Smoke and Mirrors #90 – Bring Down The Machine

A magia do wrestling consiste na capacidade de um intérprete nos transmitir emoções de forma convincente e expressando-se da forma mais natural possível, tudo para que a personagem pareça real e credível. Sendo que muitos passam uma carreira inteira á procura da gimmick que melhor lhe assenta e simultaneamente o catapulte para o estrelato, mas nem todos conseguem atingir esse patamar e acabam por ter uma carreira mediana, sem nunca atingir o topo de carreira nem a perfeição.

Tal como referi, nem todos podem atingir a perfeição aliás poucos são os casos no pró-wrestling que conseguem atingir esse patamar. Devo mesmo dizer que apenas um grupo de iluminados é que são excelentes em todos os aspectos relevantes do wrestling, e mesmo na performance de mic skills e acting nem todos conseguem atingir a excelência. Alguns não o conseguem porque não tem a personagem para tal, outros apenas porque as suas habilidades de representação não o permitem.

Mas o caso que irá abordarei esta semana é daqueles casos complicados porque passou do 0 a 100 em menos de dois anos, porém essa evolução não foi visível aos olhos do grande público, e por isso os primeiros passos dele no roster principal serão importantes para definir o impacto futuro da sua personagem no interior da WWE.

Isto porque o jovem Wyatt não tem nada de semelhante com o Husky Harris que foi rookie de Cody Rhodes no NXT2 e que posteriormente fez parte dos New Nexus, liderados por CM Punk.  Aliás nessa altura a performance dele no ringue foi muito reduzida e nem permitiu fazer uma avaliação correcta do potencial dele, até porque a sua gimmick era de um filho de uma lenda e não permitia uma afirmação de Husky enquanto membro do roster principal da WWE.

Por isso mesmo a WWE enviou de volta á FCW (posteriormente transformada em NXT) para que trabalhasse melhor o seu talento, e desenvolvesse uma personagem que o tornasse forte, significante e com impacto quando regressasse ao roster principal. E foi isso que ele fez juntamente com Dustin Rhodes, e dessa forma criaram a personagem de Bray Wyatt, um líder de um culto religioso que luta por um mundo diferente do que vivemos e onde os seus princípios morais estão acima de qualquer suspeita, uma vez que são o caminho correcto para a sociedade.

Esta gimmick é inicialmente desenvolvida a solo, mas após uma lesão em Julho de 2012 que o afastou durante alguns meses, ele anuncia que iria regressar acompanhado com a sua família. E em Novembro regressa acompanhado do seu primeiro “irmão” ou “filho” Luke Harper, ao qual se seguiu o segundo elemento de Erick Rowen formando assim a sua Wyatt Family.

Uma “família” que lidera e que procura trazer mais membros que aceitem liderados por Wyatt, cedendo aos seus valores e agindo em prol dos objectivos definidos pelo líder. Sendo que a defesa desses objectivos e ambições são a prioridade dos membros da família, reduzindo o seus egos ao minímo e colocando-os ao serviço e defesa dele. E são estes aspectos que podem parecer pormenores que tornam a gimmick desta família única e especial.

Aliás o que torna diferente esta gimmick são os pequenos detalhes e a forma como eles são apresentados, até porque a complexidade desses detalhes é tal que torna Bray Wyatt e o “seus” um caso diferente nesta era actual. Uma vez que apresentam uma gimmick estranhamente complexa e com diferentes camadas a ser descobertas, que são raras nestes tempos da WWE onde o público pretende respostas rápidas. E esta personagem requerer paciência e compreensão para ser entendida na sua plenitude, uma vez que é tudo menos simples.

E isso foi visível durante os meses em que tornaram dominantes no NXT, tornando-se (Rowan e Harper) nos primeiros campeões de Tag Team do NXT mas sempre coadjuvados e liderados por Wyatt. Que durante esse período no NXT aperfeiçoou de forma brilhante os pormenores da gimmick que referi, e onde se tornou com o tempo num dos melhores heels dos programas e um dos talentos com maior potencial de sucesso no roster principal.

Sendo que todo esse potencial e mistério foi revelado aos poucos durante as vignettes que antecederam a estreia deles na Raw. Nessas vídeos Wyatt surgia sempre como o líder da stable, tal como no NXT, revelando todo o seu potencial e evolução enquanto wrestler no que diz respeito às promos. E assim desde de 27 de Maio deste ano a 8 de Julho a WWE promoveu a estreia deles de forma notável, deixando os fãs entusiasmados para a sua estreia (tanto os que conheciam, como os que não os conheciam).

O coroar dessa construção foram os fantásticos vídeos com reportagem nas backwoods sede da “família”, e, onde todo o carisma e misticismo que envolvem esta stable estiveram representados de forma absolutamente extraordinária. Culminando esses vídeos na estreia da stable em que atacaram Kane, mas onde o principal destaque esteve na entrance que é das mais originais dos últimos anos e com uma das melhores Theme songs da WWE actual.

Claro que muitos criticaram a estreia porque não dominavam bem o conceito da gimmick, ou porque esperavam outros Shield, mas a verdade é que os Wyatt são completamente diferentes dos Shield quer em talento como na organização do talento e liderança. Depois nem todos podem estrear-se atacando o Cena, e muito embora Kane não tenha muitos reinados como campeão principal na WWE a verdade é que ele é uma lenda e por isso nunca será uma má escolha para primeira feud de um jovem talento na WWE.

Outra das situações complexas da estreia foram os cânticos de Husky Harris a Bray Wyatt, que não acredito que infleunciem nem o futuro, nem o sucesso da gimmick uma vez que que a personagem por si acabará por se afirmar. E isso acontecerá porque mesmo quem não conhece ou domina o conceito da gimmick acabará por compreender e verificar as diferenças estre o antigo Husky e o actual Bray.

Aliás até percebo esses cânticos porque o NXT não é transmitido em TV Americana, por essa razão é muito fácil para os fãs que não acompanham esse show que o identifiquem com a anterior personagem, até porque ela tinha um nome fácil de ser entoado. Mas tal como disse, isso não será prejurativo e com o tempo a qualidade de Wyatt e da personagem acabará por diluir essas situações.

Mas, como nem todos conhecem bem o conceito desta stable nem os seus membros, esta semana o Smoke and Mirrors versará sobre os Wyatt Family, fazendo uma apresentação da sua gimmick. Tendo sempre como objectivo será identificar e analisar quem são os membros da família de Wyatt? E qual poderão ser os passos que o futuro próxima augura para esta nova stable do roster principal da WWE.

Comecemos por Erick Rowan, que basicamente é a força bruta da stable, papel que Eli Cottonwood fez ao lado de Wyatt no início da gimmick (antes da fundação da “família”). Com 31 anos, Rowan está na WWE desde 2011 onde começou por fazer Tag com James Bronson, mas essa equipa apesar de algumas vitórias nunca demonstrou muito talento no ringue. Por isso, Rowan foi separado da sua equipa ficando a solo na FCW mas sem sucesso algum, sendo colocado na Wyatt Family como forma de o desenvolver como wrestler.

Enquanto membro da stable é claramente aquele que menos talento, e mesmo que o aspecto físico seja assustador e encaixe no perfil da gimmick, a verdade é que até agora a sua performance no ringue é tudo menos positiva. E não é positiva porque apesar da intensidade física que apresenta, consegue ser impressionante que falhe quase todos os seus murros. Claro que isso é algo que poderá ser ultrapassado e melhorado nos próximos tempos em que vai estar no plantel principal, mas não me acredito que ele nos surpreenda tanto como powerhouse quanto Roman Reigns conseguiu nos Shield.

Essa missão torna-se ainda mais difícil dado á idade de Rowan(31 anos), ou seja enquanto wrestler powerhouse já deveria estar no estado de evolução muito superior. E por isso o papel dele na WWE deverá passar por ser a força bruta e enforcer da stable, podendo vir a ser Tag Champion devido ao impacto que a “família”  terá na WWE nos próximos meses. No entanto, o homem da mascara de “Cordeiro” dos Wyatt Family não deverá ter muito futuro na WWE no pós-stable, sendo somente útil enquanto Bray Wyatt necessitar da stable para ter impacto no roster.

Já o “primeiro filho” de Wyatt, Brodie Lee ou Luke Harper( como é chamado agora na WWE) é um powerhouse cheio de talento, podendo mesmo vir a ser uma das grandes surpresas desta stable. E digo isto porque ele é um wrestler muito experiente e com várias passagens em algumas das melhores companhias Indys, não que essas passagens sejam garantias de talento ou de capacidade de adaptação ao estilo do produto da WWE. Até porque existem vários wrestlers que são excelentes e de topo nas indys, mas que não tem perfil para a WWE porque não conseguem aliar performance in-ring com boas promos e capacidade de “representar” e comunicar com uma gimmick.

No entanto Harper é daqueles casos que eu considero que o seu estilo se adapta claramente á WWE, aliás tanto a sua performance no ringue como perfil físico se adpta ao perfil que normalmente é valorizado na companhia. Harper concilia todas essas qualidades com uma boa capacidade técnica para powerhouse, intensidade, e boas qualidades de acting e de promos. Sendo que essas qualidades são visíveis na sua performance na “família” mas também já eram visíveis nas suas passagens pela Chikara, ROH, Evolve e Dragon Gate.

Na Chikara destaco a fantástica feud contra Claudio Castagnoli, onde o ponto alto é o Steel Cage entre eles, mas também de destacar a sua aliança com Eddie Kingston e Grizzly Redwood onde formaram os Roughnecks. Com essa stable tem uma feud com excelente combates contra a Team Uppercut(Danielson, Castagnoli e David Taylor), mas também contra Sami Callahan e a Stable da Colony(grupo de wrestler mascarados de formigas). E em todas essas feuds e vários combates demonstra uma qualidade técnica e intensidade fantástica, assim como uma capacidade de efectuar promos eficazes atípicas para a maioria dos wrestlers das indys.

As passagens pela Evolver, ROH, e Dragon Gate USA são muito curtas, mas ficam marcadas por excelentes combates contra Austin Aries e Jimmy Jacobs na Ring of Honor, e por combates contra Jon Moxley e Sami Callahan na Evolve. Em todos estes casos, Harper demonstrou as qualidades que referi, e que aprimorou durante o período em que esteve somente em companhias independentes.

E essa evolução e demonstração de talento físico e técnico chamaram á atenção da WWE, que no ano passado oferece-lhe um contrato de desenvolvimento sendo imediatamente colocado na stable de Wyatt. E mesmo que tenha um papel secundário dentro da stable, a verdade é que todas as qualidades que ele possui vêm á tona mal entra no stage, dado que é impossível não reparar nas qualidades de Harper.

É impossível não detectar a extraordinária capacidade de acting dele, o talento dentro do ringue, e sobretudo a capacidade o talento dentro do ringue ao de contar uma história dentro e fora dele. Ou seja, Harper é um wrestler com uma capacidade de storytelling acima da média, e esse facto será um aliado na sua carreira na WWE e no desempenho da sua personagem na stable. Aliás quem é que não reparou nos “Yeah´s” do Harper durante o combate, e que ajudam a dar intensidade e contar uma história dentro do próprio combate.

Aliás não fosse Harper um wrestler com 33 anos, e poderia perfeitamente sonhar com voos mais altos dentro da WWE, já que o seu talento tem todo o potencial para atingir o topo. Mas como nem todos podem atingir esse patamar, e como ele já não vem para a WWE novo não consigo vê-lo como futuro main-event(não que não tenha talento para tal), porém o seu futuro como wrestler poderá passar por título de midcard. O que perante a qualidade actual dessa divisão, e uma maior atenção do booking as esses títulos poderá já significar uma passagem com sucesso pela empresa por parte de Harper.

Aliás a grande certeza que a stable pode ter é que com Harper no ringue o potencial de qualidade de um combate aumenta, porque o seu talento dentro dele é imenso, e permite que ele e o seu adversário sejam valorizado. E a sua Big Boot, Discus Clothesline, e a sua Powerbomb são armas que jogam claramente a favor da equipa em que esteja incluído, e por certo que acabará por usar esses trunfos a favor da “Familia” de Bray Wyatt.

Por fim, falemos do líder da stable Bray Wyatt cuja a evolução face á sua anterior gimmick é brutal, e efectuar paralelismos entre a personagem dos New Nexus e o líder desta nova força é errado, uma vez que as diferenças são gigantes, tal como referi no início do artigo. Assim os adjectivos que melhor descrevem Bray Wyatt e a sua nova gimmick são: intensidade, misticismo, mistério, e storytelling. Sendo que esses adjectivos são colocados em prática de forma notável, e são notados não só nos aspectos mais visíveis mas igualmente também em pequenos detalhes. Esses detalhes que em outra gimmick poderiam ser indiferentes, numa gimmick como a de Bray Wyatt assumem uma importância central.

Assim pequenos detalhes como a cadeira em que Bray Wyatt se senta para assistir aos ataques e combates dos seus seguidores, a sua dança antes de aplicar o Sister Abigail, e mesmo a entrada e a música, podem parecer pormenores mas são aspectos que fazem parte do corpo da personagem. Aliás são tão importantes quanto a sua performance no ringue e as suas promos, até porque complementam esses aspectos que são igualmente importantes na performance de Bray Wyatt.

Além destes detalhes, Wyatt junta outras habilidades como a capacidade de storytelling de Wyatt, que é brutal dentro e fora do ringue, sendo que o mais impressionante é como incorpora todas essas evoluções técnicas dentro do ringue e das promos em prol da sua personagem, incorporando todos os pequenos pormenores na sua perfomance. Permitindo que todos esses aspectos sejam absorvidos pela personalidade da personagem, o que faz com que ele conquiste cada vez mais força e segurança no seu desempenho.

E são esses detalhes que fazem com que Wyatt desempenhe a sua personagem de forma fluida e natural, e isso faz com que ele tenha já neste momento a sua gimmick ideal, o que só poderá ajudá-lo no seu futuro na WWE. Futuro que poderá perfeitamente passar pelo main-event dentro do prazo máximo de um ano ou ano meio, caso o booking da sua personagem seja feita de forma inteligente. Aliás, a prova da evolução de Wyatt está patente no combate e nas interacções verbais que teve no NXT com Chris Jericho, e que comprovam que ele está preparado para atingir o potencial que todos os veteranos da WWE perspectivam para o seu futuro.

Digo isto de forma racional (e não só como fã da gimmick), porque a verdade é que esta gimmick diz main-event e a forma como ele desempenha a sua personagem permitem visualizar esse futuro brilhante para esta gimmick. Até porque a evolução dele no ringue e nas promos são gigantes, e arrisco-me a dizer que não existem muitos wrestlers no roster com a capacidade de promos que Wyatt, E mesmo ao nível do talento dentro do ring poderá até nem ser o wrestler mais talentoso do roster, nem mesmo da stable, onde Harper é provavelmente melhor que ele tecnicamente.

Porém a capacidade que possui de contar uma história no ringue e numa promo fazem com que tenha um potencial que nenhum dos outros membros da stable tem, que é a possibilidade de atingir o main-event. E o tempo joga a favor dessa possibilidade porque sendo novo, Wyatt tem ainda alguns anos para se consolidar como main-event com esta gimmick.

No entanto e numa personagem que tal como referi anteriormente é composta de pequenos pormenores que são apresentados de forma genial, a possibilidade de se consolidar como main-eventer num curto espaço de tempo são muito altas. Aliás, numa personagem como esta os detalhes que apresentei como característicos da personagem são fundamentais, e dessa forma aquilo que poderiam ser minudências são aspectos-chave da personagem, sendo incorporados como parte da própria personagem.

E são esses pormenores que tem que ser apresentados durante esta primeira feud com Kane, até porque o sucesso da Stable e de Wyatt na WWE depende da forma como será construída e valorizado nesta rivalidade. Aliás, devo dizer que é deveras importante que Wyatt saia desta rivalidade como vencedor e isso terá que começar logo no Summerslam. Claro que poderá sair por cima da rivalidade no PPV de forma menos ortodoxa, até porque acredito que a feud não ficará somente pelo Summerslam até porque o ideal para Wyatt é que tenha uma feud com um veterano relevante nesta primeira fase, e Kane garante essa mesma possibilidade.

Quanto ao futuro do Eater of Worlds e da sua “família” ainda é uma incógnita quem poderá ser a próxima rivalidade, mas ela deveria manter o nível de impacto no roster que é obtida com Kane. No que diz respeito a títulos, estou convencido os dois seguidores acabarão por ter os títulos de Tag Team, e o seu líder terá feuds com impacto fazendo um percurso quase como o que Sandow fez este ano. Ou seja, até poderá nem ter títulos de midcard mas ficará á vista de todos que acabará por ser main-eventer, e no pós-Wrestlemania Wyatt poderá ter um push pelos títulos mundiais tendo ou não uma das malas de Money in the Bank.

Mas ainda é cedo para avaliar esse tipo de situações, e por certo que voltaremos a falar e muito sobre os Wyatt em próximas edições do Smoke and Mirrors, e dentro de duas semanas voltarei a esta temática quando analisar e antever o combate entre ele e Kane no Summerslam. Assim, dou por concluída a edição desta semana do Smoke and Mirrors, prometendo voltar para a próxima semana com a análise de mais um tema da actualidade do pro wrestling, Despeço-me desejando um óptimo fim-de-semana, e que tenham uma semana cheia de wrestling aqui no Wrestling.Pt.

Momentos da Semana

Escolha de Christian como contender pelo título Mundial:

Combate AJ Styles vs Austin Aries

Perguntas da Semana

Qual as tuas primeiras impressões sobre os Wyatt Family e cada um dos seus membros?

Que futuro prevês para eles como equipa e individualmente?

Concordas com os momentos da semana ou escolhias outros?

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

68 Comentários

  1. Miguel Silva - há 3 anos

    José, excelente artigo!
    Nem sei o que posso acrescentar, mas como tu, também vejo o Bray com um título mundial um dia destes e gostava que isso acontecesse (título mundial ou de midcard) enquanto o Luke e o Rowan tiverem os títulos de equipas, embora eu tenha a noção que é mais provável a stable só ter os títulos de tag team e o Bray ter outras feuds.
    O Erick Rowan é, claramente, o menos talentoso dos 3, mas como dizes, acho que ele pode melhorar e tornar-se um powerhouse credível (não digo ao nível do Roman Reigns, mas credível).
    Quanto ao Harper, eu gosto do tipo e vejo que tem talento e tenho curiosidade sobre o que se vai seguir para ele depois da stable acabar, pois seria uma pena ele ficar perdido. Sou capaz de o ver como um midcarder com algumas aparições no main-event.
    Sobre o Bray, o que há para dizer? O homem respira talento e é o pacote completo. A WWE não o vai desperdiçar e ele vai atingir o topo muito em breve, ou pelo menos, assim o espero!

    • José Sousa - há 3 anos

      Eu acho que essa conquista ainda vai demorar algum tempo como eu disse, eu acho-o fantástico como wrestler. Tem o pacote completo,eu acho o Harper melhor que ele no ringue mas a verdade é que o Wyatt vai fazer uma carreira muito superior.

      O Harper para mim não vai dar mais que títulos de midcard devido á idade dele que já não permite sonhar com altos voos para a sua carreira. Já o Rowan é uma lástima até agora, mas gostava que ele evoluísse nos próximos tempos.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        O Wyatt, claramente, é o que terá melhor futuro dos 3, e mesmo o Harper a ser melhor que ele in ring, não nos podemos esquecer que o Harper tem 30 e tal anos, enquanto que o Bray tem 26 anos, por isso ainda é muito novo e tem muito espaço para evoluir e para se tornar um dos melhores da WWE.

        Eu por acaso tenho esperança que se o desempenho do Harper continuar a ser excelente, lhe dêem uma oportunidade com um título mundial, nem que seja só com um reinado.

        Nem sei o que dizer do Rowan, está a ser uma desilusão até agora, bem que podia pedir uma ajudinha aos seus “irmãos”…não perdia nada!

      • José Sousa - há 3 anos

        Eu do que conheço do Harper ele pode mostrar ainda mais se lhe derem mais tempo no ringue para o mostrar o moveset. Eu adoro as powerbombs dele fogo que brutais.

        Sim o Wyatt é como o Jericho diz vai ser parte da Big League da WWE dentro de alguns ano sem margem para qualquer dúvida.

        Ai não perdia não… mas o futuro dele na WWE vai ser jobbar ou ser despedido.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Nem são só as “powerbombs”, os “big boots” também são genias!
        http://www.wwe.com/f/styles/photo_large/public/photo/image/2013/07/RAW_1053_Photo_172.jpg

      • José Sousa - há 3 anos

        São as duas. Ele é awesome não sendo daqueles wrestlers que os fãs da net gostam normalmente, mesmo vindo das Indys.

      • Dolph Ziggler - há 3 anos

        Bela imagem, Miguel. É preciso grande agilidade para aplicar um big boot a hum homem com mais de 2 metros.

      • José Sousa - há 3 anos

        Mesmo o que só prova o talento do Harper mas eu vou esperar pelo momento em que lhe vão dar tempo de ringue para que opinem mais sobre ele.

  2. DX Rules - há 3 anos

    Simplesmente sem palavas. Disseste absolutamente tudo

    Esperemos que o Christian venha a ter um reinado de jeito antes de caminhar para a reforma.

  3. Rubinho16@ - há 3 anos

    Excelente artigo!

    Após terem sido feitos vários artigos sobre este “fenómeno surrial”, ninguém se tinha ainda atrevido a aprofundar tanto o tema, mas acho que o conseguiste de uma maneira quase perfeita!

    Destaque para alguns erros ortográficos, mas que em nada alteraram a qualidade do artigo!

    Não considero o Harper apenas melhor que o Bray tecnicamente, considero-o dos melhores da atualidade!

    O mic work do Bray só fica atrás de nomes como Cena, Punk e Heyman a meu ver, e penso que ainda pode evoluir mais!

    O Rowan é um pequeno desastre, mas que ainda tem salvação (ou não xD).
    Tem um move-set pouco desenvolvido pois, pralém dos murros e das cabeçadas que tem dificuldade em acertar, apenas o vi usar o Suplex, aquele Splash e penso que já o vi a usar um Chockslam ….

    A stable promete e muito, e o Bray tem main-event escrito na testa, que penso que pode atingir num prazo de um ano!

    É certo que tudo vai depender desta feud com o Kane e eu acho que o melhor era mesmo o que o Dolph Ziggler mencionou nos comentários: converter o Kane num Wyatt, ou seja, fazia-se três em um, recuperava-se o mostro heel de tempos, elevava-se a stable ainda mais e a feud tinha um impacto suficiente para se tornar épica !

    Excelente artigo!

    • José Sousa - há 3 anos

      Muito obrigado, e se cometi erros peço desculpa(mas acredito que não tenham sido graves, ou que tenham afectado o conteúdo do artigo).

      Eu também concordo mas sabes que parecia mark demais dizer isso, o Harper no ringue é fantástico, vejam os combates dele nas indys e depois falem sobre o talento dele. Pode parecer um lenhador mas é um lenhador com estilo.

      Claro que pode evoluir porque o Wyatt ainda é novo, mas já está quase ao nível dos melhores da WWE. Depois no ringue acho que ele melhorou muito desde do tempo do Husky Harris.

      Sim eu acho que ele pode fazer um percurso como o Sandow, o primeiro ano longe do main-event ou pelo menos dos títulos principais para depois disparar rumo a esses objectivos. Eu gostava dessa ideia mas o pior é imaginar o Kane a ser liderado pelo Wyatt numa stable. Mas na antevisão do Summerslam voltamos a falar dos cenários desse combate.

  4. "The Game" - há 3 anos

    Excelente artigo.

    Quem diria que o Husky Harris iria ter uma gimmick magnifica, com mic skills espectaculares em que só o Punk,Cena e Heyman o superam e de realçar que ele tem um finisher bastante interessante e credível.

    Em relação ao Rowan, realmente ele é o típico patinho feio do grupo xD, o que o safa é mesmo estar nesta stable e também não vejo futuro nele depois desta stable.

    O Luke Harper é magnifico, as expressões faciais dele tornam aquilo bastante “creepy” e ele executa o Big Boots na perfeição.

    Esta feud com o Kane provavelmente vai resultar na aliança do Kane aos Wyatt e como o Rubinho16@ disse, assim recupera-se o Excelente monstro heel que o Kane era.

    • José Sousa - há 3 anos

      Mesmo aliás a minha primeira reacçao quando vi a gimmick no NXT foi : Eu estou a ver mesmo isto? Porque até eu não acredita neste potencial todo no Wyatt. Mas agora nem duvido disso nem um minuto. O Sister Abigail é um bom finisher(eu gosto é da dancinha que ele faz antes).

      Nem tu nem ninguém o homem não acerta nem uma, ou vá la acerta para ai 3 ou 4 em 50 moves.

      O Harper quem o conhece das indys sabe o que o homem vale no ringue ele é fantástico no ringue. Não daqueles wrestlers que os smarks da net gostam porque é powerhouse mas ele é muito bom tecnicamente e conta bem uma historia no ringue. Ah aconselho a veres os Powerbombs dele, são tão bons ou melhores que as Big Boot.

      Eu não acho essa aliança impossível mas a questão passa mais se o Kane quer ter um papel secundario numa stable. Uma coisa é valorizar um jovem outra é ser comandado por ele.

    • Miguel Silva - há 3 anos

      Se o Kane vier a fazer parte da stable, será para elevá-los e será um pouco estranho vê-lo a cumprir ordens vindas do Bray. Mas se isso vier a acontecer, não acredito que o Kane faça um heel tur, acho que será uma situação parecida com a do Cena nos Nexus, só espero que se assim for, o booking seja muito melhor.

      • José Sousa - há 3 anos

        Sim concordo contigo, é difícil imaginar o Kane monstro e a receber ordens do Wyatt. Eu acho mais provável ele no Night of Champions perder outro combate com eles e ser obrigado a converter-se, e culminar num combate contra ele no Survivor Series ou quem sabe Wrestlemania.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Muita coisa vai acontecer nesta história, a WWE não ia escolher o Kane para primeira feud dos Wyatt para isto ser uma rivalidadezita, muita água vai correr e a história vai durar bastante, pelo menos é o que eu acho, e não me admirava que dali saísse algo que ninguém esquecesse, afinal os Wyatt precisam de ganhar credibilidade.

      • José Sousa - há 3 anos

        Claro eu acredito que sim, e vejo o Wyatt a vencer com ajuda dos outros dois no Summerslam.

  5. MicaelDuarte - há 3 anos

    Primeiro, deixa-me dizer-te que este foi um dos Smoke and Mirrors que mais gostei de ler. Gostei mesmo muito deste artigo ;)

    Concordo com tudo o que disseste no artigo José.

    Rowan: Serve apenas pelo pormenor da máscara que usa. Talvez ainda venha a surpreender, mas é algo que custa a acreditar, pois ele só dá cabeçadas no ar e murros…bem, em cada vinte murros acerta três ou quatro.

    Harper: Só tem uma coisa contra ele: a idade. Se fosse mais novo, não tenho dúvidas que teria um grande futuro pós-Wyatt Family, ou seja, acabar por ser um Main-Eventer. Tem uma habilidade em ringue incrível (aquele “Big-Boot” no Kane foi lindo!), promos bastantes satisfatórias (falo do que vi fora da WWE, claro) e também um físico que tanto agrada à companhia.
    Mesmo com 33 anos, sendo “vítima” de um bom booking, pode muito bem vir a ser Main-Eventer, pelo que não vejo a idade dele como um grande ameaça à sua carreira. Tudo dependerá como as coisas correrem no período após o fim da familia. (Isto lembra-me o Kassius Ohno que ainda nem no Main-Roster se encontra).

    Bray: Simplesmente fantástico.

    Que achas do Kane juntar-se à família José? Eu gostava que isso acontecesse, mais que não fosse para intensificar ainda mais o conceito e poder desta gimmick/família.

    Estou contentíssimo por ver Christian na rota do Título Mundial. Se for para ser valorizado enquanto Campeão Mundial e só depois poder vir a ser vítima do “cash-in” do Sandow, então tudo bem, mas se ao contrário disto, for para ter outro reinado daqueles, então prefiro que não ganhe o título e o Del Rio acabe por ser valorizado. (Situação semelhante à do D-Bryan, pois quero que ele tenha um bom reinado, para depois sofrer o “cash-in” do Orton).

    Não vejo TNA com regularidade, apenas vejo certos combates/segmentos quando vejo elogios de alguns membros daqui a certos combates. O “Double A” vs AJ Styles foi um “first time ever”? Bem, de qualquer das formas, foi um grande combate!

    • José Sousa - há 3 anos

      Oh até para mim foi um gosto fazer este artigo, mas também já era altura de falar deles e já é possível fazer uma primeira análise sobre o primeiro mês dos Wyatt na WWE.

      Nem eu tenho dúvidas disso, mais novo e o Harper consolidava-se como main-eventer da WWE. Ele tem tudo o que a empresa gosta e junta isso a uma técnica impressionante. Mas os 33 anos dele não perdoam e não devem permitir mais que um reinado como campeão Mundial.

      O Wyatt concordo, e tal aliança com o Kane seria muito importante para o Wyatt só não sei se o Kane aceita ser liderado por ele numa stable.

      Quanto ao Christian e ao Bryan eu concordo contigo, eu tenho medo que a WWE os use somente para os cash-in sem os valorizar primeiro enquanto campeões. Daqui a duas semanas voltamos a falar disto, mas sobretudo no caso do Bryan eu só peço que não seja o cash-in no Summerslam, porque eu acho que ele vai vencer(não sei como mas acho e acho que o Vince pode ter um papel nisso, quase como quando foi o Punk).

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Eu acho que o Bryan vence o Cena com o Yes Lock limpinho e há a passagem de testemunho, mas quase de certeza que o Orton vai estragar tudo!

      • José Sousa - há 3 anos

        Eu tenho esse receio, o Cena adora o Bryan desde do NXT e dos Nexus(ele ajudou-o a regressar), e ele pode sempre dizer que fez o tap ao mestre das submissões por isso não é vergonha nenhuma. O meu medo é o Vince vir com as dele e criar espaço para o cash do Orton imediatamente, mesmo que queria o regresso daquele Orton diabólico.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Eu acredito que seja isso que vá acontecer, mesmo que o Cena depois seja recebido constantemente com “You tapped out”, mas no final de contas eu penso que quem sai do Sum erSlam com o título é o Orton (infelizmente) a fazer o cash in no Bryan depoismde um combate épico, e no Night of Champions, temos Triple Threat.

      • José Sousa - há 3 anos

        Claro o Cena vai dizer isso e o Orton vai dizer que o Bryan é o Weak Link queres apostar? A feud com o Bryan vai durar até aos PPV´s de Outubro. Eu acho que quem tira o titulo ao Orton é o Sheamus.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Yep, de certeza que isso vai acontecer.
        Quanto ao Sheamus, não me admirava nada porque ele anda meio “sossegadito”, mas a ideia não me agrada nada!

      • José Sousa - há 3 anos

        Nem a mim mas ele anda afastado de mais da rota dos títulos principais e não acredito que isso dure muito tempo, até já ficar de fora do Summerslam parece milagre.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        O que pareceu milagre foi o Sheamus estar no pré-show (ups kick off) do Payback e depois do MITB ter tido apenas 1 ou 2 aparições…está a fazer uma remodelação rumo ao topo (por mim ia lutar com o Curtis Axel pelo IC title no Summerslam e credibilizava o Axel, mas parece que o Sheamus é bom demais para o IC Championhip)

      • José Sousa - há 3 anos

        O Axel está destinado ao Kick off do Summerslam e compreendo o motivo porque os restantes combates envolvem storylines mais importantes. Eu sei que é preciso valorizar o IC mas não ias colocar o RVD no kick off, ou o Ziggler vs Big E ou Sandow vs Rhodes, ou mesmo o Kane e o Wyatt no kick off. Tem que estar no card principal por isso o Axel irá ser sacrificado.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        O SummerSlam parece que vai ter excelentes confrontos como esses que falas aí (excepto o Ziggler/Big E) e por isso o Axel não tinha espaço no card por uma questão de tempo porque de certeza que o WWE C, o WHC C, e o Lesnar/Punk vão ser os combates que vão durar mais e paraos outros devemos ter uma média de 10 a 15 minutos.

      • José Sousa - há 3 anos

        Eu acho que o Big E vs Ziggler vai surpreender muito boa gente. Do que tenho lido é que o Big E tem estado muito bem nos House Show, este combate é importante para ele porque pode definir o futuro dele na WWE.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Eu tenho as expectativas bem baixas para esse combate, mas gostava imenso que me surpreende-se. Podia ser que o talento do Big E viesse ao decima porque até agora ainda não vi nada de especial.

      • LuisMPBO - há 3 anos

        Eu falo por mim, mas através do combate do SummerSlam pretendo começar a tirar mais conclusões do Big E, por isso é bom que ele esteja à altura. É o segundo maior PPV do ano, não há espaço para falhanços.

      • Miguel - há 3 anos

        Peço desculpa por entrar na discussão mas:

        O Cena não vai desistir. Tirem essa opção.

        Se for para o Bryan ganhar têm de arranjar outra.

        O que acredito é que o Orton ajuda o Bryan a ganhar levanta-lhe o braço e faz um RKO usando a mala. Isso sou eu claro.

        Gostei do artigo.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Não acredito nessa do Orton ajudar o Bryan, e até agora estou convencido que o Bryan vai vencer o Cena. Visto que ele só tem o Yes Lock como finisher e já é tarde para arranjar outro, e também o combate não tem nenhuma estipulação especial, oubi Bryan vence limpinho (é o que eu acho) ou com interferência de alguém (se bem que me custa a acreditar que seja do Orton mas por outro lado se for do Orton,este depois pode dizer que ajudou o Bryan porque ele é o elo mais fraco e o mais fácil de derrotar).

      • José Sousa - há 3 anos

        É que vai vencer limpinho, a questão não é o Bryan vencer vai ser vê-lo a perder o titulo em minutos. E a WWE vai fazer não porque não valorize o Bryan mas porque precisa que o Orton tenha heat no cash.

        E sejamos sincero se Orton faz no Cena o cash, o publico festeja. Ele ate pode estar a fazer o heel turn nesse momento mas o povo não se vai revoltar por ser no Cena pelo contrário.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Não há maneira nenhuma neste mundo em que um cash no Cena não seja festejado…ai, vai ser tão triste ver o Bryan num segundo com tudo, e no outro sem nada. Vou ter tanta pena que nem quero pensar nisso…

      • José Sousa - há 3 anos

        Eu ainda vou ver se nas próximas duas Raw´s isto muda antes de fazer a antevisão. Como fã do Bryan vou ficar roído por dentro, mas já convenci que isso vai acontecer no Summersla, tenho quase a certeza.

        A WWE quer o Orton heel e com heat e a única forma é fazendo isto ao Bryan. Com o Cena o cash não resulta como a WWE pretende.

  6. danielLP21 - há 3 anos

    Para além de ser o menos talentoso, posso dizer que o Erick Rowan é mesmo aquele de quem gosto menos na stable, ou melhor, não gosto nada dele. Digamos que não me enche as medidas.

    Não conheço o trabalho do Luke Harper nas “indys” mas por aquilo que já vi dele na WWE parece-me um lutador interessante. Também acho que nunca chegará ao main-event, mas isso nem todos podem. Ainda assim, quantos já deixaram o seu nome na história sem terem chegado ao topo? O Harper pode escrever o seu nome da história, nem que seja por fazer parte de uma stable como estas.

    O Bray Wyatt, se tudo correr bem, chegará ao main-event. Não coloco de parte a hipótese de ele se desfazer dos membros actuais da sua família daqui a uns tempos, ficando com outros lutadores a seu lado, ou mesmo sozinho. Só sei que ele não parece nada o Husky Harris, e nem estou a falar a gimmick, é mesmo da cara dele… Parece que fez uma operação plástica lol

    Resumidamente, não vejo qual poderá ser o futuro no pós-Wyatt Family, nomeadamente dos dois seguidores do líder. Devem ganhar os Títulos de Tag Team uma ou duas vezes, e depois, bye bye… Ah, e fico à espera da feud com os Shield, que, em princípio, seriam os babyfaces da história.

    • José Sousa - há 3 anos

      Sim nem todos podem chegar lá e ele com 33 anos torna tudo mais difícil. Eu quero que o vejas no ringue Daniel, é daqueles que te vai conquistar garanto-te. Olha como conselho digo para veres Brodie Lee vs Castognoli na Chikara num Steel Cage. Ai já vez o potencial do Harper, que Boots e Powerbombs do homem. Ah ele safa-se sozinho pode vencer so títulos de midcard mas safa-se Daniel ele também é bom em promos, claro que nem todos podem ter destaque.

      Ele é fantástico nesta gimmick, estou ansioso para ver a dancinha antes do Sister Abigail no Summerslam. O homem tem um potencial fantástico correndo tudo dentro da normalidade como é lógico. Ele transfigurou-se ele parece outra pessoa e isso sai tao natural que é o mais impressionante da personagem.

      A

  7. Dolph Ziggler - há 3 anos

    Bem, antes de mais nada, excelente artigo, mais uma vez.

    Quanto ás minhas impressões sobre a Wyatt Family, acho que é uma stable com muito potencial, onde possui um lider assumido, ao contrário dos The Shield. A gimmick é brutal e tem tudo para resultar mas como tudo no wrestling, precisa de um booking coerente e inteligente para isto tudo resultar. Tudo neles é fantástico, sem dúvida. Theme song, entrada, attire, a lanterna e a máscara. Não sei o que o futuro reserva para o Bray Wyatt, mas penso que irá ter um combate com o Kane onde irá acabar por sair vitorioso. Resumindo, acho que a Wyatt Family é um grupo cheio de talento, com uma gimmick brutal e com tudo para ter sucesso no futuro. Como disse, apenas depende do booking porque o talento está lá e eles não vão desperdiçar a oportunidade.

    Quanto a cada um deles individualmente, já sabes +/- o que penso de cada um. O Erick Rowan – apesar de ter sido treinador pelos melhores e já ter 31 anos – é um lutador menos impressionante da stable. Confesso que nunca vi o seu trabalho no mic, mas quanto ás suas capacidades em ringue, não me impressionam nem um bocado. Pode ser um lutador que ao longo do tempo pode evoluir bastante e acabar por impressionar como o Roman Reigns, mas sinceramente, não acredito. A sorte dele é ter uma barba grande, ser alto e enquadrar-se perfeitamente na Wyatt Family. A melhor parte dele é mesmo a máscara que usa. Quanto ao seu futuro, vejo-o a ganhar os títulos de tag team junto com o Harper e nada mais.

    Quanto ao Harper, é dos meus favoritos da WWE atualmente. Já o sigo desde os tempos da Chikara e quando fazia tag team com o Ambrose e sempre achei o Harper muito talentoso e quase um full package. Bastante ágil e intenso em ringue, mais do que decente no mic e tem as suas pontas de carisma. E como disseste, também é um bom storyteller, tanto fora, como dentro do ringue. Aliás, acho até que o Harper já anda a criar buzz no IWC depois daquele big boot no Kane. Impressionante mesmo. Não o vejo a chegar ao main-event – muito por culpa da idade – mas vejo-o perfeitamente a chegar aos títulos de mid-card.

    O Bray Wyatt vai ser a breakout star da Wyatt Family, sem grandes duvidas. Grande mic worker, decente em ringue e é bastante carismático. Ele interpreta esta sua personagem de uma forma brilhante. Se vistes o NXT, deves ter visto a sua promo, que é capaz de ser a sua melhor desde que se tornou Bray Wyatt. Simplesmente brutal. É facilmente top5 dos melhores no mic da companhia neste momento. Quanto ao futuro dele, vejo-o facilmente chegar ao main-event, onde irá eventualmente acabar por ganhar o título Mundial. Título da WWE? Acho que não, mas nunca se sabe.

    Quanto aos momentos da semana, sim concordo, mas pensei que fosses escolher o debut do Tito na TNA, mas compreendo tendo em conta que foi uma desilusão para muitos xD

    • José Sousa - há 3 anos

      Sem dúvida que depende do Booking e por isso é que é importante que esta rivalidade com o Kane não se fique só pelo Summerslam, eles precisam de ir crescendo e nada melhor que com um dos melhores do roster como é o Kane.

      Sim eu neste artigo tentei iluminar as pessoas para o Brodie(Harper), ele é fantástico no ringue, é pena mesmo a idade ser tardia para outros voos. Ele ainda vai conquistar mais o IWC quando lhe derem tempo de combate, quem não o conhece minimamente como nós não tem a noção do que vão ver no ringue quando lhe derem tempo para mostrar o que ele vale. Sabes que surpreendeu-me porque normalmente o IWC implica com homens como ele ou o Sheamus.

      O Wyatt vai ser um complete package, ele não é brilhante no ringue mas é bom e depois conta uma historia no ringue e isso conta e muito. Tem um finisher super credível, e as promos são aquilo que se sabe. Essa promo é fantástica. Olha porque não? Se o Bryan é capaz de ter um reinado(por segundos talvez mas vai).

      Achas? Com um combate daqueles e escolhia o Tito fogo

      • Dolph Ziggler - há 3 anos

        Hmm, não sei. Não consigo ver o Wyatt a chegar ao prémio máximo da empresa. É possível claro mas tenho duvidas. Mas em 2010 também nunca pensava que o Bryan fosse qualquer dia candidato ao título da WWE e 3 anos depois acabou por ser. Acho que ao Wyatt fica-lhe melhor o título Mundial. Ainda para mais, parece-me que a personagem dele não se importa muito com títulos.

        E sim, o Harper se fosse mais novo tinha todas as capacidades para chegar ao main-event mas infelizmente chegou tarde ao main-roster mas o facto de provavelmente não chegar ao main-event, não quer dizer que vá ter uma má carreira. Pode fazer coisas muito boas com títulos secundários.

      • José Sousa - há 3 anos

        Sim tens razão mas vai ter feuds com impacto durante a carreira, que o nome dele vai ficar na história da companhia não tenho duvidas.

        Sobre o Brodie eu concordo, ele tinha tudo até é o estilo de wrestler que a WWE aposta para main-eventer e com qualidade técnica mas a idade não vai ajudar.

  8. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    Bom Artigo!

    Um tema que deve ter dado gozo escrever, pois és um fá desta stable e mais ainda de Bray.
    A WWE está a construir esta equipa , ainda bem.Não os lançou logo ás fera, ou seja os main eventers mas, “deu-lhes” um superstar com grande carisma e história para rivalizarem.
    Kane pode dar mais credibilidade aos Wyatt, proporcionando um bom combate…em principio no SummerSlam.

    Qual as tuas primeiras impressões sobre os Wyatt Family e cada um dos seus membros?

    Sem duvida, Bray é o cabeça de cartaz desta equipa, os restantes parecem ser bons personagens mas não me parecem ser algo de extraordinário.

    Que futuro prevês para eles como equipa e individualmente?
    Como equipa , talvez terem rivalidades contra lutadores miticos, para mais tarde terem lutas, como fizeram com os shield. Individualmente talvez o Bray yer um bom reinado de mid-card, para mais tarde voar mais alto!

    Concordas com os momentos da semana ou escolhias outros?
    Concordo a 100%

    • José Sousa - há 3 anos

      Foi sobretudo um texto mais fácil de fazer porque domino a linguagem da stable, eu sou fã deles admito. Não tem mal alguém assumir isso, até porque se tiver que achar que o certo é eles perderem uma feud eu consigo dizer.

      Sobre a stable meu caro, espera para ver o Harper no ringue e depois diz algo, ele vai-te surpreender é mesmo pena a idade dele.

      • MR Perfection André Santos - há 3 anos

        Vi alguns combates dele na NXT, tem um estilo de luta parecido com o JBL, é um verdadeiro durão!Mas lá está, as atenções estão viradas para um neste momento!

      • José Sousa - há 3 anos

        Claro e é assim que vai estar. Aquilo é um stable centrada no Wyatt, mas o Harper pode aproveitar para garantir uma estadia como midcarder na WWE.

  9. matheus - há 3 anos

    sera que eles vão fazer coisas diabolicas com o kane

  10. Carlito - há 3 anos

    Excelente artigo, como sempre.

    Este tema deve ser um dos temas que mais gostaste de escrever, pois és fã incondicional desta Family.

    Erick Rowan- O menos talentoso. Cada stable tem sempre um elemento mais fraco, e na Wyatt Family é este homem o menos talentoso. Não lhe vejo grande futuro na WWE após a stable acabar.

    Luke Harper- Aquele steel cage contra o Castagnoli foi brutal. Sem dúvida dava um main eventer genial, mas a idade pode condicionar um pouco esta situação.

    Bray Wyatt- Que dizer deste homem? Faz promos incríveis, talentoso, etc, etc… Resumindo: Main Event escrito na testa.

    • José Sousa - há 3 anos

      Eu gosto deles como gosto do Cody, do Ziggler e do Sandow, apenas defendo-os mais neste inicio porque muitos não compreendem ainda a capacidade deles e a gimmick.

      De resto concordo contigo, eu já disse a muitos querem conhecer o Harper vejam esse Steel Cage porque ficam surpreendidos com a qualidade do homem no ringue.

      • Carlito - há 3 anos

        Concordo, há muita gente que ainda desconhecem as capacidades reais deles, pois muitos não os viram no NXT.

      • José Sousa - há 3 anos

        Para perceber melhor o Harper é mesmo ver os combates dele nas Indys, se virem esses combate já percebem que ele é muito talentoso para o tamanho dele. É um powerhouse talentoso e isso so prova que nós no IWC não gostamos só de wrestlers baixos estilo Aries, Ziggler e Bryan.

  11. GJD - há 3 anos

    Qual as tuas primeiras impressões sobre os Wyatt Family e cada um dos seus membros?No Nxt já eram impressionantes ,mas com a entrance a wwe deixou ele mai incríveis ainda. Wyatt excelente micro, em ringue. Harper me agrada as reações dele mas acho que a Wwe pode expandir o moveset dele. Rowan primeiramente me incomoda expressão facial dele parece o Cesaro entra com uma reação, apanha é a mesma, bate é a mesma, perde é a mesma, vence é a mesma, ou ele treina isso ou fica com a mascara durante a luta. Segundo precisa treinar e muito no ringue.
    Que futuro prevês para eles como equipa e individualmente? Wyatt Main Event , se eu fosse a wwe não tirava a gimmick dele , com o Kane e o Taker quase parando precisa de uma gimmick assim que surpreenda , uma gimmick meio sobrenatural,misteriosa, não comparando o talento dos 3 mas as gimmicks .Harper o máximo que consegue é ser Mid card, Rowan infelizmente acho que não dará certo.
    Concordas com os momentos da semana ou escolhias outros? Concordo Aj vs Aries foi incrível, e estou curioso para Magnus vs Anderson no Impact seguinte

    • José Sousa - há 3 anos

      A WWE tem é que deixar o Harper lutar mais tempo basta isso porque ele é muito bom, ele não é só Big Boots é bastante mais que isso felizmente. O Wyatt se tudo correr bem é main-eventer e com esta gimmick como é lógico com outra tipo Husky nunca chegaria lá.

  12. LuisMPBO - há 3 anos

    Ok, antes de mais nada, só quero esclarecer isso dos erros de que o Rubinho falou. De facto, este texto tem bastantes erros, mas não são erros de escrita das palavras, são erros de concordância de género, de número, de maiúsculas/minúsculas, de pontuação, de concordância de frases e falta de elementos de ligação. Muito palavreado da minha parte, indo mais direto ao assunto, tudo isso erros de distração e não de desconhecimento (até por virem de quem vêm). Isso tem a ver, suponho eu, um pouco com o tamanho do artigo, que leva a uma escrita mais rápida, por ansiedade de acabar, para não esquecer nenhuma ideia chave ou até mesmo por falta de tempo, coisa que possivelmente aconteceu na revisão do artigo também. Ou seja, não são erros graves, não provém de desconhecimento (pelo menos a grande maioria) e não são habituais neste espaço, por isso, e tendo em conta que este artigo acabou por ser ainda maior que muitos dos anteriores S&M, acho compreensível, e é muito fácil alguém se abstrair disso ao ler o texto, por isso não vou dar importância.
    Pondo isto de parte, artigo brutal José, disseste TUDO.
    O máximo que posso fazer é responder às perguntas, por isso…
    Em ralação à Wyatt Family em geral, genial, e não precisa de mais adjetivos. Agora, as individualidades.
    Erick Rowan – In ring é bastante medíocre. O principal problema é ser muito tosco. Ele de vez em quando até faz um ou outro golpe interessante, o problema é que tudo sai sempre muito estranho e forçado. Ele tem dificuldade em dar realismo à sua ofensiv, e este é um problema, que pode ser exemplificado com a quantidade de murros que falha. Ainda assim, a sua atitude e postura é boa, e as suas ações transmitem intensidade, coisa que ajuda a diluir um pouco do irrealismo dos seus golpes. Como membro da Wyatt Family dá um bom contributo, tendo a aparência ideal e não sendo mau no acting nem no storytelling. Quanto a promos, confesso que não tenho uma ideia bem definida, mas não acredito que sejam grande coisa. Compara lo ao Roman Reigns é impossível, está muito abaixo, mas não o acho tão mau como os outros e talvez esta experiência no main roster lhe faça bem.
    Luke Harper – In ring o melhor da Wyatt Family. Para um powerhouse é impressionante o nível técnico e atlético que possui. As promos são boas e eficazes e o acting também é bastante bom.
    Bray Wyatt – O meio termo da stable em termos de qualidades in ring, mas o melhor em tudo o resto. Performance excelente, promos excelentes, imenso carisma, storytelling tremendo, enfim, muito bom mesmo.
    Em termos do futuro, eu não me preocupava muito com o pós Wyatt Family, porque esta stable é daquelas que veio para durar. Enquanto que os Shield, por exemplo, têm como grande objetivo lançar os seus membros para grandes carreiras individuais, a Wyatt Family já me parece ser o plano a longo prazo para estes três. Esta stable parece ser um plano de carreira, e não uma maneira de lançar carreiras. Assim como assim, penso que é dentro da stable que todos eles poderão atingir o seu máximo potencial. Claro, mais tarde ou mais cedo acabará, mas acho que não temos de contar com isso para breve (nem pouco mais ou menos).
    De qualquer maneira, avaliando o potencial futuro, individualmente de cada um, creio que o Rowan pode ser um midcarder enquanto estiver na stable, depois não, pelo menos com as suas qualidades atuais. MAS, sem títulos individuais, apenas ser Teddy Long champion com o Harper.
    O Harper pode ser um excelente midcarder, e ter bastantes reinados com títulos secundários, mas, pela WWE, não me parece que chegue ao main event.
    O Bray, não tenho bem a certeza se será WWE Champion ou não, mas se tivesse de apostar, apostava que sim. Ele tem um grande potencial.
    Concordo com os momentos da semana.
    Os participantes de um certo concurso bem que podiam tirar alguns apontamentos deste espaço :)

    • LuisMPBO - há 3 anos

      *Não o acho tão mau como os outros DIZEM. Ao reler pareceu uma crítica ao Bray Wyatt e ao Luke Harper, por isso deixo esta correção.

    • José Sousa - há 3 anos

      Peço desculpa acho que quis transmitir tanta informação que tinha sobre a stable que por vezes não a organizei da melhor forma no artigo, porém acho que depois do ter revisto essas não sejam muito graves e não afectaram a qualidade do conteúdo.

      De resto concordo contigo, eu duvido da qualidade do Rowan porque falha muitos golpes e ele no pós Wyatt vai ficar muito mal. Mas como referes isto é uma stable para durar pelo menos um ano, e será claramente o típico enforcer.

      O Harper é muito talentoso mas vem muito velho para WWE, o que eu quis dizer é que ele é bom, aliás é bem melhor que o Wyatt tecnicamente mas como é mais velho o Wyatt tem mais margem de progressão.

      O Wyatt é aquilo que vemos e que ainda vai crescer mais em todos os aspectos no roster principal. Espero que lhe deem tempo de combate no Summerslam, pelo menos 10 minutos era bom porque permitia mostrar o que vale.

      • LuisMPBO - há 3 anos

        Sim José, como eu disse, nada de importante, o artigo saiu mito bom na mesma.
        Quanto à Wyatt Family, pode ser um palpite muito arriscado da minha parte, mas eu diria bem mais que um ano. Pode não continuar a atuar nos moldes nos quais atua agora, mas acho que esta aliança durará muito tempo.
        Sim, o Wyatt só tem 26 anos, salvo erro, a margem de progressão é enorme, e acho que a WWE o vai aproveitar. Dez minutos de combate no SummerSlam seria bom, só temo por causa do já conhecido problema da falta de tempo que este PPV tem para as necessidades dos seus combates. Mas veremos.

      • José Sousa - há 3 anos

        Mas a minha critica é mais feroz que a vossa, por isso para a semana eu vou tentar emendar o que falhei.

        Mas sim a margem dele é grande, por isso não tenho qualquer dúvida que ele será um nome importante da WWE. Para mim não existe falta de tempo no Summerslam eu já tive a ver o card e temos para ai 9 combates mais o kickoff dá perfeitamente para termos 10 minutos neste combate.

        Os combates que vão durar mais são o WWE, WHC e Lesnar e Punk. O resto pode andar bem na casa dos 10 minutos, e digo isto contando com o Sheamus e o Ryback fora do PPV(que acho que irá acontecer).

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Ryback fora do Summerslam!? YES YES YES. Estou mesmo fartinho dele!

      • José Sousa - há 3 anos

        Eu acho que fica de fora vê só:

        Cena vs Bryan
        Christian vs Del Rio
        Lesnar vs Punk
        Show(ou o Usos) e Henry vs Shield
        Ziggler vs Big E
        Rhodes vs Sandow
        AJ vs Layla vs Kaityln
        Fandango vs RVD
        Wyatt vs Kane

        Já estão aqui 9 combate acho que não existe margem para muitos mais.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        A não ser que o metam no pré-show, também não estou a ver. Mas o pré-show deve ser para o Axel logo Ryback fora!! :)

      • LuisMPBO - há 3 anos

        Espero que não se lembrem de fazer Sheamus vs Ryback à última da hora… Olha que não me surpreendia assim muito.

  13. JV Hardy - há 3 anos

    Ótimo artigo como sempre.
    Concordo em tudo mas ainda acho os the shield mais talentosos e melhores que a Wyatt Family mas pelo Rowan que um lutador muito ruim.
    Tomara que ele consiga se desenvolver mas ainda não é o Roman.umas perguntas José acredita num Wyatt Family vs The Shield na wrestlemania ? se sim quem você acha que ganha? Acreditas um dia num Bo Dallas vs Bray Wyatt Pelo WWE Championship na Wrestlemania 31 no main event?
    Ps: A ultima responda se quiser.

    • José Sousa - há 3 anos

      Mas os Shield para mim não vao durar muito tempo, no máximo depois da Wrestlemania começam os 3 a virar-se uns contra os outros, tenho pena que não durem muito tempo. Mas sinceramente não os vejo a durar mais que um ano.

      Depois os Wyatt é uma stable diferente deles porque tem um líder e esse líder é que o objectivo prioritário, enquanto nos Shield os 3 são valorizados.

      Se existir esse combate vencem os Wyatt Family para dar origem ao fim dos Shield. Na wrestlemania 31 não acredito, até porque acho que nessa wrestlemania o main-event será o Punk.

  14. FAlmeida_10 - há 3 anos

    José em primeiro lugar devo dizer que este talvez tenha sido o “Smoke and Mirrors” que mais gosto me deu de ler (não por a qualidade estar acima da média, porque consegues manter sempre a mesma qualidade todas as semanas, mas porque sou fã da Wyatt Family e gosto sempre de ver as diversas opiniões que têm acerca dela).

    Passando ao tema do artigo…

    A Wyatt Family deve o seu sucesso entre nós na minha opinião á originalidade da Gimmick. É uma Gimmick a que não estamos acostumados a ver nos dias de hoje (digam o que disserem, esta gimmick não é PG). Sim tal como tu também espero que no prazo de um ano/ano e meio andem á caça dos títulos de Main Event. Contudo uma coisa que eu não consigo ver muito bem nesta stable é a seguinte “Qual vai ser o seu futuro após a separação”. O Wyatt vai lançado pro Main Event provavelmente… Mas e os restantes? O Rowan a única coisa boa que ele tem é encaixar bem na Wyatt Family, mais nada. O Harper (cuja sua passagem pela indies eu desconhecia) sim tem talento no ring e tem um bom poder de storytelling, mas sinceramente não o consigo imaginar a competir individualmente e desassociado á Wyatt Family. Contudo fico descansado pois tenho noção de que esta é uma Stable que vai durar bastante tempo.

    A personagem do Wyatt, como eu já disse sou fã desta gimmick, e tal como tu dizes eu também concordo quando afirmas que esta personagem é feita por pormenores. A Dança antes da “Sister Abigail”, a cadeir aonde o Wyatt vê os ataques como se estivesse a ver uma coisa normal e calma, o beijo simbólico na testa que dá aos seus adversários antes do finisher, aquele seu jeito de falar “meio louco”, a risada “demente” que dá no final e a meio de cada Promo, aquele ar de “louco” perfeitamente adaptado… Tudo isto aliado ás incríveis Mic Skills (já tenho vindo a dizer á algum tempo que o Wyatt tem mais Mic Work que 90% do Main Roster) e ao Carisma… Gosto mesmo muito das promos que o Wyatt é capaz de fazer (tu que já és fã do Wyatt desde o NXT como eu José deves conhecer aquela Promo do “King of the Jungle”).

    No meu ponto de vista esta rivalidade com o Kane tem de ser levada com algum cuidado… Afinal, o Kane é um monstro não é um menino… Não sei como vai ser no SummerSlam, provavelmente um combate entre ele e o Wyatt, mas não está nada definido.

    Eu de vez em quando comparo esta mudança do Harris para o Wyatt um pouco para dizer o quão o Bo Dallas é ou não capaz de evoluir. No sentido em que como antes tínhamos o Harris como um gajo que não nos dizia absolutamente nada, e agora temos o Bray Wyatt! Acho que para vermos o talento ou não do Dallas teríamos de lhe implementar uma GRANDE mudança de Gimmick. E sim, também odeio o Bo Dallas por enquanto.

    Um daqueles temas que tem surgido por aí é a entrada do Kane na Wyatt Family… Ãh… Com a personagem do Kane e a essência da Stable em que há um líder absoluto e os outros são absolutamente seus servos, não sei se o Kane vai aceitar em ser basicamente um dos servos do Wyatt.

    • José Sousa - há 3 anos

      O combate no Summerslam é quase certo aposto que na próxima segunda é marcado o combate, acho que não existe dúvidas. É como o combate entre Ziggler e Big E, Rhodes e Sandow não estão marcados mas sabemos que vão acontecer.

      Sim eu conheço essa promo, para mim o mais espantoso nele é a forma como ele faz parecer orgânica a personagem, mesmo tendo em conta toda a demência e loucura que ela tem. Tudo isto envolvido num “culto” e moralidade que ele apregoa. Sinceramente é das melhores gimmicks da WWE em anos, e a stable vai durar e o foco é o Wyatt ele é alma, o “coração” da stable. Isto é diferente dos Shield onde ao contrário dos Corre são todos iguais, a Family é centrada no Wyatt e vai ser em função dele que tudo vai acontecer.

      Sim e como tu estou ansioso para ver no Summerslam a dança antes do finisher, o beijo antes do Sister Abigail. Comparando com o Ambrose eu acho que ambos têm um potencial gigante como heels mas o Wyatt tem um finisher melhor que o do Ambrose. Eu preferia o Ambrose com o finisher que tinha na FCW.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador