Top Ten #162 – Choque!

Sejam bem-vindos ao mais recente Top Ten que vem tocar em assuntos que, com certeza, ainda não foram mencionados por ninguém. No anterior Top Ten, que saía com o Survivor Series ainda fresco, fiz aquela menção a algo enorme que aconteceu na noite anterior sem poder saber o que era. Foi suficientemente grande para o estender até esta semana.

E, pelo título deste artigo, podem adivinhar que me refiro a algo que deixou uma plateia boquiaberta e perplexa. Algo chocante. é que… Vocês viram a rapidez com que os New Day foram eliminados?! Que foi aquilo?! Se insistirem muito pela minha seriedade, diz que algo de muito notável aconteceu no “Fantasy Warfare” entre Brock Lesnar e Goldberg que fechava e encabeçava o PPV. Momento de choque para ficar para a história, desta não nos esquecemos mais. Assim como muitos outros momentos.

De diferentes graus e de variados tipos, listo dez momentos que causaram algum “embasbacamento”, queixos caídos e alguma descrença. E não, não pego em casos reais fora dos ringues, apenas coisas que constaram na nossa programação de entretenimento, logo nada de Benoits ou Owen Harts, esses são de outra liga totalmente diferente. Recordemos outras coisas:

10 – Vince faz boom

Resultado de imagem para vince mcmahon limo gif

Não é a coisa mais chocante por ter sido mais credível, não é que a principal crença fosse propriamente que o Vince McMahon tinha sido espalhado por todo o parque de estacionamento. Talvez o choque resida mais na surpresa. Não estavam propriamente à espera daquilo nem lhes ocorreu porque raio se foram lembrar de uma dessas. É verdade que isto foi há dez anos, ainda era catraio, e ainda ouvi crença de alguns colegas de escola a quem era difícil explicar que a câmara estava demasiado bem posicionada para um momento espontâneo que acontece mesmo no fim, com os créditos no canto a aparecer normalmente e com o assunto a ser tratado em televisão com a mesma naturalidade com que se marcam combates Tag Team. Mas não foi das coisas mais credíveis e, ainda por cima, foi interrompida e cancelada por um dos tais momentos da introdução, logo o pior. Mas ficou na história como uma das maiores surpresas que eles se haviam de lembrar. E o derradeiro choque: foi o Paul London!

9 – S. Sandman

Resultado de imagem para ecw sandman crucified

Ainda hoje um país como os Estados Unidos consegue ser muito sensível e conservador – como assim, há um novo crescimento disso? Mas se recuarmos no tempo, a década de 90 foi a década de descarregar com tudo o que era chocante, simplesmente porque o povo não era difícil de chocar. Enquanto o Marilyn Manson preocupava pais, também a ECW é das primeiras que nos vêm à cabeça quando pensamos em algo ou alguém que tem muito em consideração a sensibilidade das pessoas. Como se arremessar corpos por mesas dentro não fosse suficiente, de vez em quando o Raven tinha assim umas ideias. E “crucificava” o Sandman com o auxílio de um arame farpado, algo que os Romanos quiçá invejassem. Tal acto blasfémico conseguiu retirar pessoas enojadas da plateia. Sim, gente que pagou para ver a ECW ficou ofendida, achou que algo era demais e foi-se embora. Kurt Angle, ainda apenas um medalhista olímpico, ainda não um Superstar da WWE, já um conservador de boas morais e princípios era convidado nesse dia. E retirou-se, ameaçando processar se o mostrassem em TV e o associassem a esse episódio. Ainda se conseguia disto na ECW!

8 – I’m baack!

Resultado de imagem para eric bischoff vince mcmahon hug

Talvez não seja assim a coisa mais chocante para vós/nós. Quando eu mesmo comecei a assistir a esta brincadeira, já ele lá estava. Pouco sabia do seu background. Se tivermos que nos situar, talvez possamos usar um exemplo actual. Imaginem que, daqui a uns anos, não havia já TNA e a Dixie Carter aparecia como General Manager do Raw. Pronto, isto mas muito maior. Porque o Eric Bischoff não era a Dixie Carter nem a WCW era a TNA. Num episódio do Monday Night Raw em que se revelaria um General Manager mistério, conseguem mesmo aparvalhar toda a gente apresentando Eric Bischoff. O homem que mandava na WCW chegava à WWE. O homem que competia directamente com o Raw, mandava agora nele. E como se não bastasse, ainda dá grande abraço de camarada ao seu rival Vince. Queixos caíram. Ainda por cima, quando alguns ainda nem tinham voltado ao sítio devido a algo directamente relacionado…

7 – WCW, bem-vinda à WWE

Resultado de imagem para vince mcmahon buys wcw

… Que é este momento gigante na história. Se calhar o choque nem foi assim tão grande. Se isto fosse mesmo durante as Monday Night Wars, aí é que um gajo até perdia força nas pernas. Mas por esta altura, a WCW já estava bem lá no fundo e a conseguir maneiras de cavar para descer mais. Já todos sabiam e aceitavam que ela ia à vida. Mas podia simplesmente… Ir à vida. Ted Turner detestava Vince, era o rival dele, não lhe ia vender a companhia. O Vince querer sujar as mãos com a WCW, imaginamos nós que ele pensava assim? Até parece que a ideia do monopólio lhe ia causar muita sarna, realmente. Era mesmo o lado da WCW ceder que mantinha alguns cépticos. Mas estavam mesmo à rasquinha. As notícias correram e muitos não acreditavam. Imaginem lá se fosse nos dias de hoje, com o excesso de informação online. Uma notíciazinha destas aqui no WPT cheia de comentários ali com aquele punhado de postas intelectuais, que era um mimo. Mas era verdade. Vince apoderava-se da WCW e anunciava-o em TV, chegando mesmo a fundir as duas transmissões. Na altura, quem quisesse, podia tentar em tempo real, saltar de canal em canal, para ver Vince em ambos a dar o anúncio. Era surreal. Mas aconteceu. Também dizem alguns livros de história que aconteceu também uma invasão e mais não-sei-quê. Isso aconteceu mesmo?

6 – Fantasy Warf… já acabou

Resultado de imagem para brock lesnar goldberg survivor series

É, este ainda tem muitos a andar de lado. Muito recente ainda. Mas não lhe dei uma posição assim tão privilegiada, sentimos-lo mais que os outros porque é recente. Já aconteceu muita coisa antes, vamos a ter calma. Mas isto foi de doidos e se, ainda hoje, quisermos explicar o combate a alguém, damos por nós ainda a perguntar o que raio aconteceu em vez de dar uma resposta e uma descrição verdadeiramente esclarecedora. Brock Lesnar. Ah, g’anda besta! Como é que se pára uma destas? Não se pára. Só enfrenta nomes de topo e é para os despedaçar. A intocável streak do Undertaker? Já era. O Super John Cena, Never Give Up, Eternal Kick Out? Um boneco de trapos nas mãos dele. Faz o que quer quando quer e a quem quer. E vinha agora o castiço do Goldberg, que não sobe a um ringue há uma dúzia de anos, fazer alguma coisa? Que piada. É piada, é. O tempo que levaram a ler-me a disparatar chegou para ele, com um empurrão, um par de Spears e um Jackhammer tratar do assunto e fazer o Brock Lesnar parecer um jobber do Braun Strowman. Passou-se tudo. Foi mais tempo que um gajo levou a olhar para o ecrã com cara de pascácio – trago-vos a experiência na primeira pessoa – que o combate a acontecer. Mas foi assim. Mas querem mesmo mesmo mesmo saber os meus dois cêntimos em relação a isto? Pronto, eu digo: foi da maneira que não gramei, para já, um novo combate propriamente dito com estes dois. Desculpem lá qualquer coisinha.

5 – Bret screwed Bret

Resultado de imagem para montreal screwjob

Um acontecimento obscuro, do qual poucos ouviram falar e assunto no qual eles raramente tocam. Ouviram falar daquela vez em que o Shawn Michaels ganhou limpinho ao Bret Hart e este levou a mal? Vá, um dos maiores acontecimentos da história do wrestling e do qual não deve haver semana em que não venha à baila de alguma maneira, calhou ter sido num Survivor Series, já que temos esse evento como palco de bizarrices. Toda a cidade de Montreal, e também o resto do mundo, assistiu perplexo a um momento fora do kayfabe – numa altura em que isso ainda tinha alguma força, por acaso – e que deixou muitos sem saber explicar o que se passava. Vince McMahon mandava soar a campainha após ter Bret Hart preso num Sharpshooter de Shawn Michaels, dando a vitória e mudança de título para HBK, sem que o Canadiano que jogava em casa soubesse ou colaborasse. A plateia assistiu a um momento confuso que só se tornou mais bizarro ainda quando Bret Hart reage como qualquer um reagiria. Abalou tudo. E deu origem a algo já sem retorno: nasceu a personagem Mr. McMahon que hoje conhecemos bem!

4 – Foley partido em cacos

Resultado de imagem para mankind falls off cell gif

Nem sempre um momento desses tem que ser algum acontecimento gigante no qual tanto trabalharam ou uma repentina mudança de planos como na entrada anterior. Pode muito bem ser alguma loucura que nem lembra ao diabo que lhes ocorre no momento. E o povo era meramente uma plateia que assistia nos seus assentos, agora imaginem como seria estar na pele do homem que, no momento, achava que tinha acabado de matar um colega. Não, Undertaker, esse gajo que te sugeriu que lhe desses um empurrão da jaula e caiu desamparado não é um qualquer, é Mick Foley. Não o matas assim às boas, o sacana ainda se levanta, não ganha medo das alturas e ainda se habilita a outra da jaula abaixo em que ainda leva com um tampo nas trombas. E não, ainda não o mataste! O biltre ainda se torna a levantar, com os dentes a sair-lhe do nariz, acaba o combate e ganha o respeito dos fãs que ainda andavam à procura dos próprios queixos, enquanto assistiam àquilo tudo. ‘Tás safo, Taker. É que o pelintra ainda sobrevive para andar a fazer filhas como a Noelle e isso não nos calha nem que nos andemos a atirar de edifícios, de cabeça!

3 – Fim da Era Sammartino

Resultado de imagem para ivan koloff vs bruno sammartino

Difícil para nós sentirmos verdadeiramente o impacto de algo que aconteceu há mais de quarenta anos. Mas temos que nos situar e colocarmo-nos no lugar de um fã de uns tempos mais inocentes, sem internets e falcatruas dessas, sem conhecimentos. Os tempos da ingenuidade, em que era tudo real para a malta. E também fácil imaginar um Campeão que já detém aquele título há quase oito anos. Obra impensável hoje em dia. Era Bruno Sammartino esse herói. Que tinha como rival Ivan Koloff, o mais Canadiano dos Russos que podiam ir buscar para um conflito internacional, que por acaso até mexia em tensões reais que existiam entre as nações. Também havia isso. Mais o sentimento de segurança de quem assistiu na arena, pronto para mais uma vitória de Sammartino. Afinal, o que tinha feito Koloff para ser uma ameaça tão grande? Não precisou, fê-lo no ringue e derrotou Sammartino, retirando-lhe o título após os tais quase oito anos. O silêncio do choque foi assustador. O próprio Sammartino, caído, confessou que pensava ter perdido a audição com algum bump, dado era o silêncio pesado. Ninguém queria acreditar que Sammartino realmente não ia ser Campeão para sempre, ainda por cima que cairía nas mãos de um Russo. Esse mesmo Russo perdeu o título em 21 dias mas quem é que estava lá a ralar-se e a chocar-se com isso? Isso nem tempo de sarar a ferida deu, a dor e o choque ainda era tudo do mesmo!

2 – O terceiro membro

Resultado de imagem para hulk hogan heel turn

Uma facada no pobre infante que tinha tomado as vitaminas e rezado as suas orações porque o gajo musculado, de bigode, que rasga a camisola lhes disse. Um dia marcou a vida de todos esses inocentes quando algo veio a despedaçar a imagem desse herói imaculado e mudar a forma como Hulk Hogan viria a ser visto. O dia em que surgiu uma gravação que revelava o Hall of Famer a dizer coisas pouco simpáticas e a usar gíria de fraca implicação racial, isto ainda na ressaca de uma pavorosa sextape. Ah espera, não é isso. Por essa altura já o Hulkster estava mais queimado que o seu bronzeado pudesse sugerir. Foi antes disso. O tal super-herói ainda estava recente e era bem-vindo na WCW. Quem não era bem-vindo eram os Outsiders de Kevin Nash e Scott Hall que só faziam asneiras e ainda culpavam um terceiro membro, um líder. Felizmente havia salvação! Felizmente havia Hogan! Tempo de o Hulkster despachar os mauzões e “what’cha gonna do” e por aí fora. Mas vai o malandrim e aplica a Leg Drop ao vitimizado e indefeso Randy Savage e assume a liderança do grupo que viriam a ser os nWo. A Heel Turn mais ouvida pelo mundo fora, com tanto ou mais entrondo que o seu slam no Andre the Giant. A maior Heel Turn de todos os tempos? Enquanto o James Ellsworth não se virar ao Ambrose, assim permanecerá para sempre. Perguntem ao povo escandalizado que viu no acto civilizado de atirar lixo uma solução.

1 – 21-1

Resultado de imagem para undertaker streak end

Há coisas muito recentes ainda. E daí não se lhe deve dar uma posição assim tão privilegiada, sentimos-lo mais que os outros porque é recente. Já aconteceu muita coisa antes, vamos a ter calma. O tanas!! Três pares de açoites no malápio que disse isso! Esta dói mais que tudo, ainda anda a ser digerida. E por falar em silêncios tão silenciosos que se tornam ensurdecedores. Lembram-se todos ainda onde estavam e lembrar-se-ão sempre, quando viram o terceiro F5 de Brock Lesnar a Undertaker na Wrestlemania, seu palco sagrado, e ainda achavam que ele ia fazer o “kick-out”. Viram uma streak mais velha que muitos de vós a acabar e nem assim se estavam a acreditar. Botch do árbitro, qualquer coisa, alguma rectificação, um restart, qualquer coisa. Aquilo não ia ficar assim. A música de Lesnar nem tocou, é porque aquilo não era suposto acabar! Não, estava a acontecer mesmo e aquela pausa foi mesmo para unir um mundo no mesmo choque silencioso. A maior streak da história acabava. Já se passaram mais de dois anos e ainda não foi totalmente aceite por todos. Mas aconteceu, Undertaker já não é invicto na Wrestlemania. E isso só provou a besta imparável que era Brock Lesnar. Nada o conseguiria parar, nunca. Não é? Nada, certo? Claro que não, ele parte tudo! Who’s next?

Pronto, acho que podem todos voltar a colocar os queixos no sítio, acabou a listagem de momentos chocantes que, em si, não tinha nada de chocante e era apenas uma data de coisas que já conheciam. Sei que faltaram coisas como todas as vezes que o John Cena pegava no Big Show pela primeira vez que o Jerry Lawler via. Há que arranjar espaço para tudo. O resto está nas vossas mãos. Comentem estes momentos, o impacto que teve em vocês, a importância que acham que tiveram. E claro que se há tema que dá para acrescentar novos casos é este, enumerem o que mais vos chocou. Nem que seja coisas simples como um “cash-in” ou a existência do Alex Riley. Para a semana deve andar tudo direito, sem surpresas e cá devo estar. É para trazer mais qualquer coisa. Fiquem bem, até à próxima e peguem lá algo chocante: já vai ser Dezembro!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Top Ten”.

10 Comentários

  1. KILL OWENS KILL - há 4 meses

    “Mas aconteceu, Undertaker já não é invicto na Wrestlemania. E isso só provou a besta imparável que era Brock Lesnar. Nada o conseguiria parar, nunca. Não é? Nada, certo? Claro que não, ele parte tudo! Who’s next?” Que sacanagem hahahahaha!

    Mais um grande Top Ten. Podia ter adicionado a eliminação do Bryan no RR 2015, esse é bem recente e até hoje eu fico revoltado quando dou uma olhada nessa luta.

    • Nao Durmo - há 4 meses

      do bryan punha era a nao participação dele na RR 2014… coitado do Rey Misteryio foi apupado como nunca na vida…

      • KILL OWENS KILL - há 4 meses

        Aquilo não foi um choque, foi uma cuspida na cara dos fãs.

  2. "Awesome" Hater - há 4 meses

    Acredito que a WM 32 merecia uma menção pelo conjunto da obra, com suas decisões absurdas(Algumas inacreditaveis, outras apenas inesperadas).

    Como sempre, excelente artigo.

  3. danielLP21 - há 4 meses

    Excelente, mais uma vez.

  4. Rui Ribeiro - há 4 meses

    Excelente! Muito bom tema e adorei as ironias que usaste ao longo do artigo :D

  5. Gomes - há 4 meses

    Mais um bom artigo.

  6. Gonçalo" the best" - há 4 meses

    O teu conhecimento, mais pesquisa e o teu humor, merecia mais reconhecimento.
    Excelente!

  7. Y2Jean - há 4 meses

    A traição de Seth rollins
    Taker vs triple H (primeiro combate na WM)
    Quando Lesnar destruiu Cena com quase 20 suplexes
    Quando CM Punk saiu da WWE com o title
    E quem sabe um turn do “super Cena”

  8. Anónimo - há 4 meses

    Quebrar a Streak do Maior Wrestler de Todos os tempos foi a maior merda da história da modalidade.

    Obrigado Vince velho desgraçado.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Desenvolvido por Luís Salvador / Wrestling PT © 2006-2017