Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

The People’s Elbow #95 – Accidents Happen

El Hijo del Perro faleceu no show da AAA no México, quando sofreu o 619 de Rey Mysterio na traqueia e caiu inconsciente. Danos na coluna cervical foi a causa da morte.

Às vezes, as coisas dão para o torto dentro do ringue e não são raros os riscos drásticos e as situações severas de desastres. Irei olhar para alguns dos horríveis incidentes, desde lesões inacreditáveis a mortes trágicas.

Hayabusa (nascido a 29 de Novembro de 1969) teve a sua estreia a 5 de Maio de 1991, trabalhando para a promoção Atsushi Onita’s Frontier Martial Arts Wrestling.

Nos anos iniciais da sua carreira, perdeu a maioria das lutas, algo corriqueiro no Puroresu, debutando na New Japan Pro Wrestling na Super Cup 1994, onde foi derrotado na 1ª ronda pelo Jushin Thunder Liger.

Quando esteve no México, aprendeu o estilo Lucha Libre do instrutor Rey Mysterio Sénior, lutando pela World Wrestling Association, AAA e CMLL.

Entre Janeiro e Abril de 1995, lutou nos EUA, retornando depois ao Japão para lutas perigosas envolvendo arame farpado e explosivos. Numa Exploding Cage Match, foi levado à pressa para o hospital devido a queimaduras. Competiu no PPV Heatwave da Extreme Championship Wrestling, desafiando RVD e Sabu pelo World Tag Team Championship, fazendo equipa junto ao seu colega frequente Jinsei.

High Flyer talentoso e fenomenal, teria, contudo, carreira curta quando, a 22 de Outubro de 2001, ao tentar a Springboard Moonsault (similar ao Lionsault do Chris Jericho), o seu pé escorregou das cordas, aterrando sobre a cabeça, costas e pescoço, quebrando duas vértebras e ficando paralisado.

https://www.youtube.com/watch?v=OWF1it7Ydfw

Considerado o coração do Wrestling nipónico, nunca mais voltaria a lutar, ficando confinado a uma cadeira de rodas. Desde então, está envolvido na companhia Dragon Gate e na Wrestling Marvelous Future.

Viajou para alguns eventos da WWE, tendo a oportunidade de encontrar velhos amigos como RVD, Sabu, Rey Mysterio, Vince e Shane McMahon, HHH e Jeff Hardy.

Perseguindo carreira de cantor, gravou CD intitulado Trust, até que algo surpreendente aconteceu: levantou-se e voltou a andar.

Aos 46 anos, não sabe quais as chances do retorno ao ringue. Alguns dos seus moves: Falcon Arrow (Top Rope Sitout Suplex Slam), 450 Splash, Inverted Scoop Side Piledriver.

https://www.youtube.com/watch?v=edTwRh7DLnA

Darren Drozdov (nascido a 7 de Abril de 1969) é um antigo jogador de futebol e Wrestler profissional retirado que competiu pela World Wrestling Federation no ano 1999 sob o nome Droz.

Com 1,91 metros e 120 quilos, jogou pelos Denver Broncos na NFL, ganhando notoriedade quando vomitou na TV, sendo destacado por artigo da Sports Illustrated.

Este problema crónico dar-lhe-ia o seu spot na World Wrestling Federation, reclamando a habilidade natural para regurgitar.

Associado aos Legion of Doom, foi o terceiro membro não oficial do grupo, sendo envolvido nos confrontos acerca do alcoolismo do parceiro do Animal, estando programado para ocupar o seu posto.

Depois disto, entrou no torneio Brawl For All, chegando às semifinais antes de perder para Bradshaw. Construiu facção de lutadores que partilhava o seu bizarro estilo de vida, adicionando Albert como seu artista de piercing.

A sua carreira terminou de repente, durante combate frente a D’Lo Brown nas gravações de 5 de Outubro de 1999 da SD. Algo correu mal quando Brown foi para a sua Running Powerbomb e Droz fracturou dois discos do pescoço, ficando paralisado.

A luta não foi emitida e nunca foi exposta ao público, no entanto, fotografia sua a ser retirado de maca foi vista nos anúncios “Don’t Try This At Home”.

Começou a contribuir nos conteúdos do site e da magazine da companhia, escrevendo previsões para cada PPV. É de supor que não chegasse longe se considerada a enjoativa razão da sua vinda, só que isso aqui não interessa, nunca se irá saber.

Não é por isso que se vai desvalorizar, afinal, são os seus sonhos que estão espalhados pela terra e a sua felicidade que teve de ser achada doutra maneira.

Mitsuharu Misawa fez a sua estreia a 21 de Agosto de 1980 pela All Japan Pro Wrestling, tendo sido Wrestler amador de sucesso. Viajou para o México, aprimorando as suas capacidades aéreas.

Até 1990, sucedeu a Satoru Sayama como Tiger Mask e, ao longo da década, iria dominar a All Japan Pro Wrestling, obtendo múltiplos reinados e sendo reconhecido pela crítica ao ser nomeado para Wrestler dos anos 1995, 1997 e 1999 pela Wrestling Observer, cujo Hall of Fame tê-lo-ia como membro inaugural.

Seria presidente até ser removido pelo Conselho Executivo, saindo para formar a Pro Wrestling Noah, estabelecendo-a sob a sua liderança.

A 25 de Agosto de 2007, foi anunciado que estaria no Glory By Honor da ROH a 2 de Novembro e, a 27 de Outubro, defendeu o Heavyweight Championship perante Samoa Joe.

A 13 de Junho de 2009, depois dum Belly to Belly Suplex, perdeu a consciência e foi levado ao hospital, onde foi pronunciado morto, especulando-se que tenha tido ataque cardíaco causado pelos efeitos na espinha cervical, aos 46 anos.

https://www.youtube.com/watch?v=oGdiAF09R7Q

Owen James Hart actuou por diversas promoções, incluindo Stampede Wrestling, New Japan Pro Wrestling, World Championship Wrestling e World Wrestling Federation.

Era o mais novo dos 12 filhos de Helen e Stu Hart e foi por duas vezes campeão Intercontinental, uma vez campeão Europeu e 4 World Tag Team.

A Steel Cage contra o seu irmão mais velho permanece como uma das cinco lutas da WWE premiadas pelas cinco estrelas da Wrestling Observer.

Agraciado pelos seus pares, morreu a 23 de Maio de 1999 durante a sua entrada no Over the Edge, quando o equipamento não funcionou ao descer dos suportes do telhado.

Caiu 24 metros sobre o peito para cima da corda superior, atirando-o para o ringue, do qual foi transportado para o hospital.

Os telespectadores não testemunharam o incidente porque, durante a queda e enquanto era assistido pelo pessoal médico, a transmissão mostrava a audiência.

Entretanto, Jim Ross informava que aquilo não era angle ou storyline, enfatizando a seriedade da situação. O evento continuou e, mais tarde, foi declarado morto. A viúva sugeriu que ele possa ter-se desprendido ao não parar quieto para pôr-se confortável.

Na noite seguinte, a 24 de Maio de 1999, episódio especial da Raw foi para o ar sob a designação Raw is Owen, com todas as rivalidades postas de lado.

Ele era casado e tinha dois filhos – Edward (nascido a 5 de Maio de 1992) e Athena Christie – planeando retirar-se cedo e gastando pouco dinheiro na estrada.

A 22 de Junho de 2010, Martha Patterson processou Linda e Vince McMahon por usar o nome e fotos do marido no DVD Hart and Soul e por não pagar pelo merchandise vendido.

Escreveu o livro The Life and Death of Owen Hart que é sobre a sua vida conjunta desde adolescentes e que foi Best Seller no Canadá e publicado noutros países.

A Owen Hart Foundation teve a sua abertura no ano 2000 e providencia bolsas escolares e universitárias para crianças carenciadas e casas para as suas famílias.

Este é o mais conhecido dentre os acidentes neste Mundo do Wrestling Profissional e aquele dia foi dos mais tristes na História dos Sports Entertainment.

O seu desaparecimento foi chocante, estúpido e deveria ter sido evitado. Para desanuviar, curiosidades: assinou pela World Wrestling Federation no Verão de 1988, não sendo promovido como o irmão mais novo de Bret Hart, decidindo criar-se um super herói pelo seu estilo voador.

Por breve período, Blue Blazer foi Blue Angel, debutando no Survivor Series e lutando no Mid Card, perdendo para Ted DiBiase no Saturday Night Main Event e Mr Perfect na WrestleMania 5.

Foi desmascarado em 1991 numa luta máscara contra máscara no México, despedindo-se do Blue Blazer até reaparecer como heel que desdenhava a Atitude Era.

HHH honrou-o ao adoptar para si a alcunha entendida para ser para ele – Game. No Over the Edge, iria vencer o título Intercontinental pela terceira vez.

Estas ocorrências são manchas negras no vestido branco deste desporto e que tingirão o seu tecido pela eternidade porque nada substitui a ceifa brutal destes homens.

Alguns ainda cá estão, outros não, nisto que era suposto ser apenas show…

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “The People’s Elbow”. Nascido a 25/2/90 na margem Sul, fã desta modalidade desde 2009.

4 Comentários

  1. reigns one versus all - há 2 anos

    Excelente artigo.
    Esta é sem duvida a a parte do wrestling que ninguém gosta mas acontece.

  2. "The Architect" - há 2 anos

    Excelente artigo Miguel!
    É sempre triste quando ocorre acontecimentos destes :/

  3. MCardosinho - há 2 anos

    Muitos parabéns pelo artigo, está mesmo excelente e prendeu a minha atenção toda.
    O destino às vezes é muito cruel, de um momento para o outro tudo muda, no caso do Rey ele simplesmente passou de lenda a um assassino, aos olhos de algumas pessoas que não entendem que foi um acidente ou que simplesmente todos os lutadores estão sujeitos a riscos.
    Nos casos que apresentas te apenas conhecia, o do Owen Hart… acho que foi estupidez a sua morte como referistes, eu nessa altura não via wrestling, já fiz pesquisas sobre a sua morte, tentei encontrar videos do exato momento, mas não exitem, foi uma perda enorme no mundo do wrestling, acho que é bastante revoltante para os fãs e familiares, uma vida ser perdida assim. Vi em qualquer lado na net ou até rumores que o Owen não queria fazer a sua entrada assim, porque ele estava com um mau pressentimento que algo de errado ia acontecer, mas lá o tranquilizaram.
    Bem mais uma vez parabéns pelo artigo.

  4. Tiago Fernandes - há 2 anos

    Li num site que o Owen Hart andava a comer a Linda Mcmahon e depois o Vince ficou com raiva, então pagou a um hitman que trabalhava la na arena para empurrar o owen sem ninguem ver

    Isso é verdade?

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador