “heel-turn” do Storm perde algum ímpeto; caso a vitória vá para o lado do “Cowboy”, a aposta da TNA no Gunner arrefece… Como acho que esta rivalidade continua depois deste PPV, aposto no “heel”, para que no fim da historia o “face” obtenha a sua vingança. E mesmo que a “feud” acabe no Lockdown, aposto no Storm porque é alguém em quem a TNA sabe que pode apostar à vontade, enquanto o Gunner ainda não provou merecer mais do que o “mid-card”, apesar das melhorias…

    Team Dixie vs Team MVP: não acredito que o Bobby Roode faça um “face-turn”. Ao contrário de ti, acho que o resultado deste combate estará, de alguma forma, relacionado com o resultado do “main-event” pelo Título Mundial. Aposto na Team MVP, mas sem certezas. Também não gostei da construção deste combate, à excepção dos momentos protagonizados pelos Dirty Heels (já tinha saudades de escrever isto…).

    Samoa Joe vs Magnus: aposto no actual campeão, pelo simples facto de ser a sua primeira defesa em PPV e acho que a TNA tem que apostar seriamente nele, mas, no fim de contas, o Samoa Joe vai acabar por ganhar o Título Mundial. Este não vai ser o último combate entre estes dois pelo título.

    Espero um PPV de boa qualidade, porque o “card” é muito bom. Se tivermos boas prestações dos jovens que estão “em testes”, então podemos vir a ficar muito agradados com este Lockdown.

    • José Sousa - há 3 anos

      Sim eu concordo contigo. Os combates que tens duvidas até eu também tenho dúvidas. Não consigo dizer com certezas que o Gunner perde, mas lá está é como dizes acho que não vão prejudicar o Turn.

      De resto concordo contigo, e acho que vamos ter um evento de boa qualidade.

  5. Ângelo Martins - há 3 anos

    Como não acompanho a TNA vou-me limitar a comentar o que à WWE diz respeito.
    Concordo com as figuras da semana. Realmente o Heyman esteve brilhante. A WWE esteve muito bem ao dar a volta a um situação que aparentava ser desastrosas para a companhia.
    Relativamente ao Big Show discordo. Acho que tal como Daniel Bryan também ele tem de resolver a sua história com a Authority. E para isso nada melhor do que um combate com Kane na Wrestlemania.

    • José Sousa - há 3 anos

      Ao menos que seja com o Kane, o problema se acabas é por ter o Big Show no Title Match.

      • Ângelo Martins - há 3 anos

        Exato. Já comentei inclusive em algumas situações que Big Show pode ser incluído no Title Match. Mas neste momento ainda é arriscado fazer projeções. Talvez esta Raw nos tire as dúvidas.

  6. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    José mais uma excelente edição.

    Concordo em quase todos os pontos, discordo somente (mas és mais em termos teor preferência) na história em redor do combate para o controlo da TNA, especialmente devido a Roode e Aries.

    No restante não podia concordar mais, apesar de sabermos antemão que o cartaz é muito forte.

    Na desilusão colocaste o Big Show e não podias estar mais correcto….

    • José Sousa - há 3 anos

      Eu gosto deles, só que o protagonismo é do MVP isso é que é o problema na minha opinião. De resto concordo contigo, e espero que tenhamos um bom ppv( eu tal como tu so posso ver na Segunda).

  7. diogo vieira - há 3 anos

    Mais uma vez uma excelente antevisão José PARABENS !

    No global espero um bom ppv embora com alguns resultados previsíveis

    Mr.Anderson vs Samuel Shaw – espero um bom combate pois e a prova de ferro do Shaw,mas tambem sendo sincero nao vejo o Anderson a perder mesmo assim acho que ganha o Shaw.

    chris sabin e bad influence vs Seiya Sanada e Yasufumi Nakanoue -ganha a equipa japonesa

    Gail kim vs Madison Rayne – espero um combate razoavel onde penso que a vitoria vai cair para a atual campeã

    Manik vs Tigre uno – Ganha o tigre uno , mas eu tenho pena pois sou muito fa do Manik

    Gunner vs Storm – espero um grande combate estilo rixa de rua com a vitoria a poder cair para qual quer lado , mesmo assim acho ganha o Storm

    Team Dixie vs Team MVP- espero mais uma vez um bom combate pois sou fa de todos os lutadores envolvidos neste combate mesmo assim aposto na vitoria da Team MVP,embora nao deixe de parte a possibilidade de MVP trair a sua equipa e juntar-se a Dixie nem a traiçao de Roode que pode levar ao seu Face turn.

    Samoa Joe vs Magnus- espero mais um bom combate embora goste muito de Joe e nao fico nada chateado se ele ganhar a minha aposta e torcida vai para Magnus.

    Por fim, concordo com as figuras da semana especialmente os usos que finalmente são WWE TAG TEAM CHAMPIONS , e tambem com a surpresa e desilusao da semana.

    • José Sousa - há 3 anos

      Eu concordo contigo em tudo menos na parte de todos do Lethal serem bons, porque eu não gosto nada do Bromans. Mas acho que não vao estragar a pintura.

  8. MicaelDuarte - há 3 anos

    Bom trabalho José. Eu sei que sabes como se escreve, mas atrofiou-me ver muita vez escrito “á”, em vez de “à”.

    Anderson vs Shaw: de momento, esta é a “feud” que mais me capta a atenção. Todos os segmentos foram fantásticos, principalmente os do último iMPACT, e tanto o Anderson, como o Shaw estiveram muito bem nos seus papéis. Não descartando uma vitória do Shaw, penso que o Anderson acabará por sair vencedor, até porque acho que faria mais sentido, neste caso, o vilão sair por cima no final da rivalidade.

    Bad Influence & Sabin vs Muta, Sanada & Nakanoue: vitória para os três últimos.

    Madison vs Kim: acredito que a Madison vença o combate, até porque é Campeã há pouco menos de dois meses e não vejo motivo para acabar já com o reinado. Tal como tu, também acho que uma “feud” com a Velvet Sky não seria mau caminho.

    Manik vs Tigre Uno: acho que não há muito por onde seguir, senão com uma vitória do Tigre Uno. Estou muito curioso para ver esta nova aquisição da TNA.

    Storm vs Gunner: James Storm deve ser o vencedor. Não só pelo recente “heel-turn”, que precisa de ser cimentado, mas porque não consigo ver nada de especial no seu ex-parceiro, Gunner. Gosto do James Storm e espero que isto seja o início do caminho para o cenário de “main-event”.

    Team Dixie vs Team MVP: uma “feud” desinteressante, uma vez que foi/é mais do mesmo. Não percebo as febres da juventude que anda a dizer que o MVP fará um “turn”… Enfim, apesar de tudo, espero que a equipa da Dixie saia vencedora do confronto.

    Samoa Joe vs Magnus: neste caso, a meu ver, a lógica funcionaria ao contrário da “feud” Shaw/Anderson. Ou seja, neste primeiro combate o Magnus sairia vencedor, até porque é a sua primeira defesa em PPV e convém provar que também se desenrasca sozinho, mas, no final da rivalidade, o Joe acabaria por vencer o Título Mundial.

    Estou à espera de um bom PPV. Espero mesmo que a TNA não desiluda!

    • José Sousa - há 3 anos

      Eu é que peço desculpa pelo meu erro. Obrigado pelo Reparo.

      De resto concordo contigo em quase tudo. Ou seja também acho que até poderá vencedor o Anderson caso queiram que o vilão vença a feud, caso o contrário vence o Shaw já amanha.

      Tal como tu o Gunner ainda não me conquistou como o tal powerhouse com grande potencial de main-event que estão a tentar fazer. E o Storm perder é queimar um turn.

      o Lethal tens toda a razão, eu acho que os sinais estão todos para o lado da equipa do MVP vencer. Vejamos ele e os Wolves debutam em PPV, o Jeff volta, acho que existe todo o interesse em passar a imagem que apostam neles. E não vi sinal algum de turn, e gostava que me dissessem quais são esses sinais que vem.

      Sobre o WHC, espero que tenhas razão. Até porque se o Joe não vencer, e como acaba contrato começo a duvidar que queira renovar.

  9. akujy - há 3 anos

    Mais uma grande antevisão, José. Concordo contigo na aposta em Storm, pois seria o que faria mais sentido. É verdade que nem sempre o que faz mais sentido é o que acaba por acontecer no wrestling, mas é a aposta mais correcta a fazer. De resto acho que, caso o EC3 lute, irá vencer e acho que teria vencido o Angle se este pudesse ter lutado.

    • José Sousa - há 3 anos

      Eu estaria dividido como viste, mas acho que podiam fazer a dois tempos. Mas esse combate como o do Gunner são daqueles que nunca sabemos como vai acabar até porque é a TNA.

      • akujy - há 3 anos

        Sim, lá isso é verdade. Sendo a TNA fica sempre a dúvida sobre o que pode acontecer.

      • José Sousa - há 3 anos

        Sobretudo aqueles finais que por vezes parecem mal amanhados.

      • akujy - há 3 anos

        Estilo BFG. Foi uma das coisas que tirou algum “valor” ao PPV.

  10. don_ricardo_corlone - há 3 anos

    Mais uma vez repito, o Lethal Lockdown Match num ringue normal de 4 lados é um erro crasso da TNA. Aquela jaula é demasiado pequena para 8 homens o que torna o combate demasiado fraco, confuso e atabalhoado.

  11. Miguel Carlos - há 3 anos

    Fiquei contente que abordasses este tema, proque receava que não o fizesses e era algo que eu gostava de ler, especialmente vindo da tua parte, José. Não concordo contigo, acho que o Lockdown não está assim tão previsível. Tem alguns combates interessantes, mas os main-events podiam ter sido melhor construídos.

    Shaw-Anderson: Acredito na vitória do Shaw, até porque acho que o Anderson não tem problemas em por over os rookies. Acredito num rematch no Sacrifice, e gostava de saber onde esta história com a Christy Hemme vai dar.
    Bad Influence e Sabin-Muta,Nakanoue e Sanada: A vitória vai com certeza para os japoneses.
    Rayne-Kim: Provavelmente a Madison Rayne vai reter, mas o problema é que não terá muitas adversárias para o Sacrifice. Estando a Velvet Sky entretida com o Sabin e a namorada(?), a sua adversária será a Tessmacher ou a OBD, ou mesmo alguma outra que esteja de regresso.
    Manik-Tigre Uno: Vitória do estreante.
    Gunner-Storm: Este é talvez o combate mais interessante em termos de história. Eu pessoalmente estava mais à espera do heel-turn do cowboy. Concordo contigo, a fued não acaba domingo e o Storm vai ganhar para se estabelecer com esta nova personalidade.
    Angle-EC3: Ganha o EC3, apesar de não acreditar que este combate vá acontecer.
    Team MVP-Team Dixie: Combate medianamente construído. Acredito na vitória do MVP, que talvez leve ao face-turn do Roode. Apesar disso, e achando , do que vi nas vignettes, que o Willow fica melhor como heel, o Hardy pode fazer o heel-turn e custar à equipa o Lethal Lockdown.
    Joe-Magnus: Ainda não consegui arranjar uma maneira de ver o Joe desistir. Eu não acredito nada numa vitória dele, mas pode ser que haja um screwjob e o Magnus retenha.

    Concordo com as figuras e desilusão da semana, só acho que a surpresa da semana seja a vitória dos Usos.

    • José Sousa - há 3 anos

      Muito obrigado pelo comentário e eu concordo em parte contigo. Só questiono uma coisa é quem vai ajudar o Magnus? Outra situação tipo os Aces? É possível mas o Magnus beneficiava mais com uma vitoria claro, até porque não o Joe não tem que sub pode ficar KO.

      • Miguel Carlos - há 3 anos

        Não acredito que ponham o Samoa Joe a ficar KO, isso estragaria a sua imagem de monstro face. Ou ele vence ou a Dixie aparece e manda tocar a campainha sem que o Joe desista. Foi uma excelente ideia criar esta estipulação para confundir os smarks.

      • José Sousa - há 3 anos

        Sim é verdade. fez acreditar que era possível uma vitoria do Samoa Joe.

  12. FAlmeida_10 - há 3 anos

    Excelente Antevisão José. Tal como tu espero um bom PPV para hoje, mas sim a TNA falhou nalgumas construções para os combates de hoje mas sinceramente este PPV tem potencial. Sinceramente até acho que a TNA fez um bom trabalhar algumas rivalidades porque na sua maior parte o uso da Jaula justifica-se. Tirando os combates dos estreantes em que os combates acontecem só porque sim.

    Samuel Shaw vs Mr Anderson – Esta é a primeira “prova de fogo” para o Shaw. Falaste no artigo que é aí que o Shaw vai mostrar a sua qualidade em ring. Sinceramente essa nem é a minha questão, porque sei das qualidades em ring dele desde os tempos de Sam Shaw, a minha dúvida é a maneira como ele vai adapatar as ring skills á personagem. A personagem macabra do Shaw tem vindo a ser muito bem construída por parte da TNA e o Shaw tem estado exemplar, contudo vejo a personagem demasiado dependente de fatores externos (neste caso da Christy Hemmy). O Combate deverá ir a vitória para o Shaw uma vez que é o seu primeiro teste a sério e a personagem poderia sofrer um abalo se perdesse aqui com o Anderson, e o facto de o Shaw sair por baixo no último confronto com o Anderson é um indicador. Apesar de ser o Anderson que acabou de sair por cima de uma feud com um Bully Ray temos um wrestler que precisa da vitória para se consolidar. Portanto vitória do Shaw.

    BI & Sabin vs Great Muta, Seiya Sanada & Yasufumi Nakanoue – Um dos tais combates que não precisava de jaula. Vitória dos últimos.

    Madison Rayne vs Gail Kim – Se por um lado temos a Madison Rayne campeã á relativamente pouco tempo, por outro lado temos uma falta de Heels incrível para a defrontar. Para além disso se a Gail Kim não vence o título o que acontece á dulpa Gail Kim & Lei’D Tapa? Uma aliança que tem sido o centro da divisão de Divas não pode cair no esquecimento desta forma. Portanto sinceramente vejo mais argumentos a favor da vitória da Gail Kim, posso estar errado e continuarem na title picture, contudo aposto nesta minha ideia e dou vitória á Gail Kim.

    Manik vs Tigre Uno – Mais um que não devia ter jaula. Vitória para o Tigre Uno e estou curioso para o ver em ringue.

    Storm vs Gunner – Sim aqui está o combate que nos vai trazer mais agressividade no PPV. Era completamente desnecessário adicionar também um LMS neste Steel Cage Match. Tínhamos um Steel Cage Match e guardavam o Last Man Standing para outra ocasião. Mas aqui está também um dos combates mais imprevisíveis da noite. Se por um lado temos um Storm que fez um Heel Turn e precisa da vitória para o Turn ter impacto, por outro temos um Gunner que não o vejo ficar 10 segundos no chão sinceramente e pode ficar descridibilizado se perder hoje. O Storm podia perder e mesmo assim querer-se vingar do Gunner e continuar a rivalidade, contudo vejo mais razões para ser o Storm a vencer. Já agora eu quero uma GUERRA entre estes dois.

    Kurt Angle vs EC3 – Não vejo razões para o Angle vencer. Se se vai embora no Verão então porquê ganhar ao EC3 um jovem que precisa de afirmação? O EC3 não precisa de derrotas por agora.

    Team Dixie vs Team MVP – Uma das grandes falhas da TNA. A TNA tinha tanta coisa, mas tanta coisa para usar nesta rivalidade e não usou nada. Isto poderia ser uma guerra autêntica pelo controlo da TNA, mas a TNA limitou-se ao básico. Apesar de serem os campeões os Bro-Mans não estão lá a fazer nada, contudo sempre são os Tag Team Champions. O MVP a lutar? Não, simplesmente não. O Jeff Hardy vem como Willow? Não se enquadrava muito mas se não viesse seria estúpido, tanto tempo a promover uma personagem bizarra de Willow, ele vem como Jeff Hardy um dia, e no dia seguinte só porque lhe apetece vem como Willow? Era o mesmo que o Bully Ray vir com uma gimmick de Orlando Jordan para o próximo Impact. Conto com o Bobby Roode, os Wolves e o Aries para salvar este combate. Vitória para a Team MVP. Um Face Turn do Roode? Hum… Como próximo contender ao título? Improvável mas era interessante sem dúvida.

    Magnus vs Samoa Joe – Construíram tanto o Joe como uma besta para este combate e meteram lhe as Joe’s Rules que ficou CLARO que o Magnus não vence limpo este combate. Não vence limpo e não perde, então no primeiro teste a sério perdia logo o título? Vamos ter de nos mentalizar que o Magnus sem ajuda é impossível vencer este combate. O Máximo que pode acontecer é o Magnus safar-se de uma ou outra Coquina Clutch (ou lá como se escreve). Vitória para o Magnus.

    Espero um bom PPV e bom PPV a quem assistir :)

    • José Sousa - há 3 anos

      Sim é mais por ai, é como vai apresentar o seu moveset adaptado á nova gimmick, e isso de facto é fundamental para o sucesso da personagem dele. E acho que ele vence mesmo.

      Eu só não dou uma vitoria á Kim, porque acho que não seja benéfico para o title trocas tão constantes de títulos. Mas que pode vencer é verdade.

      Eu concordo contigo em parte, mas acho que o LMS traz muito interesse ao combate. Mas podiam ter guardados isto para o Sacrifice, e a verdade é que com esta stip para acabar feud. E assim até pode ser o Gunner a vencer, mas acabava logo a feud praticamente.

      Concordo contigo no Lethal, que logica tem o Jeff andar a saltar de personagem. Um dia é o Willow noutro vai ser o Jeff. É tipo o Parks mas com um actor de menor qualidade.

  13. Jorge Rebelo - há 3 anos

    Não concordando com a ideia que que este PPV é previsivel e que não tem histórias cativantes, não posso de deixar de louvar o trabalho do José em trazer mais uma excelente antevisão de um PPV da TNA.

    Quanto ás minhas previsões, vou tentar usar apenas algumas lógica para analisar os resultados que penso virem a acontecer.

    Começo pelo Lethal Lockdown. Parece-me que a TNA tem aqui uma forma suave de retirar de cena a personagem “onscreen” de Dixie Carter. A história da Dixie figura de autoridade é uma fórmula por tantas vezes repetidas e que ocupa demasiado e precioso tempo de televisão, geralmente resultando em que as histórias que nós deveriamos estar a falar acabem na sombra de uma luta de poder. Todas as entrevistas recentes de MVP e a própria mudança que a TNA fez no combate, ao dizer que o vencedor não conquistaria o controlo da TNA, mas sim o controlo das operações de wrestling da TNA, parecem indiciar que teremos o resultado que é mais benéfico para o produto – vitória da Team MVP.

    Dito isto, vamos ao main-event. Numa situsção normal este era um combate para Samoa Joe ganhar. Temos um campeão que não consegue uma vitória sem ajuda, contra um Joe que recuperou o modo Destruição e que tem vindo a arrasar todos os que se atravessam no seu caminho. Além disso têm corrido algumas noticias que a TNA pretende dar este ano um importante push a Joe. A juntar a isto, o combate dentro da cage poderá evitar algumas interferências externas que pudessem dar vantagem a Magnus e o pior cenário é que o combate só pode ser ganho via submissão, uma especialidade de Joe. Ora parece que estamos numa daquelas situações em que não há por errar…a minha única e maior dúvida, acaba por não ter lógica fundamentada, mas penso que será muito dificil a TNA permitir duas estrondosas vitórias aos faces da organização. Aliás, a história mostra que regra geral uma vitória de um dos lados da barricada no lethal lockdown, geralmente implica uma derrota desse lado no main-event. Assim, caso se confirme a vitória da Team MVP, tenho que esperar ver o Magnus a sair vencedor, talvez e como diz o José até poderemos ter finalmente um Magnus credivel, em vez do actual paper champion.

    Nos restantes combates e novamente por uma questão de lógica…

    Samuel Shaw vs Anderson parece-me que este é o momento de continuar a fazer crescer o personagem de Shaw. Aliás, este combate foi totalmente construido em torno dele e da sua obsessão por Christy Hemme. Anderson parece-me um elemento acessório e se a lógica estiver certa, este será mais uma etapa no caminho da construção de Shaw, sendo ele o favorito.

    Madison Rayne vs Gail Kim: Discordo do José pela lógica deste combate. Se numa situação normal já é dificil considerar a Rayne capaz de vencer Gail Kim, muito menos possibilidades haverá se fecharam as duas numa cage. A Kim é uma lutadora muito superior e muito mais agressiva. Á partida a cage evitirá interferências externas, mas estas a ocorrer só podem ajudar a Kim, senão vejamos: a Kim vai ter ao seu lado a Lei’D Tapa, enquanto que a Madison Rayne mesmo que venha a beneficiar da ajuda da ODB, Velvet Sky ou da Brooke (todas elas faces) nunca poderia ganhar em resultado disso, dado que a lógica de uma histórias diz-nos que o herói não vence com recurso a tácticas duvidosas. No máximo, uma ajuda externa a Rayne seria usada para impedir um qualquer ataque de Tapa, mas teria de ser Rayne a conquistar a vitória e voltamos ao ponto inicial – numa cage, Kim é superior a Rayne. Por fim, parece-me óbvio que eventualmente a Lei’D Tapa irá trair a Gail Kim para tentar roubar-lhe o titulo e isso para acontecer é preciso a Kim ter esse titulo. Assim eu “voto” numa mudança de titulo.

    O combate entre Tigre Uno e Manik foi uma surpresa neste card e marca a presença da X Division no PPV e concordo com a antevisão do José ao dar a vitória ao Tigre Uno. Faço-o não só pelas recentes noticias que referem um possivel push a uma feud Sanada/tigre Uno, como não seria muito coerente a TNA estrear um novo lutador só para o fazer perder.

    No combate entre o Great Muta, Sanada e Nakanoue e os Bad Influence/Chris Sabin, voto do trio Japonês. Óbviamente que ninguém vai viajar 14 horas para um evento, só para perder o combate. A TNA quer e precisa fortalecer a parceria com a W-1 e piscar o olho ao mercado Japonês e este é o combate perfeito para isso, enquanto oferece um pequeno tributo a The Great Muta.

    Não faço ideia quem será o adversário de EC3, mas as possibilidades são Eric Young, Abyss, Bully Ray, Knux ou Willow (isto se excluirmos alguma estreia ou a utilização de um dos jobbers – Dewey Barnes, Nerv Farnum).

    Por fim Gunner/Storm. Este é um dos combates mais imprevisiveis da noite. Ambos têm fortes possibilidades de vencer, pois se por um lado Gunner parece estar a receber um push da TNA, por outro Storm refrescou a sua imagem ao efectuat este heel turn e a TNA parece-me igualmente dedicada em construir este ambicioso cowboy. No entanto, vou apostar numa vitória de Gunner como forma de continuar a construir o Modern Day Viking. Como disse o Daniel,o Gunner sai muito mais prejudicado com a derrota, que o Storm e essa lógica é o que me leva a pensar na sua vitória.

    • José Sousa - há 3 anos

      É a tua perspectiva e aceito-os. Eu não achei a feud do World Title nem a da Dixie e MVP muito bem construídas, mas é a minha perspectiva. Quanto á previsibilidade eu digo que ela existe porque seguindo a logica acho que temos um PPV previsível, bom mas previsível.

      Sobre os combates propriamente dito, eu concordo totalmente contigo, e não vejo como acham que o MVP vai turnar(segundo algumas opiniões). O Joe até pode vir a ser campeão, mas não hoje claramente, eu gostava que o Magnus vencesse por Knockout(não é so por submissão), acho que isso beneficiava o Magnus como campeão. Já agora achas que o Roode pode vir a fazer o face turn depois da derrota de hoje? E achas que o Jeff vem em Willow ou Jeff?

      Eu percebo que por essa perspectiva teria lógica a vitória da Gail, mas o que é que ganhamos como a troca em pouco tempo. Se a Kim recuperar que tenha um reinado que não acabe em pouco tempo para a Tapa, por uma questão de credibilidade dos títulos.

      Claro nos Japoneses e no Tigre vencem porque se estreiam, não fazia sentido terem um derrota hoje. Mas devem ser excelentes combates.

      Também acho que o Shaw vence hoje, e espero que começe a convencer dentro do ringue, no desempenho da sua personagem.

      Gunner e Storm é a War da noite, e provavelmente o combate que mais quero ver. Porque o Viking precisa de me convencer ainda in-ringue, isto porque tenho dificuldades de ser convencido por powerhouses. Eu acho que o Storm podia vencer para credibilizar o turn, mas qualquer das hipóteses é viável e as minhas odds revelam isso.

    • akujy - há 3 anos

      “Não concordando com a ideia que que este PPV é previsivel e que não tem histórias cativantes, não posso de deixar de louvar o trabalho do José em trazer mais uma excelente antevisão de um PPV da TNA.”

      Teremos que concordar em discordar. Há uma ou outra história que foram melhor construídas, mas concordo com o ponto de vista do José. Se isso significa que todos os resultados serão conforme o previsto? Pode até ser que não, até pq no wrestling nunca se pode dizer nunca, mas a construção deixou um bocado a desejar. Ainda assim foi melhor que a do BFG. Claro que são opiniões e cada um tem a sua, mas entendo e concordo com o ponto de vista do José.

      Como já disse várias vezes, só espero que este seja o fim do capítulo das lutas de poder e que comece o novo ciclo que aparenta estar a chegar na TNA. Vamos a ver. Há coisas prometedoras.

      • José Sousa - há 3 anos

        Exactamente a minha critica em historias cativante centra-se no WHC e na luta do poder. Porque claramente acho que foram mal construídas. No caso do Joe acho que isto faz parte do processo o Magnus derruba os ex-MEM para depois surgir alguém novo que lhe vai tirar o titulo.

        Não nego o interesse que tenho no Samuel Shaw enquanto gimmick, e no combate entre Gunner e Storm.

  14. GJD - há 3 anos

    Quais as tuas expectativas para o TNA Lockdown ? Concordas ou discordas com a antevisão feita para os combates? Porquê?
    A construção desse ppv , me lembrou as empresas indys já que temos várias lutas que podemos chamar de special attraction match, espero que a qualidade seja muito boa. De todas as feuds sinceramente só uma me deixou interessado que é Sam Shaw vs Mr Anderson, gimmick do Sam até agora é sensacional, construção no último impact foi muito boa, se eu fosse a TNA, criava uma interferência no final da luta talvez da Hemme que faria com que Anderson olhasse pra ela, e Sam realizasse a sua sub que foi bem elaborada e depois saísse da jaula. Concordo com suas previsões acho o mais difícil de prever seja mesmo Storm vs Gunner.
    Vejo talvez 2 hipóteses de surpresa na TNA, uma traição do Jeff ao team MVP e Sabin dando a vitória ao Team Tna para talvez entrar em feud de novo pelo xdivision.

    • José Sousa - há 3 anos

      Sem duvida. Concordo contigo em tudo, e também acho a feud do Shaw a mais interessante sem duvida alguma.

  15. bnbguy - há 3 anos

    Bom artigo

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador