Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Top Ten #61 – Funny Moments: Santino Marella

Bem-vindos ao Top Ten desta semana, de volta, após a fenda que deixei ficar na semana anterior, não por desmazelo. Com a saúde algures dos 50% para baixo, só consegui depositar energia para responder às vossas pendentes perguntas e para vos dar um tremendo “Match of the Week”. Agora que já estou rijo, de novo, é tempo para retomar estes meus passatempos disfarçados de trabalhos ou vice-versa e voltar a tentar entreter-vos.

Aqui “entretenimento” é uma palavra-chave, tendo em conta o indivíduo aqui em causa. Santino Marella anunciou, logo ao início da anterior semana que iria ser forçado a acabar a sua carreira em ringue, devido a acumulação de lesões no pescoço. Mais um tramado por esse bicho. Ele promete que continuará a entreter-nos, logo podemos continuar a vê-lo, apenas não a competir em ringue. Mesmo assim, já é altura para lhe dedicar um especial “Funny Moments” – que também já ia dedicar à Vickie Guerrero, se não ficasse no vazio na semana anterior – neste Top Ten. Porque se há alguém que encaixa nesse tema, é Santino, tipo que não foi escolhido para ser personagem cómica, nasceu para isso – a comédia física sempre lhe correu nas veias. Ora notem:

10 – O casal-maravilha e os seus segredos…

http://youtu.be/gtSbgmQbxp0

O que mais sarna causa a alguns fãs é que Santino nunca deu para ser levado a sério, logo nunca pôde ser um lutador assim tão credível. Nem mesmo os seus títulos lhe deram a credibilidade que precisava e um deles nem foi ele que o ganhou. E deu-se ele quando tinha uma bizarra relação com a “Glamazon” Beth Phoenix. Bizarra porquê? A Beth, mesmo sendo uma grandalhona, não deve à beleza e continua a ser bastante feminina e porque não há o Santino de ser um indivíduo bem parecido, mesmo de unicelha? A questão é mesmo vê-los juntos… E esperar que a diversão entre… E que se prolongue até ao fim da relação quando Santino confessa que… Quando andava, ele fingia todos os seus “organismos”… A gente percebeu, Santino…

9 – Cobra ao Presidente!

http://youtu.be/JjoQzGASJSk

Muita coisa falhou no PPV de apenas uma edição, o Capitol Punishment. Já para não dizer que todo o evento foi um falhanço e que nem o card apresentava algo de muito especial. Outra coisa que não foi lá muito famosa foi a inclusão de um falso Barack Obama, um imitador profissional, a tentar convencer-nos de que era o verdadeiro Presidente a fazer Spin-a-Rooneys. Mas tem que se extrair algo de divertido aqui. E para além de um segmento com Vickie Guerrero, que constaria na sua contagem deste tema, ainda há um segmento com Santino a ensinar a “Cobra” ao “Presidente”, com a sua devida detenção, após a segurança achar que ele ia tramar alguma. O melhor de tudo isto?: “Do you want to see my cobra?”

8 – Qual Melina…

http://youtu.be/BaNpTh1lhls

Mais uma pérola retirada da altura em que Santino e Beth Phoenix eram o casalinho sensação. Essas condições permitiram que Santino estivesse por perto quando Beth Phoenix rivalizasse com Melina e foi o que se deu. Mas Santino não podia ficar só a ver porque isso de ficar só a ver não é algo que esteja no seu ADN. Ele tinha que fazer alguma. E essa alguma podia ser uma imitação mesmo. Recordemos aquele momento em que Santino reproduz a espargata de Melina à entrada, num momento que também deve ter doído bastante aos seus Santinos… Deixa lá a Melina fazer a sua cena e dedica-te à tua, Santino… O problema é que a dele é fazer coisas como isto!

7 – Comigo se calhar também não corria melhor…

http://youtu.be/V8U7nboALfo

Não vou recorrer a piadas fáceis em relação ao estatuto actual de Emma e ao seu recente acidente que lhe valeu um susto e uma reputação já com uma pequena nódoa, sem muita razão. Vou focar-me nestes segmentos, sem deixar que outros factores roubem a atenção deste parágrafo – PORRA! Mas com a chegada de Emma ao main roster, Santino quis tentar a sua sorte de mulherengo – ele até já tinha uma colecção respeitável – e virou-se para Emma… Levando-a aos encontros mais constrangedores que podiam aparecer-nos em TV. Mas, como disse, com uma rapariga como a Emma, confesso que talvez não fizese melhor. Aliás… Dadas as circunstâncias e alguns problemas de ansiedade com os quais me identifico, só tinha as condições para que corresse pior ainda…

(Quanto à qualidade do vídeo, estava convencidíssimo que existissem vários vídeos dos ditos segmentos com qualidade decente…)

6 – O Jericho e os nomes

http://youtu.be/PN61nRaaHHE

Olhem que à custa da brincadeira de não atinar a dizer os nomes das pessoas – algo com que o Santino também se pode identificar bem – o Chris Jericho já perdeu para um estreante em plena Wrestlemania. Antes disso já se tinha visto “encrencado” com o nome de Santino que, pacientemente, até esgotar, o ia corrigindo. Talvez a medalha cómica aqui vá para o Jericho mas o “Milan Miracle” também contribuiu para a brincadeira quando lhe salta à tampa e desata numa rampage em Italiano. Tenho que começar a fazer o mesmo quando pronunciam o meu nome mal…

5 – Honk-a-Meter!

http://youtu.be/ZcPyzfD2hLY
http://youtu.be/J3VpC_n7TVE
http://youtu.be/MRYfgn9X-Jk

Mas quem diz que Santino não era um grande Campeão? Como Campeão Intercontinental, Santino não apontava para o rés-do-chão e olhava bem alto para a sua ambição: provar que era o melhor Campeão Intercontinental de todos os tempos. Como o fazer? Voltando-se logo para “Honky Tonky” Man e o seu recorde de 64 semanas como Campeão. Com a ajuda do Honk-a-Meter, Santino contaria as semanas em que seria Campeão à espera de inevitavelmente ultrapassar o recorde de HTM… Acho que já todos sabemos como é que isso correu…

4 – Stone Cold Steve Austin, seu actor favorito

http://youtu.be/lV1T25bXjVw
http://youtu.be/fZflVoZwbP4
http://youtu.be/qBF0jaK1RnE

Ainda há sinais de “made it” na carreira de Santino Marella. Uma delas é que já pode dizer que teve uma espécie de feud com o lendário Stone Cold Steve Austin, o que já lhe deu passe para roubar umas quantas gargalhadas. E tudo à volta de um filme, qual crítico cinematográfico, que Santino não parecia apreciar. Se até passamos por uma brilhante versão de “Rehab” de Amy Winehouse, na voz de Santino Marella, sabemos que temos ouro em mãos… E ainda há o próprio Stone Cold à mistura…

3 – Cházinho com o Sheamus

http://youtu.be/u_UDgp4Xtxw

Este ainda é um segmento que vive na memória dos fãs. Santino Marella, o anfitrião da melhor festa de chá que alguma vez podíamos ter imaginado – isto tendo em conta que alguma vez imaginaríamos um chá a ser tomado num ringue de wrestling. E quem melhor para convidado do que o lutador cujo aspecto físico já puxa piadas e, ainda para mais, sendo Heel, está mesmo a jeito para levar umas assim bem tortas? Claro que só podia ser o vilão de rápida ascensão, Sheamus. E é claro que é seguro acharmos que estamos safos de piadas e trocadilhos relativos à sua cor de pele, certo? Claro… – esta até me saiu sem querer.

2 – Até em house shows!

http://youtu.be/M_Pt5Zo4ycE

Lá porque ele não está a ser filmado para TV, não quer dizer que ele baixe o seu nível de comédia e não entregue um espectáculo de risadas. No contexto de uma battle rotal, Santino vê a oportunidade da sua vida e ataca logo duas galinhas de ouro: Triple H e John Cena. O problema? É que as coisas não correram bem como ele queria e o Italiano Canadiano espatifou-se no chão assim que colidiu com os outros dois. Mas ao menos não foi preciso dizer mais nada e Santino sabia bem o que tinha a fazer. E procede a fazer a mais espectacular auto-eliminação de que haja memória. Um doce para quem não tenha tido a mesma reacção que Big Show! – sem terem propriamente o Cody Rhodes por baixo, claro…

1 – O seu historial da Royal Rumble

http://youtu.be/w04q4aXlqp4
http://youtu.be/GTTWsQk3j2I
http://youtu.be/adIAXx0BnNQ
http://youtu.be/yNS35HiXJls

É algo que tem que ficar destacado em toda a sua carreira e que tem que ser premiado com o primeiro lugar por envolver várias situações históricas. Como viagem nas nossas memórias, lembremos muito brevemente as suas maiores aventuras no combate mais imprevisível e entusiasmante de todo o ano, na WWE:

– A sua recepção na sua estreia na Rumble, em 2008. Das dignas.
– A sua memorável participação em 2009, favor feito ao Warlord, recorde levado para casa. HE WASN’T READY!
– A sua quase vitória em 2011 tem que constar também entre os maiores momentos de toda a história da Rumble.
– O seu confronto digno de Wrestlemania em 2012: Cobra vs Mr. Socko!

Tudo sumarizado, mas já deve dar para entender que a Royal Rumble é um dos espaços favoritos para Santino soltar toda a sua… Santinice, seja isso agora uma coisa, porque eu o disse. Uma participação curta numa Rumble não dá muito cabo do corpo, não há a possibilidade de o voltarmos a ver, daqui a uns anos, como uma agradável surpresa?

Com estes dez episódios, fica aqui o ponto final neste Top Ten e fica também o agradecimento pelas risadas e pelo entretenimento que nos trouxe. Sabemos que nem sempre a comédia que lhe davam era a melhor e ele também protagonizou muitos momentos embaraçosos, mas ele tinha jeito para a coisa e também tinha no seu currículo uma boa colecção de gargalhadas para dar ao público. Mais uma vez, o nosso agradecimento, e que o possamos continuar a ver, sem ser com um papel activo nos ringues. Agora é a vossa vez de deixar os agradecimentos a Santino Marella, comentar a sua personagem, comentar estes segmentos e mencionar quais os vossos momentos favoritos protagonizados por este lutador subvalorizado.

Na próxima semana pretendo cá estar, não vou fazer nenhuma menção sobre o resultado do Brasil x Alemanha e desejo a continuação de um bom Verão a todos…

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Top Ten”.

13 Comentários

  1. WADE_BARRET - há 2 anos

    Aquele momento com o Chris Jericho demais mesmo!

    Grande trabalho mesmo!

    Santito – Santino Santana – Santino Santusky – Santino Santiko – Santino Santoko- Santino Santokyo – Santino Sandadista – Santino Santamaria – Santino Sanloubisbo – Santino Salcido – Santino Salcido – SANTINO!

  2. CMelo - há 2 anos

    I WASN’T READY, I WASN’T READY!

  3. MicaelDuarte - há 2 anos

    Excelente trabalho, Chris.

  4. John_3:16 - há 2 anos

    Realmente quando o gajo se vai é que começamos a relembrar todo o entretenimento que nos deu, até sempre santino e bom trabalho chris.

  5. Tiago Ambrose - há 2 anos

    Adorei a tua escolha para o top ten desta semana. Bom trabalho Chris.
    A parte que eu achei piada, foi quando o Santino Marella eliminou-se a si próprio na battle Royal. E também quando ele fez a espargata da Melina, os santinos devem ter ficado mesmo duridos.

  6. JoaoFilipe - há 2 anos

    Primeiro, bom Top Ten.

    Não se diz unicelha, é monocelha.
    Não percebi a do Sheamus da festa do chá. Alguém me pode explicar?
    No #1, no primeiro vídeo do RR 2008 não o vi. É em que minuto?

  7. Barney Stinson - há 2 anos

    Second place legen, wait for it, dary

  8. Hildo - há 2 anos

    Artigo muito bom, Parabéns.

  9. filipe - há 2 anos

    e aquele momento no elimination chamber com daniel bryan onde toda a gente pensou que iria ser campeao??!!

  10. filipe - há 2 anos

    foi um combate que houve antes entre eles onde santino ganhou por rollup… sheamus na altura era main eventer (ou rumo a tal)…

  11. danielLP21 - há 2 anos

    Adorei o 8º lugar, já nem me lembrava disto! Goldust no seu melhor…

    Aquele em que ele goza com o SCSA cantando a “Rehab” e o “sell” ao Stunner… fantástico!!!

    O 1º lugar está muito bem entregue.

    Ah, e ele era um heel bem jeitoso…

  12. danielLP21 - há 2 anos

    É o 3º a entrar no RR 2008… É eliminado pelo Undertaker.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador