Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Toda a história do Montreal Screwjob

Bem, decidi fazer hoje, fora de espaços e crónicas um simples post, a explicar em que consistiu o Montreal Scewjob, assunto que até hoje fala-se imensamente; levou a WWE a perder muitos fãs e é um assunto de conversa do quotidiano ao falar de wrestling no Canadá. Tudo isto foi tão forte que até em sites non-wrestling é divulgado, bem como, como “Assunto do dia” no Wikipedia! Poderá ser algo longo, mas está em tópicos e aconselho mesmo muito a ler!

– Bret tinha acordado com a WWE, uma renovação de 20 anos. Porém, nunca chegou a assinar o contrato. Passaram meses e nem uma palavra de McMahon. O mais curioso é que Bret deixou de lado um contracto com a WCW ao qual ganharia 25 milhões de dólares!

– Aqui, já tudo estava algo estranho.

– Mr. McMahon entra então em contacto com Bret Hart e de uma forma estranha, diz-lhe que o acordo ficou sem efeito… tudo isto, porque a WWF estava perto da falência técnica e o seu contracto era uma deturpação para a empresa.

– O mais estranho ainda é que Bret era naquela altura… campeão e durante 14 anos, Bret dava audiências à federação e líder em publicidade! Pronto, completamente estranho.

– Para estes assuntos, Vince pede então a Hart que entre em contacto com Bishoff da WCW… desespero, mesmo! Com isto, poderia recuperar financeiramente e contractar lutadores talentosos a preço mais baixo.

– Já tudo era previsto: Vince ganharia mais dinheiro, Bret perdeu uma parte de si e entrou em contacto com Eric, com a benção de Vince, apesar do contracto falhado.

– Eric Bishoff, como previsto responde: “Ma o que é que é preciso para te trazer para a WCW?”. Bret não queria prejudicar a WWF e Eric dá-lhe um prazo de 2 meses para resolver problemas pendentes (o seu título mundial)…

– Sorte para o Bishoff… azar para o Vince que admitiu ter medo que Bret fosse para a WCW com um título da WWF!

– Dilema: Quem tirará o título a Bret? Stone Cold? – NÃO! – está lesionado. Shawn Michaels? – Pronto, OK.

– Bret não se importou com nada, a não ser o facto de não perder o título no Canadá, tudo menos isso. Mas o pior é que o único PPV antes de ir embora era precisamente em… Montreal, Canadá!

– Bret dá muitas hipóteses a Vince, para não ser humilhado na sua terra natal… Aparentemente, Vince aceita o facto de não perder o título no PPV, mas sim na Raw seguinte.

– Atentem na palavra “aparentemente” que eu afirmei acima.

– Mas não foi bem assim… no dia do PPV, McMahon teve medo que Bret não cumprisse com a sua palavra.

– Desta forma falou com Bret e pressionou-o de forma a que ele perdesse contra Michaels. Bret relembrou-o que nunca faria nada para o prejudicar. Para além disso Bret disse que se perdesse a personagem do “Hitman” seria assassinada, dado que nunca mais poderia defender os seus valores. McMahon não acreditou e criou-se um conflito de interesses.

– Mas Vince foi maroto… na manhã do dia do PPV, ligou a Bret dizendo que estava tudo combinado à moda do Hart… Hart aceitou, mas… isto era estranho: Então não é Vince que é uma cabeça dura e não mudava de ideias? Desconfiado, Bret foi falar com o árbitro-chefe e este disse-lhe exactamente o que Vince lhe tinha dito. Bret confiou mas… a 6 horas do PPV, McMahon reune-se secretamente com Michaels e o árbitro chefe.

– Surpresa? Não. Vince queria informá-los que Bret perderia nessa noite, mas sem ele saber.

– Foi decidido que a Bret todos diriam que seria um empate e que Hebner e Michaels sairiam a correr do ringue e entrariam numa limusina que os levaria para parte incerta, enquanto que McMahon ficaria perto do ringue para resolver as coisas. Tudo planeado…mas os planos saíram furados. Na altura Bret encontrava-se em constantes gravações de um documentário acerca da sua vida.

– A 2 horas do combate, Bret reuniu-se com Vince, mas prevenido Bret levou um microfone escondido! Vince disse então que seria empate e que Michaels aplicava o Sharpshooter, Hart revertia, mas a Hart Fundation e DX entram e atacam-se.

– Antes de entrar no ringue, a mulher de Bret diz-lhe para não confiar em McMahon e para atentar na inocência de Michaels.

– No combate, mal a música de Michaels tocou, levou com cervejas e copos. No Canadá odeiam Michaels e ainda hoje odeiam! Com uma bandeira do Canadá limpou a cerveja, o “rabo”, o nariz e fez relações sexuais com ela.

– O combate foi muito fraco e parecia uma luta de rua. Mereciam ser desqualificados sem dúvida alguma e Vince fazia de tudo para que não o fossem.

– Vince levou-os ao ringue para preparar tudo.

– E eis o que aconteceu: No ringue, Michaels aplica o Sharpshooter e do nada, sem que tivesse tempo para reverter, ouve-se o soar da campainha… Mas como? O que aconteceu? Foi tudo tão mal preparado que o árbitro só mandou tocar a campainha depois desta ter tocado… Quem tocou então?

– Conclusão final: McMahon traíu Bret Hart… Shawn Michaels ficou tão surpreendido que ficou parado, e o árbitro foi a correr para a limusine, para não ser alvo de objectos.

– Pelas imagens dá para ver que Michaels diz :”What the f*ck happened? f*ck, shit…” . McMahon tomou a decisão sozinho. Indignado Michaels fica sentado no ringue. Sem saber o que fazer. Bret levanta-se, insulta e cospe em McMahon. Nisto entram em cena Jack Brisco (acessor de McMahon) e HHH (amigo de HBK e membro dos D-X). Brisco ordena a Michaels que abandone o ringue e festeje com titulo.

– Michaels recusa e insulta Brisco:” What do you want? You fucking Monkey” HHH e Brisco lá convencem Michaels a ir para os balneários. Hitman fica no ringue não acreditando no que aconteceu. Brisco continua a ordenar a Michaels para este festejar e mostrar o cinto ao público.

– Michaels só faz isso quando chega à rampa de acesso aos vestiários. McMahon refugia-se no seu gabinete e tranca-se lá dentro acompanhado de seu filho Shane.

– Michaels recusa ir para a limusine e insiste em falar com Bret nos balneários: Atitude de Homem! Nisto os membros da Hart Foundation entram no ringue e tentam convencer Bret a regressar aos balneários.

– Bret estava entretido a partir a mesa de transmissões, os monitores, as câmeras e tudo que pertencesse à WWF. Bret apanha uma bandeira, grita e gesticula de modo a formar as siglas W-C-W. O público percebeu tudo que se passou e despede-se do seu ídolo.

– Chegado aos vestiários Bret, tenta invadir o escritório de McMahon, mas é segurado por Bulldogg e Owen.

– Dirige-se então para o seu balneário dizendo a toda a gente que McMahon estava trancado no seu escritório. Passados 2 minutos Michaels e HHH dirigem-se para o balneário de Bret. A mulher de Bret, Julie, insulta HHH e diz-lhe que eles já sabiam de tudo. HHH jura-lhe que não e pede-lhe calma. Julie quase rebenta e diz-lhe que se aquilo aconteceu com Bret também poderá acontecer com eles no futuro. Owen chega e retira a cunhada do corredor.

– Michaels entra no balneário sozinho. Senta-se junto de Bret, que estava acompanhado pelo seu filho e pelos repórteres do documentário. Bret pergunta a Michaels se ele estava metido no plano. Michaels responde:” “..as God as my fucking witness… my hands are clean of this one, I swear to God”.

– McMahon quer falar com Bret. Bret diz que nem o quer ver. Mas Vince insiste e vai ao balneário. Owen e Bulldogg avisam Bret que McMahon se dirige para o balneário. Bret volta a avisar que não o quer ver. Chega McMahon… mas não chega sozinho. Vem acompanhado de Shane McMahon (filho e acessor), Sg.Slaughter (ex-lutador, agora oficial da empresa) Jack Brisco (ex-lutador e director da empresa) e por Pat Patterson (director responsável pelas relações dos lutadores com a direcção). Tudo homens com mais de 1,90 cm.

– Bret avisa McMahon que só tem o tempo dele se calçar! Vince não se intimida (tinha as costas quentes). Vince começa o seu discurso dizendo que não aguentaria o choque de Bret entrar na WCW com título da WWF.

– Bret acaba de se calçar, levanta-se e McMahon aproxima-se. Bret dá um soco em McMahon. Este cai redondo no chão e perde os sentidos. No momento da queda, Jack Brisco tenta segurar McMahon e tenta segura-lo por um pé. O pé embate com violência num banco e fractura o tornozelo. 2 em 1! Shane atira-se a Bret e Bulldogg intervêm agredindo-o 2 vezes.

– O Bulldogg estava muito indignado e nervoso com que tinha acontecido. Shane McMahon é que pagou… Owen, Slaughter, Pattersson e Brisco acalmam as hostes. McMahon retoma os sentidos e sai a mancar do balneário; (o soco foi tão violento que Vince partiu o queixo, fracturou o tornozelo (cortesia do acessor) e Bret (mais do que habituado a socar pessoas) fractura o pulso!)

– Vince foi operado e não apareceu na TV durante 2 semanas. Quando questionado pelas autoridades sobre o que tinha acontecido, Bret afirma que “Vince veio quase que de encontro ao punho…acidentalmente”. Foi o fim de 14 anos de ligação.”

Eu compreendo, foi muito grande! Mas não havia maneira de resumir: os fãs têm de saber palavra a palavra a aldrabice do Vince… foi aqui o fim de “14 anos de ligação”. Obrigado pelo vosso tempo.

Sobre o Autor

Foto de perfil de Facebook
- Fundador e administrador do Wrestling.PT. Acompanha a modalidade desde 2005 e pratica no Wrestling Portugal desde 2008.

27 Comentários

  1. A sério, aconselho-vos a ler. Ficarão muito surpreendidos por tudo, e o tempo perdido será compensado, acreditem!
    Este post já estava feito à muito tempo por mim e só postei agora, espero que tenham uma boa leitura! ;D

  2. Realmente esta muito bom Valter, também podias postar aquele documentário sobre o Montreal Screwjob.

  3. paulo - há 8 anos

    grande rubrica sim senhor os meus parabens.
    Ja tinha ouvido algumas coisas mas nao assim tao resumida realmente o vince criou um imperio e ao longo dos anos tem vindo a detiorar com as suas atitudes depluraveis esse mesmo imperio.
    nao sendo fa da tna tenho k adimitir k eles estao a crescer se a wwe(vince) continuar como tem feito nos ultimos anos vai ter o mesmo destino k a wcw.

  4. Triple B - há 8 anos

    Um bom post, sim senhora. Eu já sabia o que tinha acontecido, e essas coisas, a primeira vez que ouvi falar sobre o Montreal Screwjob, fui logo pesquisar, e vi o que o McMahon fez.

  5. andre - há 8 anos

    grande brett,owen,buldogg

  6. Arts - há 8 anos

    Isto estava na SWWE, feito pelo Copland se não me engano .-.

  7. Ya, estava. Mas pelo que o Valter me disse, ele resumiu, re-organizou, etc…

  8. Ei, eu não copiei nada! :O
    Podem comparar o que quiserem, é tudo minha autoria. Apenas orientei-me pela ordem de acontecimentos, os textos são meus ._.

  9. nuno456 - há 8 anos

    Valter, então explica-me lá uma coisa se o vince teve uma reunião com o shawn e o arbitro onde disse que o hart ia perder sem saber, como é que o shawn se passou e disse que não sabia de nada???

  10. RRJ - há 8 anos

    Gostei mesmo.

    Parabéns rapaz.

  11. Alfred Shitcock - há 8 anos

    FOI UM WORK

  12. Nuno456, ele não sabia que era tudo uma “encruzilhada” para lixar o Bret… ele pensou que era uma reunião normal, mas como o Bret tava em gravações para o seu DVD, não poderia estar presente…

  13. Pena - há 8 anos

    Isto é uma história que ainda está muito mal contada mas depois de ler um artigo á uns dias no BGW ou no WN chego á conclusão quer o Vince quer o Bret têem um bocado culpa no assunto.

  14. Dofus - há 8 anos

    Parabéns.

    Conseguistes, plagiou o Dias is That Damn Good #2.

    Mudastes apenas algumas palavras.

    E eu achando que já tinha visto de tudo…

  15. O Valter aqui não plagiou nada… Ele baseou-se num artigo que foi publicado à meses no Forum da SWWE.

  16. Oh mãe santíssima, pá próxima não faço nada. :|
    Eu baseei-me num texto publicado por um user na SWWE… se isto realmente aconteceu, é normal que seja parecido -.- afinal de contas os acontecimentos não mudam de projecto para projecto –‘

    Mas pronto, fiem-se nessa :\

  17. O Valter num ano de trabalho na SWWE/PTW nunca copiou nada, era agora que ia começar a fazê-lo sem mo dizer… Ya…

    –‘

  18. Zecena - há 8 anos

    Valter parabens esta 5*****

  19. Pena - há 8 anos

    Salvador escreveu
    “O Valter num ano de trabalho na SWWE/PTW nunca copiou nada, era agora que ia começar a fazê-lo sem mo dizer… Ya…”

    Há sempre uma primeira vez para tudo, lol tou no gojo ele não plagiou nada o do Dias até está mais completo

  20. Salgado157 - há 8 anos

    parabens valter !

  21. Arts - há 8 anos

    “O Valter num ano de trabalho na SWWE/PTW nunca copiou nada, era agora que ia começar a fazê-lo sem mo dizer… Ya…

    –’

    Escrito por Salvador no dia 23 de Novembro de 2008 às 19:44”

    Não desconfiava da palavra dele. Agora desconfio, devido a 1º dizer que éra tudo da sua autoria, e mais tarde desculpar-se dizendo “Eu baseei-me num texto publicado por um user na SWWE…”

  22. Gio - há 8 anos

    nunca tinha entendido oque foi o Montreal Screwjob
    obrigado pelo post
    aconselho a todo lerem isso

  23. kendrick - há 8 anos

    muito bom artigo, escrita um pouco simples mas muito bom

  24. Eu - há 8 anos

    Vlw..Foi o Resumo do Montreal Screwjob mais completo que já vi..Agora entendi tudo certim :)

  25. kricanti - há 8 anos

    tirando a parte em k protege o hbk a dizer k teve atitude de homem kuando o hbk teve sempre metido nakilo e apenas fez isso pa ver se n levava porrada tb.

  26. Zarpa - há 5 anos

    Excelente post nunca tinha percebido o que aconteceu nessa noite

  27. Sorlei Rui Oltramari - há 2 anos

    Belíssimo resumo.

    Não me canso de ler artigos ou textos sobre o Montreal Screwjob e este, sinceramente, foi um dos melhores que já li. Até hoje estou em dúvida sobre o papel do Michaels, pois li em outro lugar que este fez um sinal para Earl Hebner acabar o combate e que já sabia de tudo.
    Mas, enfim, o que é certo foi fato de ser uma baita de uma sacanagem com o Bret. Sorte que se reconcilharam anos depois e Hart foi induzido ao Hall da Fama, pois se não o fosse, seria algo completamente patético pelos anos de dedicação a companhia.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador