The Bottom Line #53 – Re-Booking WWE 2009 (7)

Olá a todos os leitores do Wrestling.PT. Sejam muito bem-vindos a mais uma edição do “The Bottom Line”. Na edição desta semana, teremos a Parte Nº7 do Re-Booking da WWE de 2009. Antes de prosseguir-mos com o Booking, vamos fazer uma pequena recapitulação do que aconteceu na parte anterior. Na edição de hoje, irei continuar o Booking, partindo para 2 dos últimos PPVs do ano. Podem consultar a última parte através deste link.

Recapitulando, na última parte, Batista regressou depois de uma lesão, no PPV Breaking Point. Regressa ao atacar o seu amigo de longa data, Rey Mysterio, custando-o a oportunidade de recuperar o Título Mundial. Batista torna-se assim um Heel e vai para a Smackdown. Mysterio, á procura de vingança, decide transferir-se também para a Smackdown. Os dois acabam por se enfrentar no PPV Hell in the Cell, e Batista vence Rey. CM Punk começou uma rivalidade com Undertaker pelo Título da WWE. Punk acaba por vencer o Deadman 2 vezes em 2 PPVs distintos. A primeira foi no Breaking Point, onde Festus ajuda Punk a vencer Undertaker, revelando que é um “seguidor” do Straight-Edge Champion e que apartir daquele momento queria ser conhecido como Luke Gallows. A segunda vitória de Punk, ocorreu no PPV Hell in the Cell, onde venceu Taker outra vez, desta vez com a ajuda de Batista. Na Raw, Randy Orton ainda é campeão Mundial. Porém, ele e os Legacy perderam um 6-Man Hell in the Cell match contra os DX e John Cena. HBK é aquele que faz o Pin em Orton, o que significa que é o novo nº1 Contender. O que acontecerá a seguir? Vamos descobrir!

The Bottom Line #52   Re Booking WWE 2009 (6)

Pós Hell in the Cell e Build Up para o Bragging Rights (Raw)

A Raw começa com HBK a vir até ao ringue. Ele ao principio começa a brincar um pouco, bem ao seu estilo, de como uma derrota na Wrestlemania com o Undertaker o fez ficar tanto tempo afastado, mesmo quando não se apresentava lesionado. Mas rapidamente ele passa ao que interessa, afirmando que conseguiu o Pinfall no combate do último Domingo, o que faz dele o novo nº1 Contender ao título Mundial.  Ele diz que se sente no topo da sua forma e afirma que sente que tem mais um Reinado com um Título Mundial á sua espera. Com isto, Orton interrompe HBK, acompanhado dos Legacy, e diz que Michaels está a deliriar e que o Undertaker deve lhe ter provocado danos no cérebro. Orton afirma que ele é o lutador mais dominante da WWE e que ninguém, neste momento, tem condições de lhe tirar o Título. HBK pode achar que está próximo de mais um reinado, mas aos olhos de Orton, ele está mais perto da reforma. HBK houve o suficiente, e no espaço de segundos, provoca 2 Superkicks em Dibiase e Rhodes, antes de abandonar o ringue. Orton não acredita no que acaba de ver e fica furioso. É anunciado um Steel Cage match nessa noite para por um fim á rivalidade entre os DX e os Legacy. Os DX acaba por vencer, mas Orton ataca Triple H e, principalmente, HBK com uma cadeira. Orton acaba a Raw a olhar para um Michaels ensanguentado.

– A rivalidade entre HBK e Orton continua intensa até ao Bragging Rights. Em 2 semanas, HBK vence Dibiase e Rhodes em combates individuais, mas Orton consegue sempre a última palavra ao aplicar um RKO em Michaels. Porém, Randy também tem um pouco do seu remédio. Num combate com Triple H, Orton acaba por perder depois de HBK lhe aplicar um Superkick. Iria também mostrar vídeos sobre os dois wrestlers ao longo das semanas. No caso de Shawn Michaels, os vídeos seriam sobre a sua carreira fantástica no Wrestling, bem como o facto de não ganhar um título Mundial á 7 anos. No caso de Orton, iria evidenciar a sua dominância ao longo dos últimos 5 anos, bem como um grande nº de títulos Mundiais conquistados em pouco tempo. Na última Raw antes do PPV, Michaels e Orton tem um último confronto, onde ninguém pode interferir. Os dois trocam insultos e acabam por entrar num confronto físico. Michael sai por cima e aplica um Superkick em Orton para acabar a Raw.

– É anunciado uma Batalha em Brands no próximo PPV. Basicamente, um Combate de Tag Team de 6 vs 6, entre Raw e Smackdown. A Tag Team vencedora iria erguer um trófeu, como sinal de supremacia no que toca a Brands. A Raw ao longo das semanas qualifica vários Wrestlers para entrar na Tag Team que irá representar a Brand. No final, a Tag Team é composta pelos seguintes elementos: John Cena e Triple H são os capitéis de equipa, composta também por Evan Bourne, Kofi Kingston e os Legacy (Cody Rhodes e Ted Dibiase). Para promover o combate, as duas Brands vão trocando insultos ao longo das semanas, bem como ocorrendo combates entre si, individualmente.

– Para além deste combate 6 vs 6, são anunciados mais 2 combates entre as Brands, ambos sendo individuais. Num deles, Beth Phoenix, campeã feminina, irá defrontar Michelle MCcool, campeã das Divas. A rivalidade construi-se no facto de qual das 2 é a melhor campeã. O outro combate era suposto ser entre o campeão Intercontinental e o campeão dos EUA. Porém, Miz e John Morrison são amigos e vêm até ao ringue afirmar que não vão lutar um contra o outro. Porém, eles afirma que estão dispostos a formar Tag Team mais uma vez, por uma noite, lançando o desafio a qualquer Equipa que os queira enfrentar. Cryme Time acabam por responder ao desafio e o combate fica marcado. A rivalidade ia se construir no facto de que os Cryme Time foram aqueles que derrotaram Miz e Morrison no seu último combate de Tag Team e como isso iria afectar os dois.

Build up para o Bragging Rights (Smackdown)

– Batista começa a primeira Smackdown no caminho para o Bragging Rights. Ele começa por explicar o porquê de ter atacado Undertaker no último PPV. Ele diz que após vencer o seu ex-amigo, Rey Mysterio, e de ter cortado todos os laços com os seus “amigos”, o passo seguinte a dar na Smackdown seria o de ir atrás do lutador mais temido, neste caso o Undertaker. Batista diz que o Deadman já não é o wrestler mais dominate da Smackdown, pois essa pessoa é agora ele. Ele também afirma que considera mais fácil ganhar o título da WWE ao enfrentar Punk do que enfrentar Undertaker. Undertaker interrompe Batista e aparece no Titantron. Ele diz que o Animal cometeu o pior erro da vida dele e que a retaliação estava a caminho. Ele desafia Batista para um combate no Bragging Rights e o Animal, depois de um pouco hesitante, acaba por aceitar. No Main Event da Smackdown, ocorre um Battle Royal para determinar o novo candidato ao título da WWE. Matt Hardy acaba por vencer no final, ao eliminar Rey Mysterio por último e torna-se no novo nº1 Contender ao título da WWE. Punk, que assistia ao combate na mesa dos comentadores, troca olhares com Hardy após o combate para terminar a Smackdown.

– No que toca ao combate pelo título da WWE, Matt Hardy vem até ao ringue na segunda semana de Build Up e faz uma promo. Ele diz que o que Punk fez ao seu irmão durante várias semanas, nos últimos meses foram inaceitáveis. Ele afirma que não via grande possibilidade de poder chegar até Punk e vingar o irmão, visto que CM Punk é o campeão e conseguir uma oportunidade pelo título é sempre difícil. Mas após vencer a Battle Royal do último Domingo, a “porta” da vingança abriu-se e agora Punk irá pagar por ter afastado o irmão da WWE. Punk interrompe Matt, acompanhado de Luke Gallows e começa a atacar verbalmente Hardy. Ele diz que odiava o que o seu Irmão representava e ficou muito satisfeito por ter conseguido “elimina-lo”. Porém, Punk admite que Jeff era um dos melhores lutadores que passaram pela WWE nos últimos anos. Ele continua afirmando que Matt não é tão bom como o irmão Jeff, o que torna o combate no Bragging Rights muito favorável para ele. Diz que Matt sempre viveu na sombra do seu irmão e que assim continuará a ser, pois ele não tem hipóteses de o vencer no PPV. Matt Hardy contra-ataca, afirmando que a única razão porque Punk ainda é campeão, é graças a Luke Gallows. Punk ignora esse facto, afirmando que consegue vencer Hardy sem Luke ao seu lado. Assim sendo, Punk diz que se Matt conseguir vencer Luke na próxima edição da Smackdown, Gallows não poderá sequer aparecer perto do ringue durante o PPV. Na semana seguinte, Matt consegue vencer Luke e Punk não o poderá ter ao seu perto. No final do combate, Punk aplica o GTS em Matt e deixa-o estendido no chão. Na última Smackdown antes do PPV, Hardy consegue aplicar um Twist of Fate em Punk e quase consegue aplicar um Swanton Bomb, mas Punk consegue fugir. Matt levanta o título da WWE afirmando que irá vencer no PPV.

– A Smackdown ao longo das semanas qualifica vários Wrestlers para entrar na Tag Team que irá representar a Brand. No final, a Tag Team é composta pelos seguintes elementos: Chris Jericho e Christian como capitéis de equipa, R-Truth, Rey Mysterio e os Hart Dinasty.

– Big Show e Kane tornam-se numa Tag Team novamente. Ele entram num torneio composta por 8 equipas, para determinar os novos nº1 Contenders aos títulos de Tag Team no Survivor Series. Eles chegam á final e irão enfrentar Mark Henry e MVP no PPV para decidir os nº1 Contenders.

– Batista e Undertaker continuam a sua rivalidade. O Taker faz os seus Mind Games como estamos habituados, enquanto que Batista vence lutadores todas as semanas, destruindo-os por completo, de forma a deixar uma mensagem ao Deadman. O meu objectivo é que nenhum dos dois entre em confronto físico entre si até ao PPV. É também anunciado que o combate entre os dois no PPV irá ser um Falls Count Anywhere.

WWE Bragging Rights 2009

– Big Show e Kane vencem Mark Henry e MVP – tornam-se nos novos nº1 Contenders.

– Beth Phoenix vence Michelle MCcool

– Cryme Time vencem Miz e Morrison – No final do combate, Miz culpa Morrison pela derrota e ataca-o. Isto marca o Face Turn de Morrison

– Team Smackdown vence Team Raw – Chris Jericho consegue a vitória para a sua Brand, depois de conseguir fazer Kofi Kingston desistir com um Walls of Jericho

– CM Punk vence Matt Hardy e mantém o seu Título da WWE – Punk consegue a vitória depois de uma misteriosa mulher, aplicar um golpe baixo em Hardy. Punk aproveita e aplica um GTS para a vitória. Ele festeja, juntamente com Gallows e a mulher mistério.

– Undertaker vence Batista num Falls Count Anywhere

– Randy Orton vence Shawn Michaels e mantém o seu título Mundial – ninguém interfere no combate e os dois lutam um combate de pelo menos 20 minutos. Orton consegue vitória depois de um RKO, após HBK saltar da corda superior.

Pós-Bragging Rights e Build Up para o Survivor Series (Raw)

A Raw após o PPV começa com a GM, Vickie Guerrero, a vir até ao ringue. Ela afirma que o Survivor Series está a porta e que combates Tradicionais deste evento irão acontecer. O mais importante deles todos, irá ser onde o campeão Mundial estará envolvido. Vickie diz que Orton não irá defender o seu título no Survivor Series, mas terá de participar obrigatoriamente num Combate 5 vs 5 Tradicional. Vickie diz que já tem os 5 adversários preparados para enfrentar a equipa de Orton, mas que deixa Randy escolher a sua equipa, visto que é o campeão. Vickie anuncia também que a equipa vencedora no Survivor Series, irá ser a GM da Raw na próximas 5 semanas (cada semana, um dos wrestlers da Tag Team vencedora será o GM). Ela afirma que escolheu esta estipulação, pois irá estar de férias, depois de um grande trabalho realizado durante vários meses. No final da Raw, Randy Orton vem até ao ringue e anuncia a sua equipa: ele, os Legacy, Shelton Benjamin e The Great Khali. Com isto, aparecem os DX, que anunciam que eles irão estar na equipa oposta. Anunciam assim os outros membros: John Cena, Kofi Kingston e Evan Bourne. A Raw acaba com os 10 wrestlers a entrarem em confronto físico.

– Para promover este Main Event, os 10 wrestlers entram em combates individuais, entre si, de forma a promover o combate. The Great Khali, graças ao seu tradutor Rajul Sight, que se a equipa de Orton vencer, ele irão auto promover-se como nº1 Contender ao título da WWE, assim que a sua semana como GM começar. O mesmo diz Shelton Benjamin, que afirma que não existe melhor adversário para Orton do que ele. Os legacy dizem que irão desafiar os campeões de Tag Team ou então, irão dar as suas semanas como GMs a Randy Orton. Já Orton, diz que irá dar a si próprio um mês inteiro sem ter que competir ou defender o seu Título. No lado dos Faces, nenhum diz bem o que vai fazer, mas chegam á conclusão que o objectivo é derrotar os Legacy e lhe dar uma lição.

– The Miz e John Morrison entram agora em rivalidade e irão estar em equipas opostas no Survivor Series (4 vs 4). Na equipa de Miz irão estar: ele, Dolph Ziggler, Sheamus e Jack Swagger. Na equipa de John Morrison irão estar: ele, Santino Marella, R-Truth e Tommy Dreamer. Morrison afirma que Miz vai pagar pelo o que lhe fez no Bragging Rights, enquanto que Miz afirma que Morrison era o elo mais fraco da equipa e que apenas o estava a a apagar da sua existência.

– Também irá ocorrer um 4 vs 4 Tradicional Survivor Series Match entre as lutadoras Femininas. De um lado teremos: Beth Phoenix, Mickie James, Melina e Gail Kim. Do outro teremos: Michelle McCool, Layla, Nathalya e Maryse. Combates individuais entre as várias Divas acontecem para promover o combate.

Build Up para o Survivor Series (Smackdown)

– Na Smackdown após o Bragging Rights, CM Punk vêm até ao ringue acompanhado de Luke Gallows e da mulher misteriosa. Ela é apresentada por Punk, como sendo Serena Deeb, que tal como Luke Gallows, tinha problemas com Álcool e outras substancias. Ela estava “perdida”, mas graças a Punk que agora tem uma nova vida. A única maneira que ela penso em retribuir Punk é segui-lo e ter a certeza que ele continua como campeão da WWE, para que possa continuar a espalhar a sua mensagem. Punk afirma que eles se auto intitulam como Straight Edge Society e que são a força mais poderosa da WWE. Vickie Guerrero interrompe Punk e diz que ele terá de formar a sua própria equipa para o Survivor Series e que não comece a festejar, pois um derradeiro campeão nunca deve parar. Guerrero acaba ao dizer que Punk pode ter problemas em conseguir membros para a sua equipa, pois colecionou inimigos ao longo dos meses- Punk anuncia o seu primeiro parceiro na Survivor Series Team: Luke Gallows. Ao longo da noite, Punk tem dificuldade em encontrar membros para a sua equipa, mas consegue com esforço mais 2 membros para integrar: Hart Dinasty. Porém, a Smackdown acaba sem conseguir o seu último membro. Vickie aparece no final da Smackdown e anuncia os adversários da equipa de Punk: Undertaker, Rey Mysterio, Matt Hardy, MVP e Mark Henry.

Na Smackdown seguinte, Punk pede a Batista para que entre na sua equipa. Batista diz que só aceita, se lhe der uma oportunidade pelo Título após o Survivor Series. Punk hesita ao principio, mas acaba por aceitar a proposta. Para promover o combate, iria apoiar-me no facto de 3 dos membros da equipa dos Faces terem um passado com Punk, ou quererem ser os próximos WWE Champions. No lado dos Heels, vemos um Punk inseguro da sua equipa, pois não considera os Hart Dinasty bons suficientes, mas eram os únicos que aceitariam integrar a equipa, e Batista, com o Straight Edge Champion a duvidar da sua lealdade.

– Chris Jericho e Christian irão defender os seus títulos de Tag Team no Survivor Series contra Big Show e Kane. A rivalidade iria ser construída no facto de que quando Kane e Big Show eram uma Tag Team, eles eram a Tag Team mais dominante da WWE, tal como Jericho e Christian. Também iria centrar-me no facto de que Show e Kane eram o maior perigo até agora, no que toca á Tag Team de Jericho e Christian.

– Na ECW, Goldust torna-se no nº1 Contender ao título da ECW e irá enfrentar William Regal no PPV.

WWE Survivor Series 2009

– William Regal vence Goldust e mantém o título da ECW

– Team Phoenix vence Team McCool (Ordem de eliminação: 1 – Melina, 2 – Maryse, 3 – Layla, 4 – Mickie James, 5 – Nathalia, 6 – Michelle McCool) (Sobreviventes: Beth Phoenix e Gail Kim – No final do combate, Gail Kim olha intensamente para Phoenix e olha também para o seu título).

– Team Miz vence Team Morrison (Ordem de eliminação: 1 – Santino Marella, 2 – Dolph Ziggler, 3 – Tommy Dreamer, 4 – R-Truth, 5 – Jack Swagger, 6 – Sheamus, 7 – John Morrison) (Sobrevivente: The Miz – Morrison elimina 2 lutadores seguidos, mas não consegue eliminar Miz no final)

– Chris Jericho e Christian vencem Kane e Big Show e mantém os títulos de Tag Team

– Team Punk vence Team Taker: (Ordem de eliminação: 1 – MVP, 2 – Tyson Kid, 3 – David Smith, 4 – Mark Henry, 5 – Matt Hardy, 6 – Luke Gallows, 7 – Rey Mysterio, 8 – Batista, 9 – Undertaker). (Sobrevivente: CM Punk – Batista fica furioso por ser eliminado por Undertaker que o ataca com um Batista Bomb, sendo que Punk aproveita para aplicar um GTS para vencer o combate.

– Team DX vence Team Legacy (Ordem de eliminação: 1- The Great Khali, 2 – Evan Bourne, 3 – Shelton Benjamin, 4 – Kofi Kingston, 5 – Triple H, 6 – Ted Dibiase, 7 – Cody Rhodes, 8 – John Cena, 9 – Randy Orton) (Sobrevivente: HBK)

E chegamos assim ao fim, por hoje. Espero que tenham gostado desta sétima parte do Re-Booking 2009 WWE. O que acharam até agora? Gostava muito de saber as vossas opiniões. Até para à semana.

Importante

– A próxima parte do Re-Booking será a última, referente a esta Série. Gostarias que a última parte fosse feita em formato de vídeo, tipo Vlog? Pergunto pois estou á procura de inovar um pouco este tipo de artigo, bem como reviews de DVD Sets. Achas boa ideia? Também gostaria que deixassem perguntas sobre o Re-Booking, em termos de algumas decisões que possa ter feito, ou curiosidades que queiram saber, para que eu possa responder também no próximo artigo, visto que só falta o Booking de um PPV.

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “The Bottom Line” e Ex- escritor do artigo "One on One". Acompanha Wrestling à 10 anos.

20 Comentários

  1. Rúben - há 2 anos

    Há duas gralhas. Team Punk vence Team Punk
    Mas orton consegue sempre a última palavra ao aplicar um rko em orton.

  2. Joao Filipe - há 2 anos

    Rúben Rosa, eu não gosto muito de análises de DVD, mas acho que Vlog’s era uma boa ideia

  3. gonçalo"the best in the world" - há 2 anos

    Gostei bastante deste re-booking, eu sei que ainda falta um artigo mas tu fizeste um trabalho fenomenal e tenho pena que não tenhas mais comentarios, Grande Artigo e excelente trabalho!
    PS: O Punk anda a vencer gente importante mas acho que precisava de uma vitoria sem ajudas.

    • Rúben Rosa - há 2 anos

      Obrigado pelas palavras Gonçalo. Já agora, o que achas da minha ideia, que propus no final do artigo?

      • gonçalo"the best in the world" - há 2 anos

        Se tu queres inovar o artigo, força nisso é uma boa ideia.

  4. Rúben Rosa - há 2 anos

    Obrigado pela opinião :)

  5. Miguelfcarlos - há 2 anos

    Gostei desta parte do Re-booking, apesar dos execivos combates de equipas no Survivor Series. Eu pessoalmente prefiro que a próxima versão seja feita de maneira normal. A próxima parte vai ser só o TLC, não é?

    • Rúben Rosa - há 2 anos

      Sim, e também irei apresentar algumas curiosidades sobre o meu caminho até aqui, e, se for o caso, responder a algumas perguntas sobre os leitores, caso eles tenham algumas

      • Miguelfcarlos - há 2 anos

        Ok. Eu tenho uma pergunta: porque é que deste um push ao Rey Mysterio?

      • Rúben Rosa - há 2 anos

        Responderei no próximo artigo ;)

  6. WWE_BR_FAN - há 2 anos

    Muito bom continue assim cara!!!

  7. Alexandre Romano - há 2 anos

    Eu gosto tanto de Vlog’s como análises de DVD, por isso gostava muito se fizesses as duas coisas nos teus artigos. Só uma pergunta: Chegaste a pensar na separação do Legacy no teu Booking? Se sim quando?

  8. Hildo - há 2 anos

    Mais uma excelente parte do Booking, Gosto da ideia do Vlog, penso que seria interessante.

  9. Rúben Rosa - há 2 anos

    Responderei á tua pergunta no próximo artigo :)

  10. Tunes9 - há 2 anos

    Excelente artigo, daqueles que dá gosto de ler, interessante e divertido, tenho gostado de acompanhar esta rubrica, os meus Parabéns Rúben Rosa. :-)

    Gostei de praticamente tudo, não tenho nada de especial a dizer.

    Quanto à última parte ser feita em formato de vídeo, acho que é uma excelente ideia e confio na tua imaginação e criatividade, tenho a certeza que ficará brutal, bora para a frente com essa ideia.

    – Acrescento só que acho que o HHH está a ter pouco destaque, esteve na “sombra” dos Legacy e do HBK e Orton até ao Survivor Series e depois nem chegou ao fim no combate de eliminação, mas pode ser só por ser o meu lutador preferido, compreendo que penses de outra maneira, assim como o Cena que está numa posição semelhante (mas, pelo menos, chegou ao fim no combate 5 vs 5 de eliminação), de resto, não tenho mais a nada a dizer, adorei.

    Bom trabalho. :-)

  11. jhonata souza - há 2 anos

    bom trabalho acho que seria uma boa você fazer o re – booking da nexus

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador