Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Smoke and Mirrors #225 – The Pit Stop

Este Sábado é o dia onde o caminho para a Wrestlemania sofre nova interrupção, desta vez em Toronto, num evento especial (não PPV), ao qual deram ao nome de Roadblock. Basicamente a WWE transformou um live-event num evento especial a ser transmitido na Network, onde será transmitido os principais combates do mesmo, sendo que alguns foram propositadamente construídos devido à transmissão do mesmo.

Se me perguntarem se este evento irá mudar algo no card da Mania, acho que é óbvio que não. O evento servirá sobretudo para valorizar alguns campeões, desenvolver alguns aspectos em rivalidades de midcard, e quem sabe apimentar um pouco mais a rivalidade entre o Ambrose e o Brock Lesnar que deverá ser um dos focos deste evento.

De realçar a presença do NXT no evento com o combate pelo título de Tag Team entre os Revival e o Enzo e o Big Cass, e claro com o envolvimento de Sami Zayn que começou a fazer a sua transição para o main-roster na passada Raw.

Em suma, e apesar do seu curto impacto no produto quis fazer uma antevisão deste evento porque estamos num momento mais morno da estrada, e onde apetece fazer uma paragem para reabastecer. Assim, o Smoke tal como a WWE também trava esta semana no seu caminho para a Wrestlemania, e analisa o que nos poderá trazer o WWE Roadblock.

Começamos pelo combate entre os New Day e a Sheamus e Barrett da League of Nation pelos títulos de Tag Team da WWE. Tal como a maioria dos combates deste evento dificilmente veremos este combate na Wrestlemania, pelo menos neste formato. Ou seja, a League of Nations até poderá ter nova oportunidade com os campeões, contudo acredito que possa ter companhia nessa nova oportunidade.

Este combate começou a ser construído no Fast Lane quando os New Day gozaram com a League of Nations no Cutting Edge Peep Show, continuando com a apresentar novas provocações nas redes sociais nas últimas semanas, através do recurso a vários vídeos onde brincam com os membros da coligação internacional.

Por mais que goste desta postura dos New Day contra uma equipa heel espero que isto não simbolize um face turn, ou pelo menos que não o seja a 100%. Preferia que isto fosse a postura natural deles, seja contra faces ou heels, porque é a atitude mais acertada para este tipo de personagem.

No entanto, só será perceptível se será o inicio de um turn nas próximas semanas, até porque hoje conto apenas com um bom combate entre bons wrestlers, e uma defesa dos New Day. Até porque por mais que a WWE possa fazer deste um especial com combates de boa qualidade, não acredito que faça os New Day perder os títulos neste momento ou pelo menos não aqui.

S&M Odds : New Day 60%; League of Nations 40%

Segue-se o segundo combate por um título de equipas da noite, desta feita o NXT Tag Team Championship, num embate onde Enzo e Colin Cassidy tentarão conquistar os títulos aos campões Revival( Dash e Dawson). Sendo igualmente um combate que concluirá uma longa rivalidade entre as duas equipas, e que ajudou e muito à construção de heat para os actuais campeões.

Tal como muitas outras rivalidades do NXT, também este foi marcada por um booking coerente e cuidado que permitiu que Enzo e Cass continuem a ser ameaças credíveis mesmo após a derrota no Takeover de Londres. E prova disso foi o ataque dos campeões ao Enzo no parque do Performance Center, que serviu como argumento para marcar este combate.

Além disso, este embate marcará possivelmente a despedida de Enzo e Cass do NXT, uma vez que é bastante possível que subam para o roster principal nos meses seguintes à Wrestlemania. E por isso é importante que mesmo na derrota saiam valorizados, mesmo que saibamos que a vitória vai para os campeões. Assim sendo, espero que este seja um bom combate no qual Dash e Dawson defenderão o título recorrendo às tácticas sujas do costume.

S&M Odds : Revival 80% ; Enzo e Cass 20%

Este será um evento onde igualmente poderemos ter alguns combates ou momentos onde serão desenvolvidas as rivalidades de midcard da Wrestlemania. Ou seja, não ficaria surpreendido se tivéssemos algum combate onde o campeão dos Estados Unidos Kalisto estivesse envolvido e onde Ryback tentará interferir contra ele.

Já no título Intercontinental, e estando nós no Canada parece-me certo que teremos alguns avanços na rivalidade que envolve Kevin Owens e Sami Zayn por esse título. Não sendo de descartar a presença de Neville no momento do evento dedicado a essa divisão, até porque é bastante provável que seja um dos elementos do combate pelo título na Wrestlemania.

Mas este e um evento que vale mais pelos combates do que propriamente pelas rivalidades, e um dos principais exemplos é o embate entre Brock Lesnar e Bray Wyatt, que inicialmente estaria escalado para a Wrestlemania mas acabou por ser empurrado para este evento. E por mais que o resultado final seja previsível, admito que por um lado gostaria de ter visto esta rivalidade a ser desenvolvida porque poderia ter tido algum potencial.

Claro que o ideal era que ela acontecesse num momento em que o Bray fosse credível porque uma personagem tão específica quanto a dele depende muito da credibilidade que possui, e a verdade é que a WWE não soube zelar nem proteger o estatuto do Wyatt. Ou seja, para alguém que se diz se parte fundamental do futuro da companhia o booking parece não acompanhar esse facto, aliás tal como já foi referido por vários analistas enumeras vezes.

Assim o confronto de hoje acontece como resolução da mini-rivalidade que tiveram na semana do Royal Rumble onde Bray e a sua família foram responsáveis pela eliminação de Brock Lesnar do combate. E como o Brock vai ter um confronto com o Ambrose na Wrestlemania, espero que este combate seja tenha um final conclusivo.

Além disso desejo que este seja um combate de boa qualidade e onde o Brock não squash o Bray, por mais que seja obvio que ele vai ser dominante, e que ofensiva do Wyatt dependerá da ajuda da sua família. Tal como parece-me que o vencedor será claramente o Brock Lesnar, até porque a WWE não o vai colocar a perder em especiais quando estamos a semanas da Wrestlemania.

S&M Odds : Bray Wyatt 30% ; Brock Lesnar 70%

Chegamos por fim ao main-event deste especial onde o Ambrose irá confrontar Triple H pelo título da WWE, num combate que servirá como aquecimento para o que a Wrestlemania trará para ambos, mesmo que estejam em caminhos separados. Assim, este combate não tem muita história por detrás dele além da vontade da WWE colocar o campeão a defender o título antes da Wrestlemania, e do facto do Ambrose ser o melhor amigo do Reigns, e o último a ser eliminado no Rumble.

Aliás, não vejo motivo pelo qual considere que o Ambrose é uma verdadeira ameaça ao título do Triple H neste combate. Não que não considere que ele irá ser um main-eventer, mas qualquer pessoa sabe que a WWE não vai trocar de campeão nesta altura, sobretudo quando os dois envolvidos já têm combates oficializados para a Wrestlemania.

Desse modo acredito que este será um combate que valerá mais pela qualidade técnica do mesmo do que pela sua importância. Assim, é um pouco óbvio que o Triple H irá defender o título de forma limpa, e gostaria de ver um ataque do Brock ao Ambrose depois do combate para apimentar um pouco a rivalidade entre ambos.

S&M Odds : Dean Ambrose 0%; Triple H 100%

Para a semana continuamos a nossa viagem rumo à Wrestlemania, com um desvio na estrada para irmos a Boyle Heights e falarmos das primeiras impressões sobre a nova season de Lucha Underground.

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

5 Comentários

  1. BRUNOju - há 9 meses

    Também já foi confirmado, Charlotte vs Natalya pelo cinturão feminino.

  2. RFBM - há 9 meses

    Bom artigo José, concordo com todas as tuas apostas.

  3. Pedro - há 9 meses

    Eu vi uma análise sobre esse especial em um site gringo, e achei a ideia sensacional, primeiro O Bray pode tanto perder como ganhar contra o Lesnar, a ideia é, ele atacar o HHH e custar o combate, lembro de rumores a um tempo atrás que queria turnalo, e se a WWE está meio na corda bamba quanto a Bray, e não tem nenhum wrestler credível no card pra defrontar Bray, HHH é a ideia perfeita, e aquela previa do RAW entre HHH e Bray me fez acreditar mais nessa hipótese, se olharmos no card não temos quase nenhum Face credível, se tirarmos Roman e Ambrose, e o Kalisto só vive perdendo, não temos boas escolhas de topo atualmente

  4. Reigns one versus all - há 9 meses

    Bom artigo,José.
    Este especial valerá mais pelos combates do que propriamente em mudanças nas histórias que atualmente estão a ser narradas.
    Vejamos,este evento que veremos hoje/amanhã é na sua essência um Live event,e dai não estar com grandes expectativas para ver aqui um grande evento.
    Estou mais interessado em ver o Brock Lesnar vs Bray Wyatt e HHH vs Ambrose.
    Ainda gostava de ver um combate entre o Joe com o Apollo Crews e um Kevin Owens vs Big Show, visto que tem andado em choque na última semana

  5. RybackChampion2016 - há 9 meses

    “Por mais que goste desta postura dos New Day contra uma equipa heel espero que isto não simbolize um face turn, ou pelo menos que não o seja a 100%.”
    Já foi dito em um topico que possivelmente depois da WM, os New Day terão seu face turn.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador