Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

TNA iMPACT Wrestling (12/12/2013)

A X Division está de regresso à TNA e com um combate brutal entre Chris Sabin e Austin Aries pelo título da X Division. O grande destaque vai igualmente para o Feast or Fired Match, onde 13 lutadores entraram no ringue e 4 acabaram por sair com as malas. Na próxima semana iremos saber quem receberá title shots e quem será despedido.

Houve também muita acção de tag-team entre os Bad Influence e a dupla Joseph Park e Eric Young.

Dixie Carter rodou a Wheel of Dixie e ficámos a conhecer a estipulação do combate entre Magnus e Jeff Hardy pelo World Heavyweight Championship.

Resultados

– Austin Aries venceu X Division Champion Chris Sabin
– Eric Young e Joseph Park venceram Bad Influence
– Zema Ion, Ethan Carter III, Chavo Guerrero e Gunner venceram Feast or Fired

Xplosion

– Chavo Guerrero e Hernandez venceram Bad Influence

Vídeos

Dailymotion

Mais Links e Download Directo

Xplosion

Dailymotion

Mais Links e Download Directo

Sobre o Autor

- Colaborador do Wrestling.PT para os conteúdos da Total Nonstop Action!

19 Comentários

  1. JoãoRkNO - há 3 anos

    Que belo show.

    O Final Resolution da próxima quinta promete, que card espetacular.

    O Aries e o Sabin são mais dois que conseguem ter uma química no ringue inigualável. Grande combate, e até fiquei contente pela vitória, possa ser que agora a X-Division tenha uma levada de ar fresco, que bem precisa.

    Raine return´s. Gostei, conseguiu criar impacto, e a Knockouts Division precisa dela mais que nunca.

    Este Spud consegue ser tão priceless. Que segmento fantástico, a maneira como ela reagia ás palavras do AJ, espetacular mesmo.

    Another Piledriver to Ken Anderson. Estou interessado em ver os desenvolvimentos desta história nas próximas semanas, esta faceta do Bully Ray consegue cativar-me, e a promo, já é o costume, nem preciso de dizer nada.

    Começo a ganhar algum interesse na história do EC3, quem melhor que o Sting para começar? A gimmick é muito boa, agora veremos se estará á altura para este tipo de desafios.

    Em relação ao Feast or Fired Match, acho que está tudo dito. Gunner World Title, Chavo Tag Title, EC3 X-Divison Title e Zema fired, digo eu.

    • JoãoRkNO - há 3 anos

      Rayne*
      Que erro.

      • HenriqueLessa - há 3 anos

        Sobre o Feast or Fires, tenho uma opinião um pouco diferente da tua João. Acho que Chavo fired e Zema X-Division. Quanto a Gunner e EC3, me agradava o EC3 conseguir usar o seu sobrenome para conseguir um World Title shot e deixar o Gunner com o Tag Title shot, assim teríamos mais uma história entre Gunner e Storm

      • HenriqueLessa - há 3 anos

        *Feast or Fired

      • JoãoRkNO - há 3 anos

        Já tinha comentado no chat, e parece que devo mesmo estar errado. Talvez seja Gunner WHC, Zema Ion X-Division, EC3 tag (apenas não sei com quem) e Chavo Fired.

      • HenriqueLessa - há 3 anos

        Essa também é uma opção que pode muito bem acontecer. As dúvidas ficam mesmo com Gunner e EC3, embora eu ache que fazer com que esse último consiga um World Heavyweight Title shot através da sua tia Dixie ajudaria a aumentar a imagem do heel que sua personagem vem mostrando até agora.
        Preciso dizer também que torci para que o Norm Fernum ou o Dewey Barnes ganhassem um Tag Title shot hahahaha Pelo que parece, esses dois aparecerão por mais tempo na TNA

      • JoãoRkNO - há 3 anos

        Acho apenas que ainda é um bocado cedo para um WHC Title Shot para o EC3. Poderia começar bem com um TV Championship, mas para isso acontecer é preciso um regresso do mesmo.

  2. jonatas - há 3 anos

    privado

  3. sandro - há 3 anos

    grande show mas tenho uma pergunta

    aonde esta o manik tj perkins
    e a tiffany taryn terrell ainda esta a recuperar da gravidez?
    e agora abyss

  4. AwesomeTheMiz - há 3 anos

    APOSTAS: FEAST OR FIRED
    – Gunner: Fired
    – Chavo Guerrero: Tag Team Title (com Hernandez)
    – Zema Ion: X-Division Championship
    – Ethan Carter III: TNA World Heavyweight Championship

  5. danielLP21 - há 3 anos

    Que iMPACT Wrestling soberbo! A TNA tem estado muito bem nas últimas semanas e o Final Resolution promete ser incrível! Epá, nem sei por onde hei-de começar… Que tal pelo início?

    O programa começou da melhor maneira, com o brilhante “Rockstar” Spud. Esta tentativa de tirar o título ao AJ Styles foi uma grande ideia por parte da TNA. Todos os segmentos foram de morrer a rir. Incrível, incrível, incrível! Adorei quando o AJ apareceu e ele disse “Oh shit”. Muito bom. Espero que continue a ter este destaque todo.

    A história do Abyss avançou, finalmente. Agora sim, deu-se um grande passo nesta “storyline”. Estou curioso para ver o que se segue e como reagirá o Joseph Park a esta história, que já vai longa. Não é que eu não goste, mas estivemos meses sem avanços e isso prolongou demasiado a história. Ainda assim, a TNA tem sabido compensar-nos. Pelo menos eu sinto-me recompensado.

    Assustei-me quando o Bully Ray apareceu atrás do Mr. Anderson… E que “promo” foi aquela?! Linda… Espero que a TNA não se esqueça que o Bully Ray é ouro puro e que continue a colocá-lo em histórias relevantes. Neste momento, está fora da rota do título, mas está numa história interessante.

    Fiquei surpreendido com o regresso da Madison Rayne, visto que não esperava que ela já tivesse tido o seu bebé e já estivesse em condições de volta. Saúdo esse regresso, uma vez que a divisão bem precisa. Já agora, será que a TNA não pode arranjar uma forma de recolocar a Brooke nesta divisão?

    A X-Division tem um novo campeão e, mais uma vez, fui surpreendido. Adoro o Chris Sabin como “heel”, é muito melhor nesta faceta do que como “babyface”, mas Austin Aries como campeão da X-Division é o melhor que esta divisão pode ter. O Sabin faz-me lembrar o Miz: sem sal como “babyface’s”, épicos como “heel’s”. Este Sabin é tão irritante… Também me surpreendeu não o ver a culpar a Velvet Sky pela sua derrota… Mal posso esperar pela desforra entre Aries e Sabin e, de preferência, que o combate tenha uma duração maior do que este.

    O Jeff Hardy é horrível com o microfone na mão. Ouvi-lo a falar faz-me sangrar dos ouvidos. Demasiado mau para ser verdade. O Magnus dizer que o Hardy é o “number one guy” na indústria é um exagero tremendo, mas percebe-se o objectivo. O público cantar “you can’t beat him!” para o Magnus foi perfeito para esta história. O público, já agora, esteve muito bem neste “show”. Viu-se que havia ali muitos fãs da TNA, isto é, pessoas que sabem realmente o que acontece na empresa e a acompanham com regularidade. Assim sim, vale a pena.

    Um “Two Out Of Three Falls” entre o Kurt Angle e o Bobby Roode é o fim perfeito para esta rivalidade. Eu, pelo menos, estou à espera que seja o fim. O Kurt Angle deve ganhar ( ou deve ter ganho) 2-1, sem grandes surpresas, num combate fantástico.

    O segmento com o EC3 e o Sting foi muito bom. Não sei bem qual é o papel actual do Sting ( acho que nem eu, nem a TNA, nem ninguém…), mas até gostei de o ver, nos dois últimos programas, a interagir com o Spud e o EC3. Gostaria de vê-lo como GM do iMPACT Wrestling, depois de uma história qualquer com a Dixie e o Spud, em que este último ficava como o seu assistente ou algo do género. Podia ser interessante.

    O “Feast Or Fired” é um belo conceito quando o objectivo é despedir alguém que esteja a mais e/ou não está a fazer nada na TNA. Espero que o voltem a fazer em breve, porque ainda há um tal de Garrett Bischoff para ser corrido… de preferência, a pontapé.

    Quanto ao combate em si, gostei. Eram demasiados lutadores, por isso a qualidade não podia ser muito melhor do que aquela que vimos. Muito inteligente a forma como o EC3 agarrou a sua mala. Está a ser construído de forma perfeita e já tem um grande “heat” por parte do público.

    De resto, destaco o “show” protagonizado pelo Austin Aries e o a forma como o Gunner roubou a mala ao James Storm. “Heel-turn” consumado?

    Na minha opinião, e tendo em conta que não tenho visto “spoilers”, os vencedores da mala tiveram estes destinos:

    – Chavo: fired ( também pode ter ficado com a mala dos Títulos de Tag Team… Espero que não!);

    – Gunner: Títulos de Tag Team ( também pode ter ficado com a oportunidade pelo Título Mundial, que lhe seria depois custado pelo James Storm…);

    – Zema Ion: Título da X-Division ( também pode ter ficado com a oportunidade pelos Títulos de Tag Team, entrando numa rivalidade cómica com os Broman…);

    – EC3: Título Mundial ( também pode ter ficado com a oportunidade pelos Títulos de Tag Team, pelos quais lutaria juntamente com o Spud…).

    Enfim, há duas hipóteses para cada um, mas não vejo mais ninguém a ser despedido sem ser o Chavo, por isso…

    A TNA tem estado a trabalhar muito bem nas últimas semanas e espero que isto seja a preparação para um 2014 auspicioso e que não acabe por ser uma desilusão como mais de metade de 2013… As bases estão a ser lançadas.

    • MR Perfection André Santos - há 3 anos

      Vou de encontro as tuas previsões.Foi um show soberbo, de uma qualidade tremenda.

      Só espero que o Chavo vá a sua “vidinha”

    • José Sousa - há 3 anos

      O Gunner deve ser claramente o de WHC na minha opinião, o Zema Ion por mim é X-Division, e o EC3 Tag mas no sentido dele ou seja vai forçar alguém a lutar com ele porque ele é um Carter.

      Este Spud é puro ouro em performance de representação, toda a construção dos segmentos foi genial.

  6. Leake - há 3 anos

    O resultado certo é : Gunner: WHC
    Chavo: Tag Team
    Zema Ion: X Division
    EC3: Pink Slip – Fired

  7. FAlmeida_10 - há 3 anos

    Assim sim, dá gosto dizermos que somos fãs de TNA. Show muito bom:

    Meu Deus este Spud é soberbo! O Sotaque, as qualidades de acting o Carisma… Que personagem que tem este gajo. Terem atirado com ele para a Geórgia, um gajo com as carateristicas e personagem do Spud foi um golpe de génio por parte da TNA, e todos os segmentos foram de morrer a rir. A reação do Spud quando pede aquela bebida fina, e lhe dão uma cerveja com limão por cima ahahah xD, e a interação dele com o Styles também foi hilariante (“ho shit”) xD. Palmas para este senhor.

    A Storyline do Park/Abyss avançou de que maneira. Os Bad Influence fizeram um trabalho soberbo ao por a auto-estima do Park em baixo totalmente, logo quando o Park os enfrenta é um momento de explosão completa. Estou curioso para ver como se vai desenrolar a história a partir daqui, e como/quando é que finalmente o Park aceitará de que é o AByss.

    Temos novo campeão da X-Division! Só tenho pena de não terem dado uma oportunidade a sério ao Sabin, contudo fico feliz por ver o Aries a ter destaque e ao mesmo tempo destacar o título. O Combate não foi tão espetacular como o pintaram, mas foi um bom combate que pecou pela duração, e pela carga emocional, afinal, o Aries ganhou aquele título só porque se lembraram de lhe dar uma title shot. Gostei do segmento Post-Match, e Sabin cuidado com a Velvet em relação ao Aries xD. Que personagem que tem este gajo!

    O Angle a entrar e a destruir a Wheel of Dixie, zangado a chamar pelo Bobby Roode, foi um motivo muito credível de anunciar o Dixieland como combate da final, e muito bom para acrescentar intensidade á feud do Angle com o Roode. O Roode muito bem a provocar o Angle, a dizer que não tem nada que lhe provar e mais importante que tudo, não fugiu do Angle! A Brawl foi muito boa, e o Roode saiu por cima de uma maneira muito boa a destaca-lo como um heel que joga sujo. Temos um “Two out of Three Falls” para a semana, contudo mesmo melhor, e que até se justificava pela intensidade da rivalidade era termos um “Three Degrees of Pain”.

    O Jeff Hardy não consegue mesmo cativar quem o está a ouvir. Não sei porquê mas não vejo esta final com a importância que o respetivo deveria ter… Não sei se é de já ter visto antes isto, se é de ser o Jeff Hardy a estar na final, ou se as outras partes do show me cativaram mais, ou se foi do confronto não encerar o show… mas não consigo dar a importância que a final merece. Contudo gostei da Promo do Magnus e serviu para vender a final do torneio e para mostrar a respetiva importância para ele. Dixieland, pareceu-me um conceito curioso mas algo limitado na parte em que os lutadores se dirigem ao título suspenso.

    Temos a Madison Rayne de volta. Não acompanhava TNA a Full-Time enquanto ele estava no Roster ativo, logo não posso avaliar nada. Contudo se ela não tira o título á Gail Kim, a TNA vai esperar pela Taryn Terrel para fazer o derradeiro confronto á Gail Kim.

    Vi ali o EC3 pouco seguro quando estava frente a frente com o Sting contudo conseguiu ultrapassar isso e trazer de volta a personagem quando voltou atrás com a decisão. Adoro a theme do EC3. E tenho a leve impressão de que já vi aquele tipo de personagem noutro lado… xD (atenção esta parte final não é uma crítica e nem quer dizer que eu não goste).

    Uma Promo linda do Bully Ray para o Anderson e mais um piledriver on the stage. Continua uma feud intensa (é uma das coisas que me agrada bastante na TNA, consegue sempre mostrar-nos feuds intensas e pessoais). Adoro esta nova faceta mais escura e silenciosa do Bully Ray, e da calma e tranquilidade com que se dirige até ao Anderson pelas costas, e de mal ter mostrado a cara na Promo, pormenores que fazem a diferença.

    Feast of Fires, um combate razoável, como o Daniel disse, não podíamos esperar muito mais. Destaco a forma como as malas foram respetivamente tiradas, a maneira como o EC3 tirou a mala conseguiu enganar-nos e tirar a mala de uma maneira muito intelingente, o Chavo te-lo tentado impedir daquela maneira foi quase ridícula, ao menos vendia a Dive e não se levantava… o Chavo infelizmente pode ter tirado a mala da Tag Title shot (pela ajuda do Hernandez), o Zema Ion mostrou também ser oportunista ao destroçar o “sonho” dos outros dois (não é impressão minha, o Norv Fernum parecendo que não tem talento), e o Magnus custou a mala ao Storm, e pode muito bem ter sido um heel turn. Não sei muito bem como será que o Gunner se pode aguentar no Main Event (porque a TNA vai tentar, nem que seja só par ao ano, mas certamente vai tentar pushar lo), porque não lhe reconheço qualidades no Micro para vender um combate e manter interesse na Promo, mas posso estar errado. Contudo estou curioso para ver como avança a feud “Storm vs Gunner”.

    Show muito bom 8/10

    • danielLP21 - há 3 anos

      Quem é que a personagem do EC3 te faz lembrar?

      • FAlmeida_10 - há 3 anos

        No último Impact quando vi o EC3 a dizer ao Brian Hebner para se deitar, enquanto ele fazia o pin, lembrei me de quando o Drew Mcintyre fez o mesmo ao Teddy Long na gimmick de “Chosen One”. Daí eu ter dito aquilo.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador