TNA British Boot Camp 2 (Episódio 1)

O TNA British Boot Camp regressou este ano ao Reino Unido para encontrar uma futura estrela da TNA entre os muitos e talentos wrestlers britânicos.

O TNA BBC 2 é transmitido pelo Challenge TV e consiste num evento de selecção de potenciais candidatos a wrestler da TNA. Todos os candidatos vão ter a oportunidade de mostrar os seus talentos a um painel muito conceituado com Gail Kim, Samoa Joe e Al Snow. Os lutadores que passarem à fase seguinte terão de lutar entre si numa demonstração “Best of Britain”, onde os melhores terão a oportunidade de viajar até aos Estados Unidos, conhecer as estrelas da TNA e experimentar em primeira mão o que é fazer parte da organização. Os finalistas irão igualmente competir em Nova Iorque, em frente aos fãs mais exigentes do mundo.

O vencedor receberá um contrato da Presidente da TNA Dixie Carter para se tornar num membro a tempo-inteiro do roster da TNA. Os restantes três finalistas irão igualmente ganhar um lugar na Tour Britânica de 2015.

Neste episódio de estreia, vamos poder assistir às primeiras audições em termos de promos e capacidade física de nomes como Kay Lee Ray, Simon Lancaster, Joe Vega, Priscilla, Noam Dar, Grado, Nikki Storm, Mr. Tank e Viper.

Videos

Dailymotion
http://dailymotion.com/video/x289ran

Youtube
http://youtu.be/vOyWt5bPzUA

Sobre o Autor

- Colaborador do Wrestling.PT para os conteúdos da Total Nonstop Action!

4 Comentários

  1. FranciscoAP - há 2 anos

    Interessante… O modelo é completamente diferente do BBC do ano passado, tornaram o programa mais num concurso e menos num reality show. Parece-me bem, apesar de ter achado as apresentações dos wrestlers pouco dinâmicas, e terem mostrado pouco do trabalho deles em ringue também não ajudou. Mas acho que esta temporada tem boas hipóteses de superar a anterior.

    Até ver, estou pelo Noam Dar. Mas também gostei da primeira miúda.

    • Eu gostei bastante deste formato, apesar de ser estranho avaliar wrestlers desta forma. O Noam Dar está num nivel muito acima dos restantes e a Nikki Storm é uma atleta tremenda. Por acaso não fiquei nada impressionado com a Kay Lee Ray. O Grado é um daqueles personagens cómicos que não sei se funcionaria perante um público Norte-Americano…eu pelo menos tenho dificuldade em descodificar aquele sotaque. Fiquei surpreendido por não passarem o Priscilla, dado que até o elogiaram durante a demonstração com o Joe.

  2. CChris - há 2 anos

    Gostei do programa, fiquei bastante surpreendido por não terem passado o Mr Tank mas terem passado a Viper… nada contra ela, mas eu achei que ele tivesse melhores condições para passar do que ela. De resto, como se viu, Noam Dar está muito bem, acho que precisa de melhorar algumas coisas ainda nas expressões faciais e na comunicação. As miudas, achei a primeira muito generica, do que se viu in-ring, até se safava. A Nikki, pode muito bem ser um “Beth Phoenix”. Quanto ao Grado… acho que o Al Snow foi um bocado duro demais com ele, não consegui perceber bem o porque de ele ter ficado tão chatiado com ele, mas ok. Podia muito bem ser o vencedor desta ediação, mas eles é que sabem.

    • Para mim o Mr. Tank precisava de rever a gimmick. O discurso dele é algo mais próximo de um tipo machista, narcisista, ao estilo Mr. Perfect, Razor Ramon, Nature Boy ou até um Chris Masters. Misturar esse nasrcisismo com a parte militar torna as coisas confusas.

      A Viper também me surpreendeu em passar a primeira fase, mas se eu trabalhasse naquela equipa criativa até ficava atento a ela. Ela não pareceu má no ringue e aquele ar angelical iria dar muito jeito para criar uma gimmick ou uma storyline muito interessante (estilo Abyss/Joseph Park).

      O Grado supostamente atrasou-se para aquele treino, mas pareceu-me tudo muito planeado…

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador