Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Visão Brasileira #7 – Shawn Michaels

Pessoal esta semana escrevo minha sétima crónica e com muito orgulho escreverei sobre um dos lutadores dos quais mais admiro e que me fez ser um apaixonado pelo Wrestling, este homem é Shawn Michaels. Para mim ele e The Undertaker são os maiores ícones da WWE. Ele é considerado por muitos o mais talentoso lutador em um ring.

HBK, fez lutas e feuds históricas principalmente contra Bret “Hit Man” Hart, Ramon Razor e contra The Undertaker, estas lutas aliás fazem parte das maiores lutas de wrestling. Em 2010, foi eleito melhor lutador na história da WWE no polêmico DVD os Top 50 dos Superstars de todos os tempos.

Nascido no verão de 1965, Michaels primeiro começou lutando ao lado de seu parceiro Marty Jannetty como membro do The Rockers em meados dos anos 80. Entrou para a WWE em 1988. Embora eles nunca oficialmente realizou o World Tag Team Championships, os The Rockers tiveram rivalidades memoráveis contra a The Hart Foundation e The Brain Busters. Indiscutivelmente, Michaels & Jannetty poderiam ter se tornado uma das grandes duplas se tivessem optado por permanecerem como uma tag. Mas um superkick que HBK aplicou em Jannetty através do Brutus Beefcake Barber Shop que fez com que ele voasse pela janela, o que acabou com a dupla.

HBK depois disso começou a lutar sozinho, sempre demonstrou um grande talento, tinha um comportamento que era descontroladamente egocêntrico e adotou o apelido de “The Heartbreak Kid” e sempre olhava para si mesmo em um espelho antes de entrar no ringue. Mesmo com este perfil de arrogância, Shawn cativava o público da WWE, incluindo eu nesta turma. A grande capacidade de HBK não podia ser negada e em outubro de 92 ele ganhou seu primeiro Campeonato Intercontinental ao derrotar o British Bulldog. Este seria o primeiro título de muitos para Michaels, pois HBK venceu o WWE Championship, o Intercontinental
Campeonato,  o Campeonato Europeu e o Mundial de Tag Team Championship, entre muitos outros.

Sua primeira aparição foi no WrestleMania VIII, Michaels derrotou El Matador, mas em 1994, HBK começou atingiu um nível de popularidade dos mais excepcionais como atletas de wrestling. Michaels consolidou-se em 20 de março, quando Michaels lutou contra Razor Ramon em uma Ladder Match inesquecível na WrestleMania X, onde saiu derrotado. Esta para mim é uma das melhores lutas de todos os tempos. Apesar de esta não ser sua primeira luta na Wrestlemania, esta luta foi o início de uma série incrível de HBK em lutas no principal PPV da WWE. Nos anos seguintes, lutas contra Kurt Angle, Chris Jericho, Ric Flair e Undertaker iria fazer com que Michaels recebesse o apelido mais do que merecido de Mr. WrestleMania.

Após a Ladder Match, Michaels continuou a destacar-se vencendo em 1995 o Royal Rumble, mesmo tendo sido o 1 º lutador a entrar no ringue. No ano seguinte, novamente venceu o Royal Rumble e derrotou Bret Hart na Wrestlemania XXII em outra luta histórica essa é inesquecível, pois foi uma 60-Minute Iron Man Match onde pela primeira vez HBK venceu o WWE Championship. Historicamente o Campeões sempre eram lutadores fisicamente maiores como Hulk Hogan, Yokozuna e Diesel, Michaels abriu o caminho para Superstars como Chris Jericho e Rey Mysterio também pudessem alcançar status de main event.

Shawn Michaels havia atingido um status de lutador top da WWE, com isso HBK teve rivalidades com “Stone Cold” Steve Austin e Bret Hart , Hart aliás que acabou ocorrendo o triste episódio de 1997 o Montreal Screwjob, episódio do qual prefiro nem lembrar. Depois HBK, começou a formar uma das tags mais importantes da WWE, a D-Generation X. Um grupo impetuoso, controverso, que primeiro se consistiu em Michaels, Triple H, Rick Rude e Chyna, esta aliança se tornou famosa por suas promos, entrevistas e brincadeiras picantes que deixavam os censores televisão malucos. De muitas maneiras,  a DX ajudou a inaugurar a “Attitude Era” da WWE no final dos anos 90, mas Michaels, mas não viria a desfrutar muito deste período.

HBK teve uma interrupção em sua carreira, pois veio a sofrer uma lesão grave nas costas após uma Casket Match contra The Undertaker no Royal Rumble, em ’98, HBK perdeu o WWE Championship para Austin no WrestleMania XXIV e afastou-se dos ringues. Retornando apenas após quatro longos anos. Após recuperado fisicamente, The Showstopper imediatamente entrou em uma rivalidade com o seu ex-aliado Triple H e derrotou-o em uma Street Fight no SummerSlam de 2002.

Nos anos 2000, Michaels não apresentava nenhuma das imperfeições que costumam atormentar os lutadores em seus últimos anos de carreira. Em vez disso, HBK continuou realizar lutas em seu mais alto nível, como seu confronto épico contra John Cena na WrestleMania 23. e sua série de batalhas brutais contra Jericho em 2008.

No WrestleMania XXV em 2009, HBK teve não só um dos melhores lutas de sua vida, mas uma das melhores lutas da história da WWE e do Wrestling, em uma luta emocionante e em que vários momentos parecia que a vitória estava a seu favor e que ele conseguiria terminar com a invencibilidade de The Undertaker, Michaels acabou sendo derrotado em uma luta emocionante. Após esta luta HBK ficou alguns meses longe do ringue mas retornou em grande estilo vencendo a Legacy no Summerslam e tornando-se campeão do Unified Tag Team ao lado de seu grande amigo Triple H.

No ano seguinte, Michaels queria uma revanche contra The Deadman, mas Undertaker inicialmente relutava sobre esta luta, e estipulou que somente enfrentaria HBK, se este vencesse a Royal Rumble. Michaels ia fazendo uma boa luta, rumo a vitória para enfrentar Undertaker que era o World Heavyweight Champion no momento, mas acabou sendo eliminado por Batista. Seria o final desta feud, mas no Elimination Chamber, para surpresa de todos, HBK invadiu e acabou interferindo no combate ao acertar um “Sweet Chin Music” em Undertaker, custando-lhe o Título. Com isso ambos vieram a se enfrentar mais uma vez na Wrestlemania numa luta sensacional e que terminou com a carreira de Michaels na WrestleMania XXVI, onde a estipulação era a invencibilidade de The Undertaker contra a carreira de HBK. Ao final da luta pela primeira e única vez até hoje eu chorei em uma luta de wrestling, pois era a última vez em que veria a luta de um ícone de minha infância.

Na Raw do dia seguinte no dia 09 de abril, Shawn Michaels se despediu, para tristeza de todos nós. Em seu discurso HBK disse:

“Aos 23 anos, eu comecei a aparecer em casa de cada um de vocês toda semana. E a idéia de agora aos 44, não aparecer na sua Tv toda semana, vai ser, vai ser meio difícil me acostumar. Fico feliz em ver vocês me agradecerem, mas eu tenho que dizer que eu é que agradeço vocês, porque por um longo tempo, este ringue e vocês foi tudo o que eu tive na vida, entrava noite e saia noite. Pessoal vocês eram os únicos no mundo que faziam eu me sentir eu mesmo. Eu passei a maior parte de minha vida adulta, com cada um de vocês, mais do que passei com minha própria família e eu não me arrependo. Eu agradeço demais por me darem a honra e o privilégio de vir aqui e poder me mostrar para vocês todas as noites da minha vida. E para Rebecca, Cheyenne e Cameron, meus amores, papai esta indo para casa. Foi assim que começou e é assim que vai acabar, senhoras e senhores, The Heartbreak Kid, Shawn Michaels, deixa o recinto.”

Títulos de Shawn Michaels na WWE
3 – WWE Champion
1- World Heavyweight Champion
3 – Intercontinental Champion
1 – European Champion
5 – World Tag Team Champion
1- WWE Tag Team Champion
2 – Royal Rumble winner (1995 e 1996)

Em 2 de abril de 2011, a World Wrestling Entertainment tornou HBK induziu-o ao WWE Hall of Fame, foi introduzido por seu melhor amigo, Triple H. Após sua única aparição ocorreu na Raw do dia 10 de Janeiro onde aplicou um Sweet Chin Music em Alberto Del Rio e sua segunda aparição foi na Raw Roulette, onde será o responsável pelo sorteio das lutas!

Sobre o Autor

- Autor da Coluna Visão Brasileira e da pesquisa dos combates em listas elaboradas pela WWE. Um grande fã da WWE, desde os anos 90. Geógrafo de formação, um riograndino, que vive em Porto Alegre.

12 Comentários

  1. Tiago Silva - há 5 anos

    Bom texto!

    Um dos melhores de todos os tempos sem dúvidas, combates, feuds e promos que marcam muito e juntamente com Triple H formaram o par da grande parodia da WWE.

    Foi pena ele ter acabado a carreira como lutador mas fica para história tudo que ele fez no ramo e o combate contra Undertaker na Wrestlemania 25 foi fenomenal o melhor que já vi.

  2. ElPico - há 5 anos

    para o próximo mês faz anos, dia 22 para ser mais preciso =)

    eu tbXD

  3. special one - há 5 anos

    como é que o considerado o melhor de sempre na wwe so tem 4 titulos mundiais?? cena, tripleHHH, Orton… cada um destes n luta nem metade k hbk mas qtos titulos ja teem??

    bom texto

    • JPUrameshi - há 5 anos

      Nosso deus “special one”… Não vamos nem considerar esse comentário… Nenhum deles consegue entreter uma plateia por 60 minutos numa luta… apenas OS DOIS MAIORES DA HISTÓRIA DO WRESTLING. E o Shawn É um deles.

    • wwe fan - há 5 anos

      os titulos nao é tudo…

    • Tiago Silva - há 5 anos

      Infelizmente o curriculo em títulos não representa o que Shawn Michaels vale.

      Se os títulos correspondem-se ao lutador ele teria o dobro desse títulos

  4. Anónimo - há 5 anos

    Faço de suas palavras minha palavras, quando comei a acompanhar a luta livre na extinta tv Manchete, de cara ja tive o HBK como idolo + derrepente o progrma saiu do ar e como naquele tempo a internet ñ era como e hoje ñ dava para acompanhar e derrepente um dia por acaso a uns 5 anos atraz vi uma propaganda do progama ECW no canal FX e fui pesquisar na internet e pra minha surpresa o Shawn Michaels ainda lutava e desde então eu acompanho a WWE por varios sites até a chegada do ptwrestling q hoje e o sita q eu + vejo, pois no dia seguinte do programa os vídeos já estão no ar, depois da aposentadoria do HBK eu perdi um pouco o ritmo + continuo prestigiando a WWE

  5. Mario Magalhaes - há 5 anos

    Um grande lutador não se mede apenas por Títulos, mas sim pela qualidade de suas lutas, poucos fizeram grandes lutas como HBK, por isso ele é para mim um dos melhores de sempre.

  6. Jorge Pedro - há 5 anos

    Caro Mario,
    Suas referência de Wrestlemanias estão erradas:
    – Steve Austin derrotou HBK no Wrestlemania XIV, não no XXIV
    – HBK derrotou Bret Hart no Wrestlemania XII, não no XXII.

    Valeu.

    • Mario Magalhaes - há 5 anos

      João deve ter sido apenas erro de digitação mesmo, pois obviamente os números corretos são os quais você se refere, até porque se você perceber está escrita cronologicamente a carreira e não teria como a Wrestelmania XXIV ter ocorrido nos anos 90

  7. M.F - há 5 anos

    ótima visão sua Mario,HBK é uma lenda também chorei quando vi Undertaker vencendo o The Icon na Streak vs Carreer Match.Como vc disse em um comentário “Um grande lutador não se mede apenas por Títulos, mas sim pela qualidade de suas lutas” Parabénz cada vez melhor a “Visão Brasileira”

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador