Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!
Post da Comunidade do Wrestling.PT

Suspeito do Costume #5 – The Importance of Crowd

Boas leitores do Wrestling.PT, bem-vindos ao 5º artigo do Suspeito do Costume. Esta semana o artigo sai um bocado atrasado porque foi uma semana um bocado mais complicada para mim mas felizmente consegui arranjar um tempo para vos trazer mais um artigo. Esta semana ainda não tinha bem definido qual o tema que ia abordar mas depois de ver a Raw achei importante falar de uma situação que quando acontece me chateia muito, que é quando a crowd (neste caso da Raw, até porque as dos PPV’s costumam ser porreiras) está apagada e não contribui em nada para o espetáculo.

Para começar, acho que não estou sozinho quando digo que a crowd é parte fundamental de um show. As reações do público quer seja nas entradas dos wrestlers, quer seja durante o combate, quer seja nas promos, ajuda a contar a história e a tornar os combates/segmentos mais interessantes e agradáveis de assistir. Sempre que penso no papel importante que a crowd tem no show, lembro-me de 2 acontecimentos (relativamente recentes) em que a maneira como o público reagiu tornou os 2 momentos memoráveis. Podem até ter havido outros momentos, mas eu sempre recordo estes porque acho que o WWE Universe esteve espetacular.

Um deles foi na rivalidade entre Daniel Bryan e a Wyatt Family, quando Bryan se “cansou” de lutar e aceitou juntar-se à família, tenso sido humilhado por Bray daí em diante. Mas na Raw de 13/01/2014, depois de perderem um Tag Team Steel Cage Match para os Usos, Bryan e Wyatt estavam sozinhos na cela. Quando Wyatt se preparava para aplicar um Sister Abigail em Bryan, este escapou e aqui a crowd teve o primeiro momento de euforia. Já começavam a perceber que Bryan iria ter aqui um “face-turn”. Durante a troca de olhares que se segue, a crowd grita insistentemente “Daniel Bryan”. Wyatt tenta atacar Bryan e este responde, e aqui o público fica completamente ao rubro. Os “Yes” a cada pontapé de Bryan, os “Yes” antes do finisher de Bryan e por fim os “Yes” de toda a arena, de toda mesmo, quando Bryan está em cima da cela. A crowd esteve simplesmente sensacional, e apesar de o momento em si ter sido muito bom porque já todos ansiávamos a qualquer momento que Bryan se virasse contra a família, a “atuação” do público tornou o momento memorável e dos que mais gostei de assistir.

https://www.youtube.com/watch?v=ttiGTC5B2gg

O outro, e que felizmente tive o poder de assistir em direto, foi quando Dolph Ziggler, na Raw após a Wrestlemania 29, fez o cash-in contra Alberto Del Rio pelo WHC. Antes de mais, há um aspeto a salientar: quando fez o cash-in, Ziggler era heel. Não é suposto os heels terem o apoio do público, mas isto não foi simplesmente “apoio”. Naquele momento, e como se diz na “gíria”, a casa foi abaixo. Completamente. Ziggler sempre teve grande pop nas suas entradas, mas nesta Raw em especial. Mal começou a música e a crowd já está completamente eufórica. Ziggler entra, e quando o ring announcer diz que Ziggler vai fazer o cash-in, novo êxtase na crowd. Mais uma vez relembro que ele era heel. Um combate curto, como é normal visto que Del Rio tinha acabado de lutar e ainda para mais estava “lesionado”, mas apesar disso ainda batalhou ali um bocado. Mas quando Dolph faz o Zig-Zag e avança para a contagem, com toda a crowd a contar em simultâneo, e no fim explosão de alegria. A crowd esteve excelente mesmo, desde o momento em que Ziggler entra, durante o combate, a reagir a cada golpe de Ziggler, sinceramente dos melhores momentos que assisti, markei completamente e viu-se que não fui o único, o público ficou completamente ao rubro e proporcionou um momento que fica gravado na carreira de Ziggler e gravado na história da Raw.

https://www.youtube.com/watch?v=MKqtFqpRLEk

Mas bom, depois de ver a importância que a crowd tem, há outra coisa que eu não percebo. Como é que há pessoas que pagam bilhete para ver uma Raw (ou um PPV, embora eu esteja mais focado na Raw porque nos especiais raramente a crowd está morta) e depois sentam-se no seu lugar e ficam ali, assim, o espetáculo todo, sem se manifestarem, sem ajudarem o espetáculo. Eu pessoalmente, se estivesse numa Raw ao vivo, manifestava-me o espetáculo todo. Então se estão a ver uma coisa que gostam, uma coisa que até tem bastante interação entre público e wrestlers, qual é a lógica de estar quieto, sem fazer barulho, sem reagir a um combate, a um wrestler? Que num Heath Slater vs Zack Ryder o público esteja mais calado até se percebe, mas há Raw’s em que podemos ter um combate cinco estrelas no main-event, podemos ter um regresso dos Shield, podemos ter o Lesnar a fazer o Superplex ao Big Show e desmontar o ringue, até podia ser anunciado o main-event e entrarem para o ringue o Ronaldo e o Messi que a crowd não solta um grito, uma vaia, uns aplausos, nada. Ficam completamente estáticos, a ver, sem se “divertirem”, sem tentarem interagir com os superstars, sem tentarem entrar um bocado no espetáculo, nada.

Felizmente durante o ano não encontrámos muitas crowds mortas e volta e meia vai-se a Chicago para animar, de contrário o espetáculo perdia bastante interesse.

Da minha parte é tudo, obrigado por terem lido, comentem, digam o que acharam, critiquem, elogiem, o que quiserem, agora é a vossa vez.

Bom resto de semana a todos que no sábado o meu Vitória arranque mais 3 pontinhos que isto não anda fácil. Até prá semana.

Sobre o Autor

Foto de perfil de Facebook

3 Comentários

  1. Marques - há 1 ano

    O publico foi uma das coisas que fez a atitude era tão especial. Ouvir uma arena inteira a dizer catchfrases e a ir ao rubro quando o Austin entrava era algo especial.
    Os gajos da WWE devem ser surdos para ignorarem as reações que o Cesaro, o Ambrose e mesmo o Barrett e o Zack Ryder ( até os arruinarem) recebem. Mesmo no caso do Bryan foi quase preciso fazer um motim para eles abrirem os olhos.

    Outros momentos especiais que aconteceram à relativamente pouco tempo foram, o regresso dos Dudleys e a estreia do Samy Zayn.

  2. Reigns one versus all - há 1 ano

    Bom artigo,Diogo.
    Concordo completamente com o que disseste,eu se estivesse num show de wrestling,neste caso WWE,estaria a “viver” o momento em vez de estar quieto,empavido e sereno como se nada fosse.
    Mas também a WWE não da muitos momentos para o público reagir,e talvez por ai compreenda a apatia do publico

  3. Jorge - há 1 ano

    Grande artigo, e acredita que te compreendo, e mesmo quando vejo os vídeos e a crowd está morta perde alguma piada. Se eu estivesse lá podem crer que no dia a seguir não conseguiria falar.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador