Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Smoke and Mirrors #216 – Ataque a Oriente

Na semana de Reis a WWE fez um raide a alguns dos “Reis das Indies”, mais concretamente a quatro dos principais nomes da NJPW. Ninguém pode negar o impacto que teria na companhia japonesa de nomes como AJ Styles, Nakamura, e Karl Anderson e DOC Gallows. Sobretudo os dois primeiros pois trata-se de dois dos melhores wrestlers do mundo na actualidade, e o combate deles no Wrestling Kingdom 10 da passada segunda-feira.

E quando surgiram noticias na passada segunda à noite da possível contratação destes quatro nomes por parte da WWE. Não existindo mais informações sobre as mesmas desde ai, além de que a própria NJPW começou a arrumar o seu roster e redefinir os Bullet Club ao “eliminar” Styles do mesmo. E mesmo o Nakamura começou a ver a rota de saída do Japão no mesmo ângulo, uma vez que é bem provável que o novo líder do Bullet Club( Kenny Omega) seja o homem a retirar-lhe o título Intercontinental.

Aliás, nem sabemos se eles irão iniciar o seu percurso no NXT ou se irão directamente para o main-roster, mas de qualquer modo parece-me claro que irão ter impacto directo no produto da WWE para os próximos meses. Não digo que todos sejam main-eventers, mas nomes destes podem servir para revitalizar e valorizar algumas divisões que se encontram na rua da amargura, ou que pelo menos mereciam ser tratadas de modo mais digno.

Em todo o caso, esta edição do Smoke and Mirrors irá analisar quais poderão ser as principais consequências, perspectivas e planos para estas quatro possíveis contratações da WWE. Até porque não poderia deixar de apresentar-vos a minha opinião sobre aquele que pode ter sido o maior ataque da WWE às Indys até agora.

No caso de Nakamura estamos a falar de um dos melhores wrestlers japoneses e mundiais da actualidade, apresentando um dos melhores movesets do ponto de vista técnico que alguma vez vi. Ele é espectacular e entusiasmante de ver no ringue, nunca existe um combate igual com ele no ringue porque ele é inovador, criativo e naturalmente carismático. Mas a característica que mais aprecio na sua personalidade enquanto wrestler é a intensidade que imprime no ritmo do combate.

Aliás, só vi intensidade a esse nível numa pessoa: Daniel Bryan. O Bryan no apogeu da sua carreira quer nos Indys ou na WWE era electrizante e espectacular, sendo capaz de conquistar qualquer um com as suas performances no ringue. E Nakamura é exactamente isso: Adrenalina pura. E por mais que existam reticencias sobre o seu sucesso na WWE, a verdade é que ele possui todos os instrumentos para combater esses obstáculos.

Claro que ninguém, nem mesmo eu vos posso garantir que ele será campeão da WWE, mas que pode vir a ser um belíssimo campeão de midcard( Intercontinental) não tenho dúvidas. Até porque essa divisão precisa de nomes como ele que subam o nível e a qualidade dessa divisão, e nesse sentido ele pode ser um dos nomes que pode ajudar o midcard a tornar-se credível uma vez mais.

E caso não passe disso não significa que passa a ser um jobber, apenas que pelo menos para os primeiros tempos ele não será imediatamente um main-eventer, e não existe nada de errado nisso. Podes ser um midcard, e ao mesmo tempo ser credível basta para isso que tenhas uma construção forte, e à partida não tenho motivos para não acreditar que a WWE irá apostar tanto nele como apostou no Hideo Itami.

Pelo contrário, quer no main-roster ou no NXT, Nakamura será mais uma “Asuka” do que um Itami. Ou seja, acredito que ele conseguirá afirmar-se muito mais facilmente do que o Itami , porque mesmo que tenha que ajustar parte do seu moveset ele consegue criar facilmente empatia juntos dos fãs.

E por isso, por mais que o seu futuro na WWE seja uma incógnita não posso deixar de desejar que ainda seja possível assistir um dia ao combate de sonho de Daniel Bryan contra o seu amigo Nakamura, porque tenho a certeza que seria algo único e especial. Seria daqueles combate que com o booking certo poderia ficar na história do wrestling, como um combate de luxo.

Quanto à dupla Anderson e Gallows a verdade é que a minha curiosidade não se prende tanto no potencial deles como equipa, ou como wrestlers a solo, mas sobretudo o que a sua vinda poderá trazer à WWE. É impossível não ver esta situação como a oportunidade de ouro para reconstruir uma aliança com alguém que já está na WWE, mais concretamente o campeão do NXT Finn Bálor.

Desde que a WWE criou o conceito de Bálor Club que sempre se conspirou que ele podia não ser tão vazio de conteúdo como poderia parecer à partida. Ou seja, o clube pode não ser apenas um conceito no qual os membros são os fãs de Bálor, mas sim efectivamente uma Stable composta por wrestlers que já trabalharam este conceito no Japão e que por isso estão habituados ao mesmo.

É uma fórmula onde não existe dificuldade nos diferentes elementos trabalharem em conjunto, até porque a WWE não estaria a inventar nada de novo, apenas reinventaria algo que existe e adaptaria o conceito à WWE. E isso é verdade quer a Stable comece no NXT ou no Main-roster, uma vez que os efeitos seriam exactamente os mesmos.

A grande diferença é que caso o percurso do Bálor Club se inicie no NXT ele poderá ganhar ímpeto antes de chegar ao roster principal. Em todo o caso o resultado final será sempre fazer com que este marque posição e impacto desde da sua fundação, até porque isso pode ser fundamental para o sucesso de Bálor na WWE.

Porque a verdade é que o Finn Bálor sozinho já pode valer dinheiro à companhia, mas um Bálor Club pode fazer dele algo ainda mais importante do que já é. Esta stable com o booking certo pode ser o passaporte para o sucesso do irlandês, e sobretudo a garantia de uma ascensão o mais rápida que seja possível para o main-event. E por isso mesmo espero que Anderson e Gallows venham para a WWE porque podem ser o maior trunfo que a WWE pode dar ao Bálor quando subir ao roster principal.

Por fim resta-me falar da principal estrela deste “ataque a oriente”: AJ Styles. Ele é um dos melhores wrestlers do mundo na actualidade do ponto de vista técnico, e sem dúvida que pode ser uma aquisição importante por parte da WWE. A minha única dúvida passa por perceber quais são os verdadeiros planos da companhia para ele.

Atenção, não quero com isto dizer que penso que será um jobber ou que não será apresentado como alguém importante. Pelo contrário, mesmo que não chegue ao main-event não considero que a WWE o tornará num wrestler irrelevante, até porque estaria a desperdiçar o investimento que fará nele caso a contratação se confirme.

E nem precisa de ser membro do Bálor Club para ser relevante, aliás à partida penso que a WWE não o irá colocar na Stable até porque quererá que ela seja claramente liderada por Bálor, e uma divisão de liderança não seria a mais benéfica para a apresentação inicial da mesma.

Além disso sou da opinião que para que o AJ Styles seja bem sucedido não precisa de passar pelo NXT, embora não ache a ideia totalmente negativa caso fosse durante um curto espaço de tempo. Pelo contrário, e por mais que achem prematuro se ele estrear-se no Rumble e for apresentado como um Wrestler Fenomenal que apenas é eliminado por alguém importante com a qual poderá rivalizar na Wrestlemania, pode ser suficiente para que os fãs percebam que a WWE quer fazer dele alguém importante.

Como por exemplo se o visse a lutar contra o Ambrose pelo título Intercontinental na Wrestlemania já seria na minha opinião uma boa rivalidade e combate. E sobretudo seria daqueles combates que podem ajudar a reconstruir a credibilidade do título, e numa altura em que a WWE está a tentar fazer isso com a rivalidade Ambrose e Owens, é importante que a rivalidade seguinte mantenha o padrão.

E nesse sentido ver o Styles enquanto upmidcarder durante a sua carreira na WWE não me chocaria, e sobretudo não creio que isso reduzisse o seu talento ou estatuto na companhia. Uma vez que seria daqueles nomes que a qualquer momento ela poderia utilizar num combate pelo título de topo, uma vez que saberiam em primeiro lugar que ele daria um grande combate e valorizaria o wrestler em questão.

E sinceramente acho que será esse o trabalho dele na WWE, o de valorizar jovens talentos e entregar combates fantásticos do ponto de vista técnico. Se irá ter algum reinado como campeão? Possivelmente um ou dois reinados como campeão Intercontinental. Contudo prever mais do que isso neste momento é iludir fãs e não farei isso.

Apenas posso desejar que ele e os restantes nomes acabem mesmo por serem contratados porque a WWE precisa de nomes importantes, daqueles que que tendo o booking certo possam trazer star power e valor acrescentado à qualidade do produto e wrestling da companhia.

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

16 Comentários

  1. Reigns one versus all - há 11 meses

    Ótimo artigo,José.
    Antes de mais,quando soube do interesse da WWE nestes quatro talentos fiquei quase em choque, porque é um grande golpe por parte da WWE.
    Avaliando cada um deles:
    Shimsuke Nakamura:
    É(ainda) o meu wrestler favorito na New Japan,ele tem um talento incrível,um carisma espetacular e tem um Boma Ye que é um finisher espetacular,pena é ser retirado,se chegar mesmo a WWE.Espero que ele mantenha o nome,só se fosse Nakamura ficava contente e com a gimnick de “King of Strong Style’ e fosse algo diferente,apresentasse um estilo diferente dos outros.
    Para terminar,se fosse IC champion e o conseguisse elevar,como fez com o IWGP IC champion.

    Karl Anderson e Doc Gallows:
    São uma tag team interessante,a confirmar-se está contratação,será para fazer o Balor Club ou mesmo darem o nome de Bullet Club,caso a WWE comprasse os direitos de marca a NJPW.

    AJ Styles:
    Espero que seja aproveitado de maneira decente,não digo main eventer,mas que seja uma pessoa que eleve os mais jovens,proporcionando grande combates .
    Outra coisa importante,será que vão manter o Styles Clash,o finisher do Styles?Acho que não,infelizmente.

    Não sei se a WWE também estará interessada no Bad Luck Fale e no Tama Tonga,talvez a WWE queira começar com o Bullet Club original:Finn Balor,Karl Anderson,Fale,Tonga e Gallows.

    Por fim,é um grande golpe da WWE na NJPW,como é que reagirá a estas saídas?Já está a dar um grande push ao Kenny Omega

    • José Sousa - há 11 meses

      A NJPW vai-se sempre renovar. Sempre o conseguiu e existem sempre novos nomes a aparecerem no panorama do wrestling independente prontos a conquistar o mundo. Não te preocupes com isso.

      O que espero é que o dinheiro investido seja feito com objectivos concretos para eles, e com isso quero dizer que eles venham mesmo para valorizar o produto da WWE.

  2. 434 Days - há 11 meses

    Excelente artigo José. Estou ansioso para ver o que estes quatro podem trazer á WWE caso se confirme a sua contratação, especialmente numa altura em que a WWE se vê aflita com tanta lesão.

    • José Sousa - há 11 meses

      Exacto. Algum deles( Styles provavelmente) assumirá logo um papel mais importante no card da Wrestlemania. E quem sabe se não subirá alguém do NXT: por exemplo o Bálor ou o Zayn.

  3. Artur - há 11 meses

    Muito bom José.

  4. BRRM - há 11 meses

    Bom artigo.

    Ainda não vi muito do Nakamura, mas fiquei bastante impressionado com o que vi. Também não conheço muito bem o Karl Anderson e o Doc Gallows nunca me impressionou mas como já vi muita gente a falar bem deles como equipa vou dar uma olhadela ao trabalho deles.

    Já sobre o AJ, o nickname dele diz tudo. Só de pensar em vê-lo em combates com gajos que, se não estou em erro, ele nunca enfrentou em one-on-one matches como Rollins, Sami, Ambrose, Crews, Bálor, Itami, Harper… e ainda alguns que não vieram das indys como Wyatt, Sheamus, Breeze, Rusev, Orton, Cody, Cena… Bem, é melhor parar por aqui antes que me dê alguma coisa xD

    • José Sousa - há 11 meses

      Sim esperemos que funcionem. Eu por acaso gosto do Gallows, e acho que a forma como combina com o Anderson é muito boa. Esse Anderson um pouco à semelhança do Harper é muito subvalorizado, atenção que ele vai surpreender muito boa gente se vier mesmo.

  5. RFBM - há 11 meses

    Óptimo artigo José, quanto aos wrestlers em questão:

    – Nakamura – sem dúvida, na minha opinião, o melhor wrestler da actualidade do ponto de vista in-ring, é carismático e tal como referes põe bastante intensidade nos seus combates, na WWE espero que seja main-eventer, se bem que acho que um reinado com o título Intercontinental lhe dará muito bem.

    – Anderson/Gallows – um já passou pela WWE e o outro não, são uma das melhores equipas da actualidade e estou a ver sua ingressão no Bálor Club com bastante normalidade, o Anderson é, a meu ver, um dos wrestlers mais subvalorizados dos últimos anos.

    – Styles – palavras para quê, um dos melhores de sempre, tal como o Nakamura, não o vejo muito tempo no NXT e não me admirava nada se já tivesse um combate de destaque nesta Mania.

    • José Sousa - há 11 meses

      Concordo contigo em tudo. E subscrevo no caso do Machine Gun, aliás diria que é uma situação similar à do Luke Harper, dois enormes talentos que são olhados um pouco de lado.

  6. Uma boa análise sem dúvida. O regresso do Daniel Bryan depende apenas de a WWE deixar de ser teimosa, por isso um combate entre o Nakamura e o Daniel Bryan só não acontecerá se a WWE não o quiser.
    Estou curioso para ver como o Gallows será utilizado tendo em conta o seu passado na WWE, onde já foi o maluco atrasado mental que ganha energia quando ouve a campainha e já foi o músculo da Straight Edge Society. Sinceramente o seu regresso surpreendeu-me. O AJ Styles tem contra ele o passado dos ex-TNA na WWE, à excepção do Samoa Joe que até manteve o nome. Continuará ele a ser o AJ Styles? O Nakamura tem contra ele o pouco sucesso dos japoneses na WWE.
    Veremos o que o futuro nos traz quanto a estes wrestlers e se vão estrear-se já na Road to Wrestlemania, onde a presença do Daniel Bryan é essencial tendo em conta a onda de lesões.

    • José Sousa - há 11 meses

      Eu acredito que o Syles irá estar na RTWM. O Roster precisa de nomes e se o apresentarem como alguém importante, podem perfeitamente coloca-lo numa rivalidade importantes no evento. Esta é daquelas situações onde alguns nomes que não seriam previsíveis acabarão por ter protagonismo. Quem sabe se um Samoa Joe, ou alguém do NXT subirá( Tipo Zayn ou Bálor).

  7. Anónimo - há 11 meses

    Bom artigo. Estou ansioso para saber quais os planos da WWE para eles. Parabéns!

  8. leonardo - há 11 meses

    Q bom q a WWE esta “atacando” esses asiáticos va q esses caras estão ferrando com o futebol do meu país…. Hahaha….agr falando sério estou MT ansioso pra ver como esses caras serão tratados especialmente o nakamura

  9. Master of Chaos - há 11 meses

    Excelente artigo…
    Acompanhei um pouco do trabalho do Nakamura na NJPW e admito que é uma grande jogada por parte da WWE… Pelas próprias afirmações do Bryan, seria épico um combate entre ambos, como disseste, digno do mérito de combate de luxo…
    Um nome que me impressionou foi AJ Styles, o qual a muito tempo acompanhei a carreira e afirmo com todas as letras ser uma das melhores apostas da WWE nesse ataque. Ter em seu card um dos melhores wreslters do mundo, com excelentes ring-skills além de uma boa performance em mic-skills credita ainda mais nos fundos da companhia. Espero que todos sejam muito bem aproveitados na WWE. De todo, não vejo que nenhum deles deva passar pelo NXT, mas seria de todo interessante se tal acontecesse, principalmente ao que tange Anderson e Gallows…
    Mais uma vez, parabéns pelo excelente artigo..

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador