The Bottom Line #43 – Re-Booking WWE 2009 (2)

Olá a todos os leitores do Wrestling.PT. Sejam muito bem-vindos a mais uma edição do “The Bottom Line”. Na edição desta semana teremos a Parte Nº2 do Re-Booking da WWE de 2009. Antes de prosseguir-mos com o Booking, vamos fazer uma pequena recapitulação do que aconteceu na parte anterior. Na edição de hoje, apenas irei fazer o Booking do Build up para a WrestleMania 25. Podem consultar a primeira parte através deste link.

Resumindo, John Cena manteve o seu título nos últimos 2 PPVs da WWE e vai à Mania como campeão. O seu adversário será Rey Mysterio, que venceu o Royal Rumble de 2009. Mysterio ganhou, graças a uma ajuda de Shane Mcmahon, que acabou por entrar em rivalidade com Randy Orton, depois deste atacar o seu pai, Vince. Os dois enfrentaram-se no No Way Out, com Randy a sair vencedor. Na Smackdown, Edge venceu Jeff Hardy no Royal Rumble e tornou-se campeão da WWE novamente. A sua conquista deveu-se a Christian, que regressou de forma chocante e ajudou o seu amigo de longa data a vencer o combate. Christian também é anunciado como o autor dos vários ataques que Hardy sofreu nos últimos meses. Jeff têm, porém, uma hipotése de vingança, ao vencer um combate Elimination Chamber, tornando-se no nº1 Contender ao título na Wrestlemania. Entramos assim nas últimas 6 semanas para a Mania 25.

Build up para a WrestleMania

Aqui nesta parte, vou falar do build up das duas Brands, sem fazer distinções.

– No que toca à feud pelo título Mundial, na noite após o No Way Out, iria ocorrer uma assinatura de contracto, para oficializar o embate. Neste seguemento, Cena iria falar muito bem de Mysterio, como já é habitual nas suas feuds com Faces. Porém, ele diz que irá fazer de tudo para manter o seu título. A ideia que eu quero passar, é de que estamos a assistir a um Cena muito relaxado, bem mais que normal. Uma ideia de que está a tratar o Mysterio com demasiada cortesia e simpatia. O mesmo iria acontecer com Rey, mas não tanto, visto que ele e Cena tem personalidades um pouco diferentes. Assinatura de contracto acaba com um ataque dos Legacy aos dois e um combate de Tag Team é marcado para a próxima semana. Cody Rhodes e Ted Dibiase contra Mysterio e Cena acontece na semana seguinte. Tudo corre bem, quando o Mysterio tem a vitória garantida, mas sofre o Tag de Cena. John vai aplicar o F-U, mas acaba por sofrer o Roll Up e perder, pois Cody ganha equilíbrio ao agarrar as calças de Cena. Após o combate, Cena e Mysterio discutem mas acabam por apertar as mãos, acalmando os ânimos.

Nas 3 semanas seguintes, Cena e Mysterio continuariam a combater lado a lado em combates de Tag Team. Ganham os 3 combates, mas coisas diferentes acontecem. Após a vitória no primeiro combate, Cena consegue o Pin depois de Mysterio ter feito o seu Finisher, o 619, levando a que Rey se exalta-se por Cena lhe ter roubado a vitória. Cena estende a mão, tal como na semana passada, mas Mysterio desta vez não a aperta. Na segunda vitória, o mesmo acontece, mas em circunstâncias diferentes. Desta vez é Rey que rouba o pin a Cena, depois deste aplicar o F-U. Os dois discutem mais uma vez, Mysterio estende a mão, mas Cena não a aperta. Na terceira e última vitória, ambos os wrestlers fazem o Pin ao mesmo tempo, em ambos os adversários. No final do combate, os dois começam a olhar fixamente um para o outro. As coisas pioram, quando ambos começam a trocar murros, tendo mesmo de ser separados pelo Staff do Backstage. Na última semana antes da Mania, Mysterio faz uma promo sentida, onde diz que quando venceu o título pela primeira vez, todos diziam que só o ganhou por ter o Eddie ao seu lado. Rey garante que vai sair campeão e mostrar que realmente têm estofo para isso. A minha ideia nesta rivalidade com o Cena e Rey era uma espécie de Ultimate Warrior vs Hulk Hogan, onde os fãs estariam divididos em quem apoiar. Esperava com este build up, que a ideia fosse bem passada.

– No combate pelo título da WWE, Jeff Hardy ganhou a oportunidade pelo título de Edge no No Way Out. Na Smackdown, após o PPV, Jeff Hardy consegue um combate com Christian, o homem que lhe custou o título no Rumble. O combate nunca chega a acontecer, pois Edge e Christian fazem uma emboscada a Jeff que já se encontrava no ringue. Quando parecia que os dois iam aplicar um duplo Concharto a Hardy, Matt aparece para salvar o seu irmão e afugenta os dois vilões. Na semana seguinte, assistimos a um regresso dos Hardy Boyz, com os dois a derrotar Big Show e Chavo Guerrero num combate. Após o combate, Edge & Christian atacam ambos os Hardys, tentado deixar a mensagem que os dois ainda controlam o que se passa na Smackdown. Nas próximas 2 semanas, os 4 wrestlers iriam estar em confrontos. Na primeira semana, Edge venceria Matt Hardy num combate e na segunda semana, Jeff venceria Christian por desqualificação, após interferência de Edge. Matt vem mais uma vez em auxilio do irmão e os dois “limpam” o ringue, após fazerem os seus finishers em Edge e Christian. Jeff quer um combate sem interferências com Christian e consegue isso mesmo, graças a Shane Mcmahon que marca um combate de jaula, 3  dias antes da mania. Jeff vence o combate. Após o fim do mesmo, Edge aparece por baixo do ringue e faz um Spear em Hardy, acabando assim o build up para a Mania.

– No que toca à Streak do Undertaker vou fazer modificações mínimas. Para começar, não vai ocorrer nenhum torneio para decidir quem enfrenta o Taker na Mania. Nunca gostei desse conceito, parece que o homem é um título qualquer. Simplesmente faria o Shawn Michaels vir ao ringue e desafiar o Taker para um combate memorável na Mania. Faria o HBK dizer que na Mania passada ele reformou o lendário Ric Flair, e que a único desafio que poderia superar esse feito é a Streak do Undertaker. HBK chama-o ao ringue e o “Morto” aparece. HBK começa a atiçar o “Morto” a aceitar o combate, ao dizer que já lhe venceu mais vezes, do que ele lhe venceu. Michaels reforça este facto ao afirmar que venceu o Taker em 2 duas das suas especialidades, Hell in the Cell e Casket Matches. Undertaker acaba por aceitar o combate para a Mania. Nas semanas seguintes, quero ver Mind Games de ambos os lados. Numa semana, HBK veste-se de Taker e engana tudo e todos ao atacar o verdadeiro Taker, enquanto usa as suas vestes. Noutra semana, Taker instala uma campa na casa de Shawn Michaels, com o seu nome  e a data da Wrestlemania. Na semana seguinte, Michaels faz uma promo dentro de uma cova, dizendo que não teme que Taker lhe tire alma no combate da Mania. Taker, a 2 semanas da Mania, faz uma figura de gesso, réplica do Michaels, aparecer num caixão, para deixar HBK completamente alterado. Na última Raw antes da Mania, ocorre promos promocionais de promoção ao combate da Mania. Quero com isto deixar os fãs com mais “água na boca” de querer ver o combate.

– No que toca à rivalidade entre Orton e os Mcmahons, as coisas não acabam aqui. Na noite após a o No Way Out. Orton vem até ao ringue com os Legacy e faz uma promo. Ele diz que já resolveu o que tinha a resolver com os Mcmahons ao vencer Shane. O jovem Mcmahon interrompe Orton e diz que isto ainda mal começou. Ele diz que vai por o Orton num combate Handicap contra Kofi Kingston e Mark Henry. Orton acaba por vencer o combate ao fazer o pin em Kingston. Após o combate, os Legacy atacam Henry e Orton faz o Punt Kick no mesmo. Shane aparece para atacar Randy, mas os Legacy conseguem trava-lo. Orton aplica outro Punt Kick, desta vez em Shane. Na semana seguinte, Stephanie ameaça despedir Orton, pois nas palavras dela as coisas já foram longe de mais. Quando ela se preparava para o despedir, Orton ataca-a com um RKO. Quando Orton ia dar-lhe o Punt Kick, Triple H aparece furioso e Orton foge.

Na semana seguinte, Linda Mcmahon diz que vai ser ela a despedir Orton por todo o que fez, trazendo segurança para o ringue. Os Legacy aparecem e atacam os seguranças com cadeiras. Orton aplica o Punt Kick em Linda e foge ao ver Triple H, desta vez, acompanhado de alguns Faces na Raw. Na Raw seguinte, Orton faz uma promo, onde diz que aniquilou todos os Mcmahons do mapa e que nada o pode parar. Acaba por ser interrompido por Triple H, mas ele não vêm sozinho. Ao seu lado vêm Shane e Vince Mcmahon. Os 3 arrasam com os Legacy e limpam o ringue. Na semana seguinte é anunciado que na Wrestlemania, Vince, Shane e Triple H vão enfrentar os Legacy num 6 Man Tag.  Na última Raw antes da Mania, Shane e Triple H vencem os Legacy num combate de Tag Team.

– No que toca ao Money in the Bank, a edição deste ano irá contem apenas 6 lutadores. Sempre achei que 6 devia ser sempre o máximo. Os melhores combates deste estilo, sempre foram aqueles que só tinham 6 lutadores. Sendo assim, aqueles que se qualificam para o combate são, Chris Jericho, Kofi Kingston, CM Punk, MVP, Big Show e Shelton Benjamim.

– No panorama da ECW, Jack Swagger nunca chegou a defender o título nesta edição, mas neste Fantasy Booking, eu quero que isso aconteça. A rivalidade com Finlay vai continuar e é confirmado um Belfast Brawl (Street Fight) entre os dois na Mania 25, pelo título da ECW.

– Os títulos de Tag Team vão ser unificados, com The Miz e John Morrison a enfrentarem Cryme Time. Durante as 2 primeiras semanas, as 2 equipas defendem o título com sucesso. Após isso, é mesmo oficializado um combate entre as 2 equipas pela unificação. Nas 2 semanas seguintes, os 4 membros das 2 Tag Teams, têm combate singulares entre si, de forma a fazer o build up para a Mania. 14 dias antes da Mania, vemos um video onde os Cryme Time assaltam a casa de Miz e Morrison, ambas em Hollywood. Na última semana antes do Evento, Miz e Morrison destroem com martelos, os carros de JTG e Shad. O Build up, está assim feito.

– Para finalizar, também é anunciado um combate entre Christian e Matt Hardy na Mania. O build up, está praticamente feito, sendo construído ao mesmo tempo com o Edge vs Jeff Hardy.

WrestleMania 25

File:Wrestlemania 300x450.jpg

– Combate Money in the Bank – Cm Punk vence Chris Jericho, Kofi Kingston, MVP, Big Show e Shelton Benjamim para ganhar a mala.
– Jack Swagger vence Finlay num Belfast Brawl e mantém o título da ECW.
– Cryme Time vencem Miz e John Morrison e são agora os campeões Unificados de Equipas.
– Christian vence Matt Hardy
– Triple H, Vince e Shane Mcmahon vencem os Legacy num combate 6-Man Tag.
– Jeff Hardy vence Edge e torna-se no novo campeão da WWE – Christian ainda tenta interferir no combate e ajudar Edge, mas Hardy acaba por vencer, depois de 2 Swantom Bombs.
– Rey Mysterio vence John Cena e torna-se no novo campeão Mundial. – É um combate muito bem disputado, onde os fãs vão estar muito divididos. Cena aplica o F-U, mas não consegue a vitória. Aplica o STF, mas não consegue obrigar Mysterio a desistir. Rey aplica o 619, mas Cena consegue se safar. O combate acaba quando Mysterio aplica o Frogsplash, em clara memória a Eddie Guerrero. No final, Cena e Mysterio apertam as mãos e Rey celebra com o título.
– Undertaker vence Shawn Michaels. – o combate decorre exactamente como ocorreu na realidade. A única diferença é que isto é o Main Event.

E chegamos assim ao fim, por hoje. Espero que tenham gostado desta segunda parte do Re-Booking 2009 WWE. O que acharam até agora? Gostava muito de saber as vossas opiniões. Até para à semana.

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “The Bottom Line” e Ex- escritor do artigo "One on One". Acompanha Wrestling à 10 anos.

20 Comentários

  1. Igor Silva - há 3 anos

    Gostei

  2. Natan - há 3 anos

    muito bom

  3. Hildo - há 3 anos

    Excelente.

  4. gonçalo"the best in the world" - há 3 anos

    Bom artigo, acho que devias aprofundar mais as rivalidades, mas mesmo assim estiveste bem!

  5. Alexandre Romano - há 3 anos

    Excelente artigo Ruben.
    Gostei muito do artigo mas porque que o United States champion e o Intercontinental champion não foram defendidos na WrestleMania? E acho que o The Miz e o Jonh Morison deveriam ter ganho o combate na WrestleMania.
    Comprimentos Alexandre.

  6. Miguelfcarlos - há 3 anos

    Estou a adorar este Re-Booking. Acho que tomaste as decisões mais corretas.

  7. MicaelDuarte - há 3 anos

    Bem feito. No geral, gostei do “card” final, apenas acho que o combate Matt Hardy/Christian foi “construído à pressa”.

    Não houve um combate de Divas xD

    • Rúben Rosa - há 3 anos

      Não foi construido à pressa. Matt e Christian estiveram envolvidos durante tudo o build up do Edge vs Jeff. Isso justificava, e muito, um combate entre os dois, na minha opinião

      • MicaelDuarte - há 3 anos

        Quis dizer que senti mais uma coisa entre Christian/Jeff, do que propriamente entre Christian/Matt.

      • Rúben Rosa - há 3 anos

        Ah ok. É esperar para ver as outras partes

      • Warlock - há 3 anos

        a Primeira vez que leio, mt bom, mas concordo, acho que poderias ter transformado este combate numa Triple Treath entre Edge vs Jeff vs Cristian, em que no fim o Edge Traia o Cristian com medo que este lhe roubasse o titulo, e ao fim de lhe aplicar um spear o Jeff aplicava lhe um twist of fate e depois um swanton bomb nos 2 e ganhava :) mas nao desgosto do teu Re-booking, cada um tem os seus gostos :)

  8. Rúben Rosa - há 3 anos

    Não foram defendidos pois precisava dos dois campeões para participarem no Money in the Bank (neste caso, CM Punk e MVP). Fiz os Cryme Time ganharem pois era a altura deles. O Miz e o Morrison já tinham tido o seu auge de Tag Team em 2007, princípios de 2008.

  9. Catchphrase - há 3 anos

    Tou a gostar das historias e dos pequenos detalhes do booking os build up sao otimos

  10. Don_Ricardo_Corleone - há 3 anos

    Estaria aqui uma excelente oportunidade para um heel turn do Cena. Já que na realidade parece impossivel…

  11. John_3:16 - há 3 anos

    Gostei bastante das rivalidades que apontas-te, de facto cada vez mais tenho saudades da verdadeira viper, mas enfim.

  12. Francisco Edge - há 3 anos

    Bastante bom

  13. danielLP21 - há 3 anos

    Só não gostei muito do 6 man tag… Ver o Vince McMahon a lutar não me agrada muito…

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador