Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Top Ten #6 – Desastres nas Redes Sociais

Bem-vindos a mais um Top Ten e para esta semana trago-vos um tema diferente do costume – se todas as semanas conseguisse trazer temas absolutamente diferentes era óptimo – e com ele dou um saltinho até ao exterior do ringue e a umas pequenas ferramentas que fazem parte do nosso quotidiano: as redes sociais. Enormes actualmente no mundo do wrestling, as redes sociais são utensílios bastante úteis nos dias actuais para manter os lutadores em contacto com os fãs… Mas nem sempre eles sabem como as usar melhor. Esta semana ainda nos lembramos bem dos tweets provocativos de Ryback para Cena com referências à sua ex-mulher… Engraçado, mas ele não é pioneiro nisto. Vejamos neste “Top Ten” quem mais utilizou a Internet para fazer asneiras…

10 – Hacked!

É uma boa desculpa para tudo. Dizem-se as asneiras todas depois acusa-se outra pessoa, este método já aí anda ainda nem a Internet existia. Mas agora há sempre os hacks. Mas quem sabe, ele até pode ter sido hackeado mesmo. Corria a Wrestlemania XXVII e era ver o Twitter de Kurt Angle encher-se de queixas por ver lutadores da WWE a roubar os seus moves. Randy Orton e Jack Swagger foram os principais acusados. No dia seguinte, provavelmente depois de as ouvir, de muita gente, lançou o comunicado com um pedido de desculpas e a dizer que descobriu que tinha sido hackeado. É possível… Mas maior parte do povo acreditava que ele é que estava hackeado por uns copitos na altura! Nenhum de nós estava lá para saber logo… quem sabe?
Este caso até nem é assim tão escandaloso. Incluí-o pela sua notoriedade. Num caso semelhante, a do Jeremy Borash se calhar até foi pior… Aquela malta da TNA tem umas contas facilmente acessíveis…

9 – CM Punk vs Papa Bento XVI, Wrestlemania XXX

Procurando bem até dava para ter 10 tweets do CM Punk aqui, quem sabe. Ele não é má pessoa, mas nota-se que é daqueles que convém não o chatear muito e tudo o que tiver a dizer diz. E muitos não gostam de gente assim. Por cima disso… Ele deve gostar de agitar umas águas de vez em quando. Logo o tweet a referir-se ao recentemente retirado Papa como “Nazi” deve ter sido a sua maior “Pipe Bomb” fora do ringue e fora do mundo do wrestling. Mesmo que ele não estivesse a querer ser ofensivo e apenas estivesse a constatar um facto – Bento XVI de facto pertenceu a um grupo militar Nazi na sua juventude – a palavra “Nazi” é o que já pode dar cabo de tudo. Demasiado tabu. E numa das eras mais familiares da WWE… Parece que até estou a ver o Vince sem cor a receber abanos e um copinho de água com açucar…

8 – Agora jobbas, Tensai!

Tanto alarido por nada de especial. Pelo menos para mim. Supostamente um Tout racista por parte de Tensai no qual dizia o quão perigoso é ter um Japonês a conduzir e em seguida manda-o “abrir os olhos”. Brinca com estereótipos, sim. Mas isto mais parece uma brincadeira que se faz com um amigo de outra “raça” com quem já se tenha confiança do que um espalhar de ideais racistas. Tudo uma questão de humor e a Internet conhece esse humor muito bem… Mas os utilizadores internautas que apreciam esse humor não são os mesmos que seguem o Tout, pelo menos… e lá obrigaram a WWE a romper kayfabe num comunicado oficial por uma ninharia…

7 – FEED ME EX-WIVES!

O mais recente e o que dá asas para a concretização deste Top Ten. E não é que esta faceta mais provocadora até fica bem ao Ryback? De acordo com o ex-Skip Sheffield, aquilo que Cena aponta que lhe faltava no meio das pernas é aquilo que a sua ex-mulher mais gostava… Oh, diabo… Os tweets já lá não estão, infelizmente… Resta saber quem os mandou tirar: Ryback por iniciativa própria, a companhia, Cena ou até mesmo a ex-esposa de Cena que se possa ter sentido ofendida. Como seja, das melhores coisas que o Ryback fez desde que chegou…

6 – CM Punk vs Chris Brown, Wrestlemania XXX

É, já estou a marcar muitos combates para ele. E este já parece estar resolvido. E eu também não queria aquele gajo perto dum ringue sequer. Portanto que lá fique a fazer o que quer que esteja a fazer. Uma pequena guerrinha de Tweets entre Punk e Brown que consistia em galhardetes referentes a cada um – o talento questionável e hábitos pouco correctos do cantor e uma data de estereótipos de wrestlers, incluindo o uso de esteróides para o lutador. Conhecendo cada um como conhecemos, é fácil escolher um lado. E também porque se fizesse um “Top Ten” dos maiores “douchebags” do mundo do entretenimento, conseguia facilmente encher as 10 posições apenas com o Chris Brown. Mas vá, já está resolvido, nem isto iria muito longe… Brown estava longe da sua zona de conforto para fazer alguma coisa a Punk… Da última vez que verifiquei ele ainda não era uma mulher…

Nota: Queria era que o Chris Brown se metesse com a Tiffany / Taryn Terrell, que aí é que ele ficava a piar baixinho de vez…

5 – Vintage Michael Cole

Nem digo que seja “vintage Michael Cole” porque até nem parece muito característico. Mas enquanto Cole foi Heel, pode-se dizer que ele estava nas quintas dele. Acusado durante anos de irritar as pessoas, tinha agora pretexto para irritá-las intencionalmente! Admitam, deve ser a coisa mais divertida que existe. O mal é que nem sempre ele controlou isso muito bem.

Numa discussão em personagem com Josh Matthews no Twitter, lá houve alguma situação em que Cole não aguentou muito a parte “familiar” da programação e simplesmente chama “faggot” a Josh. Tão simples, puro e duro como isso. “Faggot” também é outra palavra tabu, sempre associada a homofobia e utilizado sempre com intenção ofensiva. Uma “F word” secundária. Já está asneira feita. Pior que isso? A WWE acabara de se juntar a uma campanha anti-homofobia… E nessa altura vem um representante, uma figura de importância, o auto-proclamado “voz da WWE” disparar uma assim torta. Valia-lhe uma “Cole mine” como a que ele utilizava na altura para se esconder…

4 – Bret Hart, um homem muito nervoso

http://www.thesun.co.uk/sol/homepage/sport/wrestling/3446857/Hogan-takes-a-Hit-on-Twitter.html

Recentemente, aquele que é muito facilmente um dos melhores wrestlers de sempre, tem vindo a passar uma imagem de “grumpy old man” que serve sempre para algumas passagens humorísticas. A sua estadia no Twitter também não devia ser para menos… Aliás, quase que nem chegava ao Twitter e já estava a rabujar. É certo que foi porque alguém lhe perguntou o que ele faria para melhorar a TNA… Num despacho ele diz que manda o Hogan e o Bischoff dali para fora. Mais um fã veio deitar mais lenha para a fogueira e perguntou especificamente o que é que achava de Hogan ao que o “Hitman” responde chamando o “Hulkster” de falso, sonso, traidor ou… “steroid freak”… Tudo bem… Já para aí uns 80% dos lutadores antigos disseram isso de Hogan, não é aí que está a crise… Foi quando Hulk respondeu a dizer que Bret apenas se estava a descrever a ele mesmo que este responde com um “Não é isso que o John Graziano pensa, “dickhead”.

John Graziano era um rapaz que sofrera um acidente com Nick Hogan – filho de Hulk – enquanto este estava embriagado e a romper regras. Nick safou-se mas Graziano ficou em estado crítico e consta-se que no meio da polémica do acidente, os Hogans apenas tentaram safar-se a si mesmos e deitar culpas ao moço. Seja como for a história… Muitos consideram isso um autêntico golpe baixo da parte de Bret Hart. E vocês, de que lado ficam?

3 – Hogan Knows Best?!

E passamos de Hogan para Hogan. Uma coisa é certa, colocando todos os defeitos que lhe são atribuídos à parte, Hogan é um tipo simpático e atencioso para com os seus fãs no Twitter. Quando lhe pedem um “retweet”, ele assim o faz. Pode parecer algo insignificante, é só um retweet, mas deve ser sempre bom para alguns receber esse tipo de atenção de um ídolo. Aqui o único problema é que ele não parece ter grande filtro para os retweets. Alguém diz “Sou um grande fã, Hulkamaniac 4Life! Posso ter um retweet?”, ele assim o faz. Óptimo. “Adoro ver o Impact Wrestling. Posso ter um retweet?” Perfeito. Agora quando alguém chega lá a dizer que esteve “balls deep” na Brooke e pede um retweet… Não é que o estafermo consegue mesmo o raio do retweet?!

2 – Ultimate Warrior vs Kevin Nash, Wrestlemania XXX

Malditos sejam os velhotes. Não podem ver uma aberta para zaragata que lá vão eles. Neste caso alguém perguntou ao nunca mentalmente são Warrior porque é que ele não pintava o cabelo para parecer mais jovem, tal como o Kevin Nash. Ao que o louco Superstar responde que não é um “dickhead” – palavra que os wrestlers muito gostam, aparentemente – que quer roubar a ribalta aos mais jovens. Não é condenável, há alguma razão no que ele diz. Nash é que não gostou muito e fez o que qualquer homem faria… Desafiá-lo para andar à porrada! E para demonstrar o quão “washed up” eles são… Desafiou-o para lutar no exterior da Wrestlemania… Porque bem sabemos, de facto, que na própria Wrestlemania é que não os vemos mais. E não tardava nada já andava o Nash a mandar imagens dele armado… Por uma ninharia como aquela.

Agora não se assustem pelo título, eu sei o quão horripilante seria esse combate hoje em dia. Mas seria apenas um combate de “quem está mais apanhado da cabeça”. E acho que até mesmo nesse combate o Nash romperia o seu quadrícepe…

1 – Scott Steiner a ser Scott Steiner

https://twitter.com/ScottSteiner

Desafio: Ler os tweets sem ser com a voz dele. Sentido dos tweets: 0. Sentido gramatical: 0. Lógica: 0. Q.I. mínimo para obter estas frases: 0. Mais Scott Steiner que isso não dá! Um dos nossos talkers favoritos e não pelas mesmas razões que admiramos um CM Punk ou um The Rock nessa área, Steiner após a sua saída da TNA partiu numa onda descontrolada de tweets a maltratar Hulk Hogan e Eric Bischoff – o primeiro na indústria a fazê-lo, claro. Ao lermos aquelas frases… Ou coisas parecidas com frases, não há maneira de não o ouvirmos aos berros como o costumamos ver nas suas promos. E que raios me caiam encima se isso não é hilariante! Infelizmente o seu Twitter tem andado inactivo, porque não consigo pensar em alguém – para além do Iron Shiek – que pudesse ter uma página tão divertida apenas a ser ele mesmo quanto Scott Steiner…

E é este o Top Ten que vos apresento, um pouco menos aventureiro em termos de passado, é tudo casos recentes dos quais vocês se devem lembrar, mas é só para este caso, não existiam as redes sociais nas décadas anteriores. Espero que tenham gostado e estão à vontade para acrescentar casos que se lembrem e que não constam aqui. Para a semana cá tentarei estar com uma nova lista temática que entretenha. Até lá, passem bem!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Top Ten”.

4 Comentários

  1. jebus - há 4 anos

    O mais triste, é que warrior vs nash era capaz de ser mais interessante que cena vs the rock.

  2. danielLP21 - há 4 anos

    Que se f**am as redes sociais…

    O Bret Hart tem razão naquilo que diz sobre o Hogan. Só não vê quem não quer. O Hulk Hogan é um ser execrável, como se pode ver retweet ao outro burgeço…

    O Kevin Nash é ridículo… Enfim, há gente que não consegue estar longe dos holofotes…

  3. Willian Silveira - há 4 anos

    Wow o Punk fala mal do papa e recebe 303 RT? E eu pensando que eram poucos os ateus.

  4. Trug0d - há 4 anos

    Scott Steroids

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador