Smoke and Mirrors #249 – It’s Back

Depois de um período de férias de duas semanas o Smoke and Mirrors volta ao activo, e durante esse tempo muita coisa mudou na WWE: surgiram novas saídas, lesões, títulos e campeões, e claro rivalidades. E todas essas mudanças afectaram a construção dos primeiros PPV´s por Brand que acontecerão em Setembro, e que marcam o inicio de uma nova dinâmica de PPV´s na WWE que terá o seu pontapé de saída amanhã no Backlash.

Este será o primeiro evento exclusivo da Smackdown neste “nova Brand Split”, e no qual serão coroados os primeiros campeões de equipas e femininos da Smackdown, em combates que poderão terão o seu ponto de interesse nos seus desfechos. Além disso este é um evento focado nos combates entre Aj Styles e Ambrose pelo título da WWE, e o confronto entre Wyatt e Orton.

Nesse sentido achei que ambos tiveram construções muito aquém do que seria possível, não que tenham sido mal construídos mas tivemos ausência de grandes confrontos que criassem hype para os mesmos. Claro que estamos a falar de rivalidades que deverão continuar para o próximo mês, mas face às poucas semanas que tivemos desde do Summerslam podiam ter feito confrontos mais marcantes para adoçar a boca dos fãs.

Este PPV terá por certo combates que serão acrescentados, e por certo que nomes como o Kane, Breezango, Apollo Crews e Baron Corbin terão algum tipo de participação nem que não seja no Pré-Show.

Assim o evento arrancará com o combate entre os Hype Bros e os Usos que decidirá quem irá defrontar o Heath Slater e o Rhyno pelos títulos de Tag Team da Smackdown na mesma noite. Este combate entre as equipas que perderam nas meias-finais terá lugar devido ao ataque dos Usos aos American Alpha, e no qual “lesionaram” Chad Gable afastando a equipa dos ringues para o próximo mês.

E este afastamento tem mais pontos positivos do que negativos pois permite que se crie uma dinâmica competitiva entre as restantes equipas da divisão, e isso é extremamente positivo pois permite que tenham adversários mais ao seu nível quando regressarem. Além disso criou uma rivalidade com potencial com os Usos heels, e caso os American Alpha vencessem já os títulos a sua superioridade faria com que a rivalidade seguinte estivesse desprovida de interesse.

Desse modo este combate será um bom teste ao verdadeiro potencial dos Hype Bros como equipa face a uma boa equipa, além do interesse de assistir ao primeiro combate dos Usos enquanto vilões. Quanto ao resultado final não tenho dúvidas que os Usos irão vencer o confronto e prosseguir para o combate pelo título.

S&M: Usos 60%; Hype Bros 40%

O combate que o precederá é o confronto entre os nativos de Clevland pelo título Intercontinental, e no qual o Miz tentará defender contra Dolph Ziggler que terá a sua segunda oportunidade para lutar por um titulo em dois PPV´s consecutivos. E tal como no Summerslam o Ziggler surge novamente de pára-quedas e isso acaba por afectar o modo como os fãs o vêem como ameaça ao campeão.

Em todo o caso este combate teve uma promoção aceitável, e gostei bastante do modo como colocaram o foco na credibilidade enquanto competidor e wrestler do Miz pois trouxe à tona o melhor que ele pode nos dar: excelente acting, wrestling competente e paixão nas promos. E verdade seja dita o Ziggler apesar de surgir aleatoriamente aqui, quando a colisão do campeão é com o General Manager, também esteve bastante eficaz nas suas intervenções.

Com isso em mente acredito que tenhamos neste combate a surpresa do evento, pois sempre que estes dois nomes combateram no passado proporcionaram bom combates e acredito que se repita a tendência no Backlash. E pela construção penso que a vitória recairá para o Miz de forma clara para consolidar enquanto campeão, e criar as condições para um heel turn do Ziggler nos próximos meses.

S&M Odds: Dolph Ziggler 40%; The Miz 60%

Numa noite onde teremos de certeza novos campeões, o primeiro combate que nos oferecerá um campeão inaugural é o combate de eliminação entre as seis mulheres do roster pelo título feminino da Smackdown. Esta decisão acaba por retirar a componente storyline do combate, sendo sobretudo uma decisão que dará oportunidade a todas a possibilidade de se mostrar em ringue.

E na minha opinião isso é importante para que os fãs comecem a olhar mais seriamente para nomes como Carmella, Alexa Bliss ou mesmo para a Naomi. Contudo não basta que elas impressionem no próximo Domingo, é igualmente fundamental que depois do Backlash a WWE inicie a rivalidades envolvendo as jovens do NXT para construir a sua personagem junto dos fãs do main-roster. E nesse sentido nomes como a Natalya e a Nikki Bella são importantes para que se trabalhe a credibilização destes novos nomes.

Assim espero que o combate me surpreenda em termos qualitativos, e alguns nomes do roster demonstrem que a Smackdown tem talento para apresentar uma divisão competitiva nos próximos meses. Quanto às possíveis vencedoras, apenas vejo a Becky Lynch ou a Nikki Bella a saírem com título nas mãos no final do combate, e embora gostasse que a irlandesa vencesse, a aposta segura é numa vitória da Nikki Bella com um pin na Carmella.

S&M Odds: Alexa Bliss 5%; Natalya 5%; Naomi 5%; Carmela 5%; Becky Lynch 30%; Nikki Bella 50%

A noite prossegue com o segundo combate por um novo título, e no qual Rhyno e Slater irão tentar conquistar os títulos de Tag Team da Smackdown face aos Usos, até porque não vejo a WWE a repetir o combate da meia-final no Domingo. Desse modo, tal como no primeiro combate de equipas da noite tenho bastante interesse para perceber as mudanças dos Usos dentro de um ringue enquanto vilões.

Além desse aspecto este será um momento onde a estrela principal será Heath Slater que tem atingido níveis de popularidade interessantes com a história de ser Free Agent, e verdade seja dita ele tem rentabilizado essa oportunidade da melhor forma. Toda a narrativa em torno do Slater tem sido das coisas mais interessantes da Smackdown nas últimas semanas, e mesmo sendo comédia acho que não custa nada admitir que ele é uma das figuras da Brand neste momento e gostaria que fosse compensado de algum modo.

Porém sinceramente não acredito que o seja já no Backlash, pois toda esta história entre os Usos e os American Alpha tem de ter continuação e é fundamental que prossiga com os títulos envolvidos na mesma. Desse modo a minha aposta é para uma vitória dos Usos através de alguma batota, o que deverá originar novo ataque do Rhyno no Slater possivelmente acompanhado por algo envolvendo “a família do Slater”. Isto porque acho mais fácil a WWE escolher o Slater para próximo campeão Intercontinental do que propriamente de campeão de Equipas da Smackdown.

S&M Odds: Slater& Rhyno 40%; The Usos 60%

Antes do main-event temos o primeiro combate a rivalidade entre Bray Wyatt e Randy Orton, que tem sido apresentado como um confronto entre duas pessoas “ perdidas” e isso torna-o imprevisível e difícil de antever. Isto porque estamos a falar de dois nomes que estão a precisar de vitórias e reabilitação, no caso do Wyatt para finalmente começar a atingir o seu potencial, e no caso do Orton para garantir que continua motivado.

Não que o Orton não seja capaz de perder uma rivalidade para jovens talentos porque é, mas a WWE não pode correr o risco de o desmotivar e para isso é fundamental que vá tendo algumas vitórias. Contudo esta parece-me ser uma rivalidade desenhada para que o Wyatt vença alguém importante de forma “decisiva”, e estou curioso para perceber como a rivalidade se vai desenrolar, e como funcionará a dinâmica predador/ presa que serão criadas após o Backlash.

Tendo em conta o meu interesse neste combate centra-se na história que o mesmo irá contar, pois irá ditar o tom para o resto da rivalidade. Quanto ao resultado final a minha aposta vai para a vitória do Bray Wyatt para provar ao Orton que é uma verdadeira ameaça, e não apenas alguém que apregoa destruição e falha sempre.

S&M Odds : Bray Wyatt 55%; Randy Orton 45%

No main-event temos o combate pelo título da WWE que oporá o campeão Dean Ambrose a AJ Styles, num confronto entre duas personalidades de wrestling completamente opostas. E esse confronto foi construído de forma muito minimal nas duas semanas de desenvolvimento da rivalidade.

Em suma toda a construção desta rivalidade focou-se na apresentação de um AJ Styles arrogante devido à sua vitória contra John Cena no Summerslam, chegando ao ponto de usar objectos do mesmo e o seu nick” Man Who Run the place”, o que poderá indiciar que a rivalidade ainda não teve o seu ponto final.

Já o campeão Ambrose tem mantido a mesma postura que sempre teve enquanto face, ou seja quando é preciso sério nas promos é, mas quando quer gozar com alguém fá-lo mesmo que passe uma imagem excessivamente infantil para alguns fãs que não é adequada a um campeão. No entanto eu não vejo grande objecção a esta atitude, todos nós sabemos que faz parte da personagem do Ambrose fazer o que lhe apetece, e era óbvio que isso seria mantido durante o seu reinado.

Desse modo, e sem retirar responsabilidades a um booking que por vezes é preguiçoso, também questiono se nós fãs não temos uma cota parte de culpa no sucesso de alguns faces. Estamos numa era onde muitos fãs simpatizam mais facilmente com vilões( Styles, Rollins, Miz, mas esquecemos que para os seus reinados funcionarem é necessário que existam faces que colidam com eles. O que quero dizer que são precisos nomes face para que um campeão heel funcione, porque caso esse trabalho não seja feito daqui a dois meses estamos a ler comentários que o Styles está aborrecido como campeão por ausência de rivais. E embora a credibilização seja competência dos argumentistas acho que esta “moda de apoio aos heels” devia ter um travão, por mais que cada fã tenha o direito a ter os seus favoritos.

Tendo em conta esse argumento o que espero para este combate é um choque entre um Styles desejoso e com todo o ímpeto para se tornar campeão, e um Ambrose que tentará provocar o seu oponente. E creio que essa provocação fará com Styles perca o controlo e force uma desqualificação, o que o protegerá e garantirá novo confronto para o No Mercy. Com isto a WWE conseguiria criar uma história em torna do próximo combate sem que Styles perca o momentum que ganhou, e que fará com que seja o próximo campeão da WWE.

S&M Odds: AJ Styles 45%; Dean Ambrose 55%

Despeço-me desejando um bom fim-de-semana e um bom PPV a todos vós. Para a semana o Smoke and Mirrors voltará a marcar presença no Wrestling.PT para analisar os temas quentes do Wrestling actual.

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

21 Comentários

  1. Foto de perfil de Facebook

    flavien69 - há 3 meses

    nao percebs mesmo nada disto . o randy orron tem mais probabilidades de vencer. as casas de apostas dizem que sim e depois do que aconteceu a wwe vai dar a vitoria ao randy orton.

    • ZigglerPunk - há 3 meses

      Rapaz, controla aí o pinto. E que tal respeitares as opiniões dos outros?

      • Foto de perfil de Facebook

        flavien69 - há 3 meses

        alguem falou para a senhora

      • José Sousa - há 3 meses

        É pena que não saibas mesmo debater em comunidade.

      • Foto de perfil de Facebook

        flavien69 - há 3 meses

        nao sei? eu sou realista. digo o que me vem a cabeça. digo a verdade

      • José Sousa - há 3 meses

        Se para ti ser realista é mandar bocas então não és.

      • Foto de perfil de Facebook

        flavien69 - há 3 meses

        nao mandei nenhuma boca

    • José Sousa - há 3 meses

      Exacto. Não concordas dizes o motivo que não achas, acho que ninguém sai a ganhar com ofensas.

      • Foto de perfil de Facebook

        flavien69 - há 3 meses

        ofendi alguem? disse uma verdade . randy orton tem mais probabilidades de vencer . vai ver a casa das apostas e nao e preciso ser muito inteligente para saber que a wwe nao vai dar duas derrotas seguidas em ppv ai randy orton

      • José Sousa - há 3 meses

        As casas de apostas não acertam sempre. No Summerslam as casas diziam que a Sasha vencia e não tiveste nada disso. Porque não pode perder? Esta feud é para valorizar o Wyatt e não o Orton,.

      • Foto de perfil de Facebook

        flavien69 - há 3 meses

        mas e para manter o randy orton motivado .

      • Foto de perfil de Facebook

        flavien69 - há 3 meses

        mas estamos a falar de probabilidades de vitoria nao de quem achas que vai ganhar ou nao

      • José Sousa - há 3 meses

        Antever um evento é quem eu acho que vai vencer analisando o que me contaram.

  2. NXT Fan - há 3 meses

    Também estarei na torcida para Becky Lynch vencer o título, ela é a superstar feminina mais querida do público, é unanimidade que todos querem que ela vença entre os fãs de wrestling no universo WWE (não contando com as fãs adolescentes fanáticas das Bellas nas redes sociais). Porém também acho que esse título deverá ir para Nikki Bella, apesar de achar bem injusto, mas entendo se ela for a escolhida.

    Caso Becky Lynch vença o título prevejo que para dar credibilidade as meninas que vieram no NXT recentemente que Alexa Bliss entraria na feud principal pelo título de Becky Lynch que aconteceria até o próximo ppv onde elas lutaria pelo título ou até mesmo nos próximos ppvs depois desse (e antes teria alguns combates com uma boa duração para mostrar do que Alexa é capaz, combates com Natalya para o No. 1 contender pelo título de Becky com Alexa como vencedora obviamente). Carmella continuaria sua feud com Nikki Bella, e com a volta de Eva Marie ela entraria na storyline como uma espécie de “aliada” de Carmella visto que ambas serão heels, e Naomi ajudaria Niki Bella, já que ambas são faces.

    Obs: Ótimo artigo!

    • José Sousa - há 3 meses

      Até seria uma boa solução. Eu gosto bastante da Alexa Bliss, e acho que ela tem bastante potencial e poderá melhorar ainda mais. Esse cenário seria muito positivo para ela, mas infelizmente também acho que vence a Nikki Bella.

  3. Sinceramente preferia a vitória do Slater. Tem tido bastante atenção mas não a melhor pois não tem sido tratado com a seriedade que deveria, pois o Slater é um bom wrestler e bastante versátil. Também não vejo como podem continuar muito mais tempo com a história do “free agent” e a feud dos Usos com os American Alpha nem precisam do titulo.
    Gosto do Ambrose como campeão, gosto de ver algo diferente, longe do habitual heel batoteiro e cobarde contra o face sério, que respeita as regras, que nunca desiste e nunca recusa desafios. O campeão não tem de ser sério, não tem de se comportar de determinada forma, é preciso também alterar a fórmula habitual.
    Quanto às senhoras, a WWE tem um estranho fetiche com as Bellas, por isso penso que irá vencer, infelizmente, pois mais uma vez a melhor wrestler feminina na WWE (Becky Lynch) verá mais uma vez o reinado de campeã adiado.

    • José Sousa - há 3 meses

      Ora nem mais. Os campeões não tem de ter todos o mesmo formato. Além que esta saturação do Ambrose de alguns deve-se a quererem que ele seja um Stone Cold, e como a personagem é ligeiramente diferente do que idealizam já não apreciam. Eu mantenho que mesmo para o reinado do Styles resultar precisa de nomes sérios e faces como contenders( não pode ser so Ambrose, Orton e Cena).

  4. Awesome One - há 3 meses

    Concordo totalmente a wwe teima em ser preguiçosa na chamada “época baixa” e força de tal maneira este booking fraquinho que parece mesmo que nos quer passar a ideia que a road to wrestlemania é que é boa e o resto pouco importa. Nada contra essa parte do ano ser a mais popular por tradiçao e assim deve manter-se mais isso no meu entender nao significa que se deva banalizar de tal maneira o primeiro PPV com divisao de brands muito sinceramente e tendo em conta o que foram os ultimos PPVs com este nome nao posso deixar de criticar nao só a construçao mas acima de tudo o star power presente e ai so existe uma culpada de seu nome wwe.

    Concordo totalmente com a analise da divisao de tag team e acredito que vai passar-se exatamente aquilo que referes embora preferisse la no fundo ver slather ganhar alguma coisa mas sem duvidas que a dinamica neste momento deve ser usos heels como campeões contra os american alpha pois sao de longe as duas equipas mais crediveis do roster e aquelas que mais podem valorizar os cinturões nos proximos tempos.

    Em relação a The Miz e Ziggler subscrevo totalmente e ainda reforço com a ideia de que o The Miz nao so devia vencer como o devia fazer sem ajuda da Maryse e de forma de tal forma dominante que tirasse o ziggler da programação por uns meses para depois voltar heel e começar a sua recuperação. The Miz está com tudo neste momento e a wwe tem aqui uma enorme oportunidade de o tornar relevante de novo e para mim nao existe melhor heel que ele nem no smackdown nem no raw.

    Nas mulheres concordo que apenas Becky e Nikki tem alguma hipotese de vencer embora no meu entender apenas a esposa do cena faça sentido como campea neste momento pelo seu legado pelo que conquistou e pelo seu estatuto pois a titulo feminino do smackdown deve estar à altura do do raw e com Becky jamais estaria pois se olhar-mos para as ultimas campeãs do raw vemos charlotte e sasha nomes com muito mais sucesso que Becky na wwe. Com Nikki o titulo pode perfeitamente ombrear e isso faz toda a diferença fora o fato de credibilizar muito mais Becky quando posteriormente derrotar Nikki.

    Em relação a Orton e Wyatt eu sinceramente nao vejo um favorito. A WWE tanto pode querer prolongar a rivalidade como pode querer dar uma vitoria decisiva ao Wyatt como pode querer que o Orton vença só por ser o Orton para depois nao fazerem nada com ele. Eu acho este combate muito imprevisivel e nao consigo apontar um vencedor. Sendo o primeiro combate da rivalidade muito menos.

    Em relação a Ambrose e Styles eu acho que o ex shield ainda vai vencer neste evento mas que no proximo deverá perder para o aj que tem sido sem sombra de duvidas a cara do smackdown e merece essa conquista nao so pelo wrestling que tem demonstrado como pela forma brilhante que tem atuado na sua personagem. Ambrose está estagnado, precisa de ser mais sério nao deixando de ser Ambrose e precisa de algo novo e diferente mais refrescante a meu ver e até mesmo nas performances em ringue está muito aborrecido. Façam algo com o homem do genero combates mais hardcore que ele é genial nisso e voltem a apresentar o ambrose que rivalizou de forma brilhante com o seth rollins.

  5. Concordo com o que você falou sobre a “moda do apoio aos heels”, porém, você se contradiz no próprio artigo. Veja lá: Gostou do heel turn dos Usos e quer que eles sejam campeões, quer que Rhyno tenha um turn para cima do Slater, quer que Miz vença, que Ziggler vire heel, que Wyatt vença… Toda essa “moda” começa nos próprios textos de sites como o Wrestling PT, que apenas enaltecem todos os feitos dos heels e trata os faces como “borings”, “ultrapassados” e “precisando de um heel turn para ter uma lufada de ar fresco”

    • Para ilustrar ainda mais meu ponto: Sami Zayn, Neville e Cesaro, por exemplo, são fantásticos, porém, perdem combate atrás de combate e ninguém liga. Se o queridinho Kevin Owens perder duas seguidas, a IWC se revolta na hora. Vamos ver agora o que acontecerá com o grande amado dos smarks, Seth Rollins, que enquanto é heel, todos amam (mesmo já tendo lesionado quatro in ring). Com o face turn, vamos ver quanto tempo até que ele se torne “demasiado repetitivo”, “boring” e “aborrecido”, assim como ocorreu com Ambrose e, mais recentemente, com New Day.

  6. Jonathan - há 3 meses

    Eu quero que a Natalya ou a Naomi vençam mas provavelmente vai ser nikki ou Becky

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador