Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Smoke and Mirrors #241 – Redesign, Rebuilt, Restore

Normalmente junto da comunidade online a WWE é conhecida por criar algo e depois não cumprir com o que criou, seja ela uma catchprase ou mesmo desenvolvimento de um superstar, contudo nos últimos meses isso mudou ligeiramente. Claro que nem todos os problemas estão resolvidos, nem se criou o número de main-eventers necessários, mas em todo o caso é inegável a melhoria do booking e isso é visível na forma como a companhia protege os nomes que quer apostar no futuro.

Não que se vá assistir a algumas apostas falhadas, ou a pushes a wrestlers que não gostávamos e que preferíamos que fossem para outros. Contudo a consistência que a WWE tem apresentado nos últimos quatro meses tem sido de louvar, e espero ( e acredito) que assim continue com a Brand Split.

E se tivesse que apresentar um exemplo de como a nova atitude de booking tem credibilizado os wrestlers, então sem dúvida que diria Seth Rollins. Em menos de dois meses a WWE deu-lhe um melhor booking que em seis meses de reinado, e conseguiu tornar a sua personagem de novo relevante mesmo que o seu regresso não tenha sido feito enquanto face, como muitos fãs desejariam.

Se analisarmos o seu “mantra” verificamos que de facto este é um Seth Rollins ligeiramente diferente do que tínhamos antes da lesão. Sim ele continua a ser oportunista e heel, mas já não foge de um confronto e sobretudo não quer vencer apenas de forma suja, ele quer vencer de qualquer forma mas dentro do ringue. Ou seja, este é um Seth Rollins que age e fala como um vilão (para já), mas que luta como um face que quer provar que é de facto parte da elite da WWE.

Este é um Rollins que se aproxima mais daquele que tínhamos no período anterior ao cash-in, mas com a melhoria que já não tem as suas costas “quentes” por seguranças, Kane´s, ou Autoridade. É verdade que continua a ser heel, mas deixou de aquele medricas do reinado como campeão e passou a ser um oportunista e calculista, o que faz ainda mais a sua personagem parecer-se com uma versão actual do Edge.

Não que ele seja uma réplica exacta, mas não deixa de ter alguns traços similares. E neste caso essas parecenças são positivas porque é essa capacidade de ser oportunista, polémico, e credibilidade no ringue que fazem dele o pilar que equilibra a construção do combate para o Battleground.

E nesse sentido até faz sentido que continue como heel, porque só um heel credível poderia ter feito o que o Rollins fez na passada Raw. O facto de o escolherem a ele para abordar o escândalo “Roman Reigns” foi muito inteligente, porque não podia ser alguém como o Ambrose a fazê-lo porque é visto como próximo do Reigns. Assim a WWE colocou o Rollins a apresentar o Reigns como alguém que não cumpriu com a ética, não fugindo do tema e colocando o Rollins num patamar ainda mais alto.

E é esse patamar que me tem surpreendido, porque mesmo que já visse o Rollins como main-eventer tinha visto um reinado com um booking que não o credibilizou em nada. Exactamente ao contrário do que tenho visto desde que regressou: ele tem um booking, postura, promos de main-eventer e está a ser apresentado como uma verdadeira estrela.

Se juntarmos a isto o facto de estarmos próximos de uma divisão de planteis facilmente percebemos que ele será uma das grandes estrelas da companhia, independentemente da Brand onde esteja ao longo dos próximos anos. Neste momento ele já é apresentado como um verdadeiro nome grande da WWE e nunca baixará deste estatuto de main-eventer, e isso é uma conquista do próprio Seth Rollins.

Uma conquista que ele próprio questionou durante o período de recuperação da lesão que o obrigou a parar mais de seis meses, falhar a Wrestlemania e perder o seu título. O arquitecto acreditou que as pessoas já não se lembrariam dele, ou simplesmente não seria recebido como main-eventer o que poderia originar um menor investimento da companhia nele.

Contudo alguém com o talento dele é impossível que não seja reconhecido enquanto uma peça importante da WWE, por mais que possa ser “odiado” pelos fãs graças à sua personagem. Claro que lesões como aquela fazem o mais confiante dos performers alguém com medo de se perder no meio de tanta novidade, e com isso perder a sua relevância.

Aliás, parte do motivo pelo qual os fãs queriam que o Rollins voltasse como face é deve-se em parte ao modo como ele foi apresentado no documentário sobre a sua reabilitação. E em parte têm razão, pois ele é descrito como alguém que segue os seus sonhos, determinado, talento, com resiliência, e capaz de recuperar de lesões mais rapidamente do que seria previsto. E sem dúvida que isso eram argumentos suficientes para que surgisse como face no seu regresso.

Porém esse não foi o plano que estava reservado para ele, e isso não foi algo necessariamente negativo. Tal como referi o Rollins voltou com uma atitude forte e postura de main-eventer, e isso faz com que ele seja bem sucedido nas suas performances seja como face ou heel. E é bem provável que esta confiança que apresenta no seu discurso faça com que tenha um face turn dentro de alguns meses.

Claro que poderia ter sido imediato mas se o mesmo acontecer lentamente, e sobretudo apenas depois do Battleground ou do Summerslam não terei nada a opor a essa decisão, até porque não tenho pressa de o ver como face. É óbvio que tenho alguma curiosidade de perceber como funcionará a sua personagem enquanto herói, mas a verdade é que já vimos alguns pormenores desse lado no combate com o Reigns e funcionou com bastante sucesso.

E isso é algo que me deixa descansado quanto à eficácia da sua personagem enquanto top face, aliás não tenho dúvida alguma que ele será um face relevante no momento em que essa viragem aconteça. Porque se a amostra funcionou, não existe motivo pelo qual não vá resultar a verdadeira transformação do Rollins.

E em parte a mesma só não aconteceu devido à necessidade da WWE o manter como top heel com a Brand Split. Contudo tudo isso poderia ser contornado com uma troca directa de turns com o Roman Reigns, uma vez que este necessita do mesmo para que finalmente a sua personagem comece a ser vista com outros olhos pelos fãs. Neste momento insistir num Reigns só irá fazer com que as reacções negativas se mantenham, ou ainda se agravem.

Persistir num erro nunca poderá ajudar a companhia, e um Rollins face e um Reigns heel faria com que ambos fossem relevantes com personagens que se ajustam aos mesmos perfeitamente. Essa troca seria a escolha certa e podia acontecer apenas depois do Triple Threat, ou mesmo no caminho para o Summerslam mas com o castigo do Reigns ela é um passo fundamental para que a WWE encaminhe o Reigns na rota do sucesso.

Mas sobre o Reigns falarei mais detalhadamente para semana, apenas quis referir que a valorização dele não tem necessariamente ser acompanhada por uma desvalorização de todos os outros. E felizmente o Rollins foi bookado de forma brilhante no combate do Money in The Bank, num confronto de enorme qualidade ao nível do storyline.

A forma como apresentaram o Rollins como alguém com medo de se lesionar, e aos poucos a reconquistar a sua confiança foi perfeito e colocou os fãs com dúvidas se ele seria capaz de vencer, e sobretudo criou a oportunidade ideal para ele sofrer o cash-in sem que isso beliscasse um pouco a sua credibilidade.

Sete meses depois temos um Seth Rollins “Redesenhado” e reconfigurado, mas acima de tudo este é o Seth Rollins que vale dinheiro à companhia. E se continuar a evoluir deste modo não tenho dúvida alguma que ele será uma lenda dentro de alguns anos, com feitos, histórias, momentos e combates que todos nós recordaremos e que ficarão gravados “ no livro das recordações” da WWE. Aliás com dois títulos mundiais não tenho dúvida alguma que o seu reinado “relâmpago” no último evento não foi nem de perto, nem de longe, o seu último como campeão de topo.

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

42 Comentários

  1. Não vou aguentar ver outro ppv com os shield envolvidos, não quero ambrose nem rollins nem reings, eu quero uma nova cara para o wwc vei :(

    • I'm the boring guy! - há 5 meses

      Fazer o quê se eles são os gajos que mais tem presença na empresa? Em questão de talento muitos lá são tão bons quanto, mas em presença, nenhum os alcança. É mais do que normal que eles revezem sempre os títulos e rivalidades principais.

      • José Sousa - há 5 meses

        É normal que eles sejam parte importante do futuro da WWE. Não ias colocar do nada um Sami Zayn ou um Cesaro campeão da WWE, por mais talento que tenham.

    • Anónimo - há 5 meses

      Finalmente alguém que concorda comigo!!! Para mim o único dos Shield que presta é o Rollins, mas acho que ele ainda está fora de forma.

    • #MrMoneyInTheBank - há 5 meses

      Queria que fossem quem? O Goldberg?

  2. Ricardo - há 5 meses

    O anbrose nada mais é do quê uma escada Pará o sucesso de roman reings e seth rollins esse reinado dele não passa do summerslam

    • Concordo, mais eu acho que ele não passa desse próximo ppv, deve perder pro rollins no batleground.

    • José Sousa - há 5 meses

      Por acaso acho que vão ter uma surpresa. O reinado dele deve passar do Summerslam, na Raw pareceu-me estarem a começar a construir Triple H vs Ambrose pelo titulo da WWE no Summerslam. Aquela picardia da Steph com o Ambrose não é mero acaso.

  3. Flavio Jr - há 5 meses

    É estranho mesmo ver o Ambrose como campeão, pois ele está muito atrás do Reigns e principalmente do Rollins, e esse último está melhor que nunca, com certeza o melhor westler na WWE

    • José Sousa - há 5 meses

      Para mim não é estranho. Os três merecem o sucesso, e não vejo mal algum em ele ser campeão. Aliás durante um ano todos pediam o Ambrose para ter o push em vez do Rollins, agora já tudo não gosta dele.

      • John Hardy - há 5 meses

        Na verdade, realmente é estranho, há alguns meses atrás até fazia sentido um Ambrose como campeão, até mesmo na noite em que ele conquistou o campeonato eu me alegrei em demasia, porém este reinado dele está sem brilho, o Ambrose que todo mundo queria ver como campeão era aquele cara louco e insano que teve uma feud brutal com o Rollins antes deste se lesionar, não o cara que se faz de louco piadista atual. Mesmo odiando o personagem do Reigns atual da empresa, sinto que o Ambrose como campeão está muito atrás dos outros membros do Shield.

      • C-2Dot - há 5 meses

        Concordo, José. Consigo perfeitamente ver o Ambrose como main-eventer e isso agrada-me, neste momento os 3 ex-membros dos The Shield estão no topo, têm tudo para ficarem a ganhar com um Reigns heel, Ambrose face e Seth anti-hero, ou trocar a ordem dos últimos 2.

      • José Sousa - há 5 meses

        O grande problema para mim é que o sistema como estava, ou seja unificado, não permitia que se desenvolvesse muitos main-eventers ao mesmo tempo. Assim a prioridade foi para o Rollins e para o Reigns em anos diferentes, deixando o Ambrose um pouco para trás.

        Por outras palavras é foi vitima do booking do roster de uma brand. E se por causa disso as pessoas vão já criticar ou virar-se contra ele parece-me um pouco parvo.

  4. Edjandro Martins - há 5 meses

    Ótimo artigo.
    O Rollins já era meu preferido do Shield e a minha esperança nele só vem a se confirmar desde então, lá para meados de 2012 já dizia que ele seria a principal cara da empresa, mesmo com muitos dizendo que ele tinha mic -skills ruins e teria dificuldades em achar uma gimming, desde de lá já achava ele com as melhores mic skills do grupo (o Ambrose também é muito bom), porém desde seu heel turn, ele vem fazendo um enorme trabalho em tudo: matches, promos, segmentos, presenças em programas de tv, fez historia ao fazer o cash-in na Mania e sempre será lembrado por isso. Concordo que teve um booking fraco no primeiro reinado, mais a parte que cabia a ele foi feita perfeitamente, infelizmente sofreu a lesão e agora voltou, seja ele face, heel ou twenner, ele é o melhor desta geração e será um dos pilares da empresa pela próxima década ainda bem.

    • José Sousa - há 5 meses

      Exacto. Ele o Reigns, Ambrose Rollins, Bálor, Owens são nomes que vao estar nos main-events seja da Smackdown ou da Raw nos próximos anos gostemos mais ou menos dele.

  5. RFBM - há 5 meses

    Bom artigo José, concordo contigo.

  6. Reigns one versus all - há 5 meses

    Bom artigo,José.

    O Rollins desde que voltou tem tido uma postura diferente.
    Ja não é aquele heel que tinha de ser protegido pela autoridade e era cobarde,agora temos um Rollins sozinho e a querer dar provas de que voltou para recuperar o título.

    O Rollins como face era algo que gostava de ver,talvez tenhamos esse turn a acontecer no início da Brand Split(talvez na estrada para o Summerslam),até porque acho que vamos ter Rollins vs HHH no Summerslam e teremos o turn do Rollins.
    Por fim,não sei se o que disse acima vai acontecer,mas se o Rollins virar face não tenho dúvidas de que será o face principal da companhia e talvez a próxima “Grande estrela” da WWE e em vendas de merchandise

    • Reigns one versus all - há 5 meses

      Esqueci-me de uma coisa.
      José,o que tens achado da Lucha Underground e que espetativas tens para o Última Lucha 2

    • José Sousa - há 5 meses

      Eu sinceramente acho que temos Ambrose vs Triple H no Summerslam pelo titulo. Mas o Draft vai ajudar a esclarecer algumas duvidas que tenho em relação a esse evento.

      Eu irei fazer uma analise posterior ao Ultima Lucha 2. à Partida adoro o card e tem o potencial para ser brutal.

  7. Artur - há 5 meses

    Muito bom artigo José. Realmente, e como já disse, venho notando mudanças na personagem do Rollins atualmente. Sim, ele continua heel, mas só nesse curto período de 2016 já ganhou dois combates importantes de forma limpa (Reigns e Zayn), e já não foge de confrontos individuais. Adorei o detalhe dele no Raw tentando um combate individual com o Ambrose. Se fosse no seu período como campeão durante o ano passado, muito provavelmente ele estaria tentando forçar que Kane, Mercury, Noble, etc, pudessem o ajudar durante o combate.

  8. Sinceramente não percebo porque alguém quer ver o Rollins face quando ele é tão bom como heel. Lá terá a sua altura mas espero que daqui a uns anos, ele não é heel assim há tanto tempo. Muito menos no regresso de uma lesão, a WWE tem de apostar também em heels e faces diferentes, não o habitual heel cobarde e batoteiro e o face resiliente, muito desportista, que aceita todos os desafios e cumpre sempre as regras. Há que mudar o paradigma de vez em quando, como fazem com o Ambrose, por exemplo. Um face que não se importa de fazer batota ou um heel que nunca foge de um desafio, também fazem falta.
    Quanto ao Reigns, sei que falarás para a semana, mas não se trata propriamente de um erro, já que o Reigns nem tem estado mal, está na moda não gostar do Reigns e o resto da carneirada vai atrás.

    • José Sousa - há 5 meses

      Eu não tenho pressa de o ver face. Sabes qual é o problema? É que os fãs não conseguem ver que o problema é do booking do Reigns, ou do booking do Ambrose, ou do sistema de uma brand que não está a permitir desenvolver o talento de topo suficiente.

      Aliás, vês fãs que não gostam do Reigns, alguns já a virarem-se contra o Ambrose, e só não fazem com o Rollins porque não é campeão. Durante o tempo que foi campeão já andava tudo farto do reinado, mesmo quando as limitações não fossem culpa dele. As pessoas actualmente tem um problema de falta de paciência querem tudo para ontem. Não digo que não devam e não possam criticar, mas existe bastante gente a criticar por tudo e por nada.

  9. Gabriel Taker - há 5 meses

    Gostaria que o Rollins vencesse a Triple Threat Mach, para no SummerSlam termos Seth Rollins vs Brock Lesnar, esse é um combate que a WWE está devendo a nós depois do ‘fiasco’ do ano passado. HHH vs Rollins gostaria que fosse no Hell in a Cell para terminar no Survivor Series.

    • José Sousa - há 5 meses

      Isso era porreiro no papel. E depois quando visses o Brock a vencer o titulo e a teres um campeão da WWE novamente a part-time?

  10. Ricardo - há 5 meses

    José por que acha que haverá um anbrose vs triple h Pará o summerslam. Eu acho quê será um rollins vs Lesnar ou rollins vs triple h acho quê rollins vs triple h seria uma das melhores storylines quê a wwe poderia criar neste momento

    • José Sousa - há 5 meses

      Eu não vi qualquer sinal de feud entre o Rollins e o Triple H, vi uma Stephanie a picar o Ambrose e para isso pareceu-me um indicio. Além disso não quero que trocemos de campeão da WWE já no Battleground, a companhia não ganha nada com trocas constantes.

  11. Ricardo - há 5 meses

    O rollins da forma como ele foi bookado como alguém quê superou sua lesão e quê perdeu o título bem rápido e quê quer reconquista o título e uma história de face tipo John cena e. Eu acho quê o hhh aparecerá no fim do battleground Pará trair o rollins e começar a rivalidade entre os dois. Parabéns pelo artigo José

    • José Sousa - há 5 meses

      Tenho dúvidas. Mantenho a minha ideia que temos o mesmo campeão e que ele defenderá no Summerslam contra o Triple H. Se deram o titulo ao Ambrose pushem o homem para main-event, acreditem que isso é importante com a Brand Split caso o contrario teremos um numero escasso de main-eventers.

  12. Ricardo - há 5 meses

    Até mesmo pelo fato do hhh ter perdido Pará o regins é o rollins ter vencido coisa quê o hhh não fez na wrestlemania

  13. Ricardo - há 5 meses

    Uma coisa eu tenho certeza o regins não sai com o título do battleground o quarto reinado não

  14. KILL OWENS KILL - há 5 meses

    Bom artigo.

    A evolução do Seth desde os tempos da The Shield é inacreditável, fico muito feliz por alguém tão talentoso estar recebendo o devido tratamento. Aliás, um detalhe, é o fato dele ter como Finisher o Pedigree, que está associado à uma figura muito importante da companhia, e creio eu que eles não lhe dariam esse move se não tivessem fé no rapaz.

    Eu preferia que ele tivesse voltado mesmo como um vilão e está do jeito que eu sempre quis ver, com ele deixando de ser aquele vilão covarde (pelo menos por enquanto) e sendo mais oportunista do que fujão. O Seth é uma das coisas mais acertadas da WWE atualmente, já ultrapassou o Ambrose como meu favorito do ex-grupo. Quero ver o que vai se seguir para ele no futuro por que o com a ascenção do Dean o Rollins vai ficar de lado depois dessa rivalidade pelo título. Por mim ele ficava na nova Brand e ganhava o WHC.

    Por fim, só queria dizer que desejo muito uma Rematch entre Rollins e Reigns, mas com o Roman Heel… O Seth é um dos meus favoritos atualmente, mas acho que nesse caso ia ser foda o Roman HEEL vencer.

    • Anónimo - há 5 meses

      Comparado com o Rollins, a evolução dos outros dois é ZERO.

    • José Sousa - há 5 meses

      Verdade seja dita o Ambrose nas promos não precisa de evoluir para começar. Depois é como já referi em anteriores comentários se virem nos últimos dois anos só tivemos a construção de um main-eventer por ano, ou seja o Ambrose está atrasado por culpa do Booking. Com a Brand split é importante criar novos nomes para o topo, e o Ambrose tem de ser um deles.

      Sobre o Rollins ele não vai ser o primeiro WHC ( no regresso do título). Tenho quase a certeza que o vencedor estará entre o AJ Styles e o Cena, mas algo me diz que será o AJ Styles.

  15. Boss - há 5 meses

    Ótimo artigo.

  16. 434 Days - há 5 meses

    Excelente artigo José.

    Realmente o nível de estrela que o Seth atingiu é incrível. Espero que no futuro alguém como KO chegue a este nível, pois juntamente com Rollins são os meus dois preferidos. A WWE tem nas mãos talentos para suportar o futuro e espero que aproveitem bem.

    • José Sousa - há 5 meses

      Não serão apenas os dois. Com duas Brands acho que Owens, ZAyn, Cesaro, Styles, Bálor e Nakamura são nomes que terão títulos de topo a passar pelas mãos mesmo que seja WHC:

  17. Ricardo - há 5 meses

    José acha quê a Luta entre styles e cena no summerslam desse ano seja pelo World heavyeth championschip

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador