Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

The Bottom Line #19 – Re-Booking “The Invasion” (6)

Olá a todos os leitores do Wrestling.PT. Sejam muito bem-vindos a mais uma edição do “The Bottom Line”. Na edição desta semana teremos a Parte Nº5 do Re-Booking da Storyline “Invasion”, que ocorreu em 2001 na WWE. Antes de prosseguir-mos com o Booking, vamos fazer uma pequena recapitulação do que aconteceu na parte anterior. Seja como for têm aqui o link da primeira, segundaterceiraquarta e quinta parte.

Recapitulando, a NWO fez o seu regresso chocante no No Mercy, espalhando o caos. Sem se saber as suas razões, a New World Order apenas prometeu que  não importa quem ganhará a guerra, pois no final a NWO irá sair por cima. Steve Austin mantem-se como um campeão forte ao ser desafiado por Goldberg e Chris Jericho nos dois PPVs seguintes, conseguindo manter o seu título na WWF. O mesmo acontece com Jericho, que não desarma ao defrontar o DDP em duas ocasiões, mantendo o seu cinturão. A Rivalidade entre Raven e Undertaker atingiu o limite, quando é anunciado um Buried Alive Match para o Survivor Series, com o título Intercontinental em jogo. Nesse combate, Sting faz a sua estreia chocante ao atacar o “Deadman”, ajudando o Raven a ganhar o combate. Nunca mais se soube do Undertaker desde então. Também no Survivor Series, no Main Event, acontece o primeiro War Games da história da WWF, com a equipa da WCW a sair vencedora deste embate e garantindo a oportunidade de realizar o seu próprio PPV. No Starrcade, evento da WCW, após o Main Event entre Jericho e Austin, descobrimos que a NWO está numa Aliança com a WCW, deixando todos dentro do recinto chocados.

Raw Pós-Starrcade

Esta Raw começa com a NWO e Ric Flair a virem ao ringue. Eles entram dentro do ringue e pegam nos microfones. Flair é o primeiro a falar dizendo que isto é algo histórico no legado do Wrestling, afirmando que nunca se viu nada assim. Acrescenta que após anos de batalhas entre a WCW e a NWO, finalmente estes dois grupos se encontram juntos. Flair também diz que isto aconteceu por uma razão: vencer a WWF e leva-la à ruína. Ric diz que Hulk Hogan e a NWO são uma força como nenhuma outra e que precisa deles na sua “equipa” de forma a levar vantagem sobre Vince. Porém, acrescenta que isto não foi concretizado de imediato, pois apenas na noite passada ele tinha chegado a acordo com a NWO. Hogan é o próximo a falar, dizendo que o Vince não irá conseguir parar está nova força que surgiu. Ele afirma que está aliança é temporária, pois afirma que após eles acabarem com a WWF, a WCW e a NWO irão ser rivais na luta pelo poder do Wrestling.

Vince aparece e interrompe o Hogan. Vince diz que a WCW arranjou outra maneira de o tramar, mais uma vez. Mas afirma que apesar de estar em desvantagem, ele irá sair vitorioso pois diz a Hogan e Flair, que possui as melhores Superstars do Mundo e que irão fazer de tudo para ganhar a guerra. Sendo assim, Vince desafia um dos wrestlers da WCW a combater no Main Event contra um lutador mistério. Flair aceita afirmando que Booker T terá tudo o prazer em enfrentar esse wrestler.  Noutro seguimento, The Rock aparece e pede a Austin que apareça para o confrontar. Austin responde ao desafio de Rock e aparece. O Rocky começa por dizer que o embate entre os dois na passada Wrestlemania foi algo de fantástico e único na história do Wrestling. Porém, The Rock afirma que esteve bastante perto de finalmente conseguir vencer o Austin com o título em jogo. Rocky acrescenta que quer ser o próximo a enfrentar Austin pelo título e promete que desta vez irá sair vitorioso. Austin responde dizendo que aceita qualquer desafio que lhe fazem e que não tem medo de ninguém. Ele aceita o desafio de o Rocky e os dois apertam a mão. Vince interrompe perguntando aos dois o que raio ambos estão a fazer. Ele diz que isto é um momento critico na batalha contra a WCW, afirmando que não existe espaço para a rivalidade entre os dois. Austin e The Rock ignoram Vince, sendo que Stone Cold, do nada, aplica o Stunner em Rock e sai do ringue

No Main Event, Booker T dirige-se para o ringue e começa a gozar com quem poderá ser o seu adversário. Porém, é interrompido pela música do Triple H. O público do Madison Square Garden vai ao rubro (tal como ocorreu na realidade) e Triple H aparece, regressando da lesão que sofreu à meses atrás por parte de Booker T. O Booker, em pânico ao ver o homem que lesionara, procura fica petrificado a olhar para o The Game, enquanto este se dirige para o ringue. Quando HHH entra no ringue, uma rixa entre os dois começa, sendo quebrada por alguns wrestlers da WCW (4 deles), que entram no ringue e atacam o Game. The Rock e Austin vêm ajudar e começam a limpar a casa. Triple H vai buscar a sua marreta e começa a distribuir marretadas nos wrestlers da WCW, com o público a enlouquecer. Quando os wrestlers da WCW fogem em retirada, The Rock aplica o Rock Bottom em Austin como vingança, sofrendo depois um Pedigree de Triple H. O programa acaba com o Game a celebrar o seu regresso.

Nitro Pós-Starrcade

O programa começa com Flair a vir ao ringue. Ele começa por dizer que o Triple H não é nada comparado com o talento que ele têm na WCW, afirmando que não se tem que preocupar com esta nova “arma” da WWF. Outro assunto de que Flair fala é de que conseguiu garantir lugares para os seus wrestlers no próximo combate Royal Rumble. Flair diz que 10 wrestlers da WCW irão ter a oportunidade de entrar neste combate, acrescentando que combates de qualificação começam já nesse Nitro. É também anunciado que no Main Event, Goldberg e Big Show irão se defrontar para garantir um novo nº1 Contender ao título Mundial da WCW.

Os combates de qualificação acontecem como esperado, onde wrestlers como Lance Storm, DDP e Mike Awesome se conseguem qualificar. Durante o meio do programa, vemos um vídeo dos NWO, onde estes garantem umas surpresas durante as próximas semanas. No Main Event, Goldberg e Big Show acabam por sofrer ambos uma derrota por contagem, depois de Goldberg aplicar um Spear em Show que destruiu uma das barreiras de segurança. Sendo assim, não existindo nenhum vencedor, é anunciado um combate Ameaça Tripla, entre Show, Goldberg e Jericho pelo título Mundial no Royal Rumble.

Build up para o Royal Rumble

Na Raw seguinte, Triple H diz que voltou melhor do que nunca, afirmando que vai dominar o panorama da WWF como nunca. Ele diz que têm duas coisas em mente: 1- vingar-se de Booker T por aquilo que ele fez e, 2 – tornar-se novamente no campeão da WWF. Ele diz que o Rock e Austin não podem simplesmente marcar combates como lhes apetece, afirmando que também merece ser candidato ao título. Assim sendo, o comissario da WWF, William Regal, marca um Rock vs HHH para o Main Event, onde o vencedor irá enfrentar o Austin no Royal Rumble pelo título. Nesse Main Event, Rock vence Triple H, após uma interferência de Booker T, que acaba por custar o combate ao Game. Assim sendo irá ser mesmo um Rock vs Austin para o PPV. O build up para este combate iria ser feito com base no facto de Rock precisar realmente de vencer Austin, com o título em jogo, para não ficar na sombra do “Stone Cold”.

Na WWF também começam a acontecer combates de qualificação, que também ocorrem com naturalidade. Jericho, durante as próximas semanas, tenta fugir a todo o custo destes dois monstros que lhe querem tirar o título das mãos. Para sorte dele, todos os seguimentos acabam com o Goldberg e Show a começarem uma rixa entre si, dando uma escapatória para o campeão. Kurt Angle consegue mais uma oportunidade pelo título de Raven, sendo acrescentado que será um combate sem desqualificação. Também os Duddley Boyz conseguem mais uma oportunidade pelos títulos de Tag Team, sendo marcado um combate de Mesas. Outro combate que foi marcado é de um rematch entre RVD e William Regal pelo título Intercontinental. Jericho consegue qualificar-se para o combate Royal Rumble, afirmando que decidiu entrar nos combates de qualificação, pois quer ter mais uma oportunidade de defrontar o campeão da WWF e de possuir os dois títulos ao mesmo tempo. Durante as semanas seguintes, descobrimos as surpresas que a NWO falava. Essas surpresas consistiam no regresso de Big Show e X-Pac ao grupo.

WWF Royal Rumble 2002

– The Duddley Boyz vencem The Flock (Malenko e Saturn) num combate de mesas para se tornarem nos novos campeões de Tag Team da WCW.
– William Regal vence RVD e torna-se no novo campeão Europeu. Regal consegue a sua vitória ao usar umas soqueiras na face de RVD, enquanto o árbitro estava caído no chão.
– Raven vence Kurt Angle e mantêm o seu título dos EUA da WCW num combate sem desqualificação. Quando parecia que Angle tinha o combate ganho ao ir aplicar o Ankle Lock, Scott Steiner aparece vindo do público e com uma cadeira atinge a cabeça de Angle. Raven aproveita-se e faz o Pin para vencer o combate.
– Chris Jericho vence Goldberg e Big Show para manter o seu título Mundial da WCW – Jericho consegue a sua vitória, após aproveitar-se de um Spear aplicado por Goldberg em Big Show. Jericho empurra o Goldberg para fora do ringue e aproveita-se de um Show já no chão.
– The Rock vence Stone Cold Steve Austin e torna-se no novo campeão da WWF. Foi um combate bastante intenso e bastante equilibrado, onde não existiu nenhuma interferência de nenhum wrestler. O Rock consegue a vitória opôs aplicar o terceiro Rock Bottom da noite.
– Combate Royal Rumble – os dois primeiros wrestlers a começarem o combate são o Kevin Nash (nº1) e Scott Hall (nº2). Porém nos primeiros 90 segundos, os dois wrestlers decidem jogar ao pedra, papel, tesoura, de forma a passarem o tempo até ao próximo wrestler aparecer. Com isto, nenhum contacto é feito entre os dois, deixando no ar que a NWO está realmente unida e vai trabalhar como equipa durante todo o combate. E assim mesmo acontece. Durante o combate, Triple H(Nº10) é aquele que elimina Booker T (nº21). Sting que entrara no combate com o nº27, acaba por ser eliminado pois distrai-se com o som do gongo do Undertaker. Porém, o Undertaker não chega a aparecer, dando uma a 3 wrestlers da WWF de eliminar Sting. Chris Jericho, entra com o nº30 e chega aos últimos dois, juntamente com Triple H. Jericho acaba por eliminar o Game, graças a uma interferência de Booker T. Assim sendo, Jericho é o grande vencedor do Rotal Rumble.

Raw Pós-Royal Rumble

A Raw começa com o Rocky a vir ao ringue. Ele, bastante orgulhoso, ergue o seu título da WWF e diz que finalmente conseguiu provar que conseguia vencer o Steve Austin com o título em jogo. Austin interrompe o Rock e vem até ao ringue. Ele começa por dar os parabéns ao Rocky por o ter conseguido vencer na última noite. Porém, Austin diz que milagres não acontecem duas vezes e que quer desafiar o Rocky para uma desforra. Ambos acabam por ser interrompidos por Triple H. O Game afirma que só não venceu o Rumble na última noite, pois um “Sucka” qualquer decidiu estragar-lhe a noite. Porém ele afirma que fez o suficiente para merecer a oportunidade pelo título e que a quer no próximo PPV.

Com isto tudo, o comissário William Regal aparece e acaba por marcar um combate Ameaça Tripla para o próximo PPV entre The Rock, Steve Austin e Triple H com o título da WWF em jogo. Noutro seguimento, Vince mostra-se furioso com o que o Regal acabara por fazer, pois não quer ver as suas 3 estrelas de topo se destruírem por completo num momento como estes. O resto do programa decorre normalmente. A única coisa de anormal que acontece é no Main Event, onde após Kurt Angle ter vencido o Raven num combate sem o título em jogo, Scott Steiner volta a atacar Angle, desta vez com um Frankesteiner.

Nitro Pós-Royal Rumble

O programa começa com Chris Jericho a vir ao ringue. Jericho diz que no último Domingo mostrou o quanto bom realmente é ao manter o seu título Mundial e ao vencer o combate Royal Rumble. Acrescenta também que o seu próximo passo é defrontar o campeão da WWF na Wrestlemania e ganhar o título de modo a Unifica-los e  tornar-se no derradeiro campeão. Depois de dizer isto, Jericho acaba por ser interrompido pela NWO. Hogan pega no microfone e começa por dar os parabéns a Jericho por aquilo que conseguiu fazer no último Domingo. Porém, Hogan diz mostrar-se confuso com o que o Jericho disse no final, afirmando que não vê grandes hipóteses no Y2J de vencer no Main Event da Wrestlemania. Ele diz que ele já tivera a sua oportunidade em Dezembro no Starrcade, onde não conseguirá vencer Austin. Hogan diz que é altura de deixar os “Big Boyz” lidarem com o assunto, dizendo que ele é aquele que merece realmente ir ao Main Event da Wrestlemania. Flair acaba por interrompe-lo dizendo que o que o Hogan disse até faz sentido, mas continua a acreditar em Jericho.

Por isso, Flair marca o seguinte combate: no PPV No Way Out, Jericho irá enfrentar Hulk Hogan, onde o título Mundial da WCW irá estar em jogo, juntamente com a oportunidade pelo título da WWF na Wrestlemania. Jericho diz que não acha justo ele ser o único que tem tudo a perder com este combate, sugerindo que uma vitória dele expulse a NWO da WCW. Hogan aceita e o combate fica marcado. Noutro seguimento, Scott Steiner faz o seu regresso ao Nitro. Ele pega no microfone e diz que queria voltar e marcar uma posição. Ele diz que essa posição acabou por ser feita quando ele decidiu atacar o Kurt Angle. A razão por detrás deste ataque está no facto de todos considerarem o Angle um mestre no Wrestling amador, ao ter ganho nos Jogos Olímpicos de 1996.

Ele acha um absurdo que não lhe tenham incluído nessa discussão, pois afirma ter feito coisas fantásticas enquanto estava na Universidade de Minnesota. Steiner acaba a sua promo dizendo que vai mostrar ao mundo que ele é melhor que Angle. No Main Event, Booker T vence DDP, sendo que no final do combate, o Booker deixa uma mensagem a Triple H, afirmando que a sua pior decisão foi voltar e promete que o vai por no hospital mais uma vez.

Build up para o No Way Out

Durante as próximas semanas até ao PPV, iriam continuar o seus confrontos de palavras até ao dia do combate. No caso de Triple H, ele também tem que se preocupar com Booker T, sendo vitima de vários ataques, tendo saído por cima em alguns. Rock e Austin fazem equipa algumas vezes, mas claramente não conseguem deixar as picardias um com o outro. Angle desafia Steiner para um combate no próximo PPV, sendo que Scott acaba por aceitar. Miss Jackie torna-se na nova candidata principal ao título feminino da Jazz. Os Dudleys Boyz vão enfrentar a Flock na sua desforra pelos títulos e o combate irá ser um 2 out of 3 Falls Tables Match.

Jericho e Hogan continuam a sua rivalidade, muito por trocas de palavras. Hogan vai acusando o Jericho de não ter estufo de campeão, enquanto que o Y2J acusa o Hogan de ser um cobarde que só sobrevive rodeado dos amigos.  Também se vêm a descobrir que a NWO está banida do combate entre Jericho e Hogan. Sting é desafiado por Big Show, que afirma que irá ser o membro da NWO que abateu o Stinger, algo inédito e que nunca fora feito. O combate entre os dois fica marcado para o PPV. Super Crazy torna-se no nº1 contender pelo título Europeu e vai defrontar o Regal. Após um torneio, Test ganha uma oportunidade pelo título de Raven no PPV.

WWF No Way Out 2001

– William Regal vence Super Crazy e mantém o título Europeu.
– Raven vence Test e mantém o seu título dos EUA da WCW.
– Sting vence Big Show – após o combate, uma mensagem aparece no Titantron onde diz que o regresso do “Morto” irá ser feito na próxima Raw.
– The Dudley Boyz vencem a Flock (Malenko e Saturn) para manterem os títulos de Tag Team da WWF num 2 out of 3 Falls Tables Match (2-1)
– Kurt Angle vs Scott Steiner – O combate nunca se chega a realizar pois Steiner apresenta bastantes queixas na sua perna. Porém, isto é tudo mentira, pois quando Angle virá as costas, Scott ataca Kurt e revela que não está nada magoa. Steiner ataca violentamente Angle, sendo que a Rixa termina quando Steiner executa um Suplex em Angle que atravessa a mesa de comentadores.
– Jazz vence Miss Jackie e mantém o seu título Feminino da WCW.
– Hulk Hogan vence Chris Jericho e torna-se no novo campeão Mundial da WCW – a uma certa altura do combate, o árbitro sofreu um ataque por acidente e cai para o chão. Com isto, Flair vem até com uma camisola de árbitro e começa a arbitrar o combate. Quando o Hogan executa o Leg Drop em Jericho, Flair faz uma contagem bastante rápida, não dando tempo de Jericho reagir. Assim, Hogan torna-se no novo campeão da WCW e vai à Wrestlemania defrontar o campeão da WWF. Jericho fica sem palavras para o que acabou de acontecer e vê um Flair sem expressão abandonar o ringue.
– Steve Austin vence The Rock e Triple H para se tornar no novo campeão da WWF. O Triple H combate pouco tempo durante o combate, pois a uma certa altura, Booker T ataca o Triple H com uma marreta. Ele ataca a sua perna e o Game é obrigado a desistir do combate, sendo levado pelo médicos da WWF. Assim sendo, Rock e Austin combatem sozinhos na maioria do combate. Quando parecia que o Rock estava pronto para aplicar o Rock Bottom e ganhar o combate, o homem mascarado, que lesionara o Rocky no passado, volta a atacar o “Great One”, com uma corrente. Após isto ele foge, e Austin que não deu por nada do sucedido, aplica o Stunner em Rock para vencer o combate. Austin fecha o PPV a festejar a reconquista do título.

Bem pessoal, assim acaba esta sexta parte no meu Re-Booking da Invasion. Como podem ver as surpresas não param e estamos quase a chegar ao fim deste Rebooking. É verdade, a próxima edição irá ser a última parte, onde irei apresentar de forma bastante detalhada todo o build up de todos os combates para a Wrestlemania. Não só isso mas essa última parte irá também conter algumas explicações de decisões que fiz ao fazer está storyline, bem como as ideias que foram abandonadas entretanto. Mais uma vez espero que tenham gostado da sexta parte desta “série”. Até para à semana!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “The Bottom Line” e Ex- escritor do artigo "One on One". Acompanha Wrestling à 10 anos.

18 Comentários

  1. 434 Days - há 3 anos

    Tens me prendido a atenção ao longo destas semanas e mal posso esperar pelo grande final no WrestleMania 18. Continua com o bom trabalho.

  2. Willian Silveira - há 3 anos

    Fiquei feliz com o Jericho a vencer o Rumble mas descontente com o Hogan a derrotar o Jericho. Eu pensava que tu ia bookar Jeriho vs Rock e Austin vs Hogan…
    Mas gostei no geral.

    • Rúben Rosa - há 3 anos

      Percebo que tirar o título ao Jericho pode ser uma decisão pouco popular, mas tenho planos à volta daquele título para outras superstarts. Seja como for, o Jericho foi uma das minhas figuras principais nesta storyline e até já tenho uma storyline para ele na Wrestlemania.

      • Willian Silveira - há 3 anos

        Talvez semana que vem eu entenda a tua decisão, mas no momento não vejo necessidade do Hogan ter o WCW Title.

        Mas ta melhor que booking da Invasion real.

    • joao pedro - há 3 anos

      Como raios é que Jericho era campeão e entra no royal rumble?

      • Rúben Rosa - há 3 anos

        João está explicado acima que o Jericho decidiu qualificar-se para o combate pois quer mais uma oportunidade pelo título do Austin e unificalos na Mania

  3. gonçalo " the best in the world" - há 3 anos

    Estava a adorar o ” Booking” que estavas a fazer da invasion, mas essa derrota do Jericho e de um possível combate com o Flair, doi xD

    Depois o Hogan a lutar pelo titulo na Wrestlemania? Não me agrada…

    De resto o Card para a Wrestlemania promete ser Awesome! Sting vs Undertaker e um possível Triple h vs The Rock, isto promete…xD

    • Rúben Rosa - há 3 anos

      Por vezes temos de fazer escolhas difíceis e com tantas possibilidades à disposição, temos de fazer decisões difíceis.

  4. Roberto Barros - há 3 anos

    Esse artigo ficou sensacional, pelo jeito teremos nessa wrestlermania combates históricos como Sting vs Undertaker,Austin vs Hogan, parabéns pelo booking.

  5. don_ricardo_corlone - há 3 anos

    Sinceramente gostei mais da edição anterior, aqui umas coisas que não concordo muito. Não estarás a pensar fazer do Hulk Hogan o primeiro Undisputed Champion? Espero. O Triple H regressa em grande mas acaba por perder sempre em tudo o que se envolve. Talvez não devesse ter ido directo ao combate pelo titulo para ter uma vitória pelo menos. Tira um pouco a força do seu regresso. Mas vá, vamos esperar pela Wrestlemania e que o Hogan não seja o primeiro Undisputed Champion, titulo que é do Jeicho e assim deveria continuar.

    • Rúben Rosa - há 3 anos

      Em relação ao Triple H, eu queria fazer um Booker T forte ao sair por cima na maioria das vezes. Se reparares, numa pequena frase, eu refiro que o Triple H consegue sair por cima algumas vezes com o Booker T, no build up para o No Way Out.
      Decidi por o Triple H no Main Event do No Way Out de forma a não repetir o mesmo combate pelo título do Rumble. Não queria fazer algo tão especial como um Austin vs Rock 2 vezes no espaço de um mês.

  6. XxSecondCitySaintxX - há 3 anos

    Acho que devias usar na Wrestlemania a mesma estipulação do Vegeance 2001 ou seja um torneio pequeno pelo Undisputed Championship com Hulk Hogan, Goldberg, Steve Austin e Jericho. Seria interessante se Jericho vencesse e unifica-se ambos os títulos, Ric Flair apareceria par lhe dar os parabéns pela vitória e anunciando o fim da WWF e Jericho atacava-o revelando ter se juntado a WWF outra vez ou ate ser um espião da WWF na WCW (assim como Kurt Angle foi na storyline) e Vince Mcmahon ir celebrar com Jericho ao ring marcando o fim da WCW se a teu re-booking acabar na Wrestlemania X8 claro.

    • danielLP21 - há 3 anos

      Gosto muito da ideia… Adoro!

      • Rúben Rosa - há 3 anos

        Épa tanta pressão xD. A decisão de tirar o título ao Jericho foi mesmo muito pouco popular

      • Rúben Rosa - há 3 anos

        Já acabei a storyline e não vou mudar nada. Mas deixo o aviso: nada é o que parece :)

  7. danielLP21 - há 3 anos

    Tudo o que não for o Jericho a ganhar o Undisputed Title na WrestleMania deixa-me desiludido… Hulk Hogan a vencer o Jericho pelo título? Come on…

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador