Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Visão Brasileira #134 – Reinados em Choque

Pessoal, neste domingo tivemos o PPV Survivor Series, um PPV que já teve anos melhores. A edição deste ano de 2013, teve resultados bem previsíveis. Os meus combates mais esperados da noite, eram o Tradicional combate 5 vs 5 e o combate de duplas de Punk e Bryan vs Wyatt Family. Após o main event, vimos que o WWE Champion Randy Orton terá pela frente o World Heavyweight Champion John Cena, onde assim teremos os campões principais em rota de colisão. Vamos as opiniões sobre o PPV, neste Visão Brasileira.

No Kickoff, tivemos o combate entre The Miz e Kofi Kingston, em um bom combate para o Pré-Show, com Miz, como heel, vimos Miz vencer, para quem sabe de forma lenta e gradual, retorne a ter o destaque de tempos atrás. Após o combate, Miz levou a mão para cumprimentar Kofi, em uma atitude estranha e depois vimos Kofi, lhe acertar um tapa no rosto e ir embora, deixando-nos todo em dúvida sobre se Miz realmente tinha feito o heel turn.

Na Raw eles voltaram a se enfrentar, e Miz venceu novamente demonstrando grande domínio nesta rivalidade, que não acrescenta muito a nenhum dos dois, mas pelo menos eles ocupam combates e continuam ativos nos programas, espero que Miz, saia como grande vencedor nesta rivalidade, para quem sabe mais adiante alçar novamente oportunidades a quem sabe ser um dos campeões intermediários da WWE.

Na abertura do PPV, tivemos o tradicional combate do PPV Survivor Series de 5 contra 5, onde os WWE Tag Team Champions Goldust e Cody Rhodes, Rey Mysterio e The Usos, com Jimmy e Jey Uso enfrentaram The Shield, com o United States Champion Dean Ambrose, Seth Rollins e Roman Regins e os Real Americans, Antonio Cesaro e Jack Swagger. O começo do combate foi com Rhodes e Ambrose, e para surpresa geral, o primeiro eliminado do combate, foi justamente o United States Champion Dean Ambrose, que foi eliminado por Rhodes.

Depois, Jey Uso eliminou Jack Swagger e Rhodes eliminou Antonio Cesaro, ficando assim os 5 membros do team face contra 2 membros da Sheild, Seth Rollins e Roman Reigns, e este último, começou o grande espetáculo do PPV, em um festival de spears, ele eliminou 4 membros do Team Face, onde pela ordem eliminou primeiro a Jimmy Uso, e depois Rhodes. Jey Uso veio a ser eliminado por Seth Rollins, deixando o combate em 2 contra 2. Assim restavam no combate, Goldust e Rey Mysterio contra Rollins e Reigns. Mysterio eliminou Rollins e depois Reigns em mais um spear eliminou Goldust, restando apenas um membro de cada time.

Restando apenas Roman Reigns e Rey Mysterio, ficava a grande dúvida  de quem seria o vencedor, o recém retornado Mysterio, ou Reigns mostraria a força da Shield. Mas eis que Reigns em mais um grande momento do combate, conseguiu reverter um 619, aplicando mais um spear espetacular e conseguindo a vitória a seu time. Assim o team heel venceu tendo apenas Roman Reings como survivor.

Na Raw, The Shield enfrentou os WWE Tag Team Champions Goldust e Cody Rhodes e Rey Mysterio, em uma tag team match. Shield alcançou mais uma vitória, desta vez com Ambrose a fazer o pin em Rhodes, se redimindo de sua eliminação do combate do PPV. Desta forma a Shield continua demonstrando sua força na WWE e nos proporcionando grandes combates. Não sei se eles voltarão a tentar conquistar os WWE Tag Team Championship, e quem poderá ser um próximo adversário do United States Dean Ambrose, quem sabe Mysterio não se demonstra um eventual adversário, mas devido a sua aparição e ataque na Raw, que poderão demonstrar novos rumos a Shield, comentarei mais adiante.

No combate em que o Intercontinental Champion Big E Langston, este enfrentou pelo rematch ao cinturão, Curtis Axel, tivemos um razoável combate e o resultado que todos esperávamos ocorreu e vimos Langston derrotar Axel e assim continuar como campeão. Espero que ele tenha um bom reinado, ele tem bom potencial, mas teremos que aguardar por seus futuros adversários. Sobre seu combate na Raw, comentarei ainda neste artigo.

No outro combate de equipes que tivemos no PPV, tínhamos as Divas do Total Divas, Brie e Nikki Bella, Natalya, Eva Marie, JoJo, Cameron e Naomi contra o Team das Real Divas, com a Divas Champion A.J, Aksana, Tamina Snuka, Rosa Mendes, Summer Rae, Alicia Fox e Kaitlyn, onde a WWE praticamente usou todo o seu plantel de Divas e não tinha muitas esperanças por este combate.

A primeira diva a ser eliminada foi Alicia Fox, que sofreu o pin de Naomi, depois Cameron foi eliminada por Rosa Mendes e esta foi eliminada por Nikki Bella. Nikki em seguida eliminou Summer Rae, que sequer combateu e apenas dançou. Depois Kaitlyn eliminou Eva Marie e Naomi, mas foi eliminada por Brie Bella. Brie conseguiu a façanha de ser eliminada por Aksana, que foi eliminada por Nikki Bella. Depois tivemos a estreia de Jojo, que não demonstrou grandes qualidades e foi eliminada por Tamina Snuka.

Quando restaram apenas duas divas de cada time, tivemos Natalya a eliminar Tamina Snuka e depois ela também eliminou a Divas Champion AJ, ambas com um Sharpshooter, demonstrando assim sua força e ficando apenas ela e Nikki Bella, como únicas survivors deste combate, que não foi de grande qualidade, mas pelo menos colocou todas as divas disponíveis da WWE em ação.

Quando achava que estávamos livre deste tipo de combate, na Raw tivemos a repetição, onde mais uma vez a equipe do Total Divas venceu, tendo como survivors desta vez Brie e Nikki Bella e Eva Marie, algo que acho totalmente inexplicável. Agora o que estará reservado para a Divas Champion AJ é algo que teremos que esperar, pois se formos levar em conta o PPV Natalya seria uma potencial contender ao cinturão, mas se olharmos os dois combates, Nikki Bella sobreviveu a ambos, então quais destas duas será a próxima adversária de AJ, Natalya ou Nikki Bella?

Depois tivemos Ryback a ter um segmento e fazer um open-challenge a qualquer um, aqui fiquei temendo que teríamos algo semelhante ao que ocorreu durante a semana passada, quando vimos Great Khali, ou outro superstar a ser dizimado por Ryback, algo que confesso que me chateia, pois porque a WWE insiste tanto nele, a lhe dar um push a ter um segmento em PPV a desafiar a qualquer um.

Felizmente o superstar que apareceu foi Mark Henry, que estava ausente a alguns meses e foi um bom retorno, em um razoável combate vimos Henry vencer, assim como o combate entre eles na Wrestlemania. Confesso que gostaria que Henry, destruísse Ryback, assim como ele dizimou Undertaker, uma vez, mas isso não aconteceu.

Na Raw, vimos Henry unir forças com o Intercontinental Champion Big E Langston, estes enfrentaram e venceram Curtis Axel e Ryback. Agora o que o futuro reservará a estes quatro, acho que Henry e Ryback deverão ter continuidade na rivalidade, já para Axel, acho que seus futuro sem Paul Heyman é preocupante. Para Langston, não sei quem poderá ser seu novo desafiante, mas tomara que a WWE tome uma boa decisão.

No combate em que o World Heavyweight Champion John Cena, tinha pela frente Alberto Del Rio. Mesmo com as grandes promos de Del Rio e os ataque de ambos, pelo PPV ser em Boston, Massachusetts, estado natal de Cena, não tinha muitas esperanças de termos um novo campeão. Tivemos um bom combate, com ambos a estarem perto de vencer, mas ao final, o super Cena, venceu e reteve seu cinturão.

Assim Cena continua como World Heavyweight Champion e teve sua rivalidade finalizada contra Del Rio, aliás parabenizo este por ter mantido a rivalidade em bom nível e nos proporcionando um grande combate, Del Rio agora deverá ter uma nova rivalidade, mas confesso que gostaria de ter visto o impossível e ter visto ele derrotar Cena, mas fica para uma próxima oportunidade, sobre os rumos para Cena, isto será comentado ao final do artigo, ainda mais que na Raw, ocorreu o que mais temia.

Voltando ao PPV, num dos combates em que tinha minhas maiores expectativas da noite, tínhamos a dupla dos sonhos, Daniel Bryan e CM Punk a enfrentar os membros da Wyatt Family, Luke Harper e Eric Rowan, em uma tag team match. Tivemos um grande combate e Eric Rowan, felizmente não comprometeu o combate e Bryan e Punk lutaram muito bem e fizeram vários movimentos como dupla, o que deixou o combate muito bom. Ao final vimos Punk aplicar um GTS em Harper e alcançar a vitória.

Na Raw de ontem vimos mais uma vez Bryan e Punk enfrentar a Wyatt Family, só que desta vez em uma handicap match, com Bray Wyatt também em ação. Este combate teve final conturbado sem vencedor e vimos a Wyatt Family a levar Bryan para os bastidores, mostrando que teremos a continuidade da rivalidade.

Quando Punk iria socorrer Bryan, eis que vimos Roman Reigns atacar Punk com um spear e desta forma The Shield, atacou brutalmente Punk, com um Triple Powerbomb, nos deixando a ideia de que Shield também estará no caminho dos dois, em um embate de seis contra dois.

Gosto muito destes dois juntos como dupla, e o desafio deles para o TLC deverá ser enorme, pois não sei se eles enfrentaram ambas as stables Wyatt e Shield, ou se continuarão apenas contra a Wyatt Family, ou então somente com Shield, mas se eles desafiarem as duas ao mesmo tempo poderá ser algo épico, mas é até bom eles terem algo realmente importante com que se ocupar, pois para mim ambos deveriam estar na rota do WWE Championship, pois Bryan teve amnésia da sua rivalidade com Orton e Punk vem afastado do cinturão do main event a um bom tempo.

No main event, o combate entre o WWE Champion Randy Orton e Big Show, eu não tinha grandes esperanças por um grande combate e aguardava alguma interferência, quem sabe de Kane, já que a Shield estava proibida, mas como a Autoridade havia prometido que não teríamos interferências físicas e isto se confirmou.

Porém tivemos um combate relativamente curto e quando vimos Show a dominar o combate e estar próximo da vitória, tivemos a entrada da Autoridade o que distraiu a atenção de Show, permitindo Orton atacá-lo com um RKO e depois um Punt Kick, para alcançar a vitória e continuar como WWE Champion, conforme a grande maioria de nós já esperava. Show serviu apenas para dar mais um tempo de reinado a Orton.

Porém ao final do PPV vimos o World Heavyweight Champion John Cena aparecer e vir a confrontar Orton, terminando assim o PPV e nos deixando uma grande dúvida no ar, será que a WWE iria cometer o erro de colocar John Cena na rivalidade da Autoridade e termos a possibilidade de unificação dos principais cinturões da WWE?

Eis que a Raw nos trouxe a resposta e tivemos a definição do combate entre o World Heavyweight Champion John Cena vs o WWE Champion Randy Orton em uma TLC Match. Na Raw eles combateram em uma tag team match, onde John Cena e Big Show, venceram Randy Orton e Alberto Del Rio, depois vimos Orton atacar Cena e celebrar com os dois cinturões. Não sei o que o futuro reserva aos contenders Del Rio e Big Show, o segundo deverá se afastar por um tempo após o combate da Raw.

Agora porque a WWE cometeu este erro de colocar Cena na rivalidade contra a Autoridade? Todos sabemos que Cena sairá o vencedor ao final desta rivalidade, mesmo que isso não ocorra no TLC, vai ocorrer mais adiante, pois sabemos que Cena não será derrotado, assim como por exemplo Daniel Bryan foi derrotado durante esta rivalidade da Autoridade vs Bryan. Onde este simplesmente após o combate no Hell in a Cell, desistiu ou esqueceu-se de tentar tornar-se WWE Champion.

Cena seria o último nome que pensaria em colocar nesta rivalidade contra a Autoridade, pois agora todos sabemos que o desfecho desta rivalidade, será Cena a dizimar a Autoridade, ou no Road to Wrestlemania, ou então na própria Wrestlemania XXX. Confesso que gostaria de ver outros nomes como CM Punk, ou então o retorno do próprio Bryan a desafiar a Autoridade. Cena estava muito bem revalorizando o World Heavyweight Championship, ele não era necessário nesta rivalidade.

Se pudesse o desfecho que daria ao combate Cena vs Orton seria de que tivéssemos um empate, com cada um deles a pegar um cinturão, mas apenas trocando-os, ficando Cena como WWE Champion e Orton como World Heavyweight Champion, mas este meu cenário é muito improvável e maluco, mas seria o mais plusível para mim, pois termos um campeão unificado, logo no inicio do Road to Wrestlemania, acho pouco benéfico. Pois temos uma serie de superstars com potencial e todos terão que lutar apenas por um cinturão.

Em linhas gerais tivemos um bom PPV, não a um nível do histórico Survivor Series, tanto que na Raw, muita coisa que tivemos no PPV se repetiram, os resultados que a grande maioria esperava se confirmou, e agora é esperar pelo último PPV do ano, o TLC. Confesso que esperava outro desfecho para o combate entre Big Show vs Randy Orton. O grande momento da noite para mim foi o combate de equipes, onde o grande destaque foi a exuberante participação de Roman Reigns. Este que muitos achavam o elo mais fraco da Shield, vem nos demonstrando assim como Rollins e Ambrose, grandes qualidades em ringue.

Para encerrar, e só para lembrar deles, estou gostando dos combates temáticos entre Damien Sandow e Dolph Ziggler, se não fosse o retorno de Mark Henry, gostaria que eles tivessem tido um combate no PPV, pois para mim são dois superstars com bom potencial, mas que parecem estar de castigo, pois são dois nomes que poderiam ter tido neste ano reinados interessantes como World Heavyweight Champion, mas pelo menos estão nos proporcionando algo de interessante.

Abraços a todos e até o próximo Visão Brasileira.

Sobre o Autor

- Autor da Coluna Visão Brasileira e da pesquisa dos combates em listas elaboradas pela WWE. Um grande fã da WWE, desde os anos 90. Geógrafo de formação, um riograndino, que vive em Porto Alegre.

25 Comentários

  1. Fandangooo!! - há 3 anos

    Foi um bom artigo Mario. acho que se os títulos serem unificados é capaz de termos uma gaunglet match pelo cinturão, mas há de pensar que este combate pode terminar em no contest por alguma interfêrencia.
    Acho que Bryan vai enfrentar a Wyatt Family e Punk os The Shield no TLC. Já Big E pode enfrentar quem sabe Tyson Kidd ou até mesmo The Miz apezar de achar que ele e Mark Henry lutem juntos no próximo PPV. Acho que logo Sandow e Ziggler iram lutar pelo World Heavyweight Championship se este não ser unificado.

    • Mario Magalhaes - há 3 anos

      Obrigado Fandangooo

      Bryan vs Wyatt Family e Punk vs Shield, seriam grandes desafios a ambos. Vamos ver quem poderá ser o novo desafiante de Big E

  2. leonardo - há 3 anos

    Gente, o que vocês acham das Bellas? Antes eu as odiava, mas agora gosto muito delas. Porém parece que todo mundo continua a odia-las…

    • Mario Magalhaes - há 3 anos

      Bellas melhoraram bastante, mas nada a nível excepcional, apenas deixaram de ser ruins, para agora estarem regulares.

      • punk - há 3 anos

        Bom concordo com você eu antes odiava muuito elas mais agora eu estou começado a gostar muuuito delas eu odiava quando elas trocavam de lugar no ring sem o juiz perceber mais agora eu cinto falta disso!!!

  3. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    Grande artigo.Falaste na perfeição do que mais importante aconteceu esta semana.Agora para que é chapada do Kofi? Nesta RAW nada aconteceu…

    • Mario Magalhaes - há 3 anos

      Obrigado André, também pensei que iríamos ter novidade nesta rivalidade, mas nada aconteceu.

  4. 434 Days - há 3 anos

    Em relação o Bryan, ele não se esqueceu, apenas está a tratar do problema Wyatt Family. Como já tinha dito, preferia que o Punk tivesse já a lutar pelo titulo da WWE, e este cena de meter um combate pela unificação dos titulos vende, pois estamos a falar de Cena vs Orton, mas não acho que seja o rumo mais correto de um ponto de vista de aproveitar talentos no futuro. No entanto, se forem a ver bem, o facto de já não haver brand-split contribui para a aposta de haver um campeão principal que reine nos dois programas. O titulo intercontinental poderia até ganhar a importância de ser uma rampa de lançamento para estrelas futuras, dando assim uso ao talento disponível. Isto, a meu ver, é uma questão de haver brand-split e de realçar o papel do WHC, pois acho com um brand, o titulo poderia ser relevante.

    Voltando a falar da actual situação dos meus wrestlers preferidos, Punk e Bryan, eu até acharia uma boa ideia virar o Reigns e Rollins face, formando uma aliança com o Best e o Beard, e o Ambrose juntaria-se aos Wyatts, permanecendo Heel. Devido á falta de tempo para construir a rivalidade até o TLC, isto é mais falar alto do que realidade próxima. Acho que o Punk irá ter um combate com um dos membros do Shield, para ajustar contas por agora, e continuará a feud com os Wyatts, juntamente com o Bryan.

    Belo artigo.

    • Mario Magalhaes - há 3 anos

      Obrigado.
      Sei que Bryan, não esqueceu, mas a grande questão é que ele não confronta mais a Autoridade, algo que ele poderia fazer e ser impedido pela Wyatt Family, simples assim.
      Cena era o último nome que gostaria de ver nesta rivalidade da Autoridade. A unificação dos cinturões é algo que discordo, mas como não temos mais a Brand Split, realmente é algo que estava previsto.
      Estou curioso pelos rumos da riavlidade Punk e Bryan vs Wyatt Family e Shield, quero ver muito quais serão os desdobramentos.

  5. tiago wwe - há 3 anos

    penso que a wwe pode terminar o combate de orton vs cena em no contest
    e o combate acontecer no rr por ser um evento maior e o inicio da road to wrestlemania
    e adversario de ambrose poderia ser o ziggler
    e otimo atigo mario parabens

    • Mario Magalhaes - há 3 anos

      Obrigado Tiago.
      Seria uma boa alternativa, continuarmos com os dois como campeões por mais um mês, mas teria que se pensar qual seria o cenário para o final do combate da Royal Rumble.
      Também acho que Ziggler seria uma boa alternativa a Ambrose, mas acho que ainda não será o momento de Ziggler.

  6. Coisinha - há 3 anos

    “apostem em talentos futuros, apostem em talentos futuros”

    o orton tem 33 anos, a mesma idade do Bryan, e querem que ele nao seja aposta? ok.

    • Mario Magalhaes - há 3 anos

      Aqui a questão não em relação a idade e sim ao tempo de WWE, Bryan é muito mais recente que Orton e Bryan não teve sequer a oportunidade de ter um reinado, ao menos digno com os principais cinturões da WWE. Uma pena terem desistido de Bryan, na luta pelos principais cinturões e colocarem Cena vs Autoridade

  7. Control - há 3 anos

    Bom artigo Mario..

    Sobre a unificação dos títulos eu acho um erro,apesar de estar em baixa o WHC pra min ainda é importante,é o titulo em que jovens talentos promissores podem mostrar oque tem de melhor Punk,Hardy,Edge foram nomes que se beneficiaram com o titulo e antes de atingir o topo como fez o Punk fez.Mas é preciso também dar um reinado digno como Sandow deveria ter e Ziggler também,para que os próprios mostrem se podem ser grandes estrelas.

    Também concordo contigo sobre o fato de Cena com a Autoridade,nem quero pensar em ver a Cena acabando com eles sozinho e destruindo um ótimo trabalho que foi feito.Agora é esperar…

    • Mario Magalhaes - há 3 anos

      Também acho um erro a unificação, ainda mais tendo John Cena nesta rivalidade, todos saberemos como ela irá acabar.
      Ziggler e Sandow, não tiveram seus reinados, como todos esperávamos acho que o World Heavyweight Championship deveria continuar, mas são decisões da WWE.
      Cena vs Autoridade era a última coisa que gostaria de ver, temia muito por isso e infelizmente ocorreu, confesso que preferiria ver Byan e Punk vs Autoridade, antes do que esse desfecho de Cena e unificação de cinturões.

      • Fandangooo!! - há 3 anos

        Quem sabe a WWE não nos surpreende com Cena a perder esta rivalidade e perder este cinturão a Orton e este se tornar realmente a cara da empresa sendo o único campeão mundial. Acho que é possível porque o Cena não precisa deste cinturão e com apenas um cinturão podemos ter até Punk vs Bryan vs Orton como Main Event da Wrestlemania 30

      • Mario Magalhaes - há 3 anos

        Olha gostaria muito que isto acontecesse, mas acho pouco provável, que Orton se saía vencedor sobre Cena, ao final da rivalidade, poderá até vencer os primeiros combates, mas o embate final veremos Cena como novo Campeão Unificado.

        Sei que Cena não precisa do cinturão para um grande combate na Wrestlemania, mas já estou começando a perder as esperanças sobre Punk e Bryan a lutarem pelo principal cinturão da WWE, na Wrestlemania.

      • Control - há 3 anos

        Espero que isso aconteça também,mas é bem difícil…

  8. Yan - há 3 anos

    o seu cenário para o final de Cena vs. Orton não é nem maluco e improvável e ao meu ver é bem provável que isso aconteça

    • Mario Magalhaes - há 3 anos

      Olha Yan, esta “troca de cinturões” que proponho para o final do combate do TLC, foi algo que vislumbrei logo no final do PPV, espero que aconteça, mas vamos aguardar…

  9. MatheusBryanChampion - há 3 anos

    Muito bom artigo, Mário.

    Concordo em tudo com você acho a unificação de título meio idiota mas tudo bem.

    Acho que a wwe deveria dar mas uma push a Bryan não necessariamente o wwe champion mas talvez um world heavyweight championship. :)

    • Mario Magalhaes - há 3 anos

      A unificação tendo Cena em meio a rivalidade, é cansativa, pois todos sabemos como vai acabar. Não tendo Bryan não ter tido um reinado digno como WWE Champion, mas Bryan com o World Heavyweight acho algo que já esta ultrapassado.

      • MatheusBryanChampion - há 3 anos

        Sim, gosto muito de Bryan queria ver ele com algum title importante. talvez um tag team champion futuramente. :)

  10. JoãoRkNO - há 3 anos

    Bom artigo Mário.

    Bem, retrataste muito bem tudo o que se passou esta semana, uma semana cheia de turbulência, dado s mais recentes acontecimentos.

    E não podia concordar mais contigo em relação ao desfecho do ME do TLC, apesar de ser uma ideia um bocado extravagante, há sempre um pouco de possibilidade, mas, infelizmente, para todos nós, talvez tenhamos ” WWE Undisputed Champion is here!!”. Mas se assim for creio que teremos um grande ME na Mania, Punk/Cena, mas é só mais um palpite.

    Em relação ao Kofi, esperava ver o desenrolar daquela chapada no SS, mas nada aconteceu. Não me parece que tenhamos um turn para o Kofi, mas sim um inicio de turn para o Miz. E digo inicio, visto que a WWE está a promover o seu filme de Natal e de certeza que não quererá fazer um heel turn a alguém que está a promover num filme de crianças. Contudo, é de esperar um heel turn definitivo nas próximas semanas para o Miz.

    • Mario Magalhaes - há 3 anos

      O meu desfecho do TLC seria apenas para Cena ser mais uma vez WWE Champion, :P Me entristece ver esta questão de unificação, ainda mais com John Cena em meio a isto tudo. Seria muito bom que Punk vs Cena se confirmasse, mas acho pouco provável.

      Sobre Kofi, realmente aquilo não serviu de nada e o heel turn de Miz ainda não se confirmou totalmente, mas vamos esperar as próximas semanas.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador