Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Visão Brasileira #5 – “Rowdy” Roddy Piper

Pessoal esta semana escrevo mais uma crônica, a quinta nesta bela caminha na PTW, desta vez minha crônica será ao WWE Hall of Famer e convidado especial da última RAW “Rowdy” Roddy Piper. Seu nome é  Roderick George Toombs, nascido em Saskatoon, no Canadá no dia 17 de abril de 1954. Embora ele seja canadense, devido à sua herança escocesa, o lutador foi anunciado como vindo de Glasgow, na Escócia e tinha como marca registrada seu kilt e uma música típica da Escócia de entrada ao som da gaita de fole. O apelido de “Rowdy” suriu devido a sua maneira de agir, com muita raiva, espontaneidade e sagacidade,  apesar de tudo isso sempre foi um dos superstars mais favoritos do público, mesmo sendo vilão, também foi chamado de “Hot Rod “.

Piper começou na WWF, no final de 1983 e começou como gerente num primeiro momento, devido às lesões que sofreu durante uma lutancom Greg Valentine, mas logo retornou ao wrestling em tempo integral. Piper entrou como manager para “Mr. Wonderful” Paul Orndorff, e logo começou a lutar com Orndorff também. Mais tarde naquele ano, ele ganhou seu próprio segmento de entrevista chamada e seu grande succeso o Piper’s Pit, onde ele conversou com outras estrelas e que muitas vezes acabou em uma briga entre Piper e seu convidado. Era através deste segmento o  The Piper’s Pit que se criavam as feuds entre Piper e outros lutadores.  Era um programa totalmente improvisado que  agradava a muitos de seus fãs que queriam ver o Pit em pessoa. Em seus primeiros programas Piper teve como seu convidado Valentine, que também chegou à WWF. Em uma ocorrência rara para a programação da WWF na época, os dois fizeram referência à sua história na organização rival da época e ambos concordaram que não tinham respeito mútuo um pelo outro.

Em outro segmento do Piper’s Pit, Piper entrevistou Jimmy Snuka. Piper começou a insultar a Polinésia, trazendo para abacaxis, bananas, com um coco em cima da mesa,dizendo que era para Snuka se  “sentir em casa”. Snuka se ofendeu com isso e Piper atacou-o, esmagando-lhe na cabeça um coco e enfiando uma banana na cara dele. Este incidente levou a uma rivalidade entre os dois. Piper também insultou Bruno Sammartino, durante um Piper’s Pit, que levou a uma rivalidade entre os dois, terminando Steel Cage em que Piper perdeu.

Outra disputa, desta vez entre Piper e Hulk Hogan explodiu pouco depois e se tornou o que era na época a disputa de mais destaque na história do wrestling, graças ao envolvimento da cantora Cyndi Lauper, onde Piper atacou Captain Lou Albano, com Hogan em busca de vingança, como resultado.  Em 1985 Hogan e Piper,lutaram, e Hogan tinha como managers Albano, Lauper, e Mr. T. Após esta luta a grande rivalidade culminou no combate que veio a ser o Main Event do Primeiro Wrestlemania, em que Piper e Paul Orndorff lutaram contra Hogan e Mr. T. Na luta Orndorff foi derrotado por Hogan, quando o manager de Piper, o  “Cowboy” Bob Orton, interferiu e atingiu Orndorff por engano, ao invés de Hogan com seu braço engessado.

Marcado pelas controvérsias, Piper disse que ele tinha que manter Mr. T ocupado, pois o mesmo não tinha qualidades para o wrestling. O que culminou em uma luta entre Piper e Mr. T, em uma luta de boxe na Wrestlemania 2 em 1986. Piper perdeu o combate por desqualificação.

Um dos mais memoráveis ​​”Piper’s Pit” foi com a presença de Hulk Hogan, pois Piper queria presenteá-lo com um troféu por ser o campeão da WWF por 3 anos. Logo após a apresentação de Hogan com o troféu,o outro convidado, André the Giant, se limitou a dizer que ” Três anos para ser campeão do mundo …. é muito tempo” . Depois de dizer isso, André passou a apertar a mão de Hogan, fazendo Hogan a estremecer de dor. Na semana seguinte, Hogan tentou retribuir o favor, apresentando André com um troféu por ser invicto por 15 anos, e inconscientemente assumiu a entrevista. Embora a tentativa tenha sido sincera, André não pôde deixar de notar que o troféu era visivelmente menor do que o Hogan recebeu uma semana antes, e ficou irritado quando Hogan se tornou o ponto central das atenções novamente. Como Hogan estava tentando parabenizar André, ele  invadiu abruptamente o Pit.

Na semana seguinte, Piper tentou contornar a situação e chamou Jesse “The Body” Ventura que interrompeu o segmento de Piper dizendo que algo estava errado na relação Hogan/Andre e que ele precisava ter Hogan na próxima semana, Piper trouxe Hogan na semana seguinte, Hogan ficou chocado ao ver que André apareceu com seu rival de longa data, Bobby “The Brain” Heenan, ao seu lado. Hogan pediu a André para explicar por que ele estava com Heenan e André simplesmente respondeu: “Estou aqui por uma razão, para desafiá-lo para uma luta no Wrestlemania”. Piper,voltou a trazer Hogan para que ele respondesse  ao desafio de André. Hogan demorava a responder, quando Piper lhe perguntou se era “Sim ou não, você vai enfrentar André, The Giant  pelo  WWF Championship  na Wrestlemania? Hogan fez uma pequena  pausa para responder com um ensurdecedor SIM.

Depois Piper começava uma rivalidade com Adrian Adonis. Piper passou semanas falando sobre Adonis, onde trocava insultos, o que levou a um confronto entre os dois, que terminou com Piper sendo agredido e humilhado por Adonis, Bob Orton e Don Muraco. O trio deixou Piper com o rosto coberto de batom vermelho deitado no meio dos restos do Piper’s Pit, que havia sido destruído. Em resposta, Piper invadiu o segmento de Adonis e destruiu com um taco de beisebol. Isto levou à Hair vs Hair jogo no Wrestlemania III, que foi anunciado como a luta de aposentadoria de Piper. Piper venceu a luta com o auxílio de Brutus “The Barber” Beefcake, que tinha sido cortado por Adonis pouco antes da luta.

Após algum tempo Piper retorna a WWE, no Wrestlemania V. Depois disso voltou a lutar após sua interferência na defesa de Rick Rude pelo Título Intercontinental contra o Ultimate Warrior no SummerSlam em 1989, custando  a Rude a perda do Título. Rude jurou vingança e esta rivalidadeterminou quando Piper derrotou Rude. Depois Piper também lutou contra Bad News Brown no WrestleMania VI, em 1990.

Em 1991, ele apoiou Virgil na rivalidade com “The Million Dollar Man” Ted DiBiase e esteve presente em suas lutas no WrestleMania VII e no SummerSlam. Ele também rivalizou com Ric Flair e no Royal Rumble 1992 derrotou Mountie para ter sua primeira e única Intercontinental Championship. Ele perdeu o título para Bret Hart na Wrestlemania VIII.

Piper reapareceu  em 1994 na Wrestlemania X como árbitro convidado para a luta pelo WWF Championship entre Bret Hart e Yokozuna. Durante a luta, Jerry “The King” Lawler comentou que odiava Piper e continuou a insultar Piper em seu segmento de King’s Court em Monday Night Raw, o que acabou culminando com Lawler trazendo um adolescente magro em um T Piper-shirt e kilt e forçando ele a beija seus pés. Enfurecido, Piper decidiu lutar Lawler no King of the Ring, onde Piper saiu vitorioso.

Piper depois retornou em 1995 na WrestleMania XI, novamente como árbitro, para a luta entre Hart e Bob Backlund. Em 1996, Piper foi nomeado como Presidente Interino da WWF. Como presidente, Piper tinha se tornado objeto de afeto para Goldust. Enfurecido, Piper afirmou que faria “um homem” fora de Goldust na Wrestlemania XII, numa “Hollywood Backlot Brawl”.

De 1996 a 2000 Piper foi para a WCW. Retornado a WWE em 2003, no WrestleMania XIX em Seattle, Washington, Piper correu durante a luta entre  Hulk Hogan e Vince McMahon, atacando Hogan com um tubo de aço. Ele trouxe de volta Piper’s Pit em 10 de abril na edição do SmackDown, onde quebrou um coco na cabeça de Rikishi. No Backlash desse mês, Rikishi devolveu o favor a Piper. Ao mesmo tempo em Raw, Chris Jericho começou o Highlight Reel-show parecido com o “Piper’s Pit”. O que culminou em uma rivalidade que iniciou no Judgment Day. Depois Piper foi para a TNA.

Em 21 de fevereiro de 2005, foi anunciado que Piper iria ser introduzido no Hall of Fame da WWE, foi indicado pelo “Nature Boy” Ric Flair. Piper realizou uma edição do Piper’s Pit na Wrestlemania XXI, onde ele entrevistou Stone Cold Steve Austin. A entrevista foi interrompida por Carlito, que foi prontamente espancado por Piper e Austin. Depois em 11 julho de 2005 na Raw, Piper voltou para apresentar o Piper’s Pit tendo como convidado, Shawn Michaels, e na Raw de 3 de outubro de 2005 ele organizou uma Piper’s Pit e seu convidado era Mick Foley, onde mais tarde, Randy Orton e “Cowboy” Bob Orton apareceu e atacou tanto Foley e Piper. Este acontecimento provocou uma feud entre a Piper e os Ortons. Na próxima SmackDown após o regresso, Piper enfrentou os Ortons em uma handicap match. Piper venceu com um roll-up em Bob Orton, após uma distração de The Undertaker. Em 28 de outubro, Piper fez equipa com Batista e Eddie Guerrero para enfrentar Randy Orton, Bob Orton e Mr. Kennedy. Piper venceu novamente. A feud entre Piper e os Ortons chegou ao fim no 4 de novembro de 2005 na SmackDown com uma vitória por DQ sobre Bob Orton.

Piper voltou para a RAW em 11 de setembro de 2006 para uma luta six tag team vencendo com os Highlanders contra os Spirit Squad. Em 5 de novembro, Piper ganhou o World Tag Team Championship com Ric Flaircontra os Spirit Squad no Cyber ​​Sunday, depois de ter sido escolhido para ser o parceiro de Flair pelos fãs no WWE.com. Em 13 novembro de 2006 na edição da Raw, Piper e Flair perderam o título para Rated-RKO.

Retornou a Raw em 12 de fevereiro de 2007, para anunciar Dusty Rhodes para o Hall of Fame da WWE. Em 11 junho de 2007. Ma gostei muito quando em 2008, participou do Royal Rumble, juntamente com “Superfly” Jimmy Snuka. Ambos os homens foram eliminados por Kane, mas levaram a galera ao delírio.

Em 16 de fevereiro de 2009 Piper voltou para a RAW para enfrentar Chris Jericho depois de Jericho continuou a agir desrespeitosamente em direção ao Hall of Fame. Após o segmento, Jericho atacou Piper.Um mês depois, no dia 16 de marco a edição da Raw, Piper iria se vingar quando ele, juntamente com Ric Flair, Jimmy Snuka e Ricky Steamboat, e atacou Jericho.
Pela primeira vez em vários anos, Piper lutou na WrestleMania XXV, juntamente com Snuka e Steamboat com Flair no seu canto para ir contra Jericho em um handicap match. Jericho ganhou a partida, Piper foi o segundo dos três a ser eliminado.

Após algumas aparições e suspeitas de que Piper fosse o misterioso General manager da RAW, em 15 novembro de 2010, Piper rapidamente virou face durante um retorno do Piper’s Pit dizendo John Cena para fazer a coisa certa lutar pelo WWE Championship no Survivor Series contra Wade Barrett e Randy Orton. Depois apareceu em segmento na WrestleMania XXVII onde ele bateu Zack Ryder na parte de trás da cabeça com um coco, lembrando do que ele fez com Jimmy Snuka.

E para alegria de todos nós Piper voltouno All Star Night, na Raw da última segunda, comandada por Stone Cold Steve Austin, com o Piper’s Pit, mais uma vez. Juntamente com The Miz e Alex Riley. Tendo como resultado a luta e a vitórta sobre The Miz, tendo como árbitro especial Alex Riley, o adversário de The Miz no Capitol Punishment. É interessante salientar que Piper nunca um Campeão Mundial e nem WWE Champion, mas é uma grande estrela de todos os tempos.

Espero que gostem e abraços a todos. Até a semana que vem!

Sobre o Autor

- Autor da Coluna Visão Brasileira e da pesquisa dos combates em listas elaboradas pela WWE. Um grande fã da WWE, desde os anos 90. Geógrafo de formação, um riograndino, que vive em Porto Alegre.

4 Comentários

  1. Tiago Silva - há 5 anos

    Eu gostei do texto.

    O Piper’s Pit é sem d+uvida controverso, dele sairam grandes feuds no passado e actualmente tem servido para apimentar as feuds da actualidade. Bom no ringue excelente no micro, só pecaram contra ele por nunca ter sido campeão mundial. Sem dúvida que merece o título de Lenda.

  2. Acho que este artigo veio mesmo a calhar!

    Parabéns Mário, tens feito um bom trabalho aqui no PTW!

  3. Mario Magalhaes - há 5 anos

    Sempre é bom escrever sobre os grandes lutadores. Piper fez uma excelente participação na RAW, juntamente com Stone Cold.

  4. Rocha - há 5 anos

    1 dos melhores heels de sempre.
    a face, 1 das minhas melhores lembranças foi qd ele, num segmento com gorilla moonsoon e bobby heenan, se virou contra este último

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador