Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

TNA iMPACT Wrestling (20/02/2014)

A nossa Shanna tem direito a destaque especial esta semana, pois o seu combate contra Gail Kim foi transmitido no TNA Xplosion. Quanto ao Impact Wrestling, o main-event desta semana colocou em jogo o World Heavyweight Championship title com Gunner a fazer uso do seu title shot contra o campeão Magnus.

No TNA Lockdown Samoa Joe vão defrontar o Campeão Mundial e esta semana voltou a testar as suas capacidades num handicap match contra os BroMans e DJ Zema Ion.

A divisão feminina esteve em destaque num street fight entre Gail Kim e Madison Rayne.

Também a divisão de tag-team teve muita acção com um muito aguardado embate entre os The Wolves e os Bad Influence. Na luta pelo controlo da TNA MVP e Dixie Carter acertaram algumas novidades para o PPV Lockdown…

Resultados

– Samoa Joe venceu Zema Ion e os The BroMans (Handicap Match)
– The Wolves venceram Bad Influence
– Gail Kim venceu Madison Rayne (Street Fight Match)
– World Heavyweight Champion Magnus venceu Gunner

Xplosion

– Gail Kim venceu Shanna

Vídeos

Dailymotion

Mais Links e Download Directo

Xplosion

Dailymotion

Mais Links e Download Directo

Sobre o Autor

- Colaborador do Wrestling.PT para os conteúdos da Total Nonstop Action!

20 Comentários

  1. GonRodri - há 3 anos

    ahahahah

    Ate na TNA fazem o YES! chant do Daniel Bryan …

  2. GonRodri - há 3 anos

    I will make you my Biiiiatch!! eheheh ganda fodido :D

  3. nelson - há 3 anos

    heel turn do james storm

  4. EGame - há 3 anos

    Ansioso para a estreia do Willow.

  5. FranciscoAP - há 3 anos

    Que combate de tag team… Finalmente os BI arranjam uns adversários à altura!

    Gostei bastante do “main-event”. Apesar de ter voltado de novo à fase do “mas afinal qual é o finisher do Magnus?”, fico feliz por ver o Gunner chegar ao topo da companhia – mesmo que temporariamente – e, principalmente, por ver o Storm ter o seu heel-turn que, na minha opinião, aumenta e de que maneira as suas probabilidades de vir a ser campeão mundial no futuro.

  6. JoãoRkNO - há 3 anos

    Destaco o tag match, foi muito bom, e acima de tudo é bastante agradável ver esta divisão a ganhar um rumo novo.

    O ME também foi bom, finalmente o Storm teve o seu turn. Espero ver um dia uma feud entre esta ex-tag pelo World Title.

  7. Ribeiro46 - há 3 anos

    Foi um bom iMPACT.

    Pontos positivos:

    – Heel turn do James Storm: Sem dúvida foi o grande acontecimento deste programa e só peca por tardio.
    Se não fosse pela imagem do inicio do artigo, eu teria ficado surpreso pelo heel turn do Storm.
    Só foi pena o botch no Last Call Super Kick em que o Storm só lhe “acerta” a 30 cm do chão.

    – Bobby Roode – Uma das coisas que me vai despertando mais interesse de momento é o futuro de Roode.
    A meu ver, o segmento dele neste iMPACT simbolizou o inicio do face turn, ainda que ele se tenha aliado á Dixie Carter.
    Só não percebo é como é que possuir 10% da TNA permite ter algum tipo de controlo sobre a mesma.

    Ponto negativo:

    – MVP: Afinal ele é investidor ou lutador?
    Seria de esperar que a TNA esperasse um pouco até o por em combates, tendo em conta o seu papel.

  8. Ricardo Abreu - há 3 anos

    Finalmente a Shanna lutou

  9. Albino - há 3 anos

    Bem me parecia que o magnus iria perder o cinto hoje. Magnus só deve perder num ppv, mas só lá para o bound for glory

  10. Sting "ooooooo ICONEEEEE" - há 3 anos

    Sinceramente, essa TNA esta muito melhor do que o RTWM desse ano

  11. Direito de não me identificar - há 3 anos

    Essa Shanna é horrível, não tem ring-skills não tem nada

  12. don_ricardo_corlone - há 3 anos

    Notas positivas: Um double turn da mesma pessoa, face turn e heel turn do Bobby Roode, foi giro de se ver. Um heel turn do James Storm. Regresso dos Beer Money como heel?
    Bom combate da Shanna.
    Nota negativa: Agora todos os main events são iguais. Tudo infere e o Magnus ganha com a ajuda de alguém.

  13. FAlmeida_10 - há 3 anos

    Bom Impact, deu-me bastante agrado de acompanhar este show, quer por alguns combates, quer por outros segmentos e pelo Heel Turn mais que esperado.

    O Magnus está muito bem como heel, conseguiu preencher umas lacunas que tinha no microfone, e está cimentado como o top heel da empresa. A partir do momento em que já não recebe pop nenhum “em casa” nota-se o excelente trabalho que têm feito, ao cimentá-lo top heel. Estou a gostar da maneira como estão a inserir os Wolves nesta história.

    A construção da personagem do Sam Shawn, tem sido muito boa. Esta feud com o Anderson será a primeira prova de fogo da personagem e do Wrestler em si. O Pretexto dos filhos do Anderson terem nascido á pouco tempo e ele a mostrá-los á Hemme, foi um bom motivo para meterem o Anderson e o Shawn em “rota de colisão”.

    Um combate de Tag Team bastante bom, e espero bem que os BI durem mais um tempos, porque estas duas Tag Teams têm muita história para escrever em conjunto.

    Gostei bastante de ver o Roode ter pop, e fazer uma promo Face, porque para mim é uma novidade, já que desde que vejo TNA Full Time, sempre o vi a Heel. Não é que não goste dele a Heel, porque adoro o trabalho do senhor, mas gostei de o ver fazer uma promo Face e ter Pop. Depois daquela conversa com o Storm, mesmo tendo a história que têm, já se podia adivinhar qualquer coisa. Gostei especialmente quando o Roode diz que se a Dixie o Lixar, vai passar o resto da vida dele, a destruir a vida da Dixie. Apesar de não ver TNA na altura, o Roode e a Dixie (nos tempos do Roode campeão) também não tiveram problemas?

    Gostei bastante deste ME, o Gunner conseguia reações bem boas, e não eram só pelo heat do Magnus. Gostei bastante de ver o Gunner no ME, e se há coisa que eu gosto na TNA, é que conseguem hypar muito bem os seus ME, e as vignets, a mostrar a história do Gunner comprovam bem isso. Não concordo quando dizem que o Last Call foi botchado, não é propriamente fácil contra-atacar uma Diving Headbut com um Superkick, portanto fazer melhor era difícil, teve bastante impacto e isso sim foi importante. Este heel turn vai fazer bem ao Storm, e já era bem esperado para ele.

    Deixei para o fim o combate da Shanna. Gostei bastante de a ver subir ao ringue da TNA, e conseguiu um bom combate com a Gail Kim (quem dera á WWE ter sempre combates assim de Divas no mínimo). Só acho que os comentadores poderiam por ainda em mais evidência a gimmick da Shanna. Os meus parabéns á Shanna pelo bom combate e muito boa sorte para o seu futuro

  14. danielLP21 - há 3 anos

    Eu ainda estou doido com este iMPACT Wrestling… Lindo! Um dos melhores “shows” da TNA nos últimos meses, e nem foi necessário usar o Bully Ray!

    O Bobby Roode é extraordinário. Este homem é mesmo o “It Factor”. Não é apenas um “nickname”, é mesmo aquilo que ele é. Não esperava que ele fosse tão bem recebido e este segmento até me deu vontade de o ver como seria caso fosse um “babyface”. Bem, seria extraordinário na mesma!

    Pelos vistos, a próxima rivalidade do Mr. Anderson será com o Samuel Shaw. Não esperava isto, mas fiquei bastante curioso e o perseguidor da Christy continua a deixar-me ansioso pelo próximo ataque que ele vai ter.

    Ao contrário de outros, eu não estava à espera do “heel-turn” do James Storm, principalmente desde que parecia que tinha resolvido os seus problemas com o Gunner. “Super Kick” fantástico e pode ser que, agora, comece a gostar do Storm com esta sua mudança. O talento está lá, sem dúvida.

    Voltando ao Roode, será que temos o regresso dos Beer Money como “heel’s”? Ou será que o “It Factor” faz um “face-turn” em breve? A TNA volta a deixar-me expectante e isso só pode ser bom sinal.

    Por fim, dizer apenas que gostei bastante da “performance” da Shanna. Tirando ali um “Dropkick” que saiu um pouco frouxo, gostei da (pouca) ofensiva que ela teve e da forma como vendeu as manobras da Gail Kim. Era difícil fazer melhor logo contra uma das melhores de sempre… Ah, e afinal sempre foi apresentada como sendo oriunda de Portugal, o que foi música para os meus ouvidos. Boa sorte!

  15. THE STEPFATHER - há 3 anos

    Excelente iMPACT! Aliás, o nível dos shows da TNA está cada vez melhor. Todas as lutas foram excelentes.

    Os Wolves foram a melhor coisa que poderia ter acontecido à Tag Team division da TNA. Luta sensacional com os Bad Influence. Esperava muito dessa luta e não me decepcionei nem um pouco.

    O Main Event também foi de um nível altíssimo. Certa hora pensei que o Magnus finalmente ganharia uma luta por sí próprio – o que lhe seria muito útil para aumentar sua credibilidade como campeão -. Mas depois a coisa mudou de lado e acho que todo mundo chegou a crer que o Gunner levaria o title, até que tudo foi por água abaixo com a trairagem do Storm (finalmente o heel turn do Cowboy!). Venderam muito bem essa luta, e o que aconteceu dentro do ringue foi a altura do que se espera em uma luta pelo principal título da TNA. Sensacional.

    Vale destacar também a street fight match de Gail Kim e Madison Rayne, além de Bobby Roode, que teve um face e um heel turn na mesma noite (apesar de eu achar que tudo isso levará mesmo a um face turn no Lockdown).

    Enfim, eu, como um grande fã de pro-wrestling, fiquei muito satisfeito com essa edição do iMPACT Wrestling. Valeu TNA. Continuem assim.

  16. Allweneedislove - há 3 anos

    Muito bom Impact, gostei, e claro gostei também da luta da Shanna :)

  17. Mauricio M - há 3 anos

    Samoa Joe venceu Zema Ion e os The BroMans: Não achei grande coisa, e o fato do Joe ter vencido o combate também não me agradou, ele precisava mesmo derrotar 3 caras sozinho? Acho que não

    The Wolves venceram Bad Influence: Ótimo combate, como já era de se esperar

    Gail Kim venceu Madison Rayne (Street Fight Match): Sinceramente não gostei, eu sempre achei a Madison Rayne horrível, apesar da Gail Kim ser fantástica, o combate foi fraco

    World Heavyweight Champion Magnus venceu Gunner: Bom main event, o heel turn do James Storm foi de fato o grande momento da noite, eu confesso que já estava achando que o Storm não ia mais fazer o heel turn, mas que bom que ele o fez, agora só nos resta aguardar os próximos episódios para ver como sera o futuro do cowboy

    Também destaco o Bobby Roode, esse cara é fantástico

  18. Gabhi - há 3 anos

    Gail Kim é a verdadeira Heel da divisão feminina da TNA,Lai’D Tapa só está seguindo ela,como a Tamina faz com a Aj.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador