Top Ten #121 – Casamentos no Wrestling

Sejam todos bem-vindos a um tão enternecedor Top Ten que eu vos trago esta semana. Ou parvo, decidam vocês. Porque me vou focar em segmentos que não representam, de todo, aquilo que procuramos num programa de wrestling. Até costuma fazer parte daqueles segmentos estranhos em que temos que explicar a alguém que entre na sala em que estamos a ver que aquilo é o nosso habitual programa de wrestling e que não é nenhum reality show do E! ou do TLC. Casórios. Num ringue.

No passado Monday Night Raw, Summer Rae surpreendeu todos ao pedir Rusev em casamento. Todos temíamos pelo que podia sair daí ao lembrar-nos daquilo que Rusev já foi e quanto o queríamos de smoking em direcção a um altar. Ele aceitou mas com calma. É um gajo responsável e nada precipitado, o homem. Só casa depois de endireitar a vida, depois de ganhar um título. Cuidados que todos devem ter. Vemo-los em Rusev. Ainda não sabemos se nos espera mais um segmento de casório. Mas já tivemos muitos. Bem mais de dez! Recordem aqui alguns.

10 – Teddy Long & Kristal Marshall

http://dai.ly/x3xlpt

Kristal Marshall, uma pobre desgraçada que se sujeita a ficar recordada apenas por isto. Como integrante do Smackdown, começou a ficar de beicinho por Teddy Long, porque rais’parta à sua popularidade com mulheres! Mulheres em geral devem ser muito fãs de combates tag team. Teddy também não é tolo nenhum e aproveitou-se bem dos avanços da rapariga. Não resistiu e pediu-lhe em casamento. Segmento de comédia garantido para um episódio do Smackdown de 2007. O casamento é aquilo que todos vós solteiros desejam para o vosso: Jillian Hall abre com cantoria, o Godfather traz o seu “Ho Train”, o Hornswoggle a meter-se por baixo do vestido da noiva… Enfim. Tradições. Para verdadeira culminação, só um ataque cardíaco de Teddy Long antes de poder aceitar. Porque tinha tomado Viagra antes do casamento. Ah, quem diz não a comédia fácil mas eficaz?

9 – The Undertaker & Stephanie McMahon

https://youtu.be/h-c6wDFjQ8I

Este é esquisito de imaginar hoje em dia. Se calhar ainda vamos a ver e foi esta a razão da feud que foi dar à Wrestlemania XXVII e XXVIII. Qual “streak”, qual “End of an Era” qual quê. Eram as maluqueiras que o Undertaker fazia quando liderava os Ministry of Darkness, isso é que é! Numa das suas loucuras das trevas, pretendia agradar ao “Higher Power” com uma cerimónia profana e tal se conseguiria com um casamento com a jovem filha do patrão. Uma linda noiva de negro. Ou um lindo objecto de sacrifício, o que preferirem. Se não fosse o Steve Austin, se calhar hoje o Undertaker é que abria o Raw com promos desnecessárias de 20 minutos como parte da Authority! O melhor de tudo isto é lembrar-nos que o “Higher Power” era Vince McMahon, ALL ALONG! Recordando essas brincadeirinhas de casamentos, sacrifícios, crucifixos e coiso e tal com a própria filha… É claro que confio em Vince McMahon para comandar um programa familiar!

8 – ODB & Eric Young

https://youtu.be/TgwULrw1ceQ

Admito de uma vez que no seu tempo, este casal era uma das melhores coisas no Impact Wrestling, para mim. As loucuras de ambos eram diferentes mas combinavam lindamente e tinham segmentos hilariantes. Começaram como uma tag team num torneio em que ODB entrava como participante masculino. Num instante, Eric Young assumiu após o combate que eles eram jovens e estavam apaixonados. Porra. É pior que eu depois de falar com uma rapariga depois de 5 minutos ou depois de simplesmente sorrir para mim. Mas não é que ele estava certo e a ODB também estava virada para o forrobodó? Num instante estava o casamento marcado. E ocorreu mesmo com Sarita e Rosita a tentar distrair o vulnerável Young. Como bom homem, preferiu a sua ODB, apesar do reconhecimento desta da “superioridade” dos corpos das meninas dos Mexican America. É de salientar que isto era numa altura em que Eric Young não se aguentava muito tempo de calças vestidas e ODB também já estava em roupa interior quando se lamentava. E foi assim o casório, a bela cerimónia. Dentro de uma jaula e em pelotas. Até o padre os oficializou em cuecas. É assim que vou ter o meu!

7 – Billy Gunn & Chuck Palumbo

https://youtu.be/o4mrRVBt71M

Este foi brutal. Da altura em que Billy Gunn e Chuck Palumbo tinham uma tag team muito bizarra de serem um casal homossexual, completo com o cabeleireiro de serviço, o Rico – com uma gimmick que se alega que esteve para ser resgatada recentemente para o Kalisto (!) Claro que não podia ser a coisa mais correcta nem era o tipo de coisa que tivessem coragem de dar ao Darren Young, com muito estereótipo carregado. Culminou num casamento no Smackdown com Eric Bischoff disfarçado a oficiar e a soltar os 3-Minute Warning. Foi aí que os lutadores confessaram que foi tudo apenas uma manobra de publicidade. Foi só uma estranha storyline mas com essa brincadeira do segmento até fizeram coisas importantes: foi o primeiro casamento homossexual transmitido em TV, mesmo que fosse uma farsa. E acabou à porrada, não sei se é normal. Mas, com estas brincadeiras, até fazem história!

6 – Bully Ray & Brooke Hogan

https://youtu.be/ViS7W3FfVBA

Ah este estrondo. Bem nos lembramos da história dos Aces & 8’s como uma história com muitos altos e baixos. Muitos talvez a vejam como o último grande acontecimento da TNA. Tínhamos em TV um grupo bem violento de motards que atacava tudo e todos, mandava talentos para a baixa, destruía cenários, etc. Também nessa história temos aquele belo daquele postal com o convite que eu não pude deixar de aqui incluir. Só a imagem em si já consta entre os meus “piores momentos favoritos” ali ao lado da Nikki Bella a desejar aborto à mãe. O casamento também foi aquele típico casamento com revelações, traições e uma invasão de motards a destruir todo aquele bonito cenário. Não tenho bem a certeza mas acho que o dos meus pais também foi assim. A revelação de Taz como membro dos Aces & 8’s fica como o segundo maior momento do segmento. O maior? O final, quando Hulk Hogan manda a filha verificar como está o Bully e o único que ela consegue dizer é “My boobs are out”. Sagrado matrimónio.

5 – Daniel Bryan & AJ Lee

http://dai.ly/xsdidp

Fica ali entre duas coisas. A altura em que a AJ se metia com tudo o que tivesse dois braços, duas pernas e se mexesse em ringue. E a altura em que ela realmente deu o nó a sério com um gajo mais tolo que ela e mais tolo que o deste exemplo. Eram eles um estranho casalinho com Bryan a agir como abusivo e AJ a agir como distracção na Wrestlemania até que chegaram mesmo ao casório no épico episódio 1000 do Monday Night Raw. Com estes dois, o segmento tinha tudo para ser divertido. E por cima disso ainda trazem o bom e velho Reverend Slick para tornar tudo mais hilariante. Nem os noivos conseguiam aguentar o riso. Acontece que a coisa não podia correr tão bem para Bryan e AJ dizia que sim… A outra pessoa, Vince McMahon. Mas não, por muito tarado que ele seja, não era isso. Era uma proposta para torná-la General Manager do Raw, cargo que ela aceitou e que nos deu momentos em que nos apercebemos que ela também ficava a matar de fatinho de negócios. Para piorar a situação do frustrado Bryan, veio quem? Claro, CM Punk. Diz que quando foi a vez dele que correu um pouquinho melhor.

4 – Edge & Vickie Guerrero

https://youtu.be/8grj0cUiiA4

Mais um momento de tom mais divertido e que se coloca no meio de uma história que até teve os seus momentos. “La Familia” era a perfeita stable Heel dominante – tudo palavras que já fizeram parte do campo lexical de Zack Ryder noutros tempos – que tinha as suas lamechices para causar balanço. O principal factor da foleirice era o amor cego de Edge por Vickie que teve que culminar num casamento que ocupou um episódio do Smackdown. Não é tão mau como soa, na verdade tinha excertos do casamento a passar ao longo do episódio, intercalados com normal acção em ringue influenciada por poder abusivo dos pombinhos casados de fresco. É claro que o ponto alto tinha que ser o “party pooper” – a pedir emprestado o termo a um amigo – do Triple H a estragar tudo e a mostrar imagens que revelam Edge a envolver-se com Alicia Fox durante os preparativos. Awkward. Ainda assim o casamento avançou até à sua derradeira dissolução. Já o Cena andava metido nisto – porque sabemos que ele é pior que uma gaveta – e expôs imagens de Vickie Guerrero a fazer o que Edge fez com Fox… Mas com o Big Show. Maldito Cena que achava que podia estragar casamentos só porque o seu era perfeito! Mas o que aprendemos é que de tal pode sair uma stable, mas nem dois dos maiores Heels do nosso tempo conseguem manter-se juntos e não conseguem resistir a difíceis tentações como o Big Show.

3 – Test/Triple H & Stephanie McMahon

http://dai.ly/xmq8al
http://dai.ly/xmq7ze

Não se deixem levar pela estranheza do título, ela não casou com dois ao mesmo tempo. Ela é meia tola, ainda para mais nestes tempos antigos, mas ainda não chegava a tanto. Isto foi ainda na sua fase inicial, ou seja, aquela cerimónia com o Undertaker ainda estava relativamente fresca. E ela decide dar outro nó, um mais seguro talvez. Com Test. Não fossem os constantes problemas com Triple H e os D-Generation X e até se podia esperar uma cerimónia com toda a classe. Isto é, se o Triple H deixasse. O agora COO interrompe e mostra imagens que comprovam que Stephanie não se podia casar. Na sua festa de despedida de solteira, já ela tinha sido “minada” por esse Bill Cosby dos ringues que era Triple H e este levou-a a uma daquelas capelas cheias de classe para casar com ela. Ficou oficial, mesmo com ela inconsciente. As coisas teriam uma viragem quando Vince e Triple H se enfrentassem com a anulação do casamento em jogo e foi aí que Stephanie se virou ao pai e iniciou a McMahon-Helmsey Era. O meu favorito disto tudo é imaginar esse casamento como o legítimo que os une actualmente como o casal maravilha conhecido como Authority…

Nota: Triple H + Um casamento + Filmagens trazidas por ele = Desastre. Ou ouro.

2 – Kane & Lita

https://youtu.be/3REfqJv-aKg

Mais um daqueles a que todos gostávamos de ser convidados. Coisas normais e mais uma amostra de que o Kane só se envolve em storylines discretas e banais. Tudo começou de forma simples: Lita envolveu-se em relações carnais com Kane para que este não desse um excerto de porrada no Matt Hardy. Será que este método resulta e devo começar a experimentá-lo? É que aqui resultou. Mas também teve outros lados negros como uma gravidez inesperada que colocou a questão sobre a mesa: Kane deveria casar Lita. Matt Hardy, o namorado, ripostou, vá-se lá saber porque é que ele ia ser contra isso. E resolveu-se o assunto como sempre se faz: um combate que sendo vencido por Kane, este casa com Lita. Mais uma vez, acho que vou recorrer a este método para pedir a alguém em casamento. Dou um arraial de porrada ao companheiro e tenho o pacote completo com brinde e tudo! O casamento avançou mesmo com a tentativa de Matt Hardy de o interromper mas como era a sina dele, levou mais porrada. Como as coisas ainda não estavam suficientemente bizarras, Lita viria a perder o bebé graças ao Snitsky e, sem nos apercebermos, já haviam bebés de plástico a ser pontapeados para o público. Entretanto as coisas também tiveram que ser alteradas com Lita a não conseguir ter o público do seu lado, após se descobrir a história do “encornamento” a Hardy com Edge. Que custou o emprego a Hardy. Era um indivíduo cheio de sorte, este. Mais um pouco e estavam a dar-lhe títulos Mundiais sem sentido para que o largasse no dia seguinte através de um vídeo online. Mas isso já seria o cúmulo.

1 – Randy Savage & Miss Elizabeth

https://youtu.be/u12xNjibUpc
https://youtu.be/0g6bpr8dwz4

Pronto, fica um caso mais sério e mais bonito para a primeira posição. Sem palhaçadas. Sem porrada. Apenas um belo momento que transportou para TV um casamento que já durava há uns bons anos. Foi no SummerSlam de 1991 que foi denominado como o “Match Made in Heaven” e que fez soltar muita lágrima máscula. Sempre considerado como o derradeiro casamento num ringue de wrestling, apesar de não representar o caos que normalmente acontece nestes segmentos. Mas não passou totalmente em branco. Foi na festa posterior à cerimónia que se deram elas e que foram mostradas em TV na semana seguinte. Coisas tão comuns como Savage a ser atacado por Undertaker com uma urna ou um presente de Jake Roberts contendo apenas uma cobra. E eu que, numa festa de casamento, normalmente só quero bolo, até nem me importava de algo tão entusiasmante assim. A partir daquele belo momento saiu uma tremenda feud com Jake Roberts. Logo, se fizerem bem as contas de cabeça, chegam à conclusão: foi daquele emocionante segmento com um casal que saiu aquele arrepiante momento com a cobra a não querer largar o braço de Macho Man. O que um gajo atura na vida de casado…

E com isto me retiro de um pouco usual Top Ten. Não sei se quando abriram o “wrestling.pt” hoje esperavam ler um artigo a abordar o santo matrimónio. Se têm uma namorada de longa data que já está à espera da pergunta, não a deixem apanhar-vos a ver isto ou ela fica logo com ideias. Vai logo achar que estão a preparar cerimónias tão belas como as que estão aqui presentes. Fora das inevitáveis brincadeiras com um tema destes, podem sempre comentar a dizer o que acham de segmentos destes e se acham que um ringue de bulha pode passar, de vez em quando, por altar. E se acham que teremos mais um segmento desse calibre com Rusev e Summer Rae. Espero que tenham gostado do artigo, mesmo com a parvoíce a governar e espero que estejam cá na próxima semana para mais um Top Ten porque pretendo cá estar. Até que a morte nos separe. Os meus cumprimentos e até à próxima!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Top Ten”.

6 Comentários

  1. Eu - há 1 ano

    O nº3 matou-me ahahah

  2. Lucas - há 1 ano

    A lita não queria se casar com kane ,ela queria ir pra cama com o edge

  3. RFBM - há 1 ano

    Óptimo Top Ten, apesar de achar que o segmente entre o Test, a Stephanie e o Triple H deveria ser o nº1.

  4. Reigns one versus all - há 1 ano

    Ótimo top ten.

  5. Rui Ribeiro - há 1 ano

    Muito bom Top Ten.

  6. you cant see me - há 1 ano

    Bom top ten.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador