Vintage #31 – Invasão da Lucha Libre WCW (2)

Bem-vindos há segunda parte e, respectiva conclusão do artigo do Vintage da semana passada. Para quem não leu, faço uma pequena retrospectiva do que é a essência desta edição.

Em 1996, a WCW, “colocou” no seu roster uma “fornada” de lutadores oriundos da AAA ( Asistencia Asesoría y Administración ), principal federação Mexicana de luta livre. Esses mesmos, deram show nos ringues da WCW, muito devido ao seu estilo de luta arriscado, onde os moves High Risck, eram o mote nos combates.

Vários foram os luchadores que dei como exemplo, como Psycosis, La Parka e Chavo Guerrero. Para saberem os outros nomes deixo o link da primeira parte do artigo.

Chegamos aos restantes quatro nomes. Estes sem dúvida são, os mais marcantes, mais influentes e embaixadores da comunidade mexicana, que marcou a WCW. Muitos deles tornaram-se lendas no Wrestling.

4 – Juventud Guerrera

Juventud Guerrera era sem dúvida alguma, dos luchadores mais atléticos oriundos da AAA. Teve uma passagem na ECW, mas foi na WCW que teve a notoriedade, que vinha rotulado dos ringues mexicanos, onde teve uma rivalidade muito intensa com Rey Mysterio JR.

A sua estreia em 1996 não podia ter corrido melhor, vencendo Billy Kidman.” The Juice” como era apelidado, reatou a sua rivalidade com Rey Mysterio mas foi uma em particular, que deu mais destaque a Juventud. A sua feud com Chris Jericho, foi das mais bem preparadas para o título de Cruiserweight. A rivalidade culminou num combate entre ambos, onde foi conhecida pela estipulação, Mask vs Title match. Juventud perdeu o combate e, revelou a sua aparência, por detrás da mascara.

A tradição do uso da máscara, na lucha libre é mítica e o fato de ser desmascarado, é a desonra total para o lutador. Foi o que aconteceu a Juventud, que desde aí lutou sem mascara, até há data, nunca mais a colocou, mesma na WWE e na TNA, onde esteve.

“The Juice” foi três vezes Cruiserweight Champion e uma vez WCW tag team Champion, com o um dos seus maiores rivais, Rey Mysterio, que se uniram na stable Filthy Animals liderada por Konan.

Penso que este nome é conhecido por a maioria dos leitores e um quarto lugar, que sem dúvida é bastante justo.

WCW Nitro (1998) – Billy Kidman vs. Juventud Guerrera
http://youtu.be/LqhUWra0STg

3 – Ultimo Dragon

Ultimate Dragon ou Último Dragón, como era conhecido na comunidade mexicana, é dos lutadores mais premiados e com sucesso na história da lucha libre. Este “papa títulos” ganhou tudo na AAA, na WCW foi Cruiserweight Champion e Television Champion por duas vezes, o maior lutador mascarado a par de Rey Mysterio.

O que diferencia Último Dragón dos outros luchadores, é que este, praticamente foi lançado para o mid-card e consequência para caça dos títulos secundários. Os combates contra Dean Malenko são uma “delícia” de ser ver, aconselho vivamente a ver os muitos combates que houve entre os dois.

Rivalidades contra William Regal, encheram as “vistas” aos adeptos, muito porque ambos eram especialistas em manobras de submissão e, o finisher move de Dragon era crucial, dando muitas vitórias.

Dragón teve infelizmente uma retirada dos ringues da WCW, devido a uma lesão mas o mais grave foi na operação da mesma, onde a operação rasgou um nervo crucial, que o deixou fora dos ringues por bastante tempo.

O último lugar do pódio fica para este mascarado com enorme talento e com muito sucesso ao longo da sua carreira.

Dean Malenko Vs. Ultimo Dragon – WCW Nitro 29.06.98
http://youtu.be/SJZNoF8lUQs

2 – Eddie Guerrero

Aqui esteve a minha dúvida desde o princípio do artigo, quem colocar em primeiro e respectivo segundo lugar, ou seja quem iria começar a escrever agora…

Bem aqui vai…Eddie Guerrero, um dos meus lutadores favoritos de sempre, foi na minha opinião o principal impulsionador da comunidade latina. Ele desde muito novo começou a lutar e já estava na WCW antes desta fornada de luchadores terem chegado no ano 1996.

As passagens na AAA e ECW, fizeram com que fosse contratado pela WCW, mas teve algum tempo sem aparecer nos ringues, reaparecendo em 1995, juntamente com Dean Malenko. Aí tornou-se um Bad Guy bastante bom, tendo vencido o seu maior titulo pessoal até aquela altura, o United States Title, derrotando Diamond Dallas Page.

Ele defendeu-o diversas vezes, sendo derrotado pelo seu companheiro de estrada, Dean Malenko, acabando com o seu reinado.
Tornou-se também Cruiserweight Champion, derrotando Jericho no PPV Fall Brawl. Essa foi a divisão onde andou durante muito tempo, tendo tido rivalidades contra Ultimo Dragón e Rey Mysterio, este ultimo foi sem dúvida dos seus maiores rivais.

Ele foi também o criador e líder da stable LWO (Latino World Order). A origem desta stable, deveu-se á frustração que Eddie tinha dentro da companhia de Eric Bischoff, pois ele queria maiores voos e também para a comunidade mexicana enraizada na WCW.

Esta ideia de Eddie foi mais uma paródia a stable NWO (New World Order), e na minha opinião Eddie, não estava nada interessado em ajudar os seus amigos, tanto é que a stable foi desmembrada subitamente pelo presidente da companhia naquela altura, Ric Flair. Mais tarde justificaram que deveu-se a um acidente de carro de Eddie.

A minha dúvida, em colocar Eddie em segundo pode não ser bem aceite por todos e, para quem sabe, ele é dos meus wrestlers favoritos mas acho que ele nunca esteve de alma e coração na WCW e o primeiro classificado, na minha opinião, transmitia o que era ser um luchador.

Mesmo assim claro que Eddie e a família Guerrero foram a influência mais forte da comunidade mexicana no Wrestling. Uma enorme herança ele deixou, juntamente com o seu pai Gory e tio Hector. Tive que pensar bastante e acho que é merecido o primeiro lugar para…

Rey Mysterio Jr. vs. Eddie Guerrero – 10/26/1997
http://youtu.be/jibrD6TRAZk

1 – Rey Mysterio

Rey Mysterio…sim…depois quero que digam a vossa opinião se merece o primeiro lugar. Rey esteve tal como Eddie na AAA e na extinta ECW. Em 1996 juntou-se a WCW, tendo bastantes rivalidades entre elas contra Billy Kidman, Juventud Guerrera e claro contra Eddie Guerrero.

Este pequeno lutador de 1,68 m, tem uma garra enorme, e no inicio da sua carreira na WCW, teve combates memoráveis, com manobras que parecia “voar” em ringue. A sua pequena estatura era um handycap para ele, mas ao mesmo tempo fazia dele um atleta incrível, deixando os fás de boca aberta com algumas manobras que fazia.

Com uns fantásticos 5 títulos de Cruiserweight Champion, Rey tornou-se no lutador com mais sucesso nesta divisão, tendo uma feud muito boa com Chris Jericho. Ambos tiveram um combate digno de se ver no PPV Bash of The Beach, onde Rey lutou contra Jericho depois deste ultimo o ter lesionado anteriormente, Rey venceu o combate conquistando o seu quarto reino como campeão de pesos-médios.

Mais tarde, foi obrigado a entrar na stable de Eddie, os LWO, após Rey ter perdido um combate contra o líder da Stable Latina. Contrariado dentro stable, Rey tornou-se no renegado, que tentou, juntamente com Billy Kidman, um rivál da stable, a sabotar os LWO.

Rey e Kidman tornaram-se WCW World Tag Team Champions e decidiram ser eles a tentarem destruir os LWO, história que não segui para “frente” devido á suposta lesão de Eddie e fim súbita dos LWO

Em 1999 Rey Mysterio foi desmascarado pelos Outsiders, a equipa da NWO Wolfpack, constituída por Kevin Nash e Scott Hall, num combate no PPV SuperBrawl IX, onde o seu companheiro de equipa era Konnan.

Rey esteve na WCW até ao fim desta, teve inúmeros momentos de brilho e, na minha modesta opinião, teve o espirito para contrariar todas as suas limitações físicas, desde sempre foi um underdog e ter tido algum destaque na WCW, onde os grandes “cães” estavam inseridos, é de louvar!

Classic Full-Length Match: Rey Mysterio vs. Dean Malenko

Antes de terminar o artigo deixo algumas menções honrosas a Billy Kidman e Konnan mas, o maior louvor é para Chris Jericho, que tornou sem dúvida, rivalidades e storyllines muito mais interessantes como também Dean Malenko e William Regal.

Espero que tenham gostado desta conclusão do artigo, até para semana com umais um vintage!

Sejam felizes e claro uma semana fantástica!

Sobre o Autor

- Autor da rubrica Vintage e escritor de algumas edições do Onde Andas Tu?, e play by play do PSN. Nascido a 7 de Dezembro de 1981, pertenço a uma geração onde os videojogos estavam a começar a desbravar barreiras inacreditáveis, onde 16 bits era uma loucura.Aficionado fervoroso de Wrestling e do glorioso Benfica.Orgulhoso por fazer parte de uma equipa talentosa, como o Wrestling PT.Segue-me no twitter e Facebook - ansnicola@iol.pt e canal Youtube,Daylimotion e sapo videos!

11 Comentários

  1. José Sousa - há 3 anos

    Muito bom o top 5, todos eles são excelentes wrestlers. apenas colocaria o Eddie á frente do Rey mas é uma questão de gosto pessoal.

    • MR Perfection André Santos - há 3 anos

      E não ficava mal José…como tu sabes Rey nem está no meu top 20 …
      Mas Rey marcou a sua presença na WCW já eddie ficou muito aquém do que pode fazer…mas claro que são opiniões!

      • José Sousa - há 3 anos

        Tens razão sabes que eu prefiro o Eddie como wrestler é mais por isso. O Eddie era um complete package.

  2. Foto de perfil de Facebook

    D'Leite - há 3 anos

    Aqui está o final da aula começada na semana passada. Mais uma vez aprendi bastante, e mais uma vez só conhecia dois, ou seja, o Rey e o Eddie. Concordo com o Top 2, seja com Rey à frente ou não pois seja quem for que está em primeiro merece esse lugar por tudo aquilo que reprentou.

    Se há coisa que admiro em determinados artigo é o facto de nos fazer aprender qualquer coisa, e nestes dois artigos que apresentaste aqui serviu para isso. Por isso, obrigado!

    • MR Perfection André Santos - há 3 anos

      Obrigado, pena pouca gente comentar, mas bola para frente!

      • Foto de perfil de Facebook

        D'Leite - há 3 anos

        Deixa lá, os comentários esta semana no meu que realmente se referiam mesmo ao artigo em si foram poucos. Esta foi uma semana fraca para a quarta-feira do Universo quanto a comentários. Deve estar tudo traumatizado com o 3-0 ao Benfica xD Mas pronto, ao menos sempre me tens a mim a comentar o Vintage todas as quartas ;)

      • MR Perfection André Santos - há 3 anos

        lol…obrigado!

      • Foto de perfil de Facebook

        D'Leite - há 3 anos

        De nada! (Eu sou do Benfica, para que conste! Para no caso de também seres, pensares que estou a gozar ou assim ahah)

      • Foto de perfil de Facebook

        D'Leite - há 3 anos

        em si também foram poucos*, esqueci-me do também no comentário acima.

  3. LuisMPBO - há 3 anos

    Gostei André, tiveste uma boa ideia para um top, pois apesar de “Invasão da Lucha Libre WCW” parecer um tema restrito (pois quantos latinos podem haver numa companhia americana?) a verdade é que haviam muitos mesmo. Além disso, fala se pouco de WCW aqui, por isso é sempre “refrescante”.

    A divisão Cruiserweight era a highlight da WCW, e esta divisão era composta em grande parte por latinos, por isso constam aqui muitos dos nomes que ajudaram a WCW a conseguir ter aquela que é provavelmente a melhor divisão Cruiserweight que alguma companhia alguma vez teve. Que gigantes combates nos proporcionaram estes lightweights. É estranha aquela sensação de ver um PPV da WCW e saber que o melhor já foi quando acaba o combate pelo Cruiserweight Championship ou outro desta divisão. Os main events da WCW foram, com frequência, desastrosos. É por isto que é importante fazer uma boa gestão do card. E a verdade é que, no fundo, eles até faziam, porque apesar dos main events fracassarem imensas vezes eram, regra geral, o combate de maior interesse para a maior parte das pessoas, mas a mim sinceramente faz me perder o interesse ter quase a certeza que vai sair um combate de m****, independentemente do star power.

    Os NWO dominaram o main event durante uma carrada de tempo e apesar de serem um conceito genial, não eram propriamente conhecidos por dar espectáculo in ring… Podemos começar por aí. Mas não só. A verdade é que, seja porque motivo for, os PPV´s da WCW tinham muitos combates de autêntico lixo, que só vendiam por serem entre lutadores bastante conhecidos.

    “Wrestling wise”, eram estes que faziam as delícias “do povo”. Juntemos a estes nomes como Dean Malenko, Chris Jericho, Chris Benoit (a certa altura), Alex Wright, Billy Kidman, entre outros, e temos um roster cruiserweight de verdadeiro luxo.

    Concordo com o top 3. Apesar de gostar mais do Eddie do que do Rey, este último teve maior importância e significado para a divisão. De resto, epa, tinha de pensar. Assim de repente, colocava o Psychosis acima do Juventud e descia o Chavo. Anyway, bela lista.

    Já agora, que combates que colocaste aqui! Então o do Eddie e o do Rey… Dois dos meus combates favoritos de sempre! Excelentes escolhas André!

    • MR Perfection André Santos - há 3 anos

      Luis sempre um primor os teus comentários, digo sinceramente que estava a espera deste mesmo comentário.

      Sim o 4º lugar foi muito dificil de escolher.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador