Visão Brasileira #20 – The Undertaker

Pessoal, mais uma semana, estamos prestes a chegada de mais um PPV, o Hell in a Cell, teremos um grande PPV, mas esta semana quebro um pouco a rotina, para falar de um dos melhores lutadores de todos os tempos na WWE, o homem que já disputou dez lutas com a estipulação de Hell in a Cell, com cinco vitórias e cinco derrotas, nesta semana irei falar do The Deadman, The Undertaker, homem que vem fazendo muita falta ao SmackDown.

The Undertaker estreou na WWF(E), no Survivor Series de 1990, Undertaker foi apresentado como parceiro misterioso de Ted DiBiase do “Team Million Dollar”. Nesta luta, em seu início, eliminou Koko B. Ware, com seu finisher, o Tombstone Piledriver, também eliminou Dusty Rhodes. Depois ele foi retirado da luta, em que o time seu time saiu vencedor.

Em 1991, tendo como manager Paul Bearer, The Undertaker fez a sua estréia em um WrestleMania, mais precisamente na WrestleMania VII, onde derrotou sem muita dificuldade “Superfly” Jimmy Snuka. Seguiram-se rivalidades com Ultimate Warrior, Randy Savage, Sid Justice e Sgt. Slaughter. Em sequência, no Survivor Series 1991, venceu o campeão da WWF(E) Hulk Hogan, se tornando naquele dia o mais jovem campeão da WWE, nesta luta foi ajudado por Ric Flair, tendo Undertaker o seu primeiro título na WWE. No entanto, foi derrotado por Hogan seis dias depois.

Após esta feud, Taker manteve entre Dezembro de 1991 e Setembro de 1993, uma grande invencibilidade, ssendo esta a maior série de vitórias durante a década de 1990. Em 1992, Undertaker estava  aliado a Jake “The Snake” Roberts, que tentou atacar a manager de Randy Savage, sua esposa Miss Elizabeth com uma cadeira de aço, porém The Undertaker fez Roberts parar, o que iniciou uma feud com Jake “Snake” Roberts, que culminou em uma luta no WrestleMania VIII. Após ocorreram feuds com Kamala e com Giant González. Undertaker enfrentou Gonzaléz e venceu, tanto no WrestleMania IX quanto no SummerSlam 1993.

No ano de 1994, surgiu uma nova rivalidade para Undertaker, Yokozuna. Entre os principais combates entre ambos, destaca-se o Casket match do Royal Rumble, onde Undertaker perdeu o combate, devido ao ataque que sofreu de vários lutadores que vieram ajudar Yokozuna, após esta luta Undertaker passou a ser considerado como morto-vivo, pois ao ser retirado do ringue, apareceu dentro do caixão, dizendo no telão que voltaria do mundo dos mortos para vingar-se de Yokozuna. A rivalidade permaneceu por vários meses, inclusive em uma das lutas entre ambos, Undertaker teve como manager,o ator Chuck Norris.

Após WrestleMania X, Ted DiBiase introduziu uma volta de Undertaker para o WWF. Este Undertaker, no entanto, interpretado por Brian Lee, era um falso Undertaker, que fez retornar o verdadeiro Undertaker no SummerSlam.O verdadeiro Undertaker saiu vencedor do combate após três Tombstone Piledriver consecutivos, mostrando quem é o verdadeiro “fenômeno” da WWE. Após esse c ombate, o falso Undertaker foi jogado em um caixão e levado para fora do ringue por druidas. No Survivor Series, The Undertaker derrotou Yokozuna em uma revanche, novamente em uma Casket Macth.

No ano de 1995, Undertaker teve feuds com os aliados de DiBiase, entre os quais I.R.S. e King Kong Bundy. Undertaker derrotou Bundy na WrestleMania XI. Durante a luta, Kama roubou a urna de  The Undertaker, começando assim uma feud, que teve seu ápice, com vitória de Undertaker contra Kama em uma Casket Match no SummerSlam.

Devido a novos conflitos com Yokozuna e King Mabel (Big Daddy V), Undertaker sofreu uma lesão na órbita ocular, afastado devido a lesão, regressou somente no Survivor Series. Nomain event do Royal Rumble, em 1996, The Undertaker foi desmascarado na luta pelo WWF Championship contra Bret Hart, quando Diesel interferiu no combatefaznedo Undertaker perder a luta. No PPV seguinte, no In Your House: Rage in the Cage, enquanto Diesel estava prestes a vencer Hart em uma Steel Cage, The Undertaker surgiu, arrastando Diesel, permitindo que Hart vencesse. A rivalidade entre os dois culminou no WrestleMania XII, onde Undertaker venceu Diesel.

Em 1996, surgiu umas das maiores  rivalidades da história da WWE, na minha opinião, a feud contra Mankind. A primeira vez que Mankind apareceu foi quando ele interfiriu em uma luta de The Undertaker contra Justin Hawk Bradshaw. As suas interferências custaram muitos combates a Undertaker, perdendo incluisive para Goldust, na luta pelo Intercontinental Championship, mas eles tiveram seu primeiro combate no King of the Ring 1996. A rivalidade entre ambos foi se intensificando, com combates nos bastidores, em diversas partes da arena e até entre o público. Deste modo surgiu o primeiro combate Boiler Room Brawl, no SummerSlam 1996, quando Paul Bearer traiu The Undertaker.

Undertaker e Mankind lutaram diversas vezes em 1996, o que levou a  uma Buried Alive, no PPV In Your House 11. Nesta luta, Undertaker venceu depois de colocar Mankind na cova com um chokeslam, e enterrá-lo em seguida. No final da luta, The Executioner, acompanhado com Paul Bearer, estreiou na WWF, atacando Undertaker e desenterrando Mankind para poder enterrar vivo o vencedor do combate.

Undertaker e Mankind se enfrentaram novemente no Survivor Series, com Bearer a 12 metros de altura em uma  jaula. Se Undertaker vencesse, ele poderia colocar suas mãos em Bearer. Depois da luta, quando Undertaker ia por suas mãos em Bearer, The Executioner o atrapalhou e Bearer fugiu. Mais tarde, Undertaker conseguiu sua vingança e derrotou The Executioner. No fim de 1996, Undertaker entrou numa rivalidade com outro enviado de Bearer, Big Van Vader. No Royal Rumble, Undertaker perdeu para Vader depois da interferência de Bearer. Depois disso, Undertaker colocou sua atenção no título da WWF.

No WrestleMania XIII, Undertaker derrotou Sycho Sid em uma no DQ, para se tornar Campeão da WWF. Após a luta, Bearer anunciou para todos que Undertaker havia posto fogo na casa de seus pais e matado todos, menos seu irmão, Kane, que depois de tantos anos, ia se vingar. Neste ano Undertaker derrotou vários lutadores retendo o cinturão, como Shawn Michaels, Vader, Faarooq e Steve Austin. No SummerSlam 1997, Shawn Michaels, como juiz, acertou acidentalmente uma cadeirada em Undertaker, o que fez com que Bret Hart vencesse e se tornasse campeão. Com isso iniciou-se uma feud entre Undertaker e a D-Generation X.

Apesar da cadeirada ter sido acidental, Michaels fez o mesmo feito por diversas vezes na RAW is WAR. Os dois se enfrentaram na In Your House: Ground Zero e na In Your House: Bad Blood, no primeiro combate Hell in a Cell, nesta luta, quem surgiu foi Kane, que fez sua primeira aparição atacando Undertaker e aplicando o Tombstone Piledriver, fazendo com que HBK vencesse a luta.

Durante as semanas seguintes, Paul Bearer e Kane constantemente desafiaram Undertaker para lutar, mas ele sempre recusou. Undertaker novamente enfrentou Shawn Michaels no Royal Rumble 1998 numa luta Casket. Novamente, Kane interveio e deu a vitória a Michaels. Depois, ele e Bearer botaram fogo no caixão onde estava Undertaker, mas quando foram abrí-lo, notaram que Undertaker sumira. Undertaker retornou e enfrentou Kane no WrestleMania XIV e venceu após três Tombstone Piledrivers.

A feud continuou no In Your House: Unforgiven, na primeira Inferno Match, onde o vencedor é aquele que jogar seu oponente no fogo. Undertaker venceu quando jogou o pé direito de Kane nas chamas. A rivalidade de Undertaker com Mankind retornou quando este custou a Undertaker uma luta contra Kane, valendo o nº1 contender. Com isso Taker e Mankind tiveram que se enfrentar em uma das mais brutais lutas da história, o segundo Hell in a Cell no King of the Ring, onde Mankind foi atirado de 15 metros de altura na mesa dos comentaristas e sofreu brutal Chokeslam de Undertaker no topo da cela, rompendo a jaula. Undertaker venceu o combate após um Tombstone Piledriver.

Em janeiro de 1999, Undertaker formou o Ministry of Darkness, para mim um dos piores momentos do The Deadman, onde ele era heel e dizia que recebia ordens de um poder superior. Muitas vezes ele apareceu em um vestido preto e sentado em um trono. Com a ajuda de seu grupo ele sacrificou vários lutadores. No WrestleMania XV lutou contra The Big Boss Man em uma Hell in a Cell e venceu após aplicar um Tombstone Piledriver. O Ministry of Darkness se fundiu para fazer a Corporate Ministry. Durante esse tempo, The Undertaker foi reservado para derrotar Steve Austin e se tornar pela terceira vez o WWF(E) Championship com a ajuda de Shane McMahon que foi o arbitro especial da luta, no PPV Over The Edge. Defendeu o cinturão com sucesso contra The Rock. Mas perdeu para Steve Austin, num First Blood após o PPV King of The Ring. Depois de perdeu o título, The Undertaker fundiu o grupo maligno e teve uma certa rivalidade contra os McMahon’s.

Com isso Undertaker fez dupla com The Big Show e por duas oportunidades, ganharam o WWE Tag Team Championship a dupla era conhecida como The Unholy Alliance. O grupo se fundio depois de Undertaker lesionar-se. Undertaker voltaria a lutar na WrestleMania XVI, porém uma lesão no bíceps em Fevereiro, atrasou seu retorno até Maio. Retornou somente no Judgment Day, quando ele tirou todos os membros da Facção McMahon-Helmsley do ringue com seu novo visual, com direito a utilização de uma moto.

No King of Ring de 2000, formou uma equipe com The Rock e Kane para derrotar a equipe formada por Triple H, Shane McMahon e Mr. McMahon. Mais tarde, ele foi reservado para a equipe com Kane para disputar o Campeonato de Tag Team da  WWF(E). Eles derrotaram Edge e Christian, ganhando o direito de enfrentá-los na semana seguinte valendo o título de duplas, que Edge e Christian, onde perderam. Começaram uma feud entre os irmãos, que lutaram no SummerSlam, onde Undertaker removeu a máscara de Kane.

Undertaker então desafiou Kurt Angle no Survivor Series, porém foi derrotado após interferência do irmão de Kurt. Na revanche ocorrida no Armageddon, Undertaker acabou sendo derrotado por Kurt novamente em um Hell in a Cell de seis lutadores. Nesta luta Underatker arremessou Rikishi do alto da jaula.

Em 2001, Undertaker se juntou a Kane para formar uma das maiores tags de todos os tempos, conhecida como Brothers of Destruction, tiveram uma oportunidade de título no No Way Out, contra Edge e Christian e contra os campeões, os Dudley Boyz, em um Tables match. Mas saíram derrotados.

Depois que derrotou Triple H na WrestleMania XVII, ele e Kane continuaram atacando HHH que formou uma surpreendente aliança com Steve Austin, no Backlash em 2001, Undertaker e Kane venciam Edge e Christian, mas Triple H apareceu com martelo e golpeou Kane, fazendo com que os Brothers of Destruction perdessem o título. Com Kane lesionado, Undertaker perdeu para Austin no Judgment Day.

Undertaker e Kane derrotaram Diamond Dallas Page e Kanyon no SummerSlam, para ganhar o WWF(E) Tag Team Championship. No Survivor Series formaram equipe com Kane, The Rock, Chris Jericho, e The Big Show para derrotar Stone Cold Steve Austin, Booker T, Rob Van Dam, Shane McMahon e Kurt Angle. Após a Alliance ser derrotada, The Undertaker forçou Jim Ross a beijar a bunda de Vince McMahon. Esta foi a início de uma nova persona para The Undertaker, como ele cortou seu longo cabelo, deixnado-o curto e chamando a si mesmo de “Big Evil”, eu particularmente não era muito adepto a este visual, mas foi uma fase legal. No Vengeance, The Undertaker derrotou Van Dam para capturar o WWF Hardcore Championship.

Undertaker massacrou Maven atrás do cenário, depois de ter sido surpreendente eliminando por ele no Royal Rumble em 2002. Os dois voltaram a lutar no No Way Out, mas Undertaker perdeu novamente após um interferência de Ric Flair. Undertaker então desafia Flair para lutar na WrestleMania XVIII, ele vence aplicando umTombstone Piledriver em Flair.

No Backlash em 2002, derrotou Steve Austin, depois ajudou Hulk Hogan a derrotar Triple H, e derrotou Hogan no Judgment Day, para vencer seu quarto título na WWF(E). Na noite seguinte, The Undertaker foi derrotado por Rob Van Dam para o Campeonato WWE Undisputed, no entanto Ric Flair reiniciou a luta e The Undertaker recuperou seu cinturão.

The Undertaker mudou de personalidade depois de enfrentar Jeff Hardy em uma Ladder match, levantando a mão de Hardy depois do combate em sinal de respeito. The Undertaker, no entanto, perdeu seu cinturão no Vengeance para The Rock num combate Triple Threat que também tinha Kurt Angle.

Depois de vencer Test no SummerSlam, Undertaker após isso foi para a Smackdown, e desafiou Brock Lesnar em um combate pelo título no Unforgiven, mas a luta terminou com uma dupla desclassificação. No PPV No Mercy, Undertaker foi derrotado por Brock Lesnar em uma Hell in a Cell, valendo o título. Durante o combate, Undertaker se lesionou após ser lançado para fora do ringue, por Big Show.

The Undertaker voltou no Royal Rumble em 2003, quase venceu, mas acabou sendo eliminado por Brock Lesnar. Com isso Taker imediatamente continuou a sua feud com Big Show e derrotou-o por submissão no No Way Out. A-Train entrou na feud, tentando atacar The Undertaker após a luta, mas Nathan Jones veio ajudá-lo. Desta forma Big Show e A-Train lutariam contra Taker e Jones em uma tag team na Wrestlemania XIX. Porém Jones, foi retirado da luta, tornando-se uma handicap match, em que The Undertaker venceu com a ajuda de Jones.

No Backlash, para tentar se tornar o Number 1 Contender pelo WWE Championship. Undertaker vence facilmente Rey Mysterio, mas perde para John Cena, depois de vários lutadores virem ao auxílio de Cena e atacarem Taker com cadeiras. Undertaker, frustrado, desafia Cena para um combate no Vengeance e vence, após aplicar um Last Ride. Em setembro na SmackDown, contra Kurt Angle, não venceu devido à interferência de Brock Lesnar. No PPV No Mercy, foi uma partida Biker Chain Match entre The Undertaker e Lesnar, que Lesnar ganhou com a ajuda de Vince McMahon.

No final do ano, Undertaker derrotou Brock Lesnar e Big Show em uma No Disqualification match. Após o combate, Taker desafia Vince McMahon para uma Buried Alive Match no Survivor Series. Taker ganhava a luta, jogara McMahon no buraco, mas quando foi jogar a terra, houve uma explosão no trator e quem saiu de lá não foi nada mais nada menos que Kane. Kane ajudou McMahon, e este enterrou vivo Undertaker.

No Royal Rumble em 2004, o gongo de Undertaker tocou no número 13, mas não foi ele que saiu de lá, foi Spike Dudley, que levou um ataque de um enfurecido Kane e não conseguiu entrar. Kane foi assombrado pela entrada anunciando o retorno do Undertaker, quando os sinos The Undertaker tocaram, distraiu Kane e que foi eliminado por Booker T. Então, na WrestleMania XX, Kane se envolveu em um combate com Undertaker cujo Taker venceu após aplicar umTombstone Piledriver. Nets luta Taker voltou a ser acompanhado por Paul Bearer e novamente com seu visual de  Deadman.

No PPV Judgment Day, The Undertaker venceu Booker T. No The Great American Bash, Taker enfrentou os The Dudley Boyz e venceu. Logo após isso, encheu de cimento uma cabine com seu manager Paul Bearer dentro. Após esse acontecimento, Taker buscou JBL, e começou uma caçada pelo seu título. JBL conseguiu escapar das tentativas, Inicialmente no SummerSlam, Taker venceu, mas por DQ, mas no No Mercy, Heidenreich ajudou JBL a vencer a luta. Undertaker então desafiou Heidenreich no Survivor Series, e o venceu após um Tombstone.

No Armageddon, Taker perdeu mais uma chance pelo WWE Championship, após acertar Booker T com um Chokeslam e JBL acertar Booker com um Clothesline from Hell em uma Fatal Four Way. Durante a luta, Heidenreich atacou Undertaker duas vezes, o que ocasionou um combate entre os dois no Royal Rumble, em que Undertaker venceu uma Casket Match, onde Snitsky ajudou Heidenreich e Kane ajudou Taker. Após isso, durante uma luta contra JBL, Randy Orton o atacou e lhe aplicou um RKO. Orton o desafia no WrestleMania XXI, o palco onde Undertaker se mantém invicto. Undertaker venceu após um Tombstone Piledriver.

Com isso Orton e Takertiveram uma feud pro um bom tempo em 2005, no SummerSlam. Taker voltou em junho na SmackDown, mas perdeu para JBL graças à interferência de Randy Orton. Depois do The Great American Bash, The Undertaker tornou-se o nº1 contender ao World Heavyweight Championship. No SmackDown The Undertaker perdeu um para JBL, mais uma vez devido à interferência de Orton.

No SummerSlam, Orton derrotou The Undertaker em uma revanche WrestleMania. A feud se intensificou quando Orton passou a ter a ajuda de, Bob Orton Jr., seu pai. No No Mercy, os dois se enfrentaram novamente, numa Handicap Casket Match, com Bob Orton Jr. como parceiro de Randy, que distraiu Undertaker, e Randy aproveitou isso para aplicar um RKO. Os Orton venceram e após colocarem Undertaker no caixão.

Após a partida, os Ortons derramaram gasolina no caixão e atearam fogo. Quando o caixão foi aberto carbonizado, no entanto, The Undertaker teve mais uma vez desapareceu. No Survivor Series, após Orton eliminar Shawn Michaels com um RKO e ganhar a luta, Undertaker surge de um caixão em chamas, e destrói a comemoração de Orton. Os dois se enfrentaram no Armageddon em uma luta Hell in a Cell. Undertaker venceu após uma luta sofrida, depois de aplicar um Tombstone à Orton.

No ano de 2006, no Royal Rumble, após Kurt Angle reter seu World Heavyweight Championship, Undertaker surgiu e entrou atingiu o ringue com relâmpagos. Ele dissera que desafiaria Angle pelo World Heavyweight Championship. No No Way Out 2006, os dois se enfrentaram, mas Angle acabou retendo seu título. Na WrestleMania XXII, Taker enfrentou Mark Henry numa Casket Match e o venceu, após um Tombstone Piledriver.

Após iniciou-se uma feud contra The Great Khali, que teve um combate no Judgment Day, com vitória de Khali. Depois Taker e Khali enfrentariam-se em uma Punjabi Prison match no The Great American Bash. Khali, no entanto, foi substituído pelo ECW Champion Big Show , onde The Undertaker saiu como vencedor. Após Khali foi desafiado para uma Last Man Standing no SummerSlam após interferir interferir na luta entre The Undertaker contra o World Hevyweight Champions King Booker. No Judgment Day, Taker perdeu para Khali.

Então, com a ida de Kane para a SmackDown, Undertaker voltou com os Brothers of Destruction, com os dois fazendo feud com MVP e Mr. Kennedy. Undertaker perdeu muitos combates para Kennedy. No Survivor Series, enfrentou Kennedy numa First Blood Match, mas perdeu, após uma interrupção de MVP. No Armageddon, Undertaker e Kennedy lutaram novamente, numa Last Ride Match. Undertaker venceu o combate. Kennedy ainda prejudicou The Undertaker por duas oportunidades ao World Heavyweight Championship.

Em 2007, Taker venceu pela primeira vez o Royal Rumble, tornando-se o primeiro homem a entrar no Rumble, no número 30 e ganhar o jogo. Depois de uma luta sofrida, ele venceu após eliminar por último Shawn Michaels. Ganhando uma chance pelo World Heavyweight Championship, Taker entrou em uma feud com Batista. No No Way Out, Undertaker e Batista, enfrentaram Cena e Michaels, que venceram. Após, Batista aplicou em Taker o Spinebuster, Michaels o Sweet Chin Music e Cena o F-U.

Na WrestleMania XXIII, Undertaker venceu Batista, conquistou o World Heavyweight Championship pela primeira vez e aumentou seu recorde para 15 a 0. Enfrentou Batista novamente no Backlash, em uma Last Man Standing Match, onde acabou em um Duplo KO, o que significou que Undertaker reteve o título. Na SmackDown seguinte, Taker enfrentou Batista novamente, mas novamente resultou num empate, quando ambos lutadores saíram da jaula ao mesmo tempo. Mas, Mark Henry após a luta, entrou em cena e atacou Taker. Para piorar a noite para ele, o Mr. Money in the Bank Edge, depositou o dinheiro do contrato para uma luta contra Undertaker pelo WHC. Undertaker saiu do pin muitas vezes mas Edge venceu após um Spear.

Undertaker ficou desaparecido por um tempo, voltando no Unforgiven, vingando-se de Mark Henry. Depois, enfrentou Batista para pegar novamente o seu cinturão. No Cyber Sunday, Taker perdeu para Batista, coisa que se repetiu no Survivor Series, em uma Hell in a Cell. No Armageddon 2007, Edge ganhou o WHC após pinar Batista depois de um Tombstone de Taker.

Com isso Undertaker começou sua feud com Edge e Vickie Guerrero, pois Undertaker foi o vencedor no No Way Out Elimination Chamber, Undertaker venceu a luta contra Batista, MVP, Finlay, Big Daddy V e o Great Khali. No Wrestlemania XXIV, Undertaker derrotou Edge. A feud seguiu-se no Backlash, e mais uma vez Taker derrotou Edge aplicando o Hell´s Gate, na SmackDownem 2 de maio, Vickie Guerrero tornou o título vago porque o Hell´s Gate era muito perigoso para ser usado no ringue. No Judgment Day Undertaker venceu Edge por contagem, mas Vickie apareceu e disse que o título não podia ser decidido por contagem. No One Night Stand, Undertaker enfrentou Edge em uma TLC Match. No decorrer da luta Chavo Guerrero, Bam Neely, Curt Hawkins e Zack Ryder interferiram ao favor de Edge. Edge, conseguiu se aproveitar e venceu o combate se tornando o novo World Heavyweight Champion. Pela estipulação pré-determinada da luta, Undertaker foi forçado a abandonar a WWE.

Em Julho, Vickie Guerrero anunciou a volta de Undertaker à WWE no SummerSlam onde enfrentara Edge em um combate Hell in a Cell. Undertaker venceu. No Unforgiven, Undertaker iniciou uma feud com Big Show, após este atacar Undertaker para defender Vickie. Eles lutaram no No Mercy, onde Big Show venceu por KO, mas Taker venceu Show no Cyber Sunday, em uma Last Man Standing match.

No Survivor Series, Undertaker lutou novamente contra Big Show numa Casket Match, na qual saiu vencedor após lançar Big Show para dentro de um caixão. Na SmackDown seguinte houve uma Steel Cage match entre os mesmos, luta na qual Undertaker venceu após um Hell’s Gate.

No programa Royal Rumble em 2009, Taker foi eliminado do combate por Big Show. Um mês depois, no No Way Out, participou da Elimination Chamber da SmackDown, valendo o WWE Championship. Nesta luta, Undertaker foi o último a entrar, porém foi derrotado por Triple H.

Na WrestleMania XXV, Undertaker foi desafiado por Shawn Michaels. Numa luta sofrida, Undertaker levou dois Sweet Chin Music, um elbow drop e quase perdendo a luta por count-out, The Undertaker derrotou Shawn Michaels com um Chokeslam, um The Last Ride e dois Tombstone Piledriver, mantendo sua invencibilidade no evento, que alcançou a incrível marca de 17 vitórias.

No SummerSlam 2009, Undertaker faz um breve retorno aplicando um Chokeslam em CM Punk após este ganhar o World Heavyweight Championship de Jeff Hardy no main event, em uma  Tables, Ladders & Chairs Match. Em um episódio da Smackdown, CM Punk lutou contra Jeff Hardy em uma Steel Cage match pelo World Heavyweight Championship, e para ver quem seria o desafiante de Taker no PPV Breaking Point pelo World Heavyweight Championship em uma Submission Match.

No Breaking Point, Undertaker aplicou o Hell’s Gate ganhando o título mas, Teddy Long aparece e diz que o Hell Gate foi banido das competições e pede para reiniciar a luta mesmo com Undertaker tendo ganho o titulo. CM Punk se aproveitou e logo após aplicar o Anaconda Vise, o árbitro encerrou a luta mesmo sem Untertaker desistir, de modo semelhante ao Montreal Screwjob. No 10º aniversário da SmackDown, Undertaker se une a D-Generation X e John Cenapara derrotar CM Punk e a The Legacy.

Para o PPV Hell in a Cell, Undertaker derrota CM Punk e vence o World Heavyweight Championship. Na SmackDown, Vince McMahon anunciou que Undertaker defenderia seu título numa Fatal-4-Way Match contra CM Punk, Rey Mysterio e Batista no Bragging Rights, luta em que Taker saiu vencedor.

Em novembro, Undertaker enfrentou pela primeira vez Chris Jericho, Taker venceu a luta com um Hell’s Gate e depois disso, Big Show ataca Taker que acaba levando um chokeslam e um Walls of Jericho, mas Kane aparece para defender seu irmão. Na SmackDown seguinte, The Brothers of Destruction lutaram contra Big Show e Chris Jericho luta acabou em No Contest. No Survivor Series, Undertaker colocou o seu titulo em jogo numa Triple Threat Match contra Chris Jericho e Big Show, onde mais uma vez saiu vencedor. No PPV TLC: Tables, Ladders & Chairs, Undertaker colocou em jogo seu título contra Batista em uma chair match, no qual obteve a vitória após um Tombstone Piledriver.

No Royal Rumble, Undertaker venceu Rey Mysterio, retendo assim o World Heavyweight Championship. No Elimination Chamber, Undertaker lutou em uma Elimination Chamber match, em jogo estava seu titulo contra Chris Jericho, CM Punk, John Morrison, R-Truth e Rey Mysterio. Jericho foi vencedor após Shawn Michaels interferir na luta e aplicar um Sweet Chin Music em Undertaker.

Na WrestleMania XXVI, Undertaker lutou novamente contra Shawn Michaels, em uma luta emocionante. Mas desta vez, se Michaels perdesse, ele se retirava do wrestling. No WrestleMania, em uma luta paralela, onde ambos ficaram acabados e resistiram até o útimo instante, Michaels resistiu pela primeira vez o Hell’s Gate, mas Undertaker venceu Shawn Michaels após Aplicar seu 3º Tombstone na luta, assim aumentando seu recorde para 18-0. Depois da luta, Undertaker levanta Shawn Michaels, e comprimenta como o sinal de respeito.

Após a WrestleMania, Undertaker faz sua ultima aparição na Raw tendo uma luta com Jack Swagger. Em maio, na luta de Edge contra Christian, Undertaker volta dando um Chokeslam em Edge. Depois Undertaker teve uma luta qualificatória contra Rey Mysterio e vence. Em junho, Undertaker foi encontrado em estado vegetativo ou mesmo morto. Taker retornou no Summerslam atacando Kane, na Smackdown, Kane desafia Undertaker para um combate no Night of Champions pelo World Heavyweight Championship em uma No Holds Barred. No PPVNight of Champions 2010 The Underaker saiu derrotado. No PPV Hell in a Cell, Undertaker lutou contra Kane perdeu novamente porque Paul Bearer traiu Undertaker. Após o Night of Champions, Kane e Undertaker voltaram a se enfrentar no PPV WWE Bragging Rights em uma Buried Alive Match pelo World Heavyweight Championship. No Bragging Rights Undertaker perdeu novamente para Kane, após a interferência dos NEXUS.

Undertaker retornou na Raw do dia 21 de Fevereiro. No entanto seu retorno foi interrompido pelo retorno de Triple H, que também estava fora durante varios meses. Ambos lutadores ficaram olhando para a marquiz da WrestleMania. Undertaker fez o seu famoso gesto para Triple H, mas em troca levou uma Taunt DX de Triple H, indicando o seu desagrado a aposentadoria de Shawn Michaels, que foi causada por Undertaker. Na Raw em Março, Undertaker afirmou que o seu combate contra Triple H na WrestleMania, seria uma No Holds Barred match. Na Wrestlemania XXVII, Undertaker venceu Triple H por Submission e chegou a marca histórica de 19 a 0. Saiu de maca do evento e até o momento ainda não fez seu retorno.

Ao longo dos anos na WWE, The Undertaker tem desaparecido, como atualmente após a luta contra Triple H. Frequentemente é considerado morto, mas The Phenom sempre ressurge misteriosamente e retorna ao ringue para buscar vingança. De Yokozuna a Kane e Edge, Undertaker sempre encontra uma maneira de buscar as almas daqueles que o enganaram.

Tem sua relação com Kane muito turbulenta como rivais, mas juntos, eles são praticamente indestrutíveis. The Undertaker tem muitas estreias em formatos de luta. Além de ser o dono do movimento Tombstone, ele também tomou participou da primeira Inferno Match em Outubro de 1997, bem como a primeira Casket Match, no Survivor Series em 1992.

Por toda sua história na WWE, The Undertaker sempre foi um dos mais populares da lutadores, o que o fará certamente em um futuro Hall of Famer. Penso que ele deverá parar neste próximo Wrestlemania, fechando sua invencibilidade em 20-0. Espero que escolham um grande lutador para esta luta, que infelizmente para nós deverá ser a última do Deadman. Seria muito interessante para mim que ele retornasse neste PPV o Hell in a Cell, mas é apenas um sonho. Peço desculpas pela grande extensão do artigo, mas não consigo falara da carreira de Taker com menos palavras.

Um bom PPV para todos e até a próxima semana!

Sobre o Autor

- Autor da Coluna Visão Brasileira e da pesquisa dos combates em listas elaboradas pela WWE. Um grande fã da WWE, desde os anos 90. Geógrafo de formação, um riograndino, que vive em Porto Alegre.

12 Comentários

  1. Flavio Bruniera - há 5 anos

    Cara, bela história deste “senhor”.
    Seu primeiro parágrafo resumiu perfeitamente a situação atual: um dos melhores wrestlers que já passaram pela WWF/E, e que está fazendo muitíssima falta.

    Bem que ele poderia voltar neste HiaC, mesmo que fosse pra fazer uma promo ou coisa parecida, culminando em uma luta no WM. Mas sinceramente, pelo bem dos fãs, não gostaria que houvesse somente mais uma luta. Mas isso depende do estado físico dele… tomara que esteja bem!

  2. Undertaker sem dúvida uma lenda e para mim dos melhores que passaram pela WWE e tem uma streak que fala por si. E a sua gimnick simplesmente incrivel.

    Merece todo o respeito e é um futuro Hall Of Fame. Undertaker é o que pode chamar de uma Lenda “Morta”.

  3. Jorginh - há 5 anos

    mesmo, tens razão Tiago

  4. Foto de perfil de Facebook

    Luís Salvador - há 5 anos

    Que GRANDE (4600 palavras) artigo!

    Excelente trabalho Mário ; )

  5. joaosilva - há 5 anos

    isto sim é um artigo muito muito bom mesmo parabéns

  6. BrunoBomb15 - há 5 anos

    O artigo é bom, mas tens alguns erros de escrita e agora a minha pergunta. No texto dizes que o Paul Bearer disse que o Undertaker tinha incendiado a casa dos seus pais matando todos menos o irmão Kane, mas o Paul Bearer, em storyline, não era o pai dele? É que se era, entoa o Undertaker com o fogo só matou a mãe.

    • Mario Magalhaes - há 5 anos

      Bearer, nunca foi pai de Undertaker, era sim seu manager e protetor, mas pai essa para mim é nova, não sei de onde você tirou esta informação.

      A história diz que Kane é filho de Bearer, e meio irmão de Taker, porque Bearer se envolveu com a mãe de Taker, a storyline é desta forma, portanto Bearer não é pai de Undertaker.

      Também na storyline, Undertaker diz que foi Kane que queimou tudo e Bearer acusa a Undertaker de ter matadado a todos. Depois de Bearer trir Kane, em 1998, Undertaker assumiu que era o responsável pelo incêndio.

  7. Malamadre - há 5 anos

    Muito bom, é um texto muito grande mas para falar deste grande senhor nunca é demais.Parabens pelo artigo!

  8. Rocha - há 5 anos

    artigo que ilustra à descrição a carreira deste grande sr
    seja lá qd for que retorne e quantos mais combates venha a fazer, n tem mais nada a provar a ng e no dia em q se retirar oficialmente dos ringues vai ser 1 pena enorme para todos os fãs de luta livre

  9. Marco Vinicius Arruda - há 2 anos

    Muito bom o artigo parabéns.

  10. Anónimo - há 4 meses

    BOM ACOMPANHO PRO-WRESTLING DESDE OS ANOS 80 E POSSO AFIRMAR SEM SOMBRA DE DÚVIDAS QUE O UNDERTAKER É O MAIOR E MELHOR WRESTLER DE TODOS OS TEMPOS NA HISTÓRIA DO PRO-WRESTLING MUNDIAL EM UM CONTEXTO E ANÁLISE GERAL. E SE IREM Á FUNDO NISSO VÃO CONFIRMAR OQUE ESTOU FALANDO.

  11. Anónimo - há 4 meses

    Undertaker é o melhor e maior da história, meu pai e meus avós que entendem muito dessa modalidade sempre diziam isso, eu sempre quis achar um jeito de derrubar as argumentações deles, mas fui à fundo e realmente é verdade.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador