Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Visão Brasileira #154 – Perdas

Pessoal, continuamos rumo ao PPV Extreme Rules. Nesta semana, tive uma grande perda familiar, e tenho que me recuperar da irreparável ausência de minha avós Lauriana, espero que ela descanse em paz. Portanto sequer vi a Raw, e juro que juntei forças não sei de onde para escrever um artigo nesta semana para o Wrestling.PT.

Resolvi falar sobre as grandes perdas, que tivemos na WWE, que me deixaram tristes, como fã de wrestling, claro que não é algo comparável a que eu sinto neste momento, mas que a nível de wrestling, também me deixaram bastante tristes, algumas mortes, encerramento de carreiras e saídas abruptas da WWE e o fim da Streak de Undertaker.

Começo pela perda, através da morte em novembro de 2005, quando tivemos a perda da forma trágica de Eddie Guerrero, tivemos na semana seguinte dois grandes eventos de tributo a ele, na Raw e no Smackdown, mais que merecido para um de meus superstars favoritos na WWE. Ele nesta altura estava escalado para lutar no PPV Survivor Series, no Team Smackdown, mas com seu falecimento foi substituído por Randy Orton.

Raw de Tributo a Eddie Guerrero

Smackdown Tributo a Eddie Guerrero Parte 1Parte 2

Sobre a segunda grande perda que vou abordar, chegamos a junho de 2007, quando tivemos a perda trágica de Chris Benoit, aqui não vou ficar me referindo ao ato em si que foi lamentável, mas sim ao momento e a homenagem que a WWE fez a ele na Raw. Ele naquela altura, havia se tornado contender ao ECW Championship, e lutaria contra o ECW Champion CM Punk no PPV Vengeance, mas ele não apareceu e foi substituído por Johnny Nitro, que venceu o combate, Benoit se tivesse combatido, também teria vencido. Na Raw no dia seguinte, tivemos um grande tributo a ele.

Tributo a Chris Benoit, na Raw Parte 1Parte 2

Agora vamos dar um salto no tempo e vamos deixar de falar de mortes, até mesmo para que eu me tranquilize mais rapidamente e vamos a março de 2010, na Wrestlemania XXVI, cabe ressaltar que alguns anos antes, tivemos o encerramento da carreira de Ric Flair, exatamente pelas mãos de Shawn Michaels, mas sinceramente para mim a despedida dele não tem a relevância de ter um grande espaço neste artigo e será apenas citada. Na Wrestlemania XXVI tivemos a histórica Streak vs Career. Ao final da luta pela primeira e única vez até hoje eu chorei em uma luta de wrestling, pois era a última vez em que veria a luta de um ícone de minha infância.

Undertaker vs Shawn Michaels – Wrestlemania 26

Na Raw do dia seguinte Shawn Michaels se despediu, para tristeza de todos nós. Em seu discurso HBK disse:

“Aos 23 anos, eu comecei a aparecer em casa de cada um de vocês toda semana. E a idéia de agora aos 44, não aparecer na sua Tv toda semana, vai ser, vai ser meio difícil me acostumar. Fico feliz em ver vocês me agradecerem, mas eu tenho que dizer que eu é que agradeço vocês, porque por um longo tempo, este ringue e vocês foi tudo o que eu tive na vida, entrava noite e saia noite. Pessoal vocês eram os únicos no mundo que faziam eu me sentir eu mesmo. Eu passei a maior parte de minha vida adulta, com cada um de vocês, mais do que passei com minha própria família e eu não me arrependo. Eu agradeço demais por me darem a honra e o privilégio de vir aqui e poder me mostrar para vocês todas as noites da minha vida. E para Rebecca, Cheyenne e Cameron, meus amores, papai esta indo para casa. Foi assim que começou e é assim que vai acabar, senhoras e senhores, The Heartbreak Kid, Shawn Michaels, deixa o recinto.”

Despedida de Shawn Michaels na Raw Parte 1Parte 2

Após a Wrestlemania XXVII, quando Edge havia defendido com sucesso o World Heavyweight Championship, contra Alberto Del Rio, tivemos um grande choque, quando na Raw em 11 de abril de 2011, Edge veio ao ringue e anunciou sua aposentadoria. Pois sua coluna havia sofrido muitos danos, e ele nunca seria medicamente liberado para competir novamente.

Foi um anúncio que pegou todos de surpresa e me deixou em choque, pois ele é um de meus superstars favoritos. Até aquela noite, ele deveria enfrentar mais uma vez Alberto Del Rio em uma Ladder Match no Extreme Rules, mas não tivemos mais infelizmente a presença dele em ringue, para mais um combate.

Anúncio da Aposentadoria de Edge

Despedida de Edge no Smackdown

Homenagem dos Superstars a Edge

Depois destas perdas que citei, chegamos ao ano de 2014, onde tivemos duas grandes perdas e começo pela primeira que foi a saída repentina de CM Punk da WWE que foi eliminado por Kane, na Royal Rumble Match, depois ele simplesmente não apareceu mais na WWE, esta foi uma perda que não foi sentida no momento que ocorreu, mas nos dias seguintes, mas o choque foi enorme. Espero sinceramente que este não seja o último momento de CM Punk na WWE, todos gostaríamos que isto fosse uma storyline, me custa muito acreditar que simplesmente não teremos mais a sua presença.

Punk eliminado na Royal Rumble Match

Como último momento de grande tristeza, a última perda que me deixou perplexo, foi na Wrestlemania XXX, onde fui extremamente surpreendido, e tive a mesma reação de Paul Heyman e do público como um todo, o fim da Streak de Undertaker. Vermos ao final, ele sair lentamente em meio a aplausos retumbantes, e muitas ovações da multidão a gritar, obrigado, Taker.

Undertaker vs Brock Lesnar – Wrestlemania 30

Não gostei que a Streak viesse a ser acabada, no ano de introdução de Paul Bearer no Hall of Fame, onde tivemos inclusive a presença de Taker a celebrar este momento. Se fosse para ser quebrada, teria optado por outro superstar para acabar com este legado.

Dos nomes dos últimos anos, então que Undertaker tivesse sido derrotado na Wrestlemania 28, no End of Era, contra Triple H, onde tínhamos todas aos motivos para ter fim a streak, ou então na Wrestlemania 26 contra Shawn Michaels, para que este não tivesse encerrado sua carreira, e assim teria tido pelo menos um momento a menos de choque em minha vida.

Para encerrar, peço desculpas, por não ter abordado o atual momento da WWE, mas não tive condições mentais de me sentar e assistir a Raw, deverei retornar a rotina normal do artigo na próxima semana, espero que recuperado deste baque que foi a perda de minha amada vó Lauriana.

Até o Próximo Visão Brasileira.

Sobre o Autor

- Autor da Coluna Visão Brasileira e da pesquisa dos combates em listas elaboradas pela WWE. Um grande fã da WWE, desde os anos 90. Geógrafo de formação, um riograndino, que vive em Porto Alegre.

34 Comentários

  1. GonRodri - há 3 anos

    Excelente artigo Mário :)

    E os meus sentimentos pela tua avo :)

      • GonRodri - há 3 anos

        De nada :) E olha q eu tmb sei como e q é perder um avô, apesar de ja ter perdido os meus dois e q ainda por cima um deles nem cheguei a conhecer :( mas pronto é a vida …

      • GonRodri, é exatamente por isso que senti muito a perda, pois sequer conheci, minha avó paterna e meu avô materno, e meu avô paterno o perdi, quando tinha apenas 4 anos, então mal me lembro dele. A minha avó Lauriana era a única referência que tinha de avós, por isso a perda me causa uma dor ainda maior.

      • GonRodri - há 3 anos

        Compreendo-te muito bem, sao perdas dificeis …

  2. José Sousa - há 3 anos

    Eu percebo-te muito bem, não tenho problemas em dize-lo agora não porque há 9 meses custou-me muito Mário. Quando eu elogio o Bryan e digo que o percebo é porque já estive na exacta mesma posição, também já perdi o meu pai, e acreditem que doí.

    • Obrigado José, realmente custa muito a acreditar, mas espero que com o passar dos dias a dor diminua.

      • José Sousa - há 3 anos

        Eu falo por mim, o sentimento de vazio vai existir sempre. Eu aprendi a recordar os momentos positivos, as boas memórias vá lá.

      • Ah sim eu também estou fazendo o possível por isso e para mim ela foi fazer uma grande viagem e reencontrar meu avô.

  3. Julio - há 3 anos

    Excelente artigo
    meus sentimentos a sua querida avó

  4. Coiso - há 3 anos

    Duas coisas a dizer:

    Primeira: os meus pêsamses pela tua avó, Mário

    Segunda: excelente artigo. Tudo boas histórias, despedidas emocionantes. Todas elas (menos do eddie e do benoit, não via a wwe nessa altura) deixaram-me surpreendido e com pena de não os ver mais a lutar, mas não esquecerei os momentos que fizeram aos fãs do wrestling

  5. flavien - há 3 anos

    minhas condolências e que descanse em paz

  6. Hildo - há 3 anos

    Excelente Mario, E meus sinceros Sentimenos..

  7. John_3:16 - há 3 anos

    Primeiro de tudo os meus sentimentos, e muita força e coragem é o que eu mais te desejo nesta altura, e admiro teres tido a paciência de esta semana teres escrito algo pra nós. Gostei bastante do artigo de facto as despedidas que referis-te são bastante emocionantes e ficaram sempre gravadas pra nós, mas nada se compara de facto a perdas pessoais que são bem mais “reais” para nós a meu ver. De facto o eddie, o benoit e o eddie ainda deixam muita saudade dentro de ringue, bem como o undertaker deixará, é pena é que os 2 primeiros tenham sido de forma mais trágica, mas é a vida á que seguir em frente. Força ai Mário :)

  8. AwesomeTheMiz - há 3 anos

    Bom, Mário… eu vi acompanhei um pouco de tua tristeza no Facebook, leve consigo minhas condolências, é mesmo difícil perder uma avó… Conseguiste muito bem associar um fato triste para si (e para aos seu redor) com o wrestling e tratar de despedidas. Fizeste muito bem em evidenciar o fato de Benoit, um dia depois Chris Benoit teria o nome e a carreira apagada dos registros quando Vince McMahon falou isto em TV, por, obviamente, seu último feito em vida.

  9. JoãoRkNO ® - há 3 anos

    Mário, lamento a tua perda, é algo que é o meu dia a dia . Sou bombeiro, mais propriamente socorrista, e posso dizer-te que esta semana já é a segunda paragem cardio-respiratória que apanho, e uma delas numa criança, que é um verdadeiro choque . Apesar de tudo, também perdi a minha avó o ano passado e sei o que custa, ainda mais se formos bastante chegados à mesma . Só me resta desejar-te a maior força do mundo, ela estará a cuidar de ti, e acima de tudo, estará bastante orgulhosa do neto que tem . Um grande abraço .

  10. spiderdi - há 3 anos

    Primeiro os meus sentimentos pela tua avo que descanse em paz e muita forca para ti e para a tua familia,segundo mais um grande arti

  11. Muito Obrigado JoãoRkNO, pela palavras.

  12. danielLP21 - há 3 anos

    A despedida que me custou mais foi sem dúvida a do Edge, logo seguido pelo Eddie Guerrero.

    Tal como já te tinha dito, força e coragem neste momento Mário.

  13. Francisco Edge - há 3 anos

    Os meus sinceros sentimentos Mário.
    Eu bem sei o que é perder uma avó.
    Bom artigo a despedida do Edge e o fim da streak foram para mim os momentos mais chocantes.

  14. will - há 3 anos

    Benoit não deveria estar nessa lista.
    B.I.H

  15. Alexandre Romano - há 3 anos

    Excelente artigo não sei como tiveste força para o escrever os meus sentimentos :)

    Muita força, Alexandre

  16. akujy - há 3 anos

    Primeiro que tudo deixa-me endereçar os meus sentimentos pela tua perda e depois tenho também de louvar o teu profissionalismo. Ninguém te iria condenar se não tivesses escrito esta semana. Mas escreveste e fizeste-o muito bem. Força!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador