Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Smoke and Mirrors #230 – New Beginning for Women

Esta nova temporada da WWE começou com o pé direito e com algumas novidades positivas: novos nomes, equipas, e igualmente uma redefinição da divisão feminina. Essa mudança iniciou-se na Wrestlemania com a mudança para o Women´s Championship, e depois de um combate espectacular na Mania a evolução da divisão continuo nas últimas duas semanas. Claro que os problemas não se resolvem com uma mudança de nome de título e divisão, mas sem dúvida que o nome “Women” dá um lado mais sério à divisão do que Divas.

E ao contrário do que alguns críticos disseram tenho visto uma aposta sólida na divisão desde da Wrestlemania, e até ver a situação não está exactamente igual à que se encontrava há um ano atrás. Um ano depois a divisão começa a ser lentamente credibilizada e apostar nos seus elementos mais talentosos: Emma, Charlotte, Sasha Banks, Becky Lynch e Natalya. Estes nomes são garantia de rivalidades interessantes e sobretudo de bons combates, e é fundamental que a qualidade dos combates da divisão seja consistente para que os fãs invistam nela.

Ou seja a divisão não pode ser reduzida a três nomes, dai ver com muito bons olhos a aposta da companhia na Emma e na Natalya nas últimas duas semanas. Ambas são duas wrestlers talentosas, e que com a apresentação certa das suas personagens poderão ser contender credíveis ao título que neste momento está na posse da Charlotte.

Além que é importante solidificar esta mudança, e isso é um processo que será feito lentamente mas que acredito que seja a intenção da WWE. E prova disso é que colocou no Total Divas os elementos menos talentosos da divisão, como se tivesse a dividir em dois e a apostar nesses elementos unicamente para efeitos desse programa.

Claro que nomes como Paige e Nikki Bella, ou mesmo a Naomi, poderão ter novamente pushes por parte da WWE, até porque são capazes de desenvolver combates de qualidade aceitável. Mas era da aposta em campeãs unicamente pelo seu look parece ter os dias contados, ou pelo menos vai ter um travão nos próximos tempos. E sem dúvida que isso é algo positivo, porque se a WWE possuí um roster feminino talentoso só se fosse muito parva é que não apostaria nelas.

Porém o que muitos questionaram foi a escolha da Charlotte para campeã no momento de redefinição da divisão. E muito embora a Sasha tivesse sido uma boa escolha acabei por aceitar como boa decisão a aposta na Charlotte, pois ela possuí o talento necessário para ser campeã e prosseguir com o seu bom reinado como campeã.

Esta decisão teve como objectivo promovê-la enquanto a principal vilã da divisão, e o facto de ter tido o seu “pai” a ajudar só a beneficiou porque fortalece a sua personagem de “Geneticamente superior”. Aliás a presença do Ric Flair ao seu lado já não me incomoda tanto como há uns meses, isto porque ele já não ofusca tanto a sua filha, e é visível o modo como a Charlotte já consegue gerir de forma eficaz o ringue, as promos, e o storytelling sempre à procura de uma reacção do público.

Esse é o seu principal trunfo neste momento como campeã e vilã: o modo como provoca intencionalmente emoção junto dos fãs. Ou seja, ela passou de uma campeã face que os fãs não reagiam, para uma heel que consegue orquestrar a sua actuação em conjunto com os fãs como se fosse uma maestrina de uma orquestra.

Não quero com isto dizer que ela deva ser campeã eternamente, mas pelo menos até ao Summerslam ela é aposta mais correcta da WWE para campeã feminina, por mais que os fãs quisessem ver uma Becky Lynch ou a Sasha Banks como campeãs este ainda não é o tempo delas. Aliás este é o tempo para voltar credibilizar nomes como Emma ou Natalya para que a divisão seja verdadeira fortalecida.

E quem fala delas fala também da Paige que pode perfeitamente ser um nome que poderia ser recuperado e revitalizado pela WWE de modo a tornar-se novamente uma ameaça credível ao título. Até porque se os planos passam pela Charlotte permanecer campeã até ao Summerslam, então é necessário que surjam adversárias competitivas e sem dúvida que uma Paige mais próxima da Anti-Diva podia proporcionar uma rivalidade e contraste interessante com a gimmick cobarde da filha de Ric Flair.

Quanto à Emma sinceramente gostaria que a companhia fizesse algo decente com a sua gimmick heel no main-roster, não digo ser campeã porque isso será difícil nos próximos tempos. Mas dar-lhe tempo de televisão e apresentá-la de modo sério nos seus combates pode ajudar a que se torne numa das vilãs da divisão. E claramente ela tem a postura, e o talento enquanto wrestler para ser um activo dentro divisão enquanto heel, até porque a actual campeã não pode ser a única com alguma relevância na mesma.

Claro que a escolha da Natalya para contender pode não ser consensual para muitos fãs que preferiam uma rivalidade entre a campeã e a Sasha Banks. No entanto o lugar da Sasha está protegido, ela vai ter uma oportunidade mais cedo ou mais tarde ( Summerslam) e deverá ser ela a derrubar a Charlotte do trono. Em todo o caso e mesmo que não seja fácil admitir isso é cedo para que isso aconteça, e nesse cenário aceito esta aposta na Natalya até porque é fundamental credibilizar a divisão, e não apenas um ou dois nomes.

Porque neste momento critica-se o facto de o título continuar na Charlotte e da Sasha não ser a contender de imediato quando foi tramada, e embora esse devesse ser o passo lógico a divisão precisa que o reinado da Charlotte seja consistente. Ou seja não podemos dar o título a alguém para ela para que perca no mês seguinte, especialmente numa fase em que estão a mudar a atitude da divisão. Caso contrário a credibilidade da própria divisão fica em causa.

Digo isto porque todos os fãs desejam tanto o reinado da Sasha que podem ficar “cegos” e não perceber que basta ela ser campeã para que a divisão feminina fica forte. Por outras palavras, se ela vencer o título e não tivermos adversárias para lhe colocar a divisão acabará por ficar refém das Four Horsewomen, e a WWE não se pode arriscar a ter apenas rivalidades entre as quatro ( Bayley, Becky, Sasha e Charlotte, porque pode sobreexpô-las e isso não é benéfico para o que todos pretendemos que seja uma nova era da divisão.

E por isso é que concordo com esta repetição de Charlotte contra Natalya, mesmo que já tenha visto a mesma no NXT e no Roadblock. A Natalya é talentosa e é capaz de proporcionar nos próximos dois PPV´s dois combates de bom nível à campeã, e a divisão precisa disso: combates de boa qualidade com defesas da campeã. Se estamos numa nova “Era” é preciso credibiliza-la e isso só é possível através da apresentação de combates de boa qualidade, e que contem uma boa história porque isso dá-nos o que é fundamental neste momento: Consistência.

Além que ajuda a colocar nomes como Natalya ou a Emma na lista de possibilidades para combates pelos títulos, e é bom para WWE poder diversificar o seu leque de escolha para os principais combates femininos. Dai ver com bons olhos o facto de estarem a ser desenvolvidas duas rivalidades na divisão neste momento, pois revela a ambição de credibilizar mais que um nome simultaneamente.

Não tenho dúvidas que esse trabalho só jogará a favor da divisão e da futura campeã Sasha que desse modo terá uma divisão mais forte e competitiva, e onde os fãs terão a certeza que podem assistir a bons combates, no qual as mulheres serão tratadas como tal e não como “modelos”.

Nesse sentido o reinado da Charlotte tem sido um sucesso por mais que os fãs não gostem dela, até porque o objectivo do mesmo e da personagem não é que seja do agrado dos fãs. Em suma, por vezes nós fãs, temos a tendência para achar que um vilão tem de ser do nosso agrado quando muitas vezes isso não tem de acontecer para que ele seja competente, e bom no que faz. E tenho a certeza que assim continuará, e todos ansiaremos pelo confronto entre ela e a Sasha que por certo irá marcar o Summerslam pela sua qualidade.

E por mais que irrite a verdade é que ela tem sido uma boa campeã, e o combate na Wrestlemania prova do seu talento e da sua capacidade de ser uma figura relevante da companhia. No dia 3 de Abril de 2016 a WWE mudou o nome da sua divisão feminina apesar da manter a mesma campeã, no entanto quero acreditar que ela será apenas uma das caras de uma geração que merece uma mudança e reconhecimento.

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

24 Comentários

  1. Reigns one versus all - há 8 meses

    Bom artigo,José.

    Pessoalmente acho que a divisão esta a ter um novo rumo,acabou a era das modelos que não sabem lutar e agora estamos a entrar na era da mulheres que são capazes de dar grandes combates.
    Na wrestlemania fiquei insatisfeito com a Vitória da Charlotte, acho que era aquele o momento da Sasha e de termos uma nova campeã.Não quero dizer que a Charlotte é má campeã,mas estava na altura de ver uma nova cara com o título.
    Agora a Charlotte está em feud com a Natalya,o que é bom,vamos ter bons combates entre elas e a Natalya esta a ser aproveitada.
    Até a Sasha ganhar no Summerslam,espero que ela seja credibilizada e protegida.
    Por fim,acho que a Emma e a Paige também são nomes a ter em conta nesta divisão.
    Ja agora, a Eva fica no main roster ou voltou ao NXT?

    • José Sousa - há 8 meses

      Sim. As modelos foram desviadas para o Total Divas e isso é positivo. Esperemos que a mudança seja mesmo a sério, e não algo temporário. A Sasha vai ter o momento dela não se preocupem. A Eva por mim não voltava nunca.

      • rumores que a Eva irá continuar trabalhando no NXT para entrar em uma feud com Asuka e Nia Jax, mas ela continuara trabalhando no main roster também, então ela estará nas duas brands. a treino para ir melhorando suas habilidades, e qual?! Eva surpreendeu na wrestlemania ao contrário de Lana que decepcionou.

      • José Sousa - há 8 meses

        Sim. Mesmo assim não existe pressa para a tornar num elemento fundamental para a companhia.

  2. sobrinho do fofinho kevin owens - há 8 meses

    Otimo artigo, muito bom

  3. FearlessDangerous - há 8 meses

    Ótimo artigo, disse tudo!
    Sasha é ótima, mas o apressado come cru, ela estava pronta pra ser campeã, só que isso seria apenas bom pra ela não para toda divisão, com um personagem face não seria possível realizar tantas feuds com ela, e possivelmente ela ficaria over com o púbico, e perderia o título rapidamente.
    Charlotte virou a cara da divisão, definitivamente ela não é uma diva, é uma verdadeira Superstar e foi a melhor opção pra ser a primeira campeã desse novo título.
    Visto que Natalya, e outras divas poderam ganhar oportunidades e serem credibilizadas enfrentando Charlotte e confrontando sua personagem, que é “superior” a todas, isso gera revolta nas outras divas e contribui para o desenvolvimento das storylines.

    Charlotte soube lidar com todas críticas negativas, e está se superando, e afastando a sombra do seu pai, mesmo que ele a acompanhe e interfira nos combates isso é um mero detalhe, Charlotte quem rouba a cena, melhorou sua ring-skill, suas habilidades no microfone, está dando o seu melhor.
    E pra finalizar fico feliz com a atual divisão, e que venha novos combates entre Charlotte, Natalya, Sasha, Becky, Paige e todas superstars.

    • José Sousa - há 8 meses

      Exacto. A Sasha tem de ser campeã face ou tweener, para que a introdução da Bayley resulte em algo parecido com o que tiveram no NXT. Se fosse já campeã estaria pronta, mas não é negativo não ser porque vai ajudar a que outros nomes se tornem competitivos. E isso permitirá que tenha mais rivais durante o seu reinado como campeã.

      Sinceramente o Ric Flair irrita-me ao lado dela, mas é o objectivo. Aliás gosto da forma como os managers voltaram a ser usados na WWE: como por exemplo a Maryse. Para mim como heel a Charlotte é excelente além de ser uma boa wrestler.

  4. Artur - há 8 meses

    Muito bom artigo José. Mudando um pouco de assunto, o que achas que vai dar essa história toda do Shane?

    • José Sousa - há 8 meses

      Sinceramente não sei. Mas espero que possa acabar com uma espécie de Brand Split que permita que ele fique na WWE.

  5. Pra quem acha que a era das Divas/mulheres bonitas acabaram, só lamento! não acabou não. WWE mais cedo ou mais tarde irá apostar em nomes como Lana e Eva para serem campeas para elas serem as caras da divisão, como já deu em noticias passadas que Vince quer essas duas no topo, claro que eles querem mudar a impressão de que as wrestlers femininas da companhia não são apenas rostinhos bonitos e que não sabem lutar e para isso eles estão mandando as cujo modelos/mulheres bonitas para o NXT não é de negar que o NXT tá com vários nomes que podem não ter sido modelos de carteirinha mas são mulheres realmente bonitas para serem apostadas no futuro,Dana,Carmella,Liv,Alexa,Mandy… e entre outras que foram contratadas recentemente. então a WWE não mudou completamente eles apenas estão juntando o útil ao agradável e manipulando os fans.

    • BRUNOju - há 8 meses

      “caras da divisão”

      Mas foram elas que tiveram o melhor combate feminino em Wrestlemanias de sempre? E também são elas que estão brigando pelo título, aliás tecem reformado graças a influência das 4HorseWomens? Também são elas as líderes em vendas de merchandise? (Feminino) … Aliás nem isso elas têm. Se a aposta nessas mulheres fosse uma mera ilusão, nada disso teria acontecido.

      Você tem dificuldade para aceitar que o tempo das barbies não é mais uma prioridade, se fosse a situação seria diferente. O jeito é você começar a gostar de mulheres com talento mesmo. Até logo. Beijos

    • José Sousa - há 8 meses

      Achas que esses nomes vão ser aposta no NXT? Claro que não. Depois a Alexa tem talento, as outras não mas ela tem. A Dana é a manager da Emma e cheira-me que vai cair em esquecimentos. E as outras que falaste só foram até agora jobbers, e não deixar de ser no próximos tempos no NXT.

      É incrivel como quando tomam uma boa decisão é manipular os fãs. Quando falham uma decisão estão a gozar e a ignorar os fãs. Resumindo nunca tomam uma boa decisão.

      • a resposta para os dois, sim é o inicio de uma “Nova Era” na WWE, eles querem que as mulheres sejam levadas a sério. mas a era das Divas bonitas não acabou! Bayley pode até chegar e ter sua ascensão no MR eaté conseguir o titulo mas isso é um backgroud para um futuro proximo a WWE voltar com as “Divas” mas a unica excepção vão ser que elas vão ser tratadas como mulheres que sabem lutar e ele estão usando essas mulheres para um step das outras, mulheres bonitas que saibam lutar, o NXT está com muitas delas, e elas não estão brigando pelo o titulo agora mas acham realmente acham que as 4horsewoman vão estar em ascensão por muito tempo? as caras do wrestling mudam a todo momento a 3/4 anos não tínhamos muitos wrestler de NXT no MR não, acho que nem existia o projeto NXT que é hoje e sim FCW, as caras mudam a todo momento e irá ser desgastante a ver apenas as 4, uma hora desgasta e eles terão que achar outras pessoas para ocupar o lugar delas isso são ciclos, hoje a metade do roster da WWE é completo de caras do NXT, Eva está escalada para ganhar o titulo mais dia menos dia, não é atoa que está não saiu do NXT depois que foi para o MR, ela continua no NXT e rumores que irão fazer uma feud dela e Asuka, essa é uma das razões porque não foi passada a luta delas no ultimo NXT, cortaram tiraram fora. Lana continua treinando no performance center, Mandy saiu do TD, eles estão focando na carreira dessas mulheres, nomes como Alexa,Liv ( eu não tiro nenhum pingo de talento delas) mas elas serão escaladas por sua beleza em primeiro lugar, e são talentosas, olha ai ( juntando o útil ao agradavel ) é isso que a WWE quer é isso que vai ter. a 2 anos atrás Paige estava em ascensão, era o nome da divisão, olha onde ela está hoje, não tem como você elevar todos/todas ao mesmo tempo. isso são fatos, abram os olhos!!!!, eles retiraram até o termo, mudaram o titulo porque eles querem que a wrestlers femininas sejam levadas a sério, eles realmente querem isso que elas sejam levadas a serio, e querem tirar qualquer passado das modelos, mas esse é o cilo como eu disse ali em cima eles estão usando essas mulheres para um futuro step de mulheres como Lana,Eva,Alexa,LIv,Mandy,Dana… sejam levadas a serio no futuro ( talvez Eva nunca seja levada a sério pelo o odio insano dos fans) por mais que seja difícil acreditar nisso é pura verdade.

  6. BRUNOju - há 8 meses

    Bom artigo José. Na minha opinião a divisão vem melhorando desde o #GiveDivasAChance, mas claro que ainda no ano passado a situação não era nem um pouco legítima para as lutadoras. Parecia ser uma aposta falsa.

    Em 2016, desde o Royal Rumble o booking tornou-se mais sólido e pelo jeito as rivalidades estão sendo pensadas com antecedência, o que já faz muita diferença. Fico feliz por ver a empresa apostando em TALENTO e não em BELEZA. Podem dizer o que quiser, mas essa é a verdade. Não teria sentido alterar o tempo dos combates, título, nome e várias outras coisas na divisão se não fosse algo real. A empresa aposta nelas…

    Nelas: Sasha Banks, Charlotte e Becky Lynch. Pelo menos por hora é isso que posso dizer. Queria incluir a Bayley; mas ela nem no Main Roster está, e quanto às outras… Talvez Emma ganhe mais destaque nos próximos meses. Natalya depois da feud com Charlotte deve voltar a sua posição normal. Paige (infelizmente), Naomi, Tamina, Summer Rae, Eva Marie e Alicia Fox provavelmente vão ficar presas ao booking 50/50.

    • José Sousa - há 8 meses

      Sim. Não mudaram o nome só porque sim. O pessoal diz que não porque a campeã é a Charlotte e para eles isso é ficar na mesma. o objectivo não é gostarmos dela, como digo no artigo o pessoal só gosta de vilões porreiros e como ela não é isso mesmo sendo talentosa acha que ela não é boa.

  7. RFBM - há 8 meses

    Bom artigo José. Na Mania, não estava nada à espera que a Charlotte vencesse, nem que a Natalya fosse a sua próxima adversário, aliás ainda acho que a Sasha tem mais razões para a desafiar do que a Natalya, e mesmo que o combate entre as duas lutadores que vieram do NXT ocorra apenas no SummerSlam, deveriam arranjar uma explicação para a Sasha não estar a desafiar a campeã neste momento.

    Em relação aos nomes que referiste adorava ver a Emma e Paige a ter mais destaque, até mesmo a Nikki se recuperar, contudo, uma nova feud Charlotte vs. Paige não me agrada muito, quer dizer, os combates não chegaram a ser nada de mais, foram até muito lentos.

    • José Sousa - há 8 meses

      Isso eu concordo. Mas se tiras o titulo à Charlotte neste momento é cedo demais. Mas pelo menos isso é a minha opinião.

  8. Bom artigo.
    Neste revolução não do papel secundário da Paige, a qual parece esquecida não obstante ter sido ela a iniciar a “revolução das Divas” que tanto se fala, tudo começou no NXT com Paige que é das melhores wrestlers da WWE, tão boa como a Charlotte, a Becky, a Sasha e a Natalya. No entanto a Paige tem sido tratada como se fosse alguém que representa o passado, que é um Diva e não uma “superstar”, o que estranho bastante. Considero a Paige superior à Bayley mas falam desta como membro de uma four horsewomen enquanto a Paige está apagada na WWE.
    Também não concordo quando se fala da Charlotte como se não tivesse defendido o titulo na Wrestlemania. Ela não é campeã desde a Wrestlemania, é campeã há muito mais tempo. É certo que mudaram o titulo mas isso não pode apagar todos estes meses que passaram. Se a Charlotte perdesse o titulo amanhã teria terminado um reinado de meses e não de semanas.
    Por fim, tenho grandes dificuldades em ver a Bayley ter no main roster o sucesso que tem no NXT, pelo menos não com esta gimmick.

    • a Gimmick da Bayley é estupida, não condiz com a excelente lutadora que ela é, gimmicks que fogem muito da realidade não dão certo, dizem que ela é a versão feminina do Cena mas ela não é não, ela não parece ser uma “mulher maravilha” ou algo do gênero, gimmicks como Becky,Paige e Sasha são totalmente legais e divertidas quando estão em destaque, porque elas tem personagens fortes e personalidades que conseguem se destacar das demais, gimmick de Bayley foge muito da realidade, ela parece uma criança.

    • José Sousa - há 8 meses

      Pois mas a Paige mesmo pela WWE é tratada como Diva por ser membro do Total Divas. Eu acho que qualquer uma das cinco é muito boa, mas também tenho pena da forma como a Bayley é tratada no main-roster.

  9. Ryback Rules - há 8 meses

    Li os comentários por alto e achei piada nunca terem mencionado a Naomi como uma das mulheres com mais talento no roster e que devia ter um booking apropriado ao seu talento e fazerem dela campeã da divisão. Achei ridículo ter sido ela derrotada direta no combate da mania

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador