Tap Out #17 – Comentaristas

Olá novamente, como de costume aqui vai mais uma edição deste espaço semanal, e dessa vez irei falar sobre um dos elementos fundamentais nos shows que vemos semanalmente, os comentaristas.

Todos sabemos a importância que os comentaristas tem ao longo do show, seja após as promos, nos combates ou pra enfatizar algo que a empresa quer que tenha destaque. Quando temos comentaristas bons, até uma match ruim de Divas fica mais decentes, pois tais fazem toda a expressão e tornam os spots um pouco mais impactantes. Ora pensemos até mesmo nos grandes combates de main event e semelhantes, se não houvesse quem comentasse, ver um AA ou um GTS, ou um 619, que são finishers bem populares,  sem os típicos “gritos” dos comentaristas, o efeito se perderia.

Dentre os que mais se destacam, temos na atualidade JBL, Jerry “The King” Lawler e Michael Cole, estes são os que estamos habituados à ver no Raw e Smack Down. De fato os mais experientes dentre a atualidade de comentaristas, e estes são extremamente profissionais e competentes naquilo que lhes é dado à fazer.

Exemplo claríssimo disso foi quando Lawler sofreu um ataque ao coração durante um combate tag team que acontecia entre os Prime Time Players e Team Hell No, quem não se lembra desse momento?, e mesmo assim Cole continuou narrando o combate da forma mais eficiente possível para o momento, enquanto Lawler era socorrido.

Ora vejamos que isso não é a única coisa que faz com que os mesmos sejam extremamente profissionais, o envolvimento dos mesmos em storylines e até mesmo combates ainda faz com que os mesmos tenham destaque, quem não se lembra da feud entre Lawler e Cole onde Cole era treinado por Swagger, obviamente esta feud serviu mais para a comedia, mas isso era suficiente para eles, visto que interpretaram seus respectivos papeis com eficiência.

Passando para a parte narratoria, não há o que se questionar, incluindo JBL. Os comentários são bem montados, sejam na hora da comedia, seja na hora dos combates, vendem muito bem os spots dos combates e conduzem tudo de acordo com o que lhes é mandado. Ressalto que são minhas opiniões sobre tais comentaristas, acho-os, como veteranos, excelentes.

Ainda como comentaristas secundários, ou seja, que trabalham nos shows menores  ou nos shows principais como entrevistadores, temos Josh Matthews e Tony Dawson.

Ambos são bem competentes, Josh trabalha na mesa de comentaristas do Main Event enquanto Tony aparece na mesa de comentaristas do Superstars e NXT várias vezes. Sabemos que é necessário uma boa locução para fazer tal tarefa, e estes dois possuem este talento, particularmente acho que estes dois estão num nível muito parecido de qualidade quando toca à mesa de comentários. O Main Event por ser um show recente, porem com maior importância dentre os shows secundários, faz com que Josh se sobressaia um pouco, porem Tony não fica para trás, mesmo narrando o Superstars que é um show sem muita historia.

Não posso deixar de incluir The Miz nessa lista visto que ele está sendo usado com certa freqüência no Main Event  junto à Josh Matthews. Miz é um grande ao micro, seja em promos, Miz TV ou mesa de comentários, ele é um dos melhores, ao meu ver, ao micro atualmente na companhia, e é bom usar desta qualidade para colocá-lo ao Main Event como comentarista.

De fato, creio que ele deve ser usado com certa moderação, pois sua feud com Curtis Axel pelo IC exige um certo cuidado, e os shows secundários como o Main Event, são um ótimo palco para as feuds dos títulos menos importantes como o Intercontinental e United States. Por isso creio que Miz pode ser mais usado em combates no Main Event para lhe dar o ímpeto como contender, salvo se o show semanal venha a dar ênfase ao United States Championship, aí acho muito bom vê-lo nos comentários.

O mais recente demitido Matt Striker merece ser lembrado neste artigo, embora eu de certa forma entenda a atitude de demissão por parte da WWE, visto que Matt teve seu auge à tempos atrás, ele não vinha me agradando, creio que as expressões de Matt já me deixavam a espera de um ataque à ele quando entrevistava algum lutador. Porem não é de se negar que ele se dedicou durante um bom tempo à companhia e que fez seu papel com eficiência. Matt tambem possuía qualidade à mesa de comentaristas e fora usado várias vezes em shows principais e PPVs com Michael Cole e Jerry Lawler.

Porem acho que com o despedimento de Matt, uma nova chance venha a ser aberta. Temos Renee Young como entrevistadora, porem não creio que ela irá ocupar um lugar na mesa de comentaristas, visto que raramente se usa mulheres pra isto, à não ser em casos a parte.

Na próxima edição do SUPERSTARS teremos Alex Riley ocupando o lugar de Matt Striker junto à Tony Dawson nos comentários, e sinceramente essa idéia me agrada. Não só porque é uma boa chance para Riley, que não vem sendo utilizado como lutador, mas tambem porque Riley tem uma boa dicção ao micro e creio que o mesmo possa fazer este trabalho com eficiência.

Ora, pensem ver The Miz e Alex Riley juntos em um dos shows secundários, narrando o mesmo. Ao meu ver seria grande, visto que adoro a química que estes dois possuíam desde os tempos em que Miz era WWE Champion.
Sinceramente não espero ver Riley como entrevistador, mas somente junto à Tony no Superstars, e possivelmente mais à frente ir talvez ao Main Event. Toda sorte à este gajo pois o mesmo merece.

Enfim, fiquem à vontade para deixarem suas opiniões sobre o artigo e sobre os comentaristas, e sobre o que esperam para o futuro desta seleção de homens que são de grande importância nos shows. Até a próxima semana.

Sobre o Autor

27 Comentários

  1. Just RKO everybody - há 3 anos

    O meu comentarista preferido de todos os tempos é sem dúvida o JR !!!

    • Dcastanho - há 3 anos

      Eu tambem gosto do JR era bom velo de novo com o jerry lawler e quem sabe tambem o michael cole na raw e porem o JBL + Cole na smack

  2. don_ricardo_corleone - há 3 anos

    “Todos sabemos a importância que os comentaristas tem ao longo do show, seja após as promos, nos combates ou pra enfatizar algo que a empresa quer que tenha destaque”. A TVI e a Sportttv não sabem…
    Acho que faz falta o Booker T, aqueles disparates que ele dizia, o interminável Fav 5, fazia dele alguém único nos comentários, e este tipo de comédia faz falta. E porque não tentar chamar outos antigos reis do micro? Edge, Shawn Michaels ou Ric Flair, por exemplo, para o lugar do muito respeitado mas, na minha opinião, já gasto, Jerry Lawler. Ou mesmo para afastar o Michael Cole de um dos shows, ele no RAW e no Smackdown é um pouco de mais, foi o que cansou quando ele era heel.

    • FranciscoAP - há 3 anos

      Concordo, sempre defendi o Lawler mas já não é o mesmo de outros tempos. Aquelas bocas de rei, literalmente, que mandava têm ficado em casa, basta ver o outro segmento com a Vickie Guerrero na última Raw onde ficou de bico fechado, quando sempre foram hilariantes os comentários dele quando a senhora aparecia.

    • FábioVaz - há 3 anos

      Sim, muitos ja passaram por aquela mesa e fizeram historia

  3. FranciscoAP - há 3 anos

    Sempre tive esta curiosidade: vocês no Brasil dizem mesmo “comentarista”? É que em Portugal é um erro ortográfico, visto que dizemos comentador… Mas pronto, há tantos casos do género que já nem vale a pena.

    Ver o Riley a comentar para mim não é um bom sinal, sinceramente. Uma coisa era se estivesse a ter um bom destaque e então, sim, fosse ocasionalmente comentar. Agora estar desaparecido e cair do céu como comentador a mim deixa-me preocupado com a utilização que a WWE lhe quer dar no futuro… O A-Ry consegue ser um dos melhores executantes dentro dos low-card, e isto incluí também o roster do NXT. Mas até agora não tem sido mais que mais um talento desperdiçado pela WWE

    • YO - há 3 anos

      Aqui no Brasil,é o oposto.Comentador está errado,enquanto comentarista é o correto.

      • FábioVaz - há 3 anos

        Sim, aqui usamos Comentarista hehehe.

        Quanto ao Riley penso no seguinte: A WWE nao o tem utilizado, se calhar ate o mandaria embora, então é melhor ve-lo na mesa de comentarios, a nao ve-lo em lugar algum

  4. GJD - há 3 anos

    Você esqueceu de mencionar o Regal no Nxt e a dupla da tna.
    Desses acho que se encontram em um bom nível, Jbl foi uma grande aquisição porque o Booker T era horrível, sempre repetindo as mesmas falas.
    Espero um bom futuro ao Alex Riley, e ao Matt que continue como lutador ou professor

  5. Rafael Silveira - há 3 anos

    Aqui no Brasil, não sei se os Brasileiros irão concordar comigo, mas eu gosto bastante da narração do Marco Alfaro e dos comentários do Roberto Figueroa, do Esporte Interativo. Eles dão um toque de humor nos combates, sem perder também o lado sério nas promos. Mas eu acho também que falta um pouco mais de emoção quando um lutador aplica um signature move, tipo quando o Punk aplica um GTS, o Sheamus um brogue kick, em geral eu dou nota 8 para a narração e os comentários.

    • FábioVaz - há 3 anos

      Eu ia citar sobre estes dois no artigo, mas preferi não o fazer. Sinceramente não gosto do Marco Alfaro e Roberto Figueroa, visto que já vi inumeros erros da parte deles, seja nos nomes dos golpes, ou ate mesmo no nome dos superstars.

      • Matheus Moia - há 3 anos

        Somos 2, eu também não gosto do Marco Alfaro e do Roberto Figueroa, porque além dos erros deles, eles tiram um pouco da originalidade dos moves, como traduções dos finishers.

  6. AwesomeTheMiz - há 3 anos

    Grande artigo, Fábio. Concordo que Alex Riley deve ocupar um lugar como comentarista, visto que vem sendo desvalorizado como wrestler em si. Gostava de ver Riley junto com Miz, nos tempos em que era WWE Champion, como ele ajudou Miz em um grande reinado.

    Já Miz no cargo eu não gostaria que acontecesse, ele é muito bom lutador e sabe o fazer. Quem sabe um possível heel-turn em breve não o traria novamente aos main-events da companhia (difícil, mas não improvável).

    • FábioVaz - há 3 anos

      O problema disso tudo é a quantidade de Main Eventers que temos atualmente na WWE, incluir Miz nesse meio seria um pouco complicado, pelo menos na sua situação atual

  7. Evandro Monari - há 3 anos

    Realmente eles são muito importantes e na hora do finisher eles ajudam e muito mesmo . OMG BATISTA BOMB !!!!!!!! , ohhh RKO, RKO !!!!!!!!

  8. danielLP21 - há 3 anos

    Há 4 ou 5 anos que o Jerry “The King” Lawler já não dá uma para a caixa. Não o suporto ouvir, já não consegue fazer as poucas coisas que fazia antigamente e só se consegue destacar quando atinge os orgasmos aquando da entrada do John Cena. Isso irrita-me, nenhum comentador faz isto, só o Michael Cole na altura em que era heel e apoiava o Miz, mas isso fazia parte da personagem. No caso do Lawler, é ridícula a forma como ele apoia o Cena.

    Além disto tudo, é mentiroso. Cada vez que me lembro do No Way Out do ano passado quando o público estava a cantar “Let’s Go Ziggler” e o homem tem a lata de dizer “Look at this crowd chanting for Sheamus!”. Epá, ele tem que apoiar os babyfaces? Ok, eu compreendo, mas neste caso mais valia estar calado. É insuportável e ainda tive esperanças que, depois do ataque cardíaco, optasse por ficar de vez em casa, mas infelizmente voltou para a mesa de comentadores.

    Em relação aos restantes comentadores, o Michael Cole é o meu favorito – não só da actualidade, como de sempre – e o Josh Mathews é outro que eu não suporto.

    • Miguel - há 3 anos

      Michael Cole não é melhor que JR mas como tu dizes é o teu favorito…

      • danielLP21 - há 3 anos

        Eu disse que o Michael Cole é melhor que o Jim Ross?

      • FábioVaz - há 3 anos

        Realmente danial, por mim os comentaristas tinham de ser mais imparciais, no caso dos canticos ao Ziggler foi um absurdo o que Lawler disse.

        E não, não disse que Cole é melhor que JR

  9. LuisMPBO - há 3 anos

    O meu comentador favorito na atualidade, na WWE, e o Michael Cole. Se a TNA contar, entao o Tazz tambem (vou sempre manter os dois z´s) De sempre, e o JR.
    Na atualidade tambem gosto do JBL.
    Nao gosto do Josh Mathews e o King ja teve melhores dias.

  10. Abyss - há 3 anos

    Um artigo sobre comentadores sem fazer referência aos dois melhores de sempre? Mike Tanay e Jim Ross! Adorava poder ver estes dois juntos, sem dúvida que possuem uma conhecimento sobre wrestling e a sua história que nenhum comentador já possuiu!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador