The Bottom Line #12 – Night of Decent Matches

Após 2 semanas com pouco tempo para wrestling, finalmente arranjei tempo para ver último PPV da WWE até à data, o Night of Champions. Tal como prometi a semana passada, aqui está a análise a esse mesmo evento. Olá e sejam muito bem-vindos a mais uma edição do “The Bottom Line”.

Este foi para mim um evento algo inferior à grande maioria deste ano. Teve 2 combates que provaram ser muito bons e divertidos ao mesmo tempo, mas também teve os seus momentos menos bons, com combates que apesar de serem medianos, não tiveram muita história. Sem mais demoras, vou analisar este PPV.

Pre-show: Tag Team Turmoil Match

Antes sequer de o PPV começar tivemos o combate do Pre-show, um Tag Team Turmoil, onde estava em jogo uma oportunidade pelos títulos de Tag Team durante o PPV. Neste Turmoil tínhamos 5 equipas a defrontarem-se: The Prime Time Players, Tons of Funk, The Usos, 3MB e The Real Americans.  Olhando à partida para as equipas, penso que era prevísivel quem ía ganhar. O combate foi decente, não sendo mau, mas também não sendo nada de especial. Uma coisa que achei curiosa foi o facto de ficar bastante surpreendido pela quantidade de Tag Teams que a WWE possui. Não só isso, mas também são Tag Teams que já têm meses de parceria. Achei isso um ponto positivo. Outro ponto positivo foi o facto de a Tag Team We the People estar bastante over. Isso leva-me a pensar o que será feito do Swagger e do Cesaro quando, eventualmente, se separarem visto que como lutadores singulares, possuiem dificuldades em apresentar uma personagem interessante. Os Prime Time Players ganharam o combate, algo que me deixou satisfeito.

Classificação: 5/10 (não conta para a nota final)

Curtis AxeI vs Kofi Kingston pelo título Intercontinental

Agora já no PPV, começamos com uma promo que, na minha opinião, foi bem aborrecida. Fiquei surpreendido com o facto de o Triple H receber aquele apoio do público. Quer dizer a mesma pessoa que fez estas coisas horríveis ao Top Face da companhia? As razões que consigo arranjar para isto talvez sejam porque os fãs gostam deste Triple H heel (coisa que não percebo, mas até entendo visto que qualquer Triple H Heel é melhor que Triple H face) ou então simplesmente o apoiam por nostalgia. Após esta promo menos conseguida do Game, o combate inicial é entre Curtis Axel e Kofi Kingston pelo título Intercontinental. Este combate foi marcado em pleno PPV durante a promo de Triple H e confronto de palavras com Paul Heyman. Para ser honesto, de todos os títulos que estavam em jogo neste PPV, o título Intercontinental era aquele que mais depressa esperava que mudasse de mãos, visto que o Axel não tem propriamente sido um grande campeão. Porém, não fiquei surpreendido quando vi o Curtis manter o título. O combate foi satisfatório, mas mais uma vez nada de especial. O principio foi bastante lento, mas melhorou no final. No Geral foi apenas razoável.

Classificação: 5,5/10

Fatal Four Way pelo título das Divas

O combate seguinte foi o combate das Divas onde o título das mesmas estava em jogo numa Quadrilha Fatal. A competir neste combate tínhamos a campeã AJ Lee, Natalya, Brie Bella e Naomi. A famosa promo da AJ Lee foi o suficiente para o build up para este combate. O combate em si, mais uma vez, não foi nada de especial. Não foi bom, mas também não foi mau, estando na escala intermédia. Porém existem pontos que gostava de realçar. O primeiro é o Double Sharpshooter que a Natalya fez, pois simplesmente adoro a manobra e nunca me farto de a ver e foi um dos pontos altos do combate. O segundo é que gostava que a AJ Lee tivesse feito a submissão final na Brie e não na Natalya, mas isso já são preferências. O Terceiro e último ponto é que o resultado foi, na minha opinião, previsível.

Classificação: 5/10

RVD vs Alberto Del Rio pelo título Mundial

De seguida tivemos o combate pelo título Mundial que opôs o campeão Alberto Del Rio e o candidato Rob Van Dam. Este foi o primeiro bom combate da noite, na minha opinião, sendo que fiquei bastante contente com este push ao Rob Van Dam. Contudo nunca esperei que ele ganha-se o título neste combate, sendo que foi mais um combate previsível neste PPV. Seja como for, senti-me satisfeito com o combate, visto que ambos os wrestlers fizeram uma performance bastante sólida (Del Rio, mais uma vez, continua a sua onda de bons combates em PPVs). Porém o que diminui um pouco a classificação deste combate foi a desqualificação e, visto que não gosto de desqualificações em combates de títulos em PPVs, podem imaginar que não fiquei satisfeito. Foi um bom combate, nada mais, nada menos.

Classificação: 6/10

The Miz vs Fandango

Paragem para ir à casa de banho! Meu deus, que aborrecimento. Primeiro que tudo, não sabia que este combate ia acontecer (também não me lembro de muita coisa das Raws anteriores a isto, por isso posso estar em erro). Este combate foi bastante medíocre, onde não existiu nenhuma química entre os dois wrestlers e onde o público nem se importou com o que aconteceu. Foi o pior combate da noite e o aborrecimento foi total. Teve que voltar a ver este combate todo um dia após ver o PPV, visto que da primeira vez que o vi, fiz Fast Foward bastante vezes. O Miz ganhou, sendo que não me interessou muito quem ganhava este combate ou esta feud terrível. Next!

Classificação: 4/10

CM Punk vs Curtis Axel & Paul Heyman num combate Handicap NO DQ 2 vs 1

Depois daquele desastre, começa um dos melhores combates da noite, numa das principais feuds. Eu gostei bastante desde combate, sendo bastante divertido. O Heyman foi simplesmente ouro, ao conseguir vender brilhantemente durante toda a noite, o seu medo em enfrentar CM Punk. Quer seja através de expressões faciais, movimentos físicos ou sonoros, Paul Heyman foi Brilhante! Este combate tem duas partes, sendo que a primeira é basicamente um combate individual entre Punk e Axel, sendo agradável de ver para ser honesto, sendo previsível que o Punk consegui-se eliminar Curtis, de modo a chegar a Heyman. Após a eliminação de Axel tudo se tornou melhor, visto que Punk destruiu completamente Heyman, com o mesmo a conseguir vender brilhantemente tudo o trabalho de Punk.

O que não esperava era a interferência de Ryback a favor de Heyman, revelando ser o novo Paul Heyman Guy. Graças a Ryback, Heyman consegue vencer Punk, algo que não esperava no começo do combate, por isso parabéns à WWE. Agora em relação ao Ryback, eu sou da opinião, à meses, que ele precisava de um manager e ficar de boca calada e simplesmente destruir os seus oponentes. Porém, cheguei à conclusão recentemente que não existe nada que a WWE faça, que torne o Ryback uma personagem interessante, pois já o estragaram bastante. E em relação ao Curtis Axel, ele está com o Heyman para ter alguém que fale por ele, mas mesmo assim lá por vezes a WWE decide dar-lhe o microfone o que mostra ser um desastre completo. Ele não tem Carisma nem Mic Skills, sendo que se refugia nas suas razoáveis qualidades dentro do ringue. No geral, bom combate com momentos de brilhantismo.

Classificação: 7/10

Dean Ambrose vs Dolph Ziggler pelo título dos Estados Unidos

O combate seguinte opôs o campeão dos Estados Unidos, Dean Ambrose contra Dolph Ziggler, o candidato ao título. Este foi mais um bom combate sendo o terceiro melhor da noite. Os dois fizeram uma boa performance no ringue, mostrando que existe alguma química entre os dois. Mais uma vez, e tal como aconteceu em muitos combates neste PPV, sempre acreditei que o Ambrose ia manter o título. Porém isso não tirou nada ao combate, sendo que foi bastante agradável. Infelizmente este combate, como muitos outros neste PPV, mostrou ser apenas mais um para “aquecer” para o Main Event, sendo que provou isso mesmo ao não mostrar nada fora da escala do bom. Mesmo assim, este combate foi bastante agradável.

Classificação: 6.5/10

The Shield vs Prime Time Players pelos títulos de Tag Team

Este combate foi pelos títulos de Tag Team entre os campeões, The Shield (Reighs e Rollins) e os Prime Time Players (Darren Young e Titus O’Neil). Este combate foi razoável, nada de especial. Os Prime Time Players tiveram aqui a sua oportunidade pelos títulos, que tinham ganho no Pre-Show. Este combate não tem muita história, sendo que foi mais um para “aquecer” para o Main Event. Os Shield mantiveram os títulos, algo que já estava à espera. Porém gostava que os Prime Time Players tivessem ganhou, pois gostava de ver como se poderiam safar como campeões da divisão. Pode ser que isso ainda aconteça este ano.

Classificação: 5.5/10

Daniel Bryan vs Randy Orton pelo título da WWE

Bem, chegou o momento que todos esperávamos, o Main Event! Devo dizer que a WWE fez um bom trabalho naquele vídeo promocional para este combate. Mais uma vez, o Bryan super “over” com o público entra com uma grande reacção. O combate foi muito bom, sendo que foi o melhor da noite. Ambos os wrestlers conseguiram dar o sentimento de “Main Event” a este combate. Ambos tiveram bastante bem nos seus papeis Tudo neste combate tinha o sentimento de um Main Event, o que é muito bom. Surpreendentemente, Bryan ganhou o título da WWE  a Randy Orton, algo que achei bastante surpreendente. Eu adorei a vitória de Bryan e achei espectacular que o PPV tivesse acabado com ele a celebrar a sua conquista.

Fiquei confuso que o Orton só tenha tido o título tão pouco tempo, mas percebo que ele apenas esteja nesta Storyline para por “over” o Bryan. E como é obvio, já sabia que algo ia acontece Raw, que iria por o título vago, pois ouve uma contagem rápida do arbitro. Porém não sou fã dessa opção, preferindo que Bryan continua-se com o título e que o Triple H fosse nomeando candidatos ao mesmo para tentar recupera-lo. Seja como for, no que toca ao PPV, adorei a forma como terminou. Já agora gostaria de dizer a todos que estava engano. Estive bastante pessimista no começo desta Storyline, mas devo admitir que já estou a gostar mais dela. Porém não me interpretem mal, pois são wrestlers como os Shield, Bryan, Rhodes e outros que me estão a fazer gostar desta Storyline, sendo que ainda acredito que passávamos bem sem termos o Triple H no ecrã de televisão. Concluindo, Main Event muito bom.

Classificação:8/10

E chegamos ao fim da análise deste PPV. Em conclusão, penso que este foi um PPV razoável, com 2 combates muito bons que salvaram o evento, e um resto de Card bastante decente, não existindo nada fora do normal, excepto o combate medíocre entre Miz e Fandago. Estava a pensar em dar a este PPV um 5.5 em 10, mas a vitória do Bryan neste evento faz com que a classificação final suba um pouco. Então e vocês o que acharam? Deixem a vossa opinião nos comentários sobre este PPV. Espero que tenham gostado do artigo. Adeus e até para à semana!

Classificação final do evento: 6/10

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “The Bottom Line” e Ex- escritor do artigo "One on One". Acompanha Wrestling à 10 anos.

5 Comentários

  1. ronai - há 3 anos

    somente 3 PPV me decepcionaram esse ano: elimination chamber, WM 29 e o night of champions, de resto foi tudo otimo, mas o NoC me decepcionou pq nada nele me surprendeu e os combates não tiveram resultados que eu esperava!!

  2. Rob Van Dam - há 3 anos

    Também concordo com a tua análise ao match do The Miz VS Fandango!
    Falando do New PHG Ryback,sim foi uma opurtunidade de darem um titulo ao Ryback porque podemos nao gostar dele mas o Heyman só cria campeões!
    Queria os The Usos como WWE Tag Team Champions mas como vi os PTP a ganharem no Pre Show vi logo que os The Shield(3 Membros) iriam ficar com os títulos também contando com o AmbroseVSZiggler!!
    RVD merece muito mais o titulo do que o Del Rio mas ele ainda o irá ganhar antes de ir embora!
    Gostei muito ver o Titulo da WWE mudar para o Bryan,mas como é esperado nao deixaram o Bryan com o título por mais de 24h..Como isto é possivel?
    Sendo de classificação dou nota 4 este PPV além do BryanVSOrton nao me impressionou em absolutamente NADA!!

    • The new guy! - há 3 anos

      No que te baseias para dizeres que o RVD “merece muito mais” o titulo mundial que o Alberto Del Rio?

  3. AwesomeTheMiz - há 3 anos

    Gostei do artigo, foi uma análise justa.

    Brincadeira a parte:
    Sabe o que Bret Hart diria sobre o combate entre The Miz e Fandango?

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador