Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

TNA No Surrender (17/09/2014)

O iMPACT Wrestling desta noite regressou em formato especial, com a sua edição anual do No Surrender. Nova Iorque acolheu este evento que teve o seu foco no duplo main-event, que encabeçou uma noite de combates muito prometedores.

Desde logo com o hardcore Bram e o Modern Day Viking Gunner num frente a frente que prometia ser brutal. O Sargento Chris Melendez regressou ao ringues neste No Surrender para enfrentar o sempre presunçoso Kenny King.

Na divisão feminina chegou a hora de conhecer a nova Nº 1 Contender ao Título das Knockouts, num Battle Royal que envolver a estreante Havok, Rebel, Brittany, Taryn Terrell, Madison Rayne e as The Beautiful People Velvet Sky e Angelina Love. Já na X Division o Campeão Samoa Joe enfrentou Homicide no renascimento de uma rivalidade histórica.

O duplo main-event incluiu o terceiro combate da série pelos Títulos de Tag Team. Um Ladder Match entre The Wolves, Team 3D e Hardys. Mas o foco estava no TNA World Heavyweight Championship. Será que Lashley voltou a destruir a concorrência ou será que Bobby Roode recuperou o Título Mundial?

Resultados

– Bram venceu Gunner
– Havok venceu Battle Royal
– Chris Melendez venceu Kenny King
– X Division Champion Samoa Joe venceu Homice
– The Wolves venceram The Hardys e Team 3D
– TNA World Heavyweight Champion Lashley venceu Bobby Roode

Vídeos

Dailymotion
http://dailymotion.com/video/k6Zbhss4SmtTaY8Tb4m
http://dailymotion.com/video/k2oi7nlx411SG88Tb4J

Mais Links e Download Directo

Sobre o Autor

- Colaborador do Wrestling.PT para os conteúdos da Total Nonstop Action!

28 Comentários

  1. FranciscoAP - há 2 anos

    Pelo que deu para ver pelo Youtube, começou mal mas depois parece ter sido mais um iMPACT recheado de grandes combates. Estou bastante curioso para ver o combate de Tag Team na totalidade e, claro, o “main-event”. E já agora aproveito para lamentar que a WWE esteja, aparentemente, numa má fase. A TNA nos últimos meses tem tido um produto que supera a WWE nos melhores dias, pelo que é pena que esta última não ande bem porque acaba por desvalorizar o produto da TNA que está, de facto, fantástico.

    • MicaelDuarte - há 2 anos

      Também fui espreitar ao canal do YouTube… Tal como disseste, o combate de “tag-team” e o “main-event” parecem ter sido espectaculares. Por incrível que pareça, o Lashley tem sido o campeão de topo mais bem “bookado” dos últimos anos (e não falo só da TNA). É pena que não tenha boas “skills” ao microfone e algum carisma.

      Ah, e a WWE não está, aparentemente, numa má fase. A WWE está, mesmo, numa péssima fase…

      • JoãoRkNO ® - há 2 anos

        Tinha referido isso mesmo no debut da Havok . Não me está a parecer que irá marcar a diferença , mas também ainda é precoce falar nisso .

      • MicaelDuarte - há 2 anos

        Pois, é isso. Vou aguardar pelas próximas edições do iMPACT, mas estou muito reticente quando à Havok…

      • akujy - há 2 anos

        Lançá-la para um combate pelo título tão cedo…enfim. E ainda por cima da maneira q foi.

      • Miguelfcarlos - há 2 anos

        Se a TNA e ela própria fizeram as coisas bem, ela pode marcar a diferença, podiam começar por lhe dar uma streak que se prolongasse durante muitos meses, mas talvez seja demasiado cedo para a lançar para a corridar pelo título. Afinal, a Knockout Division é uma divisão e nem tudo devia girar à volta do título.

      • JoãoRkNO ® - há 2 anos

        Concordo com a streak , e sobretudo com a última parte . Desde que lhe deem alguém de relevo , porque não ?

    • danielLP21 - há 2 anos

      Se tiveres dificuldades para ver o IW, experimenta este site: http://watchwrestling.ch/home/

  2. "The Architect" - há 2 anos

    Apenas vi os (pequenos) videos do Youtube, mas parece que a TNA voltou a fazer um Show brtual!

    Mais um grande combate de Tag Team, entre os Wolves, os Hardys e os 3D. Incrivel como já fizeram este combate 3 vezes, quase seguidas, e ainda não me fartei nem um bocadinho de os ver. Adorei aquele Double Footstomp do Davey no Matt, através da mesa.

    A forma como estão a construir o reinado do Lashley é excelente! Eu odeio o gajo, mas o reinado dele está a ser muito bom! Apenas fiquei na duvida de quem é que vai tirar-lhe o titulo. Pensei que fosse acontecer algo hoje durante o combate, de forma a que o Bobby Roode tivesse uma desforra, e depois tirava o titulo ao Lashley no BFG, mas como perdeu de forma limpa não acredito que eles voltem a lutar no BFG. Não é que me importe que eles voltem a combater, mas não acho que isso vá acontecer.

    PS: Não gostei muito da nova mascara do Manik, mas espero que ele faça um bom trabalho agora que tem o James Storm como o seu “Líder”.

  3. Don_Ricardo_Corleone - há 2 anos

    Não foi mau. Parece que o Samuel Shaw está a abichanar.
    Isto será seguro para o Chris Melendez? Tenho duvidas disso e de que será uma boa ideia ele estar ali. Vamos ver qual será o objectivo. No entanto, parabéns a ele por estar a seguir um sonho apesar das adversidades.

  4. JoãoRkNO ® - há 2 anos

    TNA is Storm !

  5. A primeira vez que vi um programa da TNA… Bem melhor que a WWE

  6. Roberto "THE VIPER" - há 2 anos

    Belo show.
    Excelente combate esse ladder match.

  7. cdcabana - há 2 anos

    This is awesome!!!

  8. edwardo - há 2 anos

    havok linda d+ *-* ,,belo impact

  9. MicaelDuarte - há 2 anos

    Bem, o combate de “tag-team” foi um autêntico abuso! Dos três combates realizados entre as três equipas, este foi o que mais gostei. Os outros foram fantásticos, mas este combate superou qualquer expectativa.

    O combate de “main-event” também foi muito bom. Como eu já tinha dito em cima, têm feito um “booking” exemplar com o Bobby Lashley, principalmente tendo em conta que que este é “heel” e há, na maioria dos casos, uma certa tendência a fazer deles cobardes, retendo os títulos de forma suja. Gostava que aproveitassem o Lashley para lançar um novo talento para o “main-event”.

    Foi um bom No Surrender, mas esperava mais do combate entre o Homicide e o Samoa Joe. Não gostei da “Battle Royal” e acho que este “push” gigante na Havok não vai funcionar.

    • Miguelfcarlos - há 2 anos

      Eu também adorei o combate Ladder, foi muito mais completo que os outros, só faltou mesmo os 3D fazerem o seu finisher para termos aqui um combate completamente preenchido.

    • MR Perfection André Santos - há 2 anos

      O Lashley está a surpreender muita gente e já arrumou o Aries,Young,Roode, Samoa Joe…quem será o próximo?

      • MicaelDuarte - há 2 anos

        O próximo até pode estar entre os nomes que referiste… E não posso dizer mais xD

    • Cláudio Duarte - há 2 anos

      Cheira-me que o próximo vai ser o MVP, e aí vão aparecer os problemas… é que não tou a ver quem resta no roster para o fazer.

  10. Miguelfcarlos - há 2 anos

    Eu estava 50%-50% quanto ao combate pelo título, e acho que depois da fued com o MVP faria sentido ele tirar o título ao Lashley, mas este último supreendeu-me com esta vitória e eu rendi-me à sua dominância. Durante o combate da X-Division, eu pensei porque não o Joe perder o título para o Homicide ou para o Sanada em breve e dar-lhe o título que ele tanto merece no Bound for Glory?

    • "The Architect" - há 2 anos

      É assim, eu adoro o Joe, mas ele também já perdeu para o Lashley, por isso também não acho que eles também se enfrentarão novamente.
      Já que o meu favorito a tirar o titulo ao Lashley(Bobby Roode) não conseguiu vencê-lo, eu gostava que fosse o Gunner a enfrentá-lo pelo titulo no BFG, mas quase certamente que ele vai enfrentar o Samuel Shaw.

  11. MR Perfection André Santos - há 2 anos

    Que combate de Tag team :O! Excelente o doomsdaydevice por parte da team 3D, bela homenagem aos LOD!

  12. Miguelfcarlos - há 2 anos

    Isto foi apenas um desejo, já que, acho eu, o Joe nunca foi campeão mundial quando ele merece. Mas não faria sentido tirar o título ao Joe agora, porque na minha opinião o Tigre Uno ou o Crazy Steve podiam ser campões, mas tirar o título ao Joe e construir a fued contra o Lashley bem construída em apenas 3 semanas é impossível. Mas pelos vistos a TNA não está preocupada em ganhar dinheiro com PPV’s e dá programas de qualidade de PPV semanalmente à borla (arrisco-me a dizer que até eu geria a TNA melhor), por isso é provável que o BFG não seja levado a sério e que o reinado do Lashley não acabe aí. Mas eu tenho este feeling que o Roode vai tirar o título ao Lashley no BFG, apesar de já ter perdido limpo. Vamos aguardar pela próxima semana.

  13. viper the beast - há 2 anos

    grande impact me fez até ter saudades da atitude era na wwe

  14. danielLP21 - há 2 anos

    Acabei de ver os dois últimos iMPACT’s, e adorei. A TNA está, efectivamente, num grande momento. O único problema é o facto de estes eventos não serem transmitidos em directo, mas, no meu caso, já nem lembrava do que tinha lido nos spoilers há um mês atrás. Desta vez, não os vou ler, porque sinto que posso vir a ser surpreendido positivamente pela TNA.

    Sobre a divisão KO’s, digo desde já que não tenho problema algum com este “push” da Havok. Tem a campeã ideal para a elevar, parece-me ter muito mais talento que a Lady das Tapas e quem a conseguir parar ficará bastante credível.

    Na outra história desta divisão, parece-me evidente o “face-turn” da Velvet Sky, até pela forma como ficou para o fim na “Battle Royal”, de modo a que o público ficasse do seu lado. Isto, a somar aos problemas das semanas anteriores entre ela e a Angelina Love, deixa-nos apenas à espera do momento em que a separação vai ocorrer de vez. Talvez seja no Bound For Glory, ou mesmo antes, de forma a lutarem uma contra a outra no PPV.

    O James Storm está a mostrar ser um enorme heel. Cada vez mais fantástico a cada dia que passa! Finalmente temos uma rivalidade na X Division, e espero que o Sanada seja o próximo campeão, ou, pelo menos, que tenha uma feud com o Samoa Joe pelo titulo, caso não haja planos de main-event para o samoano em breve. Tanto o Sanada como o Manki parecem estar prontos.

    Outra amizade prestes a quebrar é a que une o Gunner e o Shaw. Este último deve voltar a ser heel, ou então a TNA pode querer experimentar o Gunner noutro papel, de modo a estagná-lo ainda mais, como fez com o Storm há uns tempos atrás.

    Apesar de não ter aparecido no programa desta semana, certamente por falta de tempo, o EC3 continua em alta. Gostava que tivesse um combate de relevo no BFG.

    O estreante Chris Melendez começa logo com altos voos, isto partindo do princípio que o MVP e o Kenny King são importantes. Talvez um combate de Tag Team não fosse má ideia, adicionado o Mr. Anderson ao combate.

    Grande combate pelo Título Mundial, melhor do que eu esperava. O Bobby Lashley tem destruído tudo e todos, e já pensei que o seu próximo rival poderá ser mesmo o MVP, com o campeão a virar “face”, mas vou esperar pelo programa da próxima semana. O que é certo é que quem tirar o título ao Lashley terá um enorme “push”. Espero que duas/três semanas cheguem para construir o combate pelo título no BFG, ainda por cima com os programas a não serem transmitidos em directo…

    Por fim, a divisão de Tag Team. Dois combates extraordinários da série entre estas 3 equipas, principalmente o desta semana. Seria um sonho ver o último combate a ter lugar no BFG, com a vitória dos Wolves, mas não sei qual é a situação do Bully Ray em termos de contrato. Estão todos de parabéns.

    Resumindo, a TNA está com um bom booking, muito Star Power, tem sabido gerir esse Star Power e espero que continuem assim. Falta um contrato televisivo chorudo e programas em directo, mesmo que não sejam todos.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador