Visão Brasileira #282 – Reigns Campeão e Interferências

Pessoal tivemos neste último domingo, o PPV Clash of Champions, o primeiro PPV do Raw onde tivemos todos os campeões a colocarem seus cinturões em jogo, e o único que acabou tendo o fim de seu reinado foi o United States Champion Rusev. O nível dos combates do PPV em geral foi muito bom e no main event tivemos o Universal Champion Kevin Owens a vencer Seth Rollins, graças as interferências de Chris Jericho e de Stephanie McMahon e onde estava o Mick Foley uma hora dessas.

Sobre os resultados confesso, a vitória de Owens se confirmou, mas confesso que achei que teríamos a interferência de Triple H. Todos os combates do PPV para mim foram muito bons, desde o main event, o feminino, Rusev vs. Reigns, Zayn vs. Jericho e Sheamus vs. Cesaro e TJ. Perkins vs. Brian Kendrick. Nas duplas achei que teríamos novos campeões, mas New Day conseguiu reter com sucesso seus cinturões.

Putting an end to Alicia's attempt to win the match, Nia turns the tables and wins the opening bout.

No Kickoff, tivemos o combate entre Nia Jax vs. Alicia Fox. Este claro fez parte do pré-show, até para mostrar a força de Nia Jax, e foi bom tê-lo antes do PPV, pois foi o único dos combates que não foi de grande nível. Alicia Fox até mostrou alguma resistência no combate, mas ao final, após uma Samoan Drop a vitoria mais que esperada foi para Nia Jax.

Espero que mais adiante possam proporcionar novas rivalidades e dar um bom destaque a Nia Jax, até para se justificar todo o seu push. Alicia, acredito que foi apenas a primeira de muitas das vítimas que ficarão no caminho de Nia Jax para os próximos meses.

Xavier Woods, Big E and Kingston celebrate their successful title defense.
Na abertura do PPV tivemos os Raw Tag Team Champions The New Day a enfrentar Luke Gallows e Karl Anderson. Tivemos um bom combate, pensei que teríamos novos campeões, mas mais uma vez o New Day voltou a se beneficiar da Francesca II e Xavier Woods a utilizou para dar vantagem aos campeões, durante o combate. Ao final, Kofi Kingston aplicou um Midnight Hour em combinação com o Big Ending de Big E, retendo os cinturões.

No Raw, tivemos a revanche do combate e novamente os Raw Tag Team Champions The New Day venceram Luke Gallows & Karl Anderson. No fim do combate, Kofi aplicou o Trouble in Paradise em Anderson e garantiu a vitória ao New Day. Kofi aliás, sangrou muito no fim de combate, por isso até a fotografia em preto e branco.

Após esta nova derrota de Gallows e Anderson, espero que tenhamos novos desafiantes para o New Day, já que The Club, surpreendentemente não conquistou os cinturões em meio a esta rivalidade. Agora a divisão precisaria de novos desafiantes ao New Day e poder que a surpresa seja vinda da dupla formada por Mick Foley, que irei falar sobre ela mais adiante.

Perkins retains the Cruiserweight Championship following a brilliantly executed kneebar.

Na estreia do WWE Cruiserweight Champion T.J. Perkins ele teve que defender seu cinturão contra Brian Kendrick, no PPV. Eles nos proporcionaram um grande combate, foi muito bom termos o retorno desta divisão a WWE. Ao final Perkins aplicou o kneebar e fez com que Kendrick desistisse. Depois do combate Kendrick deu uma cabeçada no campeão, o que indica que devermos ter continuidade neste rivalidade.

No Raw WWE Cruiserweight Champion T.J. Perkins venceu Tony Nese e fez sua estreia no Raw. Kendrick teve um segmento com o campeão, pedindo um novo combate pelo cinturão e é bem provável que ele venha a novamente lutar com Perkins.

Acredito que esta rivalidade venha mesmo a ter continuidade e acho que a WWE dará um reinado de tempo razoável a Perkins até decidir dar um cinturão a um novo superstar. Estou curioso por como a WWE irá desenvolver esta divisão e tomara que tenhamos grandes combates e rivalidades e que este cinturão consiga ser valorizado.


No embate final da Best of Seven Series, estava curioso por como seria decidido de quem venceria esta grande serie de combates entre Cesaro e Sheamus e no fim da contas não tivemos um vencedor nesta serie, uma vez que o combate acabou em No Contest. Tivemos um grande combate e que não sabíamos ao certo quem poderia vencer. Sheamus e Cesaro até tentaram retornar para dar seguimento ao combate, mas os juízes não deixaram.

Both Superstars insist they deserve the title opportunity.

Ficava a dúvida de como a Serie seria resolvida e no Raw tivemos a resposta. Mick Foley chamou aos dois e decidiu que Cesaro e Sheamus agora deveriam formar uma dupla e tentar conquitar o Raw Tag Team Championship. No combate de estreia deles, eles venceram Nick Cutler e Willis Williams, pra variar uma dupla de competidores locais.

Esta decisão em tese, até foi interessante, pois se tivéssemos um vencedor, por consequência ele merecia ser alçado a uma oportunidade por cinturões e assim eles agora acabaram unindo suas forças e deverá gerar aquela velha união que poderá até conquistar os cinturões, mas que mais adiante levará ao ataque de um sobre o outro, que custará a perda do combate, para mais adiante proporcionar um novo combate entre eles.


Em um dos combates que estava mais ansioso para assistir no PPV, tivemos Sami Zayn vs. Chris Jericho. Felizmente estes dois não me decepcionaram e realizaram um grande combate. Eu pensava que teríamos Zayn como vencedor, mas até para a continuidade da rivalidade foi bom Jericho ter vencido. Ao final, vimos Chris Jericho aplicar um codebreaker e vencer.

Espero que esta rivalidade tenha continuidade e acho importante para Zayn, quem sabe vencer o próximo combate, para equilibrar em uma vitória para cada em PPVs, para depois termos o embate final. Se bem que teremos que aguardar futuras ações de Jericho, uma vez que ele é parceiro do Universal Champion Kevin Owens.

Dana helps the retaining Raw Women's Champion leave ringside.
Na Triple Threat em que a Raw Women’s Champion Charlotte teve como adversárias Sasha Banks e Bayley, tivemos um excepcional combate, em que todas estiveram perto de vencer e claro que tivemos a interferência de Dana Brooke, que não permitiu que Charlotte fosse derrotada. No final, Charlotte aplicou um Big Boot em Bayley e assim reteve seu cinturão.

Sasha Banks, veio a confrontar a Women’s Champion Charlotte no Raw e depois a atacou, assim como a Dana Brooke, isso indica que teremos a continuidade da rivalidade entre elas. Para Bayley parece que ela estará afastada da rota do cinturão, até porque a tivemos a derrotar uma competidora local, isso é algo que me preocupa, pois assim era melhor ela simplesmente nem ter lutado no Raw.

Esta rivalidade parece estar começando a cansar, pois devido ao numero reduzido de lutadoras, faz com que tenhamos poucas rivalidades e assim tenhamos a repetição mais uma vez de um combate entre Charlotte e Sasha Banks. O problema aqui não é repetição dos combates, mas sim a forma como ele acaba, pois temo que Charlotte defenda o cinturão mais uma vez com a ajuda de Dana Brooke e nada de novo aparece.


No combate em que tivemos a única mudança de cinturão da noite, Roman Reigns venceu United States Champion Rusev. Eles nos proporcionaram um excepcional combate e claro que tivemos Lana a interferir, chegando inclusive a puxar o árbitro para fora do ringue, para não permitir a contagem. Depois Rusev pareceu estar muito próximo de vencer ao aplicar o accolade, mas Reigns se salvou. No final, após um spear, Reigns venceu tornando-se assim o novo United States Champion.

The match ends in a double count-out. Reigns spears Rusev to end a post-match chair assault.

No Raw, tivemos a revanche do combate, onde não tivemos vencedor e foi declarado um double count-out. Assim o United States Champion Roman Reigns continua como campeão e Rusev não perdeu o combate, o que pode indicar que teremos a continuidade da rivalidade. Depois Rusev acertou uma cadeirada em Reigns e quando ia lhe atacar novamente foi surpreendido com um spear e ao final do segmento Reigns atacou Rusev com a cadeira.

Owens launches Rollins into the official.

No Main Event, tivemos o WWE Universal Champion Kevin Owens a enfrentar Seth Rollins. Tivemos um grande combate, e por muitas vezes Rollins esteve próximo a vencer, mas ou não tínhamos árbitro para fazer contagem, pois havia sido atingido, ou então por interferência de Chris Jericho. No final, Stephanie veio com um novo árbitro para o combate, Rollins se distraiu e Owens aplicou o Pop-Up Powerbomb e venceu o combate, continuando como Universal Champion.

No Raw tivemos Chris Jericho a ter o Highlight Reel com o Universal Champion Kevin Owens, claro que tivemos também a tentativa de interferência de Seth Rollins, mas que foi detido pelos seguranças. Depois Owens e Jericho acabaram lutando contra Enzo Amore e Big Cass e saíram como vencedores.

Tudo indica que a rivalidade entre o Universal Kevin Owens e Seth Rollins deverá ter continuidade. Desta vez não tivemos a interferência de Triple H, conforme esperava, mas tivemos Chris Jericho e Stephanie a ajudarem Owens e irem contra Rollins. A grande questão é se no próximo combate com o cinturão em jogo de saber quem será que deverá intervir contra Rollins.

Será que Chris Jericho continuará fiel a Owens ou pode ser que mais adiante ele possa traí-lo. Acho que isso só acontece se ele vier a ter uma oportunidade pelo cinturão. Pois não acredito em uma aliança entre Jericho e Rollins. Não descartaria mais adiante quem sabe um combate de duplas entre Zayn e Rollins vs. Jericho e Owens, mas acho que isso deve acontecer em um Raw e não ficar para um PPV.

Visão Brasileira #160 Já era de se esperar!

Agora vamos ao espaço para interagirmos:

– O que vocês acharam dos combates do PPV Clash of Champions?

– Qual o momento mais marcante do PPV??

– O que esperar do reinado do United States Champion Roman Reigns?

– O que esperar da união entre Cesaro e Sheamus?

– O Universal Champion Kevin Owens terá um novo desafiante? Ele continuará sendo protegido por Triple H e Stephanie McMahon?

Abraços a todos e até o próximo Visão Brasileira.

Sobre o Autor

- Autor da Coluna Visão Brasileira e da pesquisa dos combates em listas elaboradas pela WWE. Um grande fã da WWE, desde os anos 90. Geógrafo de formação, um riograndino, que vive em Porto Alegre.

6 Comentários

  1. ANDRÉ - há 2 meses

    Mais um bom artigo Mario
    – O que vocês acharam dos combates do PPV Clash of Champions?
    Resp: Muito bom, com otimas lutas.

    – Qual o momento mais marcante do PPV??
    Resp: Vou destacar a triple threat feminina, foi maravilhosa.

    – O que esperar do reinado do United States Champion Roman Reigns?
    Resp: Que dure ate a road to WM33, e que ele tenha um turn neste periodo.

    – O que esperar da união entre Cesaro e Sheamus?
    Resp: Que saia algo bem interessante, há potencial para isso, mas gostaria muito que tivesse um vencedor na feud entre eles, foi o destaque negativo do PPV, o resultado, porque a luta foi otima.

    – O Universal Champion Kevin Owens terá um novo desafiante? Ele continuará sendo protegido por Triple H e Stephanie McMahon?
    Resp: Seria bom se tivesse um novo desafiante mas acho que acabara sendo Rollins novamente. Acredito que continuara sendo protegido sim pela autority mas espero que seja por pouco tempo.

    • Obrigado André.

      Gostei bastante também do combate feminino. Sobre o reinado do Reigns, não sei se ele vai até o Road to Wrestlemania, só espero que não o envolvam na Royal Rumble Match.

  2. Anónimo - há 2 meses

    excelente artigo Mário. gostei muito

  3. 434 Days - há 2 meses

    Bom artigo Mário

    – O que vocês acharam dos combates do PPV Clash of Champions?
    No geral foram bons e o PPV apresentou uma qualidade decente no seu todo.

    – Qual o momento mais marcante do PPV??
    A conquista do título dos EUA para Roman Reigns. Preferia que o Rusev tivesse retido, mas acho que há uma boa possibilidade de Rusev poder ir para altos voos e o Roman estabelecer-se bem como midcard de grande qualidade.

    – O que esperar do reinado do United States Champion Roman Reigns?
    Um bom reinado em que ele tenha bons combates e que o público continue na sua teimosia de não gostar dele.

    – O que esperar da união entre Cesaro e Sheamus?
    Sinceramente, estou expectante. Veremos se esta dupla convence, mas por enquanto acho que é preciso tempo para ver se esta aposta vai valer a pena.

    – O Universal Champion Kevin Owens terá um novo desafiante? Ele continuará sendo protegido por Triple H e Stephanie McMahon?
    Rollins deverá ter mais um ou dois combates pelo título e depois penso que o Owens poderá ter novo adversário. As minhas apostas vão para Sami Zayn ou então o mais provável Chris Jericho.

    • Obrigado 434 Days.

      A vitoria do Reigns pode ser que ela seja benéfica a todos. Tomara mesmo que mais adiante o Rusev possa ter destaque, mas acho improvável.

      Sobre um futuro desafiante a Owens, também acho que após o Rollins pode ser que tenhamos o Jericho, seria interessante.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador