Vintage #86 – Dead Man Walking (3)

Sejam bem-vindos ao Vintage desta semana. Para quem acompanhou as edições anteriores, têm vindo a testemunhar o desenvolvimento do artigo.

Deixamos a feud com Kane, e Taker teria uma rivalidade contra o wrestler com mais enfase na Attitude Era. Estamos a falar da Cascavel Stone Cold Steve Austin, mas antes de chegarmos a essa rivalidade, Taker dominou o panorama da WWE, enfrentando alguns wrestlers. Um deles seria Mankind, reatando uma rivalidade, e colocar um ponto final entre o odio entre os dois. O resultado foi um combate Hell in a Cell memorável e inesquecível, onde ficará para a história a manobra de Undertaker em Mankind, sendo este lançado em cima da Cell (mais de 5 metros de altura) em cima da mesa de comentadores. Para além dessa manobra, um chokeslam brutal em cima da Cell, fez com que Mankind caísse prostrado no ringue, para mais tarde, culminar na sua vitória com um tombstone em cima de pioneses…

Uma imagem inesquecível de Mankind…

De salientar que Undertaker “colecionou” mais uma vitima na Wrestlemania, vencendo Big Boss Man, onde fica para a posteridade o seu “enforcamento”, quando este é içado por uma corda amarrada pelo pescoço.

Mankind vs Undertaker: https://www.youtube.com/watch?v=NgYoYTbnPo4

Com a raiva emergente entre Vince McMahon e Steve Austin, devido a não-aceitação do chairman pela atitude e conduta de Austin, viu em Undertaker o maior e mais poderoso aliado para destruir este renegado. Apesar de o deadman ser um solitário e não arrecadar ordens, nem do chairman, Undertaker “via” a sua rivalidade contra Austin como algo pessoal e, estava pouco interessado nos aspectos pessoais de Vince.

Undertaker viria a perder o seu WWF Title para Austin no King of the Ring de 1999. Seria nesta fase da sua carreira, que pela primeira vez em 6 anos, a sua atitude tornava-se Heel, onde seria líder da Faction oculta Ministry of Darkness, onde estava outros wrestlers como: Edge, Christian, Grangel, a dupla Acolytes e Víscera.

Ambos wrestlers (Austin e Undertaker) tiveram picardias verbais, mas principalmente físicas. Ataques com violência extrema, deixando vestígios de sangue nos confrontos, até Vince não escapou a violência. Derivado a estes ataques sangrentos, a estipulação do combate foi um First Blood match. Um combate que marcava um fim de uma era, afirmação muito vincada de Vince McMahon, pois se Taker perdesse, o próprio dono teria que deixar a companhia que os seus antepassados criaram. O combate aconteceu no PPV Fully Loaded, alguém iria sangrar…

End of an Era!

First Blood Match: https://www.youtube.com/watch?v=SVgBpJOkmhw

Taker, depois desta rivalidade intensa com Steve Austin, teve uma pequena parceria com Big Show, algo pouco relevante, mas ambos conquistaram do WWF Tag Team Titles por duas vezes, apesar de Show ter feito quase todos os combates, pois Taker estava lesionado, e serviu mais como terapeuta, devido a falta de personalidade do seu parceiro, mas o mais importante, é que estávamos a chegar ao ano 2000 e mudanças estavam prestes acontecer na personagem de Undertaker…

Triple H governava o panorama da WWF e Undertaker viu-o como principal adversário. O maior choque foi aparência de Taker, onde entrava nas arenas como a sua moto e vestimentas de motoqueiro, ao som de Rollin dos Limp Bizkit, nascia assim o American Bad Ass Undertaker!

Triple uniu-se com a filha do patrão (Stephanie McMahon) onde ambos dominaram o panorama daquela altura, destruindo os faces The Rock e Stone Cold Steve Austin e, não respeitavam ninguém,especialmente quem quisesse sequer, questionar a sua liderança. O power couple não baixou a guarda para Taker e enfrentou-o da mesma maneira que o deadman, mas quem enfrenta Taker tem uma certeza…a retaliação é feita a dobrar!

Undertaker encontrou um aliado de peso, o seu antigo adversário e meio-irmão Kane, onde foi uma ajuda fulcral para Undertaker conseguir enfrentar Triple H na Wrestlemania 17. O combate foi de grande qualidade, construída “em cima” de uma feud brilhante. Este combate marcou o 9-0 na streak do Bad Ass, com o uso de um potentíssimo Last Ride em HHH.

Undertaker teve uma rivalidade contra power couple.

Wrestlemania 17: https://www.youtube.com/watch?v=qEwHi6_5Olw

Este regresso de Undertaker foi tremendo, tendo sido recebido em êxtase pelo público. O que aconteceu em seguida na carreira de Undertaker, da WWE e do wrestling em geral, foi o fim das Monday Night Wars, com aquisição por parte de Vince da WCW. Vince, astuto como é bem conhecido, conseguiu com ajuda dos seus filhos tornar esta bombástica compra, numa storyline para a preparação do Surviver Series, onde Taker encontrou um novo oponente, o ex wrestler da WCW – Diamond Dallas Page. Rivalidade pouco relevante, onde consistiu na perseguição de Page à mulher de Taker, Sara. Seria nesta fase da sua carreira, que o American Bad Ass, juntamente com Kane, dominaram o panorama de equipas, conquistando o WWF Tag Team Titles.

Chegado o grande combate no Surviver Series, a história Invasion teria um fim, onde Taker seria eliminado por Steve Austin, eliminação essa, que marcou o início de uma nova e melhorada personagem do American Bad Ass, de seu nome, Big Evil! A primeira vítima de Big Evil seria Ric Flair, contabilizando o décimo oponente a ser derrotado numa Mania.

Wrestlemania 18: https://www.youtube.com/watch?v=3D3Z_wM3FEc

Com um look bem diferente do que o público estava habituado, Big Evil cortou o seu cabelo característico, adotando um bem curto com uma bandana abrilhantar. Undertaker sempre foi um wrestler dominador mas, seria em 2002 que ficou bem vincado, como ele é de facto uma força dominadora do panorama do wrestling.

Tornando-se novamente Heel e impedindo Triple H de defender com sucesso o seu WWE Title contra Hulk Hogan, Big Evil queria de facto que Triple H perdesse o combate para enfrentar um antigo némesis-Hogan. Undertaker queria acabar com um regresso triunfal de Hogan, mas principalmente, o legado do Imortal One. Antes do embate, tiveram situações bastante violentas, como por exemplo, Undertaker arrastar Hogan com uma corda atada na sua moto. Dead Man Walking viria a vence-lo no PPV Judgment Day, conquistando o seu quarto reinado como campeão.

Undertaker venceu Hogan para se tornar Undisputed WWE Champion. 

Undertaker vs Hulk Hogan: https://www.youtube.com/watch?v=4qt4cKUZwMM

Após Taker ter perdido o seu cinturão para Rock num combate triplo onde Kurt Angle esteve presente, estava a emergir um novo talento no seio da WWE. Brock Lesnar era apelidado como The Next Big Thing e com ego irreverente sobre a batuta de Heyman, Undertaker foi desafiado para embates colossais. Lesnar era por esta altura um campeão sem contestação e debateu-se “taco a taco” contra Taker, tendo este ultimo nunca superado Lesnar. Uma rivalidade que teve história para dois PPV’s – Unforgiven, tendo nenhum dos atletas superiorizado sobre o outro, com o combate acabar em Double Countdown. No NO Mercy, houve o tira teimas final entre os dois, onde o deadman teve um handicap muito grande, pois lutou com uma mão partida após um ataque de Lesnar nos bastidores da RAW. Um combate realizado numa estrutura que Taker bem gosta…Hell in a Cell!

Lesnar vs Undertaker: http://www.dailymotion.com/video/xz6p71_brock-lesnar-vs-the-undertaker-no-mercy-2002-hell-in-a-cell-match-wwe-championship_sport

 Undertaker, depois deste embate colossal, teve novamente a sua preparação para uma Mania, onde desta vez, iria enfrentar dois adversários. Big Show e A-Train fizeram parte do já extenso rol de vítimas de Undertaker no maior palco de todos.

Undertaker sofreu uma derrota nas mãos do Next Big Thing – Brock Lesnar!

Wrestlemania 19: https://www.youtube.com/watch?v=Ej54oqIDa7s

O seu percurso pós Mania foi para lançar outro grande talento que estava a emergir, de seu nome John Cena, algo que foi apelidado de New scholl vs Old scholl.

Uma breve feud com o chairman marcou o destino de Taker, onde o maníaco presidente teve ajuda de Kane para colocar Big Evil fora do panorama do wrestling, onde num combate Buried Alive Match no PPV Surviver Series, ditou o fim de uma caminhada de três anos activos em ringue e rivalidades.

Mr McMahon vs Undertaker: https://www.youtube.com/watch?v=kZ0ICEETaBI

Undertaker foi sem dúvida um dos rostos da Rutlhless Agression, mas não seria a ultima vez que iriamos ver o Deadman…

Até para semana, para a ultima parte deste artigo!

Bom Natal! This is Vintage!

Sobre o Autor

- Autor da rubrica Vintage e escritor de algumas edições do Onde Andas Tu?, e play by play do PSN. Nascido a 7 de Dezembro de 1981, pertenço a uma geração onde os videojogos estavam a começar a desbravar barreiras inacreditáveis, onde 16 bits era uma loucura.Aficionado fervoroso de Wrestling e do glorioso Benfica.Orgulhoso por fazer parte de uma equipa talentosa, como o Wrestling PT.Segue-me no twitter e Facebook - ansnicola@iol.pt e canal Youtube,Daylimotion e sapo videos!

9 Comentários

  1. Anónimo - há 2 anos

    Cara muito bom este artigo mal posso esperar pela ultima parte deste artigo!!!!! Parabens

  2. igorabsolute - há 2 anos

    Já tenho meu novo post semanal para acompanhar ali!

  3. BrunoBSXBelo Horizonte, Brasil - há 2 anos

    Cara voce cometeu um erro aí, o Undertaker não perdeu o WWF Championship pro Austin no King of The Ring 1999, na verdade o Undertaker reteve o título contra o Rock neste ppv, e se eu não me engano no outro dia, no RAW, ele perde pro Austin o cinturão. E você poderia ter falado mais da gimmick ministy(que é a segunda fase da gimmick Lord of Darkness), que foi a melhor fase em termo de persona do undertaker, onde encontramos a gimmick “dark” dele no nível máximo, mas fora isso o artigo em si foi excelente. A Cell com Mankind, realmente foi “a luta” que marcou sem duvidas a Attitude Era.

    • MR Perfection André Santos - há 2 anos

      Obrigado pelo contributo Bruno e fica o reparo, obrigado pelo contributo, e tens razão, perde na RAW contra Austin.

      Não explorei essa fase que indicas porque a história de Taker é tão rica em acontecimentos que temos que reduzir um bocado os factos. Foi uma boa fase sem duvida.

  4. Hildo - há 2 anos

    Outra excelente edição André, nessa parte destaco a feud que teve com o Lesnar, muito intensa e com dois combates de grande qualidade, principalmente o Hell in a Cell.

    • MR Perfection André Santos - há 2 anos

      Obrigado Hildo. Undertaker tem dois combates intensos com Lesnar e este, leva o deadman até ao limite.

  5. danielLP21 - há 2 anos

    A “feud” entre o Undertaker e o Hulk Hogan foi horrível lol
    A WWE demorou dois anos a voltar a um grande nível depois do fim das Monday Night Wars/Attitude Era. Os anos de 2001 (depois da melhor WrestleMania da História) e 2002 (até ao Verão) deixaram muito a desejar, com os Hogan’s, Nash’s, Hall’s e afins…

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador