Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Visão Brasileira #54 – Melhor Final?

Pessoal, neste último final de semana, tivemos o PPV Over The Limit, que nesta edição de 2012 superou as edições anteriores, com grandes combates. Em relação aos seus resultados em sua grande maioria me agradou muito apesar destes resultados serem bem previsíveis. Nesta crônica pós-PPV, relatarei sobre os momentos do PPV e sobre minha opinião sobre a decisão da WWE no main event, o que me desagradou muito. Portanto na crônica desta semana, tratarei de minhas opiniões sobre o PPV Over The Limit.

Conforme estava pré-agendado, o combate a ocorrer antes do PPV, foi entre Kane e Zack Ryder. Este combate na minha opinião merecia estar no card, mas são decisões da WWE. Era uma rivalidade que já existia a um bom tempo e espero que tenha chegado ao seu final neste evento. Como todos já esperavam, em um bom combate, tivemos uma vitória limpa de Kane, que assim afirma seu personagem.

Para os rumos deste dois lutadores, gostaria que Zack Ryder recuperasse o United States Championship, mas para isso penso que ainda teremos que aguardar um novo United States Champion, para depois Ryder tenha a oportunidade de lutar por este cinturão. Sobre Kane, não sei contra quem será sua próxima rivalidade, ele poderia quem sabe enfrentar Christian pelo Intercontinental Championship.

Após a luta quando todos aguardavam pelo início do evento, foi marcado uma 20-Man Battle Royal, onde o vencedor teria o direito de desafiar ou o Intercontinental Champion Cody Rhodes ou o United States Champion Santino Marella. Haviam vários bons lutadores no ringue, mas com o retorno de Christian e como face, deixou-me com grandes expectativas de que ele poderia ser o vencedor, e não estava enganado.Ao final do combate, os três últimos no ringue foram The Miz, David Otunga e Christian, e mesmo assim em um 2 contra 1, Christian venceu após eliminar Otunga e depois The Miz. Teríamos que aguardar a decisão de Christian durante o PPV, para saber qual seria seu oponente.

Após os fogos e aí com o início oficial do PPV, tivemos o primeiro combate com título em jogo, onde o WWE Tag Team Champions R-Truth e Kofi Kingston, enfrentaram a Jack Swagger e Dolph Ziggler. Em um combate com muitas reviravoltas, tendo ambas as duplas a oportunidade de vencerem o combate, este terminou com vitória dos campeões, após Kofi aplicar um Trouble in Paradise em Ziggler.

Sobre os caminhos futuros deste lutadores, espero que Truth e Kofi, continuem como campeões, mas algo me diz que mais adiante eles perdem os títulos para Primo e Epico, que ainda tem a oportunidade da revanche. Acho que para o próximo PPV, penso que os campeões deveriam colocar seu título em jogo em um combate com 4 duplas. Algo como Truth e Kofi vs Epico e Primo vs Darren Young e Titus O’Neil vs Ziggler e Swagger. Sobre Ziggler eu gostaria muito que ele abandonasse Swagger e Vickie Guerrero pois penso que ele é um lutador importante e a WWE esta a desperdiçar seu talento ao lado destes dois.

O combate que tivemos em seguimento foi a disputa do título das divas, onde a Divas Champion Layla enfrentou Beth Phoenix. Para este combate tinha muitas dúvidas sobre seu resultado, e gostaria que Layla vencesse de forma limpa e foi o que ocorreu. Durante o combate, Beth Phoenix concentrou vários ataques na perna de Layla, algo que parecia que teríamos uma nova campeã. No entanto, ao final da luta após um neckbreaker a campeão conseguiu reter seu título com sucesso.

Agora esta rivalidade deverá perdurar até o retorno de Kharma, que já esta começando a me chatear esta questão dela não retornar nunca, pois a divisão de divas da WWE agora esta resumida a Layla, Beth Phoenix e Kelly Kelly. Uma vez que Eve é assistente da Laurinaitis a a WWE não da oprtunidade a Natalya, que para mim é uma grande injustiçada. Para o PPV No Way Out deveremos ter mais uma vez este combate, porém deverá ter um resultado diferente, com Beth recuperando o cinturão.

Em um dos combates mais esperado da noite, chegamos a Fatal 4-Way pelo World Haevyweight Championsip, onde o campeão Sheamus tinha um grande desafio pela frente, contra Alberto Del Rio, Chris Jericho e Randy Orton. Onde em um combate em que qualquer que saísse como vencedor o título estarias em boas mãos. Durante o combate, os faces Sheamus e Orton enfrentaram-se, enquanto Del Rio e Jericho atuavam praticamente como uma dupla, até começarem a confrontar-se. Após várias finalizações de todos os lutadores, o combate teve seu final, quando Sheamus aplicou um White Noise em Jericho e reteve seu cinturão.

Fiquei bastante feliz com a vitória de Sheamus e agora teremos que aguardar para ver quem será o novo nº1 contender para o PPV No Way Out, deverá ser Alberto Del Rio, mas gostaria muito que fosse Cody Rhodes. Sobre Orton e Jericho, pelo que vimos na última Raw, deveremos ter uma grande rivalidade entre estas grandes estrelas, tem tudo para ser uma grande rivalidade. Em relação a Alberto Del Rio, penso que ele parece estar perdido no card, penso que ele deveria ter uma rivalidade com Christian pelo Intercontinental Championship.

Na sequência do PPV, como a WWE não podia deixar de fazer seu momento comédia, tivemos a entrada de The Miz, ele disse que era melhor dançarino que Brodus Clay, o resultado disso foi mais um combate entre estes lutadores, e como resultado final, Brodus Clay venceu The Miz após um running splash.

A WWE insiste nesta onda invicta de Clay, penso ainda que The Miz será o responsável por sua primeira derrota. The Miz segue a ser castigado pela WWE, ele poderia ter melhor sorte e já entrado na rota pelo United States Championship, onde gostaria muito de ver uma rivalidade entre The Miz e Zack Ryder. Para Clay queria que ele enfrentasse Lord Tensai em uma feud de peso.

Após tivemos a definição de Christian sobre qual campeão ele iria desafiar, e para surpresa de muitos Christian definiu que enfrentaria o Intercontinental Champion Cody Rhodes. Em um combate equilibrado, o resultado foi uma vitória de Christian após um Killswitch. Assim temos um novo Intercontinental Champion.

Espero que Christian tenha um reinado de pelo menos uns dois PPVs, pois depois do que fizeram com ele quando conquistou o World Heavyweight Champion e o perdeu em menos de uma semana, seria uma injustiça que ele perca o cinturão logo. Sobre Rhodes gostaria que entrasse na rota pelo World Heavyweight Championship para ser o novo desafiante de Sheamus, pois Rhodes já teve grande contribuição ao elevar novamente este cinturão e chegou a hora de rumar ao main event.

No combate mais esperado da noite, o WWE Champion CM Punk tinha como adversário Daniel Bryan. Em um combate muito técnico, com várias manobras de submissão, ao final do combate, após várias chances de vitórias para ambos, Bryan aplicou um Yes Lock em Punk, que estava prestes a desistir, mas conseguiu colocar Bryan de costas para o chão, assim o árbitro fez a contagem e Punk alcançou o pinfall, retendo seu cinturão, mas praticamente ao mesmo tempo da contagem de três, Punk havia desistido.

Sobre a sequência não sei se a WWE irá continuar com esta rivalidade, possivelmente sim, pois devido ao desfecho do combate, deveremos ter continuidade nesta rivalidade. É muito bom a WWE colocar dois grandes lutadores e que possuem grande apoio do público a combaterem, porém no PPV No Way Out, gostaria de uma vitória de Bryan, pois penso que chegou a hora de Punk perder o cinturão, para que ele não se torne um novo Super Cena.

Na sequência quando todos esperavam o main event, a WWE insistiu em firmar posição de um de seus novo lutadores tivemos que ver Ryback massacrar Camacho, ao contrário do que Lilian Garcia que havia anunciado Hunico. Insistem que ele fique vencendo lutadores sem expressão.

A WWE tem quatro lutadores novos que estão a motrar sua força, mas não possuem grandes desafios, Ryback não enfrenta ninguém expressivo, Tensai já enfrentou Cena e CM Punk e venceu os dois, mas não entra na disputa por títulos, sergue apenas as ordens de Laurinaitis. Brodus Clay é para momentos de comédia, agora tem vencido The Miz e Sandow precisa estrear em um combate regular logo.

Quando chegamos ao main event, estávamos com um PPV que estava de bom tamanho e com resultados previsíveis e que agradavam a maioria dos fãs da WWE. Para o combate entre John Cena e John Laurinaitis, todos esperavam pelo massacre de Cena, uma vez que não poderiam haver interferências de qualquer lutador da WWE. Porém com a demissão de Big Show, todos aguardavam sobre qual seria seu papel neste combate.

O combate em si começou como comédia, onde Cena usou o gongo do ringue, uma lata de lixo cheia e até um extintor de incêndio, humilhando Laurinaitis. Quando ao atacar Cena com um golpe baixo,Laurinaitis fugiu para os bastidores. Cena ficou no ringue aguardando, mas quem veio dos bastidores foi Big Show, trazendo Laurinaitis de volta ao ringue. Quando Cena ia aplicar o Attitude Adjustment para buscar a vitória, Show aplicou um KO Punch em Cena, permitindo assim que Laurinaitis alcançasse a vitória. Uma grande decepção da WWE. Precisava a WWE errar na medida, e realizar algo que estava bem previsível, que Show iria voltar pois era o único que poderia interferir no combate e que poderia salvar o cargo de Laurinaitis?

A grande maioria dos fãs da WWE, entre estes incluindo eu, não suporta Laurinaitis como General Manager, pois ele não tem carisma, não é aquele GM que nos dá raiva ou nos dá grande alegria é muito fraco em sua missão. A voz dele de cachorro velho, faz com que pareça que ele não tem força em suas ações. A WWE conseguiu estragar um PPV que estava perfeito. Agora teremos que aturar mais um combate de Cena em PPV sem título em jogo e desta vez contra Big Show.

Para encerrar gostaria de dizer que estou muito feliz de ter representado a PTW na Raw World Tour em São Paulo, para a próxima semana minha crônica será especial sobre o evento no Brasil, onde buscarei fazer a melhor cobertura possível. Desejo uma excelente semana a todos. Abraços.

Sobre o Autor

- Autor da Coluna Visão Brasileira e da pesquisa dos combates em listas elaboradas pela WWE. Um grande fã da WWE, desde os anos 90. Geógrafo de formação, um riograndino, que vive em Porto Alegre.

17 Comentários

  1. Allan - há 5 anos

    Eu não sei se alguém vai concordar, mas para mim o Christian voltou Hell, porém ele teve uma enorme ovação e todo o público ficou feliz em vê-lo (inclusive eu). Tanto que de primeira ele desafiou o Santino Marella e depois mudou sua decisão e desafiou o Cody Rhodes. Para mim a WWE mudou o plano em cima da hora por causa da reação da platéia!

    • Aldo - há 5 anos

      ele voltou como face mesmo,pq quando a parte face do roster entrou para ajudar cena e sheamus,ele veio com essa parte e não com os heels que estavam de lumberjack

      • Allan - há 5 anos

        Eu sei, eu me referi ao Over the Limit. EU acho que a WWE não imaginava que o Christian receberia tanta palmas, gritos e etc. Por isso que eu acho que a ideia original era ele voltar HELL e isso mudou durante o próprio Over The Limit.

  2. Dolph Ziggler - há 5 anos

    E mais uma vez o John Cena vai estar num main-event, desta vez no No Way Out contra o Big Show, começa-se a tornar um bocado, premitem-me a expressão, nojento.

    • danielLP21 - há 5 anos

      Expressão permitida,até porque é a verdade.
      Desde a Survivor Series que todos os PPV’s nos quais o Cena participa é ele quem está no Main-Event.Acho que isto nunca aconteceu antes.

      • Dolph Ziggler - há 5 anos

        E tanto um combate pelo titulo da WWE como um combate pelo titulo mundial já não deve estar num main-event á mais de 5 meses se não me engano!

      • danielLP21 - há 5 anos

        Sim o que não valoriza os títulos principais da empresa.

  3. Pedro Henrique Hilario - há 5 anos

    Pô , também acho que chegou a hora do Punk perder o título , gostaria de ver o Daniel Bryan como campeao da WWE

  4. danielLP21 - há 5 anos

    O Alberto Del Rio está longe de estar perdido no card visto que vai defrontar o Sheamus pelo Título Mundial.

    Não acho que o CM Punk vá ficar igual a um Super-Cena só por ter um grande reinado.Por mim ele só perde o Título da WWE para um dos vencedores do Money In The Bank.

    • Dolph Ziggler - há 5 anos

      Como a WWE esteve muito perto de dar o titulo da WWE ao Bryan já no Over The Limit, pode ser que decidam dar-lhe já no No Way Out.

      • Mario Magalhaes - há 5 anos

        Concordo que é chegada a hora de Punk ser derrotado, o que me preocupa é a participação de Kane no combate.

    • Mario Magalhaes - há 5 anos

      Daniel, quando digo que Del Rio esta perdido no card, é porque a WWE nunca se decide se ele irá rumo ao WHC ou ao WWE Champion e quando vence tem um reinado fraco e sem consistência.

  5. gabriel gustavo - há 5 anos

    Acho q bryan é fraco e se ele merece o titulo é só para um ppv e acho eu q tinha q ser um lutador fraco pois já ganhou o titulo peso-pesado contra mark henry e big show entao já está bom acho q ele deveria estar na rota do US champion ou intecontinental champion o ppv foi bom só nao gostei da vitória de lariunatis pq nao gosto do jeito q ele comanda as principais brands

  6. randy orton - há 5 anos

    que isso a wwe estragou um pvv que estava perfeito e agora espero que o big show volte a rivalidade com o mark henry e o mark henry acabar com ele

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador