Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Smoke and Mirrors #186 – Semana de Loucos

Existem semanas onde assistimos a vários momentos improváveis e dos quais nunca pensaríamos ser possíveis assistirmos, ou que pelo menos acontecem muito raramente. E que por serem assim tão raros parecem ser irreais, mesmo que alguns deles pudessem acontecer com maior regularidade no Mundo do Wrestling.

Claro que nem tudo foi positivo, também existiram capítulos negativos mas a verdade é que tivemos capítulos que marcaram a semana e que todos eles merecem ser analisados. Porque na verdade cada um destes quatro episódios acabarão por ter impacto no produto, seja a curto prazo ou mesmo no possível card da Wrestlemania 32.

A verdade é que perante tantos acontecimentos decidi concentrar a sua análise numa só edição em vez de o fazer separadamente e durante várias semanas, até porque será inevitável que surjam novos temas que dominem a actualidade do Pro Wrestling. Assim procurarei apresentar a minha opinião de modo mais sucinto possível sobre os temas que fizeram desta semana uma Montanha-Russa no mundo da WWE.

Esse percurso iniciou-se no Domingo quando contra tudo e contra todas as previsões a WWE arriscou “cegamente” na vitória limpa de um novo nome contra John Cena e logo no seu primeiro combate no main-roster. Claro que o Kevin Owens não é qualquer um, aliás ele próprio refere que não é nenhum novato no que ao wrestling diz respeito, estando neste negócio há já 15 anos.

Mas para todos os efeitos aquele foi o primeiro combate dele no roster principal da WWE, sendo que a WWE podia ter optado pela opção mais segura e ter dado uma vitória por DQ ao Cena, podendo o Kevin Owens até sair por cima depois do combate. Não que essa fosse a escolha mais acertada, contudo podia ter sido facilmente a escolha da WWE porque seria aquela onde ninguém teria saído a perder.

Todavia a WWE preferiu, e correctamente, dar a vitória ao Owens de forma clara para que o seu primeiro impacto enquanto membro permanente do roster fosse fortíssimo. E se por um lado isso prova que a aposta da WWE nele será fortíssima, também coloca uma enorme responsabilidade nos criativos da WWE que terão que saber protegê-lo nos próximos tempos.

Pois se esta vitória é sem dúvida importante, nem que seja pelo adversário que foi e pela forma como aconteceu, também não deixa de ser verdade que ela não garante que ele será um main-eventer. Claro que é um excelente indício que essa é possivelmente a visão da WWE, no entanto e tão importante como esta vitória será o modo como a WWE irá decidir concluir esta feud com o Cena.

Porque o mal nem estará no facto de poder vir a perder a feud, mas sobretudo como irá perder, porém isso é algo para ser analisado mais à frente. O mais importante é que a não se perca o crédito que ele ganhou com aquela vitória e performance, e sobretudo usá-la para o potenciar como um dos possíveis nomes do futuro da WWE nomeadamente enquanto heel.

Mas a loucura não se ficou pela Elimination Chamber ela prosseguiu na segunda-feira, porém nem tudo o que assistimos na Raw foi positivo nomeadamente no que diz respeito a novas rivalidades. Uma vez que descobrimos que o próximo contender do Ryback enquanto campeão Intercontinental será o Big Show que regressou na Raw ameaçando-o e aplicando um KO punch no Miz.

Esta rivalidade em si não me agrada mesmo nada, e apenas um louco é que poderá ver algum benefício para o Ryback com esta rivalidade. Pois se o Show não conseguiu ter uma boa rivalidade com o Reigns dificilmente o fará com o Ryback, até porque não existirá muito por ser utilizado entre eles para se construa uma rivalidade interessante.

No entanto espero estar errado e ser surpreendido no final desta rivalidade com algo de positivo e que valorize o Ryback, e sobretudo o seu reinado como campeão. E embora duvide disso sinto que se eles conseguirem dar um combate interessante, como o Show teve com o Reigns no Extreme Rules já teremos muita sorte naquela que promete ser uma das rivalidades menos interessantes deste ano.

Porém, esta semana não viveu só de rivalidades do presente mas igualmente de teasers de possíveis rivalidades já para a Wrestlemania 32. Uma vez que na entrevista de Heyman ao Podcast do Stone Cold foi colocada a hipótese de um Brock vs Stone Cold na próxima Wrestlemania.

Algo que na minha opinião seria um combate de sonho se acontecesse há alguns anos atrás, e com um Stone Cold saudável. Nessas condições acredito que fosse um acontecimento e um must-see, porque estaríamos a falar de nomes de topo a lutarem na melhor forma possível, o que faria deste combate algo que venderia uma Wrestlemania muito facilmente.

Não que isso não possa acontecer neste momento, porém a qualidade do combate não seria a ideal, e sobretudo o combate teria que proteger o Stone Cold de spots arriscados e decorrer num ritmo não muito acelerado. No entanto e embora perceba a vontade do Austin em ter um último combate, espero que ele não aconteça porque não sei se um último momento com o Brock é o ideal para alguém com os problemas de saúde dele.

Por fim, a semana fica igualmente marcada por um momento louco ou seja o “roubo” do título da WWE por parte do Ambrose, sendo esse ângulo uma réplica do que ele fez na altura da Wrestlemania quando lutou pelo título Intercontinental. Não deixando de ser irónico que tal como nesse evento ele irá lutar pelo título no próximo evento num Ladder Match, no entanto não terá que enfrentar um número de oponentes tão grande quanto os que encontrou na Mania.

Não obstante a esta não é a única semelhança que é possível encontrar no booking do “ Campeão Louco” Dean Ambrose, pelo que não me parecerá abuso algum se comparar aos eventos que antecederam a ascensão ao topo de Daniel Bryan. Ambos foram tramados por decisões duvidosas e pela Autoridade, e tal como o GOAT o Ambrose começa a se revelar enquanto um dos faces mais populares da WWE, estando em plena ascensão para o main-event.

E por isso mesmo a WWE tem que capitalizar esta popularidade e bookar o momento em que ele irá vencer o título como algo inesquecível para os fãs. Porque não nos iludamos, não vale a pena esperar mais dois ou três anos por esse momento até porque não sabemos se os fãs aguentarão até lá.

O Ambrose é neste momento o campeão do Povo, e tudo o que ele precisa é que o saibam proteger nas derrotas que precederem a conquista do título, e sobretudo que resistam à tentação e insistam nele enquanto face.

Digo isto porque o turn é sempre o caminho mais fácil, porém nem sempre o mais eficaz e correcto. E no caso do Ambrose esta semana comprovou uma coisa: Ele merece atingir o topo com esta gimmick face porque acabaria por defraudar toda a química e empatia que criou ao longo de um ano com os fãs.

Não digo que ele vá ser campeão dentro de uma semana, mas que merece atingir este patamar o mais brevemente possível. Em suma ele é a prova que é possível criar wrestlers capazes de serem faces de topo de forma natural e com carisma suficiente para nos levar à loucura enquanto faces quando vemos as suas performances.

É assim deste modo que concluo esta edição do Smoke and Mirrors. Volto para a semana para mais uma antevisão de um evento da WWE, desta feita o Money in the Bank.

Pergunta da Semana

Qual a tua opinião sobre cada um dos episódios relatados e analisados ?

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

35 Comentários

  1. Henrique YES! - há 2 anos

    Grande artigo!! Subscrevo tudo o que disseste.

  2. Wrestling Life - há 2 anos

    Um bom resumo do que se passou de marcante esta semana.

    José, como é que tu bookavas o título neste momento? Por um lado, temos o Dean que está a escaldar com popularidade, do outro lado, temos um Brock Lesnar que quando regressar é decerteza para recuperar o título. Pelo meio temos um Reigns e rumores de uma rivalidade entre Rollins e Triple H. Que maldita salganhada xD.

    • José Sousa - há 2 anos

      Eu não teria a certeza que a WWE vai dar o titulo ao Brock, e termos novo reinado como o ano passado. Que ele vai lutar pelo título, mas acho que algo o irá impedir de o conquistar, e por algo digo alguém( um novo rival).

      Quanto ao Ambrose: a WWE tem que o afastar da rota do título até à altura certa, e essa altura para mim é a Road to Wrestlemania. Uma vez que o considero o principal favorito à partida e com meses de distância a uma possível vitoria do Rumble de 2016( pelo menos não ficaria surpreendido).

      Ou seja, para a semana mais que do ajudar o Rollins a WWE vai contar a história de quem tramou o Ambrose( pelo menos é o que acredito que acontecerá do que vi). Mas para a semana na antevisão do evento falarei melhor sobre isto.

      • Dr. MAnia - há 2 anos

        Gostava que esse alguém fosse o Wyatt, sempre o ajudava se a feud ele vencesse a feud

  3. FrancisDreezPT - há 2 anos

    Boa revisão desta semana José….
    Penso que eles querem acrescentar o Miz ao Ryback e ao Show,fazendo uma Triple-Treat meia esquisita pois os 3 são lutadores completamente nada iguais..Esperemos para o que ai vem..
    FIGHT OWENS FIGHT.KILL OWENS KILL..
    Em relação ao titulo principal,agora é que vai ser…Estamos perante a melhor feud em anos pelo titulo principal..(anos n mt largos))

    • José Sousa - há 2 anos

      Sem dúvida, e acho que o combate do MITB vai ter “Easter Eggs” para os fãs. Ou seja, além de ser um grande combate creio que poderá ter surpresas agradáveis, mas sobre isso falarei para a semana.

      Eu sei disso, porém nos próximos eventos( Battleground e quiçá Summerslam) poderá ser apenas Ryback vs Big Show.

  4. Reigns one versus all - há 2 anos

    Excelente artigo,José.

    Começando pelo Kevin Owens,acho que foi uma grande vitória,ainda mais contra o cena,que afinal de contas é a cara da WWE.
    Com esta vitoria,a WWE mostra que esta a apostar no Owens,a fazer as coisas com calma e sempre de maneira acertada,o que é sempre importante. Ele tem talento,basta usa-lo da melhor forma.Eu espero que o Owens vença a feud com o cena,seria muito bom para ele.

    Big show não é adversário para credibilizar o ryback,e ainda para mais nem devia andar na rota do titulo.Esta feud não vai levar a nada,penso que só vai durar ate ao MITB,porque o sheamus,que seria um bom adversário para o ryback,está no MITB.Penso que o sheamus vai rivalizar com o ryback e não me importava que metessem o ziggler á volta do titulo.

    Não vejo o esteve austin a lutar na WrestleMania para o ano,não acredito que ele esteja em condições de competir,e brock Lesnar é muito violento para o austin.
    Quanto ao podcast,tenho a dizer que foi muito bom.

    O Ambrose ta a afirmar-se como um otimo babyface,quando o objetivo da WWE era o reigns tornar-se o babyface.
    O Ambrose tem grande empatia com os fãs,ele faz certas coisas que são malucas,mesmo e uma pessoa gosta de ver isso e ele lá vai para o titulo mais pelos fãs do que propriamente pelo push que a WWE lhe quer dar.
    O reigns esta a ter mais apoio do publico nos últimos tempos,talvez por estar com o Ambrose.
    E esta cena de roubar títulos por parte do Ambrose já é um clássico.
    Rouba a mala ao Rollins,rouba o IC title ao BNB e depois rouba o WWE WHC ao Rollins,deixando-o de mãos a abanar.

    • José Sousa - há 2 anos

      O Sheamus depois do PPV vai parar um mês ou dois, porque pelos vistos vai gravar o Tartarugas Ninja 2, e por isso vai-se afastar da WWE durante algum tempo. Por isso, e pelo menos no Battleground devemos ter Ryback vs Show.

      Sobre o Owens concordo, mas o mais importante é a forma como o irão bookar na derrota da feud. Claro que não acho que será enterrado, apenas gostaria que evitassem o que fizeram com o Rusev de termos uma vitória para o heel e três para o face.

      Curiosamente o Ambrose( de modo mais light) faz lembrar um pouco o Stone Cold. E se souberem gerir a forma como o vão afastando do título e acabarem por dá-lo na wrestlemania, a WWE até poderá contar uma grande história e onde todos os Shield saiem a ganhar.

  5. Dolph Ziggler - há 2 anos

    Bom artigo, José. Não há muito a acrescentar quanto à maioria dos temas, mas eu até acho que esta feud do Ryback com o Big Show pode ser benéfica para ele. Não digo que seja uma feud interessante ou que ambos tenham um combate muito bom, mas o Ryback aplicar o seu finisher ao Show vai ser sempre um grande momento para ele que o pode ajudar mais no que toca à ligação com os fãs. Não vou dizer que estou muito interessado nesta feud, porque não estou, mas também não acho o Show o pior oponente possível para o Ryback e acredito que isto o pode ajudar no final de tudo.

    É esperar para ver, mas quero acreditar que sim.

    • José Sousa - há 2 anos

      Tudo dependerá do booking que lhes derem. O Show com o booking certo e uma stip até saca combates decetes, e o mesmo acontece com o Ryback. E mesmo não sendo fã dele tenho a noção que o público gosta dele, e se gosta não vejo motivo pelo qual não devam apostar nele.

  6. Don_Ricardo_Corleone - há 2 anos

    Concordo com tudo. Só espero que não estejam a fazer isto apenas para puxar o Roman Reings como heel, com uma possível traição. Gostava que o Reings ganhasse o Money In The Bank, não só por ter sido muito mal tratado pelos fãs na Wrestlemania mas porque merece e para construir o combate na Wrestlemania entre os Shield.

    • José Sousa - há 2 anos

      Sinceramente acho que o turn pode acontecer, porém se acontecer acredito que seja para beneficiar o Reigns com um reinado que Talvez comece por alturas do Summerslam e que termine na Wrestlemania.

      Mais que do que gostar que ele ganhe, e abrindo um pouco o jogo sobre o combate da próxima semana, ele traz-nos uma janela de possibilidades maiores no que diz respeito ao booking. Podemos ter um turn dele no Ambrose, uma aliança Reigns e Autoridade colocando o Rollins como face. As hipóteses são amplas e quase todas interessantes, e tal como tu também que culmina com a tal Triple threat pelo título na Wrestlemania.

  7. Cronos HHH - há 2 anos

    otimo artigo

  8. Diogo7 - há 2 anos

    Bom artigo, José.

    Espero que a WWE não faça borrada na rematch entre o Cena e o Owens. Acho que a desforra era completamente escusado porque o Owens ganhou de forma muito clara. Se isto seguir a linha do costume, o Cena vence, mas quero confiar que a WWE não vá dar uma derrota ao KO. O Kevin Owens deveria estar no MITB Ladder match.

    A rivalidade entre o Ryback e o Show vai ser uma seca. É só mesmo para ver um Shell Shocked no Big Show. Não vejo qual a necessidade do Show estar a lutar pelo IC Title em 2015, mas enfim. Que só dure um PPV…

    O Ambrose eventualmente vai ser WWE Champion. Só não sei em que PPV.

    • José Sousa - há 2 anos

      Eu também quero acreditar que não seja uma vitória claro. Cá está até poderá ser agora a tal vitoria por DQ. Mas depois da Raw da próxima semana será muito mais fácil perceber o que poderá acontecer no MITB.

      Mesmo que o combate seja aceitável, a rivalidade vai ser mesmo sofrível. Também acho que será campeão, e quando acontecer admito que irei markar como louco.

  9. Campeão Louco - há 2 anos

    Estava pensando sobre a possibilidade do heel turn do Reigns no MITB, se ele ganhasse a batalha pela mala, e na mesma noite quando o Ambrose fosse ganhar ele aplicasse o Cash In e vencesse os dois

  10. ShowOff - há 2 anos

    Mais um excelente artigo, José.

    Como disse o Wrestling Life, o título principal está numa grande salganhada. Concordo contigo quando dizes que o Lesnar não deve vencer o título, e quando dizes que alguém o vai impedir só consigo pensar em Steve Austin (markava tanto), mas se há combate que eu gostava de ver na WM era o de Brock vs Owens, era excelente se assim fosse. Mas não vejo o Lesnar a vencer o título neste retorno. Quanto ao Reigns, acredito que vença o MITB e que faça o cash in talvez até no combate do Rollins com o Lesnar, seria a melhor maneira. Imagina este cenário:

    Rollins vence o Ambrose justamente, ou com a interferencia de alguém que não a Authority, que desse inicio a uma nova rivalidade para o Ambrose (tambem acho que ele deva ganhar o RR). O Reigns ganha o MITB, e apesar de eu achar que ele devia fazer o cash in apenas no Fast Lane ou na Raw seguinte, faz o cash in no combate entre Lesnar e Rollins no Battleground (durante o combate mesmo) e vence. Rollins pede a sua desforra para o Summerslam e Lesnar diz que não perdeu justamente e quer também uma oportunidade pelo título. No Summerslam, Owens ou Austin aparece e ataca Lesnar e Reigns mantém o título. No PPV seguinte (Night of Champions) Rollins declara que quer uma nova shot pelo título num combate 1 vs 1. Reigns vence com a ajuda da Authority e temos um double turn, com Rollins a defrontar HHH nos PPV’s seguintes, que leva a um novo combate entre Team WWE e Team Authority no Survivor Series, em que a Team WWE vence e afasta a Authority da WWE definitivamente. Mais á frente, Ambrose vence o RR e temos Ambrose vs Reigns na WM. Em todo este booking exaustivo, enquanto já me doem os dedos de tanto teclar, não consegui encaixar o Rollins neste combate entre os ex-shield. Como farias para o colocar lá? xD

    Continua o excelente trabalho, José.

    • José Sousa - há 2 anos

      Sabes qual é questão? É que só vejo uma pessoa fora da Autoridade a prejudicar o Ambrose, mas vou esperar pela Raw para tirar as conclusões. No entanto não vejo mesmo nada o Ambrose a dar o turn por causa de perder este combate, nem sequer acho plausível o cenário onde ele faria isso porque o Reigns sem querer o atrapalhava.´

      Francamente não sei como o colocava lá, mas sim tudo indicar que o Ambrose é dos principais nomes a vencer o Rumble. Olha porque não os dois vencerem o Rumble( tipo Bret e Luger) e ambos tinham a oportunidade contra o Reigns. Ou então vence um deles, o outro pede para uma oportunidade no Fast Lane e consegue.

      Mas também acho que o Brock não irá vencer o título, alguém o irá impedir de fazer, e digo isto porque a WWE com ele vai proteger ao máximo e evitar derrotas por pin limpas.

      E tal como tu também começo a ver a hipótese de um Rollins face ou pelo menos a revoltar-se com a Autoridade, e também me cheira a turn do Reigns e muito em breve.

      • ShowOff - há 2 anos

        Estás mais à frente que eu nesse capitulo, ainda não consegui descortinar quem poderás estar a falar.

        Era excelente que ambos vencessem o Royal Rumble, só tenho medo que aconteça algo como aconteceu em 2005 com o Batista e com o Cena, já que um deles caiu fora do ring completamente fora de tempo e mesmo assim foi declarado que ambos cairam ao mesmo tempo. Mas é a maneira mais fácil de colocar Rollins lá também.

        Sim, só vejo o Owens ou o Austin como capazes de evitar que o Lesnar vença, mas como ao que tudo indica o Lesnar é para manter face penso que a melhor opção será o Owens.

        Até espero um double turn, porque gostava muito de ver o Reigns aliado à Autoridade, acho que como heel ele pode ir muito mais longe do que como face.

      • José Sousa - há 2 anos

        Não estou não. Tu falaste na pessoa, mas lá está vou esperar pela Raw para tirar as dúvidas, mas quanto mais próximo está dele mais me cheira mal.

    • ShowOff - há 1 ano

      Não sei se estarás a falar do Reigns, mas se estiveres até que ponto é que o Reigns vence a mala MITB e faz o turn na mesma noite?

  11. Miguel Carlos - há 2 anos

    Muito bom artigo. Concordo contigo em tudo, só tenho a acrescentar que não gostava de ver um Austin-Lesnar no main-event da WrestleMania pois há dezenas de jovens lutadores há espera dessa oportunidade, mas se o combate não for o main-event não terei nada contra. E acho que não faz sentido virar o Ambrose heel tendo em conta que é o lutador mais popular da atualidade e há poucos faces de topo atualmente.

    • José Sousa - há 2 anos

      Nem eu falei em dar o turn no Ambrose, mas percebo-te existe muitas pessoas convencidas que será ele a dar o turn e não o Reigns pela conversa que o Reigns é uma aposta para top face. O Reigns pode vir a ser no futuro, mas não será nos próximos tempos e acho mesmo que a WWE está a contar a história que ele irá trair o Ambrose. Não os iam aproximar tanto se não tivessem nada pensado.

  12. Vinícius Nunes - há 2 anos

    Belo artigo José.

    Nessa semana muito louca da WWE e de algumas novas perspectivas, gostaria mesmo que o Owens vencesse o Cena uma vez mais e acabasse a feud por cima, depois gostaria de ver o Ryback a fazer o finisher dele no Show e seguir no topo e gostaria que o Dean Ambrose vencesse o título e que isso seja um estopim para um face turn do Rollins, com este a acabar com a Autoridade, e até mesmo um turn futuro do Reigns como Mr.MITB (Sim, pois acredito que ele vença a mala) e o cash in no seu melhor amigo seria algo muito interessante.

    Enfim, são apenas desejos, vamos ver como a WWE vai seguir com isso!

    • José Sousa - há 2 anos

      Por acaso esse cenário seria brutal. Eu sei que o cash do Reigns não será no MITB, mas que seria fantástico o Ambrose vencer todo contente e o Reigns vir cumprimenta-lo e do nada boom Spear e cash-in.

      Sobre o KO eu acho que a historia não acaba no próximo Domingo, mas quero acreditar que ele não perderá ou pelo menos não parecerá mal a perder.

  13. Neymar Jr - há 2 anos

    Acredito que Kevin Owens sera a longo prazo um main-eventer com muito futuro na wwe e a vitoria contra nada mais nada menos que o homem que sempre se safa aos 2 é um claro indicador disso mesmo. Claro que pode sempre acontecer-lhe o mesmo que a varios outros wrestlers que parecia que iam encarrilar e que acabaram por ser descredibilizados pela wwe de forma incompreensivel. Mas com Kevin Owens acredito que va ser diferente pelo simples fato de, ao contrario de todos esses wrestlers, a wwe necessitar de main-eventers com alguma urgencia situaçao que nao acontecia anteriormente. E nada melhor que uma vitoria contra John Cena para isso. Acredito bastante que ele vai ser “o novo lesnar” até porque as comparações já começaram e eu até já o via como o Lesnar do NXT.

    Em relação ao Ryback considero que a escolha de Big Show para adversario foi pessima. O gigante nao tem qualquer credibilidade neste momento, é extremamente claro que ele só serve para perder para os wwe superstars nos quais a wwe quer realmente apostar e não vai ajudar em nada o Intercontinental Championship sendo já Ryback uma escolha pessima se queriam mesmo credibilizar o titulo. Não é bom em ringue nem no micro, é muito limitado e não é propriamente o homem ideal para valorizar um titulo intermedio que ficaria bem melhor nas mãos de um Sheamus (caso se verifica a conquista do mitb pelo celtic warrior retiro o que disse!).

    Em relação ao Stone Cold vs Lesnar aí sim discordo porque seja com limitações ou sem elas ver o Stone Cold é ver o Stone Cold e ainda que possa não vir a ser o melhor dos combates isso é irrelevante tendo em conta a feud brutal que teremos com Stone Cold e Paul Heyman. Tem tudo para ser épico não tanto pelo combate em si mas acima de tudo pela feud.

    Sem duvida que o momento de coroar o Dean Ambrose terá de ser em grande e com esta gimmick face dele. Ele recorda muito Stone Cold e é brutal e merece tudo isso. Não considero que seja comparavel a Daniel Bryan pois Ambrose é totalmente diferente de Bryan e tem historial incompativel. Bryan não o queriam mesmo para aposta. Com Dean Ambrose apenas o adiaram.

    • José Sousa - há 2 anos

      A parença está no facto que ambos foram tramado. Mas sim elas não são tão grandes como isso, pelo menos em personagem, mas tal como o Bryan o Ambrose tem que chegar ao topo como face e espero que seja esse o plano e não um turn.

      O Owens vai ser main-eventer, a WWE precisa urgentemente de heels de topo e ele não vai ser isso. Pelo menos assim espero, e acredito que o seja.

  14. Dr. MAnia - há 2 anos

    Eu vejo o Dean Ambrose como uma mistura de Stone Cold e Mick Foley, pois tem aquela mentalidade louco e é um mestre em hardcore.

  15. KO - há 2 anos

    Desgostei do anúncio da rematch entre John Cena e Kevin Owens. Owens venceu a luta de forma bastante clara, além de que este embate deveria ter sido tratado mais como um especial mesmo, para refletir no que o Elimination Chamber “PPV” foi.

    Essa storyline entre Reigns, Rollins e Ambrose está demasiada interessante, pois você sabe que tudo vai resultar em triple threat, mas não sabe como, quando e onde (em qual PPV no caso xD). Gostaria de ver Reigns a se tornar heel, pois o Ambrose sempre foi tratado como o instável, com o de mente mais fraca e seria o mais facilmente “convertido” pela autoridade, entretanto a WWE poderia surpreender toda a gente e mostrar que o Ambrose sempre foi o mais fiel e que apesar de ser lunático e louco, é acima de tudo alguém de personalidade forte. Mas isso é muita filosofia para uma indústria de Wrestling.

    Discordo de ti apenas em relação à feud Ryback vs Big Show, esse tipo de feud é muito mais compatível com a personagem de Ryback do que uma rivalidade contra o Miz. Até porque acho bem o Ryback ser o underdog em sua primeira rivalidade como campeão Intercontinental. De resto concordo em tudo.

  16. dean ambrose - há 2 anos

    Ja faz praticamente um ano que o Shield acabou quem na sua opinião se saiu melhor nesse tempo e quem acha que são os favoritos a vencer o royal rumble do ano que vem ?

  17. Sorlei Rui Oltramari - há 2 anos

    Ótimo artigo, José!

    Owens vencendo Cena foi o momento mark-out da semana. Nunca iria imaginar uma vitória limpa do Kevin em sua estréia e ainda contra Cena. Muito legal e vejo que a influência de HHH já se faz forte nas decisões finais.

    Gostaria de ver o Miz em rivalidade com o Ryback, ao invés do Show. O Miz é um heel nato, que faria com que o apoio ao Ryback aumentasse bastante. Já contra o Show, espero que hajam poucos combates e que esta feud acabe logo. Todo o respeito a Show e a tudo o que ele fez, mas já está na hora de se aposentar.

    Não gostaria de ver Austin vs Lesnar. Primeiro, são dois part-timers e o build-up da rivalidade seria prejudicado. Segundo, o Austin teve que se retirar por causa de lesões no pescoço e se houver outra Suplex City do Lesnar, pode deixar o Austin com problemas graves. Terceiro, por maior que seja a grandeza dos nomes, não traz interesse suficiente apenas por quem eles são.

    Quanto ao roubo do cinturão, espero que desta vez seja uma boa história. Quando isso ocorreu com o IC Title, não saiu nada bem e o título parecia um brinquedo. Nesta situação, acho que pela qualidade de ambos os nomes teremos uma boa Ladder Match e espero que o reinado do Rollins se estenda por mais algum tempo, para aí sim o Ambrose conquistar, tudo feito sem pressa e no timing certo.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador