Vintage #84 – Dead Man Walking (1)

Hoje iniciamos o primeiro artigo de um conjunto de três, da saga de um wrestler que marcou gerações, e ficará para sempre como um dos mais bem-sucedidos do universo que é o wrestling. O vintage vai debruçar-se sobre o homem de Deathvaley– The Undertaker!

Estavamos em 1990 numa altura onde os baby face eram vistos como os herói de uma geração, e enchiam os cartazes e pósteres da WWF magazine. Hulk Hogan, Macho Man e Ultimate Warrior, estavam no topo da pirâmide, onde era quase inatingível para outros aspirantes a participar nesse restrito grupo de estrelas.

Nesse ano, no PPV Survivor Series, estreava-se um wrestler que era o anti estrela, com um perfil heel mas cativante, obscuro mas admirável, um fenómeno que vincou e afirmou numa estreia nos ringues da WWF, surgia The Undertaker!

16 Mil espetadores presenciaram de uma forma incrédula a estreia de Undertaker, com semblantes de admiração e de um algum medo, transmitidos pela cameras de televisão da época. Com um semblante frio e medonho, com cores corporais sem vida, como de um morto trata-se. Este viria a juntar-se a equipa de Million Dollar Man Ted Dibiase, após este esconder até ao último segundo quem seria o seu último membro da equipa. Undertaker, sozinho, “roubou” todas as atenções.

Koko Be Ware seria o primeiro a sentir na “alma” o poder do Tombstone Pilledriver, uma manobra que vira acompanhar Undertaker para sempre!

Survivor Series 90:http://youtu.be/H-XHQbJ04Qo

Com Brother Love a seu lado, a caminhada de Undertaker depois deste PPV foi como de um “colecionador de corpos” se trata-se. Enumeras almas, vítimas de um Tombstone foram aglomerados ao seu cemitério pessoal, embrulhando as suas carcaças num saco plástico, como de a sua última morada se trata-se. Seria nesta fase que viríamos a presenciar a parceira perfeita.

Undertaker teria um novo manager para guiar a sua carreira, que também ele tinha um aspecto medonho, e podemos afirmar, pouco normal… Com Paul Bearer ao seu lado, surgia a urna, um pequeno recipiente dourado, que simbolizava as cinzas das suas vítimas! Um objeto que tinha poderes sobrenaturais sobre a alma fria do deadman.

Debut of Paul Bearer: http://youtu.be/3g5jysAqYAs

Undertaker coleciona mais uma vítima: http://youtu.be/H3CKP5GrvVA

Com a chegada da sétima edição da Wrestlemania, Undertaker vinha com um currículo imaculado, sem derrotas e sem adversário altura. Superfly Jimmy Snuka era um veterano com momentos históricos e marcantes, mas talvez tenha sido uma presa demasiado fácil para Undertaker. Snuka foi submetido a uma embate que a partida seria inatingível para ele. Ele foi mais um, mais um corpo, mais uma vítima…

Wrestlemania 7: http://youtu.be/9TEYoZ8BZy8

Estava dado o passo para Undertaker se juntar a elite dos grandes lutadores e para com eles contracenar, e voar mais alto no seio da WWF.

Estava a fazer aproximadamente 1 ano, após a estreia e, após fugazes rivalidades contra Ultimate Warrior e Randy Savage, seria com a chegada de Ric Flair a WWF (oriundo da WCW) que Undertaker teve o seu primeiro grande feito e conquista. Flair odiava até as “tripas” o actual WWF Champion – Hulk Hogan, e viu em Undertaker o perfeito aliado para abalar o legado do Imortal Americano.

Undertaker foi colocado frente a frente a Hulk Hogan, num combate anunciado como de The Gravest Challenge, no PPV Surviver Series de 1991, onde viria a sagra-se WWF Champion pela primeira vez.

Funeral parlour: http://youtu.be/UqHdKB48Tio

The Gravest Challenge: http://youtu.be/GYQ4bzY8msg

Jimmy Snuka foi o primeiro adversário de Undertaker na Wrestlemania.

Undertaker foi utilizado como um campeão de transição (após ter perdido o cinturão novamente para Hogan, marcando a sua primeira derrota), pois o grande embate e rivalidade eram entre Hogan e Flair mas mesmo assim, foi com bastante crebilidade que seguiu o seu caminho para procurar a sua próxima vítima…ou não…

Com a chegada de mais uma Wrestlemania, a sua segunda em termos pessoal, Undertaker foi pela primeira vez escolhido por um wrestler e não ele o caçador. Jake The Snake Roberts era um veterano da Wrestlemania e um dos melhores performers e talkers da WWF. Undertaker e Roberts foram em tempos passados e, de uma certa forma, “amigos” na rivalidade contra Ultimate Warrior, mas num segmento entre Randy Savage e Roberts, Undertaker viria a fazer um turn na sua personagem, impedindo que Jake ataca-se Savage, o que viria a culminar numa rivalidade para a Wrestlemania 8.Este combate marcou a retirada de Roberts dos ringues da WWF, onde este rumou para a rival WCW.

Funeral parlour : http://youtu.be/ZjIFYyCWS3g

Wrestlemania 8 : http://youtu.be/8ITpKDUzs44

Undertaker começou a ser adorado pelos fás, sem este fazer nada para ter ovações do público, pois a sua personagem o impedia a isso, mesmo assim, o publico venerava-o e era já um Main-Eventer consolidado.

No seu caminho, foram colocados adversários sempre com algum peso, literalmente peso! Kamala foi um desses, tendo uma rivalidade que arrastou por 2 PPV de 1992, o SummerSlam de 1992 e o Survivor Series. Com esta rivalidade nasceu também uma especialidade de Taker, o Coffin Match, que consistia em colocar o seu adversário dentro de um caixão para arredar a vitória, caixão feito pelo próprio Undertaker. Kamala vivia com medo de Undertaker mas tinha fobia a caixões, sendo este o mote para a rivalidade entre os dois. O gigante Ugandês não foi adversário altura sendo a primeira vitima a ser colocada num caixão pelo deadman.

Kamala e a sua fobia por caixões: http://youtu.be/h0ShiAe_sE8

Survivor Series 92 Coffin Match : http://youtu.be/GJjbBHB6aPQ

Nesta fase da sua carreira, quase todos os adversários de Undertaker tinham uma presença corporal sempre abismal, seja peso ou altura. Falamos em estatura? Então não podia haver maior adversário para o deadman que o Gigante de 2 metros e 44 centímetros – Giant Gonzalez.

Jake Roberts sentiu na pele o tombstone pilldriver

Anunciado como um dos principais vencedores do anual Royal Rumble, Undertaker foi obstruído pelo “muro” sob a forma de Gonzalez. Harvey Wippleman tentaria pela terceira vez que um dos seus pupilos vencesse o deadman.

Bem, se aqui podíamos prever um adversário credível para ombrear contra o Taker, à partida os dados estavam lançados, algo que cedo se viu que Gonzalez era limitadíssimo em ringue, sendo uma rivalidade que ficou nos anéis da WWF e da Wrestlemania como mais uma vítima de Undertaker, apesar de a vitória ser por DQ. Num final de combate paupérrimo e escandaloso para um legado bastante positivo que Undertaker trazia das passadas Wrestlemanias.

Giant Gonzalez: http://youtu.be/njTGVvJ05sg

Wrestlemania 9 : http://youtu.be/h3QAtGhes7I

A saga de adversários monstruosamente poderosos a nível físico teve o seu apogeu no embate contra o WWF Champion da altura Yokozuna. O “nipónico” e pupilo de Master Fuji, vinha de uma serie de embates contra Bret Hart e Hulk Hogan, vencendo este último, conquistando o título máximo nessa época, o WWF Title.

Kamala foi o primeiro adversário de Taker a ser colocado num caixão.

Com o final de cada Wrestlemania a preparação para o segundo maior PPV, o Royal Rumble, teve um aperitivo para além do combate Battle Royal tradicional. O combate entre Undertaker e o campeão Yokozuna. Com os preliminares a volta de uma tipologia de combate inovadora e nova, Undertaker, em plena época natalícia, anuncia com Paul Bearer um combate sombrio de nome – Casket Match, uma variante do Coffin Match mas com um caixão bem maior do que foi usado contra Kamala. Seria nesta onda de vignetes, que Undertaker promovia o combate, para receio e pavor de Yokozuna, algo nunca visto no semblante do campeão.

Yokozuna era o líder de uma stable recém-criada por Mr Fuji, onde pagou a peso de ouro para servirem de enforcer´s do seu pupilo campeão. Lutadores como Crush, Bam Bam Bigalow, entre outros, faziam parte de um grupo poderoso e temível na época.

O Royal Rumble teve um combate desigual, onde Taker debateu-se contra as contrariedades dos números, acabando por perder o combate, mas com a promessa que nunca viria a descansar em paz….

Royal Rumble : http://youtu.be/Ap2lwYPWNEw

Após o seu regresso, teve algumas rivalidades pouco importantes, como contra o seu impostor que fazia passar pela sua personagem, a mando de Ted Dibiase, mas o seu principal propósito e objectivo, era a vingança anunciada, que ocorreu no Survivor Series, onde Undertaker teve ele um Special Enforcer, capaz de derrotar meio mundo…Chuck Norris…

Yokozuna foi um grande adversário de Undertaker.

Survivor Series –

Espero que tenham gostado desta primeira parte de três artigos, para semana iremos ter inúmeros pontos de interesse, tais como: A rivalidade contra Mankind, a Million Dollar Corporation e outros adversários, com o início da Atitude Era e o seu papel importantíssimo.

Até para semana. This is Undertaker vintage!

Sobre o Autor

- Autor da rubrica Vintage e escritor de algumas edições do Onde Andas Tu?, e play by play do PSN. Nascido a 7 de Dezembro de 1981, pertenço a uma geração onde os videojogos estavam a começar a desbravar barreiras inacreditáveis, onde 16 bits era uma loucura.Aficionado fervoroso de Wrestling e do glorioso Benfica.Orgulhoso por fazer parte de uma equipa talentosa, como o Wrestling PT.Segue-me no twitter e Facebook - ansnicola@iol.pt e canal Youtube,Daylimotion e sapo videos!

9 Comentários

  1. Andretaker - há 2 anos

    Aqui está um artigo que me deu prazer de ler :)
    Ficarei atento às próximas partes!

  2. Ygor - há 2 anos

    Excelente artigo

  3. vitorxd - há 2 anos

    Excelente Artigo André.

  4. crazydigchiks - há 2 anos

    Ótimo artigo , pra mim o TAKER é o melhor wrestler de todos os tempos , tenho muito respeito por ele

  5. jed - há 2 anos

    Undertaker é o melhor wrestler que ja vi tomara que lute pela ultima vez vai ser uma boa despedida

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador