Visão Brasileira #74 – Ressurgimento

Pessoal nesta semana começamos o mês de outubro, e no último domingo deste mês, teremos o PPV Hell in a Cell. Como ainda nos restam quatro semanas até o evento, resolvi que neste Visão Brasileira, abordar a atual situação do ressurgimento da Divisão de Duplas (Tags) na WWE, com a chegada de Daniel Bryan e kane, como os novos campeões e a definição do Torneio de Duplas, que definirá quem serão os desafiantes aos Tag Team Champions Daniel Bryan e Kane, a grande tag denominada Hell No. Onde desta forma a WWE consegue resgatar e valorizar a divisão de duplas.

Kane e Daniel Bryan venceram os cinturões no PPV Night of Champions, ao derrotarem Kofi Kingston e R-Truth. Bryan e Kane venceram após Bryan empurrar Kane da terceira corda, fazendo ele cair em cima de Kingston e assim alcançar a vitoria e tornarem-se os novos campeões. Dr. Shelby é um atrativo mais a nesta dupla, que tem seus momentos de equipe e seus momentos de loucura, a WWE acertou em juntar a força de Kane, com o carisma de Bryan, pois ambos estavam fora da rota pelos principais títulos da WWE e assim podemos ver o ressurgimento da divisão de Tags.

A Hell No, fez sua primeira defesa, contra os ex-campeões, na Raw seguinte ao PPV e o defenderam com sucesso. Na Smackdown seguinte após o grande segmento com Edge, Kane acabou enfrentando Damien Sandow e sendo derrotado, após distração de Bryan. Depois foi Kane que interferiu com sua entrada no combate entre Bryan e Cody Rhodes.

Na mesma noite Daniel Bryan e Kane enfrentaram Cody Rhodes e Damien Sandow em uma Lumberjack Match, onde estiveram presentes, The Usos, The Prime Time Players e Justin Gabriel e Tyson Kidd. durante o combate, Rhodes atinge Kane com uma cadeira, acabando em desqualificação. Após Bryan tira a cadeira de Rhodes e entrega-a a Kane. Assim eles trabalham como equipe pela primeira vez, esquecendo seus momentos de loucura.

Após na Smackdown de 28 de setembro, o General Manager Booker T, determinou que para o PPV Hell in a Cell, teremos a definição dos novos desafiantes, através de um torneio, onde teremos a presença de oito duplas. Sendo que destas duplas, de um lado da tabela, temos a nova tag Rhodes Scholars, formada por Cody Rhodes e Damien Sandow, além de contarmos com a participação de The Usos, Santino Marella e Zack Ryder, Tyson Kidd e Justin Gabriel. Do outro lado, temos Kofi Kingston e R-Truth, além dos Time Prime Players, Primo e Epico e Rey Mysterio e Sin Cara.

Destas duplas, eu gosto de praticamente todas, sobre The Usos, Justin Gabriel e Tyson Kidd e Primo e Epico, ambas tem grande potencial, mas como não conseguiram destaque, nem quando a divisão estava enfraquecida, não será agora que vão receber destaque. A dupla Marella e Ryder é uma dupla apenas de ocasião, acho que Ryder merecia um parceiro melhor para formar uma tag. The Prime Time Players é uma dupla que não me agrada, pois com a saída de AW, eles que já não eram grande coisa, tornaram-se algo ainda menor.

Existem três duplas que vejo como duplas potenciais a vencerem o torneio são Kofi Kingston e R-Truth, apenas por serem os últimos campeões, mas gostaria que eles se separassem e retornassem a disputa dos títulos intermediários da WWE, como United States Championship e Intercontinental Championship. Rey Mysterio e Sin Cara, é outra dupla que vejo que pode nos proporcionar grandes combates e a WWE acertou em cheio em unir estes lutadores, pois Sin Cara necessita de um aprendizado  e nada melhor que colocá-lo ao lado de Rey Mysterio, que também não encontra-se mais em grande forma, mas ainda pode realizar grandes combates.

Porém a minhas fichas vão para a nova dupla formada por ocasião, mas que tem tudo para ser uma grande tag, a Rhodes Scholars, formada por Cody Rhodes e Damien Sandow. Pois Rhodes após perder o Intercontinental Championship, necessitava de novos rumos neste ano. Eu assim como muitos pensávamos que Rhodes seria um potencial adversário a Sheamus pelo World Heavyweight Championship. Sobre Sandow, nada melhor que ele inicie sua carreira na WWE, lutando pelo título de duplas, para mais adiante, começar a sua rota, inicialmente aos títulos intermediários e mais adiante aos títulos principais.

Até o presente momento já tivemos dois combates, onde o primeiro veio a ocorrer no Smackdown e tivemos a vitória da Rhodes Scholars (Cody Rhodes & Damien Sandow) sobre Jimmy e Jey Uso, algo bastante previsível e na última Raw, tivemos a vitória de Rey Mysterio e Sin Cara, sobre Primo e Epico, algo também já esperado. Sinceramente eu se fosse a WWE, teria organizado um diferente emparceiramento nestes combates.

No novo evento semanal da WWE, The Main Event, tivemos a vitória de Santino Marella e Zack Ryder contra Justin Gabriel e Tyson Kidd, este era um combate que não gostaria que tivesse sido marcado,pois gostaria que vencessem Gabriel e Kidd, mas a vitória sorriu a Santino Marella e Zack Ryder. No Smackdown, através dos spoilers, vimos que Kofi Kingston e R-Truth foram derrotados pelos Prime Time Players, algo que já temia, pois eles a algumas semanas vem recebendo algum destaque, mas de todas é a única dupla que não me agrada.

Para as semi-finais do torneio portanto teremos Rhodes Scholars vs Zack Ryder e Santino Marella e Prime Time Players vs Rey Mysterio e Sin Cara, minha torcida é para que tenhamos uma final entre Rhodes Scholars vs Sin Cara e Rey Mysterio, onde qualquer que seja a dupla vencedora, irá nos proporcionar um grande combate no PPV Hell in a Cell, contra os WWE Tag Team Champions Kane e Daniel Bryan.

Falando em grandes combates de duplas, quem sabe assim a Divisão de Duplas da WWE não retorna a seus tempos áureos, onde tínhamos diversas duplas de alto nível, como Dudley Boyz, Edge e Christian e os Hardy Boyz, com combates espetaculares, como a primeira TLC no SummerSlam 2000. Além é claro de duplas históricas, como a DX, Rated RKO e a Brothers of Destruction e até mesmo as duplas formadas por Jericho e Big Show e The Miz e Big Show, entre tantas outras. Pois a divisão de duplas é de suma importância para a WWE, pois assim podem se valorizar e ganhar mais experiência, além  de que assim um numero maior de lutadores pode fazer parte do card e não ficam esquecidos no ostracismo. Para os mais jovens disponibilizo o link deste grande combate.

Link do Combate: http://youtu.be/S3mH33FG0XM

Peguemos como exemplo Bryan e Kane, se estes não tivessem se tornado dupla, o que estariam a fazer no card da WWE? Assim como Rhodes, pois se ele não estivesse como dupla, o que estaria a fazer no card? A divisão de duplas é uma grande oportunidade para os lutadores mostrarem suas habilidades como equipe e para que o público possa ter a oportunidade de conhecer novos valores. As entradas destes lutadores na divisão de duplas, fazem com que esta divisão, que andava um pouco esquecida, volta-se assim a ter pelo menos por enquanto, dias melhores.

Pois Temos na história da WWE, uma série de grandes duplas, que inclusive foram citadas em um artigo no site da WWE, onde desta lista de 50 duplas, eu destacaria, além das que já citei anteriormente neste artigo, a The Mega Powers, formada por Randy Savage e Hulk Hogan, Colossal Connection, formada por Haku e Andre The Giant, The Rock ‘N’ Sock Connection, com Mankind e The Rock, Los Guerreros, com Eddie e Chavo,  Kane e X-Pac, The Rockers, com Marty Jannetty e Shawn Michaels, Legion of Doom, com Hawk e Animal, a The New Age Outlaws, com Road Dogg e Billy Gunn, a Demolition, com Ax e Smash e a The Hart Foundation, com Bret Hart e Jim Neidhart, que ficou como a segunda maior dupla da história da WWE, pois a primeira dupla desta lista eu já a citei neste artigo e foi Edge e Christian.

Portanto penso que a WWE não pode vir não lembrar de sua história e deve sim voltar a valorizar a divisão de duplas, que andava tão esquecida, penso que Daniel Bryan e Kane, Rhodes e Sandow, além de Sin Cara e Rey Mysterio são duplas que podem elevar novamente este divisão, para um patamar que ela nunca deveria ter deixado de estar. Assim finalizo este Visão Brasileira, desejando uma grande semana a todos e até a próxima.

Sobre o Autor

- Autor da Coluna Visão Brasileira e da pesquisa dos combates em listas elaboradas pela WWE. Um grande fã da WWE, desde os anos 90. Geógrafo de formação, um riograndino, que vive em Porto Alegre.

7 Comentários

  1. RuiFerreira222 - há 4 anos

    A WWE voltou a estragar tudo…
    Porque é que a WWE foi criar uma equipa entre Ryder e Marella ??
    E o pior foi eles ganharem aos Air Force! Kidd e Gabriel são ótimos no ringue e já provaram que conseguem entusiasmar qualquer plateia!
    Não tanto como Ryder e Marella, claro…
    Muito bom artigo Mário, um dos melhores que já li teus e um dos melhores que já li no PTWRESTLING!

    • danielLP21 - há 4 anos

      Estragou tudo? Não concordo…

      Não te preocupes porque a equipa de Ryder e Santino foi só para preencher número,eles perdem já a seguir com os Rhodes Scholars…

      Claro que deviam ter sido Tyson Kidd e Justin Gabriel a ganhar,mas não é por isso que fica tudo estragado.

      • RuiFerreira222 - há 4 anos

        O meu “voltou a estragar tudo” não é sobre o torneio em si, mas sobre uma equipa que trabalha bem e que tem 2 grandes lutadores como membros (que a WWE tem a mania de tornar jobbers) perderem para uma equipa que estava apenas a preencher lugar no torneio!
        A única boa parte foi o que tu referiste, pois Ryder e Marella vão perder contra os Rhodes Scholars (ainda não percebi o porque desse nome…) visto que já está planeado 2 combates tag team para o HIC entre a time Hell NO vs Rhodes Scholars pelos títulos e os PTP vs Mysterio & Sin Cara pela rivalidade que ai vem :)

    • Mario Magalhaes - há 3 anos

      Também não gostei de Marella e Ryder como Tag e vencerem Kidd e Gabriel foi um absurdo

  2. Vinícius BullyMiz Nunes - há 4 anos

    Com AW até gostava dos Prime Time Players, e até torcia para eles ganharem dos R-Boom, nunca gostei tanto dessa dupla, Truth e Kofi não têm aquela química para tags.

    Espero que Rhodes Scholars enfrentem os Hell No, e que tenham feud até o fim do ano.

    “A dupla Marella e Ryder é uma dupla apenas de ocasião, acho que Ryder merecia um parceiro melhor para formar uma tag.”, concordo totalmente com essa frase, o Zack é um dos lutadores que mais vendem na empresa, e colocá-lo na divisão de duplas seria muito bom, apesar de eu o preferir como USA Champion, mas juntar com o cidadão mais ridículo da empresa pra mim é uma sacanagem com esse bom lutador de Long Island.

  3. AwesomeTheMiz - há 4 anos

    Acho que a WWE pode voltar a valorizar a divisão de Tag Team, principalmente agora com Daniel Bryan e Kane. Damien Sandow e Cody Rhodes podem formar outra grande tag, que tem capacidade de se tornarem campeões.

    Muitas duplas ainda poderiam ser formadas para elevar esta divisão, gostaria de ver uma grande dupla heel ao estilo Edge & Christian que poderiam ser: Antonio Cesaro e Wade Barrett.

    Nós podemos ver como esta divisão já foi valorizado não só com as melhores duplas como The Hardys, Dudley Boyz e John Morrison & The Miz, mas pelos combates que os mesmos proporcionavam, como o TLC e o Steel Cage. Me lembro daquele combate no Unforgiven de 2000, um steel cage de duplas entre The Hardys e Edge & Christian, em que os irmãos Hardys saíram vencedores!

    Torço para que esta divisão seja novamente valorizada, pois já não estava gostando de ver a WWE investir apenas nos main-eventers como CM Punk e Randy Orton (além de preferir ambos como heel). A WWE pode voltar a ser a mesma de dez anos atrás, que conseguia criar feuds interessantes até pelo United States Championship.

  4. Dolph Ziggler - há 4 anos

    Achei mesmo uma palhaçada o Santino e o Ryder, que são uma tag-team sem qualquer futuro, vencerem uma tag-team com um futuro bom pela frente e que estão a precisar de vitórias.

    Penso que os vencedores deste torneio serão os Rhodes Scholares e teremos no Hell in a Cell um confronto entre eles e a Team Hell No.

    Acho que para já a team Hell No deveria manter os títulos e só mais tarde os perder para os Rhodes Scholares/Rey Mysterio e Sin Cara.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador