Clica aqui e junta-te ao nosso grupo de Facebook: "Fãs de Wrestling"!

Why? #3 – Porque é que o Royal Rumble foi desapontante?

Bem-vindos à terceira edição do “Why?”, o meu nome é Nuno Paço e hoje venho juntar-me à discussão dos últimos dias sobre o Royal Rumble de 2017 que, no meu ver, foi desapontante. Resta-me agora explicar-vos o porquê.

Antes de mais, acho que é importante fazer a separação entre o Pay-Per-View como um todo e o combate do Royal Rumble, ou seja, quando digo que o Royal Rumble 2017 foi desapontante estou a referir-me ao combate característico do PPV e não ao resto da card. Aliás, a grande maioria dos combates anteriores ao Royal Rumble foram bastante bons. Vejamos:

John Cena vs Aj Styles foi uma disputa espetacular com muito crédito para ambos os atletas embora eu tenha que dizer que é impossível não dar mais crédito a Aj Styles, o homem não consegue ter um mau combate, é de facto fenomenal.

Charlotte vs Bayley foi igualmente uma excelente disputa que terminou com o resultado certo, uma vez que o título não pode estar sempre a mudar de mãos e todos sabemos que até ao final deste ano é muito provável que Bayley tenha ainda uma mão cheia de oportunidades para provar o grande potencial que tem e, eventualmente, tornar-se campeã.

Em relação a Roman Reigns vs Kevin Owens foi um combate com bom wrestling e momentos bem conseguidos apesar de Roman Reigns ter escapado ao pin demasiadas vezes, inclusive depois de levar com uma soqueira.

A disputa pelo Cruiserweight Championship, por sua vez, teve uma boa build, uma boa execução e terminou com Neville no topo, o que foi um passo positivo para a Cruiserweight Division que começa a ganhar pela primeira vez alguma relevância.

Finalmente, numa nota mais negativa, o combate entre Sasha Banks e Nia Jax terminou demasiado rápido transmitindo uma sensação de que estávamos perante um “Squash Match” apesar de o resultado ter sido o correto.

Olhando para o combate do Royal Rumble podem-se contar alguns aspetos positivos, embora a maior parte sejam negativos. Em relação aos aspetos positivos é necessário referir a prestação de Strowman que eliminou 6 superstars e, apesar de ter sido eliminado mais cedo do que o previsto, conseguiu consolidar com sucesso a sua figura dominante. Para além disso, a decisão de ceder a responsabilidade da eliminação de Braun Strowman a Baron Corbin foi acertada e esperemos que a WWE aproveite bem o momentum criado para benefício do “Lone Wolf”.

A eliminação de Brock Lesnar teve reações mistas entre os fans, mas na minha opinião foi uma boa decisão. No entanto, Brock Lesnar fica numa posição delicada que o obriga a enfrentar e vencer Golberg na Wrestlemania 33.

Um outro aspeto positivo foi o golpe de Luke Harper em Bray Wyatt que confirma o facto de Randy Orton ter conseguido destruir a Wyatt Family “por dentro”, faltando agora apenas uma turn contra Bray caso seja essa a storyline que a WWE está a seguir.

Em relação aos aspetos negativos, são vários a apontar. Em primeiro lugar, onde estavam as entradas surpresa? O Royal Rumble tem sido sempre sinónimo de regressos imprevisíveis que contam, por exemplo, com lendas do wrestling, antigos membros do roster e chamadas do NXT. Se não considerarmos Tye Dillinger, todos os restantes 29 participantes do Royal Rumble participavam ou no Raw ou no Smackdown Live ou no 205 Live.

Onde estava Samoa Joe? Onde estava Finn Bálor? A oportunidade de uma entrada épica na Road to Wrestlemania para os dois atletas foi praticamente descartada. Onde estava Kurt Angle? Onde estava Tylar Bate? Enfim, perguntas sem resposta que não deixam de causar alguma angústia.

A falta de surpresas no Royal Rumble leva-me a crer que a decisão de revelar a maior parte dos nomes dos participantes antes da disputa, nomeadamente Undertaker, foi mal pensada. É certo que foi bom ouvir a badalada após a contagem decrescente para o número 29, mas tenho a certeza que seria muito mais arrepiante se não se soubesse que o “Dead Man” iria voltar.

Um outro aspeto bastante negativo foi a grande quantidade de momentos em que simplesmente não estava a acontecer nada. Havia wrestlers nos cantos, outros deitados no chão e toda a gente parecia estar sempre à espera de uma nova entrada. Esta situação demonstra alguma falta de criatividade e de preocupação principalmente com muitos atletas da mid-card por parte da WWE.

No que diz respeito ao vencedor, Randy Orton, tenho a dizer que com tanto talento novo a precisar se afirmar, a WWE escolheu um veterano que tem passado os últimos meses na Tag Team Division para vencer a disputa. Entendo que seja uma opção segura mas não consigo deixar de sentir algum descontentamento face à perda de uma grande oportunidade. A questão que se coloca agora é se vamos ver mais uma vez John Cena vs Randy Orton ou a WWE vai entregar o WWE Championship a Bray no Elimination Chamber que seguirá então para um combate na Wrestlemania 33 contra Orton. Certamente que esta última opção será a mais sensata.

Por fim, Roman Reigns entrou em último lugar e estragou a noite para muitos fans que esperavam por Samoa Joe ou Finn Bálor. Quem diria que uma empresa que faz largas críticas aos internautas poderia ser tão troll. Este foi sem dúvida o pior momento da noite e o principal motivo que me levou a escrever este artigo.

Encerro assim esta edição do “Why?” com o diagnóstico do combate do Royal Rumble a dar negativo. A sensação que fica é a de que a WWE perdeu uma oportunidade de construir um combate histórico naquele que foi um dos Royal Rumbles mais aguardados dos últimos anos.

Um obrigado a todos os que leram este artigo. Aguardo ansiosamente para ler as vossas opiniões e responder a perguntas que tenham. Resto de uma boa semana para todos!

42 Comentários

  1. FambroseDxDx - há 5 meses

    Bom artigo mais uma vez , Nuno! Também senti bastante a falta da surpresa no combate ,especialmente, quando tivemos duas entradas que não fizeram nada como o James Ellsworth e o Enzo Amore.
    E só uma coisa, o Braun Strowman não eliminou seis mas sete . Mas não te preocupes que todos se enganam e não muda em nada a qualidade do artigo.

  2. Acho que muitos de nós também esperariam a entrada de HHH, por 2 ou 3min que fosse…

    • Nuno Paço - há 5 meses

      Não me tinha lembrado de Triple H mas talvez tenha razão, ainda para mais com a falta de surpresas seria uma opção boa a considerar.

  3. Lucas - há 5 meses

    Eu sinceramente esperava uma vitória do Sami Zayn, um grande talento no qual a wwe não soube/sabe aproveitar

    • Nuno Paço - há 5 meses

      Uma vitória de Sami Zayn seria algo espetacular mas infelizmente não foi o caso. Ainda assim tenho a sensação que Zayn ainda vai ganhar um Royal Rumble no futuro.

  4. Dj.Tozé - há 5 meses

    Excelente artigo.
    Concordo contigo a WWE não devia ter anunciado a participação do Undertaker, devia mante-lo em segredo, aliás a WWE nem deveria de anunciar quem ia participar no RR Match, assim toda a gente ficava a pensar quem ia entrar.

  5. SoberanoX - há 5 meses

    Verdade, bom artigo; com certeza o pior momento foi o Roman Reigns entrar como N°30 no Royal Rumble, sendo que já tinha lutado pelo título principal na mesma noite, só entrou para eliminar o Undertaker.

    • Nuno Paço - há 5 meses

      Muito obrigado!

      • JoséAmorim - há 5 meses

        O Reigns como é um dos que a people mais assobia e isso , e o facto de ele ter entrado em último e ter eliminado o Undertaker faz com que as pessoas ainda o odeiem e assobiem mais 😉 !

  6. Muito bem analisado. O royal rumble desse ano foi um espelho de tudo que vem acontecendo na wwe no ultimo ano. Se percebe muito que o smackdown so voltou pq não tinha espaço pra todos os lutadores. Da pra ver a diferença de rivalidades, de astros e storyline do lado do raw pro fraquíssimo elenco do smackdown. A wwe ta uma bagunça nos ultimos anos.

    • Nuno Paço - há 5 meses

      De facto a WWE demonstrou falta de preocupação com mid-card do SmackDown Live tirando Baron Corbin. Obrigado pelo apoio!

  7. Foto de perfil de Facebook

    YesNo - há 5 meses

    Assim que o Undertaker entrou, passei a imaginar um cenário onde o Finn entrava como número 30 e seria este a eliminar o Undertaker… no entanto tivemos a ingrata supresa com a entrada do Reings, só espero que o provável último combate do Taker seja com ele

  8. wesley - há 5 meses

    O Balor ta se recuperando de uma lesão, seria precipitado ele voltar agora, pois teria o risco de ele se lesionar de novo.

  9. Artigo bem conseguido. E o meu espaco preferido do Wrestling PT. Tambem nao percebi qual e o objetivo de anunciar os participantes se depois os que nao estao anunciados sao Apollo Crews, Kalisto, Enzo Amore, Mark Henry… ao menos punham o Kane. Eu vi o Rumble ate perto das 4 da manha e quando vi o Roman Reigns a entrar algo morreu dentro de mim. De resto gostei do artigo e preferia ver Bray Wyatt a ganhar o Rumble e Randy Orton a vencer na Chamber.

  10. PedrKo - há 5 meses

    Tenho de concordar, quando vi o Undertaker a entrar em N°29, todos aqueles que tínhamos conhecimento que iam disputar a Rumble já lá estavam dentro, o N°30 tinha de ser uma surpresa, Joe, Balor, Angle, Nakamura?
    De facto foi uma surpresa mas uma surpresa desagradável.

    • Nuno Paço - há 5 meses

      Foi de facto desagradável e pareceu quase uma provocação aos fans. Obrigado!

      • JoséAmorim - há 5 meses

        Também considero isso , acho que a WWE fez isso de propósito

  11. goncalo25 - há 5 meses

    Parabéns por mais um bom artigo! De facto este Royal Rumble foi decepcionante, infelizmente a WWE já nos habitou a isso mesmo, quando nos dá um card bom em qualquer PPV que seja, , nós ficamos logo entusiasmados e pensamos que vai ser um evento fenomenal, mas depois é o que se vê e temos um evento fraco que poderia ter sido muito melhor (ex:SummerSlam, etc.).

    • Nuno Paço - há 5 meses

      Estou de acordo consigo, a WWE precisa de melhorar o produto e precisa de o fazer urgentemente. Uma empresa que é a número 1 do mundo do wrestling tem a responsabilidade de criar os melhores shows de wrestling do mundo e deve ser perita a interpretar os fans. Uma simples substituição de Samoa Joe por Roman Reigns no Royal Rumble tinha feito maravilhas para o PPV.
      Muito obrigado pelo seu apoio!

  12. Albertinho - há 5 meses

    Bom artigo! A WWE irá continuar a trollar o pessoal , pois os mesmos que reclamam disto ou daquilo, são os mesmos que pagam balúrdios para ir ver os shows e que pensam que é por fazer boo que a WWE irá ouvi-los. Mas no entanto já lá tem o dinheiro deles – é a mesma coisa que ir a um restaurante e reclamar da comida, mas no dia seguinte vais lá comer outra vez.

    No caso do Reigns, acho que chegou a ser um dos assuntos mais falados do Twitter no Domingo, mesmo que não tenha sido pelas melhores razões, mas lá está a verdade é que falam dele e é isso que a WWE quer. Apesar de ter ficado desiludido com o facto do número 30 ter sido o Reigns, gostei da forma que ele se dirigiu a Taker quando o eliminou, porque pareceu-me ser um início de um heel turn mas também poderá não significar nada.
    Caso fosse o início de um turn, faria mais sentido o Taker ser o número 30 e no número dele (29) ser um outro lutador do roster, já que não haveria retornos. Nisto o Reigns aparecia no ringue, quando o Taker estivesse em desvantagem numérica e quando parecia que ele ia ajudá-lo, atacava-o , fazendo com que fosse eliminado por um outro lutador (à semelhança do Rumble de 2004 onde o Lesnar ataca o Goldberg).

    • Nuno Paço - há 5 meses

      Tem razão no que diz, hoje em dia não interessa falar mal ou bem o que interessa é falar. Obrigado pelo apoio!

  13. Gabriel Rizzo - há 5 meses

    Nuno! Bom artigo como de costume e este bem fluido de começo a fim, bom trabalho!

    Eu concordo com você que a luta entra aj e cena foi espetacular e dou alguns créditos a mais ao Cena por estar tentando trazer coisas novas e aplicando golpes que até os comentaristas não consegue nomear no ato.

    A royal rumble foi um desastre depois do numero 25 todo mundo sabia 3 dos ultimos 5 que iriam entrar eu acho que lesnar ou goldberg deveriam ter entrado mais cedo. Em relação a surpresas o número 30 foi uma na minha opinião uma má surpresa eu estou realmente cansado desta personagem indestrutivel do Roman Reings parece o Cena de uns 2-3 anos atrás o cara passa pelo inferno e continua de pé e arrasando todo mundo e isso está acabando com ele mais que qualquer outra coisa.

    A vitória do Randy acabou por ser uma surpresa também mas o trio final da rumble foi meio desapontante assim como a eliminação do taker para o roman, o Kofi tentou novamente seu momento rumble mas eu não tenho certeza se ocorreu um botch na execução do que ele quis fazer e é incrivel o fato de que se tivesse um recorde para quem tomou mais finishers numa rumble com certeza iria para o the miz que desde que pisou no ringue apenas tomou golpes de impacto um a seguir do outro.

    Tentaram dar credibilida demais em poucos participantes da rumble e acabaram com as participam de alguns wrestler que esperavamos mais como Mark Henry e Big Show. E não tivemos Kane! e provavelmente seria a última chance dos “brothers of destruction” estarem juntos. E o começo da rumble com enzo e cass foi bem decepcionante na minha opinião.

    Mas bem já alonguei demais meus pensamentos pela rumble

    Nuno! continue nesse caminho e até semana que vem =p

    • Nuno Paço - há 5 meses

      Concordo consigo e não me tinha lembrado de Kane! Teria sido uma opção a considerar, por exemplo, no lugar de Enzo para termos uma última reunião dos Brothers Of Destruction como referiu! Obrigado pelas palavras e pelo apoio, para a semana cá estarei!

  14. Anónimo - há 5 meses

    até a mitada
    do kofi foi um lixo

  15. jhony - há 5 meses

    Nao entendo por que as pessoa perseguem tanto o Roman Reigns , sendo que a regra e clara qualquer um pode participar do combate
    E tambem muitos deixam de lembrar que Roman Reigns sempre foi injustiçado , em um combate 1 contra 2 pelo titulo norte-americano e sempre quando o Reigns esta competindo , sempre vem um atrapalhar ou interferir no seu combate
    Pra mim Roman Reigns sempre sera o verdadeiro campeao da wwe

  16. Trovão - há 5 meses

    bom artigo Nuno. mais você não acha que a wwe pode ter botado o Reigns para entrar no combate apenas para livrar o Randy Orton de uma possível vaia quando ele vencesse o rumble? é isso que eu penso. para mim a wwe usou o Reigns para fazer o público aceitar bem a Vitória do Orton. e ainda ficarem gratos a ele por te-los livrado do que para eles seria uma tragédia. que era ver o Reigns vencer o rumble novamente. desculpe é apenas a minha opinião

  17. Geill_Jin - há 5 meses

    Why? slap slap slap… Here’s why!

  18. Daniel - há 5 meses

    realmente para quem esperava relembrar o rumble foi muito fraco.. primeiro achei mal como o combate pelo titulo universal acabou visto que se estao a preparar o roman contra o taker para a wrestlemania nao tem sentido o strowman entrar ali.. falando do rumble tradicional foi sem sal.. sem surpresas, os tres maiores nomes vieram quase seguidos e quando vi o roman entrar nao quis acreditar.. a propria wwe é que faz o publico odia lo.. já chega de ver roman roman roman em todo lado

    • Nuno Paço - há 5 meses

      Concordo consigo.
      Os principais problemas foram a falta de surpresas e a opção da WWE em colocar o Roman Reigns no 30º lugar.
      Obrigado!

  19. como sempre a tamanqueira anti ROMAN REIGNS.

  20. bom artigo, excelente, so discordo numa coisa, nao do artigo mas da geral opiniao, eu nao acho que o vencer o royal rumble seja a melhor maneira de impulsionar superstars novos, porque acho um bocado ficção, um ”novato” chegar ali e vencer tudo e deixarem os veteranos em vergonha, seria bom se o triple h entrasse em 30º em vez do reigns e do nada aparecia o rollins e eliminava-o começando assim a feud para a WM, claro que iria estragar a forma como o samoa joe ia ser apresentado, mas impediria a suposta lesao do rollins (claro que nao sabiam que ele se ia lesionar obviamente), mas por outro lado poderiam por exemplo, colocar o samoa joe no smackdown (porque precisam de novas estrelas) e este desafiava o orton pela oportunidade de ser main event na wrestlemania, ja aconteceu antes, samoa joe ganhava seria main event, impulsionavam uma nova superstar e todos ficavam contentes, mas mais uma vez, esta é a minha opinião, não pondo de lado as outras opiniões que são tambem corretas. Abraço.

    • Nuno Paço - há 5 meses

      Poderia ser uma opção a considerar no sentido em que ninguém sai prejudicado. Bem observado e muito obrigado!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Desenvolvido por Luís Salvador / Wrestling PT © 2006-2017