Top Ten #94 – Piores Combates na WrestleMania

Sejam bem-vindos ao último Top Ten antes da Wrestlemania e que traz o esperado foco nesse mesmo evento. É claro que muitos sugerem os temas mais simples e voltados para os melhores disto e daquilo. Destacar as dez melhores Wrestlemanias entre todas as 30 é bom. Não as conheço todas a fundo e acaba por haver demasiada variedade e pouca consistência nos eventos. Melhores combates? Há tantos para escolher só dez e já todos os vimos.

E isso é tudo muito positivo, aqui no Top Ten gosta de se olhar para o lado da choça de vez em quando. Portanto faço aquilo que gosto de fazer muitas vezes e destaco dez dos piores e mais infames combates da Wrestlemania. É claro que o iria fazer!

10 – Jake Roberts vs Rick Martel, Blindfold Match, Wrestlemania VII

Isto assim até parece sabotagem intencional. Dois performers lendários e talentosos do calibre do “The Snake” e do “The Model” a integrar um mau combate na Wrestlemania por causa da estipulação. Parece mesmo que alguém olhou para eles e pensou “Estes dois vão dar espectáculo garantido, como é que estragamos tudo e impedimos isso?” E obrigam os atletas a lutar vendados. Mas não foi isso que se deu porque faz sentido no contexto da storyline que viu Martel cegar Roberts com spray nos olhos, incitando a feud. Para fazer Rick Martel pagar e sentir algum do seu remédio, competiria na Wrestlemania vendado. Para o combate ser justo, ambos estariam vendados. E dá-se um combate de 8 minutos e meio com tentativas de caça um ao outro e um total de um punhado de manobras de wrestling. Desperdiçou-se um grande combate. Mas a prova de quão bons eram estes lutadores, conseguiram colocar o combate over e puxar reacção do público. Obra.

9 – Uncle Elmer vs Adrian Adonis, Wrestlemania II

http://dai.ly/x3zo70

Avancemos logo para os factos: a Wrestlemania II não foi lá muito boa, teve muitos combates fracos para encher e main events descabidos. O que a pode desculpar um pouco talvez seja o facto de ser ainda a segunda e estava ainda a construir-se o tão gigante evento que seria a Wrestlemania. Procuraram um formato pouco usual, dividindo o evento em três, espalhando-o mesmo por três diferentes arenas pelo país fora, cada parte com um main event diferente e quatro combates cada um. E ainda assim conseguiram encher cada uma das arenas de filler. Foi em Los Angeles, onde se deu o maior main event entre os main events com Hulk Hogan a defender o WWF Championship contra King Kong Bundy, que incluiram um dos piores fillers com dois Superstars tão condecorados e lembrados hoje em dia como o “crossdresser” Adrian Adonis – que viria a falecer dois anos depois – ou o campónio Uncle Elmer. Num combate em que cai o executor de um soco, sabemos que temos um clássico.

8 – Miss Wrestlemania 25-Diva Battle Royal, Wrestlemania XXV

http://dai.ly/x90ijv

Isto tinha tudo para resultar. Um combate feminino que se viria a encher de nostalgia por juntar vários nomes do passado ao presente plantel da WWE. O primeiro tropeção deve ter chegado quando se soube da recusa de Trish Stratus e Lita. Mas não se pensasse tão mal ainda, sempre se pôde contar com outros grandes nomes como Molly Holly, Torrie Wilson ou uma Sunny ainda com algum resto de dignidade. E por acaso também tinha a Santina Marella, o que já nos podia dar a grande indicação de desastre. Após um curto combate que viu duas dúzias de Divas ser atiradas para o exterior rapidamente, confirma-se o desastre: “a” Santina Marella vence o combate que, em vez de ter o propósito nostálgico que parecia que ia ter, ficou sem qualquer propósito. Especialmente quando hoje em dia mal se considera que a existência “da” Santina Marella seja algo que tenha realmente acontecido.

7 – Goldberg vs Brock Lesnar, Wrestlemania XX

http://dai.ly/xw5olt

Fórmula perfeita. Dois Superstars que iriam rescindir ou não renovar os seus contratos e abandonar a WWE após este tão aguardado encontro. Junte-se a um público que já conhecia as notícias e não estava muito agradado e que, encontrando-se no Madison Square Garden, era bastante vocal e arranjou todas as maneiras de os mandar à fava, incluindo uns “You sold out!” cuspidos a Brock Lesnar que tentaria a sorte na NFL – não seria aí que singraria, no entanto. Só falta um tempero nisto. O desinteresse de Lesnar e Goldberg em sair em nota alta, arrastando um combate por obrigação em que levaram demasiado tempo só para começar. O aguardado combate entre dois titãs powerhouses que prometia bastante acção bruta e física tornou-se o combate contratual entre dois desinteressados de saída que conteve pouco profissionalismo, demasiadas paragens e um público hostil. Momento alto? Stone Cold Steve Austin, árbitro convidado, ter um Stunner guardado para cada um deles, obtendo o maior pop em todo este paupérrimo encontro.

6 – Roddy Piper vs Mr. T, Boxing match, Wrestlemania II

https://youtu.be/SePDXQL8EX0

De volta à Wrestlemania II e o foco vai para um dos main events, o que se deu em Nova Iorque. Se à primeira vista veem apenas um encontro entre dois Hall of Famers e uma esperta capitalização entre o maior Heel da altura ou um dos maiores Heels de sempre contra uma estrela de fora que tinha nele o suficiente para o safar num ringue e que ainda vinha quente de boa utilização na inaugural Wrestlemania do ano anterior, é olhando melhor que veem o desastre. Algo que fez Roddy Piper admitir este como o seu pior combate. Um combate de box. Um combate de box ensaiado entre dois não lutadores de box. Um combate de box ensaiado entre dois não lutadores de box que se estendeu por quase um quarto-de-hora. Um combate de box ensaiado entre dois lutadores de box que se estendeu por quase um quarto-de-hora num show de wrestling e que acabou com um spot botchado porque era um combate de box ensaiado entre dois não lutadores de box. Um infeliz caso de grandes estrelas em maus cenários, tema corrente nesta lista.

5 – The Great Khali vs Kane, Wrestlemania XXIII

http://dai.ly/x1nycu

E por falar em estrelas, olhem o Great Khali. Este até nem parece ser daqueles que precisem de muita explicação para a razão de estar aqui. Este ainda era o Kane que tinha grandes combates dentro dele quando era necessário mas não fazia milagres – agora imaginem se fosse o Kane mais queimado de agora, “no pun intended”. Pouco mais de cinco minutos mas até pode ter parecido meia hora em que se tentou amanhar um combate daqui. Até tentaram fazer história à “Hogan slams Andre” com Kane a conseguir o bodyslam em Khali – algo nunca conseguido até então – mas foi recebido com demasiada indiferença. E Khali saiu vitorioso e toda a gente celebrou porque o combate tinha acabado. Ali no meio de um excitante “Money in the Bank” e de um grande encontro entre Chris Benoit e MVP. Aliás, junta- se a este um Lumberjill entre Melina e Ashley como os “combates pirata” num card riquíssimo e repleto de qualidade. Vão lá recordá-lo.

4 – Akebono vs Big Show, Sumo match, Wrestlemania XXI

http://dai.ly/x1t1nk

Lembram-se de um combate de box num show de wrestling ser uma péssima ideia. Não chegou e também teve que se arranjar um combate de sumo entre o Campeão e competidor de sumo bastante respeitado Akebono contra Big Show. Não sei se houve mais alguma razão para Show constar num combate de sumo para além de “é grande e gordo”, não acompanhei a história com atenção. E qual ela fosse, quase de certeza que foi apenas isso de forma mais disfarçada. Apenas durou um minuto e não é caso para dizer que foi pouco. E se a intenção da realização do combate foi apenas conseguir umas risadas fáceis com a vista de um Big Show naqueles trajes… Certamente que não vai ser por aí que se vai dizer que algo daqui foi bom!

3 – Terri Runnels vs The Kat, Catfight, Wrestlemania 2000

http://dai.ly/x8j3tf

Uma nota trivial: esta nova mania de não numerar as Wrestlemanias não faz da carinhosamente intitulada por fãs de “Wrestlemania Play Button” a primeira a fugir à cronologia. Em 2000, não houve Wrestlemania XVI porque em 2000 era a altura certa para fazer qualquer coisa parecer futurista acrescentando 2000 à frente, mesmo que fosse esse o presente. E também há código binário por trás das cabeças de Triple H e The Rock no cartaz porque tecnologia e cenas digitais. Outra nota trivial é que, lá por ser na Attitude Era, a Wrestlemania 2000 ainda consta entre as piores de todos os tempos. E siga-se com as notas triviais: verifiquem o card deste evento e notam que este é o único combate singles que lá consta! E é uma “catfight” – assim oficializado – que coloca Terri Runnels, acompanhado pela Fabulous Moolah, contra The Kat, acompanhada por Mae Young, com Val Venis a servir de árbitro. E acho que posso deixar esta entrada pelas notas triviais porque não vejo a necessidade de estar a explicar mais.

2 – The Undertaker vs Giant Gonzalez, Wrestlemania IX

http://dai.ly/xyj7p3

Quem me conhece ou já sabe algo de mim através de coisas que escrevo, já deve saber que ainda tenho a Wrestlemania IX no topo do ranking como a pior Wrestlemania de toda a história do evento. Logo todos esses que me conhecem até devem estranhar que só entre um combate neste Top Ten. De facto, o evento foi repleto de combates fracos. Porque mau, abismal, horrendo e ofensivo, apenas consta esta mancha na carreira de Undertaker. Acham o fim da streak mau? Pior acho eu que naquela fantástica streak conste esta mancha! Undertaker, como um dos melhores de sempre, nem sempre teve sorte nos adversários e por demasiadas vezes teve a responsabilidade de carregar gigantes sem jeito – ali o nosso amigo Khali foi outro que tal – e em 1993 calhou-lhe este jarro. E o que se deu foi um show de mau wrestling, maus sells, mau storytelling, algo difícil de ver. Ainda mais difícil ao vermos o esforço que Undertaker faz para carregar aquilo mas em vão. No final, Undertaker prolonga a sua streak com uma vitória por desqualificação após Gonzalez utilizar… Clorofórmio. Exactamente. Tudo no sítio para brilhar. Pontos extra para o equipamento de Giant Gonzalez.

1 – Michael Cole vs Jerry Lawler, Wrestlemania XXVII

http://dai.ly/x139zgk

Mas tinha que haver uma aberração maior que essa para ficar no topo da tabela. E qual outro além daquele espectáculo de wrestling entre um comentador sem treino e um comentador com treino que já não estava nos seus dias? Que se estendeu durante quase um quarto-de-hora e que contou com Michael Cole, o comentador que nunca foi wrestler, a dominar a maior parte do combate como se de um lutador estratega se tratasse. E que desperdiçou Steve Austin como árbitro mostrando-lhe uma certa tendência para arbitrar maus combates. E como isso não chegava, ainda inventaram artimanhas para fazer o GM anónimo atribuir a vitória a Michael Cole por desqualificação. Do belo, um clássico que será lembrado por todos os fãs e até me refiro a toda a feud. E claro que tenho que destacar o estilo de luta de Michael Cole: o homem que utiliza as cordas para se suspender e não para causar pressão, fazendo com que mal toque no tornozelo de Jerry Lawler, enquanto este se vê obrigado a vender como se lhe estivesse a passar um camião por cima. Demasiada coisa boa neste combate que colocou o último prego no caixão da carreira do ex-World Heavyweight Champion Jack Swagger.

E com estes dez clássicos me retiro. Fica a esperança de que não nos deem mais um para acrescentar à lista neste fim-de-semana que vem e que a lista se mantenha curta. Mas como a gente é meia torcida da cabeça, sabemos que há mais e lá vou eu fazer aquela coisa que faço sempre em que vos peço para aumentarem a lista se quiserem. Enlouqueçam e recordem os mais atrozes dos combates a que já assistiram na vossa experiência de assistir à Wrestlemania. Na próxima semana, como é Segunda-Feira logo após a Wrestlemania e com toda a ressaca e tal, não haverá Top Ten. Mas é só essa semana que avanço, planeio voltar ao ataque logo na semana seguinte, em princípio com algo referente à Wrestlemania e/ao Raw que a seguirá. E a gente cá estará ansiosamente à espera do grande evento. Até à próxima e uma grande Wrestlemania para todos!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Top Ten”.

20 Comentários

  1. MicaelDuarte - há 2 anos

    Mais um Top 10 muito bom.

  2. BRUNOju - há 2 anos

    Legal!
    1-Brock Lesnar vs Roman Reigns

  3. reigns one versus all - há 2 anos

    Muito bom este top ten.
    Realmente como é que pode ser no maior evento do ano por combates horrendos como estes.
    Sugeria que daqui a duas semanas fizesses o top ten acerca dos combates na WrestleMania.
    A questão é que não sei se são dez.

  4. Rey mysterio - há 2 anos

    sao 7

  5. FrancisDreez - há 2 anos

    Esta certo. Bom Top Ten
    Pensava que punhas um dos combates entre o Kane vs Chavo e o Sheamus vs Bryan
    Na edição 100 podias fazer um top ten de todos os teus top tens
    Daria trabalho mas seria engraçado

  6. Superstars - há 2 anos

    The Undertaker vs Giant Gonzalez é muito foda.

    pior combate https://www.youtube.com/watch?v=zF_kEtYlfBc

  7. Mário - há 2 anos

    Onde posso ver o Wrestlemania 31?

  8. Hildo - há 2 anos

    Excelente top 10.

  9. MR Perfection André Santos - há 2 anos

    Concordo

  10. Anónimo - há 2 anos

    o pior é que fizeram o taker ter que enfrentar o gonsales de novo

  11. Vitor Oliveira - há 2 anos

    Muito bom top 10

  12. Sergio Fantastico - há 2 anos

    Péssima lista, parabens

  13. STING AMBROSE 33 - há 2 anos

    Bom artigo!
    Queria dar uma sugestão sobre um futuro artigo que faças que é fazeres um top 10 sobre os piores Paul Heyman Guys.

  14. Marco Vinicis - há 2 anos

    acho que John Cena vs The Miz podia ta nessa lista.Enfim parabéns por mais um ótimo Top 10.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador