Visão Brasileira #81 – Seguem os Reinados

Pessoal neste domingo tivemos o PPV Survivor Series, um PPV que já teve melhores dias, mas que na edição deste ano teve resultados bastante previsíveis, tano que pela primeira vez fiz pontuação máxima na League da WPT. Os combates mais esperados da noite, na minha opinião tiveram resultados esperados e tivemos uma surpresa no main event, com a interferência de novos lutadores na WWE, vindos do NXT. Agora vamos a minha opiniões sobre este evento, onde todos campeões seguem com seus cinturões e o único derrotado foi Big Show, porém por desqualificação.

Tivemos antes do PPV, o Pre-Show Match, onde a 3MB, com Heath Slater & Jinder Mahal enfrentaram a Santino Marella & Zack Ryder. Aliás este combate, foi puramente para encher card, pois para mim estes 5 lutadores, estão completamente sem rumo na WWE, sendo que destes, para mim os grandes injustiçados são Zack Ryder, que parece estar a cumprir um castigo, ao ter que ser parceiro de Santino Marella e Drew McIntyre, que tem grande potencial.

Sobre o combate, tivemos-o em um razoável nivel e ao final, após interferência de Drew, os 3MB alcançaram a vitória. Para o futuro, esta rivalidade deve persistir, ou então a WWE terá que definir um novo rumo a estes superstars. Quem sabe a 3MB poderia entrar na rota do título de duplas, mas acho isso pouco provável. A Zack Ryder , lhe resta continuar ao lado de Santino e continuar a ser derrotado constantemente.

Não costumo comentar seguimentos de bastidores nos PPV, mas neste caso abrirei uma exceção, quando tivemos a definição do quinto membro do Team Ziggler em substituição de Cody Rhodes, que infelizmente lesionou-se. Para minha tristeza a WWE tomou uma das piores decisões possíveis e colocou na equipe David Otunga. Preferiria até mesmo o Ricardo Rodriguez, ou então que o Team Ziggler entrasse até mesmo com um lutador a menos, pois estava com a certeza que ele não iria acrescentar nada ao combate. Mas vamos ao PPV, como um todo.

Estava ansioso para saber qual seria o primeiro combate do PPV, e tivemos uma grata surpresa na abertura, onde tivemos uma Traditional Survivor Series Elimination Tag Team Match, que não estava previamente marcada, entre Rey Mysterio, Sin Cara, Brodus Clay, Justin Gabriel e Tyson Kidd contra The Prime Time Players, Tensai, Primo e Epico. Só pelos superstars presentes eu já estava feliz por presenciar este combate e não fiquei decepcionado, pois tendo vários high-flyers era certeza de espetáculo.

Em um grande combate, a equipe face teve apenas Brodus Clay a ser eliminado por Tensai. Na sequência, Tensai foi eliminado por Justin Gabriel, depois Tyson Kidd, para mim o grande destaque deste combate, eliminou em sequência Titus O’Neil e depois Epico. Depois tivemos o lutador com mais histórico destas equipes, Rey Mysterio a eliminar Primo e para finalizar o combate a Darren Young e assim conquistar a vitória a sua equipe.

Para o futuro, Clay e Tensai, pelo que podemos ver na última Raw, vão continuar a serem derrotados constantemente, eles que a meses atrás eram imparáveis. Sobre as equipes, Primo e Epico servem apenas para engrandecer combates e serem derrotados. Os grandes injustiçados são Gabriel e Kidd que são grandes lutadores e quem sabe em 2013 venham a se tornar campeões de duplas.

Sobre as duplas restantes, vimos que os Prime Time Players e Rey Mysterio e Sin Cara, deverão entrar em disputa, para serem os novos desafiantes aos WWE Tag Team Champions Kane e Daniel Bryan, sinceramente gostaria de ver Mysterio e Sin Cara como campeões e não sei porque a WWE ainda insiste no Time Prime, uma dupla que não me agrada em nenhum aspecto.

Como segundo combate da noite, tivemos a disputa pelo Divas Championship, mas antes mesmo do combate, vimos a desafiante Kaitlyn ser atacada por Aksana, em uma repetição do que ocorreu no PPV Night of Champions, porém desta vez ela revidou e conseguiu combater. Em um bom combate, vimos a campeã Eve vencer e reter seu cinturão.

A Divisão de Divas, esta precisando de novidades, mas não sei de onde poderia vir. Pois fora Eve, Kaitlyn e Layla, que já estão a meses a revesar-se na disputa pelo cinturão, apenas AJ e agora Tamina a terem algum destaque, o restante das Divas serve apenas para serem derrotadas. Ainda aguardo por parte da WWE uma oportunidade para Natalya, mas acho que se virmos isto será apenas em 2013.

No combate em que o United States Champion Antonio Cesaro finalmente teve um combate em PPV, com uma rivalidade a ser contruída, contra seu desafiante R-Truth, tivemos a vitória de Cesaro em um bom combate, onde ao final com um Neutralizer, Cesaro conquistou a vitória, assim Cesaro segue como campeão.

Para o PPV TLC, deveremo ter a continuidade desta rivalidade, e acho interessante a WWE continuar com esta rivalidade, pois Cesaro precisa firmar-se como campeão, alías Cesaro é um bom lutador, o que incomoda a todos é seu pérsonagem, que não empolga, pode ser que Truth venha a ser importante para que Cesaro possa alcançar um novo nível. Poderíamos ter um combate temático do próximo PPV entre eles pois ambos podem nos proporcionar um grande combate.

No combate pelo World Heavyweight Championship, tínhamos o novo campeão Big Show a enfrentar o novo campeão Big Show, na revanche do ultimo PPV, quando tivemos o melhor combate do evento passado, e mais uma vez tivemos um grande combate.

Quando encaminhávamos a uma vitória de Sheamus, eis que ele ao tentar um brogue kick, atingiu o árbitro, e tentou o pin, porém não foi feita a contagem, depois outros árbitros entrarm no ringue e Show aproveitou-se da situação e fez o pin em Sheamus, conquistando a vitória. Porém os árbitros reconsideraram a decisão e deram a vitória para Sheamus, por desqualificação, desta forma,  Big Show continua como campeão.

Quando ao final do combate, Sheamus irritou-se e começou a atacar Big Show com uma serie de cadeiradas, pensei duas coisas, ou teríamos um improvável cash-in de Ziggler, algo que ninguém esperava, ou então isto demonstraria que a rivalidade vai continuar e que possivelmente teremos uma chairs match pelo World Heavyweight Championship no PPV TLC. Ziggler não apareceu, para decepção de muitas pessoas, pois após aquela serie de ataques, seria uma grande oportunidade para ele, mas o cash-in mais uma vez foi adiado.

Assim chegamos ao Traditional Survivor Series Elimination Tag Team Match, onde tivemos o Team Ziggler, formado por Dolph Ziggler, Alberto Del Rio, Damien Sandow, David Otunga e Wade Barrett, contra o Team Foley, formado por Randy Orton, Kane, Daniel Bryan, Kofi Kingston e The Miz. Este combate possuia uma serie de incognitas, onde The Miz iria ou não trair sua equipe? Teríamos o heel turn de Randy Orton? Daniel Bryan atrapalharia ou não sua equipe? Quem sairia vencedor da noite?

Sobre estas perguntas, sobre The Miz e Orton, as suspeitas não se confirmaram, assim o combate iniciou e  Damien Sandow, abandonou o ringue e estava a deixar o combate, quando Kane foi buscá-lo e acabou o eliminando após um chokeslam, depois tivemos a interferência de Bryan, algo que já esperava e prejudicou Kane a ser eliminado por Dolph Ziggler. Depois Bryan redimiu-se com sua equipe, ao eliminar David Otunga.

Na sequência, com um Bull Hammer, Wade Barrett eliminou o Intercontinental Champion Kofi Kingston, eliminação que após a Raw de ontem demonstrou que teremos uma grande rivalidade pela frente. Depois Bryan acabou eliminado por Alberto Del Rio, após o Cross Armbreaker. Assim restavam The Miz e Randy Orton vs Wade Barrett, Alberto Del Rio e Dolph Ziggler, o que alimentava a ideia de quem iria trair a equipe, Miz ou Orton?

The Miz entrou e eliminou Barrett, com um Skull Crushing Finale, que me deixou surpreendido, porém acabou sendo eliminado por Del Rio. Assim restou apenas Randy Orton e este eliminou Del Rio com um RKO. Assim restavam apenas Dolph Ziggler e Randy Orton e como já esperava, pois Ziggler além de ser capitão da equipe é portador da mala, venceu após um Zig Zag.

Sobre Mick Foley, ele não fez nada além do que atacar Ricardo Rodriguez e infelizmente este combate de equipes, não possuía nenhuma grande história em torno dela, gostaria que tivesse sido mantida a ideia original de Team Punk vs Team Foley ou quem sabe até mesmo Team Cena vs Team Ziggler, uma vez que Cena e Ziggler encontram-se naquela rivalidade em torno de AJ e Vickie Guerrero. Aliás atacaram-se nos bastidores da ultima Raw e também na ultima segunda, vimos Cena e AJ a beijarem-se calorosamente no ringue, até quando vai esta historia?

Voltando ao PPV Survivor Series, tivemos no main event uma Triple Threat pelo WWE Championship, onde o campeão CM Punk, tinha que vencer seus desafetos John Cena e Ryback. Como já havia comentado, para mim este era o melhor cenário para Punk, pois penso que ele corria mais risco se viesse a enfrentar individulamente Cena ou Ryback. Isto claro se não houvessem interferências externas.

Conforme esperava, teoricamente, Ryback teria a grande vantagem, isso se Punk e Cena não se unissem a destruí-lo, mas isto veio a ocorrer durante o combate e o arremessaram na mesa de comentaristas. O combate se seguiu com Cena e Punk no ringue, onde ambos estiveram próximos a vencer.

Porém Ryback voltou ao ringue e destruiu seus adversários, estando muito próximo da vitória, o que seria uma grande supresa por parte da WWE, mas o que vimos foi a invasão de lutadores da NXT, Roman Reigns, Dean Ambrose e Seth Rollins, que entraram no ringue e atacaram Ryback, arremessando-o contra a mesa de comentaristas espanhóis. Depois vimos Punk aproveitar Cena caído e alcançar a vitória e assim completar um ano de reinado.

Sabemos que muita coisa mudou de uma ano para cá, quando vimos CM Punk conquistar o WWE Championship e cair nos braços do público, ele foi se transformando durante este ano, onde era um face amado e admirado por todos, sendo ovacionado, até quando mudou sua personalidade, tornado-se um grande heel, com vitórias controversas e sendo odiado pelo público, fazendo assim muito bem o seu papel e para isso acho que sua aliança a Paul Heyman foi fundamental.

Na ultima Raw, em sua celebração de uma no de título, Punk mais uma vez foi defendido pelos lutadores da NXT a outro ataque de Ryback, e ao final celebrou seu reinado vendo um Ryback caído. Agora teremos que esperar pelas próximas semanas, para ver qual serão os próximos desafios para CM Punk e para Ryback. Quem sabe poderemos ter Roman Reigns, Dean Ambrose e Seth Rollins vs Ryback no PPV TLC, mas aí quem seria o adversário ideal para CM Punk no PPV? Sobre Cena, ser desafiante de CM Punk ou enfrentar Dolph Ziggler? Será que serão somente estes três membros da NXT que virão para a WWE imediatamente ou teremos mais novidades?

Em linhas gerais, achei um PPV previsível, onde tivemos dois grandes combates com as vitórias do Team Mysterio e a vitória de CM Punk, que teve um final supreendente, não foi um combate excelente, mas teve um final interessante, os outros combate tiveram um bom nível, mas esperava um melhor final para o combate Team Foley vs Team Ziggler.

Assim desejo uma excelente semana a todos e até a próxima semana, a qual já estarei na Praia do Cassino em Rio Grande-RS, onde irei para passar o final de ano com meus familiares e de lá escreverei mais um Visão Brasileira. Abraços.

Sobre o Autor

- Autor da Coluna Visão Brasileira e da pesquisa dos combates em listas elaboradas pela WWE. Um grande fã da WWE, desde os anos 90. Geógrafo de formação, um riograndino, que vive em Porto Alegre.

13 Comentários

  1. Lucas Silva - há 4 anos

    Bem legal, mais só pra constatar o Dolph Ziggler não venceu com um zig-zag foi com o golpe principal do Shawn Michales

    • icarocaminha - há 4 anos

      Foi com o Superkick os dois são a mesma coisa

    • danielLP21 - há 4 anos

      Não não foi. O Dolph venceu com um “Super Kick”, o que é um pouco diferente…

      • Lucas Silva - há 4 anos

        Super Kick a mesma coisa do Zig Zag ?? Really

      • Mario Magalhaes - há 4 anos

        Prezados

        Desculpem o ledo engano, até não sei porque coloquei o Zig Zag, se o final foi com um belo superkick, nem eu me entendi nesta escrita.

      • Lucas Silva - há 4 anos

        kk

  2. Silveira - há 4 anos

    Sim o Ziggler venceu com um super kick e escreveste tínhamos o novo campeão Big Show a enfrentar o novo campeão Big Show,de resto o artigo está muito bom.

    • Mario Magalhaes - há 4 anos

      É verdade Silveira, desculpe este erro, era para dizer que o Novo Campeão Big Show a enfrentar o antigo Campeão Sheamus.

      • lSalgado - há 4 anos

        Nao liga mario esses djokas ai so sabem reclamar, gostava de ver eles a escrever asi go! Silveira tua mae e uma rameira kkkkkkk

  3. danielLP21 - há 4 anos

    Não acho que o PPV tenha sido assim tão previsível mas pronto, são opiniões.

    • Mario Magalhaes - há 4 anos

      Daniel, só achei previsível, pois consegui prever todos os resultados na League, :).
      Claro que não esperava a invasão dos superstars da NXT. Mas em relação aos resultados finais e não a forma como ocorreram, foram bastante previsíveis.

      • lSalgado - há 4 anos

        Esse daniel gosta de criticar credo, memo fofoqueiro de uma figa

  4. Fernando - há 4 anos

    ate que foi um bom ppv !! Nova nexus ? kkk

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador