Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Wrestling, Diz Ele #22 – Decepcionantes Mudanças

Seria expectável que as mudanças de título na WWE fossem momentos de celebração para os fãs, especialmente se considerarmos os babyface (e talvez até no caso de alguns heels). No entanto, há determinadas circunstâncias nas quais as coisas não são bem assim! Esta semana, no Wrestling, Diz Ele proponho-vos 5 Mudanças de Título da WWE que foram surpreendentes, não pelos pontos mais positivos.

1 – Hulk Hogan derrota Yokozuna que derrotara Bret Hart, tudo pelo Título da WWE

À luz dos acontecimentos e da época em que for a, Bret Hart estaria a tornar-se aquele que para alguns foi o maior Campeão da WWE, isto em vésperas de Wrestlemania 9, onde este defrontaria Yokozuna que tinha sido o vencedor do combate Royal Rumble do ano. Até aqui não há grandes surpresas a partir do momento que ambos eram o babyface e heel de topo na companhia na altura.

Ora, o grande problema começaria com a forma que Yokozuna derrota Bret Hart. O Hitman conseguiu aplicar uma variação do Sharpshooter em Yokozuna, manobra que dada a posição deste no ringue dificilmente seria reversível; até que, Mr. Fuji (manager de Yokozuna nesta altura) atirou deliberadamente sal para os olhos do “Excellence of Execution” procendo-se a célebre contagem, 1, 2, 3 e Yokozuna celebrava-se então como Campeão da WWE.

Ora depois de um combate ainda que mediano, mas com dois pesos-pesados da empresa na altura, dificilmente sal nos olhos de um atleta como seriam o suficiente para derrotar Bret. Mas quando nada de pior poderia acontecer, eis que… Hulk Hogan aparece. Ora Hogan já tinha competido num combate de tag team nessa mesma noite, e veio protestar para o ringue sobre a decisão do árbitro. Posto isto, Mr. Fuji simplesmente lança um desafio a Hogan para combater Yokozuna pelo Título imediatamente e quando repete a manobra do sal para Hogan, atinge Yokozuna, que sofre uma mítica Clothesline de Hogan, seguido da Leg Drop mais famosa do desporto, para o 1,2,3.

Ou seja, basicamente temos Bret Hart que perde o Título por um ataque de Sal para Yokozuna sendo que menos de 5 minutos depois este perde o combate para um estarola que se meteu no ringue a barafustar depois de uma clothesline e leg drop. E ainda se queixam do Cena desta era? Escusado será dizer que esta Era foi desginada mais tarde de “The New Generation” e Hogan pareceu somente um oportunista de primeira categoria a tirar o Título a Bret.

Mas isto não acaba aqui para o “Screwing” de Bret Hart.

2- Ohh Ohh Shawn!

Talvez a mudança de título mais controversa de todas tenha ocorrido naquele que ficou conhecido para todos como o Montreal Screwjob. Já muito foi discutido sobre este assunto e qualquer fã de wrestling que se preze sabe perfeitamente o que aconteceu naquele dia. De qualquer forma a forma como Shawn se tornou Campeão da WWE teve e de certa forma tem repercurssões até ao dia de hoje, com a criação daquele que é conhecido por todos como Mr. McMahon; com um ódio nunca antes assistido por Shawn Michaels e com a desavença entre Bret Hart e a Família McMahon que durou até ao ano de 2006 onde com a integração de Bret Hart no Hall of Fame, já havia sinais de reconciliação.

O motivo para ser tão chocante – vejam por vocês próprios, porque não há palavras que descrevam:

3 – John Cena derrota Rey Mysterio pelo Título da WWE

2011. CM Punk ganhou o Título da WWE de John Cena em Chicago e “deixou a companhia” com o título, o que fez com que Vince McMahon despedisse Cena, em história. Na noite a seguir Vince anunciou um torneio pelo Título no qual Miz e Rey Mysterio chegaram à final. Ora a final foi adiada uma semana, já que Vince McMahon despedira Cena e Triple H dispensou McMahon das suas funções.

Posto isto, Mysterio ganhou a Miz tornando-se o então Campeão da WWE. Uma vez que Cena não estava no torneio, este desafiou Mysterio para um combate… mais tarde na mesma noite. Por muito que o combate tenha sido excelente, Mysterio já combatera, e Cena ganhara a um atleta com metade do seu tamanho.

Obviamente, que a reação que Cena obteve foi a de um autêntico heel em tudo semelhante à reação que Hulk Hogan teve pouco tempo depois. Ora, facto é que desde esta altura que a WWE manteve os travões em qualquer decisão à Hulk Hogan.

4 – The Rock derrota CM Punk

Toda a gente sabia que isto ia acontecer, logo não houve surpresa nenhuma aqui em causa. Até porque é o maior exemplo do que era “best for business” na altura. O problema aqui foi a forma que executaram a história. E o próprio combate em si… Com supostas interferências dos Shield que reiniciaram o combate e o próprio final no qual nem uma simples “near-fall” aconteceu. Tipo, apenas um People’s Elbow após um Spinebuster? Punk saiu do combate enfraquecido, e não “pareceu bem” na sua rivalidade seguinte contra Undertaker por muito que tenha sido o combate que mais puxou de Mark Callaway.

Mais grave que isso, foi o facto de Punk perder o seu longo reinado para alguém que já não é atleta activo e mais ainda se tornara uma estrela de Hollywood.

Mas por falar naquilo que é realmente “best for business”

5 – Randy Orton derrota Daniel Bryan

Simplesmente o mais recente exemplo daquilo que é a manobra mais decepcionante e bem-conseguida e pensada dos últimos tempos por parte da WWE. Bryan Danielson, the American Dragon; a grande promessa que se tornara simplesmente o melhor atleta técnico activo do século XXI e da actualidade (discutivelmente para alguns). Treinado por atletas como William Regal, Shawn Michaels entre outros, Daniel Bryan sem qualquer sombra de dúvida é o mais ilegítimo de todo o roster para futuro campeão e face da empresa, no entanto é provavelmente dos mais atleticamente dotados. A título de exemplo, Bryan teve o combate com Cena recentemente que foi simplesmente o melhor que Cena pareceu nos últimos tempos, e dos melhores combates formulados pela WWE nos últimos anos.

E aqui é que está o problema. Quando tudo parecia terminar bem, com fogos-de-artificio, uma excelente celebração eis que… I hear voices in my head, they talk to me they understand, they talk to me… E parecia que… Mas não o Randy volta atrás e do nada… PUM! Pedigree por Triple H que servira de árbitro convidado no combate anterior. Orton regressa ao ringue, faz o cash-in mais aguardado da história, desenvolve o heel turn mais aguardado nos últimos 4 anos, e torna-se o novo Campeão da WWE.

Dado todo o panorama a relembrar a velha “The Corporation” e as histórias implicitas de talento vs. “o que números pedem”; a storyline de Verão da WWE é simplesmente das mais bem conseguidas dos últimos tempos. E sem sombra de dúvida, é um sinal do que pode vir aí em que tudo lucraria a Triple H regressar aos modos de “Cerebral Assassin Corporativo” e tornar-se um ainda pior Mr. McMahon.

E pronto, é tudo esta semana não se esqueçam de deixar o vosso comentário.

Quais foram para vocês as mudanças de Título mais ultrajantes?

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Wrestling, Diz Ele”.

22 Comentários

  1. José Sousa - há 3 anos

    Para mim tu falaste de todas sinceramente:

    1-Essa eu vi como puto na altura da RTP, mas agora ainda é mais revoltante e só demonstra o quão dependente estava o produto do Hulk Hogan na altura, e ainda falam do centralismo do produto no Cena.

    2-Esse sinceramente é decepcionante mas é igualmente brutal na minha opinião. É um dos angles mais históricos de sempre da WWE. Mas claro que este Screwjob foi um momento que deixou os fãs do Bret triste e revoltados.

    Por fim quero falar do Angle “Best for the Business”, sinceramente é a melhor história desde do Summer of Punk, e tem potencial para ser mais histórica que essa. Tens um heel brutal, um herói muito apoiado, os aliados certos para o Triple H e cara da empresa. Esta nova Corporação ou Regime como gostarem é até ver um sucesso tanto na qualidade da história, como é nos resultados financeiros. As provas estão á vista, esta história é um sucesso de ratings tanto na Raw como na Smackdown, e enquanto continuar assim a aposta vai manter-se, e depois do NOC acho que vamos ter mudanças na historia. Mas ela tem sido literalmente “The Best for the Business”.

    • PedroSWWE - há 3 anos

      Não sabia que em anos 90 o Wrestling dava na TV. Também dava nos anos 80?

      • a silva - há 3 anos

        Não, só começou a dar em Portugal no inicio dos anos 90, na altura com o Tarzan Taborda a comentar.

      • José Sousa - há 3 anos

        Sim é verdade, dava na RTP sim. Eu com 5 a 6 anos vi o Yokozuna, os Rockers, Bret Hart, 1-2-3 Kid, Doink, Randy Savage. Mas na altura não percebia disto como agora como é óbvio.

  2. PedroSWWE - há 3 anos

    Bom artigo.
    Lembro-me dessa WrestleMania 9, e concordo contigo, Bret leva com sal nos olhos, e é como se fosse um finisher, sofre o cover e a derrota, fiquei injustiçado com isso.
    Quanto ao Montreal Screwjob, nunca tinha visto o video, mas reparei que nao foi nada de especial, ainda pensei que o Bret tivesse feito uma promo, mas nem isso, apenas foi lá o McMahon buscar o Shawn e ele cuspiu-lhe. Também chocante para o Bret estar em casa e tramarem-o.
    Quanto ao John Cena vs Rey Misterio, nao foi tao mau como as outras, mas Rey merecia o título por mais tempo. E depois chega lá John a dizer que quer a desforra, Mysterio aceita e vence-o. Sem palavras.
    The Rock vs CM Punk – o que eu detestei mais, detesto esse Dwayne Johnson, apenas gostei dele no Velocidade Furiosa 6, e talvez em determinado momento da Attitude Era, mais nada. Aquele convencido algum dia merecia estar no Main Event da Wrestlemania 28 e 29, quando havia combates muito melhores que esse. E aquela treta do once in a life time. Quanto a ele ter ganho o titulo, nao sei se foi o melhor para a empresa, na minha opinião não foi, estragar um dos maiores reoinados da historia, o maior para aí em 30 anos, 434 dias para serem arruinados por essa treta detestei. Até nem vou falar mais sobre o quanto eu detestei isso senão estaria aqui mais umas boas horas a escrever.
    Quanto ao último, já tinha sido previsto isso, apenas não estava previsto o heel turn do Triple H, mas achei bem, o heel turn do Orton já estava esperado há muito tempo e aconteceu. Não teho mais nada a dizer.
    Quanto ao meu top, incluia tambem um momento crítico, nem vi nem sei bem quando foi, mas foi quando Andre the Giant vendeu o título ao Ted Dibiase, e depois o titulo foi devolvido ao Andre the Giant.
    Muito Bom Artigo.

    • BRRM - há 3 anos

      O Montreal screwjob não foi nada de especial?! Deves tar a gozar.
      O Bret nunca faria uma promo depois de ter sido tramado daquela forma e mesmo que o fizesse o segmento tornava-se pior pois iria parecer mais um segmento planeado tal como todos os outros o que lhe iria tirar toda a sua história.

  3. QueirosS - há 3 anos

    Gostei do tema do artigo, mas para mim um dos reinados mais decepcionantes, foi o reinado de 1 dia do Kane, ainda por cima o combate que lhe retirou o título foi um Normal Match que demorou apenas 8 minutos, o Kane merecia mais mas pronto…

    Bom artigo.

  4. leonardo - há 3 anos

    Daniel bryan nunca vai ser a cara da wwe ele e um lixo a wwe tem ,sheamus cena Orton punk pra q um lixo como o bryan

    • Anónimo - há 3 anos

      o Bryan é um lutador muito completo e embora voce não aceite é carismático também e pode ser a cara da wwe além de lutar muito mais wrestling que o Cena

    • El Shaarawy92 - há 3 anos

      Ela nao é um lixo !! É enorme talento e que proporcina excelentes combates!! Mas concordo com o facto de que nunca poderá ser a cara da companhia!! Que tipo de credibilidade ía ter a wwe com ele como a face da companhia???

      Tem talento e merece vencer titulos importantes mas nunca a ser cara pois nao tem condições para isso!!

    • Mindfreak - há 3 anos

      Ya e o Cena é tipo o melhor wrestler do mundo. Para quê porem o Bryan com o titulo da WWE ou no Main Event? Não faz sentido nenhum….

      Sim, isto foi sarcasmo e sim o leonardo tem menos de 10 anos.

      Agora vou falar na língua do leonardo para ver se ele percebe:
      O Daniel Bryan é o melhor lutador da WWE e se não achas isso eu vou-te fazer um Yes Lock e vou-te fazer desistir.

  5. HILDO - há 3 anos

    Sinceramente Acho que a derrota Do mysterio e Do Hart São verdadeiros tapa na Cara dos fans de wresting!
    É vergonhoso o que fizeram com eles (principalmente mysterio pois Foi seu unico titulo da wwe sem contar os reinados de whc) mas enfim.. Vergonhoso

    • Anónimo - há 3 anos

      a do Hart se não me engano ja era pra ele perder e ele disse pro Vince que queria ganhar na sua cidade e podia perder no proximo raw. Vince concordou , Bret achou estranho e dai aconteceu isso por isso que o Shawn foi saindo rápido. Em relação ao Rey eu concordo também

    • finisher - há 3 anos

      a do Bret contra o Shawn era pra ele perder mas ele perguntou se podia perder depois no raw e Vince aceitou mas falou com o árbitro e com Shawn e então aconteceu isso na luta, e também por isso que o Shawn sai meio rápido. Em relação ao Rey eu concordo tambem

      • HILDO - há 3 anos

        Eu ja sabia que o Hart estava programado para perder, Mas O Vince Deu sua palavra.. é só olhar o final do combate para ver como foi Ridiculo o que ele fez…

  6. special one - há 3 anos

    tb temos a maneira como a wwe tirou o 1º titulo a christian…

  7. danielLP21 - há 3 anos

    Kane ( 1998), Mankind ( Verão de 1999), Edge ( 2006) e Christian ( 2011), entre outros.

  8. Nike_joga_bonito@hotmail.com - há 3 anos

    Houve outras muito chocantes!! Quando o Cena após passar por uma Chamber em que houve de tudo e em muito mal estado sofre o cash in do Edge; quando o Shawn custa o titulo ao Taker numa Chamber e o Y2J aproveita para garantir vitoria!!

  9. BRRM - há 3 anos

    Gostei do artigo e só ainda não vi o Rock vs Punk porque ainda não tive coragem de ver um dos maiores e melhores reinados de todos os tempos terminar depois de um gajo que já nem sequer é um wrestler ganhar o titulo para o perder na WM frente ao CEna quando podia perder no ano passado sem o titulo em jogo.
    Outras mudanças ultrajantes para mim são do Kane em 1998, do Christian em 2011…

  10. Mario Magalhaes - há 3 anos

    Sobre as mudanças:

    A do Hulk Hogan foi lamentável mesmo, imagina se isto ocorresse com o Cena o pessoal ficaria maluco.

    O Montreal Screwjob não acho que tenha sido uma mudança decepcionante, a questão neste caso foi a forma que ocorreu esta mudança e todos os fatores que envolveram esta decisão.

    A de Cena sobre Mysterio, era algo já esperado, ainda mais por toda a rivalidade que envolvia o momento, mas uma pena Mysterio ter sido envolvido neste tipo de coisa.

    A de The Rock sobre Punk, foi uma grande decepção, mas era algo que todos esperávamos, para que na Mania tivéssemos Rock vs Cena II, para Punk aí começou suas derrotas perante os part-times Superstars. Depois de um reinado espetacular, a WWE colocou tudo a perder, de olho no dinheiro e na publicidade.

    Orton aplicar o cash-in em Bryan era algo já esperado, mas nos decepcionou, por ter sido um reinado tão curto, mas Bryan já sofreu deste mal com a derrota de 18 segundos na Wrestlemania para Sheamus.

    Eu acrescentaria a estas mudanças abruptas as derrotas de Bret Hart, Kane e Mankind, para Sid, Stone Cold e Triple H respectivamente, em suas derrotas após um dia de reinado.

    Outra vergonhsa foi Mr McMahon a derrotar Triple H no Smackdown,

    E Outra que colocaria seria a derrota de Christian para Randy Orton pelo WHC no Smackdown, após ele vencer o cinturão no PPV Extreme Rules.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador