Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Smoke and Mirrors #129 – Thank You Vickie!

Excuse Me!

Mas existem momentos em que não consigo ser racional, e onde as palavras que tenho que dizer não serão as mais imparciais, pelo menos não tanto como deveriam ser. E não são porque a pessoa que irei dedicar as minhas palavras e espaço esta semana é alguém cuja ligação emocional é enormes, pelo menos enquanto fã desta modalidade alguns dos meus momentos preferidos de sempre envolvem esta pessoa.

É inegável que a pessoa da Vickie Guerrero marcou-nos a todos, a alguns mais que outros como é óbvio, porém ela marcou e é impossível ficar imune á pessoa da senhora Guerrero. Porque ela é daquelas profissionais da indústria que não ficas indiferente, até poderás não gostar dela mas ninguém nunca poderá questionar a qualidade e profissionalismo desta senhora.

Não podemos questionar a qualidade dela enquanto actriz e profissional, porque durante todos estes anos ela fez sempre o melhor para o negócio e para a WWE, e isso é algo que devemos estar todos gratos. E por isso mesmo, esta semana o texto será feito para ti Vickie, e falo em discurso directo para ti, e mesmo sabendo que nunca irás ler este texto ou saibas português, eu não poderia deixar de te homenagear por tudo o que me fizeste viver enquanto fã wrestling.

Eu estava a começar a ver wrestling quando apareceste ao lado do teu marido o Grande Eddie Guerrero, e logo ali naquela rivalidade com o Rey Mysterio já se notava potencial para fazeres algo na industria, dada á qualidade que tinhas na forma como representaste a tua personagem. Mas nem tudo nesse período onde começaste a aparecer foi bom na tua vida, porque tal como todos sabemos na vida nem sempre tudo é brilhante, e tão depressa podemos ter um bom dia, como o seguinte poderá ser um dos mais negros da tua vida.

E o Wrestling e a família Guerrero trouxeram-te para a indústria, mas também tiraram-te algo, algo que era importante para ti: o teu marido. Esse momento ficará para todos nós fãs como um dos mais tristes que vivemos, especialmente para mim enquanto fã dele foi algo que não desejaria ter visto, e aconteceu logo na altura em que ele estava no auge da carreira dele. E a verdade é que não existe palavras para descrever esses momentos, mas o mais impressionante em ti Vickie é que nunca desististe de ficar na indústria, porque não a culpaste do que aconteceu.

Pelo contrário, decidiste ficar na indústria, e fizeste isso porque sabias que ficar na WWE e ser uma manager e uma personagem importante seria importante para ti. E era importante porque permitia que fizesses a homenagem ao legado da família, e ao legado do Eddie que ele merecia. Por isso, não podias ter começado esse percurso de melhor forma do que te colocares ao lado do teu sobrinho Chavo Guerrero.

Ao lado dele conseguiste que ele tivesse os seus momentos mais importantes na sua carreira a solo na WWE, e isso só era possível devido á tua capacidade de comunicar enquanto heel que era irritante pela forma como conseguias criar verdadeiro heat. E a verdade é que a rivalidade com o Rey Mysterio e Chris Benoit pelos título de Cruserweight e USA fazem-me recordar de um tempo em que era possível termos rivalidades interessantes e com impacto no midcard, e isso acontecia porque davam tempo para que essas rivalidade se desenvolvem-se e criassem impacto junto dos fãs.

Depois criaste uma família no Wrestling, daquelas que nós nunca iremos esquecer e que me proporcionou a minha rivalidade preferida de sempre. Chavo, Ryder e Hawkins e sobretudo claro o Edge deram-nos uma das stables heels mais fantásticas de sempre, mas igualmente das mais odiadas, e eram porque conseguiam sempre encontrar uma forma de tramar o Undertaker e fazer com que o Edge vencesse ou defendesse o título Mundial.

Claro, que essa história teve defeitos como as constantes trocas de título, mas sejamos sinceros o wrestling e a WWE não seriam os mesmos sem esta feud, sem este herói, e sobretudo sem estes vilões. Por isso, e como parte importante desta história só tenho que te agradecer pela heel fantástica que foste durante esse período em que eras a GM da Smackdown, e fazias tudo em prol da Rated R Superstar.

Juntos formaram um dos melhores ( se não o melhor) “Power Couple” da história da WWE, e isso é algo inalcançável nos próximos anos, se é possível repetir-se uma história e uma parceria tão fantástica e genial quanto a que vocês possuíam. Por isso mesmo, e por ser fã do Edge não vos conseguia odiar neste período, mas tenho a noção que pela qualidade que apresentavam como actores em cada segmento ou combate, fazia com que tivessem mais heat e fosse muito fácil “odiar-vos”.

Claro que a história para ter sido perfeita dispensávamos que tivéssemos visto o envolvimento do Big Show e do Cena na Wrestlemania 25, não é por ai que esse não foi um dos capítulos mais bonitos da tua carreira. Aliás todos capítulos positivos da nossa carreira têm sempre algum aspecto mais negativo, e não é por isso que não deixa de ser um momento brilhante. Por isso não posso deixar de te agradecer por esses tempos fantásticos onde eu não conseguia ser o fã racional, e não conseguia graças a tua “família”, e por isso tudo agradeço-te.

Agradeço por teres feito parte de uma das páginas mais bonitas da carreira de um dos meus wrestlers preferidos. E o dia em que a tua carreira acabou apesar de não tão surpreendente foi um dia que me trouxe nostalgia, e trouxe-me á memória o dia em que o Edge acabou a sua carreira, e com isso veio-me um monte de emoções e lembranças. Sendo que acredito que para ti esse dia tenha sido importante, tal como para ele foi um dia triste aquele em que acabaste a carreira, até porque ambos devem muito ao outro.

Além deste capítulo não posso deixar-te de agradecer por teres me dado a mim e a todos os fãs de wrestling os melhores anos da carreira do Ziggler. Ao teu lado ele foi importante, ou melhor contigo foi o verdadeiro Showoff e tornou-se num nome com impacto dentro do roster, aliás graças á tua intervenção todos nós acreditávamos que ele iria atingir o main-event.

E verdade seja dita não foi por tua culpa que ele não o conseguiu, porque muito embora muitos fãs não gostassem de ti como manager, a verdade é que eras fantástica no teu trabalho como heel ao lado dele. Claro que não eras a mulher a mais bonita do mundo, nem a cougar mais fantástica, mas fizeste pelo Ziggler mais do que aquelas barbies poderiam ter feito: fizeste dele uma estrela.

E por isso agradeço-te, porque ele cresceu bastante no seu acting e nas suas promos ao teu lado, e contigo ele foi Mr.Money in the Bank e estava lançado para o main-event. Eu sei que não podias ter feito mais, e não foi por estar a solo que falhou a sua afirmação, mas isso não aqui chamado, pelo menos não quero falar disso quando estou a homenagear-te. E tenho a noção que naquela altura tu fizeste o que pudeste por ele e mesmo pelo Swagger, e não foste a responsável pelo enterro deles, aliás muito pelo contrário.

Para concluir quero elogiar o teu profissionalismo mesmo quando implicavam segmentos mais humilhantes como os mais recentes, porque mantiveste sempre a mesma qualidade enquanto profissional e actriz. Sem dúvida és um exemplo a seguir, e espero que o teu nome e a tua carreira sejam relembrados para sempre por todos nós fãs de wrestling, e igualmente seja correspondida com um lugar no Hall of Fame. Assim, sendo e mesmo sabendo que nunca irás ler estas palavras, só me resta despedir dizendo a única palavra que devo dizer: Obrigado.

Assim, desta forma concluo esta edição diferente do Smoke and Mirrors esperando que ela tenha sido do vosso agrado, mesmo que o estilo dela seja muito pessoal mas o tema obrigava a que fosse. Para a semana voltamos para a antevisão do WWE Battleground, e por isso até tenham uma óptima semana de wrestling aqui no Wrestling.Pt. Por último gostaria de deixar igualmente uma mensagem de homenagem a um dos melhores enterteiners e comediantes de sempre do pró Wrestling, um excelente wrestler que nunca viu isso reconhecido, muito obrigado por tudo Santino.

Figuras da Semana

Austin Aries – Esteve excelente no combate pelo titulo da X-Division, e mais importante que isso conquistou os fãs naquele que foi um dos combates da semana, sendo na minha opinião a vitória do melhor wrestlers desta divisão na actualidade.

The Wolves – Noutro dos combates da noite, os campeões de Tag Team defenderam o titulo de forma fantástica. Por isso mesmo não podem deixar de se um dos destaques da semana, e espero que esta feud continue porque só beneficia a divisão de Tag Team.

Jeff Hardy – Gostemos mais dele ou não, a verdade é que não pode deixar de ser um destaque o regresso do Jeff ao normal, e a sua vitória na Battle Royal. A questão que fica no ar é: Será que ele conseguirá conquistar o título em Nova Iorque?

Bully Ray – Excelente promo de Bully Ray no confronto com o seu ex-parceiro Rhino, naquele que foi um dos momentos altos da noite do Impact Wrestling.

Wyatt´s vs Usos – Mais um excelente combate desta rivalidade, e apesar de já termos visto várias vezes confrontos entre eles, a verdade é que neste último mês temos assistidos aos melhores combates entre as duas equipas, e o embate do Battleground promete ser novamente fantástico.

Roman Reigns – Esteve bem na promo, e continua em grande destaque por parte da WWE e só por isso é um dos destaques da semana. Porém já ficava bem ter um programa em que acabasse por baixo até para valorizar a feud com a Autoridade.

Miz – Pode ter perdido mas a verdade é que a promo dele foi muito boa, e espero que na próxima semana a WWE comece a encaminhar o Miz para outros caminhos onde possa ter mais destaque, porque existe potencial na gimmick nova que deveria ser aproveitado.

Chris Jericho e Bray Wyatt – Não foi um confronto ainda fantástico, mas já foi positivo, e as promos que tiveram não deixam de ser bons aperitivos para uma das feuds com mais potencial deste verão.

Surpresa da Semana

Main-Event do NXTExcelente combate entre Zayn e Neville contra Kidd e Gabriel naquilo que foi o regresso dos International Airstrike. O combate foi fantástico, tal como a performance de Tyson Kidd que com esta gimmick começa a mostrar potencial que parecia estar escondido.

Desilusão da Semana

RawDepois de uma Raw de excelente qualidade, passamos do bom para o mau, ou pelo menos para algo menos agradável. Não que tenha sido péssima a Raw, mas não foi claramente muito interessante, nem avançou todas as feuds que precisavam de ter sido trabalhadas.

Perguntas da Semana

Qual a tua opinião sobre a carreira da Vickie Guerrero? Quais as principais memórias que guardas da carreira dela na WWE?

Concordas com as figuras, surpresa, e desilusão da Semana?

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

26 Comentários

  1. MicaelDuarte - há 2 anos

    Gostei do artigo, apenas acho que deves tentar melhorar a tua escrita. Os teus artigos têm qualidade em termos de tema e na forma como abordas os assuntos (trazes sempre um tema pertinente), mas, no meu ponto de vista, devias melhorar no que toca à pontuação.

    Relativamente à Vickie Guerrero, já sabes a minha opinião sobre ela. Gosto muito dela e admiro, sobretudo, a capacidade que ele teve de se distanciar do Eddie Guerrero e fazer o seu próprio caminho, evitando que alguém diga que ela apenas lá esteve por ser viúva do Eddie.

    Adorei os tempos em que ela era GM e fazia a vida negra a qualquer um que fizesse frente à “La Família”.

    • José Sousa - há 2 anos

      Obrigado pela dica. É sempre bom saber que existem ainda aspectos a melhorar, porque se fosse perfeito seria péssimo. De resto, muito obrigado e até uma próxima edição ;).

  2. John_3:16 - há 2 anos

    Gostei muito da homenagem, apesar de por vezes ter sido embirrante algumas vezes, fez sempre bem o seu trabalho sempre relembrou e via-se que amava e ama o marido, gostei tbm das tuas palavras ao santino esse tbm faz pena mas é assim, bom trabalho josé

  3. JoãoRkNO ® - há 2 anos

    Bela homenagem a uma das melhores heel´s da história de esta indústria , nada a acrescentar .

  4. José Sousa - há 2 anos

    Muito obrigado

  5. Don_Ricardo_Corleone - há 2 anos

    Boa crónica, boa homenagem.

    A Vickie no inicio irritava-me um pouco pois via como mais uma forma de a WWE
    explorar o nome Guerrero, algo que fizeram em demasia após a sua morte, era com
    o reinado patético do Rey Mysterio como campeão, com a traição e inveja do
    Chavo Guerrero e de repente eis que aparecia a sua viúva. Depois acabei por me
    acomodar à ideia, até porque a única referência ao Eddie Guerrero era o seu
    último nome. Ela fez muito bem aquele papel da “velha maluca” sempre
    atrás de tipos muito mais novos e depois como GM.

    Penso que ela já tinha dado tudo o que tinha. A imagem da autoridade parcial
    sempre a defender os seus amores e contra os seus ódios que ela tinha como GM
    acabou por se desgastar, não só porque é algo que passado um tempo desgasta mas
    também pela morte da figura do GM, o mesmo aconteceu ao Teddy Long, por
    exemplo. Como manager também se desgastou por ser sempre o mesmo, tal devesse
    ter regressado a esse papel entretanto mas entenderam não o fazer e não sei se
    poderia voltar no mesmo registo. Talvez fosse melhor ter experimentado outro
    papel, como face.

    Lembro uma frase do Edge no seu discurso de despedida em que ele disse que a
    Vickie é tão boa no que faz que até quando é referida no seu discurso de
    despedida ela é assobiada. Cumprio o seu papel e agora sai, devia ter saído de
    outra forma, aquela palhaçada do vómito foi um ideia patética da WWE, não
    percebo como consideram isso digno seja do que for.

    Quanto aos destaques: O Jeff voltou? O quê? Acabou o seu stock de drogas? Vá
    lá, boas noticias, depois daquele…o que raio chamo eu aquilo? Bom, vou ficar
    por aqui…Fico contente que ele e quem se lebrou do Willow deixaram os ácidos,
    força na recuperação, um dia de cada vez! Just say no.

    Gosto muito do Roman Reigns, continuo com a mesma opinião que tinha de que era
    é o melhor dos Shield mas já me começa a irritar. Sempre a sair por cima,
    sempre a ganhar, claramente será o próximo ódio do WWE Universe, o próximo John
    Cena, o próximo super-herói incorruptível, tenho pena.

    Quanto ao Bray, de que valem todas as promos se ele perde sempre? Fica sempre a
    ideia de alguém que fala muito mas não faz nada. A WWE matou o personagem e não
    sei se a vitória sobre o Jericho (e tenho a certeza de que ele voltou para isso
    mesmo pois o futuro da WWE é algo que lhe interessa, ao contrário de outros ego-maníacos
    que por ali andam) vai chegar para o salvar. Porque o que vai ele fazer a
    seguir? Perder novamente? Para já grande feud com o Jericho. Vamos ver se ainda
    o salvam porque acho dificil. Há, e já chega de Usos vs Wyatts, já só salto
    isso, estou farto…

    Concordo com os destaques.

  6. Labras - há 2 anos

    Gostei muito da homenagem.
    Eu lembro-me que, antes via a wwe com muita pouca frequência e era completamente mark, odiava tanto La Familia. Mas agora olhando para trás reconheço a imensa qualidade da Vickie como sendo uma das melhores heels da história.
    Também é de louvar a importância que ela teve na carreira do Edge e do Dolph e até mesmo da AJ…
    Concordo relativamente aos destaques/desilusões da semana da WWE, mas apesar de concordar contigo nas pessoas só quero “corrigir” uma coisa relativamente ao Roman. Eu também acho que lhe estão a dar imenso destaque e que ele fica quase sempre por cima… mas a SD acabou com ele estendido no chão depois do ataque do Rusev e do RKO do Randy, o que torna claro que irá haver algo entre eles depois do Battleground.

  7. José Sousa - há 2 anos

    Eu sobre o Bray, acho que existe ainda margem . Sobre o Roman tenho que concordar contigo porque a WWE está ajudar a que daqui a uns tempos já estejamos cansados do homem, e é pena porque ele valia mais que isso.

  8. Vinícius Nunes - há 2 anos

    Bela e merecida homenagem para uma das figuras menos reconhecidas pelos fãs e de grande importância para essa indústria, pois a Vickie foi gigante enquanto esteve na WWE, grande figura e grande manager, espero que ela tenha uma boa estadia na sua vida depois dessa saída, mais uma vez, a homenagem foi mais que merecida, ótimo artigo!

  9. Hildo - há 2 anos

    Muito bom artigo José, a Vickie vai ficar na memória de todos nós, por motivos bons ou ruins, pois ela conseguia mesmo ser irritante, sempre gostei dela, penso que o auge foi em 2007/2008, as feud’s do Edge com o Mysterio e com o Taker não seriam as mesmas sem ela, Thank You Vicke!

    • José Sousa - há 2 anos

      Muito obrigado. Era muito mau eu não ter memória e reconhecer aqueles que mais admiro nesta industria, e a Vickie merece isto tudo verdade seja dita.

  10. José Sousa - há 2 anos

    Exacto. Olha como eu disse se não fosse ela o Ziggler não tinha sequer sonhado com o main-event. Claro que não chegou lá mas não foi por culpa da Vickie.

  11. danielLP21 - há 2 anos

    Excelente homenagem José!

    Como bem sabes, sou e sempre serei fã do trabalho da Vickie Guerrero. Fez bastante pela carreira do meu “wrestler” favorito (Chavo Guerrero) e logo por aí só teria razões para a admirar. Mas não foi só isso: conseguiu distanciar-se do seu marido e criar o seu próprio legado. Ao longo dos anos, só se referiu ao Eddie de forma clara na noite da sua despedida, o que serviu, sobretudo, para homenagear o seu falecido marido. Foi uma “heel” impecável, das melhores de sempre. É muito difícil, nos dias que correm, alguém ter o “heat” que ela conseguia ter por parte dos fãs. Grande Vickie!

    • José Sousa - há 2 anos

      Mesmo. O Chavo? Ou a RATED R Superstar: Edge. Mas sim é inegável a forma como ela era uma heel natural, talentosa e ter heat. Normalmente tendemos para começar a gostar deste tipo de heel. Mas para uma maioria ela foi sempre odiada.

  12. Couves - há 2 anos

    E o racismo começa quando as piores partes da vida são chamadas de momentos “Negros” xD

  13. MR Perfection André Santos - há 2 anos

    Excelente homenagem! Quem não se lembra daquele tombstone de Taker a Vickie? :D

  14. Tunes9 - há 2 anos

    Bom artigo, a Vickie merece, Parabéns! José Sousa. :-)

    Não tenho nada a acrescentar, muito bom. :-)

    ———–#———–#———–#—————-

    Quanto às perguntas:

    Qual a tua opinião sobre a carreira da Vickie Guerrero?

    – Foi simplesmente fantástica, uma heel de eleição, sempre me irritou, mas isso foi porque fez o seu trabalho de forma competente e sempre apaixonada, não há muito mais a dizer, concordo quando dizem que conseguiu “separar-se” do Eddie e não ser conhecida pelo apelido, mas sim pelo seu trabalho, portanto adorei cada segundo e agradeço-lhe por tudo.

    Quais as principais memórias que guardas da carreira dela na WWE?

    – A storyline da “La Família”, a parte em que foi “valet”/manager do Edge, entre outros momentos no backstage e como GM da Smackdown, houve vários.

    Concordas com as figuras, surpresa, e desilusão da Semana?

    – Sim, concordo, não tenho nada a acrescentar. :-)

    ———–#———–#———–#—————-

    Bom trabalho. :-)

    • José Sousa - há 2 anos

      Muito obrigado e até á próxima semana.

      • Tunes9 - há 2 anos

        De nada, a competência e qualidade merece ser elogiada. :-)

        Até à próxima semana, fico à espera. :-)

  15. David Silva - há 2 anos

    Excelente artigo Vickie merece esta homenagem e já começo a sentir falta do
    EXCUSE ME.
    A capacidade dela de criar hate era algo impressionante sem duvidas uma das melhores heel que a WWE teve.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador