Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

The Bottom Line #18 – Re-Booking “The Invasion” (5)

Olá a todos os leitores do Wrestling.PT. Sejam muito bem-vindos a mais uma edição do “The Bottom Line”. Na edição desta semana teremos a Parte Nº5 do Re-Booking da Storyline “Invasion”, que ocorreu em 2001 na WWE. Antes de prosseguir-mos com o Booking, vamos fazer uma pequena recapitulação do que aconteceu na parte anterior. Seja como for têm aqui o link da primeira parte, segunda parteterceira parte e quarta parte.

Recapitulando, após um grande Summerslam, com combates de extrema qualidade, a guerra WWF/WCW continua incerta. Vários intervenientes começam a ter destaque, sendo um deles Paul Heyman. Heyman, decide vender 6 contractos de wrestlers da ECW à WWF e à WCW e, após o fazer, ataca Vince e Flair, decidindo despedir-se após o dinheiro que conseguiu fazer. Goldberg, que fez o seu regresso surpreendente no SummerSlam, decide desafiar as maiores estrelas da WWE, decidindo arrasar com qualquer uma. Quem acaba por “chocar” com Golberg, é The Rock. Já Raven e Undertaker continuam em feud, sendo que a Flock continua a ganhar cada vez mais poder com a entrada de Stevie Richards na Stable. Mas mesmo assim, Taker consegue uma oportunidade pelo título de Raven numa jaula no No Mercy, conseguindo vencer e recuperar o título que pertencia à WWE. Austin continua o seu reinado como campeão tendo conseguindo finalmente vingar-se de Booker T e de Big Show. No Main Event do No Mercy, Goldberg vence o The Rock, sendo que no final do combate, a NWO, composta por Hulk Hogan, Kevin Nash e Scott Hall, atacam ambos os wrestlers deixando-os arrasados no meio do ringue.

Raw Pós-No Mercy

O programa começa com Vince Mcmahon a vir ao ringue. Ele pega no microfone e começa a dizer que os últimos meses que passaram foram os piores da sua vida. Ele diz que quando pensava que mais nada lhe pudesse acontecer, a NWO aparece e arruína tudo. Antes que Mcmahon pudesse acrescentar algo mais, ele é interrompido por Ric Flair, que se dirige para o ringue com uma cara bastante séria. Ele diz que está furioso pelo o que se passou e que nunca na vida esperaria que uns rufias como a NWO alguma vez pudessem voltar ao mundo do wrestling. Ele diz a Vince que a NWO não está no seu comando e que desafia o Hogan, Nash e Hall para aparecerem na próxima Nitro para resolverem aquele assunto. Após isto, Flair diz a Vince que têm mais um desafio para ele, afirmando que esse mesmo desafio irá acontecer no Survivor Series. Mcmahon pergunta-se o que será, estando alerta para qualquer esquema que o Flair possa estar a preparar. Flair diz que desafia Vince para mais um combate de 4 contra 4, sendo que se a WCW vencer, eles têm a hipótese de ter o seu próprio PPV, com o seu nome, mas se a WCW perder o combate, Vince poderá recuperar a Smackdown como o seu programa e a Nitro acaba. Vince aceita o desafio apertando a mão a Flair. Após isto Flair diz a Vince que não irá ser um combate de 4 contra 4 normal, sendo que este combate irá disputar-se no formato War Games.

A cara de Vince fica vermelha de raiva, tendo Flair abandonado o ringue bastante satisfeito. Durante o resto da noite, temos várias entrevistas a vários wrestlers onde a pergunta que é feita é sobre a NWO e o seu regresso. Noutro seguimento, Undertaker aparece com a sua moto, para uma grande ovação. Porém, envés de apresentar na sua cintura o título do EUA, Taker possui o Título Intercontinental. Taker começa a falar de como na última noite, conseguiu derrotar a alma do Raven e de como ele agora está a descançar em paz. Porém, Raven aparece com a sua Flock, bastante chateado. Ele, ao pé do Titantron, desafia o Taker para um Rematch pelo título no Survivor Series. Taker aceita, mas com uma condição: ele escolhe o tipo de combate. Raven, não tendo muita escolha, acaba por aceitar. Taker, ouvindo isto, declara que o seu combate no Survivor Series irá ser um Buried Alive Match. Raven nem quer acreditar no que acaba de ouvir.

No Main Event, The Rock e Austin, vencem um combate de Tag Team contra Kurt Angle e William Regal. Após o combate Austin, sozinho no meio do ringue, pega no microfone e diz que riscou o Booker T e Big Show da sua lista de pessoas a abater. Acrescenta que o próximo da lista é alguém com o nome de Goldberg e, sem muitas demoras, desafia o Goldberg a ir aquele ringue e olha-lo olhos nos olhos. Goldberg aparecer e corre para o ringue. Quando Bill entra no ringue, ele e Austin começam uma Brawl, tendo de ser parados por oficias da WWF. A Raw saí do ar com os dois ainda a distribuírem murros.

Nitro Pós-No Mercy

O Nitro começa com Ric Flair a vir ao ringue. Ele começa por dizer que no seu Roster, irá ser realizado combates de qualificação para a sua equipa do War Games. Não só isso, mas nessa noite também irá ser realizada um combate Fatal 4 Way para determinar o nº1 Contender ao título Mundial da WCW no Survivor Series. Após estás declarações, Flair diz que está à espera que a NWO decida aparecer para que este assunto seja resolvido. Porém, a única coisa que acontece é o aparecimento de um vídeo promo (ao estilo que a NWO começou a fazer em 1996) a preto e branco, onde a NWO afirma que irá aparecer somente quando as pessoas menos esperarem e que não estão a apoiar nenhum dos lados, pois afirmam que o vencedor, no final de tudo irá ser a NWO.
Flair deixa o ringue bastante confuso. Lance Storm vence Jerry Lynn para se qualificar para o War Games. Noutro seguimento, Raven afirma no Backstage que irá passar os dias que faltam até ao PPV a treinar, de forma a não temer a cova! Para isso afirma que ira todos os dias passar horas dentro de um caixão de forma a treinar. Este seguimento termina com a Flock a ajudar Raven a entrar no caixão e, consequentemente a fecha-lo. Durante o Nitro, existe um comunicado de que o Steve Austin resolveu por o seu título em jogo contra Goldberg no próximo PPV. No Main Event, DDP vence o Fatal 4 Way, composto também por Booker T, Mike Awesome e Big Show. No final do combate, Jericho que estava nas mesa de comentadores, aparece para apertar a mão a DDP, mas acaba por o enganar, atingindo-o com um golpe baixo. O show acaba com Jericho bastante contente pelo o que acabará de fazer.

Build up para o Survivor Series

Durante as próximas semanas descobre-se que a equipa da WWF para o War Games será composta pelo capitão The Rock, seguido por Kurt Angle, Kane e Test. Do lado da WCW, Booker T, Big Show e Mike Awesome, juntam-se a Lance Storm para formar a equipa de Atlanta. Booker T é o capitão desta equipa. No que toca ao panorama do Título da WWF, Austin e Goldberg encontram-se proibidos atráves de um acordo feito pela WWF e pela WCW de tocarem um no outro até ao dia do PPV. Porém, ambos continuam a fazer o build up para este combate, sendo que Austin o faz atráves de promos, enquanto Goldberg o faz ao destruir os seus adversários todas as semanas. Os comentadores também ajudam ao dizer que Austin nunca enfrentou alguém como o Goldberg.

Na WCW, Jericho e DDP construem a sua rivalidade com base no prestigio de possuir o cinturão. DDP acusa Jericho de ser demasiado convencido e de não sentir a WCW como ele sente. Jericho retalia afirmando que DDP apenas tem medo que a nova estrela esteja a tirar o seu lugar na companhia. No que toca à rivalidade Raven/Taker, a Flock tenta nas semanas seguintes, incapacitar o “Morto” de forma a que este não esteja a 100% para o seu combate com o Raven no Survivor Series. Porém, não têm sorte, muito pela ajuda de Kane e da APA, que se tornaram nos candidatos principais aos títulos de Tag Team de Malenko e Saturn. Contudo, na última Raw antes do Survivor Series, Raven aparece e por atrás ataca o Taker com uma pá várias vezes, despejando depois baldes de areia em cima do “Morto” para simbolizar a sua vitória futura no PPV.

Jazz, que se tornará na candidata principal ao título de Lita, continua na sua maré destruidora, atacando não só a campeã, mas também Torrie Wilson e Stacy Keibler, aliadas da WCW.  Lita, na última Raw antes do PPV, consegue sair por cima, ao aplicar um Litacaranna em Jazz. Rob Van Dam, torna-se no candidato principal ao Título Europeu, começando assim uma rivalidade com William Regal. Esta rivalidade teria em foco o facto de Regal gozar com RVD por este parecer um “macaco a saltar”, envés de mostrar verdadeira classe dentro do ringue como ele.

WWF Survivor Series 2001

– Rob Van Dam vence William Regal para se tornar no novo campeão europeu

– Jazz vence Lita e torna-se na nova campeã feminina

– The Flock (Malenko e Saturn) vencem os APA para manterem os títulos de Tag Team da WCW

– Chris Jericho vence DDP para manter o Título da WCW

– Raven vence o Undertaker num Buried Alive Match para se tornar no novo campeão Intercontinental – Após um combate bastante violento, onde até a Flock e Kane apareceram, quando parecia que o Taker ia finalmente acabar com Raven, as luzes do recinto apagam-se por uns segundos. Quando as luzes reacendem, Sting aparece por detrás do Undertaker para delírio do público. Antes que Taker pudesse dar-se conta do que se estava a passar, Sting aplica o Scorpion Death Drop no Deadman, sendo que após isto, Raven arrasta o corpo imóvel do Taker para dentro da cova, e a Flock começa a enterra-lo com terra. Assim sendo, Raven vence o combate, enquanto Sting apenas fica imóvel a olhar para a cova onde Taker estava agora enterrado.

– Steve Austin vence Goldberg para manter o Título da WWF – tal como no combate entre o The Rock e Goldberg, este embate também é bastante equilibrado e disputado onde ambos os wrestlers atingiram ambos os seus finishers algumas vezes. O final do combate consistia em Austin fazer o contra-ataque ao JackKnife, transformando-o num Stunner, vindo do nada. Austin celebra com o seu título.

– War Games – Team WWF (The Rock, Kurt Angle, Kane e Test) vs Team WCW (Booker T, Big Show, Lance Storm e Mike Awesome) – Um War Games bastante violento e sangrento.  Quando já todos os wrestlers tinham entrado dentro do ringue, a NWO aparece vinda do público. Eles abrem a porta das celas e com tacos de basebol, começam a destruir todos os wrestlers dentro do ringue. Quando todos encontram-se arrasados no chão, a NWO abandona as celas e vai embora pelo mesmo lado de onde entrou. Big Show, que ainda se encontrava com forças, aproveita para fazer um Chockslam em Test para ganhar o combate para a WCW. O PPV termina com Ric Flair a vir ao ringue festejar mais uma vitória da WCW sobre a WWF.

Raw Pós-Survivor Series

A Raw começa com Ric Flair a vir ao ringue. Ele rapidamente pede para que Vince apareça e que também entre no ringue. Vince aparece bastante chateado e entra no ringue. Flair começa glorificar a vitória da sua brand na noite passada, declarando que o próximo PPV terá o nome da WCW. Acrescenta também que o PPV irá ser o Starrcade, caracterizando este evento como o maior PPV do historial da WCW. Vince não pode fazer muito senão ouvir Flair, sendo que Mcmahon pergunta a Ric o porquê deste o ter chamado. Flair, sem mais rodeios, diz a Vince que têm o Main Event ideal para o seu PPV. Ele diz que quer um combate entre o seu campeão Chris Jericho e Steve Austin, onde o título da WWE estaria em jogo. Vince rejeita logo esse acordo, perguntando a Flair o porquê de não ser o Jericho a por o seu título em jogo.

Os dois continuam esta discussão até que Steve Austin aparece. Ele pega num microfone e afirma não ter medo de ninguém, aceitando qualquer desafio, neste caso o de Flair. Um grande sorriso aparece na cara de Flair, em contraste com um mudo Vince. Após o combate ser marcado, Austin aplica um Stunner a Flair e a Vince. Noutro seguimento, vemos uma promo do Sting onde este afirma ter voltado pois sentia à já muitos anos uma força fora do normal que ele muito desejava enfrentar. Acrescenta também que se essa força não mostrou-se à sua altura na última noite, mas espera que consiga arranjar forças para o enfrentar no futuro. Promos da NWO vão interrompendo alguns combates ao longo da noite. No Main Event, The Rock vence Kurt Angle, sendo no final atacado por Booker T.

Nitro Pós-Survivor Series

O programa começa com Jericho dentro do ringue. Ele pega no microfone e diz que está radiante com o seu combate no Starrcade. Não só não tem de defender o seu título, como tem a oportunidade de se tornar na primeira pessoa a ter o título da WCW e o da WWF em sua posse. Após dizer isto, Jericho dá-se ao trabalho de insultar sem parar o Austin, apenas para ser interrompido por DDP. DDP dá os parabéns a Jericho e diz que espera que a WCW saia vencedora no Main Event do Starrcade. Porém ele ainda tem contas a ajustar com Jericho e lança-lhe um desafio, ou seja, por o seu título em jogo contra ele no Main Event do Nitro. Jericho mostra receio, mas após DDP o acusar de cobarde e de ser um campeão medricas, Jericho acaba por aceitar. Durante o programa é anunciado que o título ganho pela Jazz mudou de nome, sendo agora o Título Feminino da WCW.

Jazz nessa noite tem um combate contra Torrie Wilson, mostrando o novo cinturão. Desta vez temos mais uma promo de Sting onde este desafia qualquer um que lhe queira desafiar no próximo PPV, afirmando que se essa pessoa o vencer ele irá embora. Noutro seguimento, Booker T aparece afirmando que atacou o The Rock na última Raw, pois ele não quer deixar dúvidas sobre quem é o melhor capitão das 2 equipas que se defrontaram no Survivor Series. Booker T acrescenta que conduziu a sua equipa à vitória no último domingo e ia mais uma vez aplicar a sua dominância em The Rock. Goldberg vence o seu combate normalmente, mas no final acaba por ser confrontado por Big Show, que lhe atribui culpas por não ter conseguido vencer Austin no Survivor Series. Goldberg tenta aplicar o Spear em Show, mas acaba por ser apanhado e é atingido por um Chockslam. No Main Event, Jericho acaba por sair vitorioso do seu combate, mantendo o título. Ao celebrar, Y2J é atacado por Austin sofrendo um Stunner para acabar o programa.

Build up para o Starrcade

Começando pelos combates secundários, Jerry Lynn é nomeado o nº1 Contender pelo título Europeu, sendo marcado um combate entre ele e RVD para o Starrcade. Porém, William Regal mete-se nesta Storyline e acaba por ser nomeado o arbitro para este combate. Goldberg e Big Show continuam a se confrontar, sendo marcado um combate entre os dois no Starrcade. A rivalidade giraria em torno de quem é realmente a força dominadora e destruidora da WCW. Kane acaba por ser aquele que aceita o desafio de Sting, afirmando que irá vingar o que ele fez ao irmão e expulsar o Sting da indústria. Kurt Angle, que já alguns meses andava a ser um Twenner, faz o turn para babyface ao atacar a Flock com uma cadeira e desafiando Raven pelo título no Starrcade. O combate acaba por ser marcado. Os Dudley Boyz tornam-se nos candidatos principais aos títulos de Tag Team e um combate entre eles e Malenko & Saturn também fica marcado. Lita usa a sua clausula de Desforra e desafia Jazz para um 2 Out Of 3 Falls Match.

Nos combates principais, fica marcado um Rock vs Booker T para o Starrcade. Está rivalidade seria muito igual aquela que realmente aconteceu no Verão desse ano, onde o Rock gozava com Booker T nas suas promos, enquanto que o outro o atacava por trás. Nesta Storyline, Booker T também mostrava pela primeira vez o seu finisher “Book End” (uma cópia do Rock Bottom). Steve Austin e Jericho continuam a sua rivalidade, sendo esta construída em torno do possível fim da WWF. O que quero dizer com isto é que se o Jericho conseguir conquistar o título, isto implicaria praticamente o fim da WWF, visto que a WCW possui a maioria dos seus Títulos, entre eles, o seu título principal.

WCW Starrcade 2001

– Rob Van Dam vence Jerry Lynn para manter o seu título Europeu – William Regal como árbitro, mostrou ser muito picuinhas com as manobras High Flyer demonstradas pelos dois wrestlers, chegando a ameaçar ambos que os desqualificaria se o continuassem a fazer. A uma certa altura, Lynn e RVD fartam-se de Regal e atacam-no. RVD ganha o combate já com um novo árbitro.

– Jazz vence Lita num combate 2 Out Of 3 Falls para manter o seu título feminino da WCW (2-1)

– Goldberg vence Big Show – o combate acaba com Goldberg a aplicar com grande surpresa um JackKnife em Show.

– The Flock (Malenko & Saturn) vencem os Dudley Boyz para manterem os títulos de Tag Team da WCW- Malenko atinge Bubba com um golpe baixo e faz o pin apoiado pelas cordas, sem que o árbitro desse conta.

– Sting vence Kane – Após o combate Sting atinge Kane várias vezes com o taco de basebol deixando uma mensagem a Taker.

– Kurt Angle vence Raven por desqualificação – Quando parecia que Angle ia vencer ao aplicar o Angle Slam, Raven atinge Angle nas “Joias da Família” para causar uma desqualificação. Raven foge com o seu título.

– The Rock vence Booker T.

– Steve Austin vence Chris Jericho num No-DQ Match para manter o seu Título da WWF – isto foi um combate com muita imprevisibilidade e com bastantes interferências de ambos os lados. Porém, Austin consegue vencer o Jericho com o terceiro Stunner nele aplicado, mantendo o seu título. Após o combate, a NWO aparece mais uma vez, destruindo um Austin exausto. Ao ver isto, Flair começa a chamar vários dos seus wrestlers para virem tratar da “saúde” à NWO. Quando os wrestlers da WCW entram em ringue, Flair pede a eles uns segundos antes de fazerem alguma coisa. O que se seguiu deixou os fãs perplexos. Flair abraça Hogan revelando uma aliança entre a NWO e a WCW. O PPV acaba com ambos os grupos a festejarem no meio do ringue.

Bem pessoal, assim acaba esta quinta parte no meu Re-Booking da Invasion. Como podem ver as surpresas não param e isto promete continuar assim. Se pensam que devia melhorar em certos aspectos e, se for assim possível, irei ter em consideração cada comentário. Devo desde já afirmar que já tenho mais ou menos uma ideia de onde quero acabar esta Storyline e as feuds que irei ter até ao fim. Mas se quiserem dar sugestões no que fariam de diferente até agora, estejam à vontade. Mais uma vez espero que tenham gostado da quinta parte desta “série”. Até para à semana!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “The Bottom Line” e Ex- escritor do artigo "One on One". Acompanha Wrestling à 10 anos.

19 Comentários

  1. Silveira9 - há 3 anos

    Só não precebo como é que tu não eras boker em 2001… isto traria audiencias

  2. 434 Days - há 3 anos

    Mais uma bela edição. Acabei por não entender bem, mas acho que fizeste um teaser entre o confronto entre Sting e Undertaker. Espero que o faças no WrestleMania 18. Até á próxima parte.

  3. Zé Pedro - há 3 anos

    Epá sinceramente isto está espetacular desde o inicio. Segunda-feira , eu chego ao site e venho logo à procura do teu artigo. Como não acompanhei a Invasion , até parece que estou a acompanhá-la agora , e pelo que diz quem a acompanhou , numa versão bem melhor !

  4. Roberto Barros - há 3 anos

    ótimo Booking, no começo tinha achado sua ideia meio sem cabeça, mas estava extremamente enganado e seu booking estar ficando cada vez melhor.

    • Rúben Rosa - há 3 anos

      Obrigado :D
      Devo admitir que no principio também estava receoso sobre se seria uma boa ideia fazer isto.
      Mas fico contente que tu e outros estejam a gostar :)

  5. gonçalo " the best in the world " - há 3 anos

    Excelente! O teu booking esta a melhorar a olhos vistos!xD Muito BOM!

  6. BEST EVER - há 3 anos

    ENTÃO O STING TEVE MESMO NA WWE?

    • RuiFerreira222 - há 3 anos

      Isto é um “re-booking”. É uma “fan fic”, uma história escrita por um fã. Nada disto aconteceu, é pura fantasia. :)

  7. RVD_77 - há 3 anos

    Grande artigo gostei bastante

  8. don_ricardo_corlone - há 3 anos

    Esta edição foi cheia de surpresas, alianças, traições e grandes reviravoltas. Devias estar doido quando escreveste isto…gostei! :)

  9. danielLP21 - há 3 anos

    Sem palavras… Cada vez melhor! Adorei o pormenor de o Sir William regal acusar o RVD de não ter a classe que ele tem em ringue xD

    • Rúben Rosa - há 3 anos

      Haha. Nem imaginas o quanto fiquei contente quando comecei a fazer o booking do match entre o Lynn e o RVD. A ideia do Regal como arbitro apareceu de imediato e estava a ter montes de ideias para o mesmo xD

  10. punt kick - há 3 anos

    Estou a gostar muito desse re-booking, é muito interessante e ativo!!!
    Só faço um reparo e steve austin está a ter muito protagonismo na história para mim deixavas eles perder o tíulo para um lutador da wwf ou um outro da wcw (até podia ser um lutador que não fosse o campeão da wwf atualmente) e esse fizesse um draft para a wwf.

    • Rúben Rosa - há 3 anos

      Bem, existe uma razão para o Austin estar a ter este protagonismo todo. Porém só direi o porquê no último artigo (onde estava a pensar dedicar um pouco a responder a certas decisões que foram tomadas na minha storyline. Contudo, agradeço a tua opinião :)

  11. Leonardo Trevisane - há 3 anos

    Otimo momentos…

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador